ISSN Online: 2177-1235 | ISSN Impresso: 1983-5175

Artigo Anterior Próximo Artigo

Editorial - Ano 2015 - Volume 30 - Número 4

http://www.dx.doi.org/10.5935/2177-1235.2015RBCP0188

Do ano de 1992 até 1997, tive a oportunidade de estar como editor da nossa revista, e estou no conselho editorial e revisor desde o primeiro dia de circulação da mesma. Atualmente, como editor associado. Durante este tempo, observo que a cirurgia plástica brasileira, através da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica e suas Regionais, realizam reuniões cientificas, jornadas e congressos com esmero e qualidade, com apresentações orais de alto nível. Assim, os jovens cirurgiões, residentes e estagiários podem obter bom aprendizado teórico, sem, contudo, estarem preparados para a ciência escrita. Faltam leituras de artigos especializados, o aprendizado de técnica operatória durante o curso médico, treinamento dentro da sala cirúrgica, possibilitando a execução de técnicas básicas e táticas específicas da especialidade, e criando experiência progressiva. Como complemento da formação, desenvolver a habilidade da escrita de artigos científicos dentro dos padrões exigidos pela metodologia científica das revistas especializadas. Infelizmente, neste particular, apresenta no momento grande deficiência, notada mesmo em cirurgiões com alto nível de conhecimento, experiência cirúrgica, excelentes nas apresentações orais de congressos, mas não treinados para esta atividade que perpetuaria suas ideias. Alguns deles, chefes e assistentes de serviços credenciados pela SBCP para treinamento de novos cirurgiões.

Quem "paga o pato" com esta situação é a revista, que está sempre atrás de conseguir bons artigos.

Como poderíamos em conjunto alterar essa situação para melhor? Os experientes em apresentações e em trabalho diário, com humildade, solicitar ajuda dos experientes em escrever artigos. Porque não saber escrever artigos não é demérito profissional nenhum. Incluindo aqui os chefes de serviços credenciados, pois muitos deles foram formados quando nossa revista não existia, e era difícil publicar fora do País. E nem mesmo as disciplinas de cirurgia plástica com pós-graduação que pudessem ensinar a escrever teses e artigos especializados.

Esse aprendizado deve então, por regra atual da SBCP, ser transferido aos estagiários e residentes, futuros cirurgiões com capacidade de perpetuar suas experiências em artigos científicos, assegurar o futuro da revista, melhorar seu conteúdo e, consequentemente, seu nível de impacto.

Eu mesmo defendi tese de doutorado aos 60 anos para aprender a escrever meus artigos e auxiliar outros; e, quando tenho dúvidas (quase sempre), recorro a quem tem mais experiência. Muitas vezes, recorro a pessoas mais jovens e menos experientes no aspecto profissional, mas competentes na escrita científica. Nenhum demérito. E aquele que enviar um artigo a revista não se sinta rejeitado porque ele foi recusado, ou solicitaram-se modificações. Procure quem tenha mais experiência, corrija-o e, se necessário, reescreva-o. Dou como exemplo um artigo próprio que tivemos a oportunidade de publicar na revista Plastic and Reconstructive Surgery1, que somente foi aceito após a quarta tentativa. Perseverança e convicção que estava correto, mesmo que os revisores não tivessem entendido assim. Uma carta ao editor contestando os revisores esclareceu tudo, e resultou depois em um convite (aceito) para escrever um capitulo de livro da matéria, do próprio editor da revista, Robert Goldwyn2.

Analisando artigos enviados para nossa revista antevejo trabalho longo e árduo pela frente, pois a maioria deles não está em condições de publicação, devendo ser reescritos ou corrigidos, mas com humildade e ajuda mútua poderemos atingir metas exigidas para a atualidade e garantir a evolução e o futuro da RBCP.

E que os revisores sejam na verdade orientadores até que atinjamos níveis melhores.


REFERÊNCIAS

1. Bozola AR. Breast reduction with short L scar. Plast Reconstr Surg. 1990;85(5):728-38. DOI: http://dx.doi.org/10.1097/00006534-199005000-00013

2. Bozola AR. Reduction Mammaplasty: Preferred Techniques. In: Goldwyn RM, ed. Reduction Mammaplasty. Boston: Little Brown;1990. p.407-43. DOI: http://dx.doi.org/10.1097/00006534-199011000-00036










Regente de Cirurgia Plástica da Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto, São José do Rio Preto, SP, Brasil

 

Artigo Anterior Voltar ao Topo Próximo Artigo

Patrocinadores

Indexadores

Licença Creative Commons Todos os artigos científicos publicados em http://www.rbcp.org.br estão licenciados sob uma Licença Creative Commons