ISSN Online: 2177-1235 | ISSN Impresso: 1983-5175

Mostrando de 1 até 20 de 226 resultado(s)

Busca por : Decúbito dorsal; Músculos superficiais do dorso; Retalhos cirúrgicos

O estudo da representação anatômica do músculo latíssimo do dorso e a sua aplicação em cirurgia plástica

Fernando Antonio Gomes de Andrade; Luciano Ornelas Chaves; Claudio Eduardo de Oliveira Cavalcante; Ivanadja Jatobá; Rafhael Martins Cunha; Ricardo Nogueira Bezerra; Maurício Calzado; Laís Clark de Carvalho Barbosa; Luís Henrique Alves Salvador Filho; Jamisson Garrote Teixeira; Simone Vicente Dias da Silva
Rev. Bras. Cir. Plást. 2015;30(3):345-351 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: O músculo latíssimo do dorso (MLD) é um importante elemento da parede látero-posterior do tórax. A aplicabilidade do MLD em cirurgia plástica é reconhecida por sua anatomia constante, sendo indicado, na reconstrução mamária, na microcirurgia, nas reconstruções de membros superiores, entre outros, tornando-se um retalho versátil em cirurgia reconstrutora. Sua representação em livros e estudos anatômicos apresentam controvérsias. Mathes & Nahai expressam que a posição do MLD é configurada em uma localização onde o músculo encontra-se em segmento torácico látero-posterior, mas com uma representação mais posterior que lateral. Um grande número de anatomistas escreve da mesma forma. O objetivo é o de discutir e descrever a real posição do MLD por meio do estudo da sua anatomia e comparação com imagens publicadas em livros. MÉTODOS: Estudou-se a descrição e representação anatômica do MLD em desenhos publicados em livros e artigos de autores clássicos. Os desenhos foram comparados com o estudo da anatomia vásculo-nervosa e muscular do MLD durante a dissecção, na posição de Decúbito Dorsal (DD), de 47 cadáveres frescos. RESULTADOS: O estudo da descrição e representação anatômica do MLD em livros de autores consultados, comparada com a dissecção em DD de cadáveres frescos, permitiu conhecer que estes autores identificam o MLD em uma posição mais posterior do que a encontrada na anatomia. CONCLUSÃO: Este estudo identifica a posição do MLD com uma representação mais anterior do que os desenhos dos livros estudados. A rotação e individualização do MLD com o paciente em decúbito dorsal é uma abordagem segura.

Palavras-chave: Anatomia; Cirurgia plástica; Microcirurgia; Músculos superficiais do dorso; Decúbito dorsal.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: The latissimus dorsi muscle (LDM) is an important element in the lateroposterior wall of the thorax. The LDM is valued in plastic surgery for its constant anatomy, and its use is recommended for mammary reconstruction, microsurgery, and upper limb reconstruction among other procedures, which makes it a versatile flap for reconstructive surgery. However, its representation in books and anatomical studies is controversial. Mathes & Nahai described that the position of the LDM is configured in a location where the muscle is found in the lateroposterior thoracic segment but with a more posterior than lateral representation. A great number of anatomists share the same opinion. The objective of this study was to discuss and describe the real position of the LDM through study of its anatomy and comparison with images published in books. METHODS: We studied the anatomical description and representation of the LDM in drawings published in books and articles by classical authors. The drawings were compared with the neurovascular and muscular anatomy of the LDM during its dissection from 47 fresh cadavers in the dorsal decubitus (DD) position. RESULTS: Study of the anatomical description and representation of the LDM in the revised books compared with the dissection of fresh corpses in the DD position revealed that the published authors described the LDM in a more posterior position than that found in the body. CONCLUSION: This study identified the LDM position as being more anterior than that described by drawings in published books. LDM rotation and individualization with the patient in a DD position is a safe approach.

Keywords: Anatomy; Plastic surgery; Microsurgery; Superficial muscles of the back; Dorsal decubitus.

 

O emprego dos retalhos livres em pacientes queimados: experiência de 58 retalhos em 46 pacientes

Daniel Alvaro Alvarez Lazo, Salomão Chade Assan Zatiti, Olimpio Colicchio, Frederico Roncaglia, Daniel Mamere Alvarez, Isabela Mamere Alvarez, Nilton Mazzer
Rev. Bras. Cir. Plást. 2009;24(2):138-144 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

A grande maioria das queimaduras de terceiro grau é tratada com a excisão tangencial, seguida da enxertia de pele. No entanto, as deformidades secundárias são frequentes, principalmente nos membros superiores e na cabeça e pescoço. As contraturas causadas pelas queimaduras graves podem ser tratadas das formas mais diversas. Aquelas limitadas às pequenas áreas podem ser tratadas com zetaplastias, enxertos ou retalhos locais; mas quando a contratura é extensa é difícil atingir bons resultados com os métodos convencionais. Os autores descrevem a sistematização e a estratégia na reconstrução primária ou secundária em pacientes queimados com o emprego de 58 retalhos livres, em 44 pacientes.

Palavras-chave: Queimaduras. Microcirurgia. Retalhos cirúrgicos.

 

ABSTRACT

Tangential excision is the debridement of necrotic tissue until viable tissue is reached. The second phase of surgical treatment is wound closure. The gold standard of wound coverage is autologus skin grafting. However, results can be disappointing in severe burns that involve the upper extremity and the neck. Fifty-eight free flaps for 46 patients with deep burns were reviewed retrospectively to determine indication, methods and outcomes.

Keywords: Burns. Microsurgery. Surgical flaps.

 

A sistematização do retalho do músculo latíssimo do dorso em decúbito dorsal

Fernando Antônio Gomes de Andrade; Fernando Gaia Duarte; Luciano Ornelas Chaves; Ricardo Nogueira Bezerra; Luís Henrique Alves Salvador Filho; Simone Vicente Dias da Silva
Rev. Bras. Cir. Plást. 2015;30(2):190-196 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: O músculo latíssimo do dorso localiza-se na parede latero-posterior do tórax. O retalho do músculo latíssimo do dorso (RMLD) tem uma extensa aplicabilidade devido a sua anatomia pouco variável contribuindo, assim, para sua utilização em Cirurgia Plástica. A possibilidade de dissecar este músculo em decúbito dorsal (DD) dispensa a mudança de posição do paciente e cria uma opção para reconstruções microcirúrgicas. Este estudo objetiva sistematizar a técnica utilizada para dissecção do RMLD em DD. MÉTODO: Foram avaliados 10 casos de RMLD realizados no Hospital Universitário da Universidade Federal de Alagoas, os procedimentos cirúrgicos de individualização dos retalhos e seu posicionamento na região receptora foram semelhantes nos dez casos. É realizada a avaliação do músculo e a demarcação do retalho com o paciente em pé. Depois, com o paciente em DD, faz-se a indução anestésica e a preparação do campo a ser operado. Faz a abordagem do pedículo vásculo-nervoso por incisão na margem superior da elipse que delimita o RMLD, secciona o tendão de inserção do músculo e retira-se o retalho necessário à área receptora a ser reconstruída. RESULTADOS: A posição do paciente no intraoperatório foi o DD, inclusive durante a dissecação dos retalhos musculares, e a técnica utilizada não proporcionou desvantagens do ato cirúrgico. CONCLUSÃO: É possível realizar a dissecção e individualização do RMLD estando o paciente em DD.

