ISSN Online: 2177-1235 | ISSN Impresso: 1983-5175

Mostrando de 1 até 20 de 66 resultado(s)

Busca por : Ritidoplastia; FaceCirurgia; Hematoma

Redução frontal em pacientes submetidos à incisão pré-capilar: 10 anos de experiência

José Nava Rodrigues Neto; Daniel Augusto dos Santos Soares; Diogo Borges Pedroso; Bruno Peixoto Esteves; Ismar Ribeiro Junior; Luciano Gomes Moura; Leonardo Martins Costa Daher; José Carlos Daher
Rev. Bras. Cir. Plást. 2016;31(4):446-452 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: A testa longa confere uma aparência menos harmônica, desproporcional e caracteriza o envelhecimento. Procedimentos cirúrgicos para redução frontal com incisão pré-capilar apresentam indicações criteriosas e proporcionam a restauração harmônica da região frontal. O estudo avalia os resultados obtidos em pacientes submetidos à redução frontal por incisão pré-capilar no serviço de cirurgia plástica do Hospital Daher nos últimos dez anos. MÉTODOS: Trata-se de um estudo observacional longitudinal retrospectivo. A técnica cirúrgica consiste em uma dissecção cuidadosa até o rebordo supraorbital bilateral. O couro cabeludo é dissecado até a região parietoccipital de forma a avançar com facilidade o retalho. Procede-se à hemostasia vigorosa e ressecção do retalho excedente. Por fim, realiza-se a síntese por planos. RESULTADOS: A faixa etária das pacientes variou de 48 a 76 anos, com média de 58 anos. O tempo médio operatório foi de 3 horas e 38 minutos. Não foram observadas complicações como hematoma, necrose do retalho, lesão do nervo supratroclear, alopécia, infecções, trombose venosa profunda, embolia pulmonar e/ou deiscências. Quatro pacientes (7%) apresentaram seroma, os quais foram todos drenados. A simetrização das sobrancelhas e a posição das cicatrizes foram consideradas satisfatórias tanto pela avaliação feita pelos pacientes quanto pela avaliação técnica. CONCLUSÃO: Os resultados estéticos obtidos em pacientes submetidos à redução frontal pela incisão pré-capilar foram satisfatórios. A escolha do paciente ideal foi fundamental para o bom sucesso operatório.

Palavras-chave: Ritidoplastia; Rejuvenescimento; Testa.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: The long forehead gives a less harmonious appearance, seems disproportionate and characterizes the aging face. Surgical procedures for frontal reduction with precapillary incision present insightful information and provide harmonious and pleasant restoration of the frontal region. This study evaluated results obtained in patients who underwent frontal reduction using precapillary incision at Daher Hospital plastic surgery service within the last ten years. METHODS: This was a retrospective longitudinal study. The surgical technique entailed a careful dissection of the bilateral supraorbital ridge. The scalp was dissected in the parietoccipital region in order to easily move forward the flap. The vigorous hemostasis and resection of excessive flap were performed. In the end, synthesis of plans were performed. RESULTS: The age of patients ranged from 48 to 76 years, the mean age was 58 years. Mean surgical time was 3 hours and 38 minutes. No complications were seen such as hematoma, flap necrosis, supratrochlear nerve injury, alopecia, infections, deep vein thrombosis, pulmonary embolism and/or dehiscence. Four patients (7%) had seroma that was drained. The symmetric of eyebrows and scars positioning was considered satisfactory in both assessment by patients and the technical evaluator. CONCLUSION: The aesthetic results in patients who underwent frontal reduction by precapillary incision were satisfactory. The choice of the ideal patient was crucial for success of the surgery.

Keywords: Rhytidoplasty; Rejuvenation; Forehead.

 

Sistematização perioperatória para prevenção de hematomas em face-lifts: abordagem pessoal após 1.138 casos operados

TICIANO CESAR TEIXEIRA CLÓ; WALTER FERRAZ FLÁVIO; CARLOS EDUARDO GUIMARÃES LEÃO; FELIPE XAVIER CLÓ; LEONARDO MOURÃO LACERDA; LUIZA RAMOS LEÃO
Rev. Bras. Cir. Plást. 2019;34(1):02-09 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Introdução: O hematoma, complicação mais frequente do face-lift, pode exigir reabordagem cirúrgica e atrasar a recuperação do paciente. Na literatura, sua incidência varia entre 0,2 e 8%, sendo fundamentais novos estudos para padronização das medidas de prevenção. O objetivo é apresentar uma proposta de sistematização perioperatória que previna eficientemente a formação de hematomas em ritidoplastias.
Métodos: Foram analisados 594 prontuários de pacientes operados pelo autor entre os anos de 2011 a 2018 a fim de se comparar as incidências de hematomas anteriores e posteriores à sistematização implementada no ano de 2015.
Resultados: De julho de 2011 a dezembro de 2014, antes da adoção da sistematização, houve uma incidência de hematomas de 3,43% em 233 casos. Após sua adoção, houve uma queda para 1,66% em 361 casos realizados. Os últimos 177 casos consecutivos não apresentaram a complicação.
Conclusão: Observamos redução expressiva da incidência de hematomas pósritidoplastias após o uso da padronização proposta. Nenhuma das medidas adotadas seria eficiente isoladamente, sendo o conjunto essencial na prevenção desta grave complicação.

Palavras-chave: Ritidoplastia; Hematoma; Protocolos; Complicações pós-operatórias

 

ABSTRACT

Introduction: Hematoma, the most frequent complication of face-lift procedures, may require a second surgical approach, which delays patient recovery. In the literature, its incidence ranges from 0.2% to 8%, and further studies are essential to standardize preventive measures. The objective is to present a proposal of perioperative systematization for effectively prevention of hematoma formation after rhytidectomies.
Methods: We analyzed the medical records of 594 patients who underwent operation by the author between 2011 and 2018 to compare the incidence of hematomas before and after the systematization implemented in 2015.
Results: From July 2011 to December 2014, before the adoption of the systematization, the incidence of hematomas was 3.43% in 233 cases. After its adoption, the incidence decreased to 1.66% in 361 cases. The last 177 consecutive cases did not have this complication.
Conclusion: We observed a significant reduction in the incidence of hematomas following rhytidectomy after the use of the proposed standardization. None of the measures would be effective alone; thus, their combined adoption is essential in preventing this serious complication.

