ISSN Online: 2177-1235 | ISSN Impresso: 1983-5175

Mostrando de 1 até 20 de 54 resultado(s)

Busca por : Rinoplastia; Septo nasal; Cartilagem costal; Nariz anormalidades

Abordagem Primária da Fissura Nasolabial Unilateral

Geza Laszlo Urmenyi, José Amandio Fernandes Filho, Elizabeth Castanheras Fernandez, Juliana Menezes Hupsel
Rev. Bras. Cir. Plást. 2006;21(2):67-72 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

A fissura labiopalatina unilateral apresenta uma série de deformidades nasais e labiais. Apesar de vários artigos apresentando a importância da abordagem nasolabial primária, poucos cirurgiões a utilizam. Independente da técnica escolhida pelo cirurgião para esta abordagem, é importante seguir os princípios de liberação das estruturas nasais e fixálas numa posição que mais se assemelhe ao lado normal. Foram tratados 176 pacientes com fissura labiopalatina unilateral pela abordagem nasolabial primária, utilizando uma combinação da técnica de rotação e avançamento para o lábio e abordagem nasal pela técnica de McComb. As principais vantagens desta abordagem são oferecer uma imagem facial precoce à criança, reduzir o número de intervenções secundárias e favorecer o compromisso da família, ao longo tratamento multidisciplinar destes pacientes.

Palavras-chave: Fenda labial, cirurgia. Fissura palatina, cirurgia. Nariz, anormalidades

 

ABSTRACT

Unilateral cleft lip palate presents a number of nose and lip deformities. Although several reports in the literature show the importance of the primary lip-nasal approach, few surgeons employ it. Regardless of the technique chosen by the surgeon in this approach, it is important to follow the principle of freeing the nasal structures and fixing them in a suitable position in alignment with the normal side. A total of 176 patients with unilateral cleft lip palate were treated with the lip nose approach in the primary repair, using a combination of rotation advancement procedure for the lip and the McComb technique for the nasal approach. The greatest advantage of this approach is to improve the child's facial image early, reduce secondary procedure and facilitating the commitment of the family to a long term multidisciplinary treatment.

Keywords: Cleft lip, surgery. Cleft palate, surgery. Nose, abnormalities

 

Análise das linhas anatômicas do dorso médio nasal após utilização de spreader grafts em rinoplastia aberta

Frederico Guilherme Lopes Silveira
Rev. Bras. Cir. Plást. 2016;31(4):453-460 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: Descritos por Sheen em 1984, os spreader grafts vêm sendo utilizados em rinoplastias de maneira cada vez mais rotineira. São indicados para recuperação ou manutenção da válvula nasal interna e correção do desvio de septo com aprimoramento das linhas anatômicas do dorso nasal. O estudo analisa o comportamento das linhas do terço médio do dorso nasal após o uso de spreader grafts em rinoplastias abertas. MÉTODOS: Foi avaliada uma série de 17 pacientes, operados entre março de 2013 e novembro de 2014, submetidos à exorrinoplastia com inclusão de spreader grafts, retirados do septo ou cartilagem costal, baseando-se em uma comparação antropométrica entre distância intercantal medial e largura caudal do terço médio nasal. RESULTADOS: Os enxertos expansores se mostraram eficazes na retificação do septo, sem causar alargamento excessivo em 12 pacientes (70,6%), sendo que três pacientes (17,6%) obtiveram resultados indesejáveis com abaulamento do local e dois pacientes (11,8%) mantiveram suas medidas fora do padrão. Na maior parte dos casos (41,2%) houve aumento de 3 milímetros locais, sendo a média padrão de 2,67 mm por procedimento. CONCLUSÃO: Constatou-se, no ponto de vista do autor, que os spreader grafts, mesmo nos casos em que houve abaulamento das linhas anatômicas do dorso nasal, promoveram resultados satisfatórios e duradouros, prevenindo deformidades do teto aberto e estigmas inerentes à própria cirurgia.

Palavras-chave: Rinoplastia; Septo nasal; Cartilagem costal; Nariz/ anormalidades.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: First described by Sheen in 1984, the use of spreader grafts has become increasingly routine. Spreader grafts are indicated for recovery or maintenance of the internal nasal valve and correction of septum deviation with improvement in the anatomical lines of the nasal dorsum. This study avaluated the anatomical lines of the middle nasal third (MNT) of the nasal dorsum after the use of spreader grafts in open rhinoplasty. METHODS: A series of 17 patients who underwent rhinoplasty with the inclusion of spreader grafts between March 2013 and November 2014 were analyzed. Spreader grafts were removed from the septum or costal cartilage based on an anthropometric comparison between the medial intercanthal distance and the caudal width of the MNT. RESULTS: Spreader grafts were effective for septum correction without causing excessive enlargement in 12 patients (70.6%). Three patients (17.6%) had undesirable results with local bulging and 2 patients (11.8%) retained their pre-surgery non-standard measures. In the majority of cases (41.2%), there was a local increase of 3 mm, with a mean of increase of 2.67 mm. CONCLUSION: In the author's point of view, even in cases where there was bulging of the anatomical lines of the nasal dorsum, spreader grafts promoted long-lasting satisfactory results, and prevented open-roof deformities and stigmas inherent to the surgery itself.

Keywords: Rhinoplasty; Nasal septum; Costal cartilage; Nose/abnormalities.

