ISSN Online: 2177-1235 | ISSN Impresso: 1983-5175

Mostrando de 1 até 6 de 6 resultado(s)

Busca por : Sarcoma, Malignant Melanoma, Soft Tissues

Lipossarcoma - revisão de literatura e relato de dois casos

GUILHERME TEIXEIRA DE SOUZA E CASTRO; EMÍLIA SILVA KLEIN; LUCIANO COSTA ASSIS; MATHEUS DIAS ARAÚJO; MÁRIO MÚCIO MAIA DE MEDEIROS
Rev. Bras. Cir. Plást. 2019;34(Suppl.2):28-29 - Suplemento Simpósio Mineiro de Intercorrências 13º SIMPÓSIO - 2019

PDF Português

RESUMO

Introdução: Os sarcomas de partes moles são neoplasias malignas raras, dentre eles o mais frequente é o lipossarcoma.
Método: De acordo com a literatura médica, os lipossarcomas, caso não tratados de modo sistematizado, podem apresentar recidiva local e metástases. Em três anos, o serviço de cirurgia plástica do Hospital Belo Horizonte abordou dois casos de lipossarcomas recidivados.
Resultados: Pela raridade em que os sarcomas de partes moles são relatados, nos casos especificados, o diagnóstico foi realizado somente na sua recidiva.
Conclusão: Os lipossarcomas são neoplasias raras, as quais requerem abordagem adequada, visando minimizar a chance de metástases e recidiva local da patologia.

Palavras-chave: Sarcoma; Tumor de partes moles; Lipossarcoma; Tumor recidivado; Neoplasia

 

ABDOMINOPLASTIA E TUMOR DE PAREDE ABDOMINAL: RELATO DE CASO

Élio Pereira Magalhães, Lázara de Nazaret Chagas Caldeira, Rodrigo Otávio Gontijo Tostes, João Carlos Cisneiros Guedes de Andrade Júnior, Kelly Danielle de Araújo Silva, Lauro José Vítor Avellán Neves
Rev. Bras. Cir. Plást. 2007;22(1):60-63 - Relatos de Caso

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Os autores descrevem o caso de uma paciente que desenvolveu lesão cística dois anos após abdominoplastia, sendo inicialmente abordada como pseudocisto e, após estudo anatomopatológico, diagnosticada como tumor desmóide. As neoplasias de partes moles podem surgir em sítios cirúrgicos, a partir de tecidos cicatriciais, e exigem conduta cirúrgica agressiva devido ao alto índice de recidiva local (15-42%). Nem sempre métodos de estudo citológicos e imaginológicos são capazes de esclarecer o diagnóstico, com necessidade de complementação por estudo anatomopatológico, imunohistoquímica e microscopia eletrônica. A partir do momento em que o médico considera a neoplasia como hipótese diagnóstica, deve-se buscar o diagnóstico por procedimentos oncologicamente corretos e instituir-se o tratamento precoce.

Palavras-chave: Abdome, cirurgia. Sarcoma. Cistos. Cisto dermóide

 

ABSTRACT

The authors describe a case of a pacient who developed a cystic lesion two years after abdominoplasty, wich was first approached as pseudocyst, and after histologic study was classificated as desmoid tumor. The soft tissue tumors can arise from surgical scars, and require aggressive surgical approach due to a high level of local recidive (15 - 42%). Imaginologic and cytological studies aren't always able to elucidate the diagnosis, and sometimes it's necessary the histologic, imunohistochemical and electronical microscopy study. The surgeon has to look for a diagnose and precocious treatment, with correct procedures, from the moment that considerates the tumor a diagnostic hypothesis.

Keywords: Abdomen, surgery. Sarcoma. Cysts. Dermoid cyst

 

Lipossarcoma desdiferenciado do couro cabeludo: apresentação de um caso clínico

GEORGINA DE ANGELIS STROZZI; NATALIA CORTABARRIA; NICOLAS URROZ; GABRIELA NOVELLO
Rev. Bras. Cir. Plást. 2019;34(Suppl.1):34-36 - 35ª Jornada Sul Brasileira de Cirurgia Plástica

PDF Português

RESUMO

Introdução: Os sarcomas de tecidos moles são um grupo heterogêneo de tumores mesenquimais malignos que são classificados com base em sua histologia em relação ao tecido adulto ao qual se assemelham. Eles são localmente agressivos, com capacidade invasiva, de recorrência e de metástase à distância, por isso requerem cirurgia radical para garantir exérese completa.
Objetivo: conhecer o lipossarcoma desdiferenciado do couro cabeludo a partir de um caso clínico assistido no Serviço de Cirurgia Plástica, Reconstrutiva e Estética do Hospital Universitário.
Método: Paciente de 27 anos, com diagnóstico de lipossarcoma desdiferenciado do couro cabeludo, estágio IIa.
Resultados: Foi realizada exérese diagnóstica do tumor, sendo um lipossarcoma desdiferenciado do couro cabeludo. A ressecção foi feita com margens oncológicas, reconstrução temporária com enxerto.
Conclusão: tumor incomum, agressivo, com metástase regional e sistêmica, com alta recorrência local e regional.

