ISSN Online: 2177-1235 | ISSN Print: 1983-5175

Showing of 1 until 20 from 24 result(s)

Search for : Marcos Ricardo De Oliveira Jaeger

Abdominoplastia convencional em paciente pós-bariátrico

Rolando Mendoza Romero; Amr Arikat; Pedro Salomão Piccinini; Miguel E. Rivera Gomez; Milton Paulo De Oliveira; Marcos Ricardo De Oliveira Jaeger
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(Suppl.1):7-9 - Contorno Corporal

PDF Portuguese

RESUMO

A perda significativa de peso resulta inevitavelmente em algum grau de flacidez de pele e/ou deformidades do contorno corporal. O número de paciente com perda ponderal significante em aumento, junto com a procura aos cirurgiões plásticos para reparar as deformidades. Dentro do contorno corporal, o abdome é considerado a região que sofre a maior deformidade pós-perda ponderal. Este fato gera um desafio ao cirurgião que deve, além de conhecer as diferentes técnicas, saber identificar a melhor para cada paciente. Apresentamos um relato de caso de paciente após perda importante de peso, a qual, pelo perfil, características físicas e análise pré-operatória, decidiu-se optar por abdominoplastia convencional, com resultados satisfatórios. Demostra-se, assim, que a abdominoplastia convencional quando aplicada nos casos com indicação, resolve a diástase dos músculos retos, flacidez de pele e melhora o contorno corporal de paciente ex-obesos.

Palavras-chave: Abdominoplastia; Obesidade; Cirurgia bariátrica; Abdome.

 

Utilização da técnica do capeta em paciente com implante mamário

Geraldo Machado Filho; Mariana Angélica Berardi Cioffi; Miguel Enrique Rivera Gómez; Rolando Mendoza Romero; Milton Paulo de Oliveira; Marcos Ricardo de Oliveira Jaeger
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(Suppl.1):10-12 - Contorno Corporal

PDF Portuguese

RESUMO

A redução mamária é um procedimento com elevado índice de satisfação, independemente da técnica utilizada. A técnica do "capeta" ("Devil's Incision Mammaplasty"), descrita em 1983, apresenta uma opção de mamoplastia redutora. A técnica empregada — mastopexia pela técnica do Capeta adaptada à colocação de implantes em duplo-plano — corrigiu a flacidez mamária enquanto permitia maior projeção do cone mamário. Não se observou alargamento da cicatriz ou presença de seroma ou infecção. Na comparação fotográfica, a paciente demonstrou satisfação com o resultado obtido, mesmo na presença de cicatriz vertical visível após os três meses. A principal vantagem deste tipo de abordagem consiste na ausência de cicatriz na região areolar superior, área de fácil visualização pela própria paciente, que pode gerar estigmas e desconforto psicológico. Entretanto, este tipo de procedimento não deve ser aplicado a mastopexias em pacientes com graus elevados de flacidez. Ao ressecar os prolongamentos ao redor da aréola, a técnica permite acomodar a cicatriz vertical, reduzindo sua extensão ou mesmo eliminando a cicatriz horizontal, além de dispensar cicatriz na parte superior da aréola.

Palavras-chave: Implante Mamário; Mamoplastia; Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos; Implante de prótese.

 

Treatment of Abdominal Deformity Nahas Type II Through the Inframammary Incision Associated with the Flap Fixation Through the Auesrvald Net

PAULO EDUARDO MACEDO CARUSO; MIGUEL ENRIQUE RIVERA GOMEZ; JOSÉ HENRIQUE GUIMARÃES FLORIANI; MARCELO LOPES DIAS KOLLING; ADRIANA ELNECAVE HERSCOVITZ; MARCOS RICARDO DE OLIVEIRA JAEGER
Rev. Bras. Cir. Plást. 2019;34(Suppl.1):24-26 - 35ª Jornada Sul Brasileira de Cirurgia Plástica

PDF Portuguese

ABSTRACT

Introduction: Diastasis of the rectus muscles is a major complaint. In abdomens with smaller flaccidity the infraumbilical approach may even become unnecessary. We demonstrate the use of the hemostatic net of Auersvald for fixation cutaneous flap in the reverse approach for the correction of diastasis of the rectus muscles.
Case: ANF, 34 years old, without comorbidities, BMI 20.7, two pregnancies, complaining of bulging of the supraumbilical region and ptosis of the breasts. The proposed surgery was mastopexy with placement of the implants in the partial submuscular plane, associated with diastasis correction by reverse approach. We perform continuous suture with 3-0 transdermal Mononylon thread throughout the detachable flap extension. The transfixing suture was removed 48 hours after the procedure.
Discussion: We proposed a variation of the reverse approach and use of the transcutaneous fixation suture that allowed the fixation of the cutaneous flap to the region where the diastasis of the rectus muscles was corrected.

