ISSN Online: 2177-1235 | ISSN Print: 1983-5175

Showing of 1 until 20 from 438 result(s)

Search for : Neoplasias cutâneas; Sistema Único de Saúde; Custos e análise de custo; Avaliação de resultado de intervenções terapêuticas; Cirurgia plástica

Long-term follow-up of incomplete resection of basal cellular carcinomas

Telma Carolina Ritter de Gregorio, Juliano Carlos Sbalchiero, Paulo Roberto de Albuquerque Leal
Rev. Bras. Cir. Plást. 2005;20(1):8-11 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Cutaneous cancer is the most frequent malignancy with increasing rate seen over the last decades. Incomplete initial resection seen in histopathologic specimens is not uncommon and the appropriate approach to these cases is still very controversial. This study identified and analyzed cases of incomplete resection in the Instituto Nacional de Câncer in 1997, aiming at evaluating the conduct adopted and the percentage of relapse over a 5-year follow-up period. In the service, 853 patients with basal cellular carcinoma were surgically treated and 87 cases of incomplete resection (10.2%) were identified. The main adopted conduct was clinical follow-up in 87% of the cases. The index of recurrence was 36%, mainly affecting patients with tumors of greater than 2 cm in size and of the sclerodermiform histologic subtype. The mean follow-up time was 43 months. This work suggests that clinical follow-up is an adequate conduct in duly selected cases, as reoccurrence also occurs in up to 1/3 of the cases in the national population and that long-term followup is possible even in public institutions, as was seen in this series.

Keywords: Carcinoma, basal cell, recurrence. Skin neoplasms. Reconstructive surgical procedures. Surgery, plastic

 

RESUMO

O câncer cutâneo é a malignidade mais freqüente, com incidência crescente nas últimas décadas. O achado de margens positivas após a ressecção inicial não é incomum, e seu manejo adequado ainda é bastante controverso. Procurou-se identificar e analisar os casos com ressecções incompletas no Instituto Nacional de Câncer, no ano de 1997, de forma a avaliar a conduta adotada e o porcentual de recidiva em um seguimento de cinco anos. Foram operados no serviço 853 casos de carcinoma basocelular, com 87 (10,2%) pacientes com margens comprometidas. A principal conduta adotada foi o acompanhamento clínico em 87% dos casos. O índice de recidiva foi de 36%, sobretudo em pacientes com tumores maiores de 2cm e do subtipo histológico esclerodermiforme. O tempo médio de seguimento foi de 43 meses. Este trabalho reforça que o acompanhamento clínico é uma conduta adequada em casos devidamente selecionados, na medida em que estabelece que recidivas ocorrem em até 1/3 dos casos também na população nacional, e que é possível o acompanhamento a longo prazo em uma instituição pública, como observado nesta série.

Palavras-chave: Carcinoma basocelular, recidiva. Neoplasias cutâneas. Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos. Cirurgia plástica

 

Versatility and reliability of the Keystone flap in oncological reconstructions

Renan Diego Américo Ribeiro; Vitor Penteado Figueiredo Pagotto; Gustavo Moreira Clivatti; Giulia Godoy Takahashi; Fábio de Freitas Busnardo; Rolf Gemperli
Rev. Bras. Cir. Plást. 2022;37(3):308-312 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Introduction: The Keystone flap is an island flap with reliable vascularization and simple dissection, first described in 2003. Despite its distinct advantages, there are few scientific publications on this matter, and it is not a common option in the clinical practice of reconstructive surgery. This article aims to report the experience of a cancer referral center with Keystone flaps in oncological reconstructions.
Methods: A retrospective study was carried out data from medical records of patients who performed oncological plastic reconstruction with keystone flaps, operated by the Surgery team of the Cancer Institute of the State of São Paulo, in addition to the analysis of pre, intra and postoperative photographic records.
Results: Nine patients were identified, all with comorbidities and a mean age of 52.7. Skin defects followed after oncological resections: five in the lower extremities, three in the trunk and one in the face. The mean of the skin resected area was 52.6cm2. The reconstructions were performed under shortened surgical time. There were no postoperative complications or flap losses. The average hospital stay was 2.2 days.
Conclusion: The Keystone flap is technically simple and a reproducible option for covering wounds of different sizes and locations. Due to its reliability, simple and quick dissection, shortened hospital stay and low morbidity in the donor area, it should be considered for reconstructing cancer wounds from different locations in patients of all ages.

Keywords: Retalhos cirúrgicos; Neoplasias cutâneas; Cirurgia plástica; Oncologia cirúrgica; Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos.

 

RESUMO

Introdução: O retalho Keystone é um retalho em ilha, de vascularização confiável e dissecção simples, descrito pela primeira vez em 2003. Apesar de suas vantagens, é ainda pouco citado na literatura especializada e longe de se tornar opção de escolha na prática clínica da cirurgia reconstrutiva. O objetivo deste artigo é apresentar a experiência de um serviço oncológico de alta complexidade no uso de retalhos Keystone em reconstruções.
Métodos: Um estudo retrospectivo foi desenvolvido por meio do levantamento de dados de prontuário de pacientes operados pela equipe de Cirurgia Plástica do Instituto do Câncer do Estado de São Paulo, além de análise de registros fotográficos pré, intra e pós-operatórios.
Resultados: Nove pacientes foram identificados, todos portadores de comorbidades e média de idade de 52,7 anos. Os defeitos cutâneos se seguiram após ressecções oncológicas, sendo cinco em extremidades inferiores, três em tronco e um em face. A média da área ressecada foi de 52,6cm2. As reconstruções foram realizadas sob abreviado tempo cirúrgico. Não houve complicações pós- operatórias ou perdas do retalho e o tempo de hospitalização médio foi de 2,2 dias.
Conclusão: O retalho Keystone é uma opção tecnicamente simples e reprodutível para a cobertura de ferimentos de tamanhos diversos e em localizações variadas. Devido à sua confiabilidade, dissecção simples e rápida, abreviado tempo de internação e baixa morbidade à área doadora, deve ser considerado na reconstrução de feridas oncológicas de diversas localizações, em pacientes de todas as idades.

Palavras-chave: Retalhos cirúrgicos; Neoplasias cutâneas; Cirurgia plástica; Oncologia cirúrgica; Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos

 

Plastic surgery in a medium complexity hospital: prospective cohort with cost and results analysis of the treatment of skin tumors within the scope of the Unified Health System (SUS)

Daniele Walter Duarte
Rev. Bras. Cir. Plást. 2020;35(2):182-188 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Introduction: The Brazilian health system is organized into basic health units, medium complexity hospitals, and high complexity hospitals. The composition of medium complexity services is variable, with or without specialists such as the plastic surgeon. The objective of the present study is to analyze data on the treatment of patients with skin tumors by a plastic surgeon in a medium complexity hospital.
Methods: prospective cohort with analysis of epidemiological, demographic data, costs, results, complications, and degree of satisfaction.
Results: In nine months, 166 patients were treated, of whom 103 underwent surgery. The most common pathologies were: basal cell carcinomas, benign subcutaneous and cutaneous tumors, squamous cell carcinoma and melanoma, in decreasing order of appearance. Most of the injuries were treated with exeresis and suture surgery and in 29 patients, more complex reconstructions were required. The degree of resolution of cases was high, and only a patient was derived to a high complexity hospital. The degree of satisfaction with the treatment was also high. However, the estimated financial transfer of SUS, in the case of malignant tumors treatment, was approximately 25% less than it is in a high complexity hospital.
Conclusion: The role of the plastic surgeon in medium complexity hospitals can prevent diseases such as skin cancer from reaching high complexity hospitals in advanced stages. However, there would have to be adaptations in the government transfer to enable the routine performance of this professional in these institutions.

