ISSN Online: 2177-1235 | ISSN Impresso: 1983-5175

Artigo Anterior Próximo Artigo

Crânio, Face e Pescoço - Ano 2010 - Volume 25 - (3 Suppl.1)

INTRODUÇÃO

A rinoplastia sofreu uma grande evolução desde a sistematização criada por Joseph, em 1931. A preocupação com os aspectos funcionais da rinoplastia levaram à criação de múltiplas técnicas, a fim de evitar sequelas. O "spreader flap" visa exatamente a prevenção de sequelas afetando a válvula nasal interna.


OBJETIVO

Revisão de literatura e relato de série de casos.


MATERIAL E MÉTODOS

Revisamos uma série de 20 casos operados no Serviço de Cirurgia Plástica do Hospital Cristo Redentor (Porto Alegre, RS), no período de janeiro de 2009 a janeiro de 2010, nos quais foi realizada a rinoplastia aberta associada ao "spreader flap". O critério de inclusão foi o de ter sido submetido a rinoplastia aberta, associada ou não a outro procedimento, no período mencionado. Todos os pacientes continuam em acompanhamento ambulatorial.


RESULTADOS

Não observamos em nenhum dos casos operados queixas funcionais ou alterações como "V invertido", dentre outras, até o presente momento. Existem inúmeras técnicas que visam a evitar sequelas resultantes de alterações na válvula nasal interna. Uma das mais conhecidas é o "spreader graft", descrito por Sheen, em 1984. Entretanto, o uso do "spreader graft" demanda que seja obtida cartilagem (septal, costal ou auricular) para sua realização. Descrito por Seyhan, em 1997, o "spreader flap" pode ser utilizado nos casos em que há redução dorsal, realizando uma sutura das margens das cartilagens triangulares ao septo dorsal. Devido a seu efeito de mola, essa técnica permite a manutenção de uma angulação adequada da válvula nasal interna.


Figura 1 - Válvula nasal interna. 1: Cartilagem septal; 2 e 3: cartilagens triangulares.


Figura 2 - Angulação ideal entre as cartilagens.


Figura 3 - Spreader flap: foto.



CONCLUSÃO

Os aspectos funcionais são de importância fundamental na rinoplastia moderna. O uso do "spreader flap" visa exatamente a manutenção da funcionalidade da válvula nasal interna.

 

Artigo Anterior Voltar ao Topo Próximo Artigo

Patrocinadores

Indexadores

Licença Creative Commons Todos os artigos científicos publicados em http://www.rbcp.org.br estão licenciados sob uma Licença Creative Commons