Keywords: Abdominoplasty; Breast implants; Seroma; Hematoma; Rectus abdominis

 

RESUMO

Introdução: A diástase dos músculos retos abdominais é motivo de grande queixa. Em abdomes com flacidez menor, a abordagem infraumbilical pode mesmo tornar-se desnecessária. Demonstramos a utilização da rede hemostática de Auersvald para fixação do retalho cutâneo na abordagem reversa para a correção da diástase dos retos abdominais.
Caso: ANF, 34 anos, sem comorbidades, IMC 20,7, duas gestações prévias, com queixa de abaulamento da região supraumbilical e ptose das mamas. A cirurgia proposta foi a mastopexia com colocação dos implantes no plano submuscular parcial, associada à correção da diástase dos músculos retos abdominais por abordagem reversa. Realizamos sutura contínua com fio Mononylon 3-0 transdérmico em toda a extensão descolada do retalho. A sutura transfixante foi removida 48 horas após o procedimento.
Discussão: Propusemos uma variação da abordagem reversa e utilização da sutura de fixação transcutânea que permitiu a fixação do retalho cutâneo à região da correção da diástase dos músculos retos.

Palavras-chave: Abdominoplastia; Mamoplastia; Seroma; Hematoma; Implante mamário; Parede abdominal

 

Double bubble em gluteoplastias com implantes no contorno corporal feminino: como prevenir e tratar

Gabriela Diesel Silveira; Mariana Angelica Berardi Cioffi; Cristiano Duncan Aita; José Henrique Guimarães Floriani; Milton Paulo de Oliveira; Marcos Ricardo de Oliveira Jaeger
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(Suppl.1):23-25 - Contorno Corporal

PDF Portuguese

RESUMO

A demanda por definição do contorno glúteo aumentou rapidamente nos últimos anos. Este fato faz com que ocorra um maior interesse sobre este tema, no qual o aperfeiçoamento da técnica, e a prevenção das complicações pós-operatórias são de suma importância. Entre as complicações possíveis da gluteoplastia está a deformidade em dupla bolha ou "double-bubble" que é caracterizado por duas proeminências glúteas, ao contrário de um contorno glúteo único, diminuindo assim o grau de satisfação da paciente. O contorno natural e almejado depende de um planejamento cirúrgico adequado. Este trabalho tem como finalidade ajudar a detectar precocemente as pacientes que poderão desenvolver esta complicação e tratamento indicado.

Palavras-chave: Percepção de forma; Implante de prótese; Complicações pós-operatórias.

 

Rotina do Laboratório de Microcirurgia do Serviço de Cirurgia Plástica da Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre

Angelo Syrillo Pretto Neto; Darwin Lizot Rech; Anna Luiza Melo Martins; Tiago Falcão Cunha; Marcos Ricardo de Oliveira Jaeger; Pedro Bins Ely
Rev. Bras. Cir. Plást. 2012;27(3 Suppl.1):16 - General

PDF Portuguese

Abordagem cirúrgica em hemangioma cavernoso de lábio com deformidade da arcada dentária

Pedro Salomão Piccinini; Cristiano Duncan Aita; Geraldo Machado Filho; Rolando Mendoza Romero; Milton Paulo de Oliveira; Marcos Ricardo de Oliveira Jaeger
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(Suppl.1):47-49 - Face I

PDF Portuguese

RESUMO

Hemangioma é uma doença relativamente comum, com uma taxa de regressão espontânea alta. Em alguns casos, porém, como naqueles com efeito de massa sobre tecidos adjacentes, o tratamento deve englobar o uso de betabloqueadores ou cirurgia. Apresentamos um caso de paciente de 8 anos, com hemangioma do lábio superior com deformidade da arcada dentária superior.