Keywords: Skin neoplasms; Unique Health System; Costs and cost analysis; Therapeutic interventions results evaluation; Plastic surgery.

 

RESUMO

Introdução: O sistema único de saúde brasileiro organiza-se basicamente em unidades básicas de saúde, hospitais de média e hospitais de alta complexidade. A composição dos serviços de média complexidade é variável, podendo contar ou não com especialistas como o cirurgião plástico. O objetivo do presente trabalho é o de descrever dados do tratamento dos pacientes com tumores cutâneos atendidos por um cirurgião plástico, em um hospital de média complexidade.
Métodos: Coorte prospectiva com análise de dados epidemiológicos demográficos, de custos, resultados, complicações e grau de satisfação.
Resultados: No período de 9 meses foram atendidos 166 pacientes dos quais 103 foram operados. As patologias mais comuns foram: carcinomas basocelulares, tumores benignos de subcutâneo e pele, carcinoma epidermóide e melanoma, em ordem decrescente de ocorrência. A maioria das lesões foi tratada com cirurgia de exérese e sutura. Reconstruções mais complexas foram necessárias em 29 pacientes. O grau de resolução dos casos foi alto, com apenas um paciente sendo encaminhado a hospital de alta complexidade. O grau de satisfação com o tratamento também foi elevado. Contudo, o repasse financeiro estimado do SUS, no caso do tratamento dos tumores malignos, foi em torno de 25% menor do que seria na alta complexidade.
Conclusão: A atuação do cirurgião plástico em hospitais de média complexidade pode impedir que doenças como o câncer de pele cheguem em estágios avançados em hospitais de alta complexidade, com alto grau de satisfação. Contudo, adaptações no repasse governamental precisariam ocorrer para viabilizar a atuação rotineira deste profissional nestas instituições.

Palavras-chave: Neoplasias cutâneas; Sistema Único de Saúde; Custos e análise de custo; Avaliação de resultado de intervenções terapêuticas; Cirurgia plástica

 

Dermolipectomies after bariatric procedures in the Public Health System: a long way to go

Antoninho José Tonatto; Jorge Luís de Moraes; Fabiola Grigoletto Lupion; Silvia Helena Mandu; Vanessa Sayuri Ogawa; Carolina Peressutti; Renato da Silva Freitas
Rev. Bras. Cir. Plást. 2022;37(1):53-59 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Introduction: Obesity is one of the main health problems faced by the population, and its incidence has gradually increased in recent decades. Amid the global obesity epidemic, bariatric procedures have increased significantly and, despite the growing number of post-bariatric procedures, these are not equivalent to the number of bariatric surgeries.
Methods: Data were collected from the public health registry (DATASUS) between 2008 and 2019 to analyze the selected parameters, with an assessment of the main post-bariatric dermolipectomy techniques, their distribution in the national territory, their length of stay, their mortality, costs for the Public System, the comparison between post-bariatric dermolipectomies and the distribution of bariatric procedures in the national territory. Furthermore, dermolipectomies and the distribution of plastic surgeons in Brazil were compared.
Results: An increase of 164% was evidenced in the number of postbariatric dermolipectomies during the studied period. Post-bariatric abdominal dermolipectomy was the most performed procedure, accounting for 65% of the procedures, followed by brachial (14.8%), crural (14.7%) and circumferential (4.7%) dermolipectomy. There was an inequality in the distribution of post-bariatric procedures among Brazilian macro-regions, with the Southeast Region having the highest percentage (49.8%) of dermolipectomies.
Conclusions: Despite the progressive increase in post-bariatric dermolipectomies, they did not follow the number of bariatric procedures in the national territory. Therefore, there is a need for a parallel growth between both so that there is complementation in treating these patients. Then, there might be an improvement in the distribution of dermolipectomies in the national territory, allowing more patients to benefit.

Keywords: Abdominoplasty; Obesity; Unifield Health System; Bariatric surgery; Lipectomy.

 

RESUMO

Introdução: A obesidade é um dos principais problemas de saúde enfrentados pela população e sua incidência cresce gradativamente nas últimas décadas. Em meio à epidemia global de obesidade, os procedimentos bariátricos aumentaram expressivamente e, apesar do crescente número dos procedimentos pós-bariátricos, esses não se equivalem ao número de cirurgias bariátricas.
Métodos: Foram coletados dados do registro de saúde pública (DATASUS) entre 2008 e 2019 para análise dos parâmetros selecionados, com avaliação das principais técnicas de dermolipectomia pós-bariátrica, sua distribuição em território nacional, seu tempo de internação, sua mortalidade, os custos para o Sistema Público, a comparação entre as dermolipectomias pós-bariátricas e a distribuição dos procedimentos bariátricos no território nacional. Além disso, comparou-se as dermolipectomias e a distribuição de cirurgiões plásticos no Brasil.
Resultados: Um aumento de 164% foi evidenciado no número de dermolipectomias pós-bariátricas durante o período estudado. A dermolipectomia abdominal pós-bariátrica foi o procedimento mais realizado, sendo responsável por 65% dos procedimentos, seguido da dermolipectomia braquial (14,8%), crural (14,7%) e circunferencial (4,7%). Observou-se uma desigualdade na distribuição dos procedimentos pós-bariátricos entre as macrorregiões brasileiras, sendo a Região Sudeste com o maior número percentual (49,8%) de dermolipectomias.
Conclusões: Apesar do aumento progressivo do número de dermolipectomias pós-bariátricas, elas não acompanharam o número de procedimentos bariátricos em território nacional. Por isso, há necessidade de um crescimento paralelo entre ambas, para que haja uma complementação no tratamento desses pacientes. Sendo assim, poderá existir melhora na distribuição das dermolipectomias no território nacional, fazendo com que mais pacientes possam ser beneficiados.

Palavras-chave: Abdominoplastia; Obesidade; Sistema Único de Saúde; Cirurgia bariátrica; Lipectomia

 

Descriptive and temporal analysis of the mortality rate and average hospital stay due to burns and corrosion in the elderly in Brazil between 2010 and 2019

Arthur Antunes Coimbra Pinheiro Pacífico; Ester Saraiva Carvalho Feitosa; Anna Letícia Silveira Parnaíba; Pedro Lucena de Aquino; Amanda de Andrade Cavalcante; Thalia de Souza Bezerra; Leandro Dantas Rolim; Samy Lima Carneiro
Rev. Bras. Cir. Plást. 2022;37(2):194-198 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Introduction: Aging leads to physical and cognitive limitations and decreased functional capacity. Therefore, there is a greater risk, a higher rate of complications and death in elderly patients from burns.
Methods: Cross-sectional and documentary study with a quantitative approach, with elderly (=60 years old) hospitalized for burns and people in Brazil (2010 - 2019) corrosion notice through the Hospital Morbidity Declaration System of Department of Informatics of the Brazilian Public Health System.
Results: The overall mortality rate for the period studied was 9%, going from 8.37% in 2010 to 8.6% in 2019. The average hospital stay in Brazil between 2010 and 2019 was 8.5 days. During this period, there was a reduction in the average number of days, from 8.6 days in 2010 to 8.1 days in 2019. The mortality rate in the elderly (9%) was higher than in the general population (2. 87%) due to the inherent weaknesses of the elderly that contribute to the elderly having a higher risk of mortality from burns. The average hospital stay found is in line with the literature, demonstrating that the higher the average hospital stays for the elderly, the higher the mortality rate.
Conclusion: Because of this, it is possible to prove the correlation between the elderly age group and the high annual mortality rate from burns. It becomes more expressive as the age group gets older.

Keywords: Burns; Aged; Hospital information systems; Public health; Unified health system; Mortality.

