ISSN Online: 2177-1235 | ISSN Impresso: 1983-5175

Mostrando de 1 até 20 de 449 resultado(s)

Busca por : Neoplasias palpebrais; Retalhos cirúrgicos; Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos; Carcinoma basocelular

Emprego dos pontos de adesão nas reconstruções mamárias com TRAM mais tela sintética

Rosely Moraes Gonçalves de Moura; Francisco José Fontenele Bezerra
Rev. Bras. Cir. Plást. 2008;23(3):153-157 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Introdução: O retalho miocutâneo transverso do reto abdominal (TRAM) constitui-se a opção cirúrgica de eleição nas reconstruções mamárias com tecidos autógenos, porém o seroma na área doadora do retalho ainda apresenta-se como uma complicação freqüente. Método: Neste estudo prospectivo de 20 pacientes com câncer de mama (T1 e T2) submetidas a reconstrução com TRAM mais tela cirúrgica sintética não-absorvível (polipropileno), os autores avaliaram a eficácia dos pontos de adesão na eliminação do seroma quando empregados no retalho cutâneo abdominal. Conclusão: Concluiu-se ser esse método uma maneira efetiva de eliminar a formação de seroma e excluir a necessidade de dreno de sucção abdominal.

Palavras-chave: Retalhos cirúrgicos. Seroma. Mamoplastia. Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos.

 

ABSTRACT

Introduction: The TRAM flap in breast reconstruction is the best surgery technique when using autogenous tissue although the seroma's formation at abdominal donor site area still remains a problem to be solved. Methods: In this prospective study, 20 patients with T1 to T2 breast cancer were submitted to immediate breast reconstruction with TRAM flap plus prolene mesh at abdominal donor site area. The authors had evaluated the quilting suture's efficiency to prevent seroma after breast reconstruction and the role of suction drainage when combined with quilting sutures to prevent seroma's formation at donor site area.

Keywords: Surgical flaps. Seroma. Mammaplasty. Reconstructive surgical procedures.

 

Acompanhamento a Longo Prazo de Carcinomas Basocelulares com Margens Comprometidas

Telma Carolina Ritter de Gregorio, Juliano Carlos Sbalchiero, Paulo Roberto de Albuquerque Leal
Rev. Bras. Cir. Plást. 2005;20(1):8-11 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

O câncer cutâneo é a malignidade mais freqüente, com incidência crescente nas últimas décadas. O achado de margens positivas após a ressecção inicial não é incomum, e seu manejo adequado ainda é bastante controverso. Procurou-se identificar e analisar os casos com ressecções incompletas no Instituto Nacional de Câncer, no ano de 1997, de forma a avaliar a conduta adotada e o porcentual de recidiva em um seguimento de cinco anos. Foram operados no serviço 853 casos de carcinoma basocelular, com 87 (10,2%) pacientes com margens comprometidas. A principal conduta adotada foi o acompanhamento clínico em 87% dos casos. O índice de recidiva foi de 36%, sobretudo em pacientes com tumores maiores de 2cm e do subtipo histológico esclerodermiforme. O tempo médio de seguimento foi de 43 meses. Este trabalho reforça que o acompanhamento clínico é uma conduta adequada em casos devidamente selecionados, na medida em que estabelece que recidivas ocorrem em até 1/3 dos casos também na população nacional, e que é possível o acompanhamento a longo prazo em uma instituição pública, como observado nesta série.

Palavras-chave: Carcinoma basocelular, recidiva. Neoplasias cutâneas. Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos. Cirurgia plástica

 

ABSTRACT

Cutaneous cancer is the most frequent malignancy with increasing rate seen over the last decades. Incomplete initial resection seen in histopathologic specimens is not uncommon and the appropriate approach to these cases is still very controversial. This study identified and analyzed cases of incomplete resection in the Instituto Nacional de Câncer in 1997, aiming at evaluating the conduct adopted and the percentage of relapse over a 5-year follow-up period. In the service, 853 patients with basal cellular carcinoma were surgically treated and 87 cases of incomplete resection (10.2%) were identified. The main adopted conduct was clinical follow-up in 87% of the cases. The index of recurrence was 36%, mainly affecting patients with tumors of greater than 2 cm in size and of the sclerodermiform histologic subtype. The mean follow-up time was 43 months. This work suggests that clinical follow-up is an adequate conduct in duly selected cases, as reoccurrence also occurs in up to 1/3 of the cases in the national population and that long-term followup is possible even in public institutions, as was seen in this series.

Keywords: Carcinoma, basal cell, recurrence. Skin neoplasms. Reconstructive surgical procedures. Surgery, plastic

 

Reconstruções microcirúrgicas em pacientes pediátricos: uma série de 12 casos

Caio Alcobaça Marcondes; Salustiano Gomes de Pinho Pessoa; Breno Bezerra Gomes de Pinho Pessoa
Rev. Bras. Cir. Plást. 2015;30(3):361-367 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: A cirurgia plástica reparadora depara-se com defeitos dos mais variados portes e localizações. O advento da microcirurgia possibilitou a reconstrução de defeitos complexos e extensos em um único estágio e com menor morbidade. Apesar de ter sido uma das primeiras aplicações da microcirurgia, a reconstrução pediátrica microcirúrgica só teve grandes series publicadas recentemente. MÉTODO: No período de janeiro de 2007 a dezembro de 2014 foram operados 12 pacientes consecutivos de reconstruções microcirúrgicas pós-ressecção de neoplasias em cabeça e pescoço e traumas complexos em membros de pacientes pediátricos. Os prontuários foram revisados retrospectivamente quanto à localização e etiologia das lesões, tipos de retalhos e complicações. RESULTADOS: Foram realizados 13 retalhos para a reconstrução microcirúrgica em 11 pacientes e uma revascularização microcirúrgica do braço, sendo cinco (41,7%) casos reconstruções pósressecção de neoplasias de cabeça e pescoço e sete (58,3%) casos pós-trauma complexos de extremidades. A taxa de viabilidade no nosso estudo foi de 84,6% dos retalhos realizados. CONCLUSÃO: A reconstrução microcirúrgica em crianças tem particularidades. Nossa experiência inicial e a literatura mostram resultados gratificantes neste grupo especifico de pacientes, o que torna este tipo de reconstrução nessa faixa etária factível e com uma alta taxa de sucesso.

