ISSN Online: 2177-1235 | ISSN Impresso: 1983-5175

EDITORIAL

RELATO DE CASO

Reconstrução parcial de nariz baseada em retalho nasogeniano após ressecção de carcinoma espinocelular envolvendo septo nasal, columela e lábio superior

Anderson Ricardo Ingracio; Maurício Silva Carvalho; Daniel Ongaratto Barazzetti; Gabriela Pavan; Alessandra Martinelli
Rev. Bras. Cir. Plást. 2014;29(3):312-315

PDF Português PDF Inglês Texto em Português Texto em Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: Reconstruções de defeitos complexos na face constituem um desafio para os cirurgiões. Após ressecção da lesão, o reparo nasal é difícil, já que possui uma variedade de tecidos e área local doadora reduzida para reconstrução. Já as lesões de lábio possuem como principal dificuldade a restauração da função, priorizando a integridade da estrutura esfincteriana, a continência oral, a abertura bucal e a sensibilidade. Entre as alternativas para reconstrução dessas áreas, podemos optar por retalhos locais, entre os quais o nasogeniano. OBJETIVO: Analisar desfechos de reconstrução nasal e de lábio superior em dois tempos cirúrgicos, utilizando retalho nasogeniano, após defeito complexo causado por ressecção de carcinoma espinocelular (CEC). RELATO DO CASO: Paciente do gênero feminino, 56 anos, apresentou CEC de progressão avançada em região nasal da columela, terço anterior do septo e parte do lábio superior. A paciente foi submetida à reconstrução com retalho nasogeniano e, em segundo momento cirúrgico, ao enxerto de cartilagem costal para reconstrução de columela. Apresenta evolução com boa integração e viabilidade dos enxertos e retalhos. O resultado estético foi satisfatório. CONCLUSÃO: A utilização de retalho nasogeniano como opção terapêutica para a reconstrução parcial de nariz e de lábio superior apresentou desfechos funcionais/estéticos favoráveis. Além disso, a segmentação do procedimento cirúrgico traz segurança na utilização dos retalhos locais, principalmente em indivíduos de difícil cicatrização.

Palavras-chave: Reconstrução nasal; Tumor espinocelular; Retalho nasogeniano; Cirurgia reconstrutiva.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: Reconstruction of complex facial defects is a challenge for surgeons. After the excision of a lesion, nasal reconstruction is challenging because of the variety of tissues involved and the reduced local donor area for reconstruction. On the other hand, a major difficulty in the reconstruction of lip lesions is restoration of function, with the priority being the maintenance of the integrity of the sphincter structure, oral continence, mouth opening, and sensitivity. Among the alternatives for the reconstruction of these areas are local flaps, including the nasolabial flap. AIM: To analyze the outcome of nasal and upper lip reconstruction performed in two surgical stages, by using a nasolabial flap for complex defects resulting from the resection of squamous cell carcinoma (SCC). CASE REPORT: A 56-year-old female patient presented with advanced SCC in the nasal region of the columella, anterior third of the septum, and part of the upper lip. She underwent reconstruction with a nasolabial flap and, in a second surgical procedure, with a costal cartilage graft for the reconstruction of the columella. The procedures resulted in good integration and viability of grafts and flaps. The aesthetic result was satisfactory. CONCLUSION: The use of a nasolabial flap as a therapeutic option for the partial reconstruction of the nose and upper lip produces favorable functional and aesthetic outcomes. In addition, the division of the surgical procedure into stages provides safety in the use of local flaps, particularly in patients with poor healing.

Keywords: Nasal reconstruction; Squamous cell carcinoma; Nasolabial flap; Reconstructive surgery.

 

Fechamento de fístula oronasal com retalho miomucoso labial superior

Afonso de Souza Ribeiro Filho; Renata Neves de Alencar Vidal; Alejandro Lusardo Bo; Rômulo Pedroza Pinheiro
Rev. Bras. Cir. Plást. 2014;29(3):316-318

PDF Português PDF Inglês Texto em Português Texto em Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: A fístula palatina é a complicação mais frequente após palatoplastias e sua presença traz diversas implicações. Sua apresentação é diversificada e seu reparo pode ser difícil, o que se traduz na existência de uma diversidade de técnicas cirúrgicas descritas. OBJETIVO: Relatar a correção cirúrgica de fístula palatina anterior com retalho miomucoso labial superior, além de fazer uma breve revisão da literatura. RELATO DE CASO: Paciente submetido à correção de fissura palatina completa, apresentando, no pós-operatório mediato, fístula anterior de palato duro e processo alveolar, submetido à correção da fístula palatina oronasal com retalho miomucoso de lábio superior. O paciente evoluiu satisfatoriamente, sem complicações e sem recidiva da lesão após um ano de seguimento. CONCLUSÃO: A técnica em questão mostrou-se simples e eficiente, prestando-se à correção da fístula palatal anterior.

Palavras-chave: Palatoplastia/complicações; Fístula palatina; Retalho miomucoso labial superior.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: Palatal fistula is the most common complication after palatoplasty, and its presence entails various implications. Its presentation is diverse and repair can be difficult, which is reflected in the existence of a numerous surgical techniques described for its treatment. OBJECTIVE: To report the surgical correction of palatal fistula with a myomucosal upper lip flap, along with a brief review of the literature. CASE REPORT: The patient underwent repair of complete cleft palate. At the immediate postoperative time, an anterior fistula of the hard palate and alveolar process was present and was subjected to a correction with an oronasal myomucosal upper lip flap. The patient progressed satisfactorily, without complications or lesion recurrence after 1 year of follow-up. CONCLUSION: The technique presented is a simple and efficient method for correction of an anterior palatal fistula.

Keywords: Palatoplasty/complications; Palatal fistula; Myomucosal upper lip flap.

 

Lipoblastoma benigno de membro superior: relato de caso e revisão da literatura

Evandro José Siqueira; Gustavo Steffen Alvarez; Lourenço Frigeri Teixeira; Jefferson Braga Silva
Rev. Bras. Cir. Plást. 2014;29(3):319-323

PDF Português PDF Inglês Texto em Português Texto em Inglês

RESUMO

O lipoblastoma é um tumor mesenquimal raro, composto de lipoblastos que continuam sua proliferação após o período pós-natal e que acometem, predominantemente, a população pediátrica. Apresenta prognóstico excelente, apesar do potencial de invasão local e do crescimento rápido. Os autores relatam o caso de uma paciente pediátrica portadora de volumosa lesão em antebraço direito, ocasionando importante comprometimento funcional do membro acometido. Aspectos relevantes no diagnóstico diferencial e manejo são discutidos neste trabalho, visto tratar-se de lesão com potencial risco incapacitante futuro, caso não manejada corretamente.

Palavras-chave: Lipoblastoma; Tumores Lipomatosos; Tumoração de Partes Moles; Lipoblastomatose.

 

ABSTRACT

Lipoblastoma is a rare mesenchymal tumor occurring primarily in pediatric patients and formed by lipoblasts that proliferate after the postnatal period. Despite its potential for local invasion and rapid growth, its prognosis is excellent. In this study, we report the case of a pediatric patient with a ponderous lesion in the right forearm that caused considerable functional impairment of the affected limb. We also discuss the relevant aspects concerning the differential diagnosis and management of the disease, as it has the potential to cause incapacity without proper treatment.

Keywords: Lipoblastoma; Lipomatous tumors; Soft tissue tumors; Lipoblastomatosis.

 

Abordagem cirúrgica de faixas constritivas em Síndrome de Vohwinkel

Iana Silva Dias; Salustiano Gomes Pinho Pessoa; José Everardo Macêdo; Breno Bezerra Gomes de Pinho Pessoa; Sarah Hanna de Carvalho Andrade
Rev. Bras. Cir. Plást. 2014;29(3):324-327

PDF Português PDF Inglês Texto em Português Texto em Inglês

RESUMO

A Síndrome de Vohwinkel ou ceratodermia hereditária mutilante é uma ceratodermia palmoplantar rara, que se manifesta na infância e se torna mais evidente nas fases de adolescência e idade adulta. Doença de herança preferencialmente autossômica dominante, acomete mais mulheres e caucasianos. A hiperceratose palmoplantar difusa, com aparência de favo de mel; as faixas constritivas digitais conhecidas como pseudoainhum, e as placas ceratósicas em forma de estrela-do-mar no dorso de mãos e pés, podendo acometer cotovelos e joelhos, são os achados clínicos característicos da Síndrome. O presente trabalho trata de um relato de caso de uma paciente com Síndrome de Vohwinkel e a terapêutica cirúrgica realizada nas faixas constritivas.

Palavras-chave: Faixas constritivas; Autoamputaçao; Vohwinkel; Digitais; Pseudoainhum.

 

ABSTRACT

Vohwinkel syndrome, also known as hereditary mutilating keratoderma, is a rare palmoplantar keratoderma that manifests in childhood and becomes more evident in adolescence and adulthood. This preferential autosomal dominant disease affects more women and Caucasians. Its clinical features are diffuse palmoplantar keratoderma with the appearance of honeycomblike constricting rings in the fingers and toes known as pseudo-ainhum, and starfish-shaped keratotic plaques on the dorsal aspect of the hands and feet that can affect the elbows and knees. The present report describes a case report of a patient with Vohwinkel syndrome and surgical correction of the constrictive bands.

