ISSN Online: 2177-1235 | ISSN Impresso: 1983-5175

EDITORIAL

Precisamos falar sobre a Lipoenxertia de Glúteos

HUGO ALBERTO NAKAMOTO; DOV GOLDENBERG
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(3):270-271

PDF Português PDF Inglês Texto em Português Texto em Inglês

ARTIGO ORIGINAL

Reconstrução mamária em decúbito único lateral com retalho miocutâneo do músculo grande dorsal e implante de silicone: sistematização e série de casos

IGOR CHAVES GOMES LUNA
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(3):272-280

PDF Português PDF Inglês Texto em Português Texto em Inglês

RESUMO

Introdução: O câncer de mama é afecção de grande relevância para a saúde pública, sendo que seu tratamento cirúrgico e a reconstrução mamária evoluíram bastante ao longo do tempo. A utilização do retalho miocutâneo do grande dorsal (RMGD) com implante mamário de silicone apresenta-se como um verdadeiro cavalo de batalha ao cirurgião plástico em função de sua confiabilidade anatômica e segurança. Realizar esta cirurgia em decúbito único lateral torna o procedimento mais breve e mantém os resultados da técnica convencional. O objetivo do estudo é apresentar a sistematização desta cirurgia em uma série de casos.
Método: Estudo retrospectivo realizado por análise de prontuários e documentação fotográfica de 29 pacientes operadas pelo autor e submetidas à reconstrução mamária com RMGD e implante de silicone em decúbito único lateral.
Resultados: Houve um caso de extrusão do implante de silicone por seroma e infecção no sítio receptor (3,5%). Uma paciente cursou com seroma no dorso (3,5%). Um caso de necrose parcial da ilha de pele do retalho (3,5%) e dois casos de sofrimento do envelope cutâneo da mastectomia (7,0%). Uma paciente necessitou retirada do implante de silicone por extensa recidiva local (3,5%). Um caso de contratura capsular Baker III após radioterapia adjuvante (3,5%). Quatro pacientes tiveram suas cicatrizes revisadas (14%). Três pacientes tiveram limitação de movimentos (10,5%). Os resultados mostraram-se compatíveis com os apresentados para a técnica convencional na literatura vigente.
Conclusão: A sistematização desta técnica dispensa mudança de decúbito e torna o procedimento mais breve, mantendo sua segurança e confiabilidade.

Palavras-chave: Neoplasias da mama; Mastectomia; Implante mamário; Mama

 

ABSTRACT

Introduction: Breast cancer is an important public health condition, and its surgical treatment and the subsequent breast reconstruction has evolved significantly over time. The use of the latissimus dorsi myocutaneous flap (LDMF) with silicone breast implants is a mainstay of plastic surgeons due to the anatomical reliability and safety. Performing this surgery in the single lateral decubitus position makes the procedure shorter and maintains the results of the conventional technique. The objective of this study was to present a systematization of this surgery from a series of cases.
Method: Retrospective study using medical records and photographic documentation of 29 patients operated on by the author and submitted to breast reconstruction with a LDMF and silicone implant in a lateral decubitus position.
Results: Silicone implant extrusion due to seroma and infection at the receptor site was noted in one patient (3.5%). One patient had a seroma on the back (3.5%); there was one patient with partial necrosis of the skin island of the flap (3.5%), and two patients with mastectomy skin envelope (7.0%). One patient required removal of the silicone implant due to extensive local recurrence (3.5%) while another patient showed Baker III capsular contracture after adjuvant radiotherapy (3.5%). Four patients had scar review (14%), and three patients showed limitation of movement (10.5%). The results were comparable to those reported for the conventional technique.
Conclusion: The systematization of this technique requires no change of the decubitus position and makes the procedure shorter, while maintaining safety and reliability.

Keywords: Breast cancer; Mastectomy; Breast Implant; Breast

 

Reconstrução mamária com implantes e tela sintética

DANIEL GOUVEA LEAL
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(3):281-292

PDF Português PDF Inglês Texto em Português Texto em Inglês

RESUMO

Introdução: As mastectomias com reconstruções mamárias imediatas podem proteger a paciente de um período de estresse psicossocial, imagem corporal negativa e insatisfação sexual. O advento e utilização de novos materiais como os implantes, expansores e matrizes dérmicas acelulares também contribuíram para o sucesso das reconstruções mamárias. Porém, o uso das matrizes dérmicas acelulares é restrito no Brasil pela legislação e seu alto custo. O objetivo do estudo foi relatar a experiência do autor na reconstrução mamária com implantes e tela sintética como uma alternativa às matrizes dérmicas acelulares.
Método: Foi realizada uma análise retrospectiva de 12 pacientes consecutivas (20 mamas reconstruídas) que foram submetidas à reconstrução mamária imediata ou tardia pela técnica descrita com implantes e tela sintética, entre novembro de 2015 e dezembro de 2016.
Resultados: Doze pacientes (20 mamas) foram operadas pela técnica apresentada no estudo. O tempo médio de follow-up foi de 14 meses. Nesta série, 15% apresentaram complicações menores como hematoma, deiscência de sutura e rippling. O número de complicações, apesar do número restrito de casos, é compatível com a literatura. O grau de satisfação global com a cirurgia foi, em média, de 75,2 pontos em uma escala de 0-100, sendo a nota mais alta atribuída à aparência das mamas (85 pontos).
Conclusão: A reconstrução mamária com implantes e tela sintética se mostrou uma técnica com baixo índice de complicações, alto grau de satisfação das pacientes com o resultado estético e com menores custos em relação ao uso de matrizes dérmicas acelulares.

Palavras-chave: Mamoplastia; Neoplasias da mama; Implantes de mama; Mastectomia simples; Telas cirúrgicas

 

ABSTRACT

Introduction: Mastectomy with immediate breast reconstruction may prevent patients from experiencing a period of psychosocial stress, negative body image, and sexual dissatisfaction. The advent and implementation of novel materials such as implants, expanders, and acellular dermal matrices have also contributed to the success of breast reconstruction procedures. However, the use of acellular dermal matrices in Brazil is restricted by law and by their high cost. The objective of the present study was to report the author's experience in breast reconstruction with implants and synthetic mesh as an alternative to acellular dermal matrices.
Method: This was a retrospective analysis of 12 consecutive patients (20 reconstructed breasts) who underwent immediate or delayed breast reconstruction using the described technique with implants and synthetic mesh between November 2015 and December 2016.
Results: Twelve patients (20 breasts) were operated on using the technique described in this report. The mean time of follow-up was 14 months. In this series, 15% of patients had minor complications, including hematoma, suture dehiscence, and rippling. The rate of complications was similar to the rates reported in the literature, despite the limited number of cases. The average degree of overall satisfaction with the surgery was 75.2 points on a scale of 0-100, and the highest score was given to breast appearance (85 points).
Conclusion: Breast reconstruction with implants and synthetic mesh was shown to be a technique with a low rate of complications, high degree of patient satisfaction with the cosmetic result, and decreased cost relative to acellular dermal matrices.

Keywords: Mammoplasty; Breast cancer; Breast implants; Simple mastectomy; Surgical meshes

 

Reconstrução mamária após mastectomia contralateral profilática

RAIDEL DEUCHER RIBEIRO; EVANDRO LUIZ MITRI PARENTE
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(3):293-298

PDF Português PDF Inglês Texto em Português Texto em Inglês

RESUMO

Introdução: A indicação da mastectomia contralateral profilática (MCP) tem aumentado nos últimos anos nas pacientes fora do grupo de alto risco, apesar de seu benefício oncológico controverso em relação à sobrevida. A possibilidade da reconstrução mamária é um dos fatores mais importantes desse aumento. O objetivo é avaliar pacientes submetidas à MCP quanto às indicações e complicações após a reconstrução imediata.
Método: Avaliação das pacientes submetidas à reconstrução mamária imediata após mastectomia terapêutica e MCP quanto às indicações e complicações.
Resultados: Das 13 pacientes do estudo, apenas 4 apresentavam indicação de MCP por alto risco (forte história familiar). As outras indicações foram busca pela simetria, controle da ansiedade em relação à nova neoplasia e risco acumulado pela idade. Ocorreram apenas complicações menores, sem necessidade de reoperação em 4 das 13 pacientes (30,76%) e num total de 26 mamas reconstruídas foram registradas 8 complicações (30,76%).
Conclusão: A realização da MCP tem aumentado, sendo que as indicações transcendem o ponto de vista oncológico, com impacto direto na atuação do cirurgião plástico quanto aos aspectos que envolvem a reconstrução, tanto no planejamento quanto suas complicações.

Palavras-chave: Mastectomia subcutânea; Implante mamário; Neoplasias da mama; Complicações pós-operatórias; Fatores de risco; Mamoplastia

 

ABSTRACT

Introduction: Prophylactic contralateral mastectomy (PCM) has been increasingly indicated in recent years for patients outside of the high-risk group, although its cancer benefit in terms of survival remains controversial. The possibility of breast reconstruction is one of the most important factors for this indication. The objective of this study was to evaluate the indications and complications after immediate breast reconstruction in patients who underwent PCM.
Method: Indications and complications were evaluated in patients who underwent immediate breast reconstruction after therapeutic mastectomy and PCM.
Results: Of the 13 patients in the study, only 4 had a high-risk indication for PCM (strong family history). The other indications were desire for symmetry, control of anxiety related to neoplasm recurrence, and age-related risk. Only minor complications occurred, without a need for reoperation, in 4 of the 13 patients (30.76%). Eight complications (30.76%) in 26 reconstructed breasts were recorded.
Conclusion: The number of PCM procedures has been increasing and the indications transcend the oncological point of view, directly influencing the performance of plastic surgeons with respect to the planning and complications of breast reconstruction.