Palavras-chave: Microcirurgia; Retalhos cirúrgicos; Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: Reconstructive plastic surgery is used to treat defects of different sizes and locations. The advent of microsurgery has enabled the single-stage reconstruction of complex and large defects with lower morbidity rates. Despite being one of the first microsurgery applications, large pediatric microsurgical reconstruction series have been published only recently. METHOD: Between January 2007 and December 2014, 12 consecutive patients underwent microsurgical reconstruction upon the removal of head and neck tumors or complex trauma in the limbs of pediatric patients. The medical records were retrospectively reviewed for injury location and etiology, flap type, and complications. RESULTS: A total of 13 flaps were created for microsurgical reconstruction, including reconstruction upon head and neck tumor removal in five, limb complex post-trauma reconstruction in seven, and a microsurgical revascularization in the arm of one child. CONCLUSION: Microsurgical reconstruction in children is peculiar. Our initial experience and the studies published in the literature to date show that in this particular group of patients, it is possible to achieve rewarding results that render this type of reconstruction feasible and highly successful in this age range.

Keywords: Microsurgery; Surgical flaps; Reconstructive surgical procedures.

 

Tratamento da Orelha em Ponto de Interrogação

Oscar Porto, Gabriel Salum D´Alessandro, Denis Oksman, Tatiana Rego Nunes, Marcelo Wulkan, Paulo Miranda Godoy, Cleiber Augusto Pomarico Filho, Walter Soares Pinto
Rev. Bras. Cir. Plást. 2008;23(1):48-52 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Introdução: As deformidades congênitas uni ou bilaterais da orelha externa com atrofia do segmento médio da concha e da escafa são coloquialmente chamadas de orelha em ponto de interrogação, devido ao hipodesenvolvimento deste segmento e pelo formato característico. Diversos autores publicaram suas experiências para a correção deste tipo de deformidade congênita. Nossa experiência baseia-se na reconstrução de três casos, mediante a combinação de retalho de deslizamento e da ressecção de um triângulo de compensação na concha, ambos do tipo condro-cutâneo, na tentativa de evitar ao máximo a redução do eixo maior da orelha e manter o seu contorno o mais natural possível. Método: Foram operadas três pacientes do sexo feminino, com 17, 19 e 20 anos, sendo que na paciente de menor idade a deformidade era unilateral e nas outras duas, bilateral. Os procedimentos cirúrgicos obedeceram a mesma sistematização. Em todos os casos, o maior eixo da orelha foi medido antes e após a cirurgia, assim como o tamanho do defeito a ser corrigido, para avaliações comparativas. Resultados: Os detalhes cirúrgicos descritos foram basicamente similares, porém as deformidades encontradas não apresentaram um padrão idêntico, mesmo numa mesma pessoa com problema bilateralmente. A extensão sendo variável determinou ressecções maiores ou menores, linhas de sutura diversas na posição e na extensão, tendo como parâmetro o retalho de deslizamento e a ressecção de um triângulo de compensação. Conclusões: Os procedimentos descritos são de fácil execução, sob anestesia local, condições ambulatoriais e realizados num único tempo operatório.

Palavras-chave: Orelha externa. Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos. Retalhos cirúrgicos.

 

ABSTRACT

Introduction: The congenital external ear deformity with weakening of the medium segment of conch and of scapha is usually denominated question mark ear because of the called minor development of that segment and by its characteristic shape. Some authors have published their experiences to correct this kind of deformity. Our experience is based on three patients using a sliding flap and a compensatory triangle of the conch to balance the reduction of the major axis of the ear and support its shape as natural as possible. Method: Three female patients were submitted to a surgical procedure. They were 17, 19 and 20 years old; the youngest has a unilateral deformity and the others, bilateral. The procedures were systematically done. The major axis and the size of the defect were measured before and after the surgery to be compared. Results: The surgical procedures were almost similar, however the deformities were not. They were different even in the same patient. Although the same technical principle of sliding flap and compensatory triangle of the conch has been used, the extension of the defect determined minor or major resection and suture lines different in position and extension. Conclusions: The described procedure is not technically difficult. It can be performed under local anesthesia, ambulatory condition and in only one operating time.

Keywords: External ear. Reconstructive surgical procedures. Surgical flaps.

 

Estratégias em reconstrução do lábio inferior

Evandro José Siqueira; Gustavo Steffen Alvarez; Francisco Felipe Laitano; Pedro Djacir Escobar Martins; Milton Paulo de Oliveira
Rev. Bras. Cir. Plást. 2012;27(4):536-541 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: Os lábios superiores e inferiores representam as estruturas anatômicas funcionais e estéticas mais importantes do segmento inferior da face. Além disso, possuem funções complexas, sendo a reconstrução de defeitos labiais um desafio ao cirurgião plástico. MÉTODO: Trinta pacientes apresentando defeitos de espessura total do lábio inferior foram submetidos a reconstrução do lábio baseada na extensão dos defeitos após exérese tumoral. RESULTADOS: Seis (20%) pacientes apresentavam lesões de até 30% da superfície total do lábio, sendo realizado fechamento primário. Dezoito (60%) pacientes apresentavam lesões de 30% a 80% da superfície total do lábio inferior, sendo realizado retalho miomucoso de vermelhão; em 14 desses pacientes, em decorrência da perda cutânea associada à ressecção, foi associado retalho cutâneo mentolabial. Cinco (16,6%) pacientes tinham lesões no lábio inferior e comissura oral adjacente, sendo submetidos a reconstrução pela técnica de Abbé-Estlander com retalho miomucoso associado ao retalho cutâneo mentolabial. Um (3,5%) paciente apresentou lesão de 90% da superfície total do lábio inferior, sendo empregada técnica de Webster-Bernard associada ao retalho de língua. CONCLUSÕES: Neste artigo é apresentada, de forma simplificada, sistemática e baseada na literatura, uma estratégia para planejamento da reconstrução do lábio inferior com utilização de técnicas eficazes e reprodutíveis em ambiente de aprendizado de médicos residentes, para tratamento de lesões complexas do lábio inferior, baseadas na extensão da perda de tecidos apresentada pelo paciente, com adequados resultados estético-funcionais.

