ISSN Online: 2177-1235 | ISSN Print: 1983-5175

Showing of 1 until 20 from 154 result(s)

Search for : Mastectomia; Seroma; Complicações pós-operatórias; Drenagem; Próteses e implantes

Breast reconstruction in young women and their peculiarities

Marcela Caetano Cammarota; Gabriel Campelo dos Santos; José Carlos Daher; Bruno Peixoto Esteves; Leonardo David Pires Barcelos; Daniel Augusto dos Santos Soares; Ismar Ribeiro Junior; Milena Carvalho Almeida Aldino; Fabrício Tavares Mendonça
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(1):3-11 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

INTRODUCTION: To evaluate the main features and methods used in breast reconstruction in young women considering their unique characteristics. METHODS: A retrospective records review of patients who underwent mastectomy followed by breast reconstruction between January 2008 and December 2015 was conducted, selecting those reconstructions that were performed in women younger than 40 years. RESULTS: Forty-three patients were selected. The average age was 33.86 years. Many had some comorbidities, the most common being overweight and anxiety/depressive disorder. Fourteen patients had a family history of the disease. Most were diagnosed with invasive ductal carcinoma. Additional cancer treatments were administered in most cases. All patients underwent a full mastectomy in the breast with cancer, and in 16, there was the option of contralateral risk-reducing mastectomy. Of the 43 reconstructions, 36 were immediate and 7 were delayed, and 17 involved use of implants, 13 involved use of tissue expanders, 4 involved the TRAM, and 9 involved the GD. We observed 15 complications; the most severe were infection with reconstruction loss in one patient and areola necrosis in another. CONCLUSIONS: Young women undergoing breast reconstruction represent a population subgroup with its own characteristics. The tumors and personal and social patterns differ, and based on this long list of variables, treatment options are diverse. In our series, breast implants and tissue expanders were often most used.

Keywords: Breast neoplasms; Mastectomy; Mastectomy, radical; Young adult; Mammaplasty; Postoperative complications.

 

RESUMO

INTRODUÇÃO: O objetivo do trabalho foi avaliar as principais características e métodos utilizados na reconstrução mamária de mulheres jovens, considerando suas peculiaridades. MÉTODOS: Foi realizada uma revisão retrospectiva dos prontuários das pacientes submetidas à mastectomia seguida de reconstrução mamária no período de janeiro de 2008 a dezembro de 2015, sendo selecionados aqueles cuja reconstrução foi realizada em mulheres de até 40 anos de idade. RESULTADOS: 43 pacientes foram selecionadas. A média de idade foi de 33,86 anos. Grande parte possuía alguma comorbidade, sendo as mais comuns o sobrepeso e o transtorno ansioso/depressivo. Quatorze pacientes tinham história familiar da doença. A maioria obteve o diagnóstico de carcinoma ductal invasor. Tratamentos oncológicos complementares foram realizados em grande parte dos casos. Todas as pacientes foram submetidas à mastectomia total na mama portadora da neoplasia, sendo que em 16 houve a opção pela mastectomia redutora de risco contralateral. Do total de 43 reconstruções, 36 foram imediatas e 7 tardias; sendo 17 reconstruídos com implantes mamários, 13 com expansores teciduais, 4 com TRAM e 9 com GD. Houve 15 complicações, sendo as mais graves um caso de infecção com perda da reconstrução e um caso de necrose de aréola. CONCLUSÕES: Mulheres jovens submetidas à reconstrução mamária representam um subgrupo populacional com características próprias. Os padrões tumorais, pessoais e sociais diferem e, com base nesta imensa lista de variáveis, as possibilidades de tratamento são diversas. Em nossa casuística, o emprego de implantes mamários e expansores teciduais foi realizado com maior frequência neste subgrupo de pacientes.

Palavras-chave: Neoplasias da mama; Mastectomia; Mastectomia radical; Adulto jovem; Mamoplastia; Complicações pós-operatórias.

