ISSN Online: 2177-1235 | ISSN Print: 1983-5175

Showing of 1 until 20 from 659 result(s)

Search for : Retalhos cirúrgicos; Deformidades adquiridas da mão; Cirurgia plástica; Reconstrução; Traumatismos da mão; Traumatismos dos dedos

Use of a transverse submandibular cervical flap in the repair of defects of the middle third of the face

Ricardo Thompson Nóra; Rafael Clark de Oliveira Piteri; Érika Renata Motinaga Sunahara; Maria Fernanda Cavalini Barbosa; Ana Carolina Morais Fernandes; Igor Copi; José Álvaro Lourenço Gasques; Antônio Roberto Bozola
Rev. Bras. Cir. Plást. 2015;30(3):374-380 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

INTRODUCTION: The need for large amounts of skin and subcutaneous tissue makes it complex to repair extensive defects of the middle third of the face. Aiming to reduce morbidity and attain good aesthetic-functional outcomes, Ariyan and McGrath and, subsequently, Behan et al. proposed reconstruction techniques that use transverse and submandibular cervical flap, respectively. Such flaps have fair amounts of tissue and are associated with low morbidity in the donor area. The present authors propose and describe a variant of the Behan flap for use in the reconstruction of large defects of the middle third of the face. METHODS: We conducted a retrospective study of 8 cases of reconstruction with transverse submandibular cervical flaps for defects of the middle third of the face, conducted between June 2011 and December 2013. The following parameters were analyzed: possible results, and early and late complications. RESULTS: Eight patients with a mean age of 73.5 years were included. All of the patients presented aesthetic-functional satisfactory results. Among the early complications, vascular congestion occurred in 3 patients in the first week with spontaneous resolution, and salivary fistula occurred after tumor resection in 1 patient. With regard to late complications, scar retraction was observed, manifested by either by ectropion (2 patients) or labial retraction (1 patient). CONCLUSION: Randomized transverse submandibular cervical flaps with axial pedicles may be considered as another option for reconstruction of defects of the middle third of the face.

Keywords: Surgical flaps; Head and neck cancer; Reconstruction; Plastic surgery; Elderly; Reconstructive surgical procedures.

 

RESUMO

INTRODUÇÃO: As reparações de defeitos extensos do terço médio da face, ao necessitarem de grandes quantidades de pele e subcutâneo, tornam-se complexas. Buscando reduzir morbidade e associar bom resultado estético-funcional, Ariyan & McGrath e, posteriormente, Behan et al. propuseram reconstruções a partir de retalhos transversos cervicais e cérvico-submandibulares, respectivamente. Tais retalhos dispõem de boas quantidades de tecidos e baixa morbidade da área doadora. Os autores propõem e descrevem uma variante do retalho de Behan para reconstruções de grandes defeitos no terço médio de face. MÉTODOS: Foi realizado um estudo retrospectivo de 8 casos de reconstrução do terço médio da face pelo retalho cérvico-submandibular transverso, no período de junho de 2011 a dezembro de 2013. Os parâmetros analisados foram: resultados possíveis e complicações precoces e tardias. RESULTADOS: Foram operados 8 pacientes, com média de idade de 73,5 anos. Todos os pacientes apresentaram resultados estético-funcionais satisfatórios. Dentre as complicações precoces, 3 pacientes apresentaram congestão vascular na primeira semana com resolução espontânea e 1 apresentou fistula salivar consequente à ressecção tumoral. Em relação às complicações tardias, a retração cicatricial foi a complicação observada, manifestada por ectrópio (2 pacientes) e retração labial (1 paciente). CONCLUSÃO: O retalho cérvico-submandibular transverso randomizado e com pedículos axiais é mais uma opção para reconstruções de defeitos do terço médio da face.

Palavras-chave: Retalhos cirúrgicos; Neoplasias de cabeça e pescoço; Reconstrução; Cirurgia plástica; Idoso; Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos.

 

Factors that influence the outcome of zone II flexor tendon repairs

Kátia Tôrres Batista, Edilberto Assumpção de Araújo
Rev. Bras. Cir. Plást. 2007;22(1):45-51 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Introduction: To evaluate the factors that influenced the clinical results of zone II flexor tendon repairs, the authors present treatment results for 56 delayed such injuries, using techniques in one and two times. Method: For single time, we used tendon graft, a staged flexorplasty, silicon rod and Paneva Hollevich technique, followed by tendon graft in second time. Technique details are given and compare our results with those in literature. Results: A number of 22 (39.3%) cases were resulted excellent and good and 34 (60.7%) regular and poor, following Strickland classification. The results are influenced by the age, injury degree, Boyes' classification, physiotherapy program and the time between the injury and reconstruction. Conclusion: We concluded that this technique enabled the recovery of 50% of the fingers flexion capacity in 78% of the most serious injuries of the flexor tendon.

Keywords: Flexor tendons, Finger injuries surgery. Rehabilitation

 

RESUMO

Introdução: Com o objetivo de avaliar os fatores que influenciaram nas reconstruções tardias de tendão flexor na zona II de Verdan, os autores apresentam os resultados do tratamento de 56 lesões. Método: Utilizaram-se técnicas em um e dois estágios. Na primeira, pelo enxerto de tendão palmar longo e, na segunda, pelo implante de prótese de silicone e técnica de Paneva Hollevich, seguido de enxerto de tendão no segundo tempo cirúrgico. Os detalhes da técnica e os resultados são apresentados e comparados aos da literatura. Resultados: Obtiveram-se 22 (39,3%) resultados excelentes e bons e 34 (60,7%) regulares e pobres, conforme a classificação de Strickland. Os resultados foram influenciados pela idade, grau de lesão, na classificação pré-operatória de Boyes, programa fisioterápico e o tempo entre a lesão e a reconstrução. Conclusão: Concluiu-se que, com esta técnica, foi possível a recuperação de 50% da capacidade de flexão dos dedos em 78% das lesões mais graves do aparelho flexor.