Palavras-chave: Lábio/cirurgia. Retalhos cirúrgicos. Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos.

 

ABSTRACT

BACKGROUND: The upper and lower lips represent the most important functional and aesthetic anatomical structures of the lower segment of the face. Given the complex functions of these structures, reconstruction of labial defects presents a challenge for plastic surgeons. METHODS: Thirty patients with full-thickness lower lip defects underwent lip reconstruction according to the extent of the defect after tumor resection. RESULTS: Six (20%) patients presented lesions of up to 30% of the total lip surface that required primary closure. Eighteen (60%) patients had lesions of 30-80% of the total area of the lower lip that were repaired using a myomucosal flap; in 14 of these patients, bilateral skin flaps were also used due to cutaneous involvement associated with the resection. Five (16.6%) patients had lesions on the lower lip that were adjacent to the oral commissure; therefore, they underwent reconstruction using an Abbé-Estlander flap with a myomucosal flap and bilateral skin flaps. One (3.5%) patient had a lesion covering 90% of the lower lip that was reconstructed using the Webster-Bernard technique and a tongue flap. CONCLUSIONS: Here, we present a simplified, systematic, and literature-based strategy for planning lower lip reconstructions that employs effective and reproducible techniques, which can be used for training resident physicians in the treatment of complex lower lip lesions according to the extent of tissue loss, thereby yielding appropriate aesthetic and functional results.

Keywords: Lip/surgery. Surgical flaps. Reconstructive surgical procedures.

 

Uso do retalho miomucoso do vermelhão associado ou não ao retalho cutâneo mentolabial na reconstrução do lábio inferior

Milton Paulo de Oliveira; Pedro Djacir Escobar Martins; Guilherme Larsen da Cunha; Gustavo Steffen Alvarez; Anajara Gazzalle; Evandro José Siqueira
Rev. Bras. Cir. Plást. 2011;26(3):433-438 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Introdução: Várias técnicas têm sido descritas para a reconstrução do lábio inferior, muitas vezes produzindo microstomia, distorção da comissura, incapacitação funcional ou diminuição da sensibilidade. Neste trabalho, é relatada uma técnica com preservação de tecido neuromuscular para reconstrução labial em um único estágio, através do uso de retalho de avanço miomucoso do vermelhão, com ou sem retalho de pele mentolabial. Métodos: Foram analisados 17 pacientes do sexo masculino, portadores de carcinoma de células escamosas, com média de idade de 54,8 anos, com defeitos labiais pós-ressecção de 20% a 85%. Resultados: Durante um período de 3 meses de seguimento pós-operatório, nenhum paciente apresentou infecção, lesão nervosa ou necessitou de revisão cirúrgica. Três pacientes apresentaram microstomia, com alargamento discreto posterior do lábio. Todos os pacientes apresentaram boa sensibilidade e continência esfincteriana adequada. Conclusões: O uso do retalho miomucoso de vermelhão com ou sem retalho de pele mentolabial resultou em risco mínimo de microstomia ou incompetência funcional, sendo realizado em estágio cirúrgico único, além de demonstrar bons resultados estéticos e funcionais para a reconstrução de até 80% do lábio inferior.

Palavras-chave: Lábio/cirurgia. Retalhos cirúrgicos. Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos.

 

ABSTRACT

Background: Several techniques that have been described for reconstructing the lower lip often produce microstomia, commissure distortion, functional impairment, and decreased sensitivity. A technique for preserving neuromuscular tissue during a single-stage lip reconstruction is reported in this study. This technique involves the use of the vermilion myomucosal advancement flap with or without the mentolabial skin flap. Methods: This study analyzed 17 male patients with squamous cell carcinoma. The mean patient age was 54.8 years, and incidence of lip defects after resection ranged from 20% to 85%. Results: Infection, nerve damage, or the requirement for surgical revision was not observed in any patient during the follow-up period of three months. Three patients had microstomia with slight posterior enlargement of the lip. All patients had good sensitivity and adequate sphincter continence. Conclusions: The use of the vermilion myomucosal flap with or without the mentolabial skin flap resulted in a minimal risk of microstomia or functional incompetence. This procedure is performed in a single surgical stage and has good aesthetic and functional results for reconstruction of up to 80% of the lower lip.

Keywords: Lip/surgery. Surgical flaps. Reconstructive surgical procedures.