Keywords: Keywords: Rhytidectomy; Hematoma; Protocols; Postoperative complications.

 

Cirurgia Videoendoscópica Frontal e de Terço Médio: Experiência de 8 anos

Ruth Graf, Daniele Pace, Luiz Roberto de Araujo
Rev. Bras. Cir. Plást. 2005;20(4):197-203 - Artigo Original

PDF Português

RESUMO

Desde o início dos anos 90, a técnica videoendoscópica em cirurgia plástica foi introduzida e aceita como método eficaz para o rejuvenescimento do terço superior da face, principalmente para elevação dos supercílios e região frontal. Este procedimento apresenta múltiplas indicações, sendo realizado para corrigir a ptose dos supercílios e rugas glabelares causadas pelos músculos depressores. No período de janeiro de 1996 a dezembro de 2004, 207 pacientes foram submetidas à cirurgia endoscópico da região frontal, associando ou não o tratamento do terço médio da face pela mesma técnica. Os resultados obtidos foram satisfatórios com manutenção da elevação dos supercílios, redução das rugas de expressão de glabela, rotação dos elementos óculo-palpebrais no sentido látero-superior e elevação do terço médio da face.

Palavras-chave: Ritidoplastia. Face, cirurgia. Endoscopia

 

ABSTRACT

In the early 90's, plastic surgery videoendoscopic technique was introduced and accepted as a effective method of forehead rejuvenation, mainly for brow and frontal area elevation. This procedure presents multiple indications and is performed to correct brow ptosis and frown lines caused by the depressor muscles. From January 1996 to December 2004, 207 patients were submitted to videoendoscopic forehead surgery in association or not with midface surgery with the some technique. Results were satisfactory with maintenance of brow elevation, decrease of glabelar wrinkles, superiorlateral rotation of oculo-palpebral elements and elevation of midface.

Keywords: Rhytidoplasty, Face, surgery. Endoscopy.

 

Tratamento Cirúrgico da Região Cervical Associado a Suturas de Suspensão Platismal com Fios de Politetrafluoroetileno

Javier de Benito, Ronaldo Righesso
Rev. Bras. Cir. Plást. 2007;22(4):202-208 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Introdução: A partir da década de 70, grande importância tem sido atribuída ao sistema músculo-aponeurótico superficial (SMAS) e ao platisma, sendo o manejo adequado destas estruturas considerado ponto-chave na obtenção de melhores resultados nas cirurgias de rejuvenescimento facial. Consideram- se casos de difícil resolução, atribuídos por McKinney como grau IV, pacientes com significativa flacidez de pele e músculos, bandas platismais pronunciadas e separadas, protrusão das glândulas submandibulares, baixa posição do osso hióide, grande quantidade de gordura e uma linha mandibular pouco definida. Método: Um grupo de 89 pacientes com estas características e submetido a tratamento cirúrgico foi avaliado, retrospectivamente. O tratamento cirúrgico constou de ritidoplastias cérvico-faciais associadas a dissecção e tração do complexo SMAS-platisma, platismoplastia medial segundo Feldman e sutura entrecruzada com fio de politetrafluoroetileno (PTFE), realizada nos bordos platismais e fixa à mastóide. Preconiza- se que a sutura de suspensão do complexo SMAS-platisma seja efetuada somente após a conclusão da região cervical, caso contrário, o avanço do platisma à linha média promoveria tração inferior e novo acúmulo tecidual na margem mandibular. Resultados: Os resultados apurados demonstram baixos índices de complicações relevantes (3,2%), associados a maior satisfação pós-operatória. Conclusão: Conclui-se pela eficácia da rotina cirúrgica adotada e pela segurança da sutura de PTFE, possibilitando resultados favoráveis nesta difícil condição.

Palavras-chave: Ritidoplastia. Cervicoplastia. Politetrafluoretileno

 

ABSTRACT

Introduction: Since the 1970s, great importance has been atributed to superficial musculoaponeurotic system (SMAS) and platysma dissection, considering the proper approach of these structures the key point in order to achieve better results in facial rejuvenation. Difficult necks, as referred as grade IV by McKinney, are those with significant flaccidity of the platysma muscle and skin, pronounced and separated medial bands, large protrusion of the submandibulary glands, low hyoid position, great amount of fat and poorly defined jawline. Method: A group of 89 patients with these characteristics and submitted to surgical treatment was retrospectively studied. The surgical treatment included face-neck lifting, with SMAS-platysma dissection and traction, Feldman's corset platysmaplasty and cross-crossed polytetrafluoroethylene (PTFE) suture on platysmal edges and anchored to the mastoid. It is recommended that the suspension suture of the SMAS-platysma complex is done only after the conclusion of the neck region once the platysma movement towards the midline will cause inferior displacement and tissue accumulation at the mandibular edge. Results: The results achieved show low complication rates (3.2%) and high post-operative satisfaction. Conclusion: The results also point to the efficacy of this surgical routine and the safety of the PTFE suture that secondarily contributes to favorable results in such difficult condition.

Keywords: Rhytidoplasty. Cervicoplasty. Polytetrafluoroethylene

 