Palavras-chave: Tendões flexores. Traumatismos dos dedos, reabilitação

 

The kite flap on surgical reconstruction of traumatic defects of the thumb: two cases report

Roberto Melone, Naila Alves, Ricardo Pianta Ducatti, Ricardo Hashimoto Menezes, Guilherme de Queiróz Moysés, Marcelo Prado, Rosa Maria Carrazzoni, Walfredo Cherubini Fogaça, Antonio Roberto Bozola
Rev. Bras. Cir. Plást. 2006;21(2):116-119 - Case Reports

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

The kite flap is a fasciocutaneous and neurovascular flap harvest from the dorsal portion of the second finger. Its irrigation originates from the first space dorsal metacarpic artery that is a radial artery branch and its innervation come from the superficial branches of the radial nerve. It is a very useful flap to cover soft tissues defects in the hand. The flap was described, in 1954, by the first time by Gaul and after by Lie and Posch, in 1971. In the present paper, the authors used the kite flap to treat patients and could verify the possibility to cover soft tissue defects in the thumb, very important component of hand function. This flap deliver to the soft tissue defect an innerved island of skin being a good option for reconstructive surgery.

Keywords: Surgical flaps. Thumb. Hand Injuries, surgery

 

RESUMO

O retalho "kite" é neurovascular fasciocutâneo da porção dorsal do segundo quirodáctilo, cuja irrigação é proveniente da artéria metacárpica dorsal do primeiro espaço, que é ramo da artéria radial, e se presta a cobrir defeitos de partes moles da mão. Sua inervação é proveniente de ramos superficiais oriundos do nervo radial. Foi descrito pela primeira vez por Gaul (1954) e, mais tarde, por Lie e Posch (1971). Os autores utilizaram o retalho "kite" em dois pacientes e verificaram a possibilidade de cobertura das áreas cruentas no polegar, segmento importante na função da mão. Este retalho leva à área receptora uma ilha de pele inervada e constitui mais uma boa técnica disponível na cirurgia reparadora desse segmento corporal.

Palavras-chave: Retalhos cirúrgicos. Polegar. Traumatismos da mão, cirurgia

 

Microsurgical transplantations: a five year experience of the Plastic Division of Federal University of Bahia

Marcelo Sacramento Cunha; André Leal Gonçalves Torres; Jorge Cabral dos Anjos Neto; Lívia Leal Monteiro; José Válber Meneses
Rev. Bras. Cir. Plást. 2008;23(4):305-309 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Introduction: Microsurgery has been successfully applied to plastic surgery in the last three decades. Objective: The experience of the microsurgical group of Federal University of Bahia is reported and the results and complications are analyzed. Methods: Forty-eight microsurgical procedures (head and neck, breast and inferior limb reconstructions) were done. The complications were divided into immediate (operative period), recent (until 21 days) and delayed (after 21 days). Complications related to reconstruction itself were divided into minor (partial necrosis or partial satisfaction) or major (total necrosis or no satisfaction). Complications related to donor sites were divided into minor (surgical repair) or major (deformity not acceptable). Results were divided into good, acceptable and bad. Results: The results related to reconstruction were classified into good (72.91%), acceptable (16.67%) and bad (10.42%). The results related to donor site were classified into good (87.5%) and acceptable (12.5%) and no bad result. Conclusion: Good and acceptable results are important to credibility and sedimentation of microsurgery procedures.

Keywords: Microsurgery. Surgical flaps. Plastic surgery.

 

RESUMO

Introdução: A microcirurgia reconstrutiva tem sido aplicada à cirurgia plástica desde a década de 70, com várias possibilidades de reconstruções. Objetivo: Relatar a experiência inicial de um serviço de cirurgia plástica ao implantar um grupo de microcirurgia, analisando as complicações e resultados da casuística. Método: Foram realizados 48 transplantes microcirúrgicos (reconstruções de cabeça e pescoço, mama e membros inferiores). As complicações foram divididas em imediatas (intra-operatórias), recentes (até 21 dias) e tardias (após 21 dias). Foram analisadas as complicações relacionadas às reconstruções: menores (perda parcial do retalho e/ou satisfação parcial do plano pré-operatório) e maiores (perda total do retalho e/ou não satisfação do plano pré-operatório). Em relação às áreas doadoras, foram divididas em menores (com necessidade de reintervenção cirúrgica) e maiores (deformidade não satisfatória ao cirurgião ou não aceitável ao paciente). Os resultados foram classificados como bons, satisfatórios ou maus resultados. Resultados: Quarenta e três retalhos sobreviveram (89,58% de sucesso) e em 5 houve perda total. Os resultados da reconstrução foram classificados em bons (72,91%), satisfatórios (16,67%) e ruins (10,42%). Os resultados das áreas doadoras foram classificados em bons (87,5%), satisfatórios (12,5%) e ruim (0%). Conclusão: As taxas de complicações e resultados da casuística sedimentaram a microcirurgia como opção cirúrgica no Serviço em estudo.

Palavras-chave: Microcirurgia. Retalhos cirúrgicos. Cirurgia plástica.

 

Reconstrução de lesões extensas de pálpebras com retalhos de face após excisão de neoplasias palpebrais

Rodolfo Luis Korte; Chrystiano Campos Ferreira; Ana Elisa Kadri Castilho; Laryssa Fernanda Feitosa; Sarah Amanda Kuster Schereder
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(Suppl.1):37-39 - Face I

PDF Portuguese

RESUMO

Por apresentar uma pele fina e sensível, a pálpebra pode ser acometida por diferentes tipos de tumores de pele, sendo esses benignos ou malignos. Dependendo do tamanho da lesão, das camadas de pele afetadas e da extensão da área de excisão, são necessários retalhos cutâneos para reconstruí-la. A extensão dos tumores determinará qual a melhor forma de reconstrução. Esses devem ser eficientes em devolver a funcionalidade do tecido lesionado, bem como sua estética. No presente trabalho, quatro reconstruções são demonstradas em relação à eficiência na recuperação funcional e estética das pálpebras em ressecções extensas, identificadas pelo retalho médio-frontal, retalho V-Y e retalho de região temporal.