Palavras-chave: Hemangioma; Hemangioma cavernoso; Neoplasias de tecido vascular; Dermatopatias vasculares; Malformações vasculares; Lábio.

 

Utilização da sutura reabsorvível em ácido polilático no remodelamento da face

Mariana Angelica Berardi Cioffi; Gabriela Diesel Silveira; Geraldo Machado Filho; Pedro Salomão Piccinini; Milton Paulo Oliveira; Marcos Ricardo de Oliveira Jaeger
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(Suppl.1):50-52 - Face I

PDF Portuguese

RESUMO

INTRODUÇÃO: Com o aumento na procura de tratamentos não invasivos para o rejuvenescimento facial, os fios de sustentação facial de material absorvível vêm se tornando uma opção considerável, já que podem ser utilizados em ambiente não hospitalar sob anestesia local. Podem ser utilizados em pacientes a partir dos 30 anos, com certa flacidez facial, que ainda não desejam procedimentos invasivos. O objetivo é demonstrar a utilização do fio de ácido polilático absorvível na reestruturação de elementos da face e comparar com os dados da literatura relacionada ao assunto. MÉTODOS: Paciente feminina, 48 anos de idade, com queixas de perda de definição do contorno da região da mandíbula. Não desejava se submeter a um procedimento cirúrgico por receio de parecer ter "rosto de operada". O procedimento foi executado no consultório sob anestesia local nos pontos de entrada da sutura, sendo utilizados dois fios de cada lado com 8 cones em cada extremidade. A tração dos fios é iniciada com o paciente semissentado, em posição confortável, de forma que ela mesma possa se observar, logo após a tração. RESULTADOS: A paciente demonstrou satisfação com o resultado obtido. Foi utilizado o teste FACE-Q para avaliação de resultados. Assim como a avaliação fotográfica comparativa com antes e depois do procedimento. As suturas de fios de ácido polilático no Brasil ficaram conhecidas pelo nome comercial - Silhouette®. Uma das principais vantagens do método não cirúrgico é o tratamento de sinais leves a moderados de envelhecimento facial e que ainda não possam ser submetidos a procedimentos mais invasivos, ou quando o paciente não deseja o estigma da cicatriz. Existem relatos de que estes fios podem estimular a produção de colágeno na face, mas ainda requer mais estudos sobre o tema. Apresenta um tempo de duração de resultados superior aos outros métodos minimamente invasivos disponíveis no mercado, e um índice de complicações relativamente baixo. CONCLUSÃO: O fio de ácido polilático permitiu o reposicionamento das estruturas da face na paciente avaliada. É um procedimento rápido, realizado em consultório, o que torna o método mais acessível comparado aos métodos cirúrgicos convencionais.

Palavras-chave: Face; Suturas; Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos; Estética; Âncoras de sutura.

 

Post-burn cervical retraction in children

PAULO EDUARDO MACEDO CARUSO; ISABELLA OSÓRIO WENDER; MARCELO LOPES DIAS KOLLING; FELIPE FERREIRA LARANJEIRA; JOSÉ HENRIQUE GUIMARÃES FLORIANI; MARCOS RICARDO DE OLIVEIRA JAEGER
Rev. Bras. Cir. Plást. 2019;34(Suppl.1):60-61 - 35ª Jornada Sul Brasileira de Cirurgia Plástica

PDF Portuguese

ABSTRACT

Children are the most affected when it comes to burn injuries. Scar retraction of burned skin causes great difficulty for normal development, including the human skeleton. This work demonstrates how the surgical correction of cicatricial retraction in the cervical region allows the increase of neck and head mobility, potentially reducing the impact of the development of the region. The technique used was zetaplasty, with resection of the scar band and without skin grafting. Improvement in head movement was achieved after one month.