Keywords: Subcutaneous mastectomy; Breast implant; Breast neoplasms; Postoperative complications; Risk factors; Mammoplasty

 

Nova proposta para utilização de Becker 35 no segundo tempo de reconstrução mamária de grandes volumes

ALEXANDRE KATALINIC DUTRA; JOEL ABDALA
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(3):299-304

PDF Português PDF Inglês Texto em Português Texto em Inglês

RESUMO

Introdução: A reconstrução imediata de mama realizada com o expansor de Becker é uma técnica de reconstrução versátil e consolidada na prática médica. Apresentamos uma proposta original com o uso do expansor de Becker associado a um segundo implante mamário.
Métodos: Estudo retrospectivo realizado no período de janeiro de 2014 a outubro de 2016 no Hospital A.C. Camargo. A análise dos prontuários das pacientes reconstruídas com Becker 35 avaliou o índice e tipo de complicações e a associação de rádio e quimioterapia e comorbidades das pacientes com 5 casos de associação de implantes.
Resultados: 193 reconstruções com Becker em 168 pacientes. Vinte cinco casos com reconstrução bilateral. Idade média de 47 anos e 33% apresentaram comorbidades. Cento e dezenove (62%) pacientes seguiram radioterapia e quimioterapia pós-operatórias. Complicações: seroma em 7 pacientes, hematoma no retalho da mastectomia em 2 pacientes, necrose parcial do retalho da mastectomia em 3 pacientes, necrose/infecção com exposição do expansor em 2 pacientes. O total de complicações foi de 9,5%. Um total de 133 (69%) pacientes foram submetidas a esta segunda etapa cirúrgica para complementação da reconstrução da mama, sendo o expansor de Becker substituído por um implante definitivo. As pacientes com uso de Becker 35 associado a outro implante não apresentaram complicações.
Conclusões: A associação do implante-expansor de Becker 35 a um segundo implante mamário foi eficaz em atingir um volume maior nas reconstruções mamárias com baixo índice de complicações.

Palavras-chave: Mamoplastia; Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos; Implante mamário; Dispositivos para expansão de tecidos; Mama

 

ABSTRACT

Introduction: Immediate breast reconstruction performed with the Becker expander is a versatile and accepted technique. We present an original proposal for the use of the Becker expander for a second breast implant.
Methods: A retrospective study was performed between January 2014 and October 2016. Medical records were used to evaluate the indications and complications, the use of radio- and chemotherapy, and comorbidities in all patients, including 5 in whom combined implantation was performed.
Results: The Becker expander was used for 193 reconstructions in 168 patients, including 25 cases with bilateral reconstructions. The average patient age was 47 years, and 33% had comorbidities. Postoperative radiotherapy and chemotherapy were performed in 119 patients (62%). Complications included seroma in 7 patients, hematoma in the mastectomy flap in 2 patients, partial necrosis of the mastectomy flap in 3 patients, and necrosis/infection with expander exposure in 2 patients. Complications occurred in 9.5% of the cases. A total of 133 (69%) patients underwent a second surgical stage to complement breast reconstruction, with the Becker expander being replaced by a definitive implant. Patients in whom the Becker 35 expander was used in a second breast implant developed no complications.
Conclusions: the use of the Becker 35 expander for a second breast implant was effective in achieving greater volume in breast reconstruction with a low rate of complications.

Keywords: Mammaplasty; Reconstructive surgical procedures; Breast implantation; Tissue expansion devices; Breast

 

Análise da participação de hospital universitário em um mutirão nacional de reconstrução mamária

ALEKSANDRA MARKOVIC; SALUSTIANO GOMES DE PINHO PESSOA
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(3):305-311

PDF Português PDF Inglês Texto em Português Texto em Inglês

RESUMO

Introdução: Mesmo com os avanços das cirurgias conservadoras, a mastectomia ainda é uma cirurgia bastante realizada. Todavia, muitas pacientes não conseguem submeter-se à reconstrução imediata, passando a integrar uma crescente fila à espera da cirurgia reparadora. Com o intuito de diminuir tal demanda, foram criados os programas de mutirão cirúrgicos. O objetivo deste trabalho é analisar os resultados referentes ao 2º Mutirão Nacional de Reconstrução Mamária (MNRC), realizado no Serviço de Cirurgia Plástica do Hospital Universitário Walter Cantídio (SCPMR-HUWC).
Método: Estudo de coorte prospectiva, no qual foram avaliadas as 16 pacientes submetidas à reconstrução mamária no 2º MNRM no SCPMR-HUWC. As pacientes foram acompanhadas pelo período de 6 meses e os dados obtidos foram tabelados e analisados.
Resultados: 16 pacientes, todas mulheres, foram submetidas à reconstrução mamária pós-mastectomia. A idade variou entre 39 e 72 anos, com média de 49 anos. Dentre as complicações precoces, foram observados seroma em região dorsal (13%), necrose parcial da pele da mastectomia (6%), deiscência parcial da ferida operatória (13%) necrose do retalho de grande dorsal (6%). Nenhuma das pacientes apresentou complicações tardias. O período de internação variou de 1 a 5 dias. Todas as pacientes que estavam na fila do SCPMR-HUWC de cirurgia foram operadas.
Conclusões: Foi verificado alto grau de satisfação por parte das pacientes operadas e bons resultados obtidos, com poucas repercussões funcionais. Assim, concluímos que os mutirões de reconstrução mamária pós-mastectomia são uma alternativa viável em termos de saúde pública.

Palavras-chave: Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos; Mastectomia; Mamoplastia; Gastos em saúde

 

ABSTRACT

Introduction: Despite advances in conservative surgeries, mastectomy is still a commonly performed procedure. However, many patients are unable to undergo immediate reconstruction. Such patients are integrated into a growing queue for restorative surgery. With the intention of reducing this demand, surgical Task Force programs were created. The objective of this study was to analyze the results of the second National Task Force of Breast Reconstruction (NTFBR), performed at the Plastic Surgery Service of Walter Cantídio University Hospital (SCPMRHUWC).
Method: A prospective cohort study was conducted, in which 16 patients underwent breast reconstruction at SCPMRHUWC. The patients were followed up for 6 months, and their data were tabulated and analyzed.
Results: All 16 female patients underwent breast reconstruction after mastectomy. The patients' ages ranged from 39 to 72 years. Among the early complications, seroma in the dorsal region (13%), partial necrosis of the mastectomy skin (6%), partial dehiscence of the operative wound (13%), and necrosis of the large dorsal flap (6%) were observed. None of the patients had late complications. The period of hospitalization ranged from 1 to 5 days. All patients who were in the SCPMR-HUWC queue for surgery were operated on.
Conclusions: In this study, a high degree of satisfaction was verified by the operated patients, and good results were obtained with few functional complications. Thus, we conclude that the Task Force of breast reconstruction after mastectomy is a viable alternative in terms of public health.

Keywords: Reconstructive surgical procedures; Mastectomy; Mammaplasty; Health expenditures

 

Alternativa técnica para tratamento de esteatonecrose em mama: descrição e resultados

LEONARDO DAVID PIRES BARCELOS; OGNEV MEIRELES COZAC; MARCELA CAETANO CAMMAROTA; LEONARDO MARTINS COSTA DAHER; MILENA CARVALHO ALMEIDA GALDINO; ISMAR RIBEIRO
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(3):312-316

PDF Português PDF Inglês Texto em Português Texto em Inglês

RESUMO

Introdução: Este trabalho descreve e apresenta os resultados de uma técnica alternativa para tratamento da esteatonecrose, a lipoaspiração com cânula específica, com bons resultados observados no exame físico e de imagem. A esteatonecrose é uma complicação que ocorre com alguma frequência nas cirurgias mamárias, principalmente nas reconstruções mamárias, nas cirurgias conservadoras ou TRAM, caracterizando-se, inicialmente, por endurecimento de uma região, que evolui para uma nodulação de tamanhos variados, em qualquer região mamária, com cistos oleosos e fibrose, que traduz uma preocupação constante por parte das pacientes, do oncologista, do mastologista e do cirurgião plástico devido à ocorrência de recidiva tumoral.
Método: Foi realizada uma revisão retrospectiva dos prontuários das pacientes submetidas a procedimentos nas mamas, seja reconstrução ou estética, e evoluíram com esteatonecrose, sendo submetidas ao tratamento com lipoaspiração, inspirada na técnica de perfuração óssea para tratamento de necrose óssea, realizado por ortopedistas.
Resultados: No período englobado, 8 pacientes foram selecionadas. A idade média foi de 56 anos. Grande parte possuía alguma deformidade na mama acometida, sendo o cisto oleoso o mais comum - 5 pacientes (62,5%). 75% possuíam história de neoplasia mamária.
Conclusão: A individualização do paciente é a chave para o sucesso do tratamento da esteatonecrose e uma ferramenta essencial para atender às expectativas e anseios da paciente após essa complicação. Cada técnica tem suas indicações, vantagens e limitações, que devem ser amplamente discutidas com o paciente visando o melhor resultado possível.