Rede hemostática: uma alternativa para a prevenção de hematoma em ritidoplastia

André Auersvald; Luiz Augusto Auersvald; Maria de Lourdes Pessole Biondo-Simões
Rev. Bras. Cir. Plást. 2012;27(1):22-30 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: Hematoma é a complicação pós-operatória mais frequente em ritidoplastia. Sua ocorrência aumenta a morbidade e prejudica a recuperação. Pontos de adesão internos para fechamento das áreas descoladas em abdominoplastias evitam o surgimento de seroma. Baseados neste princípio, e com o objetivo de reduzir o número de pacientes com hematomas em ritidoplastia, foi desenvolvida tática cirúrgica análoga em que se confecciona uma rede hemostática de pontos contínuos e transfixantes de náilon 4-0, englobando a pele e o SMAS-platisma. MÉTODO: Foram incluídos no estudo 366 pacientes consecutivos, submetidos a ritidoplastia de pelo menos o terço médio da face, entre julho de 2009 e setembro de 2011. O grupo A, incluindo os primeiros 120 pacientes avaliados retrospectivamente, foi considerado controle. O grupo B foi constituído pelos demais 246 pacientes, operados com a tática cirúrgica proposta e avaliados prospectivamente. Observaram-se as incidências de hematoma, isquemia e necrose nas primeiras 72 horas de pós-operatório. RESULTADOS: No grupo A, 17 (14,2%) pacientes apresentaram hematoma, enquanto no grupo B não houve nenhum caso. A tática cirúrgica não aumentou significativamente a ocorrência de isquemia: 11 (9,2%) pacientes no grupo A e 16 (6,5%) no grupo B tiveram essa complicação (P < 0,3964). Também não houve alteração significativa na incidência de necrose, complicação observada em 3 (2,5%) pacientes do grupo A e em 4 (1,6%) do grupo B (P < 0,4298). CONCLUSÕES: A rede hemostática é método eficaz na prevenção de hematomas precoces em ritidoplastias. Essa tática cirúrgica não levou a aumento significativo da incidência de isquemia e necrose.

Palavras-chave: Hematoma. Ritidoplastia. Face. Necrose. Isquemia.

 

ABSTRACT

BACKGROUND: Hematoma is the most common postoperative complication of rhytidoplasty. Its occurrence increases morbidity and impairs recovery. Internal sutures to close detached areas are used in abdominoplasty to prevent seromas. Taking this into account and in order to reduce the number of patients with hematomas post rhytidoplasty, we have developed a similar surgical procedure in which a hemostatic net is made of continuous nylon 4-0 transfixing stitches to include the skin and the superficial musculoaponeurotic system-platysma. METHODS: A total of 366 patients who underwent rhytidoplasty of at least the middle third of the face between July 2009 and September 2011 were included in the study. Group A was identified as the control group; it included the first 120 patients assessed retrospectively. The remaining 246 patients, who underwent the surgical procedure here proposed and who were evaluated prospectively formed group B. We observed the incidence of hematoma, ischemia, and necrosis in the first 72 postoperative hours. RESULTS: In group A, 17 (14.2%) patients developed hematomas, whereas none occurred in group B. The surgical procedure did not significantly increase the occurrence of ischemia: 11 (9.2%) patients in group A and 16 (6.5%) in group B had this complication (P < 0.3964). There was also no significant increase in the incidence of necrosis, which was observed in 3 (2.5%) patients in group A and 4 (1.6%) in group B (P < 0.4298). CONCLUSIONS: The hemostatic net is an efficient method for the prevention of early hematomas following rhytidoplasty. This surgical procedure did not result in a significant increase in the incidence of ischemia and necrosis.

Keywords: Hematoma. Rhytidoplasty. Face. Necrosis. Ischemia.

 

Ritidoplastia videoassistida do terço inferior da face: corset videoendoscópico

Ronaldo Righesso; Eduardo Mainieri Chem; Rafael Netto; Anna Luiza Melo Martins; Niandra Sartori
Rev. Bras. Cir. Plást. 2014;29(3):328-336 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: Após um período em que a controvérsia em cirurgias faciais teve como foco a abordagem ao SMAS, atualmente se persegue a melhora do contorno cervical. Descolamentos maiores, como os praticados pelo acesso submentoniano, podem aprimorar os resultados, entretanto acarretam aumento das complicações, sobretudo de hematomas, desencorajando seu emprego. No intuito de minimizar estes riscos, propõe-se o uso adjuvante do videoendoscópio durante a realização de cervicoplastias, segundo a Técnica de Feldman. As adaptações necessárias para a realização do procedimento são detalhadas. MÉTODO: Estudo retrospectivo de 16 pacientes submetidos a procedimento cirúrgico nos últimos 12 meses, sequencialmente, de acordo com a técnica apresentada. Os resultados foram graduados pelo autor principal (RR) e por três cirurgiões plásticos independentes (EC, RN, AM), sem que estes conhecessem detalhes da técnica empregada. Os fotogramas pré e pós-operatórios de seis meses foram avaliados e pontuados conforme os parâmetros definidos por Ellenbogen & Karlin, gerando notas 'de 0 a 10', que foram aplicadas à Grade de Labbé. RESULTADOS: A média geral do grupo foi 8,29, escore ótimo, segundo a Escala de Labbé. Em dez casos (62,5%), atingiu-se resultado ótimo (8-10 pontos); cinco casos (31,25%), bom (6-7 pontos), e apenas um caso (6,25%), escore abaixo de 6 pontos, classificado como mediano. Não houve ocorrência de hematomas, aderências cutâneas ou recidiva das bandas platismais. CONCLUSÃO: A técnica apresentada parece propiciar resultados adequados, sem aumento das complicações. Adicionalmente, possibilita uma cicatriz submentoniana de menor extensão, além da visualização magnificada e direta de todas as estruturas abordadas, por todos os membros da equipe.

Palavras-chave: Ritidoplastia/métodos; Face/cirurgia; Hematoma/prevenção & controle.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: In contemporary facial surgery, the focus of controversy has shifted from superficial muscular aponeurotic system approaches, to methods by which to improve the neck contour. Larger detachments, such as those resulting from the use of submental access, can provide better outcomes. However, the associated potential for increased complication rates, particularly hematomas, discourages the practice of such detachments. In order to minimize these risks, we propose the use of videoendoscopic assistance during cervicoplasty procedures, such as Feldman's method. The adjustments required to carry out this procedure are described in this study. METHOD: This retrospective study included 16 patients, who were sequentially submitted to a surgical procedure in the preceding 12 months, using the technique described above. The results were scored by the main author (RR) and 3 independent plastics surgeons (EC, RN, AM), who were unaware of the details of the technique used. Preoperative and 6-month postoperative photographs were evaluated and scored according to the parameters defined by Ellenbogen and Karlin, with values ranging from 0-10 subsequently applied to the grading system of Labbé. RESULTS: The group average postoperative score was 8.29, the optimal grade according to the scale of Labbé. An optimal outcome (8-10 points) was reached in 10 cases (62.5%); a good outcome (6-7 points) was reached in 5 cases (31.25%); a score below 6, rated as average, occurred in only one case (6.25%). There was no occurrence of hematomas, skin adhesions or recurrent platysmal bands. CONCLUSION: The proposed technique appears to provide satisfactory results without increasing the rate of complications. Moreover, use of the technique was associated with less extended submental scar, in addition to improving the direct view of the structures manipulated for all members of the surgical team.