Palavras-chave: Neoplasias palpebrais; Reconstrução; Retalhos cirúrgicos.

 

Complex reconstruction of the upper and lower limbs by using reverse-flow flaps: a series of 32 cases

Caio Alcobaça Marcondes; Salustiano Gomes de Pinho Pessoa; Breno Bezerra Gomes de Pinho Pessoa; Arthur André Hartmann
Rev. Bras. Cir. Plást. 2015;30(4):622-625 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

INTRODUCTION: Reconstruction of the soft tissues after loss of substance in the distal third of the upper and lower limbs, in particular when associated with the exposure of noble structures (bone, tendon, nerves, or blood vessels), remains a challenge in plastic surgery. Fasciocutaneous reverse flow flaps are an efficient surgical option for covering small and medium lesions in this location. METHOD: A retrospective clinical study was performed on a series of 32 cases of complex trauma of the upper and lower limbs treated between January 2013 and December 2014. RESULTS: A total of 24 reverse-flow flaps were performed in the lower limbs and eight in the upper limbs, resulting in efficient coverage of the defects. CONCLUSION: Reverse-flow flaps are reliable and present rotation arcs that allow coverage of a variety of lesions in the distal third of the upper and lower limbs.

Keywords: Surgical flaps; Reconstructive surgical procedures; Hand trauma; Lesion of the soft tissues; Leg trauma/surgery.

 

RESUMO

INTRODUÇÃO: A reconstrução de partes moles após perdas de substância do terço distal dos membros superiores e inferiores, principalmente quando associada à exposição de estruturas nobres (osso, tendão, nervos ou vasos sanguíneos), continua a desafiar a cirurgia plástica. Os retalhos fasciocutâneos de fluxo reverso são uma eficiente opção cirúrgica na cobertura de lesões pequenas e médias nesta localização. MÉTODO: Foi realizado um estudo clínico retrospectivo, no período de janeiro de 2013 a dezembro de 2014, de uma série de 32 casos de traumas complexos em membros superiores e inferiores. RESULTADOS: Foram realizados 24 retalhos de fluxo reverso nos membros inferiores e 8 nos membros superiores, observando-se uma cobertura eficaz dos defeitos. CONCLUSÃO: Os retalhos de fluxo reverso são confiáveis e apresentam arcos de rotação que permitem a cobertura de lesões diversas no terço distal de membros superiores e inferiores.

Palavras-chave: Retalhos cirúrgicos; Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos; Traumatismos da mão; Lesões dos tecidos moles; Traumatismos da perna/cirurgia.

 

Improving the results of upper eyelid blepharoplasty: zetaplasty to correct lateral eyebrow sliding

Tammy Hentona Osaki; Carlos Alberto Affonso Ferreira; Midori Hentona Osaki
Rev. Bras. Cir. Plást. 2016;31(3):398-401 - Ideas and Innovation

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

INTRODUCTION: A frequent aesthetic problem that occurs in the aging process is the drooping of the eyebrows, more common and evident in the mid lateral aspect. METHODS: In order to obtain a satisfactory cosmetic result associated with minimal scar extension, we present a less invasive technique, indicated for select patients who present with dermatochalasis and lateral eyebrow sliding. RESULTS: This technique showed to be an easy procedure to execute and resulted in satisfactory aesthetic outcomes, similar to the technique described by Castañares, with the advantage of scar limited to the lateral region. CONCLUSIONS: As another option for the surgical elevation of the eyebrow lateral third segment, an easy Z-type skin flap transposition is a cost-effective procedure that can offer less evident scars with a natural aesthetic effect in this exposed area of the face.

Keywords: Blepharoplasty; Plastic surgery; Surgical flaps.

 

RESUMO

INTRODUÇÃO: Um problema estético frequentemente observado no processo de envelhecimento facial é a queda dos supercílios, principalmente na sua porção lateral. MÉTODOS: A fim de obter resultados estéticos satisfatórios e cicatriz menos extensa, apresentamos uma técnica menos invasiva para elevação do supercílio lateral. Esta técnica é indicada para casos selecionados de pacientes com dermatocálaze associada à queda da porção lateral do supercílio. RESULTADOS: A técnica mostrou-se de fácil execução, proporcionando resultados estéticos gratificantes, similares aos da técnica descrita por Castañares, com a vantagem de resultar em cicatrizes limitadas à região lateral do supercílio. CONCLUSÕES. A zetaplastia com transposição de retalhos cutâneos no terço lateral dos supercílios mostrou-se uma boa opção para a elevação desta área. Além de ser pouco invasiva, esta técnica apresenta como vantagens cicatriz pouco evidente, menor custo e proporciona um efeito estético natural nesta importante região da face.

Palavras-chave: Blefaroplastia; Cirurgia plástica, Retalhos cirúrgicos.

