ISSN Online: 2177-1235 | ISSN Impresso: 1983-5175

EDITORIAIS

Editorial

Claudio Cardoso de Castro
Rev. Bras. Cir. Plást. 2000;15(2):4

PDF Português Texto em Português Texto em Inglês

FÓRUM

ARTIGOS

Aplicação de Implantes Osteointegrados nas Deformidades Craniofaciais

Alexandre Katalinic Dutra, Luciano Lauria Dib, Marcos Martins Curi, Joaquim Augusto Piras de Oliveira
Rev. Bras. Cir. Plást. 2000;15(2):15-26

PDF Português PDF Inglês Texto em Português Texto em Inglês

RESUMO

As deformidades craniofaciais são um desafio para as equipes multidisciplinares. O tratamento requer cirurgias complexas e realizadas em etapas. Os resultados estéticos são limitados perante a riqueza de detalhes que as regiões da face exigem. Uma nova e interessante alternativa de tratamento das deformidades craniofaciais é a aplicação de implantes osteointegrados como elementos de sustentação para próteses. Este trabalho discorre sobre as condições e os resultados dos implantes osteointegrados e próteses feitos no Hospital A. C. Camargo - Fundação Antônio Prudente (SP), no período de 1995 a 1999, com um total de 33 implantes osteointegrados em 12 pacientes.

Palavras-chave: Implantes craniofaciais; osteointegração; reabilitação; deformidades craniofaciais

 

ABSTRACT

Craniofacial deformities are a challenge for multidisciplinary teams. The treatment requires complex surgeries, performed by stages. The cosmetic results are limited due to the innumerous details of the face. A new and interesting alternative for the treatment of craniofacial defonnities consists in using osteointegrated implants as anchoring elements for prosthesis. This article deals with the conditions and results of osteointegrated implants and prosthesis carried out at Hospital A. C. Camargo - Fundação Antônio Prudente (SP) from 1995 to 1999, totaling 33 osteointegrated implants in 12 patients.

Keywords: Craniofacial implants; osteointegration; rehabilitation; craniofacial deformities

 

Decúbito Dorsal no Retalho Microcirúrgico do Músculo Grande Dorsal - Técnica de J. M. Servant

Fernando Antônio Gomes de Andrade, Jean Marie Servant, Lídia Masako Ferreira, Marc Revol, Helton Traber, Climério Pereira do Nascimento Júnior, Regina Pacis Nogueira do Nascimento
Rev. Bras. Cir. Plást. 2000;15(2):35-46

PDF Português PDF Inglês Texto em Português Texto em Inglês

RESUMO

Foram realizados 100 retalhos microcirúrgicos no Hospital da Universidade de Paris VII - Hospital Saint-Louis e estudados na Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) - Escola Paulista de Medicina (EPM) e Universidade Federal de Alagoas (UFAL). A sistematização do decúbito dorsal como posição no pré-operatório propiciou uma opção que facilitou a dissecção do retalho e a realização da cirurgia numa só posição; a equipe de anestesia pôde, então, trabalhar com uma posição definitiva, o que favoreceu a fixação do tubo endotraqueal e a monitoração dos parâmetros clínicos. Graças a esses fatores, a cirurgia foi realizada com segurança e conforto. A média de 9 pacientes operados por ano confirmou a tendência de não se supervalorizar os retalhos microcirúrgicos. Não houve limites de idade que contra-indicassem a microcirurgia, que foi realizada em pacientes de 6 e 78 anos, com média de 37,8 anos. As regiões dos membros inferiores e a da cabeça foram as que tiveram maior indicação do retalho microcirúrgico do grande dorsal; a porcentagem de reintervenção cirúrgica foi de 11% devida à trombose; e a perda total do retalho foi de 4%, todos localizados em membros inferiores.