Palavras-chave: Necrose gordurosa; Implantes de mama; Mamoplastia; Neoplasias da mama; Mastectomia segmentar

 

ABSTRACT

Introduction: This work describes and presents the results of an alternative technique for treating steatonecrosis by liposuction using a specific cannula, with good physical and imaging results. Steatonecrosis is a complication that frequently occurs during mammary surgeries, especially during mammary reconstructions and in conservative surgery or TRAM. Steatonecrosis is characterized initially by hardening of the tissue that may develop into nodules of different sizes in any mammary region with oily cysts and fibrosis; consequently, steatonecrosis is a constant concern for patients, oncologists, breast cancer specialists, and plastic surgeons due to the possibility of tumor recurrence.
Method: A retrospective review of the medical records of the patients undergoing procedures related to the breast, either reconstructive or aesthetic, was performed. Patients who developed steatonecrosis and were treated by liposuction, similar to the bone drilling technique performed by orthopedic surgeons for the treatment of bone necrosis, were included in the study.
Results: Eight patients from the study period reviewed were selected. The mean age was 56 years. Most of the patients showed deformity in the affected breast, with oily cysts, reported in 5 patients (62.5%), being the most common deformity. Breast cancer history was reported for 75% of the patients.
Conclusion: The individualization of the patient is the key to successful treatment of steatonecrosis and an essential tool to satisfy the expectations and desires of the patient after this complication. Each technique has its indications, advantages and limitations, which should be thoroughly discussed with the patient to obtain the best possible result.

Keywords: Fat necrosis; Breast implants; Mammaplasty; Breast neoplasms; Mastectomy, segmental

 

Tratamento das ptoses mamárias com implantes submusculares e pontos de fixação do tecido mamário ao muscular: aspectos técnicos e avaliação de resultado

ANTONIO CHIQUETTI; ALFREDO BENJAMIN DUARTE DA SILVA
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(3):317-323

PDF Português PDF Inglês Texto em Português Texto em Inglês

RESUMO

Introdução: Mastopexia associada à inclusão de implante é uma situação desafiadora para o cirurgião plástico. O objetivo é descrever a colocação de implante submuscular com descolamento anatômico mais pexia firme do tecido glandular usando pontos de fixação do tecido mamário ao muscular e analisar os resultados estéticos das pacientes operadas.
Método: Foram realizadas 23 mastopexias com implantes no período entre abril de 2015 e julho de 2017, pelo mesmo cirurgião, sendo as mamas das pacientes marcadas previamente, na posição sentada. Realizou-se incisão no sulco mamário e descolamento até o polo superior da mama no plano subfascial, fixação da glândula ao músculo peitoral maior com 9 a 12 pontos. A seguir, iniciou-se a dissecção do músculo peitoral maior através de sua origem costal e transição com os músculos reto abdominal e serrátil, liberando amplamente na porção inferior. Introduziu-se o implante e completou-se a mastopexia. Os tamanhos dos implantes variaram de 255ml a 355ml. Fotos das mamas de 12 pacientes foram avaliadas por dois cirurgiões plásticos e dois leigos, nos seguintes parâmetros: resultado estético, simetria das aréolas e grau de ptose mamária. As avaliações podiam ser Ruim, Razoável ou Bom.
Resultados: A técnica cirúrgica mostrou-se reprodutível, apenas 1 caso de hematoma unilateral, nenhuma infecção, queixas de dor discretas. Apenas um caso foi considerado, por um único avaliador, como Razoável; as demais avaliações consideradas como Bom.
Conclusão: O tratamento de ptoses mamárias com colocação de implante submuscular acrescido de pexia da glândula ao músculo peitoral é uma técnica reprodutível e com bons resultados estéticos.

Palavras-chave: Mamoplastia; Implante mamário; Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos; Mama; Fixação de tecidos

 

ABSTRACT

Introduction: Mastopexy associated with implant placement is challenging for plastic surgeons. The objective is to describe the placement of a submuscular implant with anatomical detachment in combination with stable fixation of the breast tissue to the pectoralis muscle and analyze the aesthetic results.
Method: Twenty-three mastopexy procedures with implants were performed from April 2015 to July 2017 by the same surgeon, and surgical markings were made in the breasts of the patients in a seated position. An incision was made in the inframammary fold, and the breast tissue was elevated to the upper pole in the subfascial plane and attached to the pectoralis major muscle using 9-12 stitches. Subsequently, the inferior margin of the pectoralis major muscle and the transition from the rectus abdominis muscle to the serratus muscle were dissected to expose the muscle. The implant was introduced and mastopexy was completed. Implant size ranged from 255 mL to 355 mL. Photographs of the breasts of 12 patients were evaluated by two plastic surgeons and two non-medical subjects, who considered the aesthetic results, symmetry of the nipple-areola complex, and degree of breast ptosis. The results were scored as unsatisfactory, satisfactory, or good.
Results: The surgical technique was reproducible; there was only one case of unilateral hematoma, no implant infections, and only complaints of mild pain. Only one case was scored as satisfactory by one evaluator, whereas the results of the other cases were considered good.
Conclusion: The treatment of breast ptosis with the placement of a submuscular implant in combination with fixation of the breast to the pectoralis major muscle is reproducible and yields good aesthetic results.

Keywords: Mammoplasty; Breast implant; Reconstructive surgical procedures; Breast; Tissue fixation

 

Mastopexia secundária com troca de prótese: técnica em "D" espelhado

JUAN CARLOS SÁNCHEZ LÓPEZ; PATRÍCIA ERAZO
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(3):324-332

PDF Português PDF Inglês Texto em Português Texto em Inglês

RESUMO

Introdução: A inclusão de implante mamário combinada com pexia é uma cirurgia desafiadora, não somente pela ausência de procedimento padrão, mas por se mostrar uma cirurgia com elevado potencial de complicações, entre elas, alto índice de revisões pós-cirúrgicas. Neste trabalho é descrita a utilização da técnica em "D" espelhado originalmente usada para mastopexia primária e inclusão de implantes de silicone em mamas hipoplásicas associadas à ptose moderada a grave, agora se estendendo o uso para o tratamento de recidiva de ptoses com deslocamento das próteses com ou sem contratura capsular e/ou cicatrizes inestéticas.
Método: O procedimento descrito, realizado em 90 pacientes, faz uso de marcação própria que determina ressecção em bloco de pele e parênquima subjacente para simetrização, retalho de pedículo medial, troca dos implantes originais para próteses de silicone texturizada, perfil alto, redonda, volumes iguais bilateralmente, posicionadas em plano submuscular, resultando em uma cicatriz final vertical.
Resultados: Pelos dados obtidos não foi necessária revisão cirúrgica em nenhum dos casos. Não houve ocorrência de infecção pós-cirúrgica ou necrose da placa areolopapilar, bem como da cicatriz. A ressecção média do parênquima foi de 80g. Oitenta e nove pacientes (98,8%) foram submetidas à ressecção de diferentes tamanhos. O volume médio das próteses incluídas foi de 300ml. O comprimento da cicatriz vertical se mostrou estável em média de 6,5cm após 2 anos. Os resultados foram considerados satisfatórios pela avaliação feita pelos pacientes.
Conclusão: A mastopexia secundária mostrou-se uma cirurgia de maior complexidade devido à atrofia severa dos tecidos, resultado da cirurgia prévia. Seus benefícios incluem maior simetrização, cicatrizes mais finas com diminuição da tensão da placa areolopapilar, resultados duradouros e alto grau de satisfação das pacientes.

Palavras-chave: Implantes de mama; Mamoplastia; Atrofia; Prevenção secundária; Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos

 

ABSTRACT

Introduction: Breast implantation combined with mastopexy is challenging, not only because a standard procedure is lacking, but also because of the high potential for complications, including a high rate of post-surgical revision. Originally intended for primary mastopexy and inclusion of silicone implants in hypoplastic breasts with moderate to severe ptosis, the use of the mirror "D" technique is now extended to treatment of ptosis recurrence with displacement of prostheses, with or without capsular contracture and/or unsightly scars.
Method: The procedure described was performed in 90 patients, using specific marking to determine block resection of skin and underlying parenchyma for symmetrization. The procedure included use of a medial pedicle flap and exchange of original implants for textured, high-profile, round silicone prostheses with equal volumes bilaterally and positioned in the submuscular plane, resulting in a final vertical scar.
Results: No surgical revision was required in any of the cases. There was no occurrence of postoperative infection or necrosis of the nipple-areola complex or scar. The average parenchyma resection was 80 g. Eighty-nine patients (98.8%) were submitted to resection of different volumes. The average prosthesis volume was 300 mL. The length of the vertical scar was stable with an average of 6.5 cm after 2 years. The results were considered satisfactory according to patient assessment.
Conclusion: Secondary mastopexy is a more complex surgery due to severe atrophy of the tissue as a result of previous surgery. Its benefits include improved symmetrization, thinner scars and reduction in tension on the nipple-areola complex, long-lasting results, and a high degree of patient satisfaction.