 

Pulp exchange: a simple solution for a complex problem

Felipe Kunrath Simões Pires; Lourenço Frigeri Teixeira; Pedro Djacir Escobar Martins; Jefferson Braga Silva
Rev. Bras. Cir. Plást. 2012;27(1):115-118 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

BACKGROUND: The fingertip is essential to the quality of the bi-digital pinch. Trauma to the fingertip is common and is difficult to resolve. In pulp exchange, a homodigital neurovascular island flap reconstructs the dominant pulp using pulp from the nondominant pulp, providing good skin coverage and sensitivity. METHODS: From January 2000 to December 2008, 16 patients lost their dominant digital pulp. The surgical technique used for repair consisted of a homodigital neurovascular island flap, vascularized by the palmar digital artery of the nondominant pulp transposed to the dominant side. Flap viability, its sensitivity, and deficits in proximal and distal interphalangeal articulations were analyzed. RESULTS: In the two-point discrimination test, an average of 8 mm was measured for all digits except the ring finger. In the Semmes-Weinstein monofilament test, D1 and D3 scored 3.61, while the other fingers scored 4.31. The same contralateral digits scored 2.83, except D5, which scored 3.61. CONCLUSIONS: The technique of pulp exchange presented satisfactory functional results with regard to viability, sensitivity, and digital mobility, particularly with respect to the pinch. This local neurovascular flap also provides acceptable aesthetic results and is performed as a single surgical procedure.

Keywords: Reconstructive surgical procedures. Finger injuries/surgery. Surgical flaps. Sensation.

 

RESUMO

INTRODUÇÃO: A ponta do dedo tem papel importante na qualidade do movimento de pinça bidigital, e seu trauma é comum e difícil de resolver. Na troca pulpar, um retalho neurovascular homodigital em ilha reconstrói a polpa dominante, proporcionando boa cobertura de pele e sensibilidade, usando a polpa não-dominante. MÉTODO: De janeiro de 2000 a dezembro de 2008, 16 pacientes perderam a polpa digital dominante. A técnica cirúrgica consistiu de um retalho neurovascular homodigital em ilha, vascularizado pela artéria digital palmar da polpa não-dominante transposto para o lado dominante. A viabilidade do retalho, sua sensibilidade e o déficit das articulações interfalangeanas proximal e distal foram analisados. RESULTADOS: Houve média de 8 mm no teste de discriminação entre dois pontos estáticos para todos os dígitos, exceto no dedo anelar. No teste monofilamentar de Semmes-Weinstein, obteve-se escore de 3,61 para D1 e D3, e de 4,31 para os outros dedos. Comparado ao mesmo dígito contralateral, obteve-se escore de 2,83 para todos os dígitos, exceto para D5, que apresentou maior escore (3,61). CONCLUSÕES: A técnica de troca pulpar apresentou resultados funcionais satisfatórios quanto a viabilidade, sensibilidade e mobilidade digital, priorizando o movimento da pinça. Esse retalho neurovascular local também proporciona resultados estéticos aceitáveis, em um único procedimento cirúrgico.

Palavras-chave: Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos. Traumatismos dos dedos/cirurgia. Retalhos cirúrgicos. Sensação.

 

Reverse posterior interosseous flap of the forearm for the surgical treatment of electric hand trauma: Case report

Rodolfo Costa Lobato; Wellington Menezes Mota; Paulo Tuma; Dimas André Milcheski; Hugo Alberto Nakamoto; Rolf Gemperli
Rev. Bras. Cir. Plást. 2019;34(3):423-427 - Case Report

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Introduction: Lesions affecting the hands with significant skin loss often require flaps for early coverage, as these permit faster healing. Among the various options, the reverse posterior interosseous flap of the forearm is most commonly used for defects involving the back of the hand and wrist due to low complication rates. Normally, this flap is not used for the reconstruction of defects in the palmar region since its distal reach is insufficient. Case report: We present the case of a male patient with third-degree electrical burns on his right palm, whose reconstruction was performed on the 14th day postinjury using the reverse posterior interosseous flap of the forearm after conservative debridement. The patient presented good postoperative evolution, without long-term complications or functional sequelae. Conclusion: The reverse posterior interosseous flap of the forearm permits adequate coverage of palm injuries, preserving its functionality.

Keywords: Burns; Burns by electric current; Surgical flaps; Techniques for wound closure; Hand injuries.

 

RESUMO

Introdução: Lesões que acometem as mãos com importante perda cutânea frequentemente requerem retalhos para cobertura precoce, visto que permitem melhor reabilitação. Dentre as opções, o retalho interósseo posterior reverso do antebraço é o mais utilizado para defeitos no dorso da mão e punho, com baixas taxas de complicações. Normalmente, esse retalho não é utilizado para a reconstrução de defeitos em região palmar, já que geralmente não alcança esse local.
Relato de caso: Apresentamos o caso de um paciente com queimadura elétrica de terceiro grau, em palma da mão direita, cuja reconstrução foi realizada com o uso do retalho interósseo posterior reverso do antebraço, após debridamentos conservadores, no 14o dia após a queimadura. O paciente apresentou boa evolução pós-operatória, sem complicações ou sequelas funcionais a longo prazo.
Conclusão: O retalho interósseo posterior reverso do antebraço permite cobertura adequada de lesões em palma da mão, preservando sua funcionalidade.

Palavras-chave: Queimaduras; Queimaduras por corrente elétrica; Retalhos cirúrgicos; Técnicas de fechamento de ferimentos; Traumatismos da mão

 

Late reconstruction of a traumatized hand with loss of multiple fingers

Renan Lyuji Takemura; Hugo Alberto Nakamoto; Fernanda do Carmo Iwase; João Carlos Nakamoto; Bruno Azevedo Veronesi; Teng Hsiang Wei
Rev. Bras. Cir. Plást. 2017;32(3):441-444 - Case Report

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Mutilating hand injuries are a challenge to both the hand surgeon and the patient. The surgeon must make decisions ranging from the initial debridement to which fingers and joints will be preserved and the appropriate use of the parts to be removed. Late reconstruction constitutes the second part of this difficult task. The difficulty attributed to the characteristics of each lesion, the large number of treatment possibilities, and the different levels of complexity must be adapted to the personal needs and motivation of each patient. This case report describes a late hand reconstruction with index and middle finger loss, using metacarpophalangeal joint transplantation of the index finger to gain the proximal interphalangeal function of the middle finger.

Keywords: Microsurgery; Hand joint; Finger joints; Acquired hand deformities; Hand deformities; Hand trauma.