Keywords: Burn units; Burns; Pediatric intensive care units; Hypertrophic cicatrix; Cicatrix; Plastic surgery

 

RESUMO

Crianças são as mais atingidas quando se trata de acidentes por queimaduras. A retração cicatricial da pele queimada acarreta grande dificuldade para o desenvolvimento normal, inclusive do esqueleto humano. Este trabalho demonstra de que forma a correção cirúrgica da retração cicatricial na região cervical permite o aumento da mobilidade do pescoço e da cabeça, potencialmente diminuindo o impacto do desenvolvimento da região. A zetaplastia foi a técnica utilizada, com ressecção da banda cicatricial e sem enxerto de pele. A melhora da movimentação da cabeça foi alcançada após um mês.

Palavras-chave: Queimaduras; Unidades de queimados; Pediatria; Cicatriz hipertrófica; Cicatrização; Cirurgia plástica

 

Nevo sebáceo de Jadassohn: relato de caso

Pedro Salomão Piccinini; Miguel Enrique Rivera Gómez; Mariana Angélica Berardi Cioffi; Gabriela Diesel Silveira; Milton Paulo de Oliveira; Marcos Ricardo de Oliveira Jaeger
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(Suppl.1):67-69 - Face I

PDF Portuguese

RESUMO

O nevo sebáceo de Jadassohn (NSJ) é um hamartoma congênito de estruturas cutâneas, localiza-se com maior frequência na região da cabeça e pescoço e apresenta-se como uma placa alopécica bem demarcada de cor amarelada. A natureza dos tumores secundários que surgem no nevo sebáceo e o risco de neoplasia maligna são questões controversas. O momento da excisão também é um assunto de debate, com alguns autores defendendo a excisão precoce e outros sugerindo que a excisão tardia é razoável. Apresentamos um relato de caso de um paciente de 12 anos com NSJ em escalpo, onde foi realizada uma excisão completa com fechamento primário com retalho duplo de avançamento.

Palavras-chave: Anormalidades congênitas; Hamartoma; Nevo sebáceo de Jadassohn; Nevo; Couro cabeludo.

 

Reestablishment of Oral Continence by Labbé Technique with Bilateral Long Palmar Tendon Graft in Moebius Syndrome

MARCELO LOPES DIAS KOLLING; PAULO EDUARDO MACEDO CARUSO; MIGUEL ENRIQUE RIVERA GOMEZ; AMR ARIKAT; RONALDO SCHOLZE WEBSTER; MARCOS RICARDO DE OLIVEIRA JAEGER
Rev. Bras. Cir. Plást. 2019;34(Suppl.1):73-75 - 35ª Jornada Sul Brasileira de Cirurgia Plástica

PDF Portuguese

ABSTRACT

Introduction: Moebius syndrome is characterized by severe impairment of the VI and VII cranial nerves, disturbing the facial movements and causing convergent strabismus. The aim of this paper is to demonstrate a variation of the Labbé technique that incorporates muscle elongation through palmaris longus tendon bilaterally.
Method: Patient's main complaint was severe drooling related to the loss of mouth continence. Restoration of the perioral region was performed with a modification of the Labbé technique associating bilateral long palmar muscle tendon graft. Result was compared to other techniques currently used to treat the congenital facial paralysis.
Results: Perioral tonus was reestablished through means of the temporalis orthodromic muscle elongated with the palmaris longus tendon, and a certain degree of mouthy corner elevation was also obtained.
Conclusions: The modification of the original procedure adding the palmaris longus tendon to both sides of the face may represent an alternative in cases of severe drooling in Moebius syndrome patients.

Keywords: Moebius syndrome; Tendon transfer; Facial expression

 

RESUMO

Introdução: A síndrome de Moebius se caracteriza por alterações do VI e VII pares cranianos, o que acarreta uma paralisia do músculo reto lateral dos olhos e a paralisia facial, sobretudo no que se refere ao movimento da boca. O objetivo deste trabalho é demonstrar uma variação da técnica de Labbé que pode auxiliar no tratamento da paralisia relacionada à síndrome de Moebius, em casos selecionados.
Método: Relato de caso. O paciente queixava-se sobretudo da perda de saliva, não se preocupava com a falta de sorriso na face. Foi realizada reanimação da região perioral com uma modificação da técnica de Labbé associando enxertia de tendão do músculo palmar longo bilateral. O resultado obtido foi comparado com o de outras técnicas utilizadas atualmente.
Resultados: Houve restabelecimento do tônus perioral e elevação voluntária do ângulo da boca comandados pelo músculo temporal.
Conclusão: A modificação da técnica de Labbé incorporando o tendão do músculo palmar longo pode representar uma alternativa de tratamento em casos de perda de saliva na síndrome de Moebius.