Keywords: Constrictive bands; Self-amputation; Vohwinkel; Digital; Pseudo-ainhum.

 

ARTIGO ORIGINAL

Ritidoplastia videoassistida do terço inferior da face: corset videoendoscópico

Ronaldo Righesso; Eduardo Mainieri Chem; Rafael Netto; Anna Luiza Melo Martins; Niandra Sartori
Rev. Bras. Cir. Plást. 2014;29(3):328-336

PDF Português PDF Inglês Texto em Português Texto em Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: Após um período em que a controvérsia em cirurgias faciais teve como foco a abordagem ao SMAS, atualmente se persegue a melhora do contorno cervical. Descolamentos maiores, como os praticados pelo acesso submentoniano, podem aprimorar os resultados, entretanto acarretam aumento das complicações, sobretudo de hematomas, desencorajando seu emprego. No intuito de minimizar estes riscos, propõe-se o uso adjuvante do videoendoscópio durante a realização de cervicoplastias, segundo a Técnica de Feldman. As adaptações necessárias para a realização do procedimento são detalhadas. MÉTODO: Estudo retrospectivo de 16 pacientes submetidos a procedimento cirúrgico nos últimos 12 meses, sequencialmente, de acordo com a técnica apresentada. Os resultados foram graduados pelo autor principal (RR) e por três cirurgiões plásticos independentes (EC, RN, AM), sem que estes conhecessem detalhes da técnica empregada. Os fotogramas pré e pós-operatórios de seis meses foram avaliados e pontuados conforme os parâmetros definidos por Ellenbogen & Karlin, gerando notas 'de 0 a 10', que foram aplicadas à Grade de Labbé. RESULTADOS: A média geral do grupo foi 8,29, escore ótimo, segundo a Escala de Labbé. Em dez casos (62,5%), atingiu-se resultado ótimo (8-10 pontos); cinco casos (31,25%), bom (6-7 pontos), e apenas um caso (6,25%), escore abaixo de 6 pontos, classificado como mediano. Não houve ocorrência de hematomas, aderências cutâneas ou recidiva das bandas platismais. CONCLUSÃO: A técnica apresentada parece propiciar resultados adequados, sem aumento das complicações. Adicionalmente, possibilita uma cicatriz submentoniana de menor extensão, além da visualização magnificada e direta de todas as estruturas abordadas, por todos os membros da equipe.

Palavras-chave: Ritidoplastia/métodos; Face/cirurgia; Hematoma/prevenção & controle.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: In contemporary facial surgery, the focus of controversy has shifted from superficial muscular aponeurotic system approaches, to methods by which to improve the neck contour. Larger detachments, such as those resulting from the use of submental access, can provide better outcomes. However, the associated potential for increased complication rates, particularly hematomas, discourages the practice of such detachments. In order to minimize these risks, we propose the use of videoendoscopic assistance during cervicoplasty procedures, such as Feldman's method. The adjustments required to carry out this procedure are described in this study. METHOD: This retrospective study included 16 patients, who were sequentially submitted to a surgical procedure in the preceding 12 months, using the technique described above. The results were scored by the main author (RR) and 3 independent plastics surgeons (EC, RN, AM), who were unaware of the details of the technique used. Preoperative and 6-month postoperative photographs were evaluated and scored according to the parameters defined by Ellenbogen and Karlin, with values ranging from 0-10 subsequently applied to the grading system of Labbé. RESULTS: The group average postoperative score was 8.29, the optimal grade according to the scale of Labbé. An optimal outcome (8-10 points) was reached in 10 cases (62.5%); a good outcome (6-7 points) was reached in 5 cases (31.25%); a score below 6, rated as average, occurred in only one case (6.25%). There was no occurrence of hematomas, skin adhesions or recurrent platysmal bands. CONCLUSION: The proposed technique appears to provide satisfactory results without increasing the rate of complications. Moreover, use of the technique was associated with less extended submental scar, in addition to improving the direct view of the structures manipulated for all members of the surgical team.

Keywords: Rhytidoplasty/Methods; Face/Surgery; Hematoma/Prevention and Control.

 

Avaliação da dor na área doadora de pacientes com fissura labiopalatina submetidos a reparo do defeito ósseo alveolar com enxerto autógeno de crista ilíaca: um estudo prospectivo randomizado comparando dois extratores ósseos

Danilo Zanardo Chammas; Rafael Denadai; Frederico Figueiredo Marque; Celso Luiz Buzzo; Cassio Eduardo Raposo-do-Amaral; Cesar Augusto Raposo-do-Amaral
Rev. Bras. Cir. Plást. 2014;29(3):337-345

PDF Português PDF Inglês Texto em Português Texto em Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: Enxerto ósseo autógeno é o padrão no tratamento da falha óssea alveolar. Como a morbidade na área doadora após a obtenção de enxerto ósseo continua sendo um problema relevante em pacientes fissurados, este estudo avaliou a dor na área doadora de pacientes fissurados submetidos ao tratamento de falhas ósseas alveolares com a transferência de enxerto ósseo obtido da crista ilíaca, por meio de um estudo prospectivo randomizado, comparando dois extratores ósseos. MÉTODO: Trinta e seis pacientes com fissura labiopalatina, submetidos ao reparo da falha óssea alveolar com enxerto obtido da crista ilíaca com auxílio do extrator ósseo SOBRAPAR (grupo A) ou extrator ósseo UCLA (grupo B), foram incluídos. A dor na área doadora foi avaliada no período pós-operatório com auxílio da escala numérica unidimensional de dor (0- "sem dor"; 10- "pior dor que se pode imaginar"). RESULTADOS: As médias das mensurações da dor na área doadora não revelaram diferenças significativas (p>0,05 para todas as comparações) nas comparações realizadas entre os grupos A e B, em nenhum dos momentos pós-operatórios avaliados. Houve um maior número (p<0,05) de pacientes do grupo B que não reportaram dor na área doadora, quando comparado ao grupo A. CONCLUSÕES: Este estudo apresentou um maior número de pacientes do grupo B "sem dor", quando comparado aos pacientes do grupo A, não existindo diferenças entre aqueles que reportaram quaisquer notas diferentes de zero.

Palavras-chave: Área doadora; Crista ilíaca; Dor; Enxerto ósseo alveolar; Extratores ósseos; Fissura labiopalatina.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: Autogenous bone grafting is the standard treatment for alveolar bone defects. However, morbidity in the donor area after the bone graft has been obtained continues to be a significant problem in cleft patients. This prospective randomized study compared donor area pain associated with the use of 2 bone extractors in patients with cleft lip and palate, who underwent treatment of alveolar bone defects using a bone graft obtained from the iliac crest. METHOD: Thirty-six patients with cleft lip and palate underwent alveolar bone defect repair using a graft from the iliac crest, harvested with either a SOBRAPAR bone extractor (group A) or UCLA bone extractor (group B). Donor area pain was evaluated in the postoperative period with the aid of a unidimensional numerical pain scale (0, "no pain"; 10, "worst pain imaginable"). RESULTS: Comparison of the mean donor area pain score did not reveal any significant differences (p >0.05 for all comparisons) between the groups A and B, at any of the postoperative times evaluated. A significantly higher number of patients in group B reported no pain in the donor area, compared with group A (p <0.05). CONCLUSIONS: This study showed that a significantly greater number of patients in group B reported "no pain", compared with patients in group A; with regard to patients who reported any level of pain greater than zero, there were no between-group differences.

Keywords: Donor area; Iliac crest; Pain; Alveolar bone graft; Bone extractors; Cleft lip and palate.

 

Retalho miocutâneo inferior pediculado do músculo trapézio nas reconstruções após cirurgias oncológicas de cabeça e pescoço, e tórax

Juliano Carlos Sbalchiero; Guilherme Bracco Graziosi
Rev. Bras. Cir. Plást. 2014;29(3):346-351

PDF Português PDF Inglês Texto em Português Texto em Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: Revisão da literatura sobre o retalho miocutâneo inferior do músculo trapézio, apresentando suas vantagens, técnica cirúrgica e complicações. MÉTODOS: Estudo de 19 casos tratados no INCA, através de técnica específica, e comparação dos dados com a literatura internacional. RESULTADOS: Todas as reconstruções atingiram seus objetivos, com correção dos defeitos em partes moles e pele. O efeito estético foi considerado bom pelos pacientes e pela equipe médica. Foi observada uma taxa de 21% de complicações. Não houve necrose ou infecção nos retalhos. Em relação às funções, 89,5% apresentaram função motora preservada e 10,5%, déficit funcional por acometimento tumoral do nervo acessório. CONCLUSÃO: A despeito do aprimoramento contínuo das técnicas microcirúrgicas, os retalhos miocutâneos pediculados ainda encontram indicações nas reconstruções após ressecções oncológicas alargadas. O retalho miocutâneo inferior do músculo trapézio é uma alternativa segura e aplicável para as reconstruções de partes moles das regiões cervicais lateral e posterior, da região lateral da cabeça, da região do ombro e para as regiões paraespinhal superior e paraescapulares.