Keywords: Breast implants; Mammoplasty; Atrophy; Secondary prevention; Reconstructive surgical procedures

 

Abdominoplastia em pacientes pós-bariátricos: perfil antropométrico, comorbidades e complicações

SIMONE CORRÊA ROSA; JEFFERSON LESSA SOARES DE MACEDO; FLÁVIO GONDIM FREITAS; JOÃO LUIZ DARQUES FERREIRA; LUCAS RIBEIRO CANEDO; LUIZ AUGUSTO CASULARI
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(3):333-342

PDF Português PDF Inglês Texto em Português Texto em Inglês

RESUMO

Introdução: Os pacientes submetidos à gastroplastia apresentam importante perda de peso e a cirurgia plástica representa um importante meio de tratamento do excesso de pele.
Método: Estudo prospectivo foi realizado em pacientes submetidos à abdominoplastia pós-gastroplastia no período de janeiro de 2011 a dezembro de 2016 em hospital público. As variáveis analisadas foram: IMC (Índice de Massa Corporal) antes da gastroplastia e antes da cirurgia plástica, perda de peso, peso do retalho retirado, comorbidades e complicações.
Resultados: 107 pacientes que realizaram abdominoplastia foram incluídos. Média de idade foi 41 anos. O IMC médio antes da cirurgia plástica foi 27,6 ± 3,7 Kg/m2. Perda de peso médio foi 47,7 ± 17,3 Kg. O IMC máximo antes da gastroplastia foi 45,5 ± 7,5 Kg/m2 e o IMC foi 18,6 ± 9,3 Kg/m2. Comorbidades presentes antes da plástica foram: hipertensão arterial (11,1%), artropatia (4,6%), diabete melito (5,6%) e síndrome metabólica (5,6%). Catorze (13,1%) pacientes realizaram herniorrafia durante a abdominoplastia. A taxa de complicações foi 31,5%. O peso antes da gastroplastia, IMC antes da gastroplastia, perda de peso médio, comorbidades, peso do retalho do abdome e IMC > 20Kg/m2 foram fatores associados significativamente a complicações pós-operatórias.
Conclusões: A gastroplastia em Y de Roux foi uma terapêutica efetiva na resolução de comorbidades em obesos. Comorbidades, peso antes da gastroplastia, perda de peso médio, quantidade de tecido retirado do abdome e IMC > 20Kg/m2 levaram significativamente a mais complicações em pacientes pós-bariátricos submetidos à abdominoplastia. A cirurgia plástica é importante no cuidado integral ao paciente obeso e otimizou os resultados alcançados com a cirurgia bariátrica.

Palavras-chave: Cirurgia bariátrica; Cuidados pós-operatórios; Abdominoplastia; Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos; Gastroplastia

 

ABSTRACT

Introduction: Patients who undergo vertical-banded gastroplasty- Roux-en-Y gastric bypass (VBG-RYGB) have significant weight loss, and abdominoplasty (AP) is an effective corrective surgery for removing excess skin.
Methods: A prospective study conducted from January 2011 to December 2016 in a public hospital evaluated patients who underwent AP after VBG-RYGB. The analyzed variables were body mass index (BMI) before VBG-RYGB, BMI before AP, weight loss, weight of the excised abdominal flap, comorbidities, and complications.
Results: For this study, 107 patients who underwent AP were included. The patients' mean age was 41 years; BMI before AP, 27.6 ± 3.7 kg/m2; and mean weight loss, 47.7 ± 17.3 kg. The maximum BMI before bariatric surgery was 45.5 ± 7.5 kg/m2, and the difference between the maximum BMI before VBG-RYGB and before corrective surgery was 18.6 ± 9.3 kg/m2. The comorbidities observed before VBG-RYGB were arterial hypertension (11.1%), arthropathy (4.6%), diabetes mellitus (5.6%), and metabolic syndrome (5.6%). Fourteen patients (13.1%) underwent herniorrhaphy during AP. The overall complication rate was 31.5%. Weight before VBGRYGB, BMI before VBG-RYGB, mean weight loss, comorbidities, abdominal flap weight, and BMI of >20 kg/m2 were significantly associated with postoperative complications. Conclusions: VBGRYGB was an effective approach to reduce comorbidities in obese patients. Comorbidities, weight before VBG-RYGB, mean weight loss, amount of tissue removed from the abdomen, and BMI of >20 kg/m2 significantly increased the complication rate in the gastric bypass patients who underwent AP. Furthermore, AP is fundamental for the comprehensive care of obese patients and has optimized the results achieved with VBG-RYGB.

Keywords: Bariatric surgery; Postoperative care; Abdominoplasty; Reconstructive surgical procedures; Gastroplasty

 

Prevenção e tratamento de equimose, edema e fibrose no pré, trans e pós-operatório de cirurgias plásticas

ANNY CHI; ANGELA LANGE; MARCUS VINICIUS THOMÉ NÓRA GUIMARÃES; CELSO BILYNKIEVYCZ DOS SANTOS
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(3):343-354

PDF Português PDF Inglês Texto em Português Texto em Inglês

RESUMO

Introdução: A fibrose, o edema intenso e a equimose são as intercorrências que representam um grande desafio ao fisioterapeuta dermatofuncional no pós-operatório de cirurgia plástica de lipoaspiração e abdominoplastia. O objetivo é propor uma abordagem inédita desde o pré, trans e pós-operatório para prevenir e minimizar as fibroses, edema intenso e equimoses, acelerando a recuperação do paciente e reduzindo o número de sessões.
Método: Ensaio clínico controlado, composto por 20 pacientes do sexo feminino, com idade entre 18 e 56 anos, divididos em dois grupos: 10 no grupo controle (GC) e 10 no grupo experimental (GE), que apresentavam indicação cirúrgica de abdominoplastia ou lipoaspiração abdominal, associadas ou não, e que se encontravam com no mínimo 7 dias de pré-operatório. Os dois grupos foram avaliados no pré-operatório. O GC recebeu atendimento somente a partir do 4º dia de pós-operatório, enquanto que o grupo GE recebeu atendimento durante o pré, trans e pós-operatório.
Resultados: O grupo experimental apresentou uma média menor do número de sessões (p = 0,0032), perimetria menor no 4º dia de pós-operatório (p < 0,05) nos pontos antômicos: sulco inframamário e crista ilíaca, média menor na resolução da fibrose (p = 0,0058) e média menor na resolução da equimose (p = 0,0002) em relação ao grupo controle.
Conclusão: Pode-se concluir com este estudo inédito que o tratamento no pré, trans e pós-operatório reduz o edema, a formação de equimose e principalmente a formação de fibrose no pós-operatório. Também diminui o número de sessões fisioterapêuticas e acelera o restabelecimento do paciente no pós-operatório das cirurgias abdominais.

Palavras-chave: Complicações pós-operatórias; Lipectomia; Modalidades de fisioterapia; Fibrose; Equimose; Edema

 

ABSTRACT

Introduction: Fibrosis, intense edema, and ecchymosis are complications that represent a great challenge to dermatofunctional physiotherapists in the postoperative period of liposuction and abdominoplasty. Here we aimed to propose a new approach in the pre-, trans-, and postoperative periods to prevent and minimize fibrosis, intense edema, and ecchymosis, thereby expediting the patient's recovery and reducing the number of required physiotherapy sessions.
Method: This controlled clinical trial included 20 female patients aged 18-56 years who were divided into the control group (CG; n = 10) and experimental group (EG; n = 10). All were scheduled to undergo abdominoplasty or abdominal liposuction at least 7 days after enrollment. The two groups were evaluated preoperatively. The CG received care only from the 4th postoperative day, while the EG received care during the pre-, trans-, and postoperative periods.
Results: The EG required fewer mean physiotherapy sessions (p = 0.0032) and had lower perimetry values on the 4th postoperative day (p ≤ 0.05) in the inframammary groove and iliac crest, lower mean resolution of fibrosis (p = 0.0058), and lower mean resolution of ecchymosis (p = 0.0002) compared to the CG.
Conclusion: The findings of this unprecedented study indicate that treatment in the pre-, trans-, and postoperative periods reduces edema, ecchymosis, and fibrosis formation in the postoperative period. It also decreases the number of required physiotherapy sessions and accelerates patient recovery from abdominal plastic surgery.

Keywords: Postoperative complications; Lipectomy; Physical therapy modalities; Fibrosis; Ecchymosis; Edema

 

Onfaloplastia: técnica Y/V

VITOR HUGO MOREIRA GUIMARÃES; VICTOR ANTUNES GUIMARÃES; FERNANDO DE AZEVEDO GONÇALVES; PAULO CÉSAR CAIRES DE CARVALHO
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(3):355-363

PDF Português PDF Inglês Texto em Português Texto em Inglês

RESUMO

Introdução: A onfaloplastia é um momento crucial durante a cirurgia de abdominoplastia. Apesar de ser considerada uma etapa de grande importância nos dias de hoje, a onfaloplastia não foi sempre utilizada nas abdominoplastias, sendo o umbigo, algumas vezes, descartado junto ao retalho gorduroso. Com a finalidade de preservar a cicatriz umbilical, várias técnicas foram utilizadas e, com o tempo, vêm sofrendo modificações que possibilitam um resultado cada vez mais natural.
Método: A técnica "Y"/"V" proposta consiste em modelar o coto umbilical de modo que este encaixe perfeitamente no mesmo local onde havia a cicatriz umbilical. A ilha umbilical, após ser modelada, é suturada, resultando em uma imagem de "Y"/"V", razão pela qual a técnica recebe este nome.
Resultados: Durante o estudo, foi evidenciado um número baixo de complicações (11,34%) ao analisar o pós-operatório. Deiscência de sutura, estenose umbilical, alterações crômicas na cicatriz e queloide foram as complicações observadas, sendo corrigidas cirurgicamente seis meses após a cirurgia.
Conclusão: A técnica proposta demonstra simples execução, com baixos índices de complicações e aspecto mais natural da cicatriz do neoumbigo. Portanto, tornam-se cada vez mais necessários estudos que a utilizem para comprovar sua eficácia perante às demais técnicas utilizadas atualmente.