 

Analysis of risk factors for the formation of seroma in classical abdominoplasty

Tarik Michel Nassif; Frederico Guilherme Lopes Silveira; Leonardo Fiorilli Assunção; Eliane Regina Bueno Ribeiro Garcia; Valdemar Mano Sanches
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(2):156-160 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Introduction: Abdominoplasty is one of the most common cosmetic surgeries in Brazil. The complications of this procedure are diverse, with seroma being one of the most frequent. The objective of this study was to identify the risk factors for the formation of seroma, such as increased body mass index, comorbidities, age, habits, and time of drain permanence.
Methods: This was a retrospective study in which the medical records of 94 patients who underwent abdominoplasty at the Plastic Surgery and Burns Service of Santa Casa de Misericórdia de São José do Rio Preto-SP between November 2010 and November 2013 were reviewed. The risk factors for the formation of seroma were analyzed using Fisher's exact test and the Chi-square test, with the significance level set at p < 0.05.
Results: Seroma was identified in 16 (17.02%) of the total patients (n = 94). No statistical significance was observed between increased incidence of seroma and increased BMI and other risk factors analyzed. Nevertheless, the time of drain permanence showed a clinical relevance. The patients who were maintained on the drain for > 1 day had a lower incidence of seroma.
Conclusion: The causes of seroma should be considered multifactorial. The risk factors analyzed were not significantly related to the increased incidence of seroma. However, drain permanence for >1 day was effective in the prevention of seroma.

Keywords: Abdominoplasty; Seroma; Postoperative complications; Body mass index; Risk factors

 

RESUMO

Introdução: A abdominoplastia é uma das cirurgias estéticas mais realizadas no Brasil. As complicações deste procedimento são diversas, sendo o seroma uma das mais frequentes. O objetivo do trabalho é identificar fatores de risco para formação de seroma tais como: índice de massa corporal (IMC), comorbidades, idade, hábitos e tempo de permanência de dreno.
Métodos: Trata-se de um estudo retrospectivo com revisão de 94 prontuários de pacientes submetidos à abdominoplastia clássica no Serviço de Cirurgia Plástica e Queimados da Santa Casa de Misericórdia de São José do Rio Preto-SP, entre novembro de 2010 e novembro de 2013. Os fatores de risco para formação do seroma foram analisados utilizando-se o teste exato de Fisher ou Qui-quadrado. Considerou-se como resultado estatisticamente significativo o valor de p < 0,05.
Resultados: O seroma foi identificado em 16 pacientes (17,02%) do total da amostra (n = 94). Não se observou significância estatística ao relacionar a elevação na incidência de seroma com o aumento do IMC, assim como os demais fatores de risco analisados. Houve relevância clínica quanto ao tempo de permanência do dreno. Pacientes que mantiveram o dreno por um período maior que um dia tiveram incidência menor de seroma.
Conclusão: A formação do seroma deve ser considerada uma causa multifatorial. Os fatores de risco analisados não demonstraram estatisticamente aumento na incidência de seroma. Todavia, a permanência do dreno de sucção por um período maior que um dia demonstrou ser eficaz na prevenção do seroma.

Palavras-chave: Abdominoplastia; Seroma; Complicações pós-operatórias; Índice de massa corporal; Fatores de risco

 

The use of adhesion sutures to minimize the formation of seroma following mastectomy with immediate breast reconstruction

Marcela Caetano Cammarota; Ismar Ribeiro Junior; Rafael Quaresma de Lima; Conrado Miranda de Almeida; Luciano Gomes de Moura; Leonardo Martins Costa Daher; Daniel Augusto dos Santos Soares; Milena Carvalho Almeida Galdino; José Carlos Daher; Fabrício Tavares Mendonça
Rev. Bras. Cir. Plást. 2016;31(2):158-165 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