Palavras-chave: Retalho inferior trapézio; Retalho miocutâneo; Reconstrução cabeça e pescoço; Reconstrução tórax.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: In this article, we present a literature review on the lower myocutaneous trapezius flap, and report its advantages, surgical technique, and complications. METHODS: We studied 19 patients treated at INCA with a specific technique, and compared the outcomes with those reported in the international literature. RESULTS: All reconstructions achieved the procedural objectives, and the defects of soft tissues and skin were repaired. The aesthetic outcome was considered satisfactory by the patients and medical staff. The rate of complications was 21%. No necrosis or signs of infection were detected in the flaps. Concerning the functions, 89.5% of patients preserved their motor function, whereas reduced functional movements were observed in 10.5% of the patients due to tumor invasion to the accessory nerve. CONCLUSIONS: Despite the continuous advancements in microsurgical techniques, pedicle myocutaneous flaps are still indicated for reconstruction procedures after extended cancer resections. The use of the lower trapezius myocutaneous flap is safe and represents a suitable option for the reconstruction of soft tissues of the lateral and posterior cervical regions, side of the head, shoulder, and upper paravertebral and parascapular regions.

Keywords: Lower trapezius flap; myocutaneous flap; head and neck reconstruction; chest reconstruction.

 

Estudo de complicações em próteses mamárias: avaliação de 546 casos em oito anos

Raquel Eckert Montandon
Rev. Bras. Cir. Plást. 2014;29(3):352-360

PDF Português PDF Inglês Texto em Português Texto em Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: O implante de próteses mamárias é uma das cirurgias mais frequentes e desafiadoras da cirurgia plástica, devido às complicações associadas. MÉTODO: Foi realizado um estudo retrospectivo de 546 pacientes operadas em oito anos (maio de 2004 a maio de 2012), sendo estudadas todas as pacientes submetidas à inclusão de próteses mamárias, isoladamente ou associadas à mastopexia ou mamoplastia redutora. RESULTADOS: Foram utilizadas próteses texturizadas em 84,8% e poliuretano, em 15,2%, com plano de implantação subglandular em 91,7% e submuscular, em 8,24%. Foram estudados: contratura (3,3%), seroma (2,7%), ptose (2,7%) e infecção (0,6%). A maioria das contraturas surgiu cinco anos após a cirurgia e apenas nas próteses texturizadas, que tiveram tempo de seguimento maior (4,2 anos, nas próteses texturizadas versus 1,7 ano nas de poliuretano). Houve maior frequencia de ptose nas texturizadas e de infecção, nas de poliuretano. Somente apresentaram contraturas pacientes com próteses texturizadas no período observado. Comparando-se o plano de implantação, o seroma foi mais frequente nas submusculares. Considerando-se a complexidade do procedimento, houve aumento do índice de complicações: nas implantadas com poliuretano, aumentou o índice de infecção; nas texturizadas, de ptose e seroma, mas não houve diferenças quanto à contratura. Todos os casos de infecção ocorreram em mamoplastias redutoras com próteses de poliuretano e foram causados por germes comuns, sem casos de micobactérias. CONCLUSÕES: Contraturas e ptose foram exclusivas em próteses texturizadas, no tempo de seguimento mais curto. Infecção apenas ocorreu em próteses de poliuretano. As mastopexias e mamoplastias redutoras apresentaram um índice progressivamente mais alto de complicações.

Palavras-chave: Implante mamário; Poliuretanos; Contratura capsular de implantes; Seroma.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: Breast augmentation implant surgery is one of the most frequently performed plastic surgery procedures; however, it can be challenging because of its associated complications. METHOD: We conducted a retrospective study of 546 patients operated on in eight years (May 2004 to May 2012). These patients underwent breast augmentation, alone or in association with mastopexy or breast reduction. RESULTS: In this study, 84.8% textured and 15.2% polyurethane prostheses, with 91.7% deployed in the subglandular plane and 8.24% in the submuscular plane, were used. We investigated the occurrence of contracture (3.3%), seroma (2.7%), ptosis (2.7%), and infection (0.6%). Most contractures occurred 5 years after surgery and only in textured prostheses, which had a longer follow-up (4.2 years for textured implants vs. 1.7 years for polyurethane implants). There was a higher frequency of ptosis in textured implants and of infection in polyurethane implants. Only patients with textured prostheses showed contractures in the observed period. Concerning the deployment plane, seroma was more frequently observed in submuscular implants. More complex procedures showed a higher rate of complications. Polyurethane implants were associated with increased infection rates, whereas textured implants resulted in ptosis and seroma; however, there were no differences in contracture rates. All cases of infection occurred in patients who received reduction mammoplasty with polyurethane prostheses and were caused by common germs, with no cases of mycobacterial infection. CONCLUSIONS: Contractures and ptosis uniquely occurred in textured prostheses in the shortest follow-up time. Infection occurred only in polyurethane prostheses. Mastopexies and reduction mammoplasties showed a progressively higher rate of complications.

Keywords: Breast implant; Polyurethanes; Capsular contracture of implants; Seroma.

 

Avaliação do índice de infecção de implantes mamários utilizados na reconstrução de mama do Instituto do Câncer do Estado de São Paulo

Patrícia Noronha de Almeida; Eduardo Gustavo Pires de Arruda; Alberto Okada; Eduardo Montag; Marcus Castro Ferreira; Fábio Freitas Busnardo; Alexandre Siqueira Fonseca
Rev. Bras. Cir. Plást. 2014;29(3):361-367

PDF Português PDF Inglês Texto em Português Texto em Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: A utilização de implante mamário é a forma de reconstrução de mama mais comumente realizada. Apesar de suas vantagens, a infecção do implante, seja este expansor tecidual ou prótese mamária, pode ser um problema significativo, incluindo a necessidade de sua retirada. O objetivo deste trabalho é avaliar o índice de infecção de implantes mamários utilizados na reconstrução de mama de pacientes operadas no Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (ICESP), bem como sua correlação com aspectos clínicos, oncológicos e cirúrgicos. PACIENTES E MÉTODOS: Estudo retrospectivo de 120 pacientes submetidas à reconstrução mamária com implante mamário no ICESP, no período de fevereiro de 2009 a março de 2010. RESULTADOS: O índice de infecção foi de 24,3% e esteve relacionado estatisticamente a reconstrução imediata (88,9%), diabetes mellitus (25%), IMC acima de 30 (52,8%), HAS (52,8%) e sofrimento de pele da mastectomia (27,8%). Nota-se que 44% dos implantes infectados foram retirados, sendo a maioria expansores colocados em reconstrução imediata. CONCLUSÕES: A reconstrução mamária com implante é uma forma segura e eficaz de tratamento. Deve-se, entretanto, estar atento aos subgrupos de pacientes mais propensas ao desenvolvimento de infecção, para otimizar a sua prevenção e atentar ao seu tratamento precoce.

Palavras-chave: Câncer de mama; Expansor/Implante mamário; Infecção.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: Placement of breast implants is the most commonly used form of breast reconstruction. Despite its advantages, infection of the implant, either in the tissue expander or mammary prosthesis, can be a significant problem, including the need to remove it. The objective of this work is to evaluate the infection rate of breast implants used for breast reconstruction in patients submitted to surgery at the Cancer Institute of the State of São Paulo (ICESP), as well as its correlation with clinical, oncological, and surgical factors. PATIENTS AND METHODS: This is a retrospective study on 120 patients submitted to breast reconstruction with breast implants at the ICESP from February 2009 to March 2010. RESULTS: The infection rate (24.3%) was statistically related to immediate reconstruction (88.9%), diabetes mellitus (25%), body mass index >30 (52.8%), systemic arterial hypertension (52.8%), and skin injury due to mastectomy (27.8%). Of the infected implants, 44% were removed, most of which were expanders placed during immediate reconstruction. CONCLUSIONS: Breast reconstruction with implants is the safest and most effective form of treatment. However, consideration should be given to patients who are prone to the development of infection, in order to optimize its prevention and attempt to perform its treatment at an early stage.

Keywords: Breast cancer; Expander/Breast implant; Infection.

 

Mastopexia periareolar (circum-areolar) com implante mamário cônico: tratamento de ptose, hipomastia e alterações de posição e tamanho do complexo aréolo-papilar

Igor Felix Cardoso; João Batista Cardoso; Gustavo Felix Cardoso
Rev. Bras. Cir. Plást. 2014;29(3):368-374

PDF Português PDF Inglês Texto em Português Texto em Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: A cirurgia de mastopexia associada ao aumento mamário vem sendo cada vez mais solicitada. Ao mesmo tempo, pacientes com graus menores de ptose aceitam menos as correções por meio de cicatrizes verticais. Nesse contexto, a mastopexia periareolar (circum-areolar) com implante cônico é uma opção que resulta em cicatriz limitada ao perímetro areolar e possibilita o tratamento das alterações de posição e tamanho do complexo aréolo-papilar. MÉTODO: Foram avaliadas 22 pacientes, submetidas à mastopexia periareolar com utilização de próteses cônicas, revestidas com poliuretano, colocadas em posição subglandular e operadas pelo mesmo cirurgião. RESULTADOS: Dados observados: 45% das pacientes apresentavam ptose grau I; 32%, grau II, e 23%, grau III; 86% das pacientes apresentavam assimetria do complexo aréolo-papilar; 27%, lateralização, e 18%, aréolas grandes, havendo associações na mesma paciente. O volume das próteses variou de 215 mL a 380 mL. Houve dois casos de alargamento da cicatriz, mas não houve casos de alargamento de aréola ou cicatriz hipertrófica. Não houve, no período pesquisado, complicações relacionadas à colocação do implante. No questionário de satisfação, a maioria das pacientes considerou o aspecto da mama natural, conferindo boas notas aos aspectos: formato, simetria e altura das mamas, qualidade da cicatriz e posição, formato e tamanho das aréolas. CONCLUSÕES: A técnica permite resultados satisfatórios nos casos indicados, como ptoses leves a moderadas, aréolas grandes, lateralização e assimetria do complexo aréolo-papilar. São aspectos técnicos importantes: a retirada conservadora de pele periareolar, o uso de implantes de tamanhos moderados e a confecção da sutura de contenção em round-block.