Palavras-chave: Decúbito dorsal; Músculos superficiais do dorso; Retalhos cirúrgicos.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: The latissimus dorsi muscle is located on the lateral-posterior chest wall. The latissimus dorsi muscle flap (LDMF) has extensive applications due to its consistent anatomy, which contributes to its use in plastic surgery. This muscle can be dissected in the dorsal decubitus (DD) position; this removes the need for a change in patient position and enables microsurgical reconstruction to be performed. This study aimed to describe the technique used for the dissection and transfer of the LDMF in the DD position. METHODS: We evaluated 10 cases of LDMF formation performed in the University Hospital of the Federal University of Alagoas. The surgical procedures of individualization of the flaps and their positioning in the receiver region were similar in all ten cases. The evaluation of the muscle and the demarcation of the flap were performed with the patient in the standing position. Then, with the patient in the DD position, anesthetic induction was initiated and the operating field prepared. The neurovascular pedicle was formed by incising the top edge of the ellipse that delimits the LDMF, dissecting the insertion tendon of the muscle, and removing the flap necessary for the reconstruction of the receiver area. RESULTS: The patient was in the DD position during the intraoperative period, even during the dissection of muscle flaps, and the technique used had no surgical disadvantages. CONCLUSION: It is possible to perform the dissection and individualization of the LDMF with the patient in the DD position.

Keywords: Dorsal decubitus position; Superficial muscles of the back; Surgical flaps.

 

Mastoplastia pela técnica dos retalhos cruzados: reavaliação de técnica

Rinaldo Fischler; Aymar Sperli
Rev. Bras. Cir. Plást. 2008;23(3):173-178 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Introdução: A definição e a relação entre conteúdo e continente mamários são fundamentais para o tratamento das ptoses mamárias. A técnica dos retalhos cruzados descrita por Sperli, em 1972, para o tratamento das ptoses mamárias tem como objetivo restabelecer o equilíbrio entre conteúdo e continente mamários e fornecer cones mamários harmônicos. Método: Sessenta pacientes com idades variando entre 24 a 58 anos, com ptoses mamárias graus I, II e III sem hipertrofia ou com pequenas a médias hipertrofias, foram tratadas com a técnica dos retalhos cruzados. Quando houve necessidade de redução de volume foram aplicados os princípios da classificação de Bozola. Resultados: As complicações foram as mesmas observadas em outras técnicas de redução de volume e ptose mamárias. Conclusão: A técnica remodelou o conteúdo mamário, por meio de discreta redução da largura da base mamária, projeção do cone mamário e restauração do equilíbrio entre o conteúdo e o continente mamários. Os princípios de redução de volume de Bozola facilitaram e aprimoraram a aplicação da técnica.

Palavras-chave: Mama/cirurgia. Mamoplastia. Retalhos cirúrgicos.

 

ABSTRACT

Introduction: The definition and relation between content and continent are fundamental for the treatment of mammary ptosis. The crossed flaps technique described by Sperli, in 1972, for the treatment of mammary ptosis aims to reach the balance between content and continent and to provide harmonic mammary cone. Method: Sixty patients with ages between 24 to 58 years, with mammary ptosis varying from I, II and III grades, without hypertrophy, were treated by the crossed flaps technique. In case breast reduction was necessary, recommendations of Bozola according his classification for breast reduction were applied. Results: The complications were basically the same as noted in other techniques for breast reduction and mammary ptosis. Conclusion: The technique remolded the mammary content, projection of mammary cone and restored the balance between mammary content and continent. The Bozola's volume reduction principles simplified and improved the application of this technique.

Keywords: Breast/surgery. Mammaplasty. Surgical flaps.

 

Prevalência das técnicas de reconstrução nasal utilizadas nos últimos quatro anos em serviço de Cirurgia Plástica do Ceará

William de Almeida Machado; Salustiano Gomes de Pinho Pessoa
Rev. Bras. Cir. Plást. 2016;31(4):491-495 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: As lesões cutâneas nasais são de grande importância para o cirurgião plástico em virtude da dificuldade em se promover reconstruções estéticas e funcionais quando da ressecção das mesmas. Várias técnicas tem sido descritas para se corrigir um defeito nasal, sendo documentadas desde os primórdios da cirurgia plástica. MÉTODOS: Foi realizado um estudo clínico retrospectivo de uma série de casos consecutivos de cento e cinquenta e um pacientes submetidos a ressecção de lesões nasais no período de janeiro de 2010 a dezembro de 2014 em hospital publico de Fortaleza. Foram analisadas as variáveis sexo, idade, técnica cirúrgica. RESULTADO: Do total de prontuários analisados, a maioria dos pacientes era do sexo masculino correspondendo a 52,3%, com idade média de 63,2 anos. As principais formas de reconstrução foram a sutura primária (28,5%), retalho de rotação (22,5%), bilobado (14,6%), retalho de avanço (8,6%), nasogeniano(6%), médio frontal (4,7%) e enxerto (15,2%). CONCLUSÃO: Diante das inúmeras possibilidades de reconstrução nasal conclui-se que a escolha da técnica cirúrgica utilizada após as ressecções deve levar em consideração a localização e tamanho do defeito, contorno e anatomia nasal para um melhor resultado estético e funcional de cada paciente. Em nosso serviço predominou a reconstrução com síntese primária da lesão ocorrendo leve predomínio em pacientes do sexo masculino e idosos. Outras técnicas foram utilizadas priorizando-se o melhor resultado estético e funcional para cada paciente.