 

Tratamento cirúrgico do câncer de pele pelo cirurgião plástico

Marcelo Norio Inada
Rev. Bras. Cir. Plást. 2015;30(4):586-596 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: O câncer de pele é a neoplasia mais frequente no Brasil e corresponde a 25% de todos os tumores malignos. O melhor tratamento é a ressecção cirúrgica em fases iniciais. O cirurgião plástico, juntamente com uma equipe multiprofissional, participa no tratamento desta doença. O objetivo é analisar a eficácia dos procedimentos cirúrgicos realizados pelo cirurgião plástico no tratamento do câncer de pele. MÉTODO: Foram analisados 404 prontuários de pacientes operados no período de fevereiro de 2009 a dezembro de 2012 e analisados gênero, idade, diagnóstico, localização e evolução. RESULTADOS: Faixa etária com média de 62 anos. 53% de casos de carcinoma basocelular, 25,5% melanoma e 15,1% carcinoma espinocelular. Houve predomínio de mulheres nos carcinomas basocelulares (56%) e no melanoma (54%) e de homens nos carcinomas espinocelulares (61%). Os carcinomas basocelulares (92,99%) e espinocelulares (72,13%) tiveram sua predominância na região de cabeça e pescoço; enquanto o melanoma predominou em região de tronco (36,89%) e membros inferiores (24,27%). Foram realizadas 67 cirurgias com pesquisa de linfonodo sentinela, com positividade em 14,93%. 7,76% dos pacientes de melanoma apresentaram metástases e 2,91% vieram a óbito. CONCLUSÃO: O cirurgião plástico é um dos profissionais importantes para o tratamento do câncer de pele, sendo o mais apto para realizar as reconstruções após as ressecções tumorais, pois tem em sua formação os conceitos de reparação, utilizando-se de enxertos e retalhos e considerando o aspecto estético dos pacientes. Cabe-lhe também a realização da cirurgia de pesquisa de linfonodo sentinela e o seguimento dos pacientes com câncer de pele.

Palavras-chave: Neoplasias cutâneas; Câncer de pele; Carcinoma basocelular; Carcinoma de células escamosas; Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: Skin cancer is the most common neoplasm in Brazil and it corresponds to 25% of all diagnosed malignant tumors. The best treatment is surgical resection in early stages. The disease is treated by a plastic surgeon along with a multidisciplinary team. The objective is to assess the effectiveness of surgical procedures performed by plastic surgeons to treat skin cancer. METHODS: We analyzed medical records of 404 patients operated on between February 2009 and December 2012. Data analyzed included gender, age, diagnosis, localization and evolution. RESULTS: Patients' mean age was 62 years. A total of 53% of patients had basal cell carcinoma, 25.5% melanoma and 15.1% squamous cell carcinoma. There was a predominance of women in basal cell carcinomas (56%) and melanoma (54%) and predominance of men in squamous cell carcinomas (61%). Basal cell carcinomas (92.99%) and squamous (72.13%) were predominant in the head and neck, melanoma predominated in the trunk region (36.89%) and in lower limbs (24.27%). We performed 67 surgeries with sentinel lymph node, with positivity in 14.93%. Patients with melanoma who had metastasis accounted for 7.76% and 2.91% patients died. CONCLUSION: Plastic surgeons are one of the important professionals for skin cancer treatment. These professionals are the most skilled one to perform reconstructions after tumor resections, because during education they learn repair concepts using grafts and flaps especially focused on aesthetic appearance of patients. They can also perform surgery for sentinel lymph node and offer follow-up to patients with skin cancer.

Keywords: Cutaneous neoplasms; Skin cancer; Carcinoma, basal cell; Carcinoma, squamous cell; Reconstructive surgical procedures.

 

Reconstrução de pálpebra inferior com uso do retalho de transposição da pálpebra superior de espessura total

JASON CÉSAR ABRANTES DE FIGUEIREDO
Rev. Bras. Cir. Plást. 2019;34(2):260-263 - Ideias e Inovações

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Introdução: O melhor método para reconstruir uma unidade anatômica é substituir a área lesada pelos mesmos tecidos.
Métodos: Três pacientes que apresentavam carcinomas basocelulares na pálpebra inferior foram submetidos à excisão, seguida de reconstrução imediata com a transposição em espessura total de tecido da pálpebra superior em um só tempo.
Resultados: Os pacientes evoluíram quase sem complicações, as pálpebras mantiveram suas funções de fechamento total e proteção do globo ocular.
Conclusão: O retalho se mostrou factível e é mais uma alternativa para reconstruir a pálpebra inferior.

Palavras-chave: Neoplasias palpebrais; Retalhos cirúrgicos; Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos; Carcinoma basocelular

 

ABSTRACT

Introduction: The best method to reconstruct an anatomical unit is to replace the injured area with the same tissues.
Methods: Three patients with basal cell carcinoma in the lower eyelid underwent full-thickness lower eyelid excision, followed by immediate reconstruction with a single-stage fullthickness transposition of the upper eyelid tissue.
Results: The patients had almost no complications, and the functions of total closure and protection of the eyeballs of the eyelids were maintained.
Conclusion: The flap proved to be feasible and is an alternative choice for reconstruction of the lower eyelid.

Keywords: Palpebral neoplasm; Surgical flap; Reconstructive surgical procedure; Basal cell carcinoma

 

Reconstrução total de pálpebra inferior com associação dos retalhos de Hughes e Destro

DIOGO ALMEIDA LIMA
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(3):364-373 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Introdução: A neoplasia de pálpebra inferior é uma doença frequente. O carcinoma basocelular, o espinocelular e o melanoma são responsáveis por 5 a 10% de todos os cânceres de pele. A reconstrução total da pálpebra inferior após exérese de neoplasia cujo defeito envolva mais que 50% da pálpebra é um desafio. A literatura mostra alternativas discordantes quanto ao melhor método de reconstrução nessas situações, sendo a maioria dos trabalhos composta por relatos de casos, levando à inconsistência nas evidências apresentadas.
Método: Avaliar retrospectivamente, por meio da coleta de dados em prontuários, os resultados funcionais alcançados pelo autor nos pacientes submetidos à reconstrução total de pálpebra inferior após ressecção de neoplasia entre maio de 2012 e maio de 2016, na Santa Casa de Passos, com a associação do retalho miotarsoconjuntival de Hughes para reconstrução da lamela interna e do retalho de avanço de pele VY de Destro para reconstituir a lamela externa.
Resultados: Foram operados 13 pacientes, com média de idade de 72,61 anos. O carcinoma basocelular foi responsável pela maioria das lesões com 11 casos. Nenhum paciente apresentou comorbidade nas áreas doadoras dos retalhos. A simetria contralateral e o fechamento palpebral foram observados em 12 casos, sendo um caso de ectrópio tratado com sucesso, não sendo identificados outros problemas funcionais.
Conclusão: A associação do retalho miotarsoconjuntival de Hughes e retalho de Destro é uma alternativa valiosa para a reconstrução total da pálpebra inferior, visto conseguirmos um resultado funcional e estético favorável com tecidos doadores semelhantes aos ressecados.