Palavras-chave: Periareolar; Mastopexia; Ptose; Implante; Cônico; Poliuretano.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: Mastopexy surgery associated with breast augmentation is increasingly being requested. At the same time, patients with lower degrees of ptosis are less receptive to any correction through vertical scars. In this context, periareolar (circumareolar) mastopexy with a conical implant is an option that results in a scar that is limited to the areolar perimeter, and enables the treatment of changes in the position and size of the nipple-areola complex. METHOD: We evaluated 22 patients submitted to periareolar mastopexy with use of conical prostheses coated with polyurethane and placed in a subglandular position. All patients were operated on by the same surgeon. RESULTS: Among the patients, 45% presented with grade I ptosis, 32% grade II, and 23% grade III, and 86% exhibited asymmetry of the nipple-areola complex, 27% lateralization, and 18% large areolas, with some combination in the same patient. The volume of the prostheses ranged from 215 to 380 mL. There were two cases of scar enlargement; however, there were no cases of enlargement of the areola or hypertrophic scar. During the period studied, there were no complications related to the placement of the implant. In the satisfaction questionnaire, most of the patients considered the aspect of the breast to be natural in appearance, giving good grades to the size, symmetry, and height of the breasts; the quality of the scar; and the position, shape, and size of the areolas. CONCLUSIONS: This technique produces satisfactory results in cases of mild to moderate ptoses, large areolas, lateralization, and asymmetry of the nipple-areola complex. Important technical aspects include the conservative removal of periareolar skin, use of implants of moderate sizes, and the use of the round-block containment suture.

Keywords: Periareolar; Mastopexy; Ptosis; Implants; Conical; Polyurethane.

 

Mamoplastia após grande perda ponderal

Marina Junqueira Ferreira Rosique; Rodrigo Gouvêa Rosique
Rev. Bras. Cir. Plást. 2014;29(3):375-383

PDF Português PDF Inglês Texto em Português Texto em Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: Após perda ponderal maciça, as pacientes apresentam alterações mamárias, como flacidez, ptose em graus variados e polo superior vazio. Diferentes técnicas de mamoplastia são empregadas para dar forma ao cone mamário e reposicionar o complexo aréolo-papilar (CAP). Neste trabalho, avaliamos diferentes abordagens cirúrgicas preenchendo as necessidades de cada caso. MÉTODO: Vinte e cinco pacientes submetidas à gastroplastia antes da mamoplastia foram analisadas. As técnicas utilizadas foram (1) mastopexia sem prótese e retalho inferior; (2) mastopexia sem prótese e pedículo areolado inferior; (3) mastopexia com prótese com cobertura pelo retalho inferior; (4) mastopexia com prótese com plicatura de retalhos cruzados (jaquetão). RESULTADOS: A média do IMC antes da mamoplastia foi de 26,6 (variando de 21,6 a 31,2). Todas as pacientes submetidas à cirurgia consideraram o resultado bom ou ótimo. Em avaliação por observador cego às técnicas empregadas, os resultados foram considerados bons com relação à forma da mama, correção da ptose e preenchimento do polo superior. Uma paciente submetida à mastopexia com prótese com retalhos cruzados apresentou seroma e contratura capsular subsequente, necessitando capsulectomia. Oito pacientes apresentaram deiscências: sete, na junção dos retalhos cutâneos no sulco inframamário, e uma na vertical, unilateralmente, resolvidas por cicatrização por segunda intenção. Não houve caso de necrose ou epiteliólise do CAP. CONCLUSÃO: Empregando-se diferentes técnicas de mamoplastia, individualizadas caso a caso, foram obtidos resultados agradáveis, alcançando satisfação das pacientes. Fatores, como distância fúrcula-papila, necessidade de elevação do CAP, volume mamário pré-mamoplastia e desejo de aumento de volume pela paciente, influenciam a escolha da técnica cirúrgica.

Palavras-chave: Contorno corporal; Perda ponderal maciça; Mastopexia; Mamoplastia.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: After massive weight loss, patients present with various mammary changes, such as sagging, different grades of ptosis, and empty upper pole. Different mammoplasty techniques are used to shape the mammary cone and to reposition the nipple-areolar complex (NAC). In this study, we evaluate how different surgical approaches can satisfy the requirements of each patient. METHOD: Twenty-five patients who underwent mammoplasty following gastroplasty were analyzed. The mammoplasty techniques used were (1) mastopexy without implant with inferior flap; (2) mastopexy without implant with inferior areolar pedicle; (3) mastopexy with implant and coverage by inferior flap; (4) mastopexy with implant and plication of cross flaps (jacket procedure). RESULTS: The average body mass index (BMI) before mammoplasty was 26.6 (ranging from 21.6 to 31.2). All patients who underwent this surgery rated the outcome obtained as good or great. In an evaluation carried out by an observer unaware of the techniques employed, the results obtained were considered to be satisfactory for breast shape, correction of breast ptosis, and filling of the upper pole. One patient who underwent mastopexy with implants and cross flaps developed seroma and subsequent capsular contracture, which required capsulectomy. Eight patients developed unilateral dehiscence: seven at the junction of skin flap in the inframammary fold, and one vertically, which were resolved with healing by secondary intention. No cases of necrosis or NAC epitheliosis were observed. CONCLUSION: Using different mammoplasty techniques, which were personalized and analyzed on a case-by-case basis, good outcomes and a high level of patient satisfaction were achieved. Various factors, such as the furcula-papilla distance, the need to lift the NAC, pre-mammoplasty breast volume and the patient's desire to increase breast volume, influence the choice of the surgical technique.

Keywords: Body contour; Massive weight loss; Mastopexy; Mamomplasty.

 

Reconstrução da mama utilizando retalhos perfurantes: uso do DIEAP flap no Serviço de Cirurgia Plástica e Microcirurgia da Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre e da Irmandade Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre

Ronaldo Scholze Webster; Barbara D'avila Goldoni; Rafael Netto; Darwin Rech; Thiago Bozzi de Araujo; Pedro Bins Ely
Rev. Bras. Cir. Plást. 2014;29(3):384-389

PDF Português PDF Inglês Texto em Português Texto em Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: Uma grande evolução ocorreu desde o primeiro registro de transferência de tecido abdominal para reconstrução de mama pós-mastectomia. O retalho baseado em vasos perfurantes da artéria epigástrica inferior (DIEAP flap) apresenta-se com um dos mais recentes desenvolvimentos da área. MÉTODOS: Este artigo analisa fatos importantes na área de reconstrução autóloga da mama utilizando retalhos baseados no abdome, com ênfase nos retalhos microcirúrgicos vascularizados por pedículos perfurantes. RESULTADOS: Na experiência inicial do serviço, pudemos verificar que o retalho se comportou de acordo com a experiência relatada na literatura. CONCLUSÃO: O DIEAP flap apresenta uma possibilidade maior de escultura e ganho volumétrico na mama reconstruída, além de evolução pós-operatória muito positiva.

Palavras-chave: Mama; Reconstrução; Retalhos perfurantes.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: Great advances have been reported since the first abdominal tissue transfer carried out for breast reconstruction after a mastectomy. The deep inferior epigastric artery perforator (DIEAP) flap is one of the most recent advances in this area. METHODS: In this article, we evaluate the important aspects in the field of autologous breast reconstruction with abdominal-based flaps, with emphasis on microsurgical flaps vascularized by perforating pedicles. RESULTS: During the initial experience of this procedure, we were able to verify that the flap behaved according to what was reported in the literature. CONCLUSION: The DIEAP flap provides a great degree of sculpting and volumetric gain to the reconstructed breast besides allowing a positive postoperative course for the patient.

Keywords: Breast; Reconstruction; Perforator flaps.

 

Mamoplastia: retalho fascioadenocutaneo areolado

Gustavo Moreira Costa de Souza; Sergio Moreira da Costa
Rev. Bras. Cir. Plást. 2014;29(3):390-394

PDF Português PDF Inglês Texto em Português Texto em Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: Várias são as técnicas descritas para mamoplastia. Contudo nenhuma contempla a ressecção mamaria com a preservação areolar por meio de um pedículo obliquo múltiplo que envolve o sistema neurovascular superior medial e o sistema neurovascular inferior lateral; alem de preservar na glândula remanescente a unidade areolo-glandular original. Esta técnica mostra se, em tese, ideal para o tratamento da gigantomastia juvenil em nulipara, que ainda pode se beneficiar de uma mama mais funcional e preservada na sua inervação primaria e na sua capacidade de amamentação. Este retalho também pode usufruir de grande segurança contra isquemia em função de um largo pedículo vascular. OBJETIVO: Descrever a técnica de mamoplastia e relatar a serie inicial de casos operados nesta sistematização. MÉTODO: Em 40 mamas operadas descreve se a técnica do retalho fascioadenocutaneo areolado com mensuração da quantidade ressecada, sensibilidade pré- e pós- operatório e complicações. RESULTADOS: Todos os casos tiveram evolução satisfatória, sem necrose e com sensibilidade do complexo areolopapilar (CAP) preservada em mais de 70% das mamas operadas. CONCLUSÃO: O retalho fascioadenocutaneo areolado inervado mostrou-se seguro, funcional e versátil.