 

Exorrinoplastia Para Tratamento da Ponta Nasal Bulbosa

Luiz Fernando da Costa, Anísio Marinho Muñoz, Daniel López, Juan Carlos Melo, Mário André Nahon
Rev. Bras. Cir. Plást. 2005;20(2):72-81 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Nos últimos anos, nossa equipe tem utilizado sistematicamente a exorrinoplastia para tratamento da ponta nasal bulbosa, caracterizada por pele grossa, ponta globosa e mal definida. Inicialmente, era feita apenas a sutura interdomal e foi observado que o resultado da projeção da ponta nasal não era duradouro. Recentemente, passou-se a utilizar o acesso de Rethi modificado, sutura interdomal e enxertos cartilaginosos tipo Peck e "strut", obtendo-se, desta forma, melhor definição e projeção da ponta nasal com resultados persistentes.

Palavras-chave: Nariz, cirurgia. Rinoplastia, métodos

 

ABSTRACT

Over the last few years, our team has systematically utilized exo-rhinoplasty in the treatment of bulbous nasal tips, which are characterized by thick skin, excessively rounded and with bad definition. Initially, only interdomal sutures were performed and it was noticed that the resulting projection using this technique was not long-lasting. More recently, the modified Rethi approach started to be utilized, using interdomal sutures and Peck and Strut-type cartilage grafts; thus obtaining a better definition and projection of the nasal tip with longlasting results.

Keywords: Nose, surgery. Rhinoplasty, methods

 

Abordagem Externa nas Rinosseptoplastias

Flavio A. Borges Fortes, Francisco Tostes
Rev. Bras. Cir. Plást. 1997;12(1):33-40 - Artigos

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Os autores apresentam os principais aspectos relacionados à abordagem externa nas rinosseptoplastias. Discutem as indicações do método, bem como a técnica cirúrgica aplicada, além da polêmica em relação à cicatriz columelar. Consideram que a visão direta das estruturas facilita o diagnóstico e tratamento das deformidades estético-funcionais nasais.

Palavras-chave: Rinoplastia, Abordagem Externa, Rinoplastia a Céu Aberto

 

ABSTRACT

The authors address the issue of the external approach in rhinoseptoplasty, discuss its main features, indications, surgical technique and the controversies about the columellar scar. They believe that the direct vision ofthe nasal structures facilitates both diagnosis and treatment of the esthetic-functional deformities of the nose.

Keywords: Rhinoplasty, External Approach, Open Structure Rhinoplasty

 

Eficácia das técnicas estruturada e convencional na abordagem estética e reparadora do nariz

Paolo Rubez Rocha
Rev. Bras. Cir. Plást. 2017;32(1):28-36 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: A rinoplastia, como outras subespecialidades da Cirurgia Plástica, apresentou evolução muito grande nas últimas décadas, tanto em termos de técnica operatória quanto em diagnóstico das alterações a serem tratadas. O objetivo deste trabalho é avaliar a eficácia das técnicas Estruturada e Convencional na abordagem estética e reparadora do nariz. MÉTODOS: Foram estudados de forma retrospectiva 49 pacientes operados pelo autor do trabalho, que foram submetidos a uma das duas técnicas operatórias. A eficácia das técnicas foi avaliada a partir da crítica dos pacientes e do cirurgião com relação aos resultados e à capacidade de se chegar ao objetivo do pré-operatório. RESULTADOS: Ambas as técnicas se mostraram eficazes para alcançar o objetivo final da cirurgia. A satisfação dos pacientes e do cirurgião foram semelhantes nos dois casos, e não houve complicações maiores em nenhum dos grupos. CONCLUSÃO: O trabalho mostrou que tanto a técnica Estruturada quanto a Convencional são eficazes para o tratamento das alterações nasais, sendo o mais importante o correto diagnóstico pré-operatório das alterações para a escolha da melhor abordagem em cada caso.

Palavras-chave: Rinoplastia; Cartilagens nasais; Nariz; Cartilagem costal.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: Rhinoplasty, like other plastic surgery subspecialties, has greatly evolved in recent decades, as both a surgical technique and a diagnosis of the alterations that need to be performed. The objective of the current study was to evaluate the efficacy of the structured and conventional surgical techniques on nasal aesthetic and corrective approaches. METHODS: A total of 49 patients, who underwent surgical operation by the author of this work, were retrospectively studied. The patient generally underwent one of the two surgical techniques. The efficacy of each technique was evaluated by means of the critique provided by the patients and the surgeon regarding the results, and the ability to reach the pre-operative goals. RESULTS: Both techniques were efficient in attaining the final objective of the surgery. Patient and surgeon satisfaction were similar in both cases, and there were no major complications in any of the groups. CONCLUSION: The present work showed that both the structured and the conventional techniques were efficient in the treatment of nasal alterations. The most important factor for selecting the best approach in each case was the correct pre-operative diagnosis of the required alterations.

Keywords: Rhinoplasty; Nasal cartilages; Nose; Costal cartilage.

 

Casos Incomuns na Cirurgia do Nariz

José Carlos R. Ferreira, Eliza Minami
Rev. Bras. Cir. Plást. 1999;14(3):58-68 - Artigos

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Apresentação de três casos de cirurgia nasal que necessitaram de procedimentos pouco utilizados na prática clínica diária. No primeiro caso, reaproveitou-se um enxerto tibial, realizado em tempo operatório prévio, associando-o a enxerto cartilaginoso e inclusão de polietileno poroso. O retalho de Converse foi usado no segundo caso e a expansão de tecido do dorso nasal foi o recurso adotado no terceiro caso. São mostrados os resultados obtidos e discutida a condução de cada caso.