Palavras-chave: Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos; Pálpebras; Retalhos cirúrgicos; Neoplasias palpebrais

 

ABSTRACT

Introduction: Lower eyelid cancers are common. Basal cell carcinoma, squamous cell carcinoma, and melanoma are responsible for 5 to 10% of all skin cancers. Complete reconstruction after excision of a tumor that creates a defect involving more than 50% of the eyelid is a challenge. Reports vary regarding the best method of reconstruction, and most available literature is in the form of case reports, leading to inconsistency in the evidence presented.
Methods: This retrospective study examined the medical records to evaluate the functional results achieved by the author in patients who underwent total lower eyelid reconstruction after cancer resection between May 2012 and May 2016. The Hughes myotarsoconjunctival flap was used for reconstruction of the internal lamella, and the Destro VY skin advancement flap was used for the external lamella.
Results: Of 13 patients with a mean age of 72.61 years, basal cell carcinoma accounted for 11 cases. No comorbidity was observed in the flap donor areas. Contralateral symmetry and palpebral closure were achieved in 12 cases; 1 case of ectropion was successfully treated, but no other functional problems were identified.
Conclusion: The combined use of the Hughes flap and Destro flap is a valuable alternative for total reconstruction of the lower eyelid and can achieve favorable functional and aesthetic outcomes with donor tissue, similar to that of resected tissue.

Keywords: Reconstructive surgical procedures; Eyelids; Surgical flaps; Eyelid neoplasms

 

Reconstrução de pálpebra inferior com retalho têmporo-frontal em ilha

José Renato Barbieri Gallo, Bruno Victório Perini Baldi, Fernando Hiromitsu Suguita, Marcel Antônio Cammarosano, Antônio Roberto Bozola
Rev. Bras. Cir. Plást. 2008;23(2):135-137 - Relatos de Caso

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

A reconstrução da pálpebra inferior é um capítulo importante da Cirurgia Plástica. Com o número crescente de pacientes acometidos por doenças na pele desta região, principalmente nos casos de neoplasias, é fundamental que o cirurgião plástico tenha conhecimento e domínio de um conjunto cada vez maior de técnicas que ofereçam ao paciente a reparação, com a funcionalidade necessária, sem afastar-se demais da estética desejada. No presente relato de caso, os autores demonstram uma técnica pouco utilizada - o retalho em ilha têmporo-frontal - eficiente na reconstrução da pálpebra inferior, apresentando resultado funcional adequado, com preservação aceitável da estética facial.

Palavras-chave: Carcinoma basocelular/cirurgia. Doenças palpebrais/cirurgia. Neoplasias palpebrais/cirurgia. Retalhos cirúrgicos/métodos. Artérias temporais/cirurgia.

 

ABSTRACT

Lower eyelid reconstruction is a very important chapter in Plastic Surgery. With increasing numbers of patients suffering from skin pathologies on this area, mainly in neoplasm cases, it is fundamental to the plastic surgeon to have knowledge and domain of an increasing range of techniques, which can offer to the patient the recovery, with the necessary functionality good aesthetic result. In the present case, the authors show a technique - the front-temporal island flap - which is efficient on the lower eyelid reconstruction, in spite of being not very used, and is presenting an appropriate functional result with an acceptable preservation of the facial aesthetics.

Keywords: Carcinoma, basal cell/surgery. Eyelid diseases/surgery. Eyelid neoplasms/surgery. Surgical flaps/methods. Temporal arteries/surgery.

 

Reconstrução de lesões extensas de pálpebras com retalhos de face após excisão de neoplasias palpebrais

Rodolfo Luis Korte; Chrystiano Campos Ferreira; Ana Elisa Kadri Castilho; Laryssa Fernanda Feitosa; Sarah Amanda Kuster Schereder
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(Suppl.1):37-39 - Face I

PDF Português

RESUMO

Por apresentar uma pele fina e sensível, a pálpebra pode ser acometida por diferentes tipos de tumores de pele, sendo esses benignos ou malignos. Dependendo do tamanho da lesão, das camadas de pele afetadas e da extensão da área de excisão, são necessários retalhos cutâneos para reconstruí-la. A extensão dos tumores determinará qual a melhor forma de reconstrução. Esses devem ser eficientes em devolver a funcionalidade do tecido lesionado, bem como sua estética. No presente trabalho, quatro reconstruções são demonstradas em relação à eficiência na recuperação funcional e estética das pálpebras em ressecções extensas, identificadas pelo retalho médio-frontal, retalho V-Y e retalho de região temporal.

Palavras-chave: Neoplasias palpebrais; Reconstrução; Retalhos cirúrgicos.