Palavras-chave: Mamoplastia redutora; Retalho areolado; Mamoplastia seletiva.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: Several mammoplasty techniques have been described. However, none involves breast resection with preservation of the areola through an oblique multiple pedicle that involves the medial superior neurovascular system and the lateroinferior neurovascular system, or preserves the original areola-glandular unit in the remaining gland. This technique is, in theory, ideal for the treatment of juvenile gigantomastia in nulliparous women who can still benefit from a more functional breast with its primary innervation and the patient's ability to breast-feed preserved. This flap can also present higher safety against ischemia owing to a broad vascular pedicle. OBJECTIVE: To describe this mammoplasty technique and report the initial series of operated cases. METHOD: The fascioadenocutaneous areolar flap technique is described in 40 operated breasts, including the quantity of the resected tissue, pre- and postsurgery sensitivity, and complications encountered. RESULTS: All cases had a satisfactory evolution, without necrosis and with preserved sensitivity of the nipple-areola complex in >70% of the breasts operated. CONCLUSION: The innervated fascioadenocutaneous areolar flap was safe, functional, and versatile.

Keywords: Reductive mammoplasty; Areolar flap; Selective mammoplasty.

 

Ressecção alargada no tratamento do dermatofibrossarcoma protuberante

José Carlos Ribeiro Resende Alves; Rebeca Paohwa Liu da Fonseca; Aloísio Ferreira da Silva Filho; José de Souza Andrade Filho; Izabella Costa Araujo; Augusto César de Melo Almeida; Nárlei Amarante Pereira; Lívia Neffa
Rev. Bras. Cir. Plást. 2014;29(3):395-403

PDF Português PDF Inglês Texto em Português Texto em Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: Dermatofibrossarcoma Protuberante (DFSP) é um tumor de pele raro e de malignidade intermediária, com baixo potencial metastático, mas alta taxa de recorrência após tratamento cirúrgico. O tratamento clássico é a ressecção alargada, com margens variáveis. Muitos trabalhos descreveram os resultados da cirurgia micrográfica de Mohs no tratamento desta afecção. O objetivo deste estudo retrospectivo é verificar se a ressecção alargada constitui um método confiável no tratamento do DFSP. MÉTODO: Entre agosto de 1968 e setembro de 2013, 31 lesões foram ressecadas em 30 pacientes com DFSP. Todos os pacientes foram submetidos à excisão cirúrgica radical, com remoção de 3 cm de tecido sadio nas margens laterais e com a margem profunda incluindo uma estrutura anatômica não infiltrada pelo tumor. Os seguintes aspectos foram estudados: gênero, idade, local da lesão, tratamento prévio e características peculiares da proservação. RESULTADOS: Dezenove (63,3%) pacientes eram do sexo masculino e 11 (37,7%), do feminino. A média de idade da apresentação foi de 40,9 anos. As lesões estavam localizadas em tronco (61,3%), cabeça (22,6%), membros superiores (6,4%), membros inferiores (6,4%) e pescoço (3,3%). Tratamento prévio não foi observado em 58,1% dos pacientes. Um paciente (3,3%) evoluiu com recidivas e óbito, em decorrência do tratamento cirúrgico; três (10,0%) faleceram por outras causas. CONCLUSÕES: A ressecção alargada com margens de 3 cm, com remoção de estrutura anatômica sadia, constitui método eficiente no tratamento do DFSP.

Palavras-chave: Dermatofibrossarcoma protuberante; Dermatofibrossarcoma; Neoplasias cutâneas.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: Dermatofibrosarcoma protuberans (DFSP) is a rare skin tumor with intermediate malignancy and low metastatic potential, but a high recurrence rate after surgical treatment. The classical treatment is extended resection with varying margins. Many studies have described Mohs micrographic surgery for treatment of this disease. This retrospective study was to verify if extended resection is a reliable DFSP treatment method. METHOD: A total of 31 lesions were resected in 30 patients with DFSP between August 1968 and September 2013. All patients underwent radical surgical excision, with removal of 3 cm of healthy tissue on the lateral margins and with deep margin including an anatomical structure without tumor infiltration. Analyzed patient characteristics included sex, age, tumor site, previous treatment, and peculiar characteristics observed during the follow-up period. RESULTS: Nineteen (63.3%) patients were male and 11 (37.7%) female. Their average age at tumor presentation was 40.9 years. The tumors were located on the trunk (61.3%), head (226%), upper limbs (6.4%), lower limbs (6.4%), and neck (3.3%). No previous treatment was reported in 58.1% of the patients. One patient (3.3%) developed recurrence and died due to the surgical treatment; three patients (10.0%) died from other causes. CONCLUSIONS: Extended resection with 3-cm margins and removal of healthy anatomical structures is an effective treatment for DFSP.

Keywords: Dermatofibrosarcoma protuberans; Dermatofibrosarcoma; Skin tumors.

 

Remoção de tatuagem com laser Q-switched NdYAG em população brasileira

Roberto Chacur; Nívea Maria Bordin da Silva Chacur; Honório Sampaio Menezes; Larissa Donini; Michelle Gonçalves; Kátia Burgi; Michelle Goulart; Ruth Teresa Bier; Raphaela Ramos; Tatiane Saldanha; Nordon Juarez de Figueiredo Poitevin; Danuza Dias Alves; Renata D' Oliveira Bataiolli
Rev. Bras. Cir. Plást. 2014;29(3):404-409

PDF Português PDF Inglês Texto em Português Texto em Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: Na prática da remoção de tatuagem, já foram utilizadas a dermoabrasão e a cirurgia. Atualmente, se utiliza o laser. O objetivo deste trabalho foi avaliar a remoção de tatuagens utilizando-se o laser Q-switched NdYAG. MÉTODO: Estudo retrospectivo, com pacientes tratados com laser Q-switched NdYAG. Foram coletados dados a partir de prontuários e fotos dos pacientes, e de contato por telefone ou e-mail. A análise estatística foi feita através da análise de distribuição, regressão multivariada e regressão logística. RESULTADOS: Foram avaliados 304 pacientes com média de idade de 29,8 anos (±7,86), sendo que 297 (97,69%) foram classificados como brancos (fototipos I, II e III); destes, 270 (88,81%) haviam feito tatuagens profissionais. A tatuagem mais antiga tinha 360 meses e a mais recente, um mês, obtendo-se uma média de 64,56 meses (± 63,54). O tamanho das tatuagens foi, em média, de 12,92 cm, sendo preta a cor predominante, estando presente em 291(86,51%) tatuagens. A média de sessões por paciente foi de 3,77 sessões (±2,99) e o intervalo entre estas foi de 49,23 dias. Com isso, foi observado, pelo terapeuta, que 52,96% das tatuagens foram parcialmente removidas; 21,38%, não removidas; 86,51%, cicatrização normal; 8,55%, cicatriz hipertrófica, e 3,29%, queloide. Dos 304 pacientes, 26,64% (81) relataram estar satisfeitos e 58,88% (179) relataram estar parcialmente satisfeitos com o resultado. A hipocromia esteve presente em 33,55% (102) dos indivíduos. CONCLUSÕES: O laser Q-switched NdYAG é um método seguro e eficaz, apresentando bom grau de satisfação e poucos efeitos indesejáveis na remoção de tatuagem.

Palavras-chave: Lasers; Tatuagem; Lasers de Nd-YAG; Cicatriz.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: Both dermabrasion and surgery have been used in the practice of tattoo removal. Currently, laser is also being used. The aim of this study is to evaluate tattoo removal with Q-switched Nd:YAG laser. METHOD: This is a retrospective study on patients treated by using Q-switched Nd:YAG laser. The data were collected from medical records and patient photographs, and through phone or e-mail contact. Statistical tests were done through the analysis of distribution, multivariate regression, and logistic regression. RESULTS: A total of 304 patients with an average age of 29.8 years (±7.86 years) were assessed. Of the total, 297 (97.69%) were classified as white (phototypes I, II, and III), 270 (88.81%) of whom had professional tattoos done. The oldest tattoo was 360 months old and the most recent was 1 month old, with an average of 64.56 months (±63.54 months). The tattoo size was, on average, 12.92 cm, with black being the predominant color (i.e., present in 291 [86.51%] tattoos). The average number of sessions per patient was 3.77 (±2.99), and the interval between sessions was 49.23 days. The therapist observed that 52.96% of the tattoos were partially removed, 21.38% were not removed, 86.51% showed normal healing, 8.55% developed a hypertrophic scar, and 3.29% developed a keloid. Of the 304 patients, 81 (26.64%) reported being satisfied and 179 (58.88%) reported being partially satisfied with the outcome. Hypochromia was present in 102 (33.55%) patients. CONCLUSIONS: Q-switched Nd:YAG laser is a safe and effective method for tattoo removal that results in a good degree of patient satisfaction and few undesirable effects.

Keywords: Lasers; Tattoo; Nd:YAG Lasers; Scar.