Palavras-chave: Rinoplastia; Retalhos cirúrgicos; Enxertos.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: Nasal skin lesions are significance in plastic surgery because of the difficult of aesthetic and functional reconstruction. Central position of the nose on the face, and its structure, rigid architecture, and low mobility are among the possible causes. Several techniques used to correct nasal defects have been documented since the origins of plastic surgery. We evaluated retrospectively and analyzed the main surgical techniques and their indications in cases of nasal reconstruction performed at the Plastic Surgery Service of Ceará over a period of 4 years. METHODS: This was a retrospective clinical study including 151 patients who underwent resection of nasal lesions from January 2010 to December 2014 at a public hospital in Fortaleza. Variables included were sex, age, and surgical technique. RESULTS: Most of patients were men with a mean age of 63.2 years, they accounted for 52.3% of the sample. The main reconstruction forms were primary suture (28.5%), rotational flap (22.5%), bilobate (14.6%), advancement flap (8.6%), nasogenian (6%), frontal (4.7%) and skin graft (15.2%). CONCLUSION: Because of the different nasal reconstruction possibilities, the surgical technique choice, after resections, should consider defect location and size, contour and nasal anatomy for a better aesthetic and functional result. At our service, reconstruction with primary lesion synthesis was predominant with a slight predominance among men and older patients. Other techniques were used given the preference for better aesthetic and functional result for each patient.

Keywords: Rhinoplasty; Surgical flaps; Grafts.

 

Escolha do vaso receptor em reconstrução de mama microcirúrgica

Maria Cecília Closs Ono; Anne Karoline Groth; Alfredo Benjamim Duarte da Silva; Ivan Maluf Junior
Rev. Bras. Cir. Plást. 2013;28(2):227-232 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: A transferência microvascular de tecido autógeno se tornou o padrão de referência para a reconstrução da mama. Como em qualquer reconstrução com tecido livre, a escolha do vaso receptor é fundamental para o planejamento adequado na reconstrução mamária. O objetivo do presente estudo é determinar quais dentre os vasos receptores disponíveis (a artéria mamária interna e seus vasos perfurantes ou os vasos circunflexos escapulares) são mais adequados para a reconstrução microvascular da mama. MÉTODO: Foi realizada análise retrospectiva de 117 pacientes consecutivas submetidas a reconstrução da mama microvascular, entre janeiro de 2005 e dezembro de 2007. Foi estabelecido um algoritmo que pode ser aplicado para a seleção do vaso receptor com base em alguns parâmetros, como dissecção axilar, tempo da reconstrução (imediata ou tardia) e presença de radioterapia pré-operatória. Foram avaliadas as complicações relacionadas ao retalho, a taxa de conversão e os resultados clínicos. RESULTADOS: A artéria mamária interna e seus vasos perfurantes e os vasos circunflexos escapulares são adequados para a reconstrução da mama, com taxas semelhantes de complicações e de viabilidade. Observou-se, também, maior risco de perda do retalho com o uso do retalho da artéria epigástrica inferior superficial em comparação ao retalho da artéria epigástrica inferior profunda ou retalho musculocutâneo abdominal transverso de músculo reto do abdome com preservação do músculo. CONCLUSÕES: A reconstrução mamária microcirúrgica é um método seguro e confiável, com alta viabilidade do retalho e baixas taxas de complicação.

Palavras-chave: Mama. Microcirurgia. Retalhos cirúrgicos.

 

ABSTRACT

BACKGROUND: Microvascular transfer of autogenous tissue have become the gold standard for breast reconstruction. As in any free tissue reconstruction, recipient vessel choice is fundamental for adequate planning in breast reconstruction. The purpose of the present study is to determine which of the available recipient vessels (the internal mammary artery and its perforators vessels or circumflex scapular vessels) are adequate for microvascular breast reconstruction. METHODS : A retrospective analysis of 117 consecutive patients who underwent microvascular breast reconstruction between January 2005 and December 2007 was performed. An algorithm that could be applied to the selection of the recipient vessel based in the axillary node dissection, immediate or late reconstruction, preoperative radiotherapy was established. Flap related complications, conversion rate and clinical outcomes were analised. RESULTS: The internal mammary perforator, the internal mammary and the circumflex scapular are adequate recipient vessels for breast reconstruction, with similar rates of complications and viability. We also observed a lower flap viability rate when using superficial inferior epigastric artery flap comparing to deep inferior epigastric artery perfurator and transverse rectus abdominis musculocutaneous with muscle preservation flaps. CONCLUSIONS: Microsurgical breast reconstruction is a safe and reliable method, with high flap viability and low complications.

Keywords: Breast. Microsurgery. Surgical flaps.

 

Transplantes microcirúrgicos: experiência de 5 anos do Serviço de Cirurgia Plástica da Universidade Federal da Bahia

Marcelo Sacramento Cunha; André Leal Gonçalves Torres; Jorge Cabral dos Anjos Neto; Lívia Leal Monteiro; José Válber Meneses
Rev. Bras. Cir. Plást. 2008;23(4):305-309 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Introdução: A microcirurgia reconstrutiva tem sido aplicada à cirurgia plástica desde a década de 70, com várias possibilidades de reconstruções. Objetivo: Relatar a experiência inicial de um serviço de cirurgia plástica ao implantar um grupo de microcirurgia, analisando as complicações e resultados da casuística. Método: Foram realizados 48 transplantes microcirúrgicos (reconstruções de cabeça e pescoço, mama e membros inferiores). As complicações foram divididas em imediatas (intra-operatórias), recentes (até 21 dias) e tardias (após 21 dias). Foram analisadas as complicações relacionadas às reconstruções: menores (perda parcial do retalho e/ou satisfação parcial do plano pré-operatório) e maiores (perda total do retalho e/ou não satisfação do plano pré-operatório). Em relação às áreas doadoras, foram divididas em menores (com necessidade de reintervenção cirúrgica) e maiores (deformidade não satisfatória ao cirurgião ou não aceitável ao paciente). Os resultados foram classificados como bons, satisfatórios ou maus resultados. Resultados: Quarenta e três retalhos sobreviveram (89,58% de sucesso) e em 5 houve perda total. Os resultados da reconstrução foram classificados em bons (72,91%), satisfatórios (16,67%) e ruins (10,42%). Os resultados das áreas doadoras foram classificados em bons (87,5%), satisfatórios (12,5%) e ruim (0%). Conclusão: As taxas de complicações e resultados da casuística sedimentaram a microcirurgia como opção cirúrgica no Serviço em estudo.

Palavras-chave: Microcirurgia. Retalhos cirúrgicos. Cirurgia plástica.