 

RESUMO

As lesões mutilantes de mão são um desafio para o cirurgião de mão e o paciente. O cirurgião deve tomar decisões desde o debridamento inicial, escolhendo quais dedos e articulações serão preservadas e uso apropriado das partes a serem retiradas. A reconstrução tardia é a segunda parte dessa difícil tarefa. Dificuldade que se atribui à particularidade de cada lesão, do grande número de possibilidades de tratamento e seus diversos níveis de complexidade que devem ser adequados à necessidade e motivação pessoal de cada paciente. Este relato de caso apresenta uma reconstrução tardia de mão com perda de indicador e dedo médio com transplante de articulação metacarpofalângica de indicador para função de interfalangeana proximal de dedo médio.

Palavras-chave: Microcirurgia; Articulação da mão; Articulações dos dedos; Deformidades adquiridas da mão; Deformidades da mão; Traumatismos da mão.

 

Mucosal and local skin flap reconstruction for loss of substance in the cheek region

Jose Mauro de Oliveira Squarisi; Thais Gomes Casali; Diogo Petroni Caiado Fleury; Fernanda Dinelli Scala; Fabrício Nishimoto; Paulo Roberto da Costa
Rev. Bras. Cir. Plást. 2014;29(3):442-445 - Ideas and Innovation

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

The face is an important structure, because it is the most visible part of the body and contains delicate and complex elements that are essential for aesthetics and functionality. Facial reconstruction of areas with substantial substance loss remains a surgical challenge. There are several repair options, with corresponding advantages and disadvantages. We present a case of a patient with substance loss of the total thickness of the cheek region who received mucosal and local skin flap surgery, with good results and functional preservation.

Keywords: Reconstruction; Face; Cheek; Surgical flaps.

 

RESUMO

A face representa uma estrutura importante nos seres humanos, devido a ser a parte mais visível do corpo e conter elementos delicados e complexos, que são essenci ais em termos de beleza e funcionalidade. As reconstruções faciais, em áreas de grandes perdas de substâncias, permanecem como um desafio para os cirurgiões. Apresentam várias opções de reparo, todas com suas vantagens e desvantagens. Mostramos o caso de um paciente apresentando perda de substância de espessura total em região de bochecha, que foi submetido à associação de retalho mucoso e retalho cutâneo local, apresentando bom resultado e preservação funcional.

Palavras-chave: Reconstrução; Face; Bochecha; Retalhos cirúrgicos.

 

Transplant of the greater omentum for reconstruction of a complex hand injury

Salustiano Gomes de Pinho Pessoa; Breno Bezerra Gomes de Pinho Pessoa; Lucas Machado Gomes de Pinho Pessoa
Rev. Bras. Cir. Plást. 2015;30(3):482-486 - Case Report

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

The greater omentum, a large fold of the peritoneum, can be used as a free flap in numerous procedures due to the extensive network of its broad vascular pedicle and its versatility when manipulated. In this case report, we present a patient with a complex degloving injury, in which an omental flap was the best therapeutic option for reconstruction of the hand. The greater omental flap is a viable option for complex lesions of the hand, and provides good coverage of the lesion and good functional and aesthetic results.

Keywords: Hand injuries; Plastic surgery; Microsurgery.

 

RESUMO

O grande omento, uma larga prega de peritônio, pode ser usado como retalho livre em numerosos procedimentos devido à vasta e calibrosa rede de seu pedículo vascular e à sua versatilidade para ser manipulado. Neste relato de caso, nós apresentamos um paciente vítima de complexa lesão de desenluvamento, cujo retalho de grande omento se provou como a melhor opção para a reconstrução da mão dentre as outras opções terapêuticas. O retalho de grande omento é uma opção viável para lesões complexas da mão, oferecendo boa cobertura da lesão e bom resultado funcional e estético.

Palavras-chave: Traumatismos da mão; Cirurgia plástica; Microcirurgia.

 

Lip reconstruction with cervical platysma muscle randomized flaps

Rodrigo Cesar Pimenta Gomes; Francisco de Assis Montenegro Carvalho; Leonardo Michal Zakzak; Ricardo Lapa Kruse; Fernando Soares de Alcântara; Régis Pinheiro Nogueira; Nidall de Sousa Raad
Rev. Bras. Cir. Plást. 2015;30(2):319-323 - Case Report

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

INTRODUCTION: Surgical reconstruction of lip deformities requires proper anatomical knowledge and surgical techniques. Factors such as location, extent, depth, and appropriate initial treatment of the lesion are parameters that are simultaneously analyzed to identify the most suitable surgical strategy. The flap described by Tsur is defined as a platysma muscle randomized flap, and can be raised from the neck as a unipedicled or bipedicled tube, depending on the size and location of the loss of substance. This may include the hairy cervical area, and it can be used in defects of the partial or total plane of the lip. METHOD: Three patients with extensive loss of lip substance underwent surgery. A bipedicled flap was used in two cases, and a unipedicled flap in one case. RESULTS: In the first patient, one pedicle of the cervical flap was released on the 15th postoperative day. After 30 days, we released the other, after full integration into the upper lip. From this, flaps were randomly made for the reconstruction of the lower lip, columella, and nasal tip. The second patient developed necrosis of the central portion of the flap, and the recipient bed was anchored next to the commissure. The patient showed improved salivary continence. The third patient progressed well, and the tongue flap used to reconstruct the upper lip was released three weeks later. CONCLUSION: Reconstruction with a Tsur flap was useful in cases of total reconstruction of the upper and lower lip, in addition to being a great alternative in situations in which it was impossible to use microsurgical flaps. This technique also allowed the achievement of satisfactory aesthetic outcomes, and resulted in the recovery of masticatory function and appropriate speech, despite the initial complexity of the cases.

Keywords: Reconstruction; Lip; Surgical flap; Neck.