Palavras-chave: Transferência de tendão; Síndrome de Moebius; Expressão facial

 

Vaginal Reconstruction Using McIndoe Technique in Adult Patient with Rokitansky Syndrome: Case Report

MIGUEL ENRIQUE RIVERA GOMEZ; PAULO EDUARDO MACEDO CARUSO; ROLANDO MENDOZA ROMERO; GABRIELA LÖW PAGLIARINI; RONALDO SCHOLZE WEBSTER; MARCOS RICARDO DE OLIVEIRA JAEGER
Rev. Bras. Cir. Plást. 2019;34(Suppl.1):76-78 - 35ª Jornada Sul Brasileira de Cirurgia Plástica

PDF Portuguese

ABSTRACT

Mayer-Rokitansky-Kuster-Hauser syndrome is characterized by congenital aplasia of the vagina with possible absence of uterus and/or fallopian tubes and normal development of secondary sexual characteristics. One of the objectives of medical and surgical management is the construction of a neovagina that is functional for sexual relations. Non-surgical treatment with progressive perineal dilation is considered first-line therapy. Nonetheless, for patients for whom the non-surgical approach is not successful, surgery could be considered. In this case study we demonstrate the effectiveness of the McIndoe technique in the reconstruction of the vaginal canal through a skin graft of total thickness obtained from the inferior abdominal region, and graft fixation with a polyurethane foam mold. The confirmation of the provided extension of the vaginal canal, 8 cm long, was made with a MRI, and oversights with colposcopy were performed every 30 days for a year without any findings of stenosis.

Keywords: Congenital abnormalities; Skin transplantation; Vagina; Plastic surgery; Coitus

 

RESUMO

A síndrome de Mayer-Rokitansky - Kuster-Hauser (MRKH) é caracterizada por aplasia congênita da vagina com possível ausência simultânea de útero e/ou trompas de falópio com normal desenvolvimento de características sexuais secundárias. Um dos objetivos do manejo médico e cirúrgico é construir uma neovagina funcional para a relação sexual. O tratamento não cirúrgico com dilatação progressiva é considerado terapia de primeira linha. No entanto, para pacientes com tratamento não cirúrgico mal sucedido, a cirurgia pode ser considerada. Neste relato de caso demonstramos a efetividade da técnica de McIndoe na reconstrução do canal vaginal por meio da enxertia de pele de espessura total, obtida da região abdominal inferior e fixação do enxerto com molde de espuma de poliuretano. Confirmação da extensão prevista do canal vaginal, de 8 cm, foi realizada com ressonância magnética, e acompanhamentos com colposcopia foram realizados a cada 30 dias, durante um ano sem achados de estenose.

Palavras-chave: Anormalidades congênitas; Transplante de pele; Vagina; Cirurgia plástica; Coito

 

Utilização da cirurgia com margens cutâneas mínimas - cirurgia de Mohs - no tratamento das neoplasias malignas não melanocíticas de pele

André Valiente Nectoux; José Henrique Guimarães Floriani; Tassiana Amado de Paula; Thalia Nunes dos Santos; Gabriela Agne Magnus; Marcos Ricardo de Oliveira Jaeger
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(Suppl.1):84-86 - Face I

PDF Portuguese

RESUMO

O câncer de pele é a neoplasia maligna mais frequente no Brasil, sendo o carcinoma basocelular o mais prevalente. A área afetada por esta afecção é frequentemente local sensível à preservação tecidual. Durante o desenvolvimento do tratamento cirúrgico destas lesões, foram propostas abordagens que contemplavam esta característica, dentre elas, a cirurgia com margens cutâneas mínimas - cirurgia de Mohs - destaca-se pela efetividade de cura. Esta revisão visa abordar a factibilidade desta abordagem no Brasil. A cirurgia de Mohs apresenta efetividade de cura compatível com outras técnicas, tendo a superioridade da preservação de tecidos e tratamento definitivo imediato, ao passo que apresenta custo e complexidade de realização superiores.