 

ABSTRACT

Introduction: Microsurgery has been successfully applied to plastic surgery in the last three decades. Objective: The experience of the microsurgical group of Federal University of Bahia is reported and the results and complications are analyzed. Methods: Forty-eight microsurgical procedures (head and neck, breast and inferior limb reconstructions) were done. The complications were divided into immediate (operative period), recent (until 21 days) and delayed (after 21 days). Complications related to reconstruction itself were divided into minor (partial necrosis or partial satisfaction) or major (total necrosis or no satisfaction). Complications related to donor sites were divided into minor (surgical repair) or major (deformity not acceptable). Results were divided into good, acceptable and bad. Results: The results related to reconstruction were classified into good (72.91%), acceptable (16.67%) and bad (10.42%). The results related to donor site were classified into good (87.5%) and acceptable (12.5%) and no bad result. Conclusion: Good and acceptable results are important to credibility and sedimentation of microsurgery procedures.

Keywords: Microsurgery. Surgical flaps. Plastic surgery.

 

Utilização do retalho miocutâneo de grande dorsal, com extensão adiposa, nas reconstruções mamárias: uma opção para preenchimento do polo superior

João Medeiros Tavares-Filho; Diogo Franco; Laércio Moreto; Carlos Porchat; Talita Franco
Rev. Bras. Cir. Plást. 2015;30(3):423-428 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: As sequelas de mastectomia se apresentam de formas variadas exigindo, do cirurgião, experiência e criatividade para obter o melhor resultado na reconstrução de uma nova mama. Dentre as dificuldades para que este objetivo seja alcançado, está o desafio de um melhor preenchimento do polo superior da mama. O objetivo deste trabalho é apresentar uma opção terapêutica alternativa para correção do polo superior dentre as técnicas já existentes com este propósito. MÉTODO: A técnica cirúrgica utilizou o retalho de músculo grande dorsal com extensão gordurosa para preenchimento do polo superior da neomama durante sua reconstrução. A técnica descrita foi utilizada em 8 pacientes durante a reconstrução mamária tardia, com idades variando entre 39 e 70 anos. O tamanho desta extensão gordurosa variou entre 4,0 × 10,0 e 7,0 × 13,0 cm. O componente gorduroso do retalho foi avaliado após 3 meses através de ressonância magnética. RESULTADOS: Foram usados implantes mamários que variavam entre 270 e 435 ml. O acompanhamento pós operatório variou entre 3 meses a 1 ano. Ocorreram 2 casos de epidermólise (28%) na junção do retalho cutâneo com a área receptora. Não houve perda ou sofrimento do retalho. Os resultados demonstram clinicamente ou visualmente que a correção da depressão do polo superior da neomama foi alcançada adequadamente, bem como a viabilidade do retalho gorduroso, observada nos exames de imagem (ressonância magnética). CONCLUSÃO: A técnica proposta é uma alternativa adequada para o tratamento da maioria dos casos de reconstrução mamária em que se busca o preenchimento da depressão existente no polo superior da mama.

Palavras-chave: Reconstrução da mama; Retalho miocutâneo; Mastectomia; Músculos superficiais do dorso.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: The sequelae of mastectomy presents in numerous ways, requiring the experience and creativity of the surgeon to achieve the best result in the reconstruction of a new breast. One of the difficulties in achieving this objective is the challenge of adequately filling the upper pole of the breast. The objective of this work was to present an alternative therapeutic option for correction of the upper pole of the neobreast. METHODS: In our surgical technique, a latissimus dorsi muscle flap with fat extension is used for filling the upper pole of the neobreast during its reconstruction. The described technique was used in 8 patients during late breast reconstruction. The patients' ages ranged from 39 and 70 years. The size of the fat extension ranged from 4.0 × 10.0 cm to 7.0 × 13.0 cm. The fat component of the flap was evaluated after 3 months by using magnetic resonance imaging (MRI). RESULTS: Breast implants that varied in volume between 270 and 435 mL were used. The follow-up period after surgery ranged from 3 months to 1 year. Two patients had epidermolysis (28%) at the junction of the cutaneous flap and the receiver area. No graft loss or other complications occurred. Our results demonstrate clinically or visually that correction of the depression in the upper pole of the neobreast was satisfactorily achieved. The viability of the fat flap, as observed on MRI, was adequate. CONCLUSION: The proposed technique is a suitable alternative method for filling the depression in the upper pole of the neobreast in most cases of breast reconstruction.

Keywords: Breast reconstruction; Myocutaneous flap; Mastectomy; Superficial muscles of the back.

 

Retalho fasciocutâneo de serrátil anterior para fechamento de pleurostomia

CARLO MOGNON MATTIELLO; CAIO PUNDEK GARCIA; LEANDRO RAFAEL SANTIAGO CEPEDA; JULIA MOGNON MATTIELLO; PAULO ROBERTO DA SILVA MENDES; JORGE BINS ELY
Rev. Bras. Cir. Plást. 2019;34(Suppl.1):43-44 - 35ª Jornada Sul Brasileira de Cirurgia Plástica

PDF Português

RESUMO

Introdução: As pleurostomias são uma forma de tratamento para empiemas pleurais. Clagett e Geraci consagraram a técnica de toracoplastia. Cabe ao cirurgião plástico realizar a reconstrução. Diversas técnicas estão descritas na literatura para tal, entre elas retalhos musculocutâneos.
Método: relato de caso descrevendo a evolução de um retalho fasciocutâneo de músculo serrátil anterior para cobertura de sequela de pleurostomia.
Resultados: Foi obtido bom resultado com uso do retalho fasciocutâneo, com menor morbidade em relação a outros retalhos. Discussão: Empiemas muitas vezes ocorrem em pacientes jovens. Entre as opções mais descritas na literatura, está o fechamento com retalhos musculocutâneos, entre eles: os do músculo latíssimo do dorso, peitoral maior e reto abdominal. Realizar tratamentos com grandes retalhos musculares nesses pacientes pode causar prejuízos funcionais que os impedem de trabalhar (efeito psicossocial).
Conclusão: Acreditamos ser coerente o uso de estratégias mais simples quando possível, reservando técnicas mais complexas em caso de falência das anteriores.

Palavras-chave: Retalhos cirúrgicos; Empiema pleural

 

ABSTRACT

Introduction: Pleurostomies are a form of treatment for pleural empyemas. Clagett & Geraci set up the technique of thoracoplasty. It is up to the plastic surgeon to perform the reconstruction. Several techniques are described in the literature, among them are musculocutaneous flaps.
Method: case report describing the evolution of a fasciocutaneous flap of anterior serratus muscle to cover pleurostomy sequelae.
Results: A good result was obtained using the fasciocutaneous flap, with lower morbidity compared to other flaps. Discussion: Empyemas often occur in young patients. Among the options most described in the literature is the closure with musculocutaneous flaps, among them: the muscles of the lastissimus dorsi, pectoralis major and rectus abdominis. Performing treatments with large muscle flaps in these patients can cause functional impairments that prevent them from working (psychosocial effect).
Conclusions: We believe to be coherent the use of simpler strategies when possible, reserving more complex techniques in case of failure.