INTRODUCTION: Breast cancer is the most common cancer among women in Brazil. With the advent of immediate breast reconstruction, several techniques with many benefits for patients were introduced, including the use of alloplastic materials. A seroma is a frequent complication in all surgical procedures, and several methods have been developed to prevent it, which include the use of vacuum suction drains and adhesion sutures, as proposed by Baroudi. This study aims to demonstrate the advantages of the use of adhesion sutures between subcutaneous tissue and the muscle flap in breast reconstruction using implants or expanders after mastectomy. METHODS: Patients who underwent breast reconstruction using implants or expanders after mastectomy were followed up for 5 months . Patients were divided into a control group treated without adhesion sutures, and a Baroudi group treated with adhesion sutures. RESULTS: A statistically significant difference was observed with the use of adhesion sutures, with a lower incidence of seroma, reduced drain permanence, less need to return to the clinic, and faster recovery. There was no increase in surgical complications. CONCLUSION: The use of adhesion sutures in breast reconstruction is an effective option that reduces the occurrence of seroma and associated complications, resulting in faster recovery and return to normal activities.

Keywords: Mastectomy; Seroma; Postoperative complications; Drainage; Prostheses and implants.

 

RESUMO

INTRODUÇÃO: O câncer de mama é o tipo mais frequente de câncer entre as mulheres no Brasil. Com o advento das reconstruções mamárias imediatas, várias técnicas começaram a ser utilizadas. O uso de materiais aloplásticos é uma delas e, quando bem indicados, trazem inúmeros benefícios às pacientes. O seroma é uma complicação cirúrgica frequente e comum em todos procedimentos cirúrgicos, e, para preveni-lo, várias opções são conhecidas, como o uso de drenos de sucção a vácuo e os pontos de adesão propostos por Baroudi. Visamos demonstrar o benefício dos pontos de adesão entre o tecido subcutâneo resultante da mastectomia e o retalho muscular nas reconstruções mamárias com uso de próteses ou expansores. MÉTODOS: Foram selecionadas pacientes submetidas à reconstrução mamária após mastectomia, com uso de próteses ou expansores num período de 5 meses. Foram formados dois grupos, sendo o grupo controle as pacientes em que não foram utilizados os pontos de adesão, e o grupo Baroudi composto pelas pacientes em que os pontos de adesão foram utilizados. RESULTADOS: Encontramos um resultado estatisticamente significante no uso dos pontos de adesão, levando a menor ocorrência de seroma e tempo de permanência do dreno menor, bem como menor necessidade de retornos ao consultório e recuperação mais rápida. Não houve aumento das complicações cirúrgicas. CONCLUSÃO: O uso dos pontos de adesão para reconstrução de mama é uma opção eficaz que reduz a ocorrência de seroma e as complicações associadas a ele, proporcionando uma retomada mais rápida às atividades habituais das pacientes.

Palavras-chave: Mastectomia; Seroma; Complicações pós-operatórias; Drenagem; Próteses e implantes.

 

Breast reconstruction after prophylactic contralateral mastectomy

RAIDEL DEUCHER RIBEIRO; EVANDRO LUIZ MITRI PARENTE
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(3):293-298 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Introduction: Prophylactic contralateral mastectomy (PCM) has been increasingly indicated in recent years for patients outside of the high-risk group, although its cancer benefit in terms of survival remains controversial. The possibility of breast reconstruction is one of the most important factors for this indication. The objective of this study was to evaluate the indications and complications after immediate breast reconstruction in patients who underwent PCM.
Method: Indications and complications were evaluated in patients who underwent immediate breast reconstruction after therapeutic mastectomy and PCM.
Results: Of the 13 patients in the study, only 4 had a high-risk indication for PCM (strong family history). The other indications were desire for symmetry, control of anxiety related to neoplasm recurrence, and age-related risk. Only minor complications occurred, without a need for reoperation, in 4 of the 13 patients (30.76%). Eight complications (30.76%) in 26 reconstructed breasts were recorded.
Conclusion: The number of PCM procedures has been increasing and the indications transcend the oncological point of view, directly influencing the performance of plastic surgeons with respect to the planning and complications of breast reconstruction.