 

RESUMO

INTRODUÇÃO: A reconstrução cirúrgica da deformidade labial exige bom conhecimento anatômico e técnica cirúrgica. Fatores como localização da lesão, extensão, profundidade e tratamento inicial adequado constituem variáveis que são analisadas em conjunto para a estratégia cirúrgica mais apropriada. O retalho de Tsur é definido como randomizado do músculo platisma que pode ser elevado do pescoço como tubo unipediculado ou bipediculado, dependendo do tamanho e da localização da perda de substância. Pode incluir área pilosa cervical e ser utilizado em defeitos de plano parcial ou total do lábio. MÉTODO: Foram operados três pacientes com perda de substância labial extensa. Foi utilizado retalho bipediculado em dois casos e unipediculado em um caso. RESULTADOS: No primeiro paciente, foi liberado um dos pedículos do retalho cervical no 15º dia do pós-operatório. Após 30 dias, o outro foi liberado após integração completa ao lábio superior. A partir deste, retalhos ao acaso foram confeccionados para reconstrução do lábio inferior, columela e ponta nasal. O segundo paciente evoluiu com necrose da porção central do retalho, sendo realizada confecção de leito de ancoragem próximo à comissura. Apresentou melhora da continência salivar. O terceiro paciente evoluiu bem, sendo liberado o retalho lingual utilizado para reconstruir o lábio superior após 3 semanas. CONCLUSÃO: A reconstrução com o retalho de Tsur mostrou-se útil nos casos de reconstrução total do lábio superior e inferior, além de ser ótima alternativa na situação de impossibilidade de utilização do retalho microcirúrgico e de permitir um resultado estético aceitável com recuperação da função mastigatória e da fala adequadas, apesar da complexidade inicial dos casos.

Palavras-chave: Reconstrução; Lábio; Retalhos cirúrgicos; Pescoço.

 

Reintegration of distal digital amputation with composite graft and plasmatic diffusion expanded distally on the palmar dermal plane - a case report of a 2-year-old child and a literature review

Chang Yung Chia; Tomaz Nassif
Rev. Bras. Cir. Plást. 2015;30(3):495-500 - Case Report

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

In more-distal amputations of the fingertips, microsurgical replantation is not feasible. For these cases, composite graft provides the best functional and aesthetic results. However, its reintegration is uncertain. Several techniques have been proposed to improve bulky graft survival by basically reducing its volume, regardless of whether a skin flap is connected. Other techniques create an additional contact surface for plasmatic diffusion, the so-called subcutaneous pocket, without reducing the composite graft volume and yielding high success rates. This article presents a case of amputation of the distal tip of the fifth digit (Ishikawa zone I) of a 2-year-old child. Because of the impossibility of microsurgical replantation, a composite graft was used to reintegrate the amputated stump, without debridement, by creating a new contact surface for plasmatic diffusion at the distal end of the grafted stump, on the dermal plane in the hypothenar region, thereby increasing the contact area and decreasing the radial distance for the plasmatic diffusion of the composite graft. Twelve days later, the additional contact was separated and both surfaces presented bleeding. Full reintegration occurred with minimal scarring of the finger and hypothenar region. A brief literature review was conducted, discussing surgical concepts and factors that influence composite graft survival. The most appropriate and best vascularized anatomic plane for additional contact with the graft in the recipient area needs to be determined.

Keywords: Amputation; Amputation stumps; Composite grafts; Child; Finger injuries.

 

RESUMO

Nas amputações mais distais da ponta dos dedos, o reimplante microcirúrgico pode não ser praticável. Nestes casos, o enxerto composto oferece os melhores resultados funcionais e estéticos, sendo, porém, incerta a sua reintegração. Várias técnicas foram aventadas para melhorar a sobrevida do enxerto volumoso, basicamente diminuindo o seu volume, associando ou não um retalho cutâneo. Outras técnicas criam uma superfície adicional de contato para difusão plasmática, o "bolso subcutâneo", sem diminuir o volume do enxerto composto, com altas taxas de sucesso. O presente artigo apresenta um caso de amputação da ponta distal do dedo mínimo (zona I de Ishikawa) numa criança de 2 anos de idade. Impossível de reimplante microcirúrgico, a reintegração foi feita com enxerto composto do coto amputado, sem desbridamento, e com a criação de uma nova superfície de contato para difusão plasmática, na extremidade distal do coto enxertado, no plano dérmico da região hipotênar, aumentando assim a área de contato e diminuindo a distância radial da difusão plasmática no enxerto composto. Doze dias após, esse contato adicional foi separado e ambas as superfícies apresentaram sangramento. A reintegração foi total, com mínimas cicatrizes no dedo e na região hipotênar. Uma breve revisão bibliográfica foi feita e discutidos os conceitos cirúrgicos, assim como os fatores que influenciam na sobrevida do enxerto composto. Na área receptora, o plano anatômico mais adequado e melhor vascularizado, para o contato adicional com o enxerto, necessita ser determinado.

Palavras-chave: Amputação; Cotos de amputação; Enxertos compostos; Criança; Traumatismos dos dedos.

 

Options for Reconstruction of Nasal Tip After Pit Bull Bite: Case Report

CELTO PEDRO DALLA VECCHIA; CARLO MOGNON MATTIELLO; CAIO PUNDEK GARCIA; LEANDRO RAFAEL SANTIAGO CEPEDA; GUILHERME LUIZ PACHER SCHMITZ; JORGE BINS ELY
Rev. Bras. Cir. Plást. 2019;34(Suppl.1):79-81 - 35ª Jornada Sul Brasileira de Cirurgia Plástica

PDF Portuguese

ABSTRACT

Introduction: Among the many options for nasal reconstruction are the Rintala flap and the Middle-front Retail, both with excellent aesthetic results.
Objective: To report the management of a case of nasal tip reconstruction after a dog bite.
Method: The case in question was approached with the realization of Rintala flap and, due to its failure, with the option of the mid-frontal flap.
Results: The Rintala flap, because it was a randomized flap in a smoker patient and was done with an incorrect approach, did not present the expected result. In turn, the middle-forehead flap remained as a salvage option for the case of necrosis and coverage of an even greater defect.
Conclusions: It is fundamental to always keep in mind the anatomy of the frontal region and preservation of the supratrochlear and supraorbital arteries even when using other flaps, so that the option of the forehead flap is not lost, even if as a rescue.