Keywords: Rhytidoplasty/Methods; Face/Surgery; Hematoma/Prevention and Control.

 

Hematoma Tardio Após Reconstrução de Mama com Prótese de Silicone

Diogo Franco, João Medeiros, Valéria Destefani, Talita Franco
Rev. Bras. Cir. Plást. 2006;21(4):227-230 - Relatos de Caso

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Relato de caso de paciente submetida a mastectomia subcutânea, seguida de reconstrução com prótese de silicone que, 10 anos após, apresentou volumoso hematoma intracapsular, necessitando intervenção cirúrgica. Os achados complementares e a cirurgia são discutidos e comparados aos descritos na literatura. Conclui-se que se trata de situação rara e que ainda não há definição quanto aos fatores etiológicos. Contudo, com adequado diagnóstico e tratamento, não determina seqüelas importantes.

Palavras-chave: Implante mamário, efeitos adversos. Hematoma, cirurgia. Mama, cirurgia. Mamoplastia

 

ABSTRACT

The case of a patient who underwent subcutaneous mastectomy followed by implantation of silicone prosthesis and developed a large intracapsular hematoma, 10 years later, requiring surgery is reported. Additional findings and surgical approach are discussed and compared to those described in the literature. The conclusions are that this is a rare condition and etiological factors are yet to be determined. However, proper diagnosis and treatment can prevent major sequelae.

Keywords: Breast implantation, adverse effects. Hematoma, surgery. Breast, surgery. Mammaplasty

 

Incidência de Hematoma e Seroma em Abdominoplastia com e sem uso de Drenos

Márcio Vinicius Nurkim, Letícia B. de Mendonça, Pedro Alexandre da Motta Martins, Jefferson Luis Braga da Silva, Pedro D. E. Martins
Rev. Bras. Cir. Plást. 2002;17(1):69-74 - Artigos

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Os autores, baseados na experiência de 69 pacientes submetidos a abdominoplastia, comparam a utilização de dreno de capilaridade, de sucção e a não utilização de drenos no pós-operatório quanto à eficácia na prevenção da formação de hematomas e seromas sob o retalho abdominal, bem como estudam a associação dessas coleções com fatores de risco conhecidos. Descrevem as indicações e técnica cirúrgica empregadas em sua casuística e comparam seus resultados com dados presentes na literatura.

Palavras-chave: Abdominoplastia; dermolipectomia; hematoma; seroma; drenos

 

ABSTRACT

Based on the experience with 69 patients submitted to abdominoplasty, the authors compare the use of capillary tubes, suction drains and not using drains in the postoperative period as to the effictiveness in preventing hematomas and seromas under the abdominal flap. They also study the association of these fluid collections with known risk factors. They describe the indications and surgical technique employed in their cases and compare results obtained with data available in literature.

Keywords: Abdominoplasty; dermolipectomy; hematoma; seroma; drains

 

Tração hemostática temporária (THT) em ritidoplastias

João Francisco do Valle Pereira; Conrado Luiz Pais D'Avila; Felipe Nascimento Mateus
Rev. Bras. Cir. Plást. 2014;29(2):216-220 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: Na tentativa de desacelerar o processo de envelhecimento, as cirurgias de contorno facial foram estabelecendo-se como técnicas rejuvenescedoras, sendo constantemente aprimoradas, assim como os resultados. Porém, como qualquer procedimento cirúrgico, há a possibilidade de intercorrências e a principal complicação delas é o hematoma. Descontentes com a presença desta complicação, com o uso de drenos e visando menor custo, os autores viram a necessidade de desenvolver uma nova tática cirúrgica chamada tração hemostática temporária - THT. MÉTODOS: Foram incluídas neste estudo todas as ritidoplastias realizadas na Clínica Valle Pereira (Florianópolis, SC), no período compreendido entre maio de 2012 e janeiro de 2013, totalizando 64 pacientes. Todos foram submetidos à nova tática cirúrgica chamada tração hemostatica temporária. RESULTADOS: Apenas 2 pacientes apresentaram epidermólise com ótima evolução sob a THT, e 1 caso de edema facial generalizado. Não houve caso com hematoma, em qualquer período pós-operatório. CONCLUSÕES: esta nova tática cirúrgica evita o uso de drenos, diminui o espaço morto aumentando a adesão do retalho descolado e, consequentemente, diminui a presença de hematoma, seroma e edema pós-operatório, assim como diminui a tensão cicatricial na incisão da pele, visando aprimorar os resultados das ritidoplastias.

Palavras-chave: Ritidoplastia; Face/Cirurgia; Hematoma.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: To slow the aging process, facial contouring surgery was developed as a rejuvenating technique, and is constantly improving, as are the results. However, as with any surgical procedure, complications are possible, the main one being hematoma. Dissatisfied with the prospect of hematoma and the use of drains, and with a goal of lower costs, the authors felt the need to develop a new surgical procedure, temporary hemostatic traction (THT). METHODS: Sixty-four rhytidoplasties, all performed at the Valle Pereira Clinic (Florianópolis, SC, Brazil) from May 2012 to January 2013, were included in this study. All patients underwent the new THT procedure. RESULTS: Only two patients developed epidermolysis with optimal evolution following THT, and one developed generalized facial edema. There were no instances of hematoma at any of the postoperative stages. CONCLUSIONS: This new surgical technique avoids the use of drains and decreases dead space, thereby improving flap adhesion, and decreases hematoma, seroma, and postoperative edema; it also decreases tension on the incision, hence improving the results of rhytidoplasty.

Keywords: Rhytidoplasty; Facial Surgery; Hematoma.