Keywords: Subcutaneous mastectomy; Breast implant; Breast neoplasms; Postoperative complications; Risk factors; Mammoplasty

 

RESUMO

Introdução: A indicação da mastectomia contralateral profilática (MCP) tem aumentado nos últimos anos nas pacientes fora do grupo de alto risco, apesar de seu benefício oncológico controverso em relação à sobrevida. A possibilidade da reconstrução mamária é um dos fatores mais importantes desse aumento. O objetivo é avaliar pacientes submetidas à MCP quanto às indicações e complicações após a reconstrução imediata.
Método: Avaliação das pacientes submetidas à reconstrução mamária imediata após mastectomia terapêutica e MCP quanto às indicações e complicações.
Resultados: Das 13 pacientes do estudo, apenas 4 apresentavam indicação de MCP por alto risco (forte história familiar). As outras indicações foram busca pela simetria, controle da ansiedade em relação à nova neoplasia e risco acumulado pela idade. Ocorreram apenas complicações menores, sem necessidade de reoperação em 4 das 13 pacientes (30,76%) e num total de 26 mamas reconstruídas foram registradas 8 complicações (30,76%).
Conclusão: A realização da MCP tem aumentado, sendo que as indicações transcendem o ponto de vista oncológico, com impacto direto na atuação do cirurgião plástico quanto aos aspectos que envolvem a reconstrução, tanto no planejamento quanto suas complicações.

Palavras-chave: Mastectomia subcutânea; Implante mamário; Neoplasias da mama; Complicações pós-operatórias; Fatores de risco; Mamoplastia

 

Comparative histopathological analysis of coverings from silicone and polyurethane foams implanted in mice

Jorge Wagenführ Júnior
Rev. Bras. Cir. Plást. 2007;22(1):19-23 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Introduction: Breast silicone prostheses are used since the sixties, but the coating with polyurethane foam only appeared in the seventies. Since the development of silicone foam, by this article's author, much research has been carried out to study this new material. Objective: To evaluate vascular growth and amount of collagen from coverings of polyurethane foam and silicone foam implants. Method: Sixty-four Wistar male white mice were divided in two groups (polyurethane foam and silicone foam). They were implanted with subcutaneous discs in their back. The covering of the implants were analyzed after 28 days, 2 months, 3 months and 6 months with picrosirius red stain and polarized microscopy. This stain increases birrefringency of collagen fibers when observed under polarized light. The slides were assessed in a double blind manner by an Olympus® B201 and BX50 microscope, Sony® CCD-Iris Camera and Image Pro-Plus® version 4.5 software for the analysis of the amount of collagen. Results: Vascular growth was significantly different among the groups at 28 days (p=0.001), since the polyurethane group displayed more vessels. At the other moments, there was no significant difference between the groups. The collagen area was larger in the polyurethane group, which was significant at 28 days (p=0.001) and at 2 months (p=0.030). Conclusion: The number of vessels is higher, 28 days after the procedure, in the polyurethane foam coverings. These also showed a larger amount of collagen than the coverings from silicone foams did.

Keywords: Prostheses and implants. Silicones. Polyurethanes

 

RESUMO

Introdução: O uso de próteses de silicone ocorre desde os anos 60, mas a cobertura com espuma de poliuretano só apareceu na década de 70. Desde o desenvolvimento da espuma de silicone, pelo autor deste trabalho, várias pesquisas vêm sendo feitas para estudar as propriedades desse novo material. Objetivo: Analisar a vascularização e a quantidade de colágeno das cápsulas de implantes de espuma de poliuretano e espuma de silicone. Método: Optou-se por 64 ratos Wistar, que foram divididos em 2 grupos (espuma de poliuretano e espuma de silicone). Receberam implantes discóides subcutâneos em seu dorso. Foram analisadas histologicamente, com coloração de picrosiruis red, as cápsulas peri-implante com 28 dias, 2, 3 e 6 meses após a introdução dos implantes. Esta coloração provoca aumento da birrefringência das fibras de colágeno ao serem observadas à luz polarizada. A leitura das lâminas, do tipo fechado, duplo cego, foi realizada com microscópio Olympus® B201 e BX50, Câmera Sony® CCD-Iris e Software Image Pro-Plus® versão 4.5 para quantificação de colágeno. Resultados: A neoformação vascular foi significativamente diferente nos 2 grupos, aos 28 dias (p=0,001), pois o grupo poliuretano apresentava quantidade maior de vasos. Nos demais momentos, não houve diferença significativa entre os grupos. A área de colágeno, em todos os momentos, foi maior no grupo poliuretano, sendo significativo com 28 dias (p=0,001) e com 2 meses (p=0,030). Conclusão: A quantidade de vasos é maior, com 28 dias após o implante, nas cápsulas da espuma de poliuretano. Estas apresentam, também, uma quantidade maior de colágeno do que as cápsulas da espuma de silicone.