Keywords: Reconstruction; Nose; Surgical flaps

 

RESUMO

Introdução: Entre inúmeras opções de reconstrução nasal estão o retalho de Rintala e o Retalho Médio-frontal, ambos com excelentes resultados estéticos. Objetivo: Relatar o manejo de um caso de reconstrução de ponta nasal após mordida de cachorro.
Método: O caso em questão foi abordado com a realização de retalho de Rintala e, no seu insucesso, com a opção do retalho médio-frontal.
Resultados: O retalho de Rintala, por ser um retalho randomizado, em paciente tabagista e com abordagem incorreta, não apresentou o resultado esperado. Por sua vez, o retalho médio-frontal se manteve como opção de resgate para o caso de necrose e cobertura de um defeito ainda maior.
Conclusão: É fundamental sempre se ter em mente a anatomia da região frontal e preservação das artérias supratrocleares e supraorbitais mesmo quando da utilização de outros retalhos, para que não se perca a opção do retalho médio frontal, mesmo que como resgate.

Palavras-chave: Reconstrução; Nariz; Retalhos cirúrgicos

 

Uso do retalho superomedial para reconstrução perineal

PAULO EDUARDO MACEDO CARUSO; MIGUEL ENRIQUE RIVERA GOMEZ; MARIANA RODRIGUES DE SOUSA REBELATO; MARCELO LOPES DIAS KOLLING; FELIPE FERREIRA LARANJEIRA; MILTON PAULO DE OLIVEIRA
Rev. Bras. Cir. Plást. 2019;34(Suppl.3):99-101 - Articles

PDF Portuguese

RESUMO

Introdução: A gangrena de Fournier é uma doença infecciosa de início insidioso, rapidamente progressiva e agressiva. Existem várias técnicas possíveis, como enxertos cutâneos, retalhos miofasciocutâneos e fasciocutâneos, além do fechamento primário da lesão, se viável. O retalho fasciocutâneo superomedial da coxa é uma opção muito utilizada, devido ao fato de apresentar bons resultados estéticos e funcionais, além de simples execução.
Relato de caso: Paciente masculino, 62 anos, encaminhado após desbridamento por gangrena de Fournier. Foi realizado cirurgia para reconstrução de períneo, sendo usado retalho superomedial de coxa bilateral.
Discussão: O retalho fasciocutâneo superomedial da coxa foi descrito por Hirshowitz, et al., como sendo um retalho provavelmente arterial, localizado na curvatura medial da coxa. Possui boa espessura, facilidade de rotação, excelente aspecto estético e complicações como necrose são muito raras, devido à rica vascularização que o torna muito seguro, inclusive em pacientes diabéticos e portadores de vasculopatias.

Palavras-chave: Gangrena de Fournier; Retalhos cirúrgicos; Extremidade inferior; Reconstrução; Cirurgia plástica

 

Uso do retalho adipofascial reverso para cobertura dos dedos da mão após trauma: relato de caso

PAULO EDUARDO MACEDO CARUSO; DÉBORA KOR; MARCELO LOPES DIAS KOLLING; JOSÉ HENRIQUE GUIMARÃES FLORIANI; JEFERSON LUÍS BRAGA SILVA; MARCOS RICARDO DE OLIVEIRA JAEGER
Rev. Bras. Cir. Plást. 2019;34(Suppl.3):102-103 - Articles

PDF Portuguese

RESUMO

Introdução: Os traumas e patologias relacionadas a mão e punho estão entre as principais causas de afastamento por acidentes de trabalho no Brasil. O desenvolvimento de técnicas cirúrgicas de reconstrução dessa região anatômica é uma busca constante pelos cirurgiões plásticos.
Objetivo: Uso do retalho adipofascial reverso para reconstrução de lesões em região do dorso da mão e dos dedos.
Relato de caso: 28 anos, masculino, com lesão por desenluvamento traumático de múltiplos dedos da mão esquerda. A cobertura cutânea foi planejada para restabelecer a superfície deslizante dos tendões extensores. O retalho adipofascial reverso foi o escolhido para a reconstrução.
Discussão: O papel do cirurgião plástico é buscar uma alternativa de tratamento que possa ser realizado de maneira prática e com um bom resultado pós-operatório.
Conclusão: O uso do retalho adipofascial reverso para cobertura de lesões por desenluvamento das mãos e dos dedos se mostra uma boa para reconstrução.

Palavras-chave: Retalhos cirúrgicos; Deformidades adquiridas da mão; Cirurgia plástica; Reconstrução; Traumatismos da mão; Traumatismos dos dedos

 

Total Eyelid Reconstruction with Myocutaneous Temporofrontalis Flap

GUILHERME LUIZ PACHER SCHMITZ; CAIO PUNDEK GARCIA; LEANDRO SOARES GRANGEIRO; DANIEL ONGARATTO BARAZZETTI; PEDRO HENRIQUE ONGARATTO BARAZZETTI; JORGE BINS ELY
Rev. Bras. Cir. Plást. 2019;34(Suppl.1):123-125 - 35ª Jornada Sul Brasileira de Cirurgia Plástica

PDF Portuguese

ABSTRACT

Basal cell carcinoma (BCC) is the type of cancer most frequently found in humans. It is a malignant epidermal tumor, with slow growth and local invasiveness, which affects more frequently Caucasians. In our patient, the BCC invaded the eyelid and underlying skeletal muscle tissue, and the margins were free of malignancy. We report an exuberant and atypical clinical case that resulted from an extensive and delicate resection of the lesion and, after palpebral reconstruction with temporofrontal flap, resulted in the maintenance of aesthetics and motor function.