Keywords: Surgical flaps; Pleural empyema

 

Decúbito dorsal: segurança do paciente aliada à sobrevida das unidades foliculares no transplante capilar

Fernando Teixeira Basto Júnior
Rev. Bras. Cir. Plást. 2008;23(4):332-336 - Ideias e Inovações

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

O sucesso no tratamento da cirurgia da calvície baseia-se no conhecimento da sua etiologia, na avaliação da previsibilidade da área doadora, sua capacidade em recobrir a área glabra do couro cabeludo e na habilidade do cirurgião. Diversas técnicas têm sido propostas e estudadas e todas as modalidades têm grande aplicabilidade. A preferência do autor é pela remoção da área doadora com o paciente em posição de decúbito dorsal e, por isso, propõe apontar as principais vantagens e desvantagens desta tática cirúrgica, levantando discussão sobre a sua utilidade.

Palavras-chave: Decúbito dorsal. Folículo piloso/transplante. Couro cabeludo/cirurgia.

 

ABSTRACT

The success in baldness surgery is based in knowledge of etiology, in avaliation of donor area, the capacity to recover the glabra area of hair and the surgeon's ability. Several techniques have been studies and all the modalities have big applicability. The preference of the author is to remove the donor area in dorsal decubit and the purpose of this study is show the advantage and disadvantage of this surgical technique.

Keywords: Supine position. Hair follicle/transplantation. Scalp/surgery.

 

Reconstrução torácica com retalhos do músculo reto abdominal e grande dorsal: relato de casos

Salustiano Gomes de Pinho Pessoa; Vitor de Vasconcellos Muniz; Artur de Vasconcellos Muniz; Paulo Roberto Araújo Barreto; Rafael Jorge Alves de Alcântara; Juliana Régia Furtado Matos
Rev. Bras. Cir. Plást. 2016;31(1):129-132 - Relato de Caso

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: A reconstrução da parede torácica ainda permanece como um dos grandes desafios da cirurgia plástica reparadora. O presente estudo tem como objetivo apresentar o relato de pacientes submetidos à reconstrução de parede torácica com a utilização de retalhos miocutâneos, após ressecções de parede por tumores/osteomielite. MÉTODOS: Foram incluídos quatro pacientes, três deles portadores de osteomielite e o último apresentando-se com sarcoma, todas as afecções acometendo a parede torácica. Foram submetidos à ressecção de parede e reconstrução com retalhos miocutâneos do grande dorsal (dois casos) e reto abdominal (dois casos). RESULTADOS: Os retalhos utilizados foram suficientes para cobertura cutâneo-muscular e mantiveram boa vitalidade. Em apenas um caso, houve sofrimento parcial do retalho. Não houve recidiva precoce da doença. A estabilidade da caixa torácica foi preservada. CONCLUSÕES: A utilização dos retalhos citados no reparo dos defeitos torácicos mostrou-se satisfatória na intenção de prover revestimento cutâneo e músculo bem vascularizado, este fundamental no combate aos quadros infecciosos locais.

Palavras-chave: Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos; Retalhos cirúrgicos; Parede torácica/cirurgia; Osteomielite; Sarcoma; Reto do abdome; Músculos superficiais do dorso.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: Chest wall reconstruction remains one of the great plastic surgery repair challenges. The present work aims to report on cases of chest wall reconstruction using myocutaneous flaps after wall resection due to tumor/osteomyelitis. METHODS: Four patients were included, among which three presented with osteomyelitis and the other presented with sarcoma; both of these conditions affected the chest wall. Each patient underwent wall resection and reconstruction using myocutaneous flaps from the latissimus dorsi (two cases) and abdominal rectus (two cases). RESULTS: The flaps used were sufficient for skin-muscle covering and maintained good vitality. Partial flap injury occurred in one case. Chest cavity stability was preserved. CONCLUSIONS: The use of the above flaps to repair chest defects was satisfactory with the aim of covering the skin and providing well-vascularized muscles, the latter of which was fundamental to preventing local infection.

Keywords: Reconstructive surgical procedures; Surgical flaps; Chest wall/surgery; Osteomyelitis; Sarcoma; Abdominal rectus; Superficial dorsal muscles.

 

Reconstrução da pálpebra superior com retalho médio-frontal em tempo único associado a tarsorrafia lateral permanente

Ana Paula Passini, Rodrigo Oliveira Agacy, Luiz Alexandre Lorico Tissiani, Aulus de Mendonça Albano
Rev. Bras. Cir. Plást. 2009;24(2):252-255 - Relatos de Caso

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Introdução: A reconstrução palpebral tem como objetivos a proteção ocular, restauração da integridade palpebral, simetria facial e retorno à função normal da pálpebra. Retalhos da região frontal têm sido utilizados com este intuito, devido à versatilidade, relativa simplicidade técnica, além de oferecer um bom aspecto funcional e estético. Objetivo: Relatar o caso de um paciente que foi submetido a reconstrução de pálpebra superior com retalho médio-frontal em tempo único, tunelizado na região glabelar, associado a tarsorrafia lateral permanente visando à proteção corneana. Relato do caso: Paciente do sexo masculino, com história de trauma contuso sobre placa de acrílico colocada após trauma de face prévio na região fronto-orbital esquerda, evoluiu com processo inflamatório-infeccioso crônico e retração palpebral. Apresentava lagoftalmo cicatricial com exposição corneana prolongada, devido à perda funcional da pálpebra superior por destruição dos músculos orbicular e levantador da pálpebra superior, lesão da artéria temporal superficial ipsilateral, ausência de proteção óssea frontal e do teto da órbita esquerda. Foi submetido a reconstrução da pálpebra superior esquerda com retalho médio-frontal contralateral, em tempo único, tunelizado na região glabelar, associado s tarsorrafia lateral permanente. Evoluiu com resultado satisfatório no pós-operatório. Discussão: O pedículo dominante do retalho médio-frontal é a artéria supratroclear e veia concomitante, possuindo, em geral, uma origem constante. A tarsorrafia é um procedimento muito utilizado no tratamento de desordens da superfície ocular causadas pela exposição crônica. Conclusão: Concluímos que esta técnica cirúrgica foi adequada no tratamento deste paciente, já que teve como resultado a proteção corneana.