Palavras-chave: Próteses e implantes. Silicones. Poliuretanos

 

Comparative study between abdominoplasty with suction drainage and without suction drainage but using adhesion stitches

Antonio Juliano Trufino
Rev. Bras. Cir. Plást. 2015;30(4):522-532 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

INTRODUCTION: Abdominoplasty is one of the most common procedures performed by plastic surgeons. The goal of this study is to evaluate the outcome and the occurrence of complications in patients undergoing abdominoplasty using the en bloc resection technique, and to look for differences in evolution when a drain is used or is replaced with adhesion stitches. METHODS: A prospective study was conducted on 34 female patients undergoing abdominoplasty. These were alternately placed into 2 groups: in one group suction drains were used, and in the other these were replaced with adhesion stitches. RESULTS: Among all the cases, there was some degree of scar widening in 14.7% of patients. When analyzed by group, those who received drains had a higher incidence (23.53%) comparing to those who received adhesion stitches (5.88%). One patient had superficial vein thrombosis of the lower limbs with a good outcome. Three cases of seroma were diagnosed, all of them in the group using drains. These represent 8.82% of the entire study and 17.64% of the specific group. The aesthetic result was considered good by 94.12% of all patients. CONCLUSIONS: The en bloc resection abdominoplasty technique proved to be safe, easy to perform, assured good aesthetical results and had similar complication rates when compared to other techniques. The adhesion stitches were effective for preventing complications in this study.

Keywords: Abdominoplasty; Postoperative Complications; Seroma; Scars.

 

RESUMO

INTRODUÇÃO: A abdominoplastia é um dos procedimentos mais comumente realizados por cirurgiões plásticos. O objetivo do estudo foi avaliar a evolução e a ocorrência de complicações em pacientes submetidos à abdominoplastia pela técnica de ressecção em bloco, e observar se existe alguma diferença na evolução com a utilização de dreno ou de pontos de adesão. MÉTODOS: Foi realizado um estudo prospectivo de 34 pacientes do sexo feminino, submetidas à abdominoplastia. Foram divididas em dois grupos alternadamente; em um deles foi utilizado dreno de aspiração a vácuo e no outro não, mas estes últimos receberam pontos de adesão. RESULTADOS: Do total operado, houve algum grau de alargamento da cicatriz em 14,7% dos casos. Quando avaliado separadamente por grupo, aqueles que foram drenados tiveram incidência maior (23,53%) em comparação com os que receberam pontos de adesão (5,88%). Ocorreu um caso de trombose de veias superficiais de membros inferiores, com boa evolução. Foram diagnosticados três casos de seroma, todos no grupo com dreno. Eles representaram 8,82% do total estudado e 17,64% dos casos deste grupo. O resultado estético foi considerado muito bom por 94,12% das pacientes estudadas. CONCLUSÕES: A técnica de ressecção em bloco se mostrou segura, de fácil execução, com bons resultados estéticos e índices de complicações semelhantes às outras técnicas descritas na literatura. Os pontos de adesão foram eficazes na prevenção de complicações neste estudo.

Palavras-chave: Abdominoplastia; Complicações pós-operatórias; Seroma; Cicatriz.