 

RESUMO

Introdução: O envelhecimento leva a limitações físicas e cognitivas, além de uma diminuição da capacidade funcional. Logo, evidencia-se maior risco, maior índice de complicações e óbito nos pacientes idosos diante de queimaduras.
Métodos: Estudo transversal e documental de abordagem quantitativa, com idosos (=60 anos) internados por queimaduras e corrosões no Brasil (2010 - 2019) notificados por meio do Sistema de Declaração de Morbidade Hospitalar do Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde.
Resultados: A taxa de mortalidade geral para o período estudado foi de 9%, indo de 8,37% em 2010 para 8,6% em 2019. A média de internação para o Brasil entre 2010 e 2019 foi de 8,5 dias. Neste período, houve redução da média de dias, indo de 8,6 dias em 2010 para 8,1 dias em 2019. A taxa de mortalidade nos idosos (9%) foi maior do que na população geral (2,87%) devido às fragilidades inerentes à terceira idade que contribuem para que o idoso tenha um maior risco de mortalidade por queimaduras. A média de permanência hospitalar vai ao encontro da literatura, a qual demonstra que, quanto maior a média de permanência do idoso em hospitais, maior será a taxa de mortalidade deste.
Conclusão: Diante disso, é possível comprovar a correlação entre a faixa etária idosa e a alta taxa de mortalidade anual por queimaduras. Esta se torna mais expressiva à medida que o grupo etário envelhece.

Palavras-chave: Queimaduras; Idoso; Sistemas de informação hospitalar; Saúde pública; Sistema único de saúde; Mortalidade

 

A method to evaluate the SMAS suspension in facelift

Ithamar Nogueira Stocchero; Gustavo Flosi Stocchero; Guilherme Flosi Stocchero; Alexandre Siqueira Franco Fonseca
Rev. Bras. Cir. Plást. 2012;27(3):392-397 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

BACKGROUND: The superficial musculo-aponeurotic system (SMAS) suspension is a globally accepted procedure in rhytidoplasties. In order to evaluate the efficacy of suspension performed with the round block SMAS treatment, the authors planned a method in which the wound area reduction is measured to assure its functionality, based in clear evidence. METHODS: Twenty consecutive rhytidoplasties were evaluated, all of them done by the same surgeon, using the same standards. Twelve measures were taken in each side of the face, 7 before suspension and 5 after, allowing for the elaboration of 40 diagrams comprising the areas evaluated before and after suspension. The software ImageJ (NIH Image) was used to evaluate the surfaces. RESULTS: The undermined area in the 40 measures had a mean of 52.6 cm2, which changed to a mean of 32.6 cm2 after suspension, with a mean reduction of 38%. The diagrams also showed the exact handled points of the face. CONCLUSIONS: The described methodology confirms that the round block SMAS treatment technique is efficient regarding the suspension of the superficial muscular aponeurotic system, with significant reduction of the undermined area, consequently reducing the dead space, and may be a parameter to comparison of different techniques.

Keywords: Face/surgery. Rhytidoplasty. Evaluation of results of therapeutic interventions.

 

RESUMO

INTRODUÇÃO: A suspensão do sistema musculoaponeurótico superficial (SMAS) é um procedimento amplamente aceito nas ritidoplastias. Com o objetivo de avaliar a eficácia de tal suspensão na técnica de tratamento do SMAS em round block com cicatrizes curtas, foi proposto método em que a redução da área descolada é avaliada ao final da cirurgia, assegurando sua eficácia, baseada em clara evidência. MÉTODO: Foram analisadas 20 cirurgias consecutivas de ritidoplastia, todas realizadas pelo mesmo cirurgião, com os mesmos padrões. Foram tomadas 12 medidas em cada lado da face, 7 antes e 5 após a realização da suspensão, permitindo a elaboração de 40 diagramas compreendendo as áreas avaliadas antes e após o procedimento. Foi utilizado o software ImageJ (NIH Image) para cálculo das áreas. RESULTADOS: A área descolada nas 40 medidas apresentou média de 52,6 cm2, mudando para 32,6 cm2 após a suspensão, com redução média de 38%. Os diagramas obtidos refletiram a exata atuação nos diversos pontos da face. CONCLUSÕES: O método descrito confirma que a técnica é eficiente quanto à suspensão do SMAS, com redução significativa da área descolada e consequente diminuição do espaço morto pós-operatório, e pode servir como parâmetro para comparação de diferentes técnicas.

Palavras-chave: Face/cirurgia. Ritidoplastia. Avaliação de resultado de intervenções terapêuticas.

 

Reconstruction in Mohs micrographic surgery

Augusto César de Melo Almeida; José Carlos Ribeiro Resende Alves; Erick Horta Portugal; Izabella Costa Araujo; Rebeca Paohwa Liu da Fonseca; José de Souza Andrade Filho; Aloísio Ferreira da Silva Filho; Nárlei Amarante Pereira
Rev. Bras. Cir. Plást. 2015;30(2):235-241 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

INTRODUCTION: Mohs micrographic surgery is used for the excision of skin neoplasms, especially in locally aggressive histological subtypes of basal cell carcinoma, tumor recurrences, or tumors located in critical areas. This technique has a high cure rate and allows maximum preservation of tissues. In this study, we aimed to assess the effectiveness of Mohs micrographic surgery and reconstruction methods. METHODS: Data from 50 patients who underwent Mohs micrographic surgery to excise skin tumors and reconstruct lost tissue were collected retrospectively. All patients were operated on between January 2005 and December 2013 at the Plastic Surgery Clinic of the Felício Rocho Hospital (Belo Horizonte, MG, Brazil). The patients' age, sex, tumor location, previous treatment, histological type, number of segments analyzed by micrographic surgery, reconstruction method used, and preservation were studied. RESULTS: Thirty-one patients (62%) were women and 19 (38%) were men. The mean age was 63.8 years. All lesions were facial, with 66% of cases affecting the nasal area. Presurgery, there were 48 cases (96%) of basal cell carcinoma and 2 cases (4%) of microcystic adnexal carcinoma. Local flaps were the most used reconstruction method. The patients were followed-up for a mean of 48.4 months. We did not observe any cases of tumor recurrence. CONCLUSION: Mohs micrographic surgery was shown to be effective in the treatment of 50 skin neoplasms. We recommend that surgical defects should be repaired by the plastic surgeon.

Keywords: Mohs surgery; Skin neoplasms; Surgical flaps; Head and neck neoplasia; Plastic surgery

 

RESUMO

INTRODUÇÃO: A cirurgia micrográfica de Mohs é empregada para exérese de neoplasias cutâneas, especialmente carcinomas basocelulares de subtipos histológicos localmente agressivos, tumores recidivados ou localizados em regiões nobres. Apresenta elevados índices de cura e permite preservação tecidual. O objetivo é analisar a eficácia da cirurgia micrografia de Mohs e os métodos de reconstrução utilizados. MÉTODO: Foram coletados, retrospectivamente, dados de 50 pacientes submetidos à exérese de tumores cutâneos por meio da cirurgia micrográfica de Mohs e à reconstrução da perda de substância. Todos os pacientes foram operados no período entre janeiro de 2005 a dezembro de 2013 na Clínica de Cirurgia Plástica do Hospital Felício Rocho (Belo Horizonte, MG, Brasil). Os pacientes foram estudados com relação à idade, gênero, localização do tumor, tratamento prévio, tipo histológico, número de fragmentos analisados na cirurgia micrográfica, método de reconstrução empregado e proservação. RESULTADOS: Trinta e um pacientes (62%) foram do gênero feminino e 19 (38%) do masculino. A média de idade foi de 63,8 anos. Todas as lesões encontravam-se na face, com 66% dos casos com acometimento da região nasal. Considerando o diagnóstico pré-operatório, 48 casos (96%) eram carcinoma basocelulares e dois casos (4%) correspondiam ao carcinoma microcístico anexial. Retalhos locais foram o tipo de reconstrução mais utilizado. Os pacientes foram acompanhados por média de 48,4 meses. Nenhum caso de recidiva tumoral foi observado. CONCLUSÃO: A cirurgia micrográfica de Mohs se mostrou altamente eficaz no tratamento dos 50 casos de neoplasias cutâneas. Recomenda-se que os defeitos cirúrgicos sejam reparados pelo cirurgião plástico.