 

Tratamento da deformidade abdominal de Nahas tipo II através do sulco inframamário associado à fixação do retalho através da rede de Auesrvald

PAULO EDUARDO MACEDO CARUSO; MIGUEL ENRIQUE RIVERA GOMEZ; JOSÉ HENRIQUE GUIMARÃES FLORIANI; MARCELO LOPES DIAS KOLLING; ADRIANA ELNECAVE HERSCOVITZ; MARCOS RICARDO DE OLIVEIRA JAEGER
Rev. Bras. Cir. Plást. 2019;34(Suppl.1):24-26 - 35ª Jornada Sul Brasileira de Cirurgia Plástica

PDF Português

RESUMO

Introdução: A diástase dos músculos retos abdominais é motivo de grande queixa. Em abdomes com flacidez menor, a abordagem infraumbilical pode mesmo tornar-se desnecessária. Demonstramos a utilização da rede hemostática de Auersvald para fixação do retalho cutâneo na abordagem reversa para a correção da diástase dos retos abdominais.
Caso: ANF, 34 anos, sem comorbidades, IMC 20,7, duas gestações prévias, com queixa de abaulamento da região supraumbilical e ptose das mamas. A cirurgia proposta foi a mastopexia com colocação dos implantes no plano submuscular parcial, associada à correção da diástase dos músculos retos abdominais por abordagem reversa. Realizamos sutura contínua com fio Mononylon 3-0 transdérmico em toda a extensão descolada do retalho. A sutura transfixante foi removida 48 horas após o procedimento.
Discussão: Propusemos uma variação da abordagem reversa e utilização da sutura de fixação transcutânea que permitiu a fixação do retalho cutâneo à região da correção da diástase dos músculos retos.

Palavras-chave: Abdominoplastia; Mamoplastia; Seroma; Hematoma; Implante mamário; Parede abdominal

 

ABSTRACT

Introduction: Diastasis of the rectus muscles is a major complaint. In abdomens with smaller flaccidity the infraumbilical approach may even become unnecessary. We demonstrate the use of the hemostatic net of Auersvald for fixation cutaneous flap in the reverse approach for the correction of diastasis of the rectus muscles.
Case: ANF, 34 years old, without comorbidities, BMI 20.7, two pregnancies, complaining of bulging of the supraumbilical region and ptosis of the breasts. The proposed surgery was mastopexy with placement of the implants in the partial submuscular plane, associated with diastasis correction by reverse approach. We perform continuous suture with 3-0 transdermal Mononylon thread throughout the detachable flap extension. The transfixing suture was removed 48 hours after the procedure.
Discussion: We proposed a variation of the reverse approach and use of the transcutaneous fixation suture that allowed the fixation of the cutaneous flap to the region where the diastasis of the rectus muscles was corrected.

Keywords: Abdominoplasty; Breast implants; Seroma; Hematoma; Rectus abdominis

 

Avaliação dos resultados do mini-lifting modificado: estudo prospectivo

Marcel Vinicius de Aguiar Menezes, Luiz Eduardo Felipe Abla, Leandro Brum Dutra, André Elias Junqueira, Lydia Masako Ferreira
Rev. Bras. Cir. Plást. 2010;25(2):285-290 - Artigo Original

PDF Português

RESUMO

Introdução: O mini-lifting modificado se baseia em uma técnica padronizada, que consiste em um descolamento mínimo demarcado no pré-operatório. A plicatura do sistema músculo-aponeurótico superficial (SMAS) é realizada tracionando-se todos os tecidos da face, a fim de promover o seu rejuvenescimento com a manutenção de um retalho que apresenta menor risco de necrose por ter menor descolamento e, por isso, uma mínima área para formação de hematomas. Método: Foram operadas 36 pacientes submetidas a ritidoplastia pela técnica do mini-lifting modificado, que preencheram critérios pré-estabelecidos. Foram coletados os dados antropométricos e um interrogatório sobre a história clínica do paciente realizado. Resultados: No período de fevereiro de 2008 a março de 2009, foram operadas consecutivamente 36 pacientes pela técnica de mini-lifting modificado. A idade variou entre 44 e 67 anos, sendo a média de 57 anos. O retorno das pacientes às atividades habituais variou de 7 a 14 dias, período que coincide com a redução em mais de 80% do edema pós-operatório. O dreno a vácuo foi retirado na manhã seguinte em 34 (94,4%) pacientes, no 2º dia pós-operatório em 1 (2,94%) caso e houve 1 (2,94%) caso de hematoma pós-operatório. Não houve caso de necrose do retalho. Houve 1 (2,94%) caso de neuropraxia do facial, que foi resolvida espontaneamente. Conclusão: A técnica de mini-lifting modificado foi considerada satisfatória, por apresentar bons resultados, baixo índice de complicações e retorno precoce das pacientes às suas atividades.

Palavras-chave: ritidoplastia. facelifting. Minilifting.

 

ABSTRACT

Introduction: The modified mini-facelift is based on a standardized tecnic consisting of a minimum undermining marked preoperatively. The plication of the muscle-aponeurotic superficial (SMAS) is done pulling all the tissues of the face, promoting facial rejuvenation with the maintenance of a flap with a lower risk of necrosis by maintaining smaller undermining area and minimum area for hematomas. Methods: We operated on 36 patients undergoing rhytidectomy technique of modified mini-lifting as they fulfilled the some criteria. Anthropometric data were collected, a questionnaire about the patient's history was performed. Results: From February 2008 to March 2009, 36 patients were consecutively operated by the modified mini-facelift technique. The age ranged from 44 to 67 years, with a mean 57 anos. The patients return to normal activities ranged from 7 to 14 days, a period that coincides with a reduction in more than 80% of postoperative edema. The vacuum drain was removed the next morning (1st day after surgery) in 34 patients (94.4%), the 2nd postoperative day in 1 (2.94%) case and in 1 (2.94%) case of postoperative hematoma. There were no cases of necrosis of the flap. There was 1 (2.94%) neuropraxia facial which was resolved spontaneously. Conclusion: The technique of modified mini-lifting is satisfactory for presenting good results, low complication rate and early return of patients to their activities.

Keywords: Rhytidoplasty. Facelifting. Minilifting.