 

Using Baroudi-Ferreira's technique to closure latissimus dorsi's flap donor site

Francisco José Fontenele Bezerra, Rosely Moraes Gonçalves de Moura
Rev. Bras. Cir. Plást. 2007;22(2):103-106 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Introduction: As the incidence of seroma in latissimus dorsi flap donor site remains a common problem after raising the muscle for breast reconstruction, we describe a modified method of quilting the donor site flaps (Baroudi-Ferreira's Technique). Results: This technique was applied in a serie of 30 patients since March 2006, resulting in early remotion of postoperative drainage and zero incidence of donor site seroma after its remotion. Conclusion: Thus, we recommend this method to coleagues who performing this surgery.

Keywords: Mastectomy. Breast neoplasms. Seroma. Postoperative complications. Drainage. Surgical flaps

 

RESUMO

Introdução: A morbidade e as complicações decorrentes do surgimento de seroma, no pós-operatório de reconstrução mamária com retalho do músculo latíssimo do dorso, foram determinantes na escolha da Técnica de Baroudi-Ferreira pelos autores, a partir de março de 2006. Resultados: Em 30 pacientes operados, houve acentuada diminuição do número de dias de utilização de dreno de sucção (também utilizados para região da mama e axila) e ausência de formação de seroma após a retirada do mesmo. Conclusão: Sugerimos, então, adoção da técnica nas reconstruções mamárias incluindo o músculo latíssimo do dorso.

Palavras-chave: Mastectomia. Neoplasias mamárias. Seroma. Complicações pós-operatórias. Drenagem. Retalhos cirúrgicos

 

Complicações em reconstrução mamária com retalho músculo grande dorsal em hospital público de Fortaleza nos últimos 3 anos

Aleksandra Markovic; Salustiano Gomes de Pinho Pessoa
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(Suppl.2):23-27 - 33ª Jornada Norte-Nordeste de Cirurgia Plástica

PDF Portuguese

ABSTRACT

Introduction: Breast cancer is currently one of the main health problems in the world and, in Brazil, its incidence has gradually increased. It is the type of cancer that affects most women worldwide. Mastectomy is among the most commonly used treatments for breast cancer. This surgery and the adjuvant therapies contribute to the development of physical complications and psychological disorders, which can negatively influence the quality of life. After the mastectomy, the absence of the breast alters the woman's body image, produces mutilation sensation and loss of femininity and sensuality. The dorsal large muscle flap (RMGD) is one of the most used surgical options in mammary reconstructions.
Objective: To analyze the complications of late breast reconstruction with RMGD in the Department of Plastic Surgery and Reconstructive Microsurgery of the Walter Cantídio University Hospital of the Federal University of Ceará (SCPMR/HUWC/UFC) in the period from 2015 to 2017.
Methods: It was a retrospective observational clinical study carried out by means of a review of medical records of patients operated on and followed up on an outpatient basis. Data were collected from 12 patients submitted to late mammary reconstruction with the dorsal large muscle flap in SCPMR/HUWC/UFC during the period from 2015 to 2017.
Results: Patients' ages ranged from 35 to 65 years. Immediate complications (dorsal seroma, partial dehiscence of the operative wound and cases of large dorsal flap necrosis) and late complications (changes in implant coverage, cases with muscular and cutaneous atrophy, predominantly in the upper pole of the breast, cases of capsular contracture). There were no risk factors (systemic arterial hypertension, diabetes mellitus, smoking, body mass index, age) with statistical significance for immediate complications.

Keywords: Reconstructive surgical procedures; Postoperative complications; Mastectomy; Breast.

 