Keywords: Reconstruction; Eyelid neoplasms; Surgical flaps

 

RESUMO

O carcinoma basocelular (CBC) é o câncer mais frequentemente encontrado em humanos. É um tumor maligno epidérmico, de crescimento lento e invasividade local, que afeta mais frequentemente os caucasianos. Em nosso paciente, o CBC invadia a pálpebra e o tecido muscular esquelético subjacente, sendo as margens livres de malignidade. Relatamos um caso clínico exuberante e atípico que foi resultado de uma ressecção extensa e delicada de lesão e, após reconstrução palpebral com retalho temporofrontal, resultou na manutenção da estética e função motora.

Palavras-chave: Reconstrução; Neoplasias palpebrais; Retalhos cirúrgicos

 

Acidente traumático do membro superior devido à máquina laminadora: 2 casos clínicos

Melizza Colello; Natalia Cortabarría; Noel Fraga; Jesús Manzani
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(Suppl.1):153-155 - Membro Superior e Inferior

PDF Portuguese

RESUMO

INTRODUÇÃO: No Uruguai, o uso da sobadora ou laminadora, uma máquina usada na indústria gastronômica, é frequente. Devido ao grande número de acidentes desta natureza, nos últimos anos essas máquinas foram melhoradas com interruptores de segurança, reduzindo o número de pacientes afetados. No entanto, hoje, ainda há protetores desprotegidos, além do uso inadequado por trabalhadores, causando esse tipo de trauma. É um acidente de trabalho que gera alterações anatômicas funcionais da mão e/ou do resto do membro superior, gerando sequelas e incapacidade em maior ou menor grau, bem como trauma de grande magnitude que pode colocar em risco a vida do paciente. OBJETIVO: Conhecimento desta afecção frequente em nosso meio, análise do mecanismo de lesão, tratamento e reabilitação, com base em 2 casos clínicos. MÉTODOS: Detalharemos 2 pacientes com seu quadro clínico e enfrentar terapêutica. Caso número 1, paciente de 25 anos, mão direita, trabalhador manual, sofre traumatismo aberto, com ferida na palma da mão direita, em seguida, eminência e primeiro segmento de polegar. Paciente do caso número 2 de 27 anos, sem antecedentes pessoais, destro, sofre traumatismo aberto na mão direita, com degloving na parte de trás e palma da mão. RESULTADOS: O paciente número 1 sofreu osteossíntese estável com as unhas de Kirschner, o reparo de planos de cobertura, que exigiu o autoenxerto. Imobilização por 4 semanas, com posterior reabilitação. O paciente número 2 sofreu osteossíntese com as unhas de Kirschner e o fechamento direto da ferida. Ele apresenta no pós-operatório sofrimento de planos de cobertura que requer autoenxerto. Imobilização por 4 semanas, com posterior reabilitação. CONCLUSÕES: O uso da sobadora é comum no Uruguai; seu manuseio pode causar lesões no nível do membro superior, com severidade variável. Seu mecanismo de lesão depende de vários fatores e consiste em 3 forças, atração, fricção e avulsão. O tratamento deve ser precoce, com uma adequada reabilitação posterior, a fim de obter bons resultados.

Palavras-chave: Ferimentos e lesões; Traumatismos da mão; Fios ortopédicos; Enxerto osso-tendão patelar-osso.

 

Reconstruction using the customized fibular microsurgical flap for treatment of mandibular bone defect

MARCELO LOPES DIAS KOLLING; AMR ARIKAT; JEFFERSON LUIS BRAGA DA SILVA; MARCOS RICARDO DE OLIVEIRA JAEGER; PAULO EDUARDO MACEDO CARUSO; ROLANDO MENDONZA ROMERO
Rev. Bras. Cir. Plást. 2019;34(Suppl.1):199-201 - 35ª Jornada Sul Brasileira de Cirurgia Plástica

PDF Portuguese

ABSTRACT

Introduction: Mandibular reconstruction can be carried out through a number of different methods. For defects below 6 cm, a simple bone graft obtained either from iliac crest or the fibular bone can be utilized. For bigger defects, however, the microsurgical fibular flap is the best choice presently. The aim of this study is to detail the technique of mandibular reconstruction using the customized fibular microsurgical flap. We utilized the lateral approach to the fibular harvest. Mandibular reconstruction through the lateral access is a viable alternative with easy access to the vascular pedicle on the donor region.

Keywords: Surgical flaps; Mandibular reconstruction

 

RESUMO

Introdução: Aos defeitos de preenchimento ósseo da região mandibular são de difícil reparação. A reconstrução óssea por meio de retalho microcirúrgico da fíbula permite o transplante de tecido ósseo vascularizado que posteriormente pode incorporar os implantes osseointegrados. A fíbula na região da perna pode ser abordada de diversas maneiras, o que permite inclusive a confecção de múltiplas osteotomias que a adaptam ao defeito na face e até mesmo um transplante microcirúrgico composto de ilha de pele e de tecido ósseo. O objetivo do presente trabalho é demonstrar a técnica de abordagem lateral da fíbula para reconstrução dos defeitos ósseos da mandíbula, que permite maior visibilidade do campo operatório e adaptação do molde produzida por meio da impressão tridimensional. A abordagem lateral confere uma alternativa de visualização facial do pedicuro vascular na zona doadora do retalho microcirúrgico.

Palavras-chave: Retalhos cirúrgicos; Reconstrução mandibular

 

Indexers

Licença Creative Commons All scientific articles published at www.rbcp.org.br are licensed under a Creative Commons license