ISSN Online: 2177-1235 | ISSN Impresso: 1983-5175

Mostrando de 1 até 20 de 48 resultado(s)

Busca por : Reimplante de membros; Microcirurgia; Reimplante em crianças

Reconstrução microcirúrgica de lábio inferior em avulsão por mordedura humana: relato de caso

GUSTAVO EMILIO LLANO CABRERA; MARIA CAROLINA ANTONY FEITOZA
Rev. Bras. Cir. Plást. 2019;34(Suppl.3):2-3 - Artigos

PDF Português

RESUMO

Introdução: A reconstrução labial representa sempre um grande desafio, considerando as dimensões da perda tecidual e o restabelecimento da funcionalidade da boca.
Método: Apresentamos o relato de um caso de um paciente de 35 anos, vítima de agressão por mordedura humana, com avulsão de 70% do lábio inferior, que foi submetido à reconstrução com retalho grácil microcirúrgico.
Resultados: Não houve perda do retalho, a resposta motora foi boa, mantendo competência oral na alimentação e adequada forma labial, considerando o aspecto estético.
Conclusões: A técnica do retalho microcirúrgico do músculo grácil, possibilitou o restabelecimento da função da boca, de forma segura, sem cicatrizes adicionais perioral e nasal.

Palavras-chave: Lábio/cirurgia; Microcirurgia; Retalhos cirúrgicos

 

Reimplante Microcirúrgico de uma Avulsão Total de Couro Cabeludo - Relato de Caso

Carlos Augusto Cameschi, MD, Oswaldo Miura, MD
Rev. Bras. Cir. Plást. 1998;13(2):7-12 - Relatos de Caso

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Paciente de 25 anos de idade, sexo feminino, vítima de avulsão total de couro cabeludo, incluindo grande parte da pele da região frontal, decorrente de trauma provocado por uma máquina rotativa. Conseguiu-se, com sucesso, o reimplante através de microcirurgia.

Palavras-chave: microcirurgia; escalpo total; reimplante microcirúrgico

 

ABSTRACT

A 25 year-old woman, victim of a total avulsion of the scalp including a large portion of the forehead, when the rotative machine caught her hair. Successfu1 reimplantation was carried out using microsurgery. Reimplantation should be attempted in all scalp avulsions.

Keywords: microsurgery; total scalp; microsurgical reimplantation.

 

O emprego dos retalhos livres em pacientes queimados: experiência de 58 retalhos em 46 pacientes

Daniel Alvaro Alvarez Lazo, Salomão Chade Assan Zatiti, Olimpio Colicchio, Frederico Roncaglia, Daniel Mamere Alvarez, Isabela Mamere Alvarez, Nilton Mazzer
Rev. Bras. Cir. Plást. 2009;24(2):138-144 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

A grande maioria das queimaduras de terceiro grau é tratada com a excisão tangencial, seguida da enxertia de pele. No entanto, as deformidades secundárias são frequentes, principalmente nos membros superiores e na cabeça e pescoço. As contraturas causadas pelas queimaduras graves podem ser tratadas das formas mais diversas. Aquelas limitadas às pequenas áreas podem ser tratadas com zetaplastias, enxertos ou retalhos locais; mas quando a contratura é extensa é difícil atingir bons resultados com os métodos convencionais. Os autores descrevem a sistematização e a estratégia na reconstrução primária ou secundária em pacientes queimados com o emprego de 58 retalhos livres, em 44 pacientes.

Palavras-chave: Queimaduras. Microcirurgia. Retalhos cirúrgicos.

 

ABSTRACT

Tangential excision is the debridement of necrotic tissue until viable tissue is reached. The second phase of surgical treatment is wound closure. The gold standard of wound coverage is autologus skin grafting. However, results can be disappointing in severe burns that involve the upper extremity and the neck. Fifty-eight free flaps for 46 patients with deep burns were reviewed retrospectively to determine indication, methods and outcomes.

Keywords: Burns. Microsurgery. Surgical flaps.

 

Treinamento inicial em microcirurgia

Iana Silva Dias; Salustiano Gomes de Pinho Pessoa; André Nunes Benevides; José Everardo Macêdo
Rev. Bras. Cir. Plást. 2010;25(4):595-599 - Artigo Original

PDF Português

RESUMO

A técnica microcirúrgica que até a década de 80 do século passado se constituiu um procedimento de exceção, somente utilizada em casos extremos, devido aos avanços facilmente observados em diversas publicações atuais, tornou-se em muitos procedimentos a primeira opção cirúrgica, fazendo com quase que, de maneira obrigatória, todos os médicos que exerçam a especialidade de Cirurgia Plástica tenham que realizar treinamento na citada técnica operatória. O presente artigo se propõe a apresentar um modelo de fácil execução como treinamento básico em microcirurgia.

Palavras-chave: Cirurgia plástica. Microcirurgia. Educação médica.

 

ABSTRACT

The microsurgical technique witch until the 1980's was an exclusion procedure, only chosen in extreme cases, due to easily observed advances seen in innumerous current publications, has become in various procedures the first surgical option, practically compelling all doctors who practice in the field of Plastic Surgery to perform training in the referred technique. The current article presents an easy executed model of microsurgery basic training.