Palavras-chave: Nariz; rinoplastia; reconstrução nasal

 

ABSTRACT

Three cases of nasal surgery requiring less used procedures in daily clinical practice are presented. In the first case, a tibial graft early carried out was rcused and associated to cartilaginous graft and inclusion of porous polyethylene. Converse flap was used for the second case and nasal dorsum tissue expansion was the resource adopted for the third case. The results obtained are shown and conduct in each case is discussed.

Keywords: Nose; rhinoplasty; nasal reconstruction

 

Tratamento primário da deformidade labial e nasal nas fissuras labiais e labiopalatinas unilaterais

Leonardo Santos de Barros Spencer; Celso Luiz Buzzo
Rev. Bras. Cir. Plást. 2017;32(1):37-45 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: A fissura labiopalatina é a deformidade congênita mais frequente dentre as malformações craniofaciais, afetando principalmente o lábio superior, nariz e palato. A realização da queiloplastia associada à rinoplastia primária em tempo único é uma tendência. Avaliamos a correlação entre a gravidade da fissura, a idade cirúrgica e a qualidade estética do resultado pós-operatório. MÉTODOS: Foram avaliados 26 pacientes com fissuras labiais ou labiopalatinas unilaterais, com idades entre 3 e 12 meses, operados pela técnica de queilorrinoplastia de Göteborg/McComb. Foi feita uma avaliação fotográfica do pré e pós-operatório por cinco cirurgiões plásticos separadamente e os dados analisados. RESULTADOS: A idade média de realização do procedimento foi de 6,5 ± 3,15 meses, sendo que somente sete pacientes (26,9%) foram operados na idade de 3 meses preconizada pelo protocolo. Foi encontrada correlação entre a gravidade da fissura e a qualidade dos resultados, ao mesmo tempo em que não foi encontrada associação entre a idade da cirurgia e os resultados. Todos os casos do estudo foram considerados ótimos ou satisfatórios. CONCLUSÕES: A utilização de uma técnica de queiloplastia que seja de fácil reprodutibilidade, com bons resultados estéticos, e que possa ser utilizada em conjunto com outras técnicas de tratamento primário do nariz é uma boa opção a ser adotada por centros de tratamentos deste tipo de paciente. A gravidade da fissura é um fator importante na qualidade dos resultados. Quanto mais grave a fissura os resultados tendem ser piores. A idade da cirurgia, neste estudo, não teve correlação com a qualidade nos resultados.

Palavras-chave: Fenda labial; Lábio/cirurgia; Anormalidades da boca; Nariz/anormalidades; Nariz/cirurgia.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: Cleft lip and palate, the most frequent congenital craniofacial deformity, mainly affects the upper lip, nose, and palate. One possible treatment is single-stage lip repair with primary rhinoplasty. Here we assessed the correlations among cleft severity, surgical age, and aesthetic results. METHODS: A total of 26 patients with unilateral cleft lip or cleft lip and palate aged 3-12 months underwent surgical lip repair associated with the Göteborg/McComb rhinoplasty technique. Steps before and after surgery were separately evaluated by five plastic surgeons using pictures and the data were analyzed. RESULTS: The average patient age at surgery was 6.5 ± 3.15 months, and only seven patients (26.9%) underwent surgery at 3 months of age as recommended by the protocol. Cleft severity and results quality were associated, whereas surgical age and aesthetic results were not correlated. Results in all cases were considered optimal or satisfactory. CONCLUSIONS: The lip repair technique, which presents good reproducibility and aesthetic results and can be used with other primary treatment techniques for the nose, should be adopted by treatment centers managing cleft lip and palate. Cleft severity is an important factor in results quality; the greater the severity, the worse the results. In the present study, surgical age was not correlated with results quality.

Keywords: Cleft lip; Lip/surgery; Mouth abnormalities; Nose/abnormalities; Nose/surgery.

 

Tomografia tridimensional (multislice) no diagnóstico prévio das deformidades nasais

Aymar Sperlt; Marcelo Secaf; Marco Antonio Junqueira Figueiredo; Renato Anthero Fernandes
Rev. Bras. Cir. Plást. 2008;23(4):281-289 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Introdução: O recurso diagnóstico denominado tomografia multislice, apresenta qualidade de imagens e detalhamento anatômico surpreendentes. Procurou-se fazer um trabalho comparando as imagens tomográficas às fotografias prévias dos pacientes e às imagens transoperatórias, todas feitas dentro de padrões preestabelecidos, nas posições: frente (AP), perfil, fronto-naso e mento-naso. Objetivo: Comparar as posições padronizadas confrontando- se nos três planos (estáticos e dinâmicos) de profundidade que a tomografia multislice nos propicia: plano superficial (relevo cutâneo); plano médio (cartilagens alar, quadrangular e lateral superior ou triangular) e plano profundo (ósseo). Método: Foram selecionados seis pacientes: quatro pacientes candidatos a rinoplastia primária e dois de rinoplastia secundária, que fizeram parte do corpo do trabalho. Resultados: Verificou-se fidelidade entre as imagens tomográficas multislice, quando comparadas às imagens transoperatórias e as fotos préoperatórias. Conclusão: Este estudo é de grande valia para jovens cirurgiões plásticos ou mesmo em casos de minucioso diagnóstico pré-operatório.

Palavras-chave: Tomografia computadorizada por raios X/métodos. Nariz/anormalidades. Cavidade nasal/radiografia. Osso nasal/radiografia.