Palavras-chave: Cirurgia de Mohs; Neoplasias cutâneas; Retalhos cirúrgicos; Neoplasias de cabeça e pescoço; Cirurgia plástica.

 

Analysis of post-bariatric plastic surgeries performed in the Brazilian Unified Health System

Alexandre Cardoso de Carvalho Freitas; Amanda queiroz Lemos; Clara Andrade Guimarães Espíndola Cavalcante; Clarissa Henrique Palmeira; Emilane Almeida Santos Bezerra; Giovanna Cedraz Prinz; Paula Kaline Santos Jatobá
Rev. Bras. Cir. Plást. 2023;38(1):1-6 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Introduction: Obesity and overweight have been increasing in Brazil and in the world, in an expressive way, as well as the demand for bariatric surgeries. As a result, post-bariatric plastic surgery has also grown, especially abdominal dermolipectomy. The objective is to describe the frequency of post-bariatric plastic surgeries performed by the Unified Health System (SUS - Sistema Único em Saúde, in portuguese) from January 1, 2015 to October 21, 2020.
Methods: Ecological study, where individuals who underwent post-bariatric surgeries were selected. bariatric tests by SUS obtained by the Hospital Information System of Department of Informatics of the Unified Health System (DATASUS - Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde, in portuguese). Data from the 27 states of the national territory were analyzed and the following variables were used: gender, age group, procedure performed, level of education.
Results: The southeastern region of the country had the highest number of post-bariatric surgeries. White individuals, on the other hand, had higher numbers than other races (60.9%), abdominal dermolipectomy was the most frequent (53.7%) followed by mammoplasty (22.3%).
Conclusion: Plastic surgeries have increased significantly in the last five years, and are more frequent among white women, aged between 35 and 44 years, living in the southeastern region of the country.

Keywords: Obesity; Bariatric surgery; Abdominoplasty; Weight loss; Reconstructive surgical procedures; Unified Health System

 

RESUMO

Introdução: A obesidade e o sobrepeso vêm aumentando no Brasil e no mundo, de uma forma expressiva, assim como a procura por cirurgias bariátricas. Em consequência, a cirurgia plástica pós-bariátrica também cresceu, com destaque para a dermolipectomia abdominal. O objetivo é descrever a frequência das cirurgias plásticas pós-bariátricas feitas pelo Sistema Único de Saúde (SUS) no período de 1 de janeiro de 2015 a 21 de outubro de 2020.
Método: Estudo ecológico, no qual foram selecionados indivíduos que realizaram cirurgias pós-bariátricas pelo SUS obtidos pelo Sistema de Informações Hospitalares do Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde (DATASUS). Foram analisados dados dos 27 estados do território nacional e utilizaram-se as variáveis: sexo, faixa etária, procedimento realizado, grau de instrução.
Resultados: A Região Sudeste do país apresentou maiores números de cirurgias pós-bariátricas. Já indivíduos da cor branca apresentaram números maiores do que outras raças (60,9%); a dermolipectomia abdominal foi a mais frequente (53,7%), em seguida, a mamoplastia (22,3%).
Conclusão: As cirurgias plásticas tiveram aumento expressivo nos últimos cinco anos e são mais frequentes entre mulheres, brancas, com faixa etária de 35 a 44 anos, residentes na Região Sudeste do país.

Palavras-chave: Obesidade; Cirurgia bariátrica; Abdominoplastia; Redução de peso; Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos; Sistema Único de Saúde

 

Quality of life and self-esteem in elderly patients who did or did not have cosmetic surgery

LENISE MARIA SPADONI-PACHECO; GUSTAVO AZEVEDO CARVALHO
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(4):528-535 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Introduction: The reality of aging has caught up with the field of plastic surgery, shown by the growth in the number of elderly patients who undergo cosmetic surgery (CS). To evaluate its importance in elderly women, this study examined differences in quality of life and self-esteem among those who did or did not undergo CS.
Methods: This casecontrol study included 25 elderly women who underwent CS and a control group of 25 elderly women who did not undergo CS; the groups were matched by socioeconomic data. Assessment methods included the Mini-Mental State Examination, a quality of life (QOL) questionnaire (World Health Organization Quality of Life-Bref), the Rosenberg Self-Esteem Scale, and a questionnaire developed for the study of sociodemographic data, motivation, and satisfaction with CS.
Results: The mean age was 67.26 years, with a mean of 9.96 years of education. The most common surgeries were abdominoplasty and blepharoplasty. The most common motivations were physical discomfort, desire to improve QOL, and dissatisfaction with self-image. No subjects were found to have low self-esteem and the level of satisfaction with personal or social life was high. There was no difference in QOL or self-esteem between the 2 groups.
Conclusion: Physical and psychological motivations cause the elderly to undergo CS. There was no difference in QOL or self-esteem among elderly women who did or did not have CS. Elderly women who underwent CS showed high levels of satisfaction with their personal and social life.

Keywords: Health services for the elderly; Quality of life; Self-image; Reconstructive surgical procedures; Evaluation of results of therapeutic interventions

 

RESUMO

Introdução: A realidade do envelhecimento populacional chegou ao campo da Cirurgia Plástica, provada pelo crescimento do número de idosos que se submetem à cirurgia estética (CE). A pesquisa objetiva avaliar a importância da CE para o idoso, e se existe diferença de qualidade de vida e autoestima entre idosas que se submeteram e que não se submeteram à cirurgia estética.
Métodos: Pesquisa caso-controle, sendo o grupo-caso formado por 25 idosas que se submeteram à CE e o grupo-controle por 25 idosas que não fizeram CE, pareados pelos dados socioeconômicos. Os instrumentos aplicados foram: Minimental, questionário de qualidade de vida (WHOQOL-BREF), escala de autoestima de Rosenberg e um questionário elaborado para pesquisa de dados sociodemográficos, motivação e satisfação com a CE.
Resultados: A média de idade foi 67,26 anos e a escolaridade média, de 9,96 anos. As cirurgias mais realizadas foram a abdominoplastia e a blefaroplastia. Os motivos mais escolhidos foram o desconforto físico, o desejo de melhoria da qualidade de vida (QV) e a insatisfação com a autoimagem. Não foram encontradas idosas com baixa autoestima e o nível de satisfação foi alto quando relacionado com a própria vida ou a vida social. Não houve diferença de QV e autoestima entre os dois grupos analisados.
Conclusão: As motivações das idosas para realização de CE são de ordem física e psicológica. Não houve diferença de QV e autoestima entre idosas submetidas e não submetidas à CE. Analisando-se as idosas submetidas à CE, foram comprovados altos níveis de satisfação pessoal e na vida social.