Palavras-chave: Abdominoplastia; Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos; Umbigo

 

ABSTRACT

Introduction: Omphaloplasty is a crucial procedure during abdominoplasty surgery. Although it is currently considered an important step, omphaloplasty was not always performed during abdominoplasties, and the umbilicus was sometimes discarded together with the fat flap. Various techniques were used to preserve the umbilicus and underwent modifications with time to allow for an increasingly natural result.
Method: The proposed "Y"/"V" technique consists of modeling the umbilical stump to perfectly fit in the same place where the umbilicus was located. The umbilical island, after being modeled, is sutured, resulting in a "Y"/ "V" image, which gives rise to the name.
Results: A low number of complications (11.34%) were observed when analyzing the postoperative follow-up data. Suture dehiscence, umbilical stenosis, color alterations in the scar, and keloid scars were the complications observed, which were surgically corrected six months postoperatively.
Conclusion: The proposed technique is simple to implement, with low rates of complications and results in a more natural aspect of the neoumbilicus scar. Further studies are required to prove its effectiveness in comparison to the other techniques that are currently in use.

Keywords: Abdominoplasty; Reconstructive surgical procedures; Umbilicus

 

Reconstrução total de pálpebra inferior com associação dos retalhos de Hughes e Destro

DIOGO ALMEIDA LIMA
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(3):364-373

PDF Português PDF Inglês Texto em Português Texto em Inglês

RESUMO

Introdução: A neoplasia de pálpebra inferior é uma doença frequente. O carcinoma basocelular, o espinocelular e o melanoma são responsáveis por 5 a 10% de todos os cânceres de pele. A reconstrução total da pálpebra inferior após exérese de neoplasia cujo defeito envolva mais que 50% da pálpebra é um desafio. A literatura mostra alternativas discordantes quanto ao melhor método de reconstrução nessas situações, sendo a maioria dos trabalhos composta por relatos de casos, levando à inconsistência nas evidências apresentadas.
Método: Avaliar retrospectivamente, por meio da coleta de dados em prontuários, os resultados funcionais alcançados pelo autor nos pacientes submetidos à reconstrução total de pálpebra inferior após ressecção de neoplasia entre maio de 2012 e maio de 2016, na Santa Casa de Passos, com a associação do retalho miotarsoconjuntival de Hughes para reconstrução da lamela interna e do retalho de avanço de pele VY de Destro para reconstituir a lamela externa.
Resultados: Foram operados 13 pacientes, com média de idade de 72,61 anos. O carcinoma basocelular foi responsável pela maioria das lesões com 11 casos. Nenhum paciente apresentou comorbidade nas áreas doadoras dos retalhos. A simetria contralateral e o fechamento palpebral foram observados em 12 casos, sendo um caso de ectrópio tratado com sucesso, não sendo identificados outros problemas funcionais.
Conclusão: A associação do retalho miotarsoconjuntival de Hughes e retalho de Destro é uma alternativa valiosa para a reconstrução total da pálpebra inferior, visto conseguirmos um resultado funcional e estético favorável com tecidos doadores semelhantes aos ressecados.

Palavras-chave: Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos; Pálpebras; Retalhos cirúrgicos; Neoplasias palpebrais

 

ABSTRACT

Introduction: Lower eyelid cancers are common. Basal cell carcinoma, squamous cell carcinoma, and melanoma are responsible for 5 to 10% of all skin cancers. Complete reconstruction after excision of a tumor that creates a defect involving more than 50% of the eyelid is a challenge. Reports vary regarding the best method of reconstruction, and most available literature is in the form of case reports, leading to inconsistency in the evidence presented.
Methods: This retrospective study examined the medical records to evaluate the functional results achieved by the author in patients who underwent total lower eyelid reconstruction after cancer resection between May 2012 and May 2016. The Hughes myotarsoconjunctival flap was used for reconstruction of the internal lamella, and the Destro VY skin advancement flap was used for the external lamella.
Results: Of 13 patients with a mean age of 72.61 years, basal cell carcinoma accounted for 11 cases. No comorbidity was observed in the flap donor areas. Contralateral symmetry and palpebral closure were achieved in 12 cases; 1 case of ectropion was successfully treated, but no other functional problems were identified.
Conclusion: The combined use of the Hughes flap and Destro flap is a valuable alternative for total reconstruction of the lower eyelid and can achieve favorable functional and aesthetic outcomes with donor tissue, similar to that of resected tissue.

Keywords: Reconstructive surgical procedures; Eyelids; Surgical flaps; Eyelid neoplasms

 

Retalho de cartilagem alar para projeção da ponta nasal

JOSÉ CARLOS DAHER; MILENA CARVALHO ALMEIDA GALDINO; LUCIANO GOMES MOURA; LEONARDO MARTINS COSTA DAHER; ISMAR RIBEIRO; GABRIEL CAMPELO DOS SANTOS; LEONARDO DAVID PIRES BARCELOS; CESAR AUGUSTO DAHER CEVA FARIA
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(3):374-381

PDF Português PDF Inglês Texto em Português Texto em Inglês

RESUMO

Introduction: The nasal tip is a frequent object of study by surgeons, since it is a common reason for pre- and postoperative complaints. Thus, the tip should be thoroughly evaluated to determine the best technique to be used. The objective is to demonstrate an original alar cartilage flap technique for projection of the nasal tip, performed alone or in combination with other procedures for the same purpose.
Method: A retrospective cross-sectional study of 22 patients submitted to open rhinoplasty with use of the alar flap to project the nasal tip.
Results: A total of 22 open rhinoplasties were performed on primary bulbous, fatty, and under-projected tips. Among the patients in the study, 90% were black and 2% were white; 72.7% reported a high degree of satisfaction with the operation, 18.1% considered the result very good, and 9.2% considered the result acceptable. There were no complications/reoperations.
Conclusion: The alar cartilage flap for projection of the nasal tip is simple to perform and can be considered an excellent supplemental method for use in treatment of the black nose.

Palavras-chave: Rinoplastia; Projeção; Cartilagens nasais; Nariz; Retalhos cirúrgicos

 

ABSTRACT

Introduction: The nasal tip is a frequent object of study by surgeons, since it is a common reason for pre- and postoperative complaints. Thus, the tip should be thoroughly evaluated to determine the best technique to be used. The objective is to demonstrate an original alar cartilage flap technique for projection of the nasal tip, performed alone or in combination with other procedures for the same purpose.
Method: A retrospective cross-sectional study of 22 patients submitted to open rhinoplasty with use of the alar flap to project the nasal tip.
Results: A total of 22 open rhinoplasties were performed on primary bulbous, fatty, and under-projected tips. Among the patients in the study, 90% were black and 2% were white; 72.7% reported a high degree of satisfaction with the operation, 18.1% considered the result very good, and 9.2% considered the result acceptable. There were no complications/reoperations.
Conclusion: The alar cartilage flap for projection of the nasal tip is simple to perform and can be considered an excellent supplemental method for use in treatment of the black nose.

Keywords: Rhinoplasty; Projection; Nasal cartilage; Nose; Surgical flaps

 

Ceratoacantoma: aspectos morfológicos, clínicos e cirúrgicos

LÍVIA NEFFA; JOSÉ CARLOS RIBEIRO RESENDE ALVES; ERICK HORTA PORTUGAL; REBECA PAOHWA LIU DA FONSECA; JOSÉ DE SOUZA ANDRADE; NÁRLEI AMARANTE PEREIRA; RAÍSSA LEMOS FERREIRA DA SILVA; AUGUSTO CÉSAR DE MELO ALMEIDA
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(3):382-388

PDF Português PDF Inglês Texto em Português Texto em Inglês

RESUMO

Introdução: O ceratoacantoma é uma neoplasia epitelial de rápido crescimento, mais frequente em áreas de exposição solar. Habitualmente, apresenta-se como lesão única, arredondada, com depressão central preenchida de queratina. As semelhanças clínicas e histopatológicas com o carcinoma de células escamosas, frequentemente, dificultam o diagnóstico diferencial. A biópsia excisional é a abordagem de escolha, permitindo diagnóstico e tratamento.
Método: O presente estudo é observacional e retrospectivo, com dados de 162 pacientes tratados de 2005 a 2013, no Hospital Felício Rocho, em Belo Horizonte, MG. Todos os pacientes submeteram-se à excisão cirúrgica dos tumores. Foram estudados: sexo, idade, número de lesões, localização, tamanho do tumor e diagnóstico pré-operatório.
Resultados: Dos 162 pacientes, totalizando 173 lesões, 154 (95,06%) apresentavam ceratoacantoma único. Noventa e dois eram do gênero masculino (56,80%) e 70 do feminino (43,20%). A idade dos pacientes variou de 11 a 96 anos, com média de 71,23 anos. As lesões localizavam-se predominantemente nos membros superiores (43,64%), na face (28,48%) e nos membros inferiores (17,58%). Nas hipóteses diagnósticas formuladas pelos cirurgiões, no pedido do exame anatomopatológico, houve diagnóstico correto em 63,13%.
Conclusão: O ceratoacantoma é uma neoplasia epitelial de características morfológicas semelhantes ao carcinoma de células escamosas, o que, por muitas vezes, dificulta o diagnóstico. Torna-se necessária, portanto, a excisão cirúrgica completa das lesões suspeitas para diagnóstico e tratamento corretos.