Palavras-chave: Cirurgia de Mohs; Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos; Carcinoma basocelular; Neoplasias cutâneas; Estética; Face.

 

Ritidoplastia no tratamento da paralisia facial secundária a lesão do nervo facial

Mariana Angelica Berardi Cioffi; Gabriela Diesel Silveira; Miguel Eenrique Rivera Gomez; Geraldo Machado Filho; Milton Paulo de Oliveira; Marcos Ricardo de Oliveira Jaeger
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(Suppl.1):87-89 - Face I

PDF Portuguese

RESUMO

INTRODUÇÃO: A paralisia facial periférica é uma doença relativamente comum, que pode deixar sequelas estéticas e funcionais. O nervo facial é o responsável pela mímica facial e lesões desse nervo produzem deformidades em graus variáveis. O tratamento da paralisia facial visa recuperar a simetria estática e dinâmica da face. OBJETIVO: Demonstrar a utilização da ritidoplastia como tratamento de paralisia facial por lesão de nervo facial em procedimento prévio e comparar com os dados da literatura relacionada ao assunto. MÉTODOS: Paciente feminina, hígida, caucasiana, que apresentava cirurgia de face 20 anos atrás, com consequente denervação parcial da hemiface esquerda. Com o envelhecimento, o lado enervado parcialmente apresentava mais flacidez. Queixava-se também da perda do contorno da face, dos dois lados, e da tristeza que este aspecto face lhe conferia. Foi-lhe indicada a ritidoplastia. RESULTADOS: O resultado foi avaliado considerando o teste de FACE-Q para avaliação de estética facial, e foi comparado as fotografias obtidas de antes. CONCLUSÃO: A harmonização facial requer habilidade técnica, rigoroso estudo da anatomia e sensibilidade artística para individualizar o objetivo cirúrgico conforme as necessidades e desejos do paciente. O desrespeito às técnicas cirúrgicas pode levar a danos permanentes ao paciente.

Palavras-chave: Face; Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos; Ritidoplastia; Reabilitação; Paralisia facial.

 

Reconstrução do nervo interósseo posterior através de enxerto autólogo: relato de caso

FELIPE FERREIRA LARANJEIRA; ROLANDO MENDOZA ROMERO; GABRIELA DIESEL SILVEIRA; MIGUEL HENRIQUE RIVERA GÓMES; MARCOS RICARDO DE OLIVEIRA JAEGER
Rev. Bras. Cir. Plást. 2019;34(Suppl.3):89-91 - Articles

PDF Portuguese

RESUMO

Lesões de extremidades são comuns em traumatismos cortocontusos. Ferimentos a nível do septo intermuscular, que divide a loja extensora da flexora no antebraço, podem atingir o principal ramo extensor do nervo radial, o nervo interósseo posterior (NIP). Estas lesões possuem uma reconstrução desafiadora, pois o NIP costuma ramificar-se neste nível. O objetivo do presente relato é demostrar como a reparação do NIP pode ser realizada com enxerto do nervo cutâneo lateral do antebraço com sucesso

Palavras-chave: Nervos periféricos; Ferimentos penetrantes; Sobrevivência de enxerto; Cirurgia plástica; Microcirurgia

 

Reconstrução de defeitos no couro cabeludo

Rolando Mendoza Romero; Amr Arikat; Geraldo Machado Filho; Cristiano Duncan Aita; Milton Paulo de Oliveira; Marcos Ricardo de Oliveira Jaeger
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(Suppl.1):90-92 - Face I

PDF Portuguese

RESUMO

O seguinte estudo mostra uma série de casos de 16 pacientes submetidos a tratamento cirúrgico de cobertura defeitos de couro cabeludo. É evidente que esse tipo de procedimento sempre foi um desafio para o cirurgião plástico, devido à região anatômica, características da pele ao redor ou motivo do defeito, os defeitos em couro cabeludo são de difícil reconstrução. Partindo dessa conclusão, optamos por tentar descrever as diferentes e melhores opções terapêuticas para os defeitos com características de maior prevalência, realizando finalmente um algoritmo como apoio no momento de escolha do cirurgião para à sua indicação terapêutica.

Palavras-chave: Reabilitação; Couro cabeludo; Retalhos cirúrgicos; Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos; Neoplasias.