 

Reconstrução total de pálpebra inferior em hospital universitário: série de casos

LUCAS MACHADO GOMES DE PINHO PESSOA; SALUSTIANO GOMES DE PINHO PESSOA
Rev. Bras. Cir. Plást. 2019;34(Suppl.3):45-46 - Artigos

PDF Português

RESUMO

As pálpebras atuam na proteção dos olhos, hidratação da córnea e na manutenção de uma visão adequada. Entretanto, diversos fatores podem contribuir com perda da função protetora das pálpebras, por exemplo, o processo natural de envelhecimento, os traumas ou as neoplasias. Quando em estágios avançados, o câncer pode acometer todas as lamelas da pálpebra, sendo a reconstrução adequada da pálpebra uma prioridade a fim de evitar complicações visuais. O objetivo deste trabalho é apresentar opções cirúrgicas de reconstrução total de pálpebra inferior realizadas em serviço terciário no segundo semestre de 2018. Trata-se de estudo retrospectivo observacional descritivo do tipo série de casos. A reconstrução de todo um segmento anatômico especializado e complexo como as pálpebras é desafiador. O reparo dos planos anatômicos mimetizando as lamelas com estruturação cartilaginosa e dos planos cutâneo e mucoso é essencial para restaurar a função palpebral perdida.

Palavras-chave: Neoplasias cutâneas; Retalhos cirúrgicos; Transplante autólogo; Cirurgia plástica; Carcinoma basocelular

 

Exenteração de órbita em pacientes com carcinoma basocelular das pálpebras: casos clínicos

MELIZZA COLELLO GOMEZ; NATALIA CORTABARRIA; NICOLAS URROZ; TANIA LENA
Rev. Bras. Cir. Plást. 2019;34(Suppl.1):51-53 - 35ª Jornada Sul Brasileira de Cirurgia Plástica

PDF Português

RESUMO

Introdução: O carcinoma basocelular (CBC) é o tumor mais frequente da pálpebra de origem cutânea, caracterizado por crescimento lento, invasão local e baixo percentual de metástase. Em estágios avançados com invasão profunda, o tratamento cirúrgico oncológico pode exigir exenteração orbital. O objetivo é descrever o processo diagnóstico e terapêutico nos casos de hemograma em que foi realizada a exenteração orbital.
Método: Apresentamos dois casos clínicos de pacientes do Hospital Universitário, com hemograma completo localmente, cujo tratamento cirúrgico oncológico exigiu exenteração orbital.
Resultados: Em ambos os casos, o diagnóstico foi de CBC estágio IV, indicando excisão orbitária. Em um caso, foi reconstruído com retalho muscular temporário e, no outro, também foi realizado retalho dermograsal frontal.
Conclusão: A CBC é o tumor mais frequente na pálpebra, topografia em que o tratamento cirúrgico pode exigir exenteração orbitária em casos localmente avançados.

Palavras-chave: Carcinoma basocelular; Neoplasias palpebrais; Evisceração do olho; Reconstrução; Fatores de risco

 

ABSTRACT

Introduction: Basal cell carcinoma (CBC) is the most frequent tumor of the eyelid of cutaneous origin, characterized by slow growth, local invasion and low percentage of metastasis. In advanced stages with deep invasion, surgical oncological treatment may require orbital exenteration. The objective is to describe the diagnostic and therapeutic process in cases of CBC in which orbital exenteration was performed.
Method: We present two clinical cases of patients from the University Hospital, with locally advanced CBC, whose oncological surgical treatment required orbital exenteration.
Results: In both cases the diagnosis was CBC stage IV, indicating orbital excision. In one case, it was reconstructed with a temporary muscle flap and, in the other, a frontal dermal-fat flap was also performed.
Conclusions: CBC is the most frequent tumor in the eyelid, topography in which surgical treatment may require orbital exenteration in locally advanced cases.

Keywords: Reconstruction; Basal cell carcinoma; Eyelid neoplasms; Eye evisceration; Risk factors

 

Perfurador baseado em transposição de retalho estenocelidomastoide para defeitos da região posterior do pescoço: uma nova alternativa

Dushyant Jaiswal; Vidisha Tuljapurkar; Vinaykant Shankhdhar; Prabha Yadav
Rev. Bras. Cir. Plást. 2016;31(2):257-260 - Ideias e Inovações

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Retalhos do músculo esternocleidomastoideo têm sido descritos na literatura para reconstrução dos defeitos da cavidade oral e tratamento da síndrome de Frey. Apesar de largamente estudado, esses retalhos não são utilizados com frequência para reconstruções na região de cabeça e pescoço devido limitações como tamanho reduzido, camadas inseguras, contorno da deformidade no pescoço e questões de segurança oncológica. Relata-se uso de perfurador baseado em transposição de retalho para defeito na região da posterior do pescoço, seguido por excisão de sarcoma de partes moles. Trata-se de alternativa válida para procedimentos de reconstrução como retalhos regionais de pedículo ou transferência de tecido livre em um grupo apropriado de pacientes.

Palavras-chave: Retalhos Cirúrgicos, Procedimentos Cirúrgicos Reconstrutivos, Pescoço, Sarcoma.

 

ABSTRACT

Sternocleidomastoid musculocutaneous flaps have been described in the literature for reconstruction of oral cavity defects and treatment of Frey's syndrome. Although widely studied, it is not used routinely in head and neck reconstruction due to limitations like small size, unreliable skin paddle, contour deformity in the neck and the question of oncologic safety. We report use of perforator based musculocutaneous transposition flap for defect over nape of the neck, followed by excision of a soft tissue sarcoma. This constitutes a valid alternative to other reconstructive procedures like pedicled regional flaps or free tissue transfer in a suitable group of patients.

Keywords: Surgical flaps; Perforator flap; Reconstructive surgical procedures; Neck; Sarcoma.