Keywords: Surgery, plastic. Microsurgery. Education, medical.

 

Aplicações Clínicas do Retalho Antebraquial na Microcirurgia Reconstrutiva

Daniel Álvaro Alvarez Lazo, Olímpio Colicchio Filho, Ricardo Martins Gomes da Silva, Marcelo Tadashi Salomão Chade
Rev. Bras. Cir. Plást. 2000;15(1):42-44 - Artigos

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

O Retalho Radial Antebraquial é extremamente versátil. Tem sido utilizado como ilha cutânea, retalho livre simples ou pré-moldado. O grande problema tem sido sua área doadora; isto, no entanto, é um problema maior para os cirurgiões do que para os pacientes. Este trabalho discute suas aplicações clínicas numa série de 48 pacientes que tiveram indicações para reconstrução de cabeça e pescoço, reconstrução de pênis ou na cirurgia reconstrutiva das extremidades, em que retalhos inervados foram necessários; como na reconstrução do polegar, da mão ou dos membros inferiores.

Palavras-chave: Reconstrução; microcirurgia; retalho antebraquial

 

ABSTRACT

The antebrachial flap is extremely versatile. It has been used as a premolded or single free flap cutaneous island. Although this is a bigger matter for surgeons than to the patients, the major problem is the donator area. This work addresses its clinical applications at a series of 48 patients who received indications for the head and neck reconstruction, penis reconstruction or in the reconstructive microsurgery of the extremities, in which the innervated flaps where necessary, such as the thumb, hands and inferior limbs reconstruction.

Keywords: Reconstruction; microsurgery; antebrachial flap

 

Reconstrução microcirúrgica do esôfago cervical nas lesões decorrentes de trauma

GUSTAVO EMILIO LLANO CABRERA; MARIA CAROLINA ANTONY FEITOZA
Rev. Bras. Cir. Plást. 2019;34(Suppl.3):12-14 - Artigos

PDF Português

RESUMO

Introdução: A reconstrução microcirúrgica do esôfago cervical com jejuno é uma das técnicas para reparação dos defeitos resultantes de trauma cervical. Possibilita um restabelecimento fisiológico do trato digestório, isoperistáltico e com diâmetro compatível das bocas esofágicas e jejunal.
Objetivo: Demonstrar o retalho microcirúrgico de jejuno como opção adequada e segura nas reconstruções na perda do esôfago cervical devido ao trauma.
Método: No período de 5 anos, 7 pacientes foram submetidos à reconstrução de esôfago cervical com retalho de jejuno, sendo transposto o segmento de jejuno para a região cervical, na posição isoperistáltica, como opção de um neoesôfago.
Resultados: Não houve perda de nenhum retalho nesta casuística e houve 2 casos de estenose na anastomose do esôfago distal. Não houve nenhum caso de fístula. Todos os pacientes operados voltaram a se alimentar por via oral.
Conclusão: O emprego do retalho microcirúrgico de jejuno é seguro, reproduzível e eficiente na reconstrução do esôfago cervical decorrente de traumas.

Palavras-chave: Esofagoplastia; Jejuno; Microcirurgia; Reconstrução

 

Detecção de trombose venosa em retalhos livres por medidas de glicemia capilar

Lincoln Saito Millan; Luiz Carlos Ishida; Esther Mihwa Oh Choi; Enio Cesar Giacchetto Junior; Teng Hsiang Wei; Rames Mattar Júnior; Marcus Castro Ferreira
Rev. Bras. Cir. Plást. 2012;27(4):823-526 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: A monitorização do retalho livre após a cirurgia é de vital importância, especialmente nas primeiras horas de pós-operatório, pois o momento de reabordagem pode ser o definidor entre o salvamento ou a perda do retalho. Até o momento, não existe trabalho na literatura estudando a decisão de abordagem do retalho baseada em medidas objetivas ou a comparação da glicemia entre retalhos que evoluíram bem com os que sofreram sofrimento vascular. O objetivo deste estudo é avaliar a validade da medida da glicemia capilar do retalho como método de monitorização de retalhos microcirúrgicos comparando com a avaliação clínica. MÉTODO: Foram estudados prospectivamente 16 pacientes portadores de retalhos livres, realizados de maio de 2012 a julho de 2012. A glicemia capilar foi avaliada por equipe formada por profissionais não envolvidos com a cirurgia realizada. A avaliação clínica do retalho foi realizada no pós-operatório imediato, na chegada à UTI, a cada 3 horas e sempre que necessário. RESULTADOS: Dos 16 pacientes, 5 (31,3%) apresentaram complicações nas primeiras 24 horas. Todas as complicações observadas foram trombose venosa. Foi observada diferença estatisticamente significante na glicemia capilar de portadores de retalhos que apresentaram trombose venosa em comparação àqueles que não tiveram a complicação, nas medidas realizadas 6 horas, 9 horas e 12 horas após a operação (P < 0,05). CONCLUSÕES: A medida da glicemia capilar não foi superior à avaliação clínica por profissional experiente na detecção de trombose venosa de retalhos livres.

Palavras-chave: Microcirurgia. Retalhos cirúrgicos. Trombose venosa.