Palavras-chave: Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos; Ceratoacantoma; Dermatopatias; Neoplasias cutâneas; Procedimentos cirúrgicos operatórios; Patologia cirúrgica

 

ABSTRACT

Introduction: Keratoacanthoma is an epithelial neoplasm of rapid growth, more frequent in areas of sun exposure, and usually appears as a single, rounded lesion with a central depression filled with keratin. Clinical and histopathological similarities with squamous cell carcinoma often make differential diagnosis difficult. Excisional biopsy is the approach of choice, allowing diagnosis and treatment.
Method: This is an observational and retrospective study, in which data of 162 patients treated at the Hospital Felício Rocho from 2005 to 2013, in Belo Horizonte, MG, were analyzed. All patients underwent surgical excision of tumors. Data on sex, age, number of lesions, location, tumor size, and preoperative diagnosis were studied.
Results: Of the 162 patients, with a total of 173 lesions, only 154 (95.06%) had keratoacanthoma. There were 92 male (56.80%) and 70 female (43.20%) patients. The age of patients ranged from 11 to 96 years, with an average of 71.23 years. The lesions were located predominantly in the upper limbs (43.64%), face (28.48%), and lower limbs (17.58%). In the diagnostic hypotheses formulated by surgeons at the request of the pathology, the diagnosis was correct in 63.13%.
Conclusion: Keratoacanthoma is an epithelial tumor with morphological characteristics similar to those of squamous cell carcinoma, which often complicates the diagnosis. Therefore, the complete excision of the suspicious lesions is necessary for correct diagnosis and treatment.

Keywords: Surgical reconstructive procedures; Keratoacanthoma; Skin diseases; Skin neoplasms; Surgical procedures, operative; Pathology, surgical

 

Análise epidemiológica de 2 anos na Unidade de Queimados do Hospital de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira, Goiânia, Brasil

FABIANO CALIXTO FORTES DE ARRUDA; BRUNNA CÂNDIDA DE OLIVEIRA CASTRO; JEAN FILIPE DE MEDEIROS; WILSON JOSÉ VALADÃO; GILBERTO MARCOS DIAS DOS REIS
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(3):389-394

PDF Português PDF Inglês Texto em Português Texto em Inglês

RESUMO

Introdução: Queimadura é um tipo de lesão que está entre as principais causas de mortalidade. A utilização da epidemiologia ajuda no fornecimento de subsídios para avaliação e organização de tratamento e prevenção, visando à melhora da saúde pública. O objetivo é descrever o perfil epidemiológico dos pacientes atendidos no Hospital de Urgências Governador Otávio Lages de Siqueira (HUGOL) na unidade de Queimados Nelson Picollo.
Método: Este estudo analisou o perfil epidemiológico dos pacientes atendidos pela equipe de cirurgia plástica da unidade de tratamento de queimados Nelson Picollo, no período de julho 2015 até junho 2017, com idade superior a 12 anos. Critérios de exclusão: pacientes que não foram internados na unidade de queimados. Os dados foram colhidos do programa MVSoul R.
Resultados: O total de atendimentos foi de 375 pacientes, dos quais 50% necessitaram de tratamentos unidade de terapia intensiva. O tempo médio de internação foi de 23,08 dias. A maioria do sexo masculino, com média de idade de 39,17 anos, com agente etiológico principal as chamas por álcool + gasolina. A média de superfície corporal queimada foi de 24,67%. Foram realizados 1490 intervenções cirúrgicas, média de 3,97 cirurgias por paciente. O total de óbitos foi de 40 pacientes, dos quais 29 apresentaram queimadura de via aérea. O total de pacientes com queimadura de via aérea foi de 73 casos.
Conclusão: Este estudo demonstrou um perfil de queimaduras e internações na unidade de Queimados do HUGOL compatível com outros centros especializados neste tipo de tratamento.

Palavras-chave: Queimaduras; Unidades de queimados; Transplantes; Retalhos cirúrgicos; Epidemiologia

 

ABSTRACT

Introduction: Burns are a type of injury that is among the leading causes of mortality. The use of epidemiology helps in providing subsidies for evaluation and organization of treatment and prevention, aiming at the improvement of public health. The objective is to describe the epidemiological profile of the patients treated at the Queimados Nelson Picollo unit of the Governador Otávio Lages de Siqueira Emergency Hospital (HUGOL).
Method: This study analyzed the epidemiological profile of patients, aged more than 12 years, treated by plastic surgery at the burn treatment unit, Nelson Picollo, from July 2015 to June 2017. The patients who were not admitted to the burn unit were excluded from the study. Data were collected from the MVSoul R. program.
Results: A total of 375 patients visited the hospital; of these, 50% of the patients needed intensive care unit treatments. The mean duration of hospital stay was 23.08 days. The majority of the patients were males, with a mean age of 39.17 years, and the main etiological agents were inflammable liquids, mainly alcohol and gasoline. The mean burned body surface area was 24.67%. A total of 1490 surgical interventions were performed, with an average of 3.97 surgeries per patient. Forty patients died; of these, 29 had airway burns. The total number of patients with airway burns was 73.
Conclusion: This study provides a profile of burns and hospitalizations in the HUGOL burns unit, which corresponds with those from other centers specialized for this type of treatment.

Keywords: Burns; Burn units; Transplants; Surgical flaps; Epidemiology

 

Análise da evolução dos pacientes queimados de acordo com seu perfil epidemiológico na Santa Casa de Misericórdia de Santos, Brasil

RODOLFO TOSCANO ZAFANI; RICARDO PORTELLA PERRONE; DANIEL TOGNOLI VILAÇA; SARA FERREIRA FARO; CLAUDIO MESSIAS MORAES; GIOVANNA CALIL VICENTE FRANCO DE SOUZA
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(3):395-398

PDF Português PDF Inglês Texto em Português Texto em Inglês

RESUMO

Introdução: As queimaduras constituem um importante problema de saúde pública, representando a segunda causa de morte na infância não só nos Estados Unidos como também no Brasil. Porém, existem poucos dados e informações disponíveis para orientar programas de prevenção. O objetivo do trabalho foi de analisar dados epidemiológicos de pacientes com o diagnóstico de queimadura internados traçando um perfil dos pacientes no período estudado.
Método: Estudo retrospectivo dos 716 pacientes internados no período de janeiro de 2011 a maio de 2017 na Santa Casa de Misericórdia de Santos (SCMS) para a especialidade de Cirurgia Plástica. Foram analisados o perfil demográfico, tempo de internação e mortalidade.
Resultados: Dos 716 pacientes internados, a média de idade total é de 29 anos em ambos sexos e nesse período 28 foram a óbito, com média de idade de 58,6 anos.
Conclusão: O estudo mostrou o perfil dos pacientes internados na SCMS e a importância dos cuidados com os pacientes queimados e todos os fatores de mau prognóstico, como a idade mais avançada, que se colocou como um importante fator para a evolução desfavorável dos casos.

Palavras-chave: Queimaduras; Unidades de queimados; Epidemiologia analítica; Políticas públicas de saúde

 

ABSTRACT

Introduction: Burns are an important public health problem, representing the second cause of death in childhood not only in the United States but also in Brazil. However, available data and information for guiding prevention programs are limited. The objective of this study was to analyze the epidemiological data of hospitalized patients diagnosed with burns and to outline a profile of the patients in the study period.
Methods: A retrospective study of the 716 hospitalized patients from January 2011 to May 2017 at Santa Casa de Misericórdia de Santos (SCMS) for Plastic Surgery was performed. The demographic profile, length of hospital stay, and mortality were analyzed.
Results: Of the 716 hospitalized patients, the mean age was 29 years in both sexes, and 28 patients, with a mean age of 58.6 years, died during the study period.
Conclusion: The study showed the profile of hospitalized patients in SCMS and the importance of care in burn patients. All factors of poor prognosis were determined, and older age was considered an important factor for the unfavorable progression of the cases.