 

Pontos de adesão nas ritidoplastias: estudo comparativo

Marco Willians Baena Destro; Cristina Destro; Ricardo Baroudi
Rev. Bras. Cir. Plást. 2013;28(1):55-58 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: Os hematomas constituem uma das complicações mais frequentes no pós-operatório imediato de ritidoplastias. O objetivo deste estudo é avaliar a eficácia do emprego de pontos de adesão na prevenção de hematomas em ritidoplastias. MÉTODO: Foram avaliados, retrospectivamente, 2 grupos constituídos por 88 pacientes submetidos a ritidoplastia. Os pacientes do grupo 1 não receberam pontos de adesão, que foram aplicados em todos os pacientes do grupo 2. RESULTADOS: No grupo 1, foram observados 5 (5,7%) hematomas extensos, que foram tratados cirurgicamente, e 12 (13,6%) hematomas de pequeno porte, solucionados com punção local. No grupo 2, não foi verificado nenhum hematoma que necessitasse limpeza cirúrgica. Foram observados 5 (5,68%) casos com pequenas coleções hemáticas, solucionados com punção local, e 4 (4,54%) seromas. CONCLUSÕES: Durante ritidoplastias, a aplicação de 12 a 15 pontos de adesão nas áreas dissecadas, bilateralmente, proporcionou melhor recuperação no período pós-operatório, com ausência de hematomas que exigissem limpeza cirúrgica.

Palavras-chave: Ritidoplastia/métodos. Face/cirurgia. Hematoma/prevenção & controle.

 

ABSTRACT

BACKGROUND: Hematomas are one of the most frequent complications in the immediate postoperative period following rhytidoplasty. In the present study, we aimed to assess the efficacy of using adhesion stitches to prevent the development of hematomas following rhytidoplasty. METHODS: We performed a retrospective assessment of 2 groups of 88 patients who underwent rhytidoplasty. Adhesion stitches were applied to all patients in group 2, but not to those in group 1. RESULTS: Five patients (5.7%) in group 1 developed massive hematomas that were treated surgically and 12 patients (13.6%) developed small hematomas that were resolved by local puncture. The patients in group 2 did not develop any hematoma that required surgical evacuation. Five patients (5.68%) developed small hematomas that were resolved by local puncture and 4 patients (4.54%) developed seromas. CONCLUSIONS: During rhytidoplasty, the bilateral application of 12-15 adhesion stitches in the dissected areas prevented the development of hematomas that required surgical evacuation, thus improving postoperative recovery.

Keywords: Rhytidoplasty/methods. Face/surgery. Hematoma/prevention & control.

 

Redução da região frontal com incisão pré-capilar: relato de experiência e indicações

José Nava Rodrigues Neto; Diogo Borges Pedroso; Flávia Roberta Paes Vasconcelos; Ricardo Cintra Júnior; Marina de Souza Borgatto; João Pedro Pontes Câmara Filho
Rev. Bras. Cir. Plást. 2012;27(2):238-242 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: A testa longa pode dar uma aparência menos atraente, desproporcional e caracterizar o envelhecimento. O objetivo deste trabalho é demonstrar a experiência dos autores na redução da região frontal com incisão pré-capilar e reforçar as indicações desse procedimento. MÉTODO: Foram estudados, retrospectivamente, pacientes submetidos a redução da região frontal por incisão pré-capilar, no período de 2005 a 2011. As indicações para incisão anterior na linha do cabelo foram ptose da sobrancelha, em pacientes que possuíam cabelos frontais finos e escassos, testa longa congênita ou enrugamento amplo de testa. RESULTADOS: A incisão pré-capilar foi realizada em 31 pacientes, com acompanhamento médio de 1,5 ano. Não houve problemas relacionados à vascularização do retalho. Todos os pacientes relataram parestesia temporária, com recuperação em até 1 ano. Três pacientes apresentaram seromas no pós-operatório, tratados com punção. Todos os pacientes relataram que os benefícios da redução da linha do cabelo ultrapassaram as desvantagens de uma cicatriz possivelmente mais visível. CONCLUSÕES: O procedimento de ritidectomia frontal com incisão pré-capilar é indicado para pacientes com cabelos frontais finos e escassos, com enrugamento amplo da testa ou com testa longa congênita/senil e que desejem reduzi-la.

Palavras-chave: Testa/cirurgia. Ritidoplastia. Rejuvenescimento.

 

ABSTRACT

BACKGROUND: A long forehead can give a less attractive and disproportionate appearance. It may also indicate aging. The objective of this study is to show the experience of the authors in forehead reduction using precapillary incision and to support the indications for this procedure. METHODS: Patients who underwent precapillary incision for forehead reduction between 2005 and 2011 were retrospectively analyzed. The indications for an anterior hairline incision were eyebrow ptosis in patients with thin and sparse frontal hair, congenital long forehead, or extensive forehead wrinkles. RESULTS: Precapillary incision was performed in 31 patients, who were followed up for an average of 1.5 years. No problems related to flap vascularization were detected. All patients reported temporary paresthesia, from which they recovered within 1 year. Three patients presented seromas during the postoperative period and were treated using puncturing. All patients reported that the benefits of altering the hairline were greater than the disadvantages of a possibly more visible scar. CONCLUSIONS: Frontal rhytidectomy using precapillary incision is recommended in patients who wish to correct thin and sparse frontal hair, extensive forehead wrinkles, or congenital/ senile long forehead.

Keywords: Forehead/surgery. Rhytidoplasty. Rejuvenation.

 

Abordagem segmentar do terço médio da face. Triângulo na região geniana: ponto de sutura dermogorduroso

Adilson Branco Farrapeira
Rev. Bras. Cir. Plást. 2009;24(4):497-503 - Artigo Original

PDF Português

RESUMO

Introdução: O tratamento cirúrgico apresentado pelos autores tem inovações táticas e peculiares que tornam o tratamento seguro. Objetivo: Demonstrar uma maneira diferente de abordar a região geniana e de fixar a pele com pontos dermogordurosos. Método: Abordagem da região geniana com os descoladores progressivos, deixando bridas. A fixação da pele com pontos dermogordurosos usando fio de nylon 4.0 favorece a diminuição da tensão na cicatriz pré-auricular. Resultados: Foram operados trinta e nove pacientes usando essa tática. O período de internação foi de 24 horas, sendo observado apenas um caso de hematoma. Conclusão: O método proposto é eficiente e simples, onde a abordagem da região geniana com o uso dos descoladores é de pouco sangramento. As bridas deixadas por esse método favorecem melhor irrigação da pele. Os pontos dermogordurosos mantêm a pele no local e diminuem a tensão na cicatriz pré-auricular.

Palavras-chave: Rejuvenescimento. Ritidoplastia. Face/cirurgia.