 

ABSTRACT

BACKGROUND: Monitoring of free flaps after surgery is vitally important, especially in the first few hours because the timing of reoperation can determine flap salvage or loss. To date, no study has examined the decision to reoperate on a flap based on the objective measure of glycemia or a comparison between flaps that showed good outcomes and those that showed vascular damage. The objective of this study was to evaluate the validity of blood glucose measurements within the flap as a method for monitoring free flaps and to compare the efficacy of this method with that of clinical assessments. METHODS: The study was prospective, included 16 patients with free flaps, and was conducted from May 2012 to July 2012. A team of professionals not involved in the surgery evaluated capillary glycemia. Flaps were clinically evaluated during the immediate postoperative period, on ICU admission, at every 3 hours, and as needed. RESULTS: Of the 16 patients, 5 (31.3%) had venous thrombosis in the first 24 hours. Statistically significant differences were noted in capillary glycemia in patients with or without venous thrombosis in measurements obtained 6, 9, and 12 hours after surgery (P < 0.05). CONCLUSIONS: The measurement of capillary glycemia was not superior to clinical evaluation by an experienced professional for the detection of venous thrombosis within free flaps.

Keywords: Microsurgery. Surgical flaps. Venous thrombosis.

 

Utilização do Retalho Miocutâneo do Grande Dorsal nas Queimaduras Elétricas Graves

Yuji Ikuta, Jorge José Reis de Carvalho, Clayton Higashi Sawada
Rev. Bras. Cir. Plást. 2007;22(4):233-240 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Introdução: Queimaduras elétricas geralmente representam lesões graves com seqüelas deformantes para o paciente. Dependendo da extensão e localização da lesão, podem ser utilizadas diversas técnicas de reconstrução, variando desde simples enxertias até reparações complexas com o uso de retalhos livres. Objetivo: O objetivo deste trabalho é demonstrar a utilização do retalho miocutâneo do grande dorsal na reconstrução de lesões causadas por queimaduras elétricas graves. Método: Foram tratados sete pacientes, vítimas de lesões de alta voltagem, com lesões em diversas regiões do corpo. Resultados: Em todos os casos, foram obtidos resultados satisfatórios, com bom retorno dos pacientes às suas atividades.

Palavras-chave: Queimaduras, cirurgia. Microcirurgia. Queimaduras por corrente elétrica

 

ABSTRACT

Introduction: Electrical injuries generally represent serious lesions with deforming sequels for the patient. Depending on the extension and localization of the injury, several techniques of reconstruction may be used, ranging from simple skin grafts to more complex repairs with the use of free flaps. Objective: The objective of this work is to demonstrate the use of the latissimus dorsi myocutaneous flap in the reconstruction of injuries caused by serious electrical burns. Method: Seven patients have been treated, victims of high voltage, injuries with lesions in several regions of the body. Results: In all cases, results were satisfactory, with good return of the patients to normal activities.

Keywords: Burns, surgery. Microsurgery. Burns, electric

 

Escolha do vaso receptor em reconstrução de mama microcirúrgica

Maria Cecília Closs Ono; Anne Karoline Groth; Alfredo Benjamim Duarte da Silva; Ivan Maluf Junior
Rev. Bras. Cir. Plást. 2013;28(2):227-232 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: A transferência microvascular de tecido autógeno se tornou o padrão de referência para a reconstrução da mama. Como em qualquer reconstrução com tecido livre, a escolha do vaso receptor é fundamental para o planejamento adequado na reconstrução mamária. O objetivo do presente estudo é determinar quais dentre os vasos receptores disponíveis (a artéria mamária interna e seus vasos perfurantes ou os vasos circunflexos escapulares) são mais adequados para a reconstrução microvascular da mama. MÉTODO: Foi realizada análise retrospectiva de 117 pacientes consecutivas submetidas a reconstrução da mama microvascular, entre janeiro de 2005 e dezembro de 2007. Foi estabelecido um algoritmo que pode ser aplicado para a seleção do vaso receptor com base em alguns parâmetros, como dissecção axilar, tempo da reconstrução (imediata ou tardia) e presença de radioterapia pré-operatória. Foram avaliadas as complicações relacionadas ao retalho, a taxa de conversão e os resultados clínicos. RESULTADOS: A artéria mamária interna e seus vasos perfurantes e os vasos circunflexos escapulares são adequados para a reconstrução da mama, com taxas semelhantes de complicações e de viabilidade. Observou-se, também, maior risco de perda do retalho com o uso do retalho da artéria epigástrica inferior superficial em comparação ao retalho da artéria epigástrica inferior profunda ou retalho musculocutâneo abdominal transverso de músculo reto do abdome com preservação do músculo. CONCLUSÕES: A reconstrução mamária microcirúrgica é um método seguro e confiável, com alta viabilidade do retalho e baixas taxas de complicação.

Palavras-chave: Mama. Microcirurgia. Retalhos cirúrgicos.