Keywords: Burns; Burn units; Analytical epidemiology; Health public policy

 

IDEIAS E INOVAÇÕES

Avaliação histológica do músculo grande dorsal submetido à expansão tecidual pós-infiltração com toxina botulínica: estudo experimental em ratas

MANOEL PEREIRA DA SILVA; LUIS CARLOS DOS REIS; ÉLIA CLÁUDIA DE SOUZA ALMEIDA; ANA CRISTINA DA ROCHA DUQUE; ADRIANA CARTAFINA PEREZ-BÓSCOLLO; RENATA MARGARIDA ETCHEBEHERE
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(3):399-403

PDF Português PDF Inglês Texto em Português Texto em Inglês

RESUMO

Os autores descrevem as alterações histológicas no músculo grande dorsal submetido à expansão após relaxamento com toxina botulínica e as possíveis correlações dos achados com os benefícios práticos como, por exemplo, aumento da complacência muscular e melhor acomodação da prótese. Foi empregado o modelo experimental, com dez ratas com peso médio de 300 g, mesma faixa etária, da cepa Wistar (Rattus norvegicus) e o músculo grande dorsal. Biópsias musculares foram feitas antes e após as expansões, no músculo normal, no grupo controle (apenas com expansores) e no grupo com expansores e toxina botulínica. Expansores de 3 centímetros cúbicos eram posicionados abaixo do músculo e expandidos com 0,3 mililitros de soro fisiológico semanalmente, por 10 semanas. Os cortes histológicos foram corados segundo as técnicas de Hematoxilina-eosina, para avaliação geral, e tricrômio de Masson para avaliação do tecido conjuntivo. As fibras musculares submetidas à expansão sob a ação da toxina botulínica apresentaram focos de fibrose e proliferação de vasos sanguíneos menos intensos que no grupo sem toxina botulínica e a diminuição do número de fibras musculares e a atrofia eram menores que no grupo que não utilizou a toxina. Os achados nos permitem presumir que a expansão muscular associada ao relaxamento com toxina botulínica preserva as características da musculatura esquelética, oferecendo melhor acomodação e proteção da prótese e facilitando a dinâmica da expansão, além de diminuir a dor.

Palavras-chave: Dispositivos para expansão de tecidos; Toxinas botulínicas; Histologia

 

ABSTRACT

The authors describe histological changes in the latissimus dorsi muscle submitted to expansion after relaxation with botulinum toxin. The possible practical benefits include increased muscle compliance and better accommodation of a prosthesis. The experimental model involved 10 Wistar rats (Rattus norvegicus) of the same age, with average weight of 300 g. Muscle biopsies before and after expansion were performed in normal muscle, in a control group (with expanders alone), and in a group with expanders and botulinum toxin. Expanders measuring 3 cm3 were positioned below the muscle and expanded with 0.3 ml of saline weekly, for 10 weeks. Histological sections were stained using hematoxylin-eosin for general evaluation and Masson's trichrome for evaluation of connective tissue. The muscle fibers submitted to expansion under the action of botulinum toxin showed less fibrosis and less intense proliferation of blood vessels than in the group without botulinum toxin, and the atrophy and reduction in the number of muscle fibers were less prominent than in the group that did not receive botulinum toxin. The findings suggest that muscle expansion associated with botulinum toxin relaxation preserves skeletal muscle characteristics by providing better accommodation and protection for a prosthesis and facilitating expansion dynamics; this method may also reduce pain.

Keywords: Tissue expansion devices; Botulinum toxin; Histology

 

ARTIGO DE REVISÃO

Fonoaudiologia e cirurgia ortognática: revisão de literatura

MILANE FRANÇA NEVES SILVA; LAURA DAVISON MANGILLI TONI
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(3):404-413

PDF Português PDF Inglês Texto em Português Texto em Inglês

RESUMO

Introdução: As deformidades dentofaciais estão associadas às alterações de oclusões dentárias, que podem causar modificações no sistema miofuncional de acordo com o tipo de desproporção. Essas deformidades, podem provocar alterações e/ou adaptações no sistema estomatognático. O objetivo desse estudo foi identificar, com base na literatura arbitrada, a relação entre a Fonoaudiologia e a Cirurgia Ortognática.
Método: Foi realizado levantamento bibliográfico sem período específico, nas bases de dados PubMed, SciELO e BVS.
Resultados: Foram avaliados 15 artigos de forma crítica, quanto ao tipo de estudo, seus objetivos, número e gênero dos participantes, metodologia, resultados e conclusões. Os artigos foram agrupados com base nos seus objetivos em 1) Grupo Fonoaudiologia (GF); 2) Grupo Mudanças (GM); 3) Grupo Técnicas (GT) e 4) Grupo Outros (GO).
Conclusão: Pouco se encontrou sobre a intervenção fonoaudiológica direta, sendo a maioria dos estudos direcionada às mudanças estéticas e funcionais do tecido duro e mole de pacientes submetidos à cirurgia ortognática. Houve também estudos que abordaram métodos e/ou exames específicos para verificar as mudanças nos tecidos moles e duros do perfil facial dos pacientes submetidos à cirurgia ortognática e estudo que detalhou o perfil dos indivíduos que realizaram tratamento para deformidade dentofacial e síndrome da Apneia e Hipopneia do Sono.

Palavras-chave: Fonoaudiologia; Cirurgia ortognática; Sistema estomatognático; Anormalidades maxilomandibulares; Estética; Fisiologia

 

ABSTRACT

Introduction: Dentofacial deformities are associated with changes in dental occlusion, which may cause changes in the myofunctional system according to the type of disproportion. These deformities can cause changes and/or adaptations in the stomatognathic system. The objective of this study was to identify the relationship between speech therapy and orthognathic surgery based on refereed publications.
Method: A bibliographic survey was conducted without considering a specific publication period in the databases, PubMed, SciELO and BVS.
Results: Fifteen articles were critically evaluated with respect to the type of study, objectives, number and sex of participants, methodology, results and conclusions. Based on their aims, the articles were grouped into 1) speech-therapy group (STG); 2) changes group (CG); 3) techniques group (GT) and 4) others group (OG).
Conclusion: There is little information regarding direct speech therapy intervention, and the majority of the studies were directed to the aesthetic and functional changes in the hard and soft tissue in patients who underwent orthognathic surgery. Some studies addressed methods and/or specific examination procedures to verify the changes in the soft and hard tissues of the facial profile of patients who underwent orthognathic surgery, and a study detailed the profile of individuals who underwent treatment for dentofacial deformity and apnea-hypopnea syndrome.

Keywords: Speech therapy; Orthognathic surgery; Stomatognathic system; Maxillomandibular abnormalities; Esthetics; Physiology

 

RELATO DE CASO

Pioderma gangrenoso: um desafio para o cirurgião plástico

FRANCISCO FELIPE GÓIS DE OLIVEIRA; MARIANA FERNANDES; ANA MARIA NOGUEIRA GIACOIA; OSVALDO SALDANHA; MARCOS RICARDO MENEGAZZO; EUGÊNIO GONZALEZ CAÇÃO; OSVALDO SALDANHA
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(3):414-418

PDF Português PDF Inglês Texto em Português Texto em Inglês

RESUMO

Introdução: O pioderma gangrenoso (PG) corresponde a uma dermatose autoimune crônica e rara. Sua base etiológica ainda permanece pouco conhecida, sendo idiopático em 25 a 50% dos casos, nos demais está associado com doenças sistêmicas de fundo autoimune, tem uma incidência de 2 a 3 casos em 1 milhão de habitantes por ano. No Brasil, este índice é de 0,38 casos por 10.000 atendimentos, as mais acometidas são as mulheres entre a segunda e quinta década de vida. O quadro clínico é variável, sendo que a forma ulcerosa, que surge sobre uma cicatriz prévia, é a mais prevalente.
Relato de Caso: Paciente do sexo feminino, 39 anos de idade, previamente hígida, foi submetida à mamoplastia redutora, evoluiu com úlcera necrótica em cicatriz vertical de mama esquerda. Realizado desbridamento de tecidos desvitalizados, prescrita antibioticoterapia, apresentando piora importante da lesão, sendo considerada a hipótese de PG. Iniciado tratamento com corticoterapia oral e tópica com remissão do quadro.
Conclusões: O PG representa um desafio no diagnóstico e, geralmente, demonstra a dificuldade diagnóstica, podendo ser confundido com infecção do sítio cirúrgico.

Palavras-chave: Pioderma gangrenoso; Mamoplastia; Corticosteroides; Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos; Imunoterapia

 

ABSTRACT

Introduction: Pyoderma gangrenosum (PG) is a chronic and rare autoimmune dermatosis. Its etiology remains poorly understood, being idiopathic in 25 to 50% of cases; in others, it is associated with systemic diseases with autoimmune background and has an incidence of 2 to 3 cases per 1 million per year. In Brazil, the rate is 0.38 cases per 10,000 clinical visits, and women between the second and fifth decades of life are the most affected. The clinical presentation is variable, and the ulcerous form, which appears on a previous scar, is the most prevalent.
Case Report: A 39-year-old, previously healthy female underwent reduction mammoplasty, and later developed a necrotic ulcer on a vertical left breast scar. Debridement of devitalized tissue was performed, with significant worsening despite antibiotic therapy. The appearance suggested PG. Treatment with oral and topical corticosteroids was then initiated with remission.
Conclusions: PG represents a diagnostic challenge, and can be confused with surgical site infection.