RESUMO

Introdução: O câncer de mama é atualmente um dos principais problemas de saúde do mundo e, no Brasil, sua incidência vem aumentando gradativamente. É o tipo de câncer que mais acomete as mulheres em todo o mundo. A mastectomia está entre os tratamentos mais empregados para o câncer de mama. Essa cirurgia e as terapias adjuvantes contribuem para o desenvolvimento de complicações físicas e transtornos psicológicos, que podem influenciar negativamente a qualidade de vida. Após a mastectomia, a ausência da mama altera a imagem corporal da mulher, produz sensação de mutilação e perda da feminilidade e sensualidade. O retalho de músculo grande dorsal (RMGD) é uma das opções cirúrgicas mais usadas nas reconstruções mamárias.
Objetivo: Analisar as complicações da reconstrução tardia da mama com o RMGD no Serviço de Cirurgia Plástica e Microcirurgia Reconstrutiva do Hospital Universitário Walter Cantídio da Universidade Federal do Ceará (SCPMR/HUWC/UFC) no período de 2015 a 2017.
Método: Trata-se de um estudo clínico retrospectivo observacional realizado por meio de revisão de prontuários médicos de pacientes operadas e acompanhadas ambulatorialmente. Foram coletados dados de 12 pacientes submetidas à reconstrução mamária tardia com retalho do músculo grande dorsal no SCPMR/HUWC/UFC durante o período de 2015 a 2017.
Resultados: A idade das pacientes variou entre 35 e 65 anos. Foram analisadas complicações imediatas (seroma em região dorsal, casos de deiscência parcial da ferida operatória e casos de necrose do retalho de grande dorsal) e complicações tardias (alterações de cobertura do implante, casos com atrofia muscular e cutânea, predominantemente em polo superior da mama, casos de contratura capsular). Não se observaram fatores de risco (hipertensão arterial sistêmica, diabetes mellitus, tabagismo, índice de massa corporal, idade) com significância estatística para as complicações imediatas.

Palavras-chave: Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos; Complicações pós-operatórias; Mastectomia; Mama.

 

Perception of patients about professional performance and procedures performed in the pre, intra, and postoperative period of abdominoplasty

Natália Ligeiro Dos Santos; Iara Gama Esteves-De-Oliveira; Rogério Eduardo Tacani; Cristiano Schiavinato Baldan; Igor Fagioli Bordello Masson; Thiago Saikali Farcic; Aline Fernanda Perez Machado
Rev. Bras. Cir. Plást. 2020;35(2):189-197 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Introduction: abdominoplasty is the third most performed cosmetic surgery in Brazil. Its surgical planning involves the pre, intra, and postoperative moments with the performance of several specialized professionals. Therefore, the objective of this study was to analyze the patients' perception of their professional performance and the procedures performed before, during, and after the abdominoplasty.
Methods: This is a cross-sectional and observational study. Data collection was done through an online questionnaire made available digitally to women aged between 18 and 60 years, who underwent abdominoplasty in the last 12 months.
Results: A total of 376 patients answered the questionnaire; however, 22 were excluded, totaling 354 questionnaires answered. It was observed that 63.5% reported having undergone abdominoplasty due to skin flaccidity, 53.3% had undergone abdominoplasty associated with liposuction, 61% reported that they had not undergone preoperative procedures, 59.9% reported not knowing whether there was a physiotherapist in the operating room during the intraoperative period. , 70.6% of the patients underwent postoperative procedures, 37.4% of whom were physiotherapists, the most common complication being edema representing 84.2%.
Conclusion: The main indication for abdominoplasty was sagging skin, which is most often associated with liposuction. Most of the patients did not undergo preoperative procedures. They were performed after 1 to 3 days after the operation, with a physiotherapist, on the advice of an acquaintance, often three times a week, due to the complaint of edema. The most performed procedures were manual lymphatic drainage and therapeutic ultrasound.

Keywords: Postoperative complications; Physiotherapy modalities; Abdominoplasty; Lipectomy; Manual lymphatic drainage; Ultrasound therapy; Fibrosis; Edema.

 