Palavras-chave: Lipossarcoma; Neoplasias; Neoplasias de cabeça e pescoço; Sarcoma; Estadiamento de neoplasias; Neoplasias de tecidos moles

 

ABSTRACT

Introduction: Soft tissue sarcomas are a heterogeneous group of malignant mesenchymal tumors that are classified based on their histology with respect to the adult tissue to which they resemble. They are locally aggressive, with invasive capacity, recurrence and distant metastasis, so they require radical surgery to ensure complete exeresis.
Objective: to know about dedifferentiated liposarcoma of the scalp based on a clinical case assisted in the Chair of Plastic, Reconstructive and Aesthetic Surgery of the University Hospital.
Method: A 27-year-old patient diagnosed with dedifferentiated liposarcoma of the scalp, stage IIa.
Results: We performed a diagnostic exeresis of the tumor, being a dedifferentiated liposarcoma of the scalp. Resection was made with oncological margins, temporary reconstruction with graft.
Conclusion: Uncommon, aggressive tumor with regional and systemic metastasis, with high local and regional recurrence.

Keywords: Liposarcoma; Neoplasms; Head and neck neoplasms; Sarcoma; Neoplasm staging; Soft tissue neoplasms

 

Perfurador baseado em transposição de retalho estenocelidomastoide para defeitos da região posterior do pescoço: uma nova alternativa

Dushyant Jaiswal; Vidisha Tuljapurkar; Vinaykant Shankhdhar; Prabha Yadav
Rev. Bras. Cir. Plást. 2016;31(2):257-260 - Ideias e Inovações

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Retalhos do músculo esternocleidomastoideo têm sido descritos na literatura para reconstrução dos defeitos da cavidade oral e tratamento da síndrome de Frey. Apesar de largamente estudado, esses retalhos não são utilizados com frequência para reconstruções na região de cabeça e pescoço devido limitações como tamanho reduzido, camadas inseguras, contorno da deformidade no pescoço e questões de segurança oncológica. Relata-se uso de perfurador baseado em transposição de retalho para defeito na região da posterior do pescoço, seguido por excisão de sarcoma de partes moles. Trata-se de alternativa válida para procedimentos de reconstrução como retalhos regionais de pedículo ou transferência de tecido livre em um grupo apropriado de pacientes.

Palavras-chave: Retalhos Cirúrgicos, Procedimentos Cirúrgicos Reconstrutivos, Pescoço, Sarcoma.

 

ABSTRACT

Sternocleidomastoid musculocutaneous flaps have been described in the literature for reconstruction of oral cavity defects and treatment of Frey's syndrome. Although widely studied, it is not used routinely in head and neck reconstruction due to limitations like small size, unreliable skin paddle, contour deformity in the neck and the question of oncologic safety. We report use of perforator based musculocutaneous transposition flap for defect over nape of the neck, followed by excision of a soft tissue sarcoma. This constitutes a valid alternative to other reconstructive procedures like pedicled regional flaps or free tissue transfer in a suitable group of patients.

Keywords: Surgical flaps; Perforator flap; Reconstructive surgical procedures; Neck; Sarcoma.

 

Reconstrução torácica com retalhos do músculo reto abdominal e grande dorsal: relato de casos

Salustiano Gomes de Pinho Pessoa; Vitor de Vasconcellos Muniz; Artur de Vasconcellos Muniz; Paulo Roberto Araújo Barreto; Rafael Jorge Alves de Alcântara; Juliana Régia Furtado Matos
Rev. Bras. Cir. Plást. 2016;31(1):129-132 - Relato de Caso

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: A reconstrução da parede torácica ainda permanece como um dos grandes desafios da cirurgia plástica reparadora. O presente estudo tem como objetivo apresentar o relato de pacientes submetidos à reconstrução de parede torácica com a utilização de retalhos miocutâneos, após ressecções de parede por tumores/osteomielite. MÉTODOS: Foram incluídos quatro pacientes, três deles portadores de osteomielite e o último apresentando-se com sarcoma, todas as afecções acometendo a parede torácica. Foram submetidos à ressecção de parede e reconstrução com retalhos miocutâneos do grande dorsal (dois casos) e reto abdominal (dois casos). RESULTADOS: Os retalhos utilizados foram suficientes para cobertura cutâneo-muscular e mantiveram boa vitalidade. Em apenas um caso, houve sofrimento parcial do retalho. Não houve recidiva precoce da doença. A estabilidade da caixa torácica foi preservada. CONCLUSÕES: A utilização dos retalhos citados no reparo dos defeitos torácicos mostrou-se satisfatória na intenção de prover revestimento cutâneo e músculo bem vascularizado, este fundamental no combate aos quadros infecciosos locais.