Palavras-chave:

 

ABSTRACT

100 microsurqical flaps were peiformed at the University Hospital of Paris VII - Hospital Saint-Louis and studied at the Federal University of São Paulo (UNIFESP) - Escola Paulista de Medicina (EPM) and Federal University of Alagoas (UFAL). The implementation of dorsal decubitus as preoperative position provided an option that eased the dissection of the flap and the performance of the surgery in a single position; the anesthetic team thus, could worl: with a definite position, which favored the fixation of the endotracheal tube and the monitoring of vital signs. Thank to these factors, the surgery was carried out with safety and comfort. The average of 9 surgery patients per year confirmed the tendency of not overestimating microsurqical flaps. There was no age limit that contraindicated microsurgery, which was carried out in patients with ages from 6 to 78 years old, with an average of 37.8 years. The areas of lower limbs and head were those which were most indicated for great dorsal microsurgical flap; the percentage of a new surgical intervention was 11% due to thrombosis; and total flap loss was 4%, all of them located at the lower limbs.

Keywords:

 

Uso do 2-octil-cianoacrilato em Síntese Tecidual: Estudo Experimental em Camundongos

Jiuseppe Benitivoglio Greco Júnior,Vinício Moitinho do Carmo, Antonio Luiz Lopes Filho
Rev. Bras. Cir. Plást. 2000;15(2):47-54

PDF Português PDF Inglês Texto em Português Texto em Inglês

RESUMO

A criação de uma substância que possibilite a síntese de tecidos de forma prática e rápida, sem causar efeitos nocivos ao organismo, tem sido o objetivo de várias pesquisas. Trabalhos anteriores com o cianoacrilato demonstraram bom resultado estético final, baixa toxicidade, fácil aplicabilidade e uso pediátrico com sucesso. Este trabalho objetivou avaliar experimentalmente, em camundongos, a eficácia do polímero 2-octilcianoacrilato na síntese de tecidos, comparando-o com a sutura tradicional com fio (ponto simples) e estudando as reações locais nas fases iniciais da cicatrização através de exames histopatológicos. A conclusão obtida demonstrou que a síntese tecidual com o uso do 2-octil-cianoacrilato, quando comparada com a sutura com pontos simples, ocasiona menor reação inflamatória, tecido colágeno mais bem organizado e, conseqüentemente, menor reação fibrosa.

Palavras-chave: Cicatrização; experimental; síntese tecidual; cianoacrilato; reação inflamatória

 

ABSTRACT

Several researches have been aimed at the creation of a substance that allows the practical and fast suture of tissues without causing side effects. Previous works using cyanoacrylate have shown good final aesthetic results, low toxicity, easy application and successful pediatric use. The purpose of this paper is to experimentally evaluate the effectiveness of the 2-octyl-cyanoacrylate polymer in tissue closure in mice, comparing it to the conventional thread suture (separate stitch) and to study the local reactions during the initial phases of healing by means of histopathological examinations. We concluded that the tissue closure using 2-octyl-cyanoacrylate, when compared to the separate stitch suture, reduces inflammatory reactions, offers better arrangement of collagen tissue and, as a result, reduced fibrous reaction.

Keywords: Healing; experimental; tissue suture; cyanoacrylate; inflammatory reaction

 

Resistência à Torção e à Flexão de Ossos Metacarpais Humanos: Estudo Experimental

Ricardo Nogueira Bezerra, Fernando Antônio Gomes de Andrade, Glauco Manso, Ronaldo Jorge Azze, Cláudio Cavalcanti, Priscila Kuriki Vieira Mota, Regina Pacis Nogueira do Nascimento
Rev. Bras. Cir. Plást. 2000;15(2):55-62

PDF Português PDF Inglês Texto em Português Texto em Inglês

RESUMO

Foram estudados 80 ossos metacarpais, do 2º ao 5º, de 20 mãos de cadáveres humanos formolizados, com média de idade de 44 anos, variando de 20 a 62 anos. Quarenta ossos metacarpais serviram para testes de torção e 40 outros, para teste de flexão em máquina universal de ensaios mecânicos. Objetivamos determinar a resistência dos ossos metacarpais e comparar a precisão dos ensaios de torção e de flexão. A resistência dos ossos metacarpais à flexão foi aproximadamente quatro vezes maior do que à torção. Os dois ensaios exibiram idêntica precisão estatística. O 2º e o 3º ossos metacarpais, em ambos os testes, foram cerca de duas vezes e meia mais resistentes que o 4º e o 5º.