 

Utilização do músculo grácil da coxa como opção para a cobertura de defeitos ósseos na microssomia hemifacial: relato de caso e discussão da literatura

Geraldo Machado Filho; Mariana Angélica Berardi Cioffi; Rolando Mendoza Romero; José Henrique Floriani; Milton Paulo de Oliveira; Marcos Ricardo de Oliveira Jaeger
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(Suppl.1):104-106 - Face I

PDF Portuguese

RESUMO

A microssomia craniofacial (MCF) é a segunda anomalia craniofacial mais comum após a fenda lábio-palatina. O tratamento da MCF é complexo e envolve desde a traqueostomia e gastrostomia neonatal, passando pela correção ortognática e enxertos ósseos até o remodelamento das partes moles do crânio. Para deformidades maiores de partes moles, o retalho microcirúrgico tem se tornado carro-chefe no preenchimento da região da bochecha, pescoço e pré-auricular. O estudo apresenta descrição de técnica de reconstrução de partes moles com retalho microcirúrgico de músculo grácil em paciente com MCF. Paciente apresenta melhora importante da simetria facial imediata e de longo prazo, sem intercorrências pós-operatórias. As cicatrizes tanto da área doadora quando da abordagem facial ficaram satisfatoriamente posicionadas. O músculo transplantado não acarretará prejuízo funcional para a vida da paciente.

Palavras-chave: Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos; Paralisia facial; Microcirurgia; Assimetria Facial.

 

Face pilomatricoma - ''pursue string suture'' treatment

MARCELO LOPES DIAS KOLLING; GABRIELA AGNE MAGNUS; FELIPE FERREIRA LARANJEIRA; PAULO EDUARDO MACEDO CARUSO; JOSÉ HENRIQUE GUIMARÃES FLORIANI; MARCOS RICARDO DE OLIVEIRA JAEGER
Rev. Bras. Cir. Plást. 2019;34(Suppl.1):112-113 - 35ª Jornada Sul Brasileira de Cirurgia Plástica

PDF Portuguese

ABSTRACT

Introduction: Pilomatricoma is a benign, slow-growing neoplasm, which rarely presents with symptoms. It is a rare condition that mainly affects the pediatric population. Diagnosis is eminently clinical, and confirmation is through pathological analysis. Surgical resection is the gold standard.
Method: Case report demonstrating the feasibility of complete tumor excision followed by confection of a pursue string suture. Results were compared to the literature databases.
Results: Inconspicuous scar obtained, and complete tumor excision formed by the pathology specimen.
Conclusions: The concentric pouch closure - the pursue string suture - showed a good aesthetic and functional outcome after complete surgical excision of the pilomatricoma of the face.

Keywords: Skin neoplasms

 

RESUMO

Introdução: O pilomatricoma é uma neoplasia benigna rara, de crescimento lento, o qual raramente apresenta sintomas, podendo eventualmente demonstrar sangramento por atrito. Afeta principalmente a população pediátrica. O diagnóstico é clínico, que é confirmado por meio da análise patológica. A ressecção cirúrgica é o tratamento.
Método: Demonstração da técnica de confecção da bolsa concêntrica no pilomatricoma excisado e comparação com os dados de literatura.
Resultado: O exame anatomopatológico confirmou o diagnóstico de pilomatricoma. A cicatriz resultante do procedimento cirúrgico foi raramente percebida na face.
Conclusões: O fechamento por sutura em bolsa - "pursue string suture" - representa uma opção com cicatriz reduzida após a excisão do pilomatricoma de face.

Palavras-chave: Neoplasias de anexos e de apêndices autâneos

 

Surgical approach to giant cell tumor of the tendinous sheath

MARCELO LOPES DIAS KOLLING; BIBIANA BRINO DO AMARAL; GABRIEL MODEL CASAGRANDE; RAFAEL VITOR RASKYN BALLVÉ; GABRIELA DIESEL SILVEIRA; MARCOS RICARDO DE OLIVEIRA JAEGER
Rev. Bras. Cir. Plást. 2019;34(Suppl.1):136-138 - 35ª Jornada Sul Brasileira de Cirurgia Plástica

PDF Portuguese

ABSTRACT

Introduction: Tenosynovial giant cell tumor is characterized by benign neoplasia, with a tendency to local recurrence. It rarely sends metastasis. The hand presents as the most common site, and the affection of the plantar region is unusual. MRI is the best imaging method. Confirmation by histopathology. The gold-standard treatment is resection of the lesion.
Method: The related literature was reviewed, using as key words: tenosynovial giant cell tumor, benign foot tumors; as well as using records to collect data for the case report.
Conclusions: Tenosynovial giant cell tumor should be part of the diagnostic hypothesis in the neoplasia of uncertain behavior of the plantar region. The surgery is the gold-standard therapy.