 

ABSTRACT

Introduction: Aware to the new technique for diagnosis denominated tomography multislice, whose quality of images and anatomical details surprised us, we developed a research and scientific work comparing the tomographical images to the patients' previous pictures and the trans-operative images, all done inside of patterns pre-established in the positions: front (AP), profile, fronto-naso and mento-naso. Objective: Those standardized positions were confronted in the three levels (static and dynamic) of depth that multislice propitiates: superficial (cutaneous level); medium (alar cartilages, square and lateral superior or triangular cartilages) and deep level (bone). Methods: Were selected six patients: four patients candidates to primary rhinoplasty and two for secondary rhinoplasty. Due to the excellence of the comparative results, now we request this preoperative resource, practically to all the cases in that we will accomplish rhinoplasties. Results: Fidelity was verified among the tomographic multislice images, when compared with the trans-operative images and the preoperative pictures. Conclusions: This study is very usefull for young plastic surgeons, as well as in special cases were is needed pre-operative details.

Keywords: Tomography, X-ray computed/methods. Nose /abnormalities. Nasal cavity/ radiography. Nasal bone/radiography.

 

Prevalência das técnicas de reconstrução nasal utilizadas nos últimos quatro anos em serviço de Cirurgia Plástica do Ceará

William de Almeida Machado; Salustiano Gomes de Pinho Pessoa
Rev. Bras. Cir. Plást. 2016;31(4):491-495 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: As lesões cutâneas nasais são de grande importância para o cirurgião plástico em virtude da dificuldade em se promover reconstruções estéticas e funcionais quando da ressecção das mesmas. Várias técnicas tem sido descritas para se corrigir um defeito nasal, sendo documentadas desde os primórdios da cirurgia plástica. MÉTODOS: Foi realizado um estudo clínico retrospectivo de uma série de casos consecutivos de cento e cinquenta e um pacientes submetidos a ressecção de lesões nasais no período de janeiro de 2010 a dezembro de 2014 em hospital publico de Fortaleza. Foram analisadas as variáveis sexo, idade, técnica cirúrgica. RESULTADO: Do total de prontuários analisados, a maioria dos pacientes era do sexo masculino correspondendo a 52,3%, com idade média de 63,2 anos. As principais formas de reconstrução foram a sutura primária (28,5%), retalho de rotação (22,5%), bilobado (14,6%), retalho de avanço (8,6%), nasogeniano(6%), médio frontal (4,7%) e enxerto (15,2%). CONCLUSÃO: Diante das inúmeras possibilidades de reconstrução nasal conclui-se que a escolha da técnica cirúrgica utilizada após as ressecções deve levar em consideração a localização e tamanho do defeito, contorno e anatomia nasal para um melhor resultado estético e funcional de cada paciente. Em nosso serviço predominou a reconstrução com síntese primária da lesão ocorrendo leve predomínio em pacientes do sexo masculino e idosos. Outras técnicas foram utilizadas priorizando-se o melhor resultado estético e funcional para cada paciente.

Palavras-chave: Rinoplastia; Retalhos cirúrgicos; Enxertos.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: Nasal skin lesions are significance in plastic surgery because of the difficult of aesthetic and functional reconstruction. Central position of the nose on the face, and its structure, rigid architecture, and low mobility are among the possible causes. Several techniques used to correct nasal defects have been documented since the origins of plastic surgery. We evaluated retrospectively and analyzed the main surgical techniques and their indications in cases of nasal reconstruction performed at the Plastic Surgery Service of Ceará over a period of 4 years. METHODS: This was a retrospective clinical study including 151 patients who underwent resection of nasal lesions from January 2010 to December 2014 at a public hospital in Fortaleza. Variables included were sex, age, and surgical technique. RESULTS: Most of patients were men with a mean age of 63.2 years, they accounted for 52.3% of the sample. The main reconstruction forms were primary suture (28.5%), rotational flap (22.5%), bilobate (14.6%), advancement flap (8.6%), nasogenian (6%), frontal (4.7%) and skin graft (15.2%). CONCLUSION: Because of the different nasal reconstruction possibilities, the surgical technique choice, after resections, should consider defect location and size, contour and nasal anatomy for a better aesthetic and functional result. At our service, reconstruction with primary lesion synthesis was predominant with a slight predominance among men and older patients. Other techniques were used given the preference for better aesthetic and functional result for each patient.

Keywords: Rhinoplasty; Surgical flaps; Grafts.

 

Simetria nasal após a realização de rinoplastia associada à queiloplastia em crianças com fissura labial e labiopalatal

Henrique Lopes Arantes; Rafael Ferreira Pereira da Silva; José Marcos Mélega
Rev. Bras. Cir. Plást. 2011;26(1):48-53 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Introdução: A realização da rinoplastia associada à queiloplastia após os dois meses de idade possibilita reduzir as deformidades nasais e facilita correções secundárias. Objetivo: O objetivo deste trabalho é avaliar a simetria nasal após a realização de rinoplastia associada à queiloplastia em crianças com fissura labial e labiopalatal unilateral. Método: Foram avaliados 41 pacientes após os seis meses de cirurgia. Os pacientes foram submetidos à queiloplastia pela técnica de Millard associada à rinoplastia pela técnica de McComb. Utilizando as fotografias do pós-operatório, avaliou-se a simetria nasal entre o lado normal e fissurado. Resultados: A simetria nasal foi considerada excelente em 53,66% dos casos, bom em 46,34% e nenhum paciente foi ruim. Conclusão: A avaliação da rinoplastia propiciou bons e excelentes resultados.

Palavras-chave: Rinoplastia. Nariz/anormalidades/cirurgia. Fenda Labial/cirurgia. Procedimentos Cirúrgicos Reconstrutivos/métodos.