 

ABSTRACT

BACKGROUND: Microvascular transfer of autogenous tissue have become the gold standard for breast reconstruction. As in any free tissue reconstruction, recipient vessel choice is fundamental for adequate planning in breast reconstruction. The purpose of the present study is to determine which of the available recipient vessels (the internal mammary artery and its perforators vessels or circumflex scapular vessels) are adequate for microvascular breast reconstruction. METHODS : A retrospective analysis of 117 consecutive patients who underwent microvascular breast reconstruction between January 2005 and December 2007 was performed. An algorithm that could be applied to the selection of the recipient vessel based in the axillary node dissection, immediate or late reconstruction, preoperative radiotherapy was established. Flap related complications, conversion rate and clinical outcomes were analised. RESULTS: The internal mammary perforator, the internal mammary and the circumflex scapular are adequate recipient vessels for breast reconstruction, with similar rates of complications and viability. We also observed a lower flap viability rate when using superficial inferior epigastric artery flap comparing to deep inferior epigastric artery perfurator and transverse rectus abdominis musculocutaneous with muscle preservation flaps. CONCLUSIONS: Microsurgical breast reconstruction is a safe and reliable method, with high flap viability and low complications.

Keywords: Breast. Microsurgery. Surgical flaps.

 

Transplantes microcirúrgicos: experiência de 5 anos do Serviço de Cirurgia Plástica da Universidade Federal da Bahia

Marcelo Sacramento Cunha; André Leal Gonçalves Torres; Jorge Cabral dos Anjos Neto; Lívia Leal Monteiro; José Válber Meneses
Rev. Bras. Cir. Plást. 2008;23(4):305-309 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Introdução: A microcirurgia reconstrutiva tem sido aplicada à cirurgia plástica desde a década de 70, com várias possibilidades de reconstruções. Objetivo: Relatar a experiência inicial de um serviço de cirurgia plástica ao implantar um grupo de microcirurgia, analisando as complicações e resultados da casuística. Método: Foram realizados 48 transplantes microcirúrgicos (reconstruções de cabeça e pescoço, mama e membros inferiores). As complicações foram divididas em imediatas (intra-operatórias), recentes (até 21 dias) e tardias (após 21 dias). Foram analisadas as complicações relacionadas às reconstruções: menores (perda parcial do retalho e/ou satisfação parcial do plano pré-operatório) e maiores (perda total do retalho e/ou não satisfação do plano pré-operatório). Em relação às áreas doadoras, foram divididas em menores (com necessidade de reintervenção cirúrgica) e maiores (deformidade não satisfatória ao cirurgião ou não aceitável ao paciente). Os resultados foram classificados como bons, satisfatórios ou maus resultados. Resultados: Quarenta e três retalhos sobreviveram (89,58% de sucesso) e em 5 houve perda total. Os resultados da reconstrução foram classificados em bons (72,91%), satisfatórios (16,67%) e ruins (10,42%). Os resultados das áreas doadoras foram classificados em bons (87,5%), satisfatórios (12,5%) e ruim (0%). Conclusão: As taxas de complicações e resultados da casuística sedimentaram a microcirurgia como opção cirúrgica no Serviço em estudo.

Palavras-chave: Microcirurgia. Retalhos cirúrgicos. Cirurgia plástica.

 

ABSTRACT

Introduction: Microsurgery has been successfully applied to plastic surgery in the last three decades. Objective: The experience of the microsurgical group of Federal University of Bahia is reported and the results and complications are analyzed. Methods: Forty-eight microsurgical procedures (head and neck, breast and inferior limb reconstructions) were done. The complications were divided into immediate (operative period), recent (until 21 days) and delayed (after 21 days). Complications related to reconstruction itself were divided into minor (partial necrosis or partial satisfaction) or major (total necrosis or no satisfaction). Complications related to donor sites were divided into minor (surgical repair) or major (deformity not acceptable). Results were divided into good, acceptable and bad. Results: The results related to reconstruction were classified into good (72.91%), acceptable (16.67%) and bad (10.42%). The results related to donor site were classified into good (87.5%) and acceptable (12.5%) and no bad result. Conclusion: Good and acceptable results are important to credibility and sedimentation of microsurgery procedures.

Keywords: Microsurgery. Surgical flaps. Plastic surgery.

 

Reimplante de pé em criança: relato de caso

Marina Buainain Balbuena; Kleder Gomes de Almeida; Paulete Yuri Nukariya Gomes de Almeida; Bruno Barros de Azevedo Coutinho; Tatyanne Ferreira da Silva; Fábio Tacla Saad
Rev. Bras. Cir. Plást. 2014;29(4):582-586 - Relato de Caso

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: As indicações de reimplante de membros inferiores em crianças são ainda controversas na literatura e, comparadas com os reimplantes de membros superiores, são mais seletivas. Os reimplantes de membro inferior são menos frequentes por várias razões, haja vista que os traumas que provocam amputações ao nível do membro inferior geralmente são de alta energia cinética e provocam grave lesão tecidual, além da associação frequente de lesões de outros órgãos que contraindicam o procedimento. Associada à frequência de complicações graves no pós-operatório e os resultados medíocres de alguns casos, muitos cirurgiões se sentem desencorajados a reimplantar estes segmentos. Existem poucos relatos de reimplantes de membros inferiores com sucesso funcional na literatura. Relato de caso: Paciente E.S.S., sexo feminino, quatro anos de idade, vítima de atropelamento por trem em julho de 1997, que resultou em esmagamento do terço inferior da perna esquerda e amputação ao nível do tornozelo esquerdo. A paciente deu entrada na emergência da Santa Casa de Campo Grande-MS, apresentando boas condições gerais, sendo indicado o reimplante do membro amputado. Foi então transferida à sala de operação (S.O), e após oito horas de isquemia foi reimplantado o pé esquerdo. CONCLUSÃO: Fica claro que em casos selecionados, como o da paciente acima, o reimplante microcirúrgico é uma opção válida e extremamente valiosa, não só do ponto de vista funcional, mas estético.