 

Avaliação da eficácia do uso dos monofilamentos de Semmes-Weinstein para avaliação da sensibilidade abdominal

Viviane de Andrade Figueira Pinto Coelho; Fabio Xerfan Nahas; Andréia Bufoni Farah Bauleo; Yara Juliano; Lydia Masako Ferreira
Rev. Bras. Cir. Plást. 2014;29(3):410-415

PDF Português PDF Inglês Texto em Português Texto em Inglês

RESUMO

OBJETIVO: O objetivo deste estudo é avaliar se o método de Semmes-Weinstein tem resultados consistentes e verificar se existem diferenças de sensibilidade entre as regiões da parede abdominal. MÉTODOS: Os monofilamentos de Semmes-Weinstein foram utilizados para avaliar a sensibilidade da pele à pressão abdominal em 20 voluntárias. A pele abdominal foi dividida em nove regiões. A avaliação da sensibilidade cutânea à pressão foi realizada três vezes em cada área, com um intervalo de uma semana entre as medidas. RESULTADOS: Analisando-se as três medidas em cada área, isoladamente, não houve diferenças significativas no limiar pressórico. No entanto, o método de Semmes-Weinstein mostrou diferença estatisticamente significativa entre os valores pressóricos obtidos de cada região abdominal. CONCLUSÕES: Os monofilamentos de Semmes-Weinstein são consistentes para avaliar a sensibilidade da pele abdominal à pressão. Notou-se que o método de Semmes-Weinstein mostrou diferença estatisticamente significativa entre as diferentes áreas da região abdominal. Utilizando-se a metodologia do presente estudo, foi possível estabelecer um protocolo para reduzir o aspecto subjetivo, medindo a sensibilidade à pressão.

Palavras-chave: Parede abdominal/inervação; Hipoestesia/diagnóstico; Pressão; Limiar sensorial/fisiologia; Monofilamento de Semmes-Weinstein.

 

ABSTRACT

OBJECTIVE: The aim of this study is to evaluate whether Semmes-Weinstein monofilaments could be used to reliably assess the sensitivities of different abdominal wall regions. METHODS: Semmes-Weinstein monofilaments were used to evaluate skin sensitivity to abdominal pressure in 20 volunteers. The abdominal skin was divided into nine regions. The assessment of skin sensitivity to pressure was carried out three times in each area, with 1 week intervals between measurements. RESULTS: No significant differences in the pressure threshold were observed when the three measurements in each region were analyzed separately. However, with the Semmes-Weinstein monofilament technique, a statistically significant difference was observed between the values of pressure obtained in each abdominal region. CONCLUSIONS: Semmes-Weinstein monofilaments are a reliable tool in evaluating abdominal skin sensitivity to pressure. A statistically significant difference was observed between the different areas of the abdominal region with this technique. With the method reported in this study, it was possible to establish a protocol to reduce subjectivity and measure the skin sensitivity to pressure.

Keywords: Abdominal wall/innervation; Hypoesthesia/diagnosis; Pression; Sensory threshold/physiology; Semmes-Weinstein monofilaments

 

Onfaloplastia: o retorno ao processo natural

William Libardo Murillo
Rev. Bras. Cir. Plást. 2014;29(3):416-421

PDF Português PDF Inglês Texto em Português Texto em Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: Desde do início da abdominoplastia moderna, os cirurgiões têm focado sua atenção na estética do umbigo. Relatos mostram os esforços realizados para recriar um aspecto natural do umbigo, sendo que diversas técnicas têm sido descritas, publicadas, e utilizadas pelos cirurgiões. Este estudo, imitando o processo de cicatrização natural do umbigo de um recém-nascido, apresenta outra perspectiva em relação a essa abordagem cirúrgica. MÉTODO: Os dados foram coletados entre 2008 e 2012. Nosso estudo incluíu 103 pacientes, idade variando de 19 a 52 anos, submetidos a abdominosplastia e reconstrução do umbigo por meio da técnica imitando o processo de cicatrização natural do umbigo. Após ressecção do excesso de pele do abdome e replicação, o retalho é posicionado corretamente, e uma incisão vertical de 2cm é realizado no retalho para acomodar a nova posição do umbigo. Após um nó feito ao redor da pedúnculo a extremidade do umbigo é amputada. Finalmente, o umbigo é fixado nos quatro pontos cardinais da derme com sutura intradérmica, portanto, iniciando processo secundário de cicatrização. Em cerca de três semanas no período pós-operatório, a cirurgia é concluída e o efeito anatômico natural desejado é alcançado. CONCLUSION: A facilidade para realizar o procedimento e o aspecto final jovial do umbigo ao longo prazo torna o procedimento apropriado para as abdominoplastias.

Palavras-chave: Umbilicoplastia; Neo-onfaloplastia; Abdominoplastia.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: Since the beginning of modern abdominoplasty, plastic surgeons have fixed their attention on the aesthetic aspect of the umbilicus. Reports show the efforts made to recreate a natural looking belly button and several techniques have been described, published, and put to use by surgeons. The author, imitating the course of action of the navel's natural healing process of a newborn child, presents another perspective in this surgical field. METHOD: Results were collected between year 2008 to 2012, with patients ranging from 19 to 52 years of age, making a total 103 patients who were submitted to abdominoplasty and navel reconstruction under the technique proposed in this article. After the abdominal skin excess resection and rectiplication, the skin flap is correctly positioned, and a 2 cm vertical incision on the skin flap is performed to fit the new umbilicus position. Afterward a knot is made around the stalk and the extremity of the umbilicus is amputated. Finally the umbilicus is fixated in four cardinals points to the dermis of the skin incision with buried stitches and a secondary healing process begins. After about three weeks of postoperative period, the surgery concludes with the desired natural anatomic effect. RESULTS: The umbilical shape and scar had a natural, clean aspect, leaving aside the common stigmata usually found after abdominoplasty such as noticeable scar, widening, stenotic appearance, etc. CONCLUSION: The easy procedures and the final long-term youthful aspect of the umbilicus, make it suitable for the abdominoplasties armamentarium.

Keywords: Umbilicoplasty; Neo-omphaloplasty; Abdominoplasty.

 

Cirurgiões plásticos como cirurgiões de mão: a visão dos residentes

Rafael Denadai; Carlos Alberto Salomão Muraro; Cassio Eduardo Raposo-do-Amaral
Rev. Bras. Cir. Plást. 2014;29(3):422-431

PDF Português PDF Inglês Texto em Português Texto em Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: Pesquisas prévias têm revelado que residentes têm conhecimentos equivocados sobre a atuação dos cirurgiões plásticos como especialistas em cirurgia da mão. No entanto, até o momento, não existem dados específicos abordando tal aspecto na literatura científica brasileira. Portanto, o objetivo deste estudo foi avaliar os conhecimentos e as percepções dos residentes sobre o papel dos cirurgiões plásticos no campo cirurgia da mão no Brasil. MÉTODO: Residentes brasileiros escolheram um ou dois especialistas que eles acreditassem ser experts para oito cenários relacionados à cirurgia de mão. Os padrões de respostas foram distribuídos como "cirurgiões plásticos" ou "sem cirurgiões plásticos", e "apenas cirurgiões plásticos", "cirurgiões plásticos combinados com outros especialistas" ou "cirurgiões plásticos ausentes". RESULTADO: "Sem cirurgiões plásticos" e "cirurgiões plásticos ausentes" foram mais (p<0,05, para todas as comparações) escolhidos que todos os outros padrões de respostas, em todos os cenários. Cirurgiões plásticos foram menos (p<0,05, para todas as comparações) reconhecidos que cirurgiões ortopédicos (seis cenários), cirurgiões gerais (um cenário) e neurocirurgiões (um cenário). CONCLUSÃO: Os conhecimentos e as percepções dos residentes brasileiros sobre o trabalho realizado por cirurgiões plásticos no campo cirurgia da mão são limitados.

Palavras-chave: Brasil; Campo; Cirurgia plástica; Mão; Percepções; Residentes.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: Previous studies have revealed that residents have misconceptions about plastic surgeons as hand surgery specialists. Until now, however, there have been no specific data on this trend in Brazilian scientific literature. Therefore, the aim of this study was to evaluate Brazilian residents' knowledge and perceptions about the role of plastic surgeons in the field of hand surgery. METHOD: Brazilian residents chose one or two specialists they believed to be experts for eight scenarios related to hand surgery. The responses were categorized as "plastic surgeons", "without plastic surgeons", "only plastic surgeons", "plastic surgeons combined with other specialists", or "plastic surgeons absent". RESULT: Responses without plastic surgeons and with plastic surgeons absent were chosen more often than all other responses in all scenarios (p<0.05 for all comparisons). Plastic surgeons were less often recognized as experts compared to orthopedic (six scenarios), general (one scenario), and neurosurgeons (one scenario) (p<0.05 for all comparisons). CONCLUSION: Brazilian residents have limited knowledge and perceptions about hand surgery performed by plastic surgeons.

Keywords: Brazil; Field; Plastic surgery; Hand; Perceptions; Residents.