 

ABSTRACT

Introduction: Rhinoplasty performed in association with cheiloplasty after the age of 2 months enables reduction of nasal deformities and facilitates minor corrections. Objective: We aimed to assess the nasal symmetry achieved early after rhinoplasty performed concurrently with cheiloplasty in children with unilateral cleft lip or palate. Methods: Forty-one patients with unilateral cleft lip or palate underwent cheiloplasty by Millard's technique and rhinoplasty by the McComb and Salyer technique at the average age of 9.2 months (age range, 2 months to 9 years). The nasal symmetry between the normal and the cleft sides was assessed by using postoperative photographs 6 months after the surgery. Results: The nasal symmetry was considered excellent and good in 53.66% and 46.34% of the patients, respectively. Conclusion: Rhinoplasty performed concurrently with cheiloplasty ensures good early nasal symmetry in children with unilateral cleft lip or palate.

Keywords: Rhinoplasty. Nose/abnormalities/surgery. Cleft Lip/surgery. Fissura Palatina/surgery. Reconstructive Surgical Procedures/methods.

 

Reconstrução do terço médio nasal em rinoplastia primária

Glauco Soares de Almeida, Breno Bezerra Gomes de Pinho Pessoa, Nelson Gurgel Simas de Oliveira, Allysson Antonio Ribeiro Gomes, Márcio Rocha Crisóstomo, Salustiano Gomes de Pinho Pessoa
Rev. Bras. Cir. Plást. 2008;23(2):124-127 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Introdução: A rinoplastia é atualmente aceita como uma operação para remodelamento nasal, e não apenas um procedimento de redução nasal. Como resultado do trabalho pioneiro de Sheen, cada vez mais atenção tem sido dada à preservação da função da válvula nasal interna e à reconstrução do terço médio nasal. A redução da giba nasal pode levar a problemas funcionais e estéticos se realizada de forma inadequada. Possíveis seqüelas incluem o estreitamento da válvula nasal interna, o colapso do terço médio e a deformidade em "V" invertido. Seu tratamento clássico emprega enxertos expansores ("spreader graft"). Objetivos: Avaliar a qualidade da reconstrução do terço médio nasal com a utilização de um retalho de cartilagem lateral superior ("spreader flap") e comparar com o enxerto expansor ("spreader graft"). Método: No período de fevereiro de 2006 a novembro de 2007, 16 pacientes submetidas a rinoplastia primária foram divididas em dois grupos, com oito pacientes cada. No primeiro, foi realizada reconstrução do terço médio com retalho expansor e, no outro, com enxerto expansor. Resultados: Todos os pacientes evoluíram sem queixas funcionais e a inspeção da válvula nasal interna mostrava-se com angulação normal. O resultado estético foi avaliado como satisfatório pelos pacientes. Conclusão: O uso de retalho expansor para reconstrução do terço médio nasal é efetivo na prevenção da formação do "V" invertido e do colapso da válvula interna. Não se observaram diferenças de resultados, estéticos ou funcionais, entre as técnicas.

Palavras-chave: Rinoplastia/métodos. Nariz/cirurgia.

 

ABSTRACT

Introduction: Rhinoplasty is now accepted as a operation of reshaping the nose rather than just nasal reduction. As a result of the pioneering work of Sheen, even more attention have been paid to preserving function of the internal nasal valve and the reconstructing of the middle third of the nose. Dorsal hump reduction can create both functional and aesthetic problems if performed incorrectly. Possible sequelae include narrowing the internal valve, visible fall-in of the midvault, and the inverted "V" deformity. Objective: To evaluated the quality of the nasal middle vault reconstructing with the spreaders flaps and compare with spreaders grafts. Method: Sixteen patients were submitted to primary rhinoplasty with reconstruction of the middle vault were evaluated. Results: Both methods were effective for nasal middle vault reconstructing. Conclusion: In the present paper, the authors used the spreader graft and the spreader flap to reconstructing the middle third of the nose with good results.

Keywords: Rhinoplasty/methods. Nose/surgery.

 

Avaliação do uso do modelador nasal em pacientes portadores de fissura labial unilateral operados pela técnica de Göteborg

Celso Luiz Buzzo; Diogo Franco; Eudes Soares de Sá Nobrega; Renato da Silva-Freitas; Cesar Augusto Adami Raposo do Amaral; Daniel Rogge Carone
Rev. Bras. Cir. Plást. 2010;25(4):541-547 - Artigo Original

PDF Português

RESUMO

Introdução: Após avaliação da técnica empregada em nosso serviço para correção de fenda labial unilateral, observamos uma pontuação negativa maior com relação ao resultado final do nariz, o que nos levou a manter nossa linha de pesquisa, com o objetivo de introduzir e avaliar novo método para moldagem nasal pós-operatória imediata, por meio de molde de silicone. Método: Foram avaliados 20 pacientes operados pela mesma técnica, sendo que 10 deles utilizaram o molde nasal, e os outros 10 não. A avaliação foi feita por três cirurgiões de grande experiência, utilizando fotos pré e pós-operatórias e um filme do paciente com sua idade atual, sem o conhecimento de qual grupo utilizou o molde. Resultados: A idade de avaliação no período pós-operatório variou de 1 a 9 anos, do procedimento cirúrgico; somente 60% dos pacientes foram operados na idade preconizada pelo nosso protocolo (3 meses), o tempo médio de uso do modelador foi de 4 meses. Após a aplicação de análise estatística, observamos que não houve melhora de resultados nos pacientes que usaram o modelador nasal, em comparação ao grupo que não usou. Conclusões: O grupo de pacientes operados pela técnica de Göteborg com a utilização do modelador nasal não apresentou resultados melhores estatisticamente significantes quando comparado ao grupo de pacientes operados pela mesma técnica sem o uso do modelador nasal.