Palavras-chave: Pálpebras/cirurgia. Retalhos cirúrgicos. Oftalmopatias.

 

ABSTRACT

Background: The main goals in eyelid reconstruction are eye protection, reestablishment of eyelid integrity, facial symmetry and normal eyelid function. Frontal flaps have been used for this purpose due to their versatility, simplicity and because they offer a good aesthetic and functional outcome. Objective: To report a case of a patient who was submitted to reconstruction of the left upper eyelid with one stage forehead flap, tunelled in the glabellar region associated to a permanent lateral tarsorrhaphy aiming corneal protection. Case report: Male patient with blunt trauma to an acrylic plate, situated at the left fronto-orbital region after a previous surgery to treat a complex facial trauma. He's evolved with cronic inflammation and infecctious process which have resulted in severe eyelid retraction. Patient presented with cicatriccial lagophtalmus and prolonged corneal exposure, as a consequence of orbicularis oculi and eyelid levator muscles destruction; left superficial temporal artery injury and lack of protective frontal bone and roof of the left orbit. He was submitted to the left upper eyelid reconstruction with a right, one stage forehead flap, tunelled in the glabellar region associated to a permanent lateral tarsorrhaphy. Evolved with satisfactory result in an early postoperative period. Discussion: The dominant pedicle of the forehead flap is the supratroclear artery and vein, generally having a constant location. Tarsorrhaphy is a very usual procedure for the treatment of superficial ocular disorders caused by cronic corneal exposure. Conclusion: The emploied technique was suitable for the treatment of this pacient, as it has achieved corneal protection with a one stage procedure.

Keywords: Eyelids/surgery. Surgical flaps. Eye diseases.

 

Avaliação da migração vertical da cicatriz pós-abdominoplastia clássica com fixação do retalho abdominal inferior

Paul Kaufmann; Luís Gustavo Moraes Prado; Vinícius Volpe D'Angieri Basile; Francesco Mazzarone; Ivo Pitanguy
Rev. Bras. Cir. Plást. 2011;26(3):502-506 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Introdução: Na cirurgia plástica, uma constante preocupação é a cicatriz pós-operatória. É muito importante para o cirurgião conhecer a evolução natural da cicatriz. A cicatriz de abdominoplastia tem a tendência natural de subir com o passar do tempo. Neste estudo, calculou-se a migração vertical natural da cicatriz pós-abdominoplastia, avaliando o efeito da fixação do retalho abdominal inferior na prevenção dessa ascensão. Métodos: Estudo prospectivo e randomizado, realizado na 38ª Enfermaria da Santa Casa de Misericórdia do Rio de Janeiro durante o ano de 2010, incluindo 20 pacientes do sexo feminino com indicação de abdominoplastia, divididas em dois grupos, A e B, aleatoriamente. Nas pacientes do grupo A, foi realizada abdominoplastia clássica, segundo técnica preconizada pelo Prof. Ivo Pitanguy, e no grupo B foi incluída a fixação do retalho abdominal inferior por meio de sutura interessando a fáscia de Scarpa e a aponeurose do músculo reto abdominal. Duas semanas e seis meses após a cirurgia, foi medida a distância vertical em 16 pacientes, após aplicação dos critérios de exclusão, calculando-se a média de migração vertical e a diferença média entre os dois grupos. Resultados: A diferença média de migração vertical ao longo de toda a cicatriz foi de 0,4 cm, sendo a média geral de migração nos grupo A (controle) e B (casos com fixação) de 1,06 cm e 0,68 cm, respectivamente. Conclusões: A cicatriz pós-abdominoplastia sofre migração vertical ao longo do tempo, sendo menor quando o retalho inferior é fixado. O cirurgião deve estar ciente da migração sofrida pela cicatriz para melhor planejamento da posição de sua incisão.

Palavras-chave: Abdome/cirurgia. Cicatriz. Retalhos cirúrgicos.

 

ABSTRACT

Background: In plastic surgery, the postoperative scar is a frequent concern. It is very important for the surgeon to understand the natural evolution of the scar. The abdominoplasty scar has a natural tendency to move upwards over time. In this study, the extent of natural vertical scar migration after abdominoplasty was calculated and the effect of fixing the lower abdominal flap to prevent this rise was assessed. Methods: This prospective and randomized study was conducted at the 38th Nursing service of Santa Casa de Misericórdia do Rio de Janeiro, during 2010, and included 20 female patients with an indication for abdominoplasty. The patients were randomly divided into two groups, A and B. Classical abdominoplasty was performed in group A patients, according to the technique recommended by Prof. Ivo Pitanguy. Patients in group B also underwent lower abdominal flap fixation by suturing of Scarpa's fascia and the rectus abdominis muscle aponeurosis. At both two weeks and six months after surgery, the distance of vertical scar movement was measured in 16 patients after application of exclusion criteria. The average vertical migration and the mean difference between the groups were calculated. Results: The average difference between the groups in vertical migration throughout the scar was 0.4 cm, with a mean overall migration of 1.06 cm and 0.68 cm in groups A (control group) and B (cases with fixation), respectively. Conclusions: The scar formed after abdominoplasty undergoes vertical migration over time; this migration is decreased when the lower abdominal flap is fixed. The surgeon should be aware of scar migration for better planning of the incision location.

Keywords: Abdomen/surgery. Cicatrix. Surgical flaps.

 

Retalho de omento: uma alternativa em cirurgia reparadora da parede torácica

Francisco Marcelo de Oliveira Tavares; Cristina Maria Gomes Gil de Menezes; Marcus Vinícius Alfano Moscozo; Gustavo Robson Santos Xavier; Gustavo Medeiros de Oliveira; Marcos Antônio Paiva Amorim Júnior; Wilson Nunes da Gama
Rev. Bras. Cir. Plást. 2011;26(2):360-365 - Relatos de Caso

PDF Português

RESUMO

Introdução: Diversas doenças podem acometer a parede torácica e sua evolução, eventualmente, pode levar a sequelas seriamente deformantes. Dentre as mais comuns citamos tumores de partes moles e ósseos, metástases, infecções como as mediastinites e fasceítes necrotizantes. Diversas formas de reconstrução da parede torácica podem ser empregadas para a reparação de defeitos após ressecções ou desbridamentos, dentre as quais a reconstrução com retalho de omento e enxerto cutâneo. Apesar de pouco empregada e descrita na literatura, esta tem se mostrado uma boa opção em função de sua fácil execução, rapidez e praticidade, podendo cobrir grandes áreas de parede torácica onde não seria possível a obtenção de retalhos de tamanho satisfatório. Relato do Caso: Este trabalho tem como objetivo fazer uma revisão da literatura a respeito do retalho omental, discorrendo sobre suas indicações, vantagens e desvantagens e relatar a evolução de dois pacientes operados em nosso serviço, submetidos à correção de defeito em parede torácica após a ressecção de tumores filoides de mama localmente avançados utilizando o retalho de omento. Conclusão: A reconstrução com retalho omental e enxerto para a reparação de defeitos após ressecção de tumores, quando bem indicada, mostra-se uma maneira eficaz de reparo da parede torácica, com pobre resultado estético, porém com bom resultado funcional, cumprindo o papel ao qual se propõe.