Palavras-chave: Reimplante de membros; Microcirurgia; Reimplante em crianças.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: The indications for lower limb replantation in children are still controversial in the literature. Furthermore, they are more selective than those for upper limb replantation. Replantations of lower limbs are less frequent for various reasons, including that the traumas leading to amputations at the lower limb level are usually high-kinetic-energy injuries and involve severe tissue damage, in addition to their frequent association with other organ damage that discourage the use of the procedure. Because of the association with frequent serious postoperative complications and unsatisfactory outcomes in some cases, many surgeons feel discouraged to replant these segments. There are few literature reports on lower limb replantations with functional success. CASE REPORT: Patient E.S.S. is a 4-year-old girl who was run over by a train in July 1997. The accident resulted in the crushing of the lower third of her left leg and the amputation of her left ankle. She was admitted to the emergency room of Santa Casa de Campo Grande-MS, in good overall condition. Replantation of the amputated limb was recommended. She was then transferred to the operating room, and her left foot was replanted after 8 h of ischemia. CONCLUSION: Clearly, in selected cases, such as the patient reported here, microsurgical replantation is a valid and extremely valuable option, both from a functional and an aesthetic point of view.

Keywords: Limb replantation; Microsurgery; Replantation in children.

 

Uso do retalho microcirúrgico anterolateral da coxa na correção de fístula esôfago-cutânea

Roberta França Spener; Victor Hugo Lara Cardoso de Sá; Ercole Spada Neto; Fábio Del Claro; Gerson Vilhena Pereira Filho
Rev. Bras. Cir. Plást. 2015;30(3):473-476 - Relato de Caso

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: O retalho anterolateral da coxa (RALC) vem se tornando uma ferramenta importante na reconstrução microcirúrgica de defeitos cutâneos e subcutâneos. Tendo em vista que o RALC pode se estender por até 35 cm, ele pode ser utilizado tanto na reconstrução esofágica como em defeitos cutâneos cervicais. RELATO DO CASO: Paciente C.S.M., sexo feminino, 57 anos, apresentando um carcinoma espinocelular de laringe foi submetida à radioterapia e tratamento cirúrgico de laringectomia total seguido de reconstrução por fechamento primário. Porém, a paciente evoluiu com uma complicação pósoperatória devido à formação de uma fístula esôfago-cutânea cervical, sendo necessária a realização de 4 procedimentos cirúrgicos para fechamento definitivo da fístula. O último procedimento consistiu na realização de retalho microcirúrgico da região anterolateral da coxa para correção da fístula esôfago-cutânea, objeto desse relato. CONCLUSÕES: O retalho microcirúrgico anterolateral da coxa possui extensa aplicação em diversos campos, baseada nas seguintes características: vascularização confiável, pedículo vascular longo e largo de no mínimo 8 cm, região do retalho extensa e de fácil delimitação, possibilidade de diminuir a espessura primária do retalho em 3 a 5 mm sem risco de comprometer sua vascularização, possibilidade de abordagem dupla simultânea devido à distância entre sítio doador e receptor, possibilidade de fechamento primário sem a necessidade de enxerto de pele. O relato do caso apresentado neste estudo justifica-se com o intuito de ressaltar a possibilidade da utilização microcirúrgica do RALC em sanduíche na correção de fístula esôfago-cutânea de alto débito.

Palavras-chave: Reconstrução; Microcirurgia; Fístula; Esôfago.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: The anterolateral thigh (ALT) flap has become an important tool in the microsurgical reconstruction of cutaneous and subcutaneous defects. Since the ALT flap can be up to 35 cm long, it can be used in both, esophageal reconstruction and cervical skin defects. CASE REPORT: Patient C. S. M., a 57-year-old woman, presented with squamous cell carcinoma of the larynx and underwent radiotherapy and a total laryngectomy followed by reconstruction by primary closure. However, she developed a postoperative complication due to the formation of a cervical esophagocutaneous fistula that required four surgical procedures to ensure permanent closure. The latter procedure consisted of the creation of a microsurgical ALT flap to correct the esophagocutaneous fistula, the subject of this report. CONCLUSIONS: The microsurgical ALT flap has extensive applications in various fields based on the following characteristics: reliable vascularization, long and broad vascular pedicle (at least 8 cm long), an extensive and easily delimited flap region, the possibility of reducing the primary flap thickness to 3-5 mm without compromising its vascularization, the possibility of a simultaneously dual approach because of the distance between the donor and recipient site, and the possibility of primary closure without the need for skin grafting. The case report presented in this study emphasizes the possibility of the use of a microsurgical ALT sandwich flap to correct a high output esophagocutaneous fistula.

Keywords: Reconstruction; Microsurgery; Fistula; Esophagus.