 

Corrigindo erros históricos na reconstrução de pálpebra inferior

Alexei Almeida Andrade; Renato da Silva Freitas
Rev. Bras. Cir. Plást. 2017;32(4):594-598 - Artigo de Revisão

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

A história da cirurgia plástica é muito rica, com a descrição de diversos tipos de retalhos e outras técnicas cirúrgicas ao longo dos séculos. Muitos autores, no século XIX e início do século XX, propuseram a confecção de retalhos cirúrgicos para reconstrução da região periorbital, que possibilitaram a reparação de deformidades palpebrais naquele momento e ainda hoje têm uma grande aplicabilidade clínica. Em meio a uma miríade de técnicas e epônimos, que muitas vezes descrevem técnicas idênticas ou muito semelhantes, o cirurgião plástico sente-se confuso ao ler a descrição de uma técnica que durante a sua formação aprendeu com outro nome. Por vezes, mesmo em concursos ou avaliações, essas técnicas podem se apresentar com nomenclatura pouco usual, fazendo alusão ao difusor ao invés do criador da técnica, levando a equívocos e erros. Este artigo de revisão tem o objetivo de corrigir alguns erros históricos, e servir de apoio aos novos cirurgiões que desejam trabalhar nesta área.

Palavras-chave: Pálpebras; Retalhos cirúrgicos; História da medicina; Cirurgia plástica; Neoplasias palpebrais; Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos.

 

ABSTRACT

The history of plastic surgery is very rich, with the description of various types of flaps and other surgical techniques over the centuries. Many authors in the nineteenth and early twentieth centuries proposed the development of surgical flaps for the reconstruction of the periorbital region, which allowed the repair of eyelid deformities at the time and still remain of great clinical applicability to date. Owing to the presence of myriads of techniques and eponyms, often describing identical or very similar techniques, a plastic surgeon often feels confused while reading the description of a technique that was learned under another name during training. Sometimes, even in academic applications and evaluations, these techniques may be presented with unusual nomenclatures, alluding to the diffuser rather than to the creator of the technique, leading to misunderstandings and errors. This review aims to correct some historical errors, assisting new surgeons who wish to work in this area.

Keywords: Eyelids; Surgical flaps; History of medicine; Plastic surgery; Eyelid Neoplasias; Reconstructive surgical procedures.

 

Uso de retalho septal e pericondro mucoso para reconstrução de asa nasal e parede lateral: relato de caso

Nelson Gurgel Simas, Salustiano Gomes de Pinho Pessoa, Márcio Rocha Crisóstomo, Glauco Soares Almeida, Allysson Antonio Ribeiro Gomes
Rev. Bras. Cir. Plást. 2009;24(4):556-558 - Relatos de Caso

PDF Português

RESUMO

Os autores relatam o caso de uma paciente do sexo feminino, de 64 anos, com defeito nasal de asa e parede lateral esquerda secundário a duas ressecções de carcinoma basocelular e radioterapia adjuvante. A paciente foi submetida à reconstrução com retalhos locais de cartilagem septal e pericondro mucoso nasal, enxerto de cartilagem auricular conchal e retalho médio-frontal. O relato ressalta a importância dos retalhos de mucosa e septo nasal como opção nas reconstruções de válvula nasal externa. A paciente evoluiu com boa integração do enxerto e viabilidade dos retalhos, apresentando restauração da função nasal e resultado estético satisfatório.

Palavras-chave: Nariz/cirurgia. Neoplasias nasais. Carcinoma basocelular. Retalhos cirúrgicos.

 

ABSTRACT

The authors report a case of a female 64 years old patient with nasal alar and left wall defects secondary to two basal cell carcinoma resections and adjuvant radiotherapy. The patient was submitted to reconstruction with local flaps of septal cartilage and nasal mucosa, conchal cartilage graft and forehead flap. This report shows the importance of septal flaps in external valve reconstruction. The patient evolved with good graft development and viability of the flaps. Displaying restoration of nasal function and satisfactory cosmetic results.

Keywords: Nose/surgery. Nose neoplasms. Carcinoma, basal cell. Surgical flaps.

 

Reconstrução do lábio inferior pela técnica de Karapandzic

Daniel Melo de Azevedo; Elisa Nagassaki; Alexandre Sanfurgo de Carvalho; Kepler Alessandro Secco Lafayette; Eugênio Gonzalez Cação; Heraldo Carlos Borges Inforzato; Osvaldo Ribeiro Saldanha; Ewaldo Bolívar de Souza Pinto
Rev. Bras. Cir. Plást. 2013;28(1):168-171 - Relato de Caso

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Lesões labiais extensas sempre representaram um desafio para a cirurgia plástica. Não existe técnica ideal para reconstrução labial. Neste artigo são relatados os casos de 2 pacientes que apresentavam grandes defeitos no lábio inferior, acometendo 80% e 60% da superfície dessa estrutura, após traumatismo lacerocontuso e ressecção de tumor epidermoide, respectivamente. Esses pacientes foram submetidos a reconstrução labial pela técnica de Karapandzic1, descrita em 1974. No primeiro caso, o resultado foi considerado desfavorável, em decorrência da presença de deiscência. No segundo caso, foi obtido bom resultado estético e funcional, sem sofrimento dos retalhos ou hematomas. A técnica de Karapandzic constitui uma opção de fácil execução e reprodutível, apresentando bons resultados estéticos e funcionais.

Palavras-chave: Lábio/cirurgia. Retalhos cirúrgicos. Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos.

 

ABSTRACT

Reconstruction of extensive labral lesions has always been a challenge for plastic surgeons. Thus far, an optimal lip reconstruction technique has not yet been established. This report includes 2 cases of large lower lip defects, affecting 80% and 60% of the surface structure that resulted from laceration/contusion trauma and epidermal tumor resection, respectively. The patients underwent lip reconstruction using the Karapandzic technique, which was first described in 1974. In the first case, the result was considered unfavorable because of dehiscence. In the second case, good functional and aesthetic results were obtained without from the patchwork or bruises. The Karapandzic technique is easy to perform and may be considered a reproducible option for lip reconstruction with good functional and aesthetic results.

Keywords: Lip/surgery. Surgical flaps. Reconstructive surgical procedures.