Palavras-chave: Omento. Retalhos Cirúrgicos. Parede Torácica.

 

ABSTRACT

Introduction: There are several diseases that can be achieve the chest wall including wall tumor and infections; some of those may lead to the need for reconstruction of its integrity. Among the options of chest wall reconstruction, the omentum flap with skin graft is a valuable choice, especially when other fasciocutaneus or miocutaneus flaps are not available. There are several diseases that can achieve the chest wall, including wall tumors and infections; some of those may lead to the need for reconstruction of its integrity. Among the options of chest wall reconstruction, the omentum flap with skin graft is a valuable choice, especially when other fasciocutaneus, or miocutaneus flaps are not available. Case Report: This article presents two case reports in which the omentum flap with skin graft has been used for reconstruction of the chest wall after massive resections. Conclusion: It is shown that the omentum flap is an easy and effective surgical option for restore the chest wall's cover, despite its poor aesthetical results.

Keywords: Omentum. Surgical Flaps. Thoracic Wall.

 

Opções para reconstrução de ponta nasal após mordida de pit-bull: relato de caso

CELTO PEDRO DALLA VECCHIA; CARLO MOGNON MATTIELLO; CAIO PUNDEK GARCIA; LEANDRO RAFAEL SANTIAGO CEPEDA; GUILHERME LUIZ PACHER SCHMITZ; JORGE BINS ELY
Rev. Bras. Cir. Plást. 2019;34(Suppl.1):79-81 - 35ª Jornada Sul Brasileira de Cirurgia Plástica

PDF Português

RESUMO

Introdução: Entre inúmeras opções de reconstrução nasal estão o retalho de Rintala e o Retalho Médio-frontal, ambos com excelentes resultados estéticos. Objetivo: Relatar o manejo de um caso de reconstrução de ponta nasal após mordida de cachorro.
Método: O caso em questão foi abordado com a realização de retalho de Rintala e, no seu insucesso, com a opção do retalho médio-frontal.
Resultados: O retalho de Rintala, por ser um retalho randomizado, em paciente tabagista e com abordagem incorreta, não apresentou o resultado esperado. Por sua vez, o retalho médio-frontal se manteve como opção de resgate para o caso de necrose e cobertura de um defeito ainda maior.
Conclusão: É fundamental sempre se ter em mente a anatomia da região frontal e preservação das artérias supratrocleares e supraorbitais mesmo quando da utilização de outros retalhos, para que não se perca a opção do retalho médio frontal, mesmo que como resgate.

Palavras-chave: Reconstrução; Nariz; Retalhos cirúrgicos

 

ABSTRACT

Introduction: Among the many options for nasal reconstruction are the Rintala flap and the Middle-front Retail, both with excellent aesthetic results.
Objective: To report the management of a case of nasal tip reconstruction after a dog bite.
Method: The case in question was approached with the realization of Rintala flap and, due to its failure, with the option of the mid-frontal flap.
Results: The Rintala flap, because it was a randomized flap in a smoker patient and was done with an incorrect approach, did not present the expected result. In turn, the middle-forehead flap remained as a salvage option for the case of necrosis and coverage of an even greater defect.
Conclusions: It is fundamental to always keep in mind the anatomy of the frontal region and preservation of the supratrochlear and supraorbital arteries even when using other flaps, so that the option of the forehead flap is not lost, even if as a rescue.

Keywords: Reconstruction; Nose; Surgical flaps

 

Retalho cervicofacial composto: uma alternativa para reconstrução facial

Natália Biancha Rendón; Pedro Henrique Ongaratto Barazzetti; Caio Pundek Garcia; Arthur Koerich D'avila; Zulmar Antonio Accioli de Vasconcellos; Jorge Bins Ely
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(Suppl.1):104-116 - Face I

PDF Português

RESUMO

O câncer de pele é a neoplasia maligna mais comum, e a subclassificação não melanoma representa uma grande porcentagem dessa ocorrência. Frequentemente, as lesões acometem áreas do corpo diariamente expostas à radiação solar, sendo esse um dos principais fatores de risco para desenvolvimento tumoral. As áreas atingidas geralmente são profundas e extensas, o que exige do cirurgião plástico uma excelente técnica para reparos com esse grau de dificuldade. A face conta com uma complexa e densa rede vascular e nervosa, registrando inúmeras variações anatômicas, sendo que a secção de um feixe calibroso, por exemplo, do nervo facial, compromete a movimentação de toda uma hemiface e, consequentemente, compromete o resultado funcional e estético da cirurgia. Neste caso, apresentamos uma paciente com múltiplas tumorações em região da face, com biópsias prévias, resultando em CBC infiltrativo, com necessidade de ressecção e retalho para reconstrução do terço médio da face direita, associado a dorso e asa nasal esquerda. A escolha pelo retalho miocutâneo de avanço de face ou facelift baseou-se em uma maior segurança para redução de casos de isquemia e também por apresentar melhores resultados estéticos em comparação ao retalho cutâneo. A presença do SMAS intensifica o aporte sanguíneo ao retalho, decrescendo as taxas de complicação por eventos isquêmicos no retalho. Assim, com boa indicação, o retalho miocutâneo para reconstrução facial potencializa os resultados estéticos e funcionais finais da face do paciente, embora exija melhor técnica e maior conhecimento anatômico da região a ser tratada.

Palavras-chave: Retalhos cirúrgicos; Face; Reabilitação.