Palavras-chave: Serviços de saúde para idosos; Qualidade de vida; Autoimagem; Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos; Avaliação de resultado de intervenções terapêuticas

 

Treatment of periorbital syringomas: review of scientific literature in the last 5 years

Karols Tatiana Vila Claro; Jorge Luis Hoyos Ramirez; Alessandra Haddad; Marisa Gonzaga da Cunha; Miguel Francischelli
Rev. Bras. Cir. Plást. 2022;37(1):80-88 - Review Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Introduction: Syringomas are benign adnexal tumors with histopathological characteristics arising from the eccrine ducts, in yellowish or skin-colored papules, 1-3 mm, commonly in the lower periorbital region, which can cause important cosmetic problems. The goal of treatment is to improve appearance by destroying the tumor using minimally invasive methods and including surgery. There are multiple treatment options in the literature with varying degrees of success, but little is known about their effectiveness. Complete removal is unsuccessful, and side effects have been described, recurrence being the most frequent.
Methods: This is a narrative review of the literature of scientific publications in the period 2014-2019.
Results: After reviewing 45 articles and identifying those published in the last five years that had a record of the number of patients, treatment description, scales of evaluation of results and follow-up, six articles were selected. Of the total number of six articles, we found: a systematic review and five retrospective studies, one being a comparative one. A number was assigned to each article analyzed, and the number of patients included, treatment performed, assessment scales and results, complications and conclusions were collected.
Conclusions: Periorbital syringomas are still a therapeutic challenge, and so far, no treatment is consistently effective. The CO2 laser remains the first choice of treatment when used fractionally, and intralesional electrocoagulation represents a second alternative with moderate results and a lower risk of complications. New treatments such as Laser Erbium Yttrium Aluminum Garnet, Neodymium-Doped Yttrium Aluminum Garnet and botulinum toxin A monotherapy could be good alternatives. Comparative prospective studies are needed.

Keywords: Syringoma; Eyelids; Eccrine glands; Skin neoplasms; aesthetics.

 

RESUMO

Introdução: O siringomas são tumores anexais benignos com caraterísticas histopatológicas decorrentes dos ductos écrinos, em forma de pápulas amareladas ou cor da pele, de 1-3 mm, comumente na região periorbitária inferior, podendo causar problemas cosméticos importantes. O objetivo do tratamento é melhorar a aparência, através da destruição completa do tumor usando métodos minimamente invasivos e inclusa cirurgia. Existem na literatura múltiplas opções de tratamento com vários graus de sucesso, porém pouco se conhece sobre a eficácia. Em geral, a remoção completa não é bem-sucedida, e têm sido descritos efeitos colaterais, sendo a recorrência o mais frequente.
Métodos: Trata-se de uma revisão narrativa de literatura, de publicações científicas no período de 2014-2019.
Resultados: Após revisar 45 artigos, e identificar os publicados nos últimos cinco anos que tiveram registro de número de pacientes, descrição de tratamento, escalas de avaliação dos resultados e acompanhamento, foram selecionados seis artigos. Do número total de seis artigos, foram encontrados: uma revisão sistemática, e cinco estudos retrospectivos, sendo um comparativo. Foi designado um número para cada artigo analisado, e coletados o número de pacientes incluídos, tratamento realizado, escalas de avaliação e resultados, complicações e conclusões.
Conclusões: Os siringomas periorbitários ainda são um desafio terapêutico, e até agora nenhum tratamento demostrou ser consistentemente eficaz. O laser CO2 continua sendo a primeira escolha de tratamento quando usado fracionado, e a eletrocoagulação intralesional representa uma segunda alternativa com resultados moderados e menor risco de complicações. Novos tratamentos como Laser Erbium Laser Erbium Yttrium Aluminum Garnet, Neodymium-Doped Yttrium Aluminum Garnet e monoterapia com toxina botulínica A poderiam ser boas alternativas. Estudos prospetivos comparativos são necessários.

Palavras-chave: Siringoma; Pálpebras; Glândulas écrinas; Neoplasias cutâneas; Estética

 

Extended resection for treatment of dermatofibrosarcoma protuberans

José Carlos Ribeiro Resende Alves; Rebeca Paohwa Liu da Fonseca; Aloísio Ferreira da Silva Filho; José de Souza Andrade Filho; Izabella Costa Araujo; Augusto César de Melo Almeida; Nárlei Amarante Pereira; Lívia Neffa
Rev. Bras. Cir. Plást. 2014;29(3):395-403 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

INTRODUCTION: Dermatofibrosarcoma protuberans (DFSP) is a rare skin tumor with intermediate malignancy and low metastatic potential, but a high recurrence rate after surgical treatment. The classical treatment is extended resection with varying margins. Many studies have described Mohs micrographic surgery for treatment of this disease. This retrospective study was to verify if extended resection is a reliable DFSP treatment method. METHOD: A total of 31 lesions were resected in 30 patients with DFSP between August 1968 and September 2013. All patients underwent radical surgical excision, with removal of 3 cm of healthy tissue on the lateral margins and with deep margin including an anatomical structure without tumor infiltration. Analyzed patient characteristics included sex, age, tumor site, previous treatment, and peculiar characteristics observed during the follow-up period. RESULTS: Nineteen (63.3%) patients were male and 11 (37.7%) female. Their average age at tumor presentation was 40.9 years. The tumors were located on the trunk (61.3%), head (226%), upper limbs (6.4%), lower limbs (6.4%), and neck (3.3%). No previous treatment was reported in 58.1% of the patients. One patient (3.3%) developed recurrence and died due to the surgical treatment; three patients (10.0%) died from other causes. CONCLUSIONS: Extended resection with 3-cm margins and removal of healthy anatomical structures is an effective treatment for DFSP.

Keywords: Dermatofibrosarcoma protuberans; Dermatofibrosarcoma; Skin tumors.

 

RESUMO

INTRODUÇÃO: Dermatofibrossarcoma Protuberante (DFSP) é um tumor de pele raro e de malignidade intermediária, com baixo potencial metastático, mas alta taxa de recorrência após tratamento cirúrgico. O tratamento clássico é a ressecção alargada, com margens variáveis. Muitos trabalhos descreveram os resultados da cirurgia micrográfica de Mohs no tratamento desta afecção. O objetivo deste estudo retrospectivo é verificar se a ressecção alargada constitui um método confiável no tratamento do DFSP. MÉTODO: Entre agosto de 1968 e setembro de 2013, 31 lesões foram ressecadas em 30 pacientes com DFSP. Todos os pacientes foram submetidos à excisão cirúrgica radical, com remoção de 3 cm de tecido sadio nas margens laterais e com a margem profunda incluindo uma estrutura anatômica não infiltrada pelo tumor. Os seguintes aspectos foram estudados: gênero, idade, local da lesão, tratamento prévio e características peculiares da proservação. RESULTADOS: Dezenove (63,3%) pacientes eram do sexo masculino e 11 (37,7%), do feminino. A média de idade da apresentação foi de 40,9 anos. As lesões estavam localizadas em tronco (61,3%), cabeça (22,6%), membros superiores (6,4%), membros inferiores (6,4%) e pescoço (3,3%). Tratamento prévio não foi observado em 58,1% dos pacientes. Um paciente (3,3%) evoluiu com recidivas e óbito, em decorrência do tratamento cirúrgico; três (10,0%) faleceram por outras causas. CONCLUSÕES: A ressecção alargada com margens de 3 cm, com remoção de estrutura anatômica sadia, constitui método eficiente no tratamento do DFSP.

Palavras-chave: Dermatofibrossarcoma protuberante; Dermatofibrossarcoma; Neoplasias cutâneas.

 

Surgical treatment of the nasal skin tumors in elderly patients

Pamella Veríssimo, Marcus Vinicius Jardini barbosa
Rev. Bras. Cir. Plást. 2009;24(2):219-233 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Introduction: Skin cancer is the most common neoplasm in Brazil and mainly affects the elderly. The most affected location of the body is the face, especially the nose. Surgical resection is also the most used treatment. Objective: To evaluate the effectiveness of surgical procedures performed in the treatment of nasal skin cancer in elderly patients. Method: They were reviewed 101 charts of patients who have been submitted to a surgical resection of nasal skin tumor from August 2005 to June 2008. Data regarding gender, age, phototype, location of tumor in the nose, surgical margins and type of reconstruction were analyzed. The chi-square statistical test of adhesion, Student t test and Fischer exact test were used for statistical analysis. Statistical significance was consider when p< 0.05. Results: Ages ranged between 61 to 94 years with an average of 77 years. The incidence was higher in women (67.3%) and in individuals with fair skin (65.3%). The tumors presented a heterogeneous distribution on nasal subunits (p = 0.001 chi-square). Basal cell carcinoma was the most frequent malignant neoplasm (92.9%) and 7.1% were squamous cell carcinoma. The distribution of tumors between men and women was similar (p = 0.672 Fischer exact test). Flaps were the most frequent type of reconstruction (54.9%). There was incomplete resection in 8.4% of the patients and the reoperation rate was 77.8%. Residual tumor was presented in 14.2% of the surgical specimens. There was no significant difference between the ages of the patients who were reoperated and the others who were observed (p = 0.486 Student t test). Recurrence was observed only in the group of patients who had a complete resection of the tumor (0.9%). Conclusion: Surgical procedures performed in this study have proven their effectiveness for the treatment of nasal skin cancer in elderly patients.