Keywords: Giant cell tumors

 

RESUMO

Introdução: O tumor de células gigantes tenossinovial caracteriza-se por neoplasia benigna, com tendência a recorrência local. Raramente envia metástase. A mão apresenta-se como sítio mais comum, já a afecção da região plantar é inusual. A ressonância é o melhor método de imagem. A confirmação é por histopatologia. O tratamento padrão-ouro é a ressecção da lesão.
Método: A literatura relacionada foi revista, empregando-se como palavras-chave: tumor de células gigante tenossinovial, tumores benignos de pé; assim como a utilização do prontuário para coleta de dados para o relato de caso.
Conclusão: O tumor de células gigantes tenossinovial deve fazer parte das hipóteses diagnósticas nas neoplasia de comportamento incerto da região plantar, sendo a cirurgia a terapêutica padrão-ouro.

Palavras-chave: Tumores de células gigantes

 

Correção de área de afundamento da pele consequente a deformidade em varo do joelho: relato de caso

Cristiano Duncan Aita; Miguel Enrique Rivera Gómez; Geraldo Machado Filho; Mariana Angelica Berardi Cioffi; Milton Paulo de Oliveira; Marcos Ricardo de Oliveira Jaeger
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(Suppl.1):138-142 - Membro Superior e Inferior

PDF Portuguese

RESUMO

Os defeitos de volume dérmico, áreas afundadas da pele ou cicatrizes atróficas, podem ser abordadas com diferentes opções de tratamento, como os preenchedores biodegradáveis ou temporais, ou enxertos autólogos como o enxerto gorduroso. Porém, quando o procedimento está associado a leito manipulado, e quando a escassez financeira no sistema de saúde é uma limitante, o leque de possibilidades diminui e a tomada de decisão se torna um verdadeiro reto para o cirurgião plástico. Apresentamos um relato de caso de uma paciente de 12 anos portadora de deformidade em varo do joelho esquerdo associada a região de depressão da pele próxima ao joelho. Foi realizada a correção da área afundada utilizando desepidermização do leito operatório (enxerto dérmico in situ).

Palavras-chave: Genu varum; Reabilitação; Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos; Cicatriz; Cicatrização.

 

Reconstrução torácica em paciente com Síndrome de Moebius

Gabriela Diesel Silveira; Mariana Angelica Berardi Cioffi; Miguel Enrique Rivera Gomez; Geraldo Machado Filho; Milton Paulo de Oliveira; Marcos Ricardo de Oliveira Jaeger
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(Suppl.1):164-166 - Tronco I

PDF Portuguese

RESUMO

A síndrome de Moebius é uma doença rara que em alguns casos está associada à malformação da parede torácica, ocasionando complicações respiratórias secundárias à assimetria torácica, tais como respiração paradoxal e restrição ventilatória. Os retalhos mais comumente utilizados são os musculares e musculocutâneos de grande dorsal, peitoral maior, serrátil anterior, reto abdominal e oblíquo externo; assim como retalhos microcirúrgicos. Os retalhos musculares, como o grande dorsal, trazem tecido bem vascularizado para a área reconstruída. O retalho grande dorsal é versátil e confiável para as reconstruções torácicas devido a sua vascularização e capacidade de reconstrução em defeitos situados na parede torácica anterior e lateral. O objetivo deste trabalho é relatar a técnica cirúrgica utilizada para reconstrução torácica com alinhamento de arcos costais em um paciente com síndrome de Moebius.

Palavras-chave: Reabilitação; Retalhos cirúrgicos; Toracoplastia.

 

Support

Indexers

Licença Creative Commons All scientific articles published at www.rbcp.org.br are licensed under a Creative Commons license