Palavras-chave: Fenda labial. Lábio/cirurgia. Nariz/anormalidades/cirurgia.

 

ABSTRACT

Introduction: After evaluating the technique chosen for unilateral cleft lip surgery, we notice a negative outcome of the nose aspect, what lead us to introduce and evaluate a new method of nasal molding with a silicone strut. Methods: There were evaluate 20 patients operated by the same technique, 10 patients with immediate silicone strut molding and 10 patients without nasal molding. The results were analyzed with pre-operatory pictures, post operative pictures and a movie of the child in the present date by three expertise cleft lip surgeon, whose did not know which use or not the silicone molding. Results: The age of the patients after the surgery range from 1 to 9 years, which only 60% were operated on the pre set age (3 months), the average time using the Silicone molding strut were 4 months. After statistics analysis, it demonstrated that there was not a better outcome in the nose aspect on patients who's used the nasal molding. Conclusions: After statistics analysis, the group of patients underwent the Göteborg Technique, using immediate silicone strut molding, shown no better results than the group without nasal molding.

Keywords: Cleft lip. Lip/surgery. Nose/abnormalities/surgery.

 

Reconstrução do assoalho nasal nas rinoqueiloplastias primárias unilaterais

Jorge José Reis de Carvalho; Yuji Ikuta; Clayton Higashi Sawada
Rev. Bras. Cir. Plást. 2008;23(3):214-219 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Introdução: O tratamento cirúrgico da fissura labial completa unilateral consiste em uma associação de técnicas para reconstrução do lábio e do nariz. Podem ser associadas a estas, técnicas de reconstrução do assoalho nasal com o intuito de se conseguir uma melhor simetria na reparação destas estruturas. Objetivo: O objetivo deste trabalho é demonstrar a reconstrução do assoalho nasal nas rinoqueiloplastias primárias unilaterais. Método: Foram tratados 133 pacientes portadores de fissura labial completa unilateral, utilizandose uma combinação de técnicas de Millard II e McComb e a confecção de retalhos estendidos para melhora do assoalho nasal. Resultados: Os resultados obtidos foram considerados satisfatórios na grande maioria dos pacientes, tendo como principal complicação a permanência da assimetria das aberturas nasais. Conclusão: A reconstrução do assoalho nasal é um tempo importante da rinoqueiloplastia primária unilateral, visando-se à obtenção de melhores resultados.

Palavras-chave: Fenda labial. Fenda palatina. Nariz/anormalidades.

 

ABSTRACT

Introduction: The surgical treatment of the unilateral complete cleft lip consists of an association of techniques for reconstruction of the lip and nose. Some techniques of reconstruction of the nostril floor may be associated to these with the intention of obtaining a better symmetry in the repairing of these structures. Objective: The objective of this work is to demonstrate the reconstruction of the nostril floor in the surgery of unilateral primary cleft lip. Method: One hundred e thirty-three pacients with unilateral complete cleft lip were treated with a combination of techniques of Millard II and McComb and the confection of extended flaps for improvement of the nostril floor. Results: The final results had been considered satisfactory in the great majority of the patients, having as main complication the permanence of the asymmetry of the nasal openings. Conclusion: The reconstruction of the nostril floor is an important time in the surgery of unilateral primary cleft lip.

Keywords: Cleft lip. Cleft palate. Nose/abnormalities.

 

Tratamento das válvulas nasais em rinoplastia secundária

Glauco Soares de Almeida
Rev. Bras. Cir. Plást. 2013;28(3):422-427 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: A rinoplastia é atualmente aceita como uma operação para remodelamento nasal, e não simplesmente um procedimento de redução do nariz. Cada vez mais atenção tem sido dispensada à preservação e à reparação da função das válvulas nasais. O comprometimento da válvula nasal é uma causa distinta de obstrução nasal sintomática, embora discordâncias existam com relação às formas de tratamento. MÉTODO: No período de junho de 2009 a janeiro de 2011, 26 pacientes foram submetidos a rinoplastia secundária para correção de insuficiência de válvulas nasais internas pós-rinoplastia. Cartilagens autólogas de septo nasal, concha auricular e costela foram utilizadas para o tratamento. RESULTADOS: Houve efetividade na resolução da obstrução nasal em 96,2% dos casos operados com cartilagens autólogas. CONCLUSÕES: O uso de enxertos expansores de terço médio nasal e de enxertos de suporte das cruras laterais alares com cartilagens autólogas se mostrou efetivo no tratamento do comprometimento valvular pós-rinoplastia, proporcionando adequado suporte às válvulas nasais e resolução dos quadros de obstrução nasal.

Palavras-chave: Rinoplastia. Cartilagem. Nariz/cirurgia.

 

ABSTRACT

BACKGROUND: Rhinoplasty is currently accepted as an operation for nasal remodeling, and not simply as a nose reduction procedure. Increasing attention has been given to preservation and repair of the function of nasal valves. The impairment of nasal valves is a distinct cause of symptomatic nasal obstruction; however there are disagreements regarding the forms of treatment. METHOD: In the period between June of 2009 and January of 2011, 26 patients underwent secondary rhinoplasty to correct post-rhinoplasty insufficient function of internal nasal valves. Nasal septum autologous cartilage and auricular concha and rib cartilages were used for the treatments. RESULTS: The treatments were effective in resolving nasal obstruction in 96.2% of the cases operated with autologous cartilage. CONCLUSIONS: The use of expanding grafts from the nasal middle third and supporting grafts from lateral crura alar autologous cartilages proved to be effective in the treatment of post-rhinoplasty valvular impairment providing appropriate support to the nasal valves and resolution of clinical cases of nasal obstruction.