 

Utilização do retalho microcirúrgico do músculo grande dorsal para a reconstrução da mão torta congênita

Cristiano Duncan Aita; Rolando Mendoza Romero; José Henrique Floriani; Pedro Salomão Piccinini; Milton Paulo de Oliveira; Marcos Ricardo Oliveira Jaeger
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(Suppl.1):156-158 - Membro Superior e Inferior

PDF Português

RESUMO

A reconstrução do segmento distal do antebraço, sobretudo a região do punho, pode representar um grande desafio. A Mão Torta Radial (MTR) é uma deficiência longitudinal congênita do rádio que varia desde uma hipoplasia até a ausência completa deste osso longo, com consequente desvio da posição normal dos ossos do carpo, o que confere ao indivíduo uma posição antifuncional e prejuízo na aquisição da pinça digital. A reparação do defeito ortopédico impõe a exposição dos ossos do punho, tendões e eixo vascular. O presente relato demonstra a utilização do retalho microcirúrgico do músculo grande dorsal para a cobertura das estruturas profundas da região do punho na criança.

Palavras-chave: Retalhos cirúrgicos; Reabilitação; Microcirurgia.

 

Versatilidade do tarsal strip para correção de diferentes tipos de ectrópio

NATALIA BIANCHA RENDON; CAIO PUNDEK GARCIA; CARLO MOGNON MATTIELLO; JULIAN ANDRES ZUÑIGA RESTREPO; LUIS GUSTAVO FERREIRA DA SILVA; JORGE BINS ELY
Rev. Bras. Cir. Plást. 2019;34(Suppl.1):165-168 - 35ª Jornada Sul Brasileira de Cirurgia Plástica

PDF Português

RESUMO

Introdução: O ectrópio é o mal posicionamento da pálpebra caracterizado pela eversão da ciliar e a exposição da conjuntiva e da córnea. No caso do ectrópio inferior, reconstrução pode ser realizada por meio de uma variedade de técnicas já padronizadas como a amplamente utilizada técnica de tarsal strip.
Método: Revisão de três casos de ectrópio de diferentes causas corrigidos com a técnica de tarsal strip.
Resultados: É um procedimento eficaz, que encurta a pálpebra inferior, resultando em cicatriz discreta e de execução relativamente fácil.
Conclusão: Embora essa técnica apresente resultados satisfatórios, a escolha da técnica para correção do ectrópio deve levar em conta a extensão da eversão, condições locais e gerais do paciente.

Palavras-chave: Blefaroplastia; Ectrópio; Retalhos cirúrgicos

 

ABSTRACT

Introduction: The ectropion is the eyelid malposition characterized by eversion of ciliary margin and exposure of conjunctiva and cornea. In case of lower ectropion, reconstruction can be fulfilled by a variety of already standardized techniques such as the widely used tarsal strip.
Method: Review of three cases of ectropion of different causes corrected with the tarsal strip technique.
Results: This procedure is effective, shortening the lower eyelid and resulting in a discreet scar and relatively easy execution.
Conclusions: Although this technique presents satisfactory results, the choice of technique should consider the extent of the eversion, local and general conditions of the patient.

Keywords: Blepharoplasty; Ectropion; Surgical flaps

 

Reconstrução torácica em paciente com Síndrome de Moebius

Gabriela Diesel Silveira; Mariana Angelica Berardi Cioffi; Miguel Enrique Rivera Gomez; Geraldo Machado Filho; Milton Paulo de Oliveira; Marcos Ricardo de Oliveira Jaeger
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(Suppl.1):164-166 - Tronco I

PDF Português

RESUMO

A síndrome de Moebius é uma doença rara que em alguns casos está associada à malformação da parede torácica, ocasionando complicações respiratórias secundárias à assimetria torácica, tais como respiração paradoxal e restrição ventilatória. Os retalhos mais comumente utilizados são os musculares e musculocutâneos de grande dorsal, peitoral maior, serrátil anterior, reto abdominal e oblíquo externo; assim como retalhos microcirúrgicos. Os retalhos musculares, como o grande dorsal, trazem tecido bem vascularizado para a área reconstruída. O retalho grande dorsal é versátil e confiável para as reconstruções torácicas devido a sua vascularização e capacidade de reconstrução em defeitos situados na parede torácica anterior e lateral. O objetivo deste trabalho é relatar a técnica cirúrgica utilizada para reconstrução torácica com alinhamento de arcos costais em um paciente com síndrome de Moebius.

Palavras-chave: Reabilitação; Retalhos cirúrgicos; Toracoplastia.

 

Tratamento dos defeitos ósseos mandibulares por meio do retalho microcirúrgico de fíbula obtido pela abordagem lateral na perna

MARCELO LOPES DIAS KOLLING; AMR ARIKAT; JEFFERSON LUIS BRAGA DA SILVA; MARCOS RICARDO DE OLIVEIRA JAEGER; PAULO EDUARDO MACEDO CARUSO; ROLANDO MENDONZA ROMERO
Rev. Bras. Cir. Plást. 2019;34(Suppl.1):199-201 - 35ª Jornada Sul Brasileira de Cirurgia Plástica

PDF Português

RESUMO

Introdução: Aos defeitos de preenchimento ósseo da região mandibular são de difícil reparação. A reconstrução óssea por meio de retalho microcirúrgico da fíbula permite o transplante de tecido ósseo vascularizado que posteriormente pode incorporar os implantes osseointegrados. A fíbula na região da perna pode ser abordada de diversas maneiras, o que permite inclusive a confecção de múltiplas osteotomias que a adaptam ao defeito na face e até mesmo um transplante microcirúrgico composto de ilha de pele e de tecido ósseo. O objetivo do presente trabalho é demonstrar a técnica de abordagem lateral da fíbula para reconstrução dos defeitos ósseos da mandíbula, que permite maior visibilidade do campo operatório e adaptação do molde produzida por meio da impressão tridimensional. A abordagem lateral confere uma alternativa de visualização facial do pedicuro vascular na zona doadora do retalho microcirúrgico.

Palavras-chave: Retalhos cirúrgicos; Reconstrução mandibular

 

ABSTRACT

Introduction: Mandibular reconstruction can be carried out through a number of different methods. For defects below 6 cm, a simple bone graft obtained either from iliac crest or the fibular bone can be utilized. For bigger defects, however, the microsurgical fibular flap is the best choice presently. The aim of this study is to detail the technique of mandibular reconstruction using the customized fibular microsurgical flap. We utilized the lateral approach to the fibular harvest. Mandibular reconstruction through the lateral access is a viable alternative with easy access to the vascular pedicle on the donor region.

Keywords: Surgical flaps; Mandibular reconstruction

 

Patrocinadores

Indexadores

Licença Creative Commons Todos os artigos científicos publicados em http://www.rbcp.org.br estão licenciados sob uma Licença Creative Commons