 

Rotina de treinamento laboratorial em microcirurgia do Instituto Nacional do Câncer

Diogo Almeida Lima; Mário Sérgio Lomba Galvão; Marcelo Moreira Cardoso; Paulo Roberto de Albuquerque Leal
Rev. Bras. Cir. Plást. 2012;27(1):141-149 - Artigo Especial

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

A microcirurgia é uma técnica na qual se realiza cirurgia sob magnificação óptica em vasos de diâmetro < 3 mm. Jacobson e Suarez, em 1960, foram os primeiros a utilizar o termo microcirurgia para descrever anastomoses experimentais de vasos com calibre entre 1 mm e 2 mm, sendo a origem da moderna prática microvascular creditada a eles. Desde então, foram desenvolvidos e publicados diversos tipos de transferência microvascular de tecidos para reparo de grandes defeitos corporais e ocorreu intensa modernização do poder óptico e do design dos instrumentos. Apesar dessa evolução, a prática laboratorial é indispensável e permite ao cirurgião alcançar a habilidade necessária à realização da técnica de microanastomoses. Nesse contexto, este artigo apresenta a rotina de treinamento em microcirurgia realizada no Laboratório de Microcirurgia Experimental do Instituto Nacional do Câncer (Rio de Janeiro, RJ, Brasil).

Palavras-chave: Microcirurgia. Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos. Capacitação. Cirurgia plástica.

 

ABSTRACT

Microsurgery is a technique in which the surgery is performed under optical magnification in vessels with a diameter of less than 3 mm. In 1960, Jacobson and Suarez first used the term "microsurgery" to describe the experimental anastomosis of vessels with a caliber between 1 and 2 mm, which is considered as the origin of the modern microvascular practice. Since then, several types of microvascular tissue transfer techniques for the repair of large body defects have been developed and published, accompanied by significant advances in optical imaging technologies and instrument design. Despite this technical progress, laboratory practice is essential and enables the surgeon to acquire the ability to master the microanastomosis technique. The present study describes the microsurgery training program of the Laboratory of Experimental Microsurgery of the National Cancer Institute (Rio de Janeiro, RJ, Brazil).

Keywords: Microsurgery. Reconstructive surgical procedures. Training. Plastic surgery.

 

Uso de retalhos microcirúrgicos em pacientes queimados: revisão da literatura

Bruno Barros de Azevedo Coutinho; Marina Buainain Balbuena; Tatyanne Ferreira da Silva; Fábio Tacla Saad; Kleder Gomes de Almeida; Paulete Yuri Nukariya Gomes de Almeida
Rev. Bras. Cir. Plást. 2012;27(2):316-320 - Artigo de Revisão

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Pacientes com queimaduras graves, em casos de acometimento articular e de exposição de estruturas nobres, necessitam de cobertura local o mais breve possível. Em ambas as situações referidas, faz-se necessária a realização de procedimentos que proporcionem cobertura adequada de tais tecidos e estruturas. Retalhos locais são a primeira escolha, em decorrência da simplicidade de sua confecção e da boa cobertura propiciada por eles. Entretanto, no universo dos pacientes queimados, as áreas contíguas à área lesionada geralmente apresentam-se queimadas ou com tecidos de baixa qualidade, em decorrência de alterações locais, principalmente na circulação. Quando não é possível o emprego de retalhos locais, utilizam-se retalhos à distância e/ou microcirúrgicos. Entretanto, retalhos à distância geralmente necessitam de reconstruções em tempos diversos e, em alguns casos, imobilização prolongada no leito. Com a introdução da técnica microcirúrgica para reparo de grandes perdas de substância em tempo único, há mais de três décadas, em nosso meio, o transplante de tecido passou a ser uma realidade no arsenal técnico do cirurgião para reparo dessas graves sequelas, proporcionando resultados funcionais e estéticos mais aceitáveis, associado ou não a outros métodos consagrados, como expansão tecidual ou enxertia cutânea. Neste trabalho, são discutidos os aspectos relativos a esse arsenal terapêutico, suas indicações e contraindicações, e os aspectos técnicos relativos a cada região.

Palavras-chave: Queimaduras. Microcirurgia. Transplante de tecidos.

 

ABSTRACT

Patients with severe burns complicated by joint involvement and exposure of noble structures require immediate local cover, which can be achieved using a variety of surgical procedures. Local flaps are the first choice due to the simplicity of their preparation and the resulting acceptable cover. However, the tissue adjacent to the burned area is often of low quality as a consequence of local changes that mainly affect blood circulation. When local flaps cannot be used, distant and/or microsurgical flaps can be applied. However, distant flaps generally require reconstructions performed in separate surgical procedures, which can prolong bed rest and immobilization of the patient. For more than 3 decades, microsurgery has been used to repair significant tissue losses in a single surgical procedure. This technique enabled the use of tissue transplantation for the repair of burn sequelae. Often in association with other established surgeries, such as skin graft or tissue expansion, these procedures provide better functional and aesthetic results. In the present study, aspects of this therapeutic strategy, as well as the indications, contraindications, and technical details of tissue transplantation are discussed.

Keywords: Burns. Microsurgery. Tissue transplantation.