Keywords: Nose neoplasms. Skin neoplasms. Old age assistance.

 

RESUMO

Introdução: O câncer de pele é a neoplasia mais frequente no Brasil e acomete principalmente indivíduos idosos. O local do corpo mais acometido é a face, especialmente o nariz. O tratamento mais utilizado é a ressecção cirúrgica. Objetivo: Analisar a eficácia dos procedimentos cirúrgicos realizados no tratamento do câncer de pele nasal em indivíduos idosos. Método: Foram revistos 101 prontuários de pacientes operados no período de agosto de 2005 a junho de 2008 e analisados dados referentes a gênero, idade, fototipo, localização do tumor no nariz, margens cirúrgicas, tipos de reconstrução. Utilizaram-se os testes estatísticos qui-quadrado de aderência, t de Student e teste exato de Fischer (p<0,05). Resultados: A faixa etária foi de 61 a 94 com média de 77 anos. A incidência foi maior em mulheres (67,3%) e em indivíduos de pele clara (65,3%). Os tumores distribuíram-se de modo heterogêneo entre as subunidades nasais (p=0,001 teste qui-quadrado). Dos tumores malignos, 92,9% eram do tipo carcinoma basocelular e 7,1% eram do tipo carcinoma espinocelular. A distribuição dos tumores entre homens e mulheres foi semelhante (p=0,672 teste exato de Fischer). Os tipos de reconstrução mais utilizados foram os retalhos (54,9%). Houve ressecção incompleta de tumor em 8,4% e taxa de reoperação de 77,8%. O achado de tumor residual nos espécimes foi de 14,2%. Não foi encontrada diferença estatisticamente significativa entre as idades dos pacientes reoperados e dos observados (p=0,486 teste t de Student). Houve recidiva somente no grupo de tumores com ressecção completa (0,9%). Conclusão: Os procedimentos cirúrgicos utilizados tiveram sua eficácia comprovada para o tratamento do câncer de pele nasal em idosos.

Palavras-chave: Neoplasias nasais. Neoplasias cutâneas. Assistência a idosos.

 

The impact of care actions on the perception of the quality of the Single Health System (SUS), Brazil: a cross-sectional study

Guilherme Barreiro; Fábio André Zanella; Karoline Gabriela Dalla Rosa; Ricardo Calvett; Lourenço Santiago Senandes; Mateus Diniz Vizzotto; Adriano Heemann Pereira Neto; Vinícius Silva de Lima
Rev. Bras. Cir. Plást. 2016;31(2):242-245 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

INTRODUCTION: Non-melanoma skin cancer is the most prevalent cancer in Brazil. Surgical resection is one of the pillars of management, and care actions, such as surgical task forces, are one way to reduce treatment waiting time. METHODS: In this research, we conducted a cross-sectional study with 40 patients; 20 of whom were treated by a surgical task force and 20 were controls. Epidemiological data were collected in addition to answers to nine questions related to the quality of the Single Health System (SUS in Portuguese). RESULTS: A significant difference was observed in responses related to the waiting time for surgery in the SUS (p < 0.05). CONCLUSION: One can observe an improvement in the perception of patients, with regard to the SUS, when included in care actions.

Keywords: Skin Cancers; Plastic Surgery; Public Health; Brazil.

 

RESUMO

INTRODUÇÃO: O tumor de pele não melanoma é o câncer mais frequente no Brasil. A ressecção cirúrgica é um dos pilares do manejo e ações assistenciais como mutirões de cirurgias são formas de reduzir o tempo de espera por tratamento. MÉTODOS: Nesse trabalho, conduziu-se um estudo transversal com 40 pacientes, 20 deles participantes de mutirão e 20 controles. Coletaram-se dados epidemiológicos, além de nove perguntas relacionadas à qualidade do Sistema Único de Saúde (SUS). RESULTADOS: Observou-se diferença significativa entre as respostas relacionadas ao tempo de espera por cirurgias no SUS (p < 0,05). CONCLUSÃO: Pode-se verificar melhora na impressão dos pacientes em relação ao SUS quando incluídos em ações assistenciais.

Palavras-chave: Neoplasias cutâneas; Cirurgia plástica; Saúde pública; Brasil.

 

Reconstrução total de pálpebra inferior em hospital universitário: série de casos

LUCAS MACHADO GOMES DE PINHO PESSOA; SALUSTIANO GOMES DE PINHO PESSOA
Rev. Bras. Cir. Plást. 2019;34(Suppl.3):45-46 - Articles

PDF Portuguese

RESUMO

As pálpebras atuam na proteção dos olhos, hidratação da córnea e na manutenção de uma visão adequada. Entretanto, diversos fatores podem contribuir com perda da função protetora das pálpebras, por exemplo, o processo natural de envelhecimento, os traumas ou as neoplasias. Quando em estágios avançados, o câncer pode acometer todas as lamelas da pálpebra, sendo a reconstrução adequada da pálpebra uma prioridade a fim de evitar complicações visuais. O objetivo deste trabalho é apresentar opções cirúrgicas de reconstrução total de pálpebra inferior realizadas em serviço terciário no segundo semestre de 2018. Trata-se de estudo retrospectivo observacional descritivo do tipo série de casos. A reconstrução de todo um segmento anatômico especializado e complexo como as pálpebras é desafiador. O reparo dos planos anatômicos mimetizando as lamelas com estruturação cartilaginosa e dos planos cutâneo e mucoso é essencial para restaurar a função palpebral perdida.

Palavras-chave: Neoplasias cutâneas; Retalhos cirúrgicos; Transplante autólogo; Cirurgia plástica; Carcinoma basocelular

 

Cutaneous traction as a complement to the parascapular flap in major cancer loss: case report

Marcelo Rosseto; Luana Graziela Batista; Franco Silva Martinez; Blanca Silva Martinez; Carolina Maria Startari Sacco; Letícia Suemi Arakaki; Micael Viana Azevedo; Luiz Fernando Alves de Oliveira
Rev. Bras. Cir. Plást. 2023;38(2):1-6 - Case Report

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Introduction: Squamous cell carcinoma (SCC) is a malignant epidermal keratinocyte tumor closely related to sun exposure. When diagnosed, through biopsy, its staging, tumor resection with oncological safety margins must be performed, and lymph node dissection and treatment of metastases, if present, may be performed.
Case Report: Skin traction is reported as a complement to the parascapular flap, used reconstructively after the excision of a large SCC in the left shoulder.
Conclusion: The technique used proved effective for the satisfactory correction of large dehiscence in the postoperative period of the parascapular flap, promoting partial closure of the defect, reduced time to perform, and correction of the residual defect in a single step.