 

Influência de dieta imunomoduladora na cicatrização cutânea em ratos

Maria Cecília Closs Ono; Renato da Silva Freitas; Luciano Okawa; Alessandra Borges; Priscilla Balbinot; Antonio Carlos Ligocki Campos
Rev. Bras. Cir. Plást. 2014;29(3):431-437

PDF Português PDF Inglês Texto em Português Texto em Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: O processo de cicatrização é imediato e dinâmico, com o objetivo de restaurar a continuidade anatômica e funcional, e devem existir condições para esse processo, o que inclui um estado nutricional adequado. Dentre as fórmulas de suplementação existentes, as imunomoduladoras têm sido implicadas na melhora do processo cicatricial e das condições clínicas dos pacientes tratados. Foi avaliada a influência da dieta imunomoduladora (Impact®) sobre diferentes variáveis do processo de cicatrização cutânea. MÉTODO: Ratos adultos e nutridos foram divididos aleatoriamente em quatro grupos, a serem suplementados com a dieta em estudo e com a dieta controle. Dois grupos receberam as respectivas dietas apenas pré-operatoriamente e os outros dois grupos as receberam no perioperatório. Os ratos foram submetidos a três tipos de lesões cutâneas. Foram avaliados os seguintes aspectos: evolução dos pesos, evolução das áreas cruentas, tensiometria das feridas incisionais, taxas de reepitelização e parâmetros histológicos. RESULTADOS: Não houve diferença na evolução dos pesos. Houve melhores índices de fechamento de feridas excisionais nos grupos suplementados com Impact®, a partir do quinto dia de pós-operatório (p=0,02). Os grupos suplementados com a dieta em estudo obtiveram melhores resultados em tensiometria (p = 0,03), taxas de reepitelização (0,04), contagem diferencial de células (p<0,001) e quantidade de colágeno total (p<0,001). CONCLUSÕES: A dieta em estudo (Impact®) promove melhores taxas de fechamento de feridas cruentas, reepitelização mais rápida, cicatrizes com maior resistência tênsil e maiores quantidades de colágeno total nas feridas. Não houve diferença em nenhum dos parâmetros analisados em comparação dos grupos suplementados com Impact® pré e perioperatoriamente.

Palavras-chave: Imunomodulação; Imunonutrição; Cicatrização de feridas; Dieta imunomoduladora.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: The wound healing process is immediate and dynamic in order to restore anatomical and functional continuity, and there must be conditions for this process, which include a normal nutritional state. Among the existing supplemental formulas, immuno-enhancing diets have been proposed to improve the wound healing process and patients' clinical conditions. The influence of an immunomodulating diet (Impact®) on different variables of the skin healing process was evaluated. METHOD: Healthy adult rats were randomly divided into four groups of diet supplementation or control. Two groups received their diets only pre-operatively while the other two groups received theirs perioperatively. Rats were subjected to three types of skin lesions. We evaluated the following aspects: changes in weight, development of raw areas, tensiometry of incisional wounds, re-epithelialization rates, and histological parameters. RESULTS: There was no difference in weight changes. There was better closing rates of excisional wounds in groups supplemented with Impact® beginning on the fifth day after surgery (p = 0.02). The groups receiving the dietary supplements obtained the best results in tensiometry (p = 0.03), re-epithelialization rates (p = 0.04), differential cell counts (p < 0.001), and total amount of collagen (p < 0.001). CONCLUSIONS: The study diet (Impact®) promoted better closure rates of raw wounds, faster re-epithelialization, scars with a greater tensile strength, and greater amounts of total collagen in wounds. There was no difference in any of the parameters analyzed compared with the groups supplemented with Impact® pre- and perioperatively.

Keywords: Immunomodulation; Immunonutrition; Wound healing; Immunomodulatory diet.

 

IDÉIAS E INOVAÇÕES

Palatoplastia em plano único e fístula oronasal

Rama Prosad Mukherjee; Julio Hochberg
Rev. Bras. Cir. Plást. 2014;29(3):438-441

PDF Português PDF Inglês Texto em Português Texto em Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: Tradicionamente, a fissura palatina é corrigida em duas camadas - uma camada mucosa nasal e camada mucoperiosteal oral. Este estudo avaliou os resultados do fechamento em camada única de fissura palatina comparado ao fechamento tradicional em camada dupla. MÉTODOS: Tratase de revisão de pronturários de 101 casos de correção de fissura palatina realizados entre 1981 e 2012 em uma clínica assistencial/hospital terciário localizado no centro de Wisconsin. Os casos utilizaram fechamento em camada única e foram acompanhados em Clínica de Lábio Leporino por 12 meses. Foram incluidas fissura labial e palatina também como fissura palatina isolada. RESULTADOS: Todos os casos apresentaram cicatrização satisfatória exceto dois casos que necessitaram de correção posterior de pequena fistula. CONCLUSÃO: O fechamento em camada única de fissura palatina é tão efetivo quanto o fechamento tradicional em camada dupla, além disso apresenta mínimas complicações.

Palavras-chave: Fissura palatine; Craniofacila; Correção de Palato Duro; Fístula Oronasal.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: Traditionally, cleft of the hard palate is repaired in two layers, with a nasal mucosal layer and an oral mucoperiosteal layer. The aim of this study was to evaluate the results of one layer closure of hard palate cleft compared to the traditional two layers closure. METHODS: The charts of 101 consecutive cases of repair of hard palate cleft performed by the authors from 1981 to 2012 at a tertiary care clinic/hospital in central Wisconsin were reviewed. The cases utilized the single layer closure and were followed in the Cleft Palate Clinic on a yearly basis. Cases included unilateral and bilateral cleft lip and palate as well as isolated cleft palate. RESULTS: All cases healed satisfactorily except for two cases that later required small fistulae repair. CONCLUSION: Single layer closure of the hard palate cleft is as effective as traditional two-layer closure, with minimal complications.

Keywords: Cleft palate; Craniofacial; Hard palate repair; Oronasal fistula.

 

Associação de retalho mucoso e retalho cutâneo local na reconstrução de perda de substância em região da bochecha

Jose Mauro de Oliveira Squarisi; Thais Gomes Casali; Diogo Petroni Caiado Fleury; Fernanda Dinelli Scala; Fabrício Nishimoto; Paulo Roberto da Costa
Rev. Bras. Cir. Plást. 2014;29(3):442-445

PDF Português PDF Inglês Texto em Português Texto em Inglês

RESUMO

A face representa uma estrutura importante nos seres humanos, devido a ser a parte mais visível do corpo e conter elementos delicados e complexos, que são essenci ais em termos de beleza e funcionalidade. As reconstruções faciais, em áreas de grandes perdas de substâncias, permanecem como um desafio para os cirurgiões. Apresentam várias opções de reparo, todas com suas vantagens e desvantagens. Mostramos o caso de um paciente apresentando perda de substância de espessura total em região de bochecha, que foi submetido à associação de retalho mucoso e retalho cutâneo local, apresentando bom resultado e preservação funcional.

Palavras-chave: Reconstrução; Face; Bochecha; Retalhos cirúrgicos.

 

ABSTRACT

The face is an important structure, because it is the most visible part of the body and contains delicate and complex elements that are essential for aesthetics and functionality. Facial reconstruction of areas with substantial substance loss remains a surgical challenge. There are several repair options, with corresponding advantages and disadvantages. We present a case of a patient with substance loss of the total thickness of the cheek region who received mucosal and local skin flap surgery, with good results and functional preservation.

Keywords: Reconstruction; Face; Cheek; Surgical flaps.

 

Prognóstico da videocirurgia da região frontal com técnica modificada de fixação

Giuliano Borille; Eduardo Chem; Niveo Steffen; Mariana Zancanaro; Pedro Bins Ely
Rev. Bras. Cir. Plást. 2014;29(3):446-449

PDF Português PDF Inglês Texto em Português Texto em Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: A videoendoscopia tem se estabelecido como procedimento de escolha no tratamento da ptose do supercílio e das rugas da região frontal. O acesso minimamente invasivo produz vantagens em relação à tradicional incisão coronal. Diversos métodos de fixação são relatados na literatura, apresentando resultados semelhantes. Nesta série de casos, descrevemos a fixação direta com agulha. OBJETIVO: Avaliar o prognóstico da videocirurgia, utilizando-se a técnica direta com agulha. MÉTODO: Avaliação fotográfica computadorizada de 37 pacientes submetidos à videoendoscopia da região frontal com a fixação direta com agulha, realizada em dois hospitais privados na cidade de Porto Alegre-RS. Resultados: A elevação média do supercílio foi de 5,7 mm no terço lateral e de 4,4 mm no terço medial. Após um pequeno descenso da elevação, no primeiro mês pós-operatório, o reposicionamento do supercílio permaneceu inalterado nas medidas subsequentes até 24 meses. CONCLUSÃO: A fixação direta com agulha é capaz de produzir resultados duráveis, seguros e reprodutíveis no período em que foram realizadas as medições.

Palavras-chave: Videoendoscopia; Supercílio; Fixação; Periósteo; Série de Casos; Prognóstico.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: Video endoscopy has become a procedure of choice for the treatment of eyebrow ptosis and forehead wrinkles. This minimally invasive technique has several advantages over traditional coronal incision. Several fixation methods are reported in the literature, with similar results. In this study, we describe direct needle fixation. OBJECTIVE: To evaluate the prognosis of video endoscopic surgery using a direct needle technique. METHOD: Computerized photographic evaluations of 37 patients undergoing video endoscopy of the frontal region with needle direct fixation were conducted in two private hospitals in the city of Porto Alegre in Rio Grande do Sul, Brazil. RESULTS: The mean eyebrow elevations were 5.7 and 4.4 mm in the lateral and middle third measurements. After a small dip in elevation in the first month after surgery, the repositioning of the eyebrow remained unchanged in subsequent measurements up to 24 months later. CONCLUSION: Direct needle fixation produced lasting, reliable, and reproducible results during the period in which measurements were made.