 

Transplante de linfonodo inguinal associado a retalho abdominal livre, para tratamento de linfedema no membro superior e reconstrução mamária tardia

ANNE KAROLINE GROTH; ANDRÉ PAZIO; BRUNO ZAMPIERI DE PIERI; WILLIAM ITIKAWA; BRUNO CESAR LEGNANI; THAYLINE CAMARGO
Rev. Bras. Cir. Plást. 2019;34(Suppl.3):67-70 - Artigos

PDF Português

RESUMO

A principal causa de linfedema no membro superior é o tratamento do câncer de mama. Dentre as modalidades cirúrgicas para o tratamento do linfedema temos a transferência de cadeias linfáticas vascularizadas para o local afetado. O objetivo deste trabalho é demonstrar a técnica modificada de reconstrução mamária tardia, utilizando os retalhos msTRAM e DIEP, com transplante de linfonodo da região inguinal no serviço de Cirurgia Plástica Reparadora do Hospital Erasto Gaertner. No período de junho de 2016 a fevereiro de 2019, 5 pacientes foram submetidas à reconstrução tardia de mama com retalho abdominal livre associado à transferência de cadeira linfonodal inguinal com melhora dos sintomas e redução da circunferência do membro afetado. O transplante autólogo de linfonodos da região inguinal para a axila pode melhorar a drenagem linfática da área afetada e é uma técnica segura para ser realizada juntamente com a reconstrução microvascular de mama, utilizando retalhos abdominais.

Palavras-chave: Linfedema; Neoplasias da mama; Microcirurgia

 

Métodos de reconstrução do couro cabeludo

Rafael Anache Anbar; Kleder Gomes de Almeida; Paulete Yuri Nukariya; Rodrigo Anache Anbar; Bruno Barr os de Azevedo Coutinho
Rev. Bras. Cir. Plást. 2012;27(1):156-159 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

A avulsão de couro cabeludo apresenta-se como lesão devastadora aos pacientes acometidos, nas esferas tanto estética e funcional como psicológica. O advento da microcirurgia e a realização do primeiro reimplante por Miller, em 1976, revolucionaram o manejo da avulsão de couro cabeludo, tornando o reimplante o tratamento de escolha sempre que possível. Com as técnicas atuais e a estrutura disponível nos centros especializados, faz-se possível o adequado manejo das avulsões de couro cabeludo por meio do reimplante microcirúrgico, obtendo-se resultados adequados e superiores às opções oferecidas previamente. Os autores abordam a reconstrução do couro cabeludo após avulsão de aproximadamente dois terços de sua extensão, causado por mordedura de cão em uma criança de 4 anos de idade, enfocando a cobertura da calota craniana com retalho microcirúrgico dos músculos grande dorsal e serrátil e as sucessivas cirurgias até a cobertura total da área de alopecia.

Palavras-chave: Couro cabeludo/cirurgia. Microcirurgia. Retalhos cirúrgicos.

 

ABSTRACT

Scalp avulsion is a devastating injury that affects the patient esthetically, functionally, and psychologically. The advent of microsurgery and the first reimplant performed by Miller in 1976 improved the treatment of scalp avulsion, making reimplant the first choice whenever possible. With modern techniques and the equipment available in specialized centers, scalp avulsion can be adequately treated using microsurgical reimplantation. This method achieves better results as compared to previously employed procedures. We report the reconstruction of the scalp of a 4-year-old boy after the avulsion of approximately two-thirds of the scalp area due to a dog bite. We focused on covering the skull with microsurgical latissimus dorsi and serratus muscles, and performing subsequent surgeries to completely cover the alopecic areas.

Keywords: Scalp/surgery. Microsurgery. Surgical flaps.

 

Modelo prático para treinamento de anastomose microvascular

Murillo Francisco Pires; Fraga Luis Fernando Perin; Alexandra Conde Green ; Rafael Zacarias; José Carlos Faes; Thiago Tenório; Américo Helene Jr.
Rev. Bras. Cir. Plást. 2012;27(2):325-327 - Ideias e Inovações

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

A técnica de anastomose microcirúrgica é desafiadora e requer treinamento extenso, dedicação e tempo. Os autores descrevem um modelo de treinamento acessível, prático e fácil, que utiliza retalho abdominal proveniente de abdominoplastias. O calibre dos vasos epigástricos superficiais encontrados nos retalhos abdominais excisados variou de 1,2 mm a 2 mm, dependendo do índice de massa corporal da paciente no préoperatório. Esse retalho permitiu o treinamento de anastomoses microcirúrgicas em vasos de diferentes calibres. Esses vasos permaneciam com pequena quantidade de sangue em seu lúmen, o que permitia testar a qualidade e a patência das anastomoses. Esse modelo de treinamento em vasos abdominais humanos, quando comparado aos modelos animais ou inanimados, permite transição mais rápida e real aos pacientes. A prática de dissecção e de anastomoses terminoterminais e terminolaterais de uma maneira efetiva e prática aperfeiçoa a destreza cirúrgica.

Palavras-chave: Anastomose cirúrgica. Microcirurgia. Abdome/cirurgia. Capacitação.