Palavras-chave: Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos; Retalhos cirúrgicos; Parede torácica/cirurgia; Osteomielite; Sarcoma; Reto do abdome; Músculos superficiais do dorso.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: Chest wall reconstruction remains one of the great plastic surgery repair challenges. The present work aims to report on cases of chest wall reconstruction using myocutaneous flaps after wall resection due to tumor/osteomyelitis. METHODS: Four patients were included, among which three presented with osteomyelitis and the other presented with sarcoma; both of these conditions affected the chest wall. Each patient underwent wall resection and reconstruction using myocutaneous flaps from the latissimus dorsi (two cases) and abdominal rectus (two cases). RESULTS: The flaps used were sufficient for skin-muscle covering and maintained good vitality. Partial flap injury occurred in one case. Chest cavity stability was preserved. CONCLUSIONS: The use of the above flaps to repair chest defects was satisfactory with the aim of covering the skin and providing well-vascularized muscles, the latter of which was fundamental to preventing local infection.

Keywords: Reconstructive surgical procedures; Surgical flaps; Chest wall/surgery; Osteomyelitis; Sarcoma; Abdominal rectus; Superficial dorsal muscles.

 

Sarcoma pleomórfico em úlcera de Marjolin

Gerson de Mattos Ritz Filho; Maria Roberta Cardoso Martins
Rev. Bras. Cir. Plást. 2013;28(1):172-174 - Relato de Caso

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Úlcera de Marjolin é uma transformação maligna em tecido cutâneo cronicamente inflamado ou traumatizado, que ocorre especialmente após queimaduras. O carcinoma de células escamosas é o tipo histológico mais encontrado nas úlceras de Marjolin, seguido de carcinoma basocelular e melanoma maligno. Sarcomas em úlcera de Marjolin são raros, correspondendo a aproximadamente 5% dessas degenerações malignas. Neste artigo é descrito o caso de paciente do sexo feminino, vítima de queimadura há 42 anos, com grande ulceração em dorso. A biópsia dessa ulceração evidenciou sarcoma pleomórfico de alto grau em úlcera de Marjolin. A paciente foi submetida a ressecção da ulceração e enxerto de pele no local, seguidos de radioterapia e quimioterapia adjuvantes. Em 3 anos de seguimento, a paciente não apresentou recidiva da neoplasia. Úlceras de Marjolin são neoplasias malignas de comportamento agressivo, com alto índice de metástases regionais. A importância de seu entendimento está na necessidade de prevenção das mesmas, com o tratamento adequado dos pacientes queimados, evitando-se a cicatrização por segunda intenção. Sarcomas em úlcera de Marjolin são considerados raros, com poucos casos relatados na literatura, o que demonstra a importância deste relato.

Palavras-chave: Queimaduras. Sarcoma. Úlcera cutânea.

 

ABSTRACT

Marjolin's ulcer is a malignant transformation of traumatized or chronically inflamed cutaneous tissue that occurs after burns. The most common histological type of carcinoma found in Marjolin's ulcers is squamous cell carcinoma, followed by basal cell carcinoma and malignant melanoma. Sarcomas in Marjolin's ulcers are rare, representing approximately 5% of these malignant degenerations. In this report, we describe the case of a female patient who was burned 42 years prior, with a large ulceration on her back. Biopsy of the ulceration showed a high-grade pleomorphic sarcoma in the Marjolin's ulcer. The patient underwent resection of the ulceration and a skin graft followed by radiation therapy and adjuvant chemotherapy. In 3 years of follow-up, the patient had no tumor recurrence. Marjolin's ulcers are aggressive and have a high rate of regional metastases. It is important that clinicians develop an understanding of their prevention by properly treating burns. Sarcomas in Marjolin's ulcers are rare and few cases have been reported in the literature, which demonstrates the importance of this report.

Keywords: Burns. Sarcoma. Skin ulcer.

 

Patrocinadores

Indexadores

Licença Creative Commons Todos os artigos científicos publicados em http://www.rbcp.org.br estão licenciados sob uma Licença Creative Commons