Keywords: Video Endoscopy; Eyebrow; Fixation; Periosteum; Case Series; Prognosis.

 

ARTIGO DE REVISÃO

Alterações nervosas na ritidoplastia: uma revisão sistemática

Marco Aurélio de Sanctis; Elizabete Punaro; Paulo Henrique Facchina Nunes; Luis Augusto Passeri
Rev. Bras. Cir. Plást. 2014;29(3):450-455

PDF Português PDF Inglês Texto em Português Texto em Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: A ritidoplastia se tornou uma das cirurgias estéticas mais realizadas por cirurgiões plásticos ao redor do mundo. Junto com o aumento do número de cirurgias, a quantidade de complicações associadas ao procedimento também aumentou, sendo que as alterações nervosas são uma das que despertam maiores preocupações. O presente estudo visa a identificar, por meio de uma revisão sistemática, as principais estruturas nervosas lesadas durante uma ritidoplastia, tanto por técnicas convencionais como endoscópicas. MÉTODOS: Uma revisão sistemática da literatura foi realizada nas principais bases de dados utilizadas atualmente. Artigos que preencheram os critérios de inclusão foram analisados na íntegra e suas referências, verificadas. Ao final, 20 estudos foram incluídos. RESULTADOS: Nestes 20 artigos, no total, foram avaliados 3.347 pacientes, sendo encontradas 142 lesões nervosas: 79 do nervo facial; 55 do nervo trigêmeo, e oito do nervo auricular magno. Destas, apenas duas foram definitivas. As lesões, proporcionalmente, foram mais comuns nas técnicas videoassistidas (81%), quando comparadas com as convencionais (19%). CONCLUSÃO: Encontramos que as lesões dos ramos temporal e bucal são mais frequentes no facelift e as do nervo auricular magno, na ritidoplastia cervical. Apesar de as lesões nervosas serem pouco frequentes na literatura, faltam estudos bem desenhados que busquem conhecer melhor estas complicações.

Palavras-chave: Ritidoplastia; Nervo facial; Nervo trigêmeo; Plexo cervical.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: Rhytidoplasty has become one of the most common aesthetic surgeries performed by plastic surgeons worldwide. Along with the increase in the number of surgeries performed, the number of procedure-related complications has also increased. In particular, nerve injuries are the major concern. By conducting a systematic review, the present study aimed to identify the main nerve structures injured during rhytidoplasty, by either the conventional or endoscopic technique. METHODS: A systematic literature review was performed in the main databases currently used. Articles that met the inclusion criteria were analyzed in their entirety, and their references were checked. Finally, 20 studies were included. RESULTS: In these 20 articles, 3,347 patients were evaluated and 142 nerve injuries found, of which 79 were of the facial nerve, 55 were of the trigeminal nerve, and eight were of the great auricular nerve. Of these, only two were definitive. The lesions were more prevalent (81%) with the video-assisted techniques than with the conventional techniques (19%). CONCLUSION: We found that the injuries of the temporal and buccal branches were more frequent during facelifts; and those of the great auricular nerve, during cervical rhytidoplasty. Although nerve injuries are infrequent in the literature, well-designed studies that aim to better understand these complications are lacking.

Keywords: Rhytidoplasty; Facial nerve; Trigeminal nerve; Cervical plexus.

 

Lipoaspiração: atualização dos fatores de riscos metabólicos e sua importância clínico-cirúrgica

Guilherme Pintarelli; Rogerio Schutzler Gomes; Juliana Domingos Rocha
Rev. Bras. Cir. Plást. 2014;29(3):456-466

PDF Português PDF Inglês Texto em Português Texto em Inglês

RESUMO

A lipoaspiração permanece como um dos procedimentos mais realizados pelos cirurgiões plásticos (1-3). O aumento da segurança no ambiente cirúrgico, o refinamento da técnica e a satisfação das pacientes contribuem para a popularidade desta intervenção idealizada por Ilouz, em 1979 (4). Tem-se observado, ainda, tanto no ambiente médico quanto na mídia, uma crescente preocupação não apenas com a nova forma dos pacientes, mas também com a segurança. O tecido adiposo atua como um verdadeiro órgão endócrino e é o principal depósito de triglicerídeos, que têm uma relação clássica com doença aterosclerótica e resistência insulínica (6, 7). Estudos recentes ligaram ainda o metabolismo lipídico dos adipócitos à manutenção de um estado inflamatório sistêmico de baixo grau, através de vários mediadores (8-10). Há evidências científicas (11) que mostram o aumento do percentual de obesos em nosso país e uma importante taxa de pessoas, com sobrepeso. Este estudo também relaciona a prevalência de diabetes e de hipertensão. A clássica inter-relação entre a quantidade de gordura corporal e as chamadas doenças metabólicas tem suscitado a investigação dos elementos envolvidos neste processo e de tratamentos para o controle dos mesmos. A descoberta da leptina na década de 1990 (12) chamou a atenção para a propriedade reguladora do tecido adiposo. Estudos posteriores (5, 13) relacionaram ainda a síntese de outros fatores. Decidimos fazer uma revisão da literatura para esclarecer o estágio atual das pesquisas, tentando ordená-las de forma didática para melhor compreensão e auxílio para uma conduta mais segura e eficiente nos pacientes submetidos à lipoaspiração.

Palavras-chave: Lipectomia; Colesterol; Leptina; Fator de Necrose Tumoral alfa; Triglicerídeos; Interleucinas.

 

ABSTRACT

Liposuction is one of the most frequently performed procedures by plastic surgeons. The increased safety associated with the surgical settings, technical refinements, and level of patient satisfaction have contributed to the popularity gained by this intervention since it was first introduced by Ilouz in 1979 (4). Moreover, among medical communities and the media, concerns have risen regarding not only the drastic changes in patients' appearance but also the safety of the procedure. Fat tissue is known to act as a legitimate endocrine organ (5), being the primary depository for triglycerides, which classically relate to atherosclerosis and insulin resistance (6, 7). Recent work has linked lipid metabolism in adipocytes to the maintenance of low levels of systemic inflammation through a series of mediators (8-10). Scientific evidence (11) revealed an increase in the percentage of obese people in our country, as well as a considerable proportion of overweight people. This study also investigates the relationship between the prevalence of diabetes and hypertension. The classic association between body mass index and common metabolic diseases has led to investigations focused on several factors involved in this relationship, along with research work directed at the treatments available. The discovery of leptin in the 1990s (12) highlights the regulatory properties of the adipose tissue, whereas recent studies (5, 13) have established a link with the synthesis of other factors. In this study, we aimed to perform a review of literatures that discuss the current state-of-the-art of scientific research, in which we organized published works in a didactic manner in order to facilitate better understanding, and promote the safety and efficacy of liposuction.

Keywords: Lipectomy; Cholesterol; Tumor Necrosis Factor Alpha; Triglycerides; Interleukins.

 

ARTIGO ESPECIAL

Dismorfofobia: o olhar do outro

Jorge Antonio de Menezes; Allan da Costa Santos; Pedro Sanglard Pimenta; Carolina Menezes Favaretto; Marcelo Cabral Ruback
Rev. Bras. Cir. Plást. 2014;29(3):467-472

PDF Português PDF Inglês Texto em Português Texto em Inglês

RESUMO

O modus vivendi moderno tem produzido cada vez mais um crescente descontentamento em relação à anatomia corporal e a imaginação a respeito do corpo perfeito desperta um desejo no indivíduo nem sempre condizente com sua realidade. Sem limitação para as transfigurações, o corpo é modelado com base no sonho de uma estrutura corporal perfeita, na maioria das vezes, inalcançável, com os inúmeros procedimentos cirúrgicos propostos. Assim, é fundamental que os cirurgiões plásticos conheçam o Transtorno Dismórfico Corporal (TDC) ou dismorfofobia, desordem esta prevalente em ambos os sexos, em que a visão da aparência é deturpada, caracterizada pela inquietação excessiva de uma imperfeição física minúscula ou por imperfeições corporais ilusórias. O diagnóstico pode passar despercebido pelo não conhecimento, pelo subdiagnóstico ou pela preocupação apenas com a alteração corporal, o que pode trazer prejuízos pessoais, demandas jurídicas e até ajudar a manter o distúrbio.

Palavras-chave: Dismorfofobia; Transtorno dismórfico corporal; Cirurgia plástica; Imagem corporal; Transtornos somatoformes.

 

ABSTRACT

The modern modus vivendi has promoted a growing discontentment in regard to self body image, and imagining a perfect body leads to a desire in an individual that is not always compatible with reality. With no limits in transfiguration, the body is modeled based on the dream of a perfect body structure, which is most times unattainable and requires numerous proposed surgical procedures. Therefore, it is of utmost importance for plastic surgeons to become aware of Body Dysmorphic Disorder (BDD), or dysmorphophobia. This is a disorder that is prevalent in both sexes, in which self visual appearance is distorted. It is also characterized by an excessive concern over a tiny physical imperfection or delusive physical imperfections. The diagnosis can remain unnoticed due to lack of knowledge, misdiagnosis, or concern only over body alterations, which may lead to personal damage, legal claims, and also risk of prolonging the disorder.

Keywords: Dysmorphophobia; Body dysmorphic disorder; Plastic surgery; Body image; Somatoform disorders.

 

Patrocinadores

Indexadores