Keywords: Pyoderma gangrenosum; Mammoplasty; Corticosteroids; Reconstructive surgical procedures; Immunotherapy

 

Relato de caso: síndrome de Klippel-Trénaunay-Weber

VICTOR PARREIRA BIZINOTO; ANDRÉ DE OLIVEIRA MARTINS; ADRIANA SANTA CECÍLIA BORGES; MARIA APARECIDA LIMA; JULIO DANTE BONETTI
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(3):419-422

PDF Português PDF Inglês Texto em Português Texto em Inglês

RESUMO

Introdução: A síndrome de Klippel-Trénaunay-Weber (SKTW) é caracterizada pelo conjunto de sinais que consiste em malformações capilares, malformações venosas com ou sem malformações linfáticas associado ao supercrescimento de membros. Na maioria das vezes, envolve apenas uma extremidade com malformação arteriovenosa e cerca de 75% dos pacientes manifestam antes dos 10 anos de idade.
Relato de Caso: Relatamos um caso de Klippel-Trénaunay-Weber em um paciente de 7 meses em acompanhamento na enfermaria da Cirurgia Plástica do Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia para o qual foi proposto tratamento cirúrgico da lesão.
Conclusão: Como a SKTW é uma doença com morbidade progressiva e grave, o paciente deve ser acompanhado em um centro de referência com experiência e arsenal terapêutico diversificado para atuar da melhor forma possível no tratamento.

Palavras-chave: Síndrome de Klippel-Trenaunay-Weber; Malformações vasculares; Hemangioma

 

ABSTRACT

Introduction: The Klippel-Trénaunay-Weber syndrome (KTWS) is characterized by several signs, including capillary malformations and venous malformations with or without lymphatic malformations associated with limb overgrowth. In most cases, only one extremity is involved with arteriovenous malformation, and approximately 75% of the patients manifest symptoms before 10 years of age.
Case Report: We report a case of a 7-month-old patient with KTWS followed-up at the Plastic Surgery Service of the Hospital de Clínicas, Federal University of Uberlândia; surgical treatment of the lesion was proposed for the patient.
Conclusion: Since KTWS is a progressive disease with severe morbidity, the patient must be followed-up at a reference center by experienced staff with diverse therapeutic arsenal.

Keywords: Klippel-Trénaunay-Weber syndrome; Vascular malformations; Hemangioma

 

Gestação e queimadura: experiência de unidade de queimaduras em Hospital Universitário

JOSÉ RENATO NAHLOUS FERREIRA LEITE; ERIKA LOPES FERNANDES; GUILHERME FERREIRA TAKASSI; ANDREA FERNANDES DE OLIVEIRA; LYDIA MASAKO FERREIRA
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(3):423-427

PDF Português PDF Inglês Texto em Português Texto em Inglês

RESUMO

Introdução: A incidência de queimaduras em gestantes não é bem estabelecida na literatura mundial, mas estima-se que varie entre 3% e 7%. Os cuidados da gestante queimada representam um grande desafio com impacto significante nos resultados e prognóstico materno-fetais.
Relato de Caso: No presente estudo relatamos dois casos de gestantes vítimas de queimaduras que foram tratadas na unidade de tratamento de queimaduras na Escola Paulista de Medicina da Universidade Federal de São Paulo (EPM/UNIFESP), uma no primeiro trimestre e a outra no terceiro trimestre.
Conclusão: Em ambos os casos, as gestantes receberam tratamento especializado para queimaduras em conjunto com acompanhamento clínico da equipe da obstetrícia, com boa evolução materno-fetal.

Palavras-chave: Queimaduras; Unidades de queimados; Gravidez; Gravidez de alto risco

 

ABSTRACT

Introduction: The incidence of burns involving pregnant women is not well established in the literature, but is estimated to be between 3% and 7%. The management of burns in pregnancy represents a great challenge with significant impact on outcomes and maternal-fetal prognosis.
Case Report: In the present study, we report two cases of pregnant burn victims who were treated in the burn unit in the Paulista School of Medicine, Federal University of São Paulo (EPM/UNIFESP). One patient was treated in the first trimester and the other in the third trimester.
Conclusion: In both cases, the pregnant women received specialized treatment for burns in conjunction with clinical follow-up by the obstetrics team, with good maternal-fetal outcomes.

Keywords: Burns; Burns unit; Pregnancy; High-risk pregnancy

 

Retalho sural reverso de pedículo fasciossubcutâneo: relato de caso

DANIEL NUNES E SILVA; MARCELO ROSSETO; AGLIBERTO AUGUSTO BARSAGLINI MARCONDES REZENDE; ISABELA CARRIJO PESSOA
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(3):428-432

PDF Português PDF Inglês Texto em Português Texto em Inglês

RESUMO

Introdução: As perdas de substância no terço inferior da perna costumam exigir elaboradas estratégias cirúrgicas para sua reconstrução. Dentre as opções existentes, o uso do retalho sural reverso de pedículo fasciossubcutâneo ou adipofascial reverso, citado na literatura como interessante alternativa, é pouco relatado, se comparado às outras técnicas mais utilizadas. O objetivo deste estudo é apresentar o resultado do tratamento de uma lesão exposta do tendão de Aquiles, realizado com retalho sural reverso de pedículo fasciossubcutâneo, associado à enxertia de pele total no mesmo tempo cirúrgico, discutindo as alternativas técnicas e as vantagens do procedimento.
Relato de caso: A.D., 28 anos, portador de lesão complexa em terço distal da perna, decorrente de evolução desfavorável de procedimento ortopédico de reconstrução do tendão de Aquiles rompido em acidente automobilístico, ocorrido há mais de 30 dias, foi submetido à reconstrução da ferida por meio do retalho sural reverso de pedículo fasciossubcutâneo. A evolução pós-operatória foi favorável, não havendo complicações ou intercorrências.
Conclusão: A técnica relatada apresentou uma boa opção com resultado satisfatório para a cobertura de lesão de terço inferior da perna com exposição do tendão de Aquiles.

Palavras-chave: Retalhos cirúrgicos; Traumatismos da perna; Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos; Procedimentos cirúrgicos operatórios; Traumatismos do tornozelo

 

ABSTRACT

Introduction: Loss of substance in the lower third of the leg usually requires complex surgical procedures for tissue reconstruction. Among the existing options for tissue reconstruction, reverse sural flap of the fasciosubcutaneous pedicle or reverse adipofascial flap, described in the literature as a viable option, has been little studied compared with other techniques. The objectives of this study were to present the results of surgical treatment of a complex injury due to Achilles tendon rupture using the reverse sural flap of the fasciosubcutaneous pedicle concomitantly with total skin grafting and to discuss the advantages of the procedure as well as other surgical alternatives. Case report: A.D., a 28-year-old male patient, presented with a complex injury in the lower third of the leg because of a poor outcome of surgical repair of Achilles tendon rupture that had occurred during an automobile accident more than 30 days previously. The patient underwent injury reconstruction with the reverse sural flap of the fasciosubcutaneous pedicle. The postoperative result was favorable, without complications. Conclusion: The surgical technique described here is satisfactory for treating lesions in the lower third of the leg due to Achilles tendon rupture.

Keywords: Surgical flaps; Leg trauma; Reconstructive surgical procedures; Operative surgical procedures; Ankle trauma

 

Endometriose umbilical: relato de caso e revisão de literatura

CARLA BATISTA MOISÉS; AMANDA MORAIS GONÇALVES; ANDRESSA CAMARGO VIEIRA; ANAÍSA RENATA MICHELINO; BRUNA ANDRADE ASSUNÇÃO; ALUÍZIO DEL BIANCO MAIA; ARELLY BETHÂNIA FONSECA BARBOSA; ANDRÉ ABRANTES ROSIQUE; GUSTAVO NERO MITSUUSHI
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(3):433-436

PDF Português PDF Inglês Texto em Português Texto em Inglês

RESUMO

A endometriose é caracterizada pela presença de tecido endometrial fora da cavidade uterina. Seu mecanismo fisiopatológico é pouco esclarecido, mas várias hipóteses são descritas - dentre elas a disseminação de células endometriais por via hematogênica ou linfática. A apresentação clínica é bastante variável, mas podem estar presentes massa palpável, sangramentos cíclicos ou alterações de coloração da pele na região afetada. O diagnóstico é estabelecido a partir do exame clínico, associado a exames de imagem e biópsia da lesão. O tratamento de escolha é o cirúrgico com excisão da lesão e reconstrução da anatomia local. Apresentamos um relato de caso de uma paciente de 35 anos, com endometriose umbilical, com necessidade de excisão da lesão e confecção de novo umbigo. A evolução da afecção descrita é estritamente relacionada ao manejo diagnóstico e propedêutico instituído; sendo assim, a exclusão de diagnósticos diferenciais, benignos ou malignos, é de suma importância.

Palavras-chave: Endometriose; Cirurgia plástica; Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos; Umbigo; Doenças raras

 

ABSTRACT

Endometriosis is characterized by the presence of endometrial tissue outside the uterine cavity. The pathophysiology of this condition is poorly understood. However, several hypotheses have been proposed, including the spread of endometrial cells via hematogenous or lymphatic routes. The clinical presentation is variable but includes a palpable nodule, cyclic bleeding, and changes in the color of the skin in the affected region. Diagnosis is established by clinical examination combined with imaging and lesion biopsy. The treatment of choice is surgical, with excision of the lesion and tissue reconstruction. We report the case of a 35-year-old female patient with umbilical endometriosis and the need for removal of the lesion with umbilical reconstruction. The presentation of this condition determines the diagnostic and management approach. Therefore, the exclusion of other benign or malignant disorders is essential.

Keywords: Endometriosis; Plastic surgery; Reconstructive surgical procedures; Umbilicus; Rare diseases

 

ERRATA

Patrocinadores

Indexadores

Licença Creative Commons Todos os artigos científicos publicados em http://www.rbcp.org.br estão licenciados sob uma Licença Creative Commons