 

ABSTRACT

Introduction: The surgical treatment presented by the authors has tactical innovations and unique features that make the treatment safer. Objective: To show a different approach to cheek area and fix the skin with dermal fat points. Methods: Approach the cheek area with progressive retractors, leaving bands. Skin fixation with dermal fat points using nylon 4.0 favors tension reduction in the scar. Results: Thirty-nine pacients were operated using this tactic. The period of hospitalization was 24 hours and there was only one case of hematoma. Conclusion: It is an efficient and simple method where the approach to the cheek area using retractors show low bleeding. The adhesion left by this method encourage better skin irrigation. Dermal fat points keep the skin in place and reduce the tension in the scar.

Keywords: Rejuvenation. Rhytidoplasty. Face/surgery.

 

Rejuvenescimento de lóbulo de orelha: descrição da técnica e indicações

Luciana Rodrigues da Cunha Colombo; Paulo Magno Santos Guimarães; Ivan Araújo Motta; Marco Túlio Rodrigues da Cunha; Manoel Pereira Silva Neto
Rev. Bras. Cir. Plást. 2013;28(2):289-293 - Ideias e Inovações

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

O lóbulo de orelha ocupa posição única entre as estruturas da face e é uma região importantíssima na composição estética da orelha. A idade altera o formato, a largura e o comprimento do lóbulo, em decorrência da flacidez dos tecidos e, assim, fica em desarmonia de proporção com outros elementos estéticos da orelha, exigindo correção. Muito pouco tem sido descrito para orientar o cirurgião no rejuvenescimento da orelha. A correção do lóbulo envelhecido pode ser feita isoladamente ou em combinação com uma cirurgia de rejuvenescimento facial, bem como em ritidoplastias secundárias por lóbulo inadequadamente preso à face. A cirurgia é bastante simples, de recuperação rápida, com resultados interessantes. O objetivo básico do trabalho consiste na descrição da técnica de rejuvenescimento do lóbulo da orelha e suas indicações. O posicionamento estratégico da cicatriz final em continuidade com uma depressão anatômica da orelha, que é a escafa, e ocultada pelo antitrágus garante resultado final adequado, com cicatrizes pouco aparentes. A técnica descrita representa uma opção tática para reformular e rejuvenescer a orelha.

Palavras-chave: Orelha/cirurgia. Rejuvenescimento. Ritidoplastia.

 

ABSTRACT

The earlobe occupies a unique position among the structures of the face and is a very important region in aesthetic composition of the ear. The age alters the shape, width and length of the lobe due to sagging tissue and thus is at odds ratio with other aesthetic elements of the ear, requiring correction. Very little has been described to guide the surgeon in rejuvenating the ear. The correction aged lobe can be made alone or in combination with surgery of facial rejuvenation, as well as by secondary lobe rhytidoplasties inadequately secured to the face. The surgery is fairly simple, rapid recovery, with interesting results. The basic aim of the work is the description of the technique and its indications. The strategic positioning of the final scar in continuity with a depression anatomical ear that is escafa, and hidden by antitragus ensures a proper outcome, with little apparent scars. The technique described is a tactical option to reshape and rejuvenate the ear.

Keywords: Ear/surgery. Rejuvenation. Rhytidoplasty.

 

Suspensão circular fechada do terço médio da face

Adilson Branco Farrapeira
Rev. Bras. Cir. Plást. 2012;27(3):478-481 - Ideias e Inovações

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

O tratamento cirúrgico apresentado neste artigo tem inovações táticas e torna o procedimento pouco agressivo. O objetivo é demonstrar uma maneira diferente de executar a suspensão do terço médio da face. O procedimento é realizado com agulhas semicirculares tipo Stocchero, com passagem de fio de náilon 2.0 no plano subcutâneo, na altura da borda anterior da glândula parótida, e fixação do fio na fáscia temporal. Foram operados com emprego desse método 49 pacientes, com obtenção de bons resultados estéticos. Em um paciente, houve necessidade de executar uma cicatriz pré-auricular, para acomodação da pele. O método é seguro, simples, não necessita de internação hospitalar, evita uma cicatriz pré-auricular e o resultado oferece boa satisfação aos pacientes.

Palavras-chave: Rejuvenescimento. Ritidoplastia. Técnicas cosméticas.

 

ABSTRACT

The surgical treatment presented here involves technical innovations, making it a less-aggressive procedure. The goal is to demonstrate a different way of executing a suspension of the skin in the medial third of the face. The procedure is performed with semi-circular Stocchero needles with the passage of a 2-0 nylon thread through the subcutaneous plane at the anterior edge of the parotid gland and fixation to the temporal fascia. A total of 49 patients were operated on using this method with good aesthetic results. One patient required a preauricular incision to accommodate the skin. This method is safe, simple, does not require hospital inpatient admission, avoids a pre-auricular scar, and provides satisfactory results.

Keywords: Rejuvenation. Rhytidoplasty. Cosmetic techniques.

 

Hematoma expansivo tardio após ritidoplastia

ANDREIA SOUTO DA MOTTA; CAMILA MATOS VERSIANI; LILIANE CARVALHO JAMIL; PAULA PIMENTEL LEITE ROCHA; HENRIQUE BELETABLE FONSECA; AUGUSTO CÉSAR DE MELO ALMEIDA
Rev. Bras. Cir. Plást. 2019;34(Suppl.2):73-74 - Suplemento Simpósio Mineiro de Intercorrências 12º SIMPÓSIO - 2018

PDF Português

RESUMO

A ritidoplastia, ou cirurgia do rejuvenescimento facial, tem se tornado uma das cirurgias plásticas estéticas mais procuradas em todo o mundo e, como qualquer outra cirurgia, apresenta riscos de complicações. O hematoma pós-operatorio, a complicação mais comum, tende a se apresentar precocemente, mas em alguns casos ocorrem dias após o procedimento. Podem ocorrer de forma leve, com pequenas coleções, ou podem se desenvolver com sangramentos ativos volumosos, classificados como hematomas expansivos. Apresentamos o caso de uma paciente submetida à ritidoplastia completa, evoluindo tardiamente com hematoma cervicofacial levando a instabilidade hemodinâmica e comprometimento de via aérea.