Keywords: Surgical flaps; Skin neoplasms; Carcinoma, squamous cell; Reconstructive surgical procedures; Surgery, plastic

 

RESUMO

Introdução: O carcinoma espinocelular (CEC) é um tumor maligno dos queratinócitos epidérmicos e está intimamente relacionado à exposição solar. Quando diagnosticado, por meio de biópsia, deve ser realizado seu estadiamento, ressecção tumoral com margens de segurança oncológica, podendo ser feito esvaziamento ganglionar e tratamento de metástases, caso presentes.
Relato de Caso: Reporta-se a utilização da tração cutânea como complemento ao retalho paraescapular, utilizado reconstrutivamente pós excisão de CEC de grande dimensão em ombro esquerdo.
Conclusão: A técnica utilizada mostrou-se eficaz para correção satisfatória de grandes deiscências em pós-operatório de retalho paraescapular, promovendo fechamento parcial do defeito, tempo reduzido para realização e correção do defeito residual em tempo único.

Palavras-chave: Retalhos cirúrgicos; Neoplasias cutâneas; Carcinoma espinocelular; Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos; Cirurgia plástica

 

Solitary fibrous tumor of the skin: case report

Tatiana Tourinho Tournieux, Alexandre Katalinic, Isabela Werneck da Cunha, Maria Aparecida Conte Maia
Rev. Bras. Cir. Plást. 2009;24(3):378-380 - Case Reports

PDF Portuguese

ABSTRACT

Solitary fibrous tumor (TFS) is a very rare benign tumor, derived from mesenchymal cells. There are reports of cases of this tumor in different pleural or extra-pleural's sites, and the skin is even a more unusual spot. The prognosis in most cases is good, but the behavior in few cases can be aggressive. The differential diagnosis is important in the daily practice of plastic surgeons. There are several lesions well known with similar characteristics to TFS in skin layers: fibroelastic consistency, not adhered to deep planes. Those lesions should be differentiated from malignant neoplasms, so that proper treatment is instituted.

Keywords: Solitary fibrous tumors. Skin neoplasms. Skin.

 

RESUMO

O tumor fibroso solitário (TFS) é uma neoplasia benigna muito rara, derivada de células mesenquimais. Há relatos de casos deste tumor em diversos sítios pleurais ou extrapleurais, sendo a região cutânea e subcutânea localizações ainda mais incomuns. O prognóstico, na maioria dos casos, é bom, mas o comportamento pode ser agressivo. O diagnóstico clínico diferencial é importante na prática diária do cirurgião plástico, pois não raramente aparecem lesões tumorais dos componentes do revestimento cutâneo, com características semelhantes ao TFS - consistência fibroelástica e não aderência a planos profundos - que devem ser bem conhecidas e diferenciadas de neoplasias malignas, para que o tratamento adequado seja instituído.

Palavras-chave: Tumores fibrosos solitários. Neoplasias cutâneas. Pele.

 

Plastic surgery task force of Ivo Pitanguy Institute: Fernando de Noronha

Pablo Maricevich; Eduardo Nishimura; Ralf Berger; Francesco Mazzarone; Ivo Pitanguy
Rev. Bras. Cir. Plást. 2011;26(2):345-352 - Special Article

PDF Portuguese

ABSTRACT

Fernando de Noronha is an archipelago formed by 21 islands and has an area of 26 square km2. The main island contains the public hospital São Lucas, a Health Care Center and a SAMU (Mobile Emergency Care Service). The I Week of Plastic Surgery of the Ivo Pitanguy Institute expanded the work performed at the 38th Infirmary of the Holy House of Rio de Janeiro to areas with lack of Plastic Surgery Services. The second mission was the natural continuation of the project. The objective of the project was to offer specialized care in Plastic Surgery with consultation, surgeries, and an educative class, focused in the prevention, diagnostic and treatment of skin cancer to the population, due to its susceptibility to the disease. The first team had two instructors, six residents of the Ivo Pitanguy Institute and a dermatologist. The second mission had an instructor from other service (Oswaldo Cruz Hospital), from the State of Pernambuco. All cases were logged and photographed. The two missions performed 280 consultations, being 93 without the need of surgery and 187 surgeries. The Missions enabled a significant economy to the State of Pernambuco. Beyond it, the missions brought a great life experience for those who performed then. The possibility to help people with our skills and knowledge make us very proud and ennoble the tradition of our school.

Keywords: Skin Neoplasms. Surgery, Plastic. Social Responsibility. Social Participation.

 

RESUMO

Fernando de Noronha é um arquipélago formado por 21 ilhas, ocupando uma área de 26 km2. Na área da Saúde, o arquipélago possui o Hospital São Lucas, um Posto de Saúde vinculado ao Programa de Saúde da Família e um SAMU. A I Semana da Cirurgia Plástica do Instituto Ivo Pitanguy em Fernando de Noronha representou a expansão do trabalho feito na 38ª Enfermaria da Santa Casa da Misericórdia para lugares carentes da especialidade. A II Semana foi a continuidade natural deste projeto. O objetivo foi oferecer à população atendimento em cirurgia plástica com consultas, cirurgias e palestra, com o foco na prevenção, diagnóstico e tratamento do câncer de pele, visto que a população local apresenta grande risco para esta doença. A equipe da primeira Missão contou com a participação de dois instrutores e seis residentes do Instituto Ivo Pitanguy, além de uma dermatologista convidada. Já na segunda Missão, houve a participação de um instrutor do Hospital Oswaldo Cruz (SUS-PE). Todos os casos foram documentados e fotografados. Somando-se a primeira e a segunda Missão, foram realizados 280 atendimentos, sendo 93 consultas sem indicação de tratamento cirúrgico e 187 pacientes operados. Do ponto de vista de Saúde Pública, a I e a II Semana da Cirurgia Plástica do Instituto Ivo Pitanguy representaram uma economia significativa para o Estado de Pernambuco. Além disso, este projeto trouxe uma inestimável experiência de vida a todos aqueles que formaram estas equipes. A possibilidade de ajudar à população com as nossas habilidades e conhecimentos só nos orgulha e enaltece ainda mais a tradição de nossa escola.

Palavras-chave: Neoplasias Cutâneas. Cirurgia Plástica. Responsabilidade Social. Participação Social.

 

Prevalence of cleft lip and palate in Brazil and its notification in the information system

Géza Lászlo Urményi; Elizabeth Castineiras Fernandes; Lucas Gábor Urményi
Rev. Bras. Cir. Plást. 2024;39(2):1-6 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Introduction: Cleft lip and palate is the most common congenital deformity, with an incidence of 1.53/1000 live births, and treatment is predominantly carried out in the Unified Health System (Sistema Único de Saúde SUS). In 1999, the Live Birth Information System (Sistema de Informações sobre Nascidos Vivos SINASC) implemented the gap to be filled in regarding congenital deformities. Studies have demonstrated the significant underreporting of the fissure in SINASC.
Method: The number of children born per year in Brazil between 2012 and 2018 was surveyed in the respective regions, projecting the number of cleft children born per year using the proportion 1.53/1000 live births. From these data, the number of cleft patients notified in the SUS system was observed and compared with the projection made by observing an estimate of notification by region. The evolution of government spending by region on cleft lip and palate surgery in the period from 2012 to 2018 was also verified.
Results: There was a notification of 54.1% to 36.7% of children born with cleft, with the Southeast Region having the best rate and the Northeast with the lowest notification rate. Federal spending on cleft lip and palate surgery decreased between 2012 and 2018, compared to the number of births with clefts, which remained stable during this period.
Conclusion: Although SINASC is an important tool, the significant underreporting of this condition impacts public policies, as it uses data inconsistent with reality. Another concern is the decrease in federal spending on cleft surgery, which shows that more children are failing to receive adequate treatment.

Keywords: Prevalence; Cleft lip; Cleft palate; Health information systems; Unified Health System.