RESUMO

Introdução: A abdominoplastia é a terceira cirurgia estética mais realizada no Brasil, sendo que o planejamento cirúrgico envolve os momentos pré, intra e pós-operatórios com a atuação de diversos profissionais especializados. Portanto, o objetivo deste estudo foi analisar a percepção das pacientes sobre a atuação profissional e os procedimentos realizados no pré, no intra e no pós-operatório de abdominoplastia.
Métodos: Trata-se de um estudo transversal e observacional. A coleta de dados foi feita através de um questionário online, disponibilizado por meios digitais para mulheres com idade entre 18 e 60 anos, que realizaram a abdominoplastia nos últimos 12 meses.
Resultados: Um total de 376 pacientes respondeu ao questionário; porém, 22 foram excluídos, totalizando 354 questionários respondidos. Observou-se que 63.5% relataram que realizou a abdominoplastia por flacidez de pele, 53.3% realizaram a abdominoplastia associada à lipoaspiração, 61% relataram que não realizaram procedimentos pré-operatórios, 59.9% relataram não saber se havia fisioterapeuta no centro cirúrgico durante o intraoperatório, 70.6% das pacientes realizaram procedimentos pós-operatórios, sendo 37.4% com fisioterapeuta, a complicação mais comum foi edema representando 84.2%.
Conclusão: A principal indicação para a abdominoplastia foi por flacidez de pele, sendo mais frequentemente associada à lipoaspiração. A maior parte das pacientes não realizou procedimentos pré-operatórios e realizou pós-operatório iniciado após 1 a 3 dias, com fisioterapeuta, por indicação de um conhecido, com frequência de três vezes na semana, pela queixa de edema, sendo que os procedimentos mais realizados foram a drenagem linfática manual e o ultrassom terapêutico.

Palavras-chave: Complicações pós-operatórias; Modalidades de fisioterapia; Abdominoplastia; Lipectomia; Drenagem linfática manual; Terapia por ultrassom; Fibrose; Edema

 

Large volume or area vibroliposuction?

Antonio Roberto Bozola, Alexandre Caroni Bozola
Rev. Bras. Cir. Plást. 2005;20(2):112-116 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

The authors present a method of evaluation of large scale liposuction, establishing a parallel to burn evaluation. The table of Lund and Browder was utilized as a parameter. The authors determined a maximum area to be treated, discuss the technique, medications and controls utilized to prevent severe complications. They also present results obtained from 487 surgeries, during the period of January 1998 and July 2004, with vibroliposuction performed in body areas which varied from 20 to 30%.

Keywords: Lipectomy, methods. Lipodistrophy, surgery. Complications, post-operative

 

RESUMO

Os autores apresentam metodologia de avaliação para as grandes lipoaspirações, estabelecendo paralelo com queimaduras. Utilizam-se da tabela de Lund e Browder como parâmetro. Determinam área máxima de tratamento, discutem a técnica, as medicações e controles utilizados para prevenir complicações graves. Apresentam os resultados obtidos em 487 cirurgias com vibrolipoaspiração realizadas em áreas corporais que variam de 20 a 30%, no período de janeiro de 1998 a julho de 2004.

Palavras-chave: Lipectomia, métodos. Lipodistrofia, cirurgia. Complicações pós-operatórias

 

Pyoderma gangrenosum - a severe and ill-known complication of healing

Tufi Neder Meyer
Rev. Bras. Cir. Plást. 2006;21(2):120-124 - Special Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Pyoderma gangrenosum is an uncommon, ill-known, inflammatory skin disease. It appears in association with other maladies or by itself. It can also be an important complication of operations, giving rise to devastating post-operative skin losses. In this work, a brief revision on this disease is made, focusing on its aspects pertaining to plastic surgery. A case of postoperative pyoderma gangrenosum, with a 3-years follow-up, is also reported.

Keywords: Pyoderma gangrenosum. Postoperative complications. Skin ulcer

 

RESUMO

O Pioderma Gangrenoso, doença inflamatória da pele, é incomum e pouco conhecido. Surge em associação com outras doenças ou isoladamente. Também pode ser importante complicação de operações, causando perdas cutâneas devastadoras durante o período pós-operatório. Neste trabalho, faz-se uma breve revisão sobre este distúrbio, com foco nas repercussões sobre a Cirurgia Plástica. Apresenta-se, também, um caso de pioderma gangrenoso pós-operatório com três anos de evolução.

Palavras-chave: Pioderma gangrenoso. Complicações pós-operatórias. Ulcera cutânea

 

Neoadjuvante chemotherapy and immediate breast reconstruction: a good option?

Marcela Caetano Cammarota; Bruno Peixoto Esteves; José Carlos Daher; Jefferson Di Lamartine; Dhyego Molinari Di Castro Curado; João Pedro Pontes Câmara Filho; Marina de Souza