Keywords: Rhinoplasty. Cartilage. Nose/surgery.

 

Uso do Gore-tex para preenchimento do dorso nasal em rinoplastias

Rodrigo Otávio Gontijo Tostes; Felipe Pacheco Martins Ferreira; João Carlos Cisneiros Guedes de Andrade Júnior; José Cesário da Silva Almada Lima Patrícia Noronha de Almeida; Alexandre Alcides Mattos de Meira; Eduardo de Melo Ferreira; Anna Cristina de Freitas Coelho
Rev. Bras. Cir. Plást. 2011;26(3):461-465 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Introdução: Muitos materiais autógenos e exógenos vêm sendo utilizados com frequência para confecção de enxertos e implantes nas rinoplastias. O enxerto ou implante ideal deve ser biocompatível, biointegrável, não-absorvível, facilmente moldável e não deve causar resposta inflamatória. O Gore-tex, uma forma expansível do politetrafluoretileno (PTFE), é usado desde a década de 1970 na confecção de próteses vasculares. Apesar de seu uso ser extremamente versátil e extenso, oferecendo baixas taxas de complicação, a demonstração na literatura médica de seus resultados, quando usado na cirurgia estética, é muito restrita. Métodos: Realizado estudo retrospectivo sobre a evolução de 7 pacientes submetidos a implantes de Gore-tex visando ao preenchimento do dorso nasal, no período de janeiro de 2005 a dezembro de 2007. Todos os pacientes foram avaliados quanto a fatores estéticos e funcionais, e quanto à presença ou não de complicações. Resultados: Todos os pacientes tiveram boa evolução pós-operatória, com grande satisfação do ponto de vista estético e funcional, e sem complicações. Conclusões: O Gore-tex mostrou-se um material sintético satisfatório, de baixo custo, facilmente moldável, com boa biocompatibilidade e com incidência nula de extrusão ou infecção para implantes de preenchimento de dorso nasal nos casos apresentados.

Palavras-chave: Rinoplastia. Politetrafluoretileno. Nariz/cirurgia.

 

ABSTRACT

Background: Many autogenous and exogenous materials have been frequently used for the production of grafts and implants in rhinoplasties. The ideal graft or implant should be biocompatible, biointegrated, non-absorbable, and easily moldable and should not cause an inflammatory response. Gore-tex, an expandable form of polytetrafluoroethylene (PTFE) has been used since the 1970s for vascular graft production. Although Gore-tex is extremely versatile and has extensive uses and low complication rates, the demonstration of Gore-tex use in aesthetic surgery is very limited in medical literature. Methods: We performed a retrospective study of 7 patients who received Gore-tex implants in order to fill the nasal dorsum from January 2005 to December 2007. All patients were assessed for aesthetic and functional factors and for the presence or absence of complications. Results: All patients had good postoperative evolution, with great satisfaction in terms of aesthetic and functional aspects and no complications. Conclusions: Gore-tex is a satisfactory synthetic material as it is inexpensive, easily moldable, has good biocompatibility, and has shown no incidence of extrusion or infection in implants used for nasal dorsum filling in previously reported cases.

Keywords: Rhinoplasty. Polytetrafluoroethylene. Nose/surgery.

 

Anatomia artística e opções técnicas na rinosseptoplastia

Julio Wilson Fernandes
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(Suppl.1):40-42 - Face I

PDF Português

RESUMO

INTRODUÇÃO: A prática da rinosseptoplastia envolve uma percepção adequada e objetiva da "deformidade", uma adequada avaliação funcional do nariz, e uma idealização da beleza, baseada na anatomia artística, e no contexto das expectativas de cada paciente. MÉTODOS: O autor apresenta os mais frequentes aspectos da anatomia artística, relevantes para a rinoplastia, e as técnicas, táticas, e atitudes cirúrgicas que têm possibilitado a convergência, entre a referida anatomia e a obtenção de resultados estética e funcionalmente adequados na sua prática. RESULTADOS: Os narizes com alterações mínimas na ponta foram submetidos à rinoplastia convencional, enquanto os que necessitaram maiores intervenções foram submetidos a rinoplastia aberta, ambos com resultados igualmente satisfatórios. CONCLUSÃO: A anatomia artística tem sido uma importante contribuição ao sucesso das rinosseptoplastias, tanto na abordagem fechada como na aberta.

Palavras-chave: Nariz; Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos; Cartilagens nasais; Osteotomia; Septo nasal.

 

Ressecção segura do dorso nasal

Felipe Bilhar Fasolin; Anna Luiza Melo Martins; Niveo Steffen; Bruno Della Mea Gasperin; Caroline Batistti; Pedro Bins Ely
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(Suppl.1):65-66 - Face I

PDF Português

RESUMO

Rinoplastia é uma das cirurgias estéticas mais realizadas no Brasil, mas apresenta riscos reais de complicações. Ressecções do dorso nasal mal-sucedidas podem gerar problemas funcionais ou estéticos. Realizamos uma revisão de literatura acerca das técnicas essenciais para uma ressecção segura do dorso nasal. Dentre as mais publicadas, ressecções compostas ou por componentes foram as duas grandes vertentes, cada uma apoiada por nomes de peso da rinoplastia mundial. A rotina padronizada em cinco passos pareceu ser ideal dentro de um ambiente de ensino devido à ressecção óssea gradual realizada por raspas e pela reprodutibilidade do método de separação dos componentes do dorso nasal com uma abordagem individualizada de cada estrutura, sendo efetiva e segura ao mesmo tempo.