Palavras-chave: Mão; ossos metacarpais; estudo experimental

 

ABSTRACT

The authors studied 80 metacarpals II to V of 20 human cadaver hands with mean age of 44 years, ranging from 20 to 62 years old. 40 metacarpal bones were used in torsion tests and other 40 were used in flexion tests in mechanical universal testing machine. The authors' objective was to determine metacarpal bones resistance and to compare the accuracy of torsion and flexion testing. Resistance of metacarpal bones to flexion was approximately four times higher than to torsion. Both tests showed identical statistical accuracy. The II and m metacarpals were around 2.5 times more resistant than the IV and V ones.

Keywords: Hand; metacarpal bones; experimental study

 

Enxerto Autólogo de Epiderme Cultivada

Talita Franco, Patrícia Serricella Branco, Diogo Franco, Luiz Fernando Gonçalves, Radovan Borojevic
Rev. Bras. Cir. Plást. 2000;15(2):63-78

PDF Português PDF Inglês Texto em Português Texto em Inglês

RESUMO

As técnicas atuais de cultura de tecidos permitem obter, a partir de um pequeno fragmento de pele, lâminas de queratinócitos cultivados para serem utilizados na cobertura de áreas cruentas. Essa população celular pode ser rapidamente expandida, atingindo, ao final de 30 dias, dimensão centenas de vezes maior do que a da biópsia inicial. Os autores analisam o método utilizado para a cultura de queratinócitos, as dificuldades encontradas, as aplicações atuais e as possibilidades futuras.

Palavras-chave: Cultura de pele; queratinócitos; cobertura de áreas cruentas

 

ABSTRACT

With the modern techniques of tissue culture, it is possible to obtain from a small fragment of skin, laminae of cultivated keratinocytes to be used for covering raw areas. This cellular population can be rapidly expanded, reachinq, at the end of 30 days, a dimension hundreds of times bigger than the original biopsy. The authors analyze the method used for the keratinocytes culture, the difficulties found, the present applications and future possibilities.

Keywords: Skin culture; keratinocytes; coverage of raw areas

 

RELATOS DE CASO

Síndrome da Fissura Orbitária Superior por Trauma de Face sem Fratura de Terço Médio - Relato de Caso

Antônio Albuquerque Brito, Rodolfo Valdemarin, Renato Tatagiba Garcia, Carlos Eduardo Guimarães Leão
Rev. Bras. Cir. Plást. 2000;15(2):27-34

PDF Português PDF Inglês Texto em Português Texto em Inglês

RESUMO

O objetivo do presente trabalho é apresentar um caso clínico de síndrome da fissura orbitária superior numa paciente com trauma de face sem fraturas do terço médio e estabelecer uma correlação dessa injúria com o acometimento orbitário, sugerindo que sua etiologia seja a transmissão da força do impacto através dos pilares do esqueleto reticular da face, até a órbita. Enfatizamos a necessidade do conhecimento desse mecanismo etiopatológico e discutimos aspectos diagnósticos e terapêuticos da referida síndrome.

Palavras-chave: Síndrome da fissura orbital superior; oftalmoplegia; trauma facial; ptose palpebral; midríase

 

ABSTRACT

The aim of this work is to present a clinical case of the Superior Orbitary Fissure Syndrome in a patient with face trauma without medial third fracture and to establish a correlation of this injury with the orbitary commitment, suggesting that its ethiology is due to the impact force transmission throughout the pillars of the face's reticulated sheleton up to the orbit. The necessity of the knowledge of this ethiopathological mechanism is stressed and the diagnostic and therapeutical of this syndrome are the discussed aspects.

Keywords: Superior orbital fissure syndrome; ophthalmoplegia; facial trauma; palpebral ptosis; mydriasis

 

Patrocinadores

Indexadores