 

Utilização da cirurgia com margens cutâneas mínimas - cirurgia de Mohs - no tratamento das neoplasias malignas não melanocíticas de pele

André Valiente Nectoux; José Henrique Guimarães Floriani; Tassiana Amado de Paula; Thalia Nunes dos Santos; Gabriela Agne Magnus; Marcos Ricardo de Oliveira Jaeger
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(Suppl.1):84-86 - Face I

PDF Português

RESUMO

O câncer de pele é a neoplasia maligna mais frequente no Brasil, sendo o carcinoma basocelular o mais prevalente. A área afetada por esta afecção é frequentemente local sensível à preservação tecidual. Durante o desenvolvimento do tratamento cirúrgico destas lesões, foram propostas abordagens que contemplavam esta característica, dentre elas, a cirurgia com margens cutâneas mínimas - cirurgia de Mohs - destaca-se pela efetividade de cura. Esta revisão visa abordar a factibilidade desta abordagem no Brasil. A cirurgia de Mohs apresenta efetividade de cura compatível com outras técnicas, tendo a superioridade da preservação de tecidos e tratamento definitivo imediato, ao passo que apresenta custo e complexidade de realização superiores.

Palavras-chave: Cirurgia de Mohs; Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos; Carcinoma basocelular; Neoplasias cutâneas; Estética; Face.

 

Reconstrução total de pálpebra com retalho miocutâneo temporofrontal

GUILHERME LUIZ PACHER SCHMITZ; CAIO PUNDEK GARCIA; LEANDRO SOARES GRANGEIRO; DANIEL ONGARATTO BARAZZETTI; PEDRO HENRIQUE ONGARATTO BARAZZETTI; JORGE BINS ELY
Rev. Bras. Cir. Plást. 2019;34(Suppl.1):123-125 - 35ª Jornada Sul Brasileira de Cirurgia Plástica

PDF Português

RESUMO

O carcinoma basocelular (CBC) é o câncer mais frequentemente encontrado em humanos. É um tumor maligno epidérmico, de crescimento lento e invasividade local, que afeta mais frequentemente os caucasianos. Em nosso paciente, o CBC invadia a pálpebra e o tecido muscular esquelético subjacente, sendo as margens livres de malignidade. Relatamos um caso clínico exuberante e atípico que foi resultado de uma ressecção extensa e delicada de lesão e, após reconstrução palpebral com retalho temporofrontal, resultou na manutenção da estética e função motora.

Palavras-chave: Reconstrução; Neoplasias palpebrais; Retalhos cirúrgicos

 

ABSTRACT

Basal cell carcinoma (BCC) is the type of cancer most frequently found in humans. It is a malignant epidermal tumor, with slow growth and local invasiveness, which affects more frequently Caucasians. In our patient, the BCC invaded the eyelid and underlying skeletal muscle tissue, and the margins were free of malignancy. We report an exuberant and atypical clinical case that resulted from an extensive and delicate resection of the lesion and, after palpebral reconstruction with temporofrontal flap, resulted in the maintenance of aesthetics and motor function.

Keywords: Reconstruction; Eyelid neoplasms; Surgical flaps

 

Perfil dos casos de ectrópio em um centro de referência de tratamento oncológico

Dayane Raquel de Paula; Maria Cecília Closs Ono; Anne Karoline Groth; Alfredo Benjamim Duarte da Silva; William Itikawa; Renato da Silva Freitas
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(Suppl.1):122-124 - Face I

PDF Português

RESUMO

INTRODUÇÃO: O ectrópio é a alteração de mal posicionamento da pálpebra mais comum. A pálpebra e a região periocular são as áreas mais comumente afetadas pelos cânceres de pele - entre 5 e 10% dos cânceres de pele ocorrem nessa topografia. O ectrópio ocorre em 2,5 a 7% dos casos de remoção de lesões da pálpebra. Frequentemente, o tratamento do ectrópio vai requerer uma intervenção cirúrgica, e, infelizmente, a taxa de recorrência pode ser alta. Objetivo: Relatar a experiência de um centro de referência no atendimento de pacientes oncológicos no tratamento de casos de ectrópio. MATERIAIS E MÉTODO: Avaliação retrospectiva dos casos de ectrópio atendidos no nosso Serviço de Cirurgia Plástica e Reparadora do Hospital Erasto Gaertner, no período entre junho de 2012 e dezembro de 2017. RESULTADOS: Quarenta e sete casos de ectrópios foram levantados nessa pesquisa. A idade média dos pacientes foi de 67,65 anos. Vinte e oito pacientes do sexo feminino e 19 do sexo masculino. O tempo médio transcorrido entre a ressecção inicial e a cirurgia de correção do ectrópio foi de 27 meses. Sobre as neoplasias, 24 casos eram carcinoma basocelular, 16 casos de carcinoma espinocelular, 4 casos de melanoma e 1 caso de carcinoma de células de Merckel. Em 14 casos, houve necessidade de radioterapia adjuvante para o tratamento da neoplasia. Houve recidiva do ectrópio em 11 casos, sendo que em 4 deles havia história de radioterapia prévia. Entre estes mesmos 11 casos de recidiva, a reconstrução imediata foi feita pela própria equipe da Oncologia Cirúrgica em 8. CONCLUSÃO: A avaliação dos casos de ectrópio em centros de tratamento oncológico tem elementos muito relevantes que devem ser levados em consideração, como a equipe que realizará a reconstrução imediata e os casos em que será necessário complementar o tratamento com radioterapia. Esses dois elementos parecem, numa primeira análise, relacionados com aumento das taxas de recidiva.

Palavras-chave: Ectrópio; Carcinoma; Recidiva; Neoplasias palpebrais; Retalhos cirúrgicos.

 

Patrocinadores

Indexadores

Licença Creative Commons Todos os artigos científicos publicados em http://www.rbcp.org.br estão licenciados sob uma Licença Creative Commons