Palavras-chave: Rinoplastia; Cartilagens nasais; Septo nasal.

 

Reconstrução de columela após necrose por uso de sonda nasogástrica

José Octávio Gonçalves de Freitas; Aymar Edison Sperli; Rinaldo Fischler
Rev. Bras. Cir. Plást. 2012;27(2):333-335 - Relatos de Caso

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Os autores apresentam o caso de paciente portador de sequela de sonda nasogástrica utilizada para procedimento na infância. A reconstrução foi realizada em dois tempos cirúrgicos. No primeiro tempo cirúrgico, foi realizada reconstrução da neocolumela com retalhos nasogenianos rodados de baixo para cima. No segundo tempo, foram realizados osteotomia e ortosseptoplastia.

Palavras-chave: Rinoplastia. Nariz/cirurgia. Necrose.

 

ABSTRACT

The present report describes the case of a patient with sequelae from a nasogastric tube used for a prior procedure performed during childhood. The reconstruction required 2 separate surgical procedures. The first surgery involved reconstruction of the columella with nasogenian flaps rotated upwards and the second procedure consisted of osteotomy and septoplasty.

Keywords: Rhinoplasty. Nose/surgery. Necrosis.

 

Correção da insuficiência de válvula nasal externa com o enxerto de apoio crural lateral

LEONARDO MILANESI POSSAMAI; FLAVIO MACIEL DE FREITAS; BRUNO BLAYA BATISTA; NÍVEO STEFFEN; PEDRO BINS ELY
Rev. Bras. Cir. Plást. 2019;34(Suppl.1):148-149 - 35ª Jornada Sul Brasileira de Cirurgia Plástica

PDF Português

RESUMO

Narinas com suporte inadequado da parede nasal lateral e da asa nasal secundária à fragilidade das cartilagens laterais inferiores podem colapsar durante a inspiração moderada ou profunda. Essa alteração é conhecida como insuficiência da válvula nasal externa. Relato de caso de paciente de 55 anos submetida à rinoplastia primária por apresentar insuficiência de válvula externa com repercussão clínica. Utilização do lateral crural strut graft. Paciente apresenta melhora significativa da insuficiência de válvula externa aos 6 meses de pós-operatório, mesmo com a inspiração profunda. Estudos publicados já demonstraram que tais enxertos são efetivos em corrigir a insuficiência de válvula externa em longo prazo.

Palavras-chave: Rinoplastia

 

ABSTRACT

Nostril with inadequate support of the lateral nasal wall and nasal wing secondary to fragility of the lower lateral cartilages may collapse during moderate or deep inspiration. This change is known as external nasal valve insufficiency. Case report of a 55-year-old patient submitted to primary rhinoplasty because of an external valve failure with clinical repercussion. Use of lateral crural strut graft. Patient presented significant improvement of external valve insufficiency at 6 months postoperatively, even with deep inspiration. Published studies have shown that such grafts are effective in correcting long-term external valve insufficiency

Keywords: Rhinoplasty

 

Tratamento de fraturas nasoetmoidais com fixação com fio de Kirschner

SILVIA HELENA MANDU; DAYANE RAQUEL DE PAULA; FABIOLA GRIGOLETTO LUPION; MARIA CECILIA CLOSS ONO; RENATO DA SILVA FREITAS; GILVANI AZOR DE OLIVEIRA E CRUZ
Rev. Bras. Cir. Plást. 2019;34(Suppl.1):185-187 - 35ª Jornada Sul Brasileira de Cirurgia Plástica

PDF Português

RESUMO

Introdução: Consideradas lesões de elevada incidência, as fraturas nasais, recorrentemente consideradas de menor importância, podem trazer prejuízos relevantes do ponto de vista funcional e estético.
Método: Entre outubro de 2012 e outubro 2018 foram atendidos 11 pacientes no Hospital do Trabalhador, em Curitiba-PR, submetidos a fixação de fratura de septo nasal com fio de Kirschner.
Resultados: Do total de 11 pacientes, oito masculinos e três femininos, a idade média permanecendo em 24,4 anos, 63% deles foram vítimas de agressão em face. O intervalo entre o trauma e o tratamento variou entre 13 a 21 dias. Em 72% foram usados apenas um fio de Kirschner para fixação e, por fim, o tempo para retirada do material foi, em média, 39,9 dias.
Conclusão: Essa opção de tratamento se caracteriza como uma estratégia cirúrgica de execução simples e rápida, com baixo custo e morbidade e resultado satisfatório no pós-operatório.

Palavras-chave: Traumatismos faciais; Face; Agressão; Osso nasal; Septo nasal

 

ABSTRACT

Introduction: Considering lesions of high incidence, nasal fractures, recurrently taken as minor, can bring about significant functional and aesthetic damage.
Method: Between October 2012 and October 2018, 11 patients were attended at the Hospital do Trabalhador, in Curitiba-PR, undergoing fixation of a nasal septum fracture with Kirschner wire.
Results: Of the total of 11 patients, eight male and three female, with a mean age of 24.4 years, 63% of them were victims of facial aggression. The interval between trauma and treatment ranged from 13 to 21 days. In 72% only one Kirschner wire was used for fixation and, finally, the material removal time was, on average, 39.9 days.
Conclusions: This treatment option is characterized as a simple and rapid surgical strategy, with low cost and morbidity and a satisfactory postoperative result.

Keywords: Facial trauma; Face; Aggression; Nasal bone; Nasal septum

 

Patrocinadores

Indexadores

Licença Creative Commons Todos os artigos científicos publicados em http://www.rbcp.org.br estão licenciados sob uma Licença Creative Commons