Palavras-chave: Ritidoplastia; Hematoma; Facelift; Sangramento; Complicação

 

Ritidoplastia em paciente de 11 anos como tratamento auxiliar da elastólise pós-inflamatória (cutis laxa) - desafios no tratamento

Wellerson Marcos Mattioli; Fausto Viterbo; Emiliano Sá Fortes De Araújo; Priscilla Rocha Pinho
Rev. Bras. Cir. Plást. 2013;28(4):693-696 - Relato de Caso

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Cútis laxa é uma morbidade rara, caracterizada por ser uma desordem do tecido conjuntivo que se manifesta principalmente por flacidez cutânea, podendo acometer variavelmente outros órgãos. Os autores relatam um caso de cútis laxa em paciente de 11 anos que desenvolveu face senil com pronunciada ritidose perioral e periocular, bem como acentuação dos sulcos nasogenianos. Foi realizada ritidoplastia como tratamento cirúrgico. Apresentou boa evolução pós-operatória, com cicatrizes de boa qualidade e melhora notável na flacidez do terço médio da face e, posteriormente, recorrência parcial da mesma no acompanhamento tardio de dois anos. Paciente e familiares ficaram muito satisfeitos com o resultado. A equipe cirúrgica, entretanto, percebeu limitação do resultado cirúrgico e necessidade de complementação com tratamentos auxiliares como peelings e similares.

Palavras-chave: Cutis laxa. Ritidoplastia. Face.

 

ABSTRACT

Cutis laxa is a rare morbidity, is caracterized as a connective tissue disorder manifested primarily by sagging cut and may affect other organs. The authors report a case of cutis laxa in a patient of 11 years old with the development of a senile fascia with pronounced ritidose perioral, periocular and nasolabial sulcus. Rhytidectomy was performed as an auxiliary treatment. The patient showed a good evolution of the postoperative scars with good quality and remarkable improvement in sagging of the midface and later recurrence of the same part in the follow-up evaluation two years. Patient and family were very pleased with the outcome. The surgical team, however, realized the limitation of the procedure and the need for additional treatment with auxiliaries and the like as peeling.

Keywords: Cutis laxa. Rhytidoplasty. Face.

 

Hematoma pós-operatório de bichectomia: Relato de caso, revisão da literatura

LEANDRO RAFAEL SANTIAGO CEPEDA; CELTO PEDRO DALLA VECCHIA; DIEGO HUMBERTO MAURICIO OVALLE; CAIO PUNDEK GARCIA; FELIPE OLIVEIRA DUARTE; JORGE BINS ELY
Rev. Bras. Cir. Plást. 2019;34(Suppl.1):93-95 - 35ª Jornada Sul Brasileira de Cirurgia Plástica

PDF Português

RESUMO

A bola de Bichat é uma estrutura adiposa que desempenha um papel importante na estética facial de pessoas de todas as idades, desde neonatos até adultos. A remoção da bola de Bichat é uma cirurgia que tem ganhado recente popularidade, mesmo sendo considerado um procedimento controversial e cuja técnica ainda não tem sido padronizada. Relato de caso baseado na experiência da residencia médica. Realizada revisão sistemática na base de dados Análise da Literatura Médica e Sistema de Correção Online, via PubMed, Elsevier (via SCO-PUS) e Biblioteca Cochrane; encontrando 490 artigos relacionados. Quanto a triagem e revisão manual, a amostra foi reduzida a 15 artigos. Os critérios de inclusão foram artigos que relatavam a anatomia e remoção cirúrgica. Além disso, o relato de caso é baseado na revisão do prontuário e registros fotográficos. O tratamento do hematoma na cirurgia de bichectomia pode ser tratado conservadoramente na maioria dos casos, com exceção no hematoma expansivo.

Palavras-chave: Bochecha; Hematoma

 

ABSTRACT

The Bichat fat pad is an adipose structure that plays an important role in the facial aesthetics of people of all ages, from neonates to adults. In 1801, Bichat was the first to describe it as consisting of fat, but without realizing its function. Surgical removal of Bichat's fat pad has gained recent popularity, although it is considered a controversial procedure and the technique has not yet been standardized. A systematic review of the Online System of Search and Analysis of Medical Literature, via PubMed, Elsevier (via SCO-PUS) and Cochrane Library databases, with 490 related articles, was performed. After screening and manual review, the sample was reduced to 15 articles. Inclusion criteria were articles reporting anatomy and surgical removal. The treatment of hematoma in bichectomy can be conservative in most cases, except in the expansive hematoma.

Keywords: Bichat; Hematoma

 

Necrose extensa em face pós-ritidoplastia: relato de caso

TICIANO CÉSAR TEIXEIRA CLÓ; WALTER FERRAZ FLÁVIO; FELIPE XAVIER CLÓ
Rev. Bras. Cir. Plást. 2019;34(Suppl.2):90-93 - Suplemento Simpósio Mineiro de Intercorrências 12º SIMPÓSIO - 2018

PDF Português

RESUMO

Introdução: Necrose do retalho cutâneo representa uma importante complicação cirúrgica pós-ritidoplastia, de difícil tratamento e com possibilidade de graves deformidades.
Métodos: Por meio do relato de caso de ritidoplastia que evoluiu com grande necrose bilateral, objetiva-se discutir os diversos aspectos desta complicação pós-operatória.
Resultados: Homem de 62 anos, submetido a ritidoplastia, que apresentou grande hematoma expansivo bilateral tratado com drenagem cirúrgica. Evoluiu rapidamente com necrose bilateral pré-auricular do retalho cutâneo. Após tratamento conservador, houve completa retração e epitelização da ferida, seguido de correção cirúrgica das cicatrizes com ótimo resultado. Quando a necrose se instala rapidamente inviabilizando tentativas de melhora da perfusão local, as opções de tratamento tornam-se limitadas: desbridamentos que devem ser tardios e conservadores, cicatrização por segunda intenção e curativos diversos.
Conclusão: Mesmo em grandes necroses de face, é possível se obter ótimos resultados finais através de tratamento conservador e pouco intervencionista.

Palavras-chave: Face; Ritidoplastia; Hematoma; Necrose; Isquemia; Cirurgia plástica

 

Patrocinadores

Indexadores

Licença Creative Commons Todos os artigos científicos publicados em http://www.rbcp.org.br estão licenciados sob uma Licença Creative Commons