 

ABSTRACT

The microsurgical anastomosis technique is practically challenging and requires extensive training, dedication, and time for inexperienced surgeons to perfect. In the present report, we describe an accessible, practical, and simple training model, which involves the use of an abdominal flap obtained from abdominoplasties. The caliber of the superficial epigastric vessels found in the excised abdominal flaps ranged from 1.2 mm to 2.0 mm, depending on the preoperative body mass index of the patient. This flap facilitated the training of microsurgical anastomosis in blood vessels with different calibers. These vessels had a small amount of remnant blood within the lumen, which enabled the testing of the quality and patency of the anastomosis. This training model involving human abdominal vessels allows for a quicker transition to actual operative situations, compared to the use of animal or inanimate models. Moreover, effective practice of dissection and endtoend and endtoside anastomoses using our model helps in the development of skill and surgical dexterity.

Keywords: Anastomosis, surgical. Microsurgery. Abdomen/surgery. Training.

 

Reconstrução complexa de escalpo com retalho anterolateral da coxa microcirúrgico: relato de caso

Felipe Bilhar Fasolin; Angelo Syrillo Pretto Neto; Ronaldo Scholze Webster; Bruno Della Mea Gasperin; Flávio Maciel de Freitas Neto; Pedro Bins Ely
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(Suppl.1):117-118 - Face I

PDF Português

RESUMO

Reconstruções de escalpo podem ser desafiadoras em casos com perda de grande extensão tecidual. São várias as opções cirúrgicas e elas devem ser empregadas de acordo com a complexidade do defeito. O presente artigo relata um caso de ampla perda tecidual de couro cabeludo, com exposição óssea, em que foi proposta a reconstrução com retalho anterolateral da coxa microcirúrgico. O procedimento ocorreu sem intercorrências e o paciente teve excelente recuperação pós-operatória. O retalho utilizado é muito versátil, possui um pedículo vascular muito seguro e pode recobrir extensas lesões, sendo uma ótima opção para reconstruções complexas de cabeça e pescoço.

Palavras-chave: Retalhos cirúrgicos; Retalho perfurante; Microcirurgia.

 

Tratamento cirúrgico da paralisia facial com ponte de nervo masseter e cantoplastia lateral: relato de caso e revisão da literatura

Flávio Maciel de Freitas Neto; Ronaldo Scholze Webster; Bruno Della Mea Gasperin; Leonardo Milanesi Possamai; Caroline Battisti; Pedro Bins Ely
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(Suppl.1):119-121 - Face I

PDF Português

RESUMO

INTRODUÇÃO: A paralisia facial é uma afecção complexa, em que a morbidade afeta o paciente tanto clínica, com prejuízo estético e funcional, como psicologicamente. Tais alterações, quando presentes, afetam de forma profunda o cotidiano do paciente, bem com as relações interpessoais. OBJETIVO: Relatar um caso de tratamento cirúrgico de paralisia facial com ponte de nervo masseter e cantoplastia lateral, bem como o resultado clínico pós-operatório, discutindo com outras possibilidades terapêuticas cirúrgicas. MÉTODOS: Revisão de prontuário, descrição cirúrgica e registros fotográficos de um caso de paralisia facial, tratado cirurgicamente com retalho muscular de masseter ipsilateral e revisão na literatura médica de opções cirúrgicas para tratamento da patologia. Paciente feminina, parda, 36 anos, com paralisia de nervo facial a esquerda secundário a ressecção de tumor ponto cerebelar, associado a prejuízo de fechamento ocular e mímica facial. Resultados: Para correção da lagoftalmia, optou-se pela realização de uma cantoplastia lateral. No mesmo tempo cirúrgico, com vistas à correção da mímica facial, a porção distal do coto do nervo facial lesado foi reinervada com o nervo massetérico ipsilateral, ramo do nervo trigêmeo. CONCLUSÃO: A paralisia facial é uma afecção complexa, que necessita de um acompanhamento multidisciplinar entre cirurgiões, clínicos, psiquiatras, fisioterapêuticas, psicólogos e enfermeiros e tratamento individualizado, em que o paciente deve participar efetivamente das decisões em conjunto com a equipe médica, visando maior participação nas decisões e maior satisfação do paciente com o resultado final.

Palavras-chave: Paralisia Facial; Reabilitação; Microcirurgia.

 

Utilização do retalho microcirúrgico do músculo grande dorsal para a reconstrução da mão torta congênita

Cristiano Duncan Aita; Rolando Mendoza Romero; José Henrique Floriani; Pedro Salomão Piccinini; Milton Paulo de Oliveira; Marcos Ricardo Oliveira Jaeger
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(Suppl.1):156-158 - Membro Superior e Inferior

PDF Português

RESUMO

A reconstrução do segmento distal do antebraço, sobretudo a região do punho, pode representar um grande desafio. A Mão Torta Radial (MTR) é uma deficiência longitudinal congênita do rádio que varia desde uma hipoplasia até a ausência completa deste osso longo, com consequente desvio da posição normal dos ossos do carpo, o que confere ao indivíduo uma posição antifuncional e prejuízo na aquisição da pinça digital. A reparação do defeito ortopédico impõe a exposição dos ossos do punho, tendões e eixo vascular. O presente relato demonstra a utilização do retalho microcirúrgico do músculo grande dorsal para a cobertura das estruturas profundas da região do punho na criança.

Palavras-chave: Retalhos cirúrgicos; Reabilitação; Microcirurgia.

 

Patrocinadores

Indexadores

Licença Creative Commons Todos os artigos científicos publicados em http://www.rbcp.org.br estão licenciados sob uma Licença Creative Commons