 

RESUMO

Introdução: A fissura labiopalatina é a deformidade congênita mais comum, com uma incidência de 1,53/1000 nascidos vivos e o tratamento predominantemente realizado no Sistema Único de Saúde (SUS). Em 1999, o Sistema de Informações sobre Nascidos Vivos (SINASC) implantou a lacuna para preenchimento referente a deformidade congênita. Trabalhos vêm demostrando a subnotificação importante da fissura no SINASC.
Método: Foi levantado o número de crianças nascidas por ano no Brasil entre 2012 e 2018 nas respectivas regiões, projetando o número de fissurados nascidos por ano usando a proporção 1,53/1000 nascidos vivos. A partir destes dados, observado o número de fissurados notificados no sistema SUS e comparado com a projeção feita observando uma estimativa de notificação por região. Verificada também a evolução dos gastos governamentais por região com cirurgia de fissura labiopalatina no período de 2012 a 2018.
Resultados: Houve uma notificação de 54,1% a 36,7% das crianças nascidas com fissura, sendo a Região Sudeste com melhor índice e o Nordeste com o índice mais baixo de notificação. Os gastos federais em cirurgia de fissura labiopalatina diminuíram entre 2012 e 2018, frente ao número de nascimentos com fissuras, que se manteve estável neste período.
Conclusão: Apesar do SINASC ser uma ferramenta importante, as subnotificações expressivas desta afecção impactam nas políticas públicas, pois utilizam dados inconsistentes com a realidade. Outra preocupação é a diminuição dos gastos federais com cirurgias de fissurados, o que demostra que mais crianças estão deixando de receber tratamento adequado.

Palavras-chave: Prevalência; Fenda labial; Fissura palatina; Sistemas de informação em saúde; Sistema Único de Saúde.

 

Simplified vacuum dressing system: operational and financial feasibility study in the management of wounds

Sandro Cilindro de Souza; Carlos Maurício Cardeal Mendes; Jose Valber Lima Meneses; Rosana dias Menezes
Rev. Bras. Cir. Plást. 2023;38(3):1-8 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Introduction: The high cost of negative pressure wound therapy (NPWT) makes the procedure less accessible in institutions with limited resources. To solve the problem, streamlined vacuum dressings have been proposed, but the usefulness of these devices has been poorly studied. The objective of this work is to evaluate the feasibility (operational and financial) of a simplified vacuum dressing system model (SVDM).
Methods: Operational viability was assessed by studying application time and quantity of dressings performed; financial viability, by analyzing the economic costs of dressing changes.
Results: Fifty wounds were treated (25 in each group: SVDM x silver hydrofiber). For SVDM, the number of dressings per patient was lower, while the application time was higher. The SVDM showed higher costs. The increase in the expenses associated with the SVDM was related to the average selling price of the product and the number of dressing changes; treatment time and application time of the SVDM did not interfere with costs. In contrast, SVDM costs proved to be below the announced expenses for conventional NPWT.
Conclusion: SVDM was considered viable as long as qualified teams perform it and results in few dressing changes (< 3).

Keywords: Reconstructive surgical procedures; Wounds and injuries; Negativepressure wound therapy; Costs and cost analysis; Wound healing

 

RESUMO

Introdução: O alto custo da terapia de pressão negativa (TPN) torna o procedimento menos acessível em instituições com recursos limitados. Para resolver o problema, têm sido propostos os curativos a vácuo simplificados, mas a utilidade desses equipamentos ainda é pouco estudada. O objetivo desse trabalho é avaliar a viabilidade (operacional e financeira) de um modelo de curativo a vácuo simplificado (MCVS).
Método: A viabilidade operacional foi avaliada por meio de estudo de tempo de instalação e quantidade de curativos realizados; a financeira, por análise de custos econômicos de trocas de curativos.
Resultados: Foram tratadas 50 feridas (25 em cada grupo: MCVS x hidrofibra prata). Para o MCVS, o número de curativos por paciente foi menor, enquanto o tempo de instalação, maior. MCVS apresentou custos maiores. O aumento de custo associado a MCVS foi relacionado ao preço médio de comercialização do produto e quantidade de trocas de curativos; tempo de tratamento e tempo de instalação do MCVS não interferiram em custos. Em contraste, os custos do MCVS se mostraram bem inferiores aos custos anunciados para a TPN convencional.
Conclusão: MCVS foi considerado viável desde que seja feito por equipes qualificadas e resulte em poucas trocas de curativos (< 3).

Palavras-chave: Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos; Ferimentos e lesões; Tratamento de ferimentos com pressão negativa; Custos e análise de custo; Cicatrização

 

Impact of upper blepharoplasty on quality of life and its insertion in the context of Brazilian public health: scoping review

Lucas Freire Guerra Boldrin; Juliana Diogo Silva; Marilene Mendes dos Santos
Rev. Bras. Cir. Plást. 2024;39(1):1-14 - Review Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Introduction: The aim was to conduct a comprehensive scoping review of available researches on the impact of blepharoplasty on quality of life and its scope within the Unified Health System.
Methods: A literature search was performed in the Virtual Health Library, Capes Journals, SciELO, LILACS, Medline, and Cochrane Library databases for studies published within the past five years.
Results: Out of the 323 studies initially selected, nineteen studies were included in the final sample. Seven studies (36.8%) examined the impact of blepharoplasty on quality of life, while others assessed functional criteria (31.5%) or subjective factors related to quality of life (26.3%). The majority of the studies demonstrated positive effects of blepharoplasty on quality of life, self-esteem, personal satisfaction, well-being, and visual improvement. However, limited data were found regarding the coverage of blepharoplasty in the public healthcare system, with no specific studies on this topic.
Conclusion: Blepharoplasty has been shown to positively impact quality of life, highlighting the need to ensure the access to this procedure within the public healthcare when appropriate. The lack of data on blepharoplasty within the Unified Health System indicates a research gap and emphasizes the importance of further studies to explore its impact on quality of life, as well as its coverage and expansion.

Keywords: Blepharoplasty; Quality of life; Unified Health System; Personal satisfaction; Aging

 

RESUMO

Introdução: O objetivo foi desenvolver uma revisão de escopo que mapeie pesquisas disponíveis que respondam à questão: "O que se sabe sobre o impacto da blefaroplastia na qualidade de vida? Qual sua abrangência no Sistema Único de Saúde?".
Método: Levantamento bibliográfico nas bases de dados: Biblioteca Virtual em Saúde, Periódicos Capes, SciELO, LILACS, Medline e Cochrane Library, com estudos publicados nos últimos cinco anos.
Resultados: Foram selecionados 323 estudos para pré-análise e a amostra final contou com 19 estudos. A qualidade de vida foi analisada em sete dos estudos incluídos (36,8%) e os demais analisaram critérios funcionais (31,5%) ou outras questões subjetivas que podem estar ligadas à qualidade de vida (26,3%). A maioria dos estudos demonstrou que a blefaroplastia traz melhora na qualidade de vida e em critérios indiretos como autoestima, satisfação pessoal e bem-estar, além de melhora da visão. Os dados sobre a cobertura da cirurgia no contexto público são escassos e não foi encontrado nenhum estudo que tratasse desse tema.
Conclusão: A blefaroplastia impacta positivamente na qualidade de vida, reforçando a necessidade de se fazer cumprir o direito de realização do procedimento na saúde pública, quando comprovada sua indicação. A ausência de dados sobre a blefaroplastia no Sistema Único de Saúde demonstra alguma negligência deste tópico no âmbito da saúde pública. Portanto, a presente pesquisa tem importância em evidenciar tal lacuna, incentivando a realização de estudos que aprofundem a análise do impacto da blefaroplastia na qualidade de vida, bem como, busquem entender melhor sua cobertura e formas de ampliá-la.

Palavras-chave: Blefaroplastia; Qualidade de vida; Sistema Único de Saúde; Satisfação pessoal; Envelhecimento

 

Indexers

Licença Creative Commons All scientific articles published at www.rbcp.org.br are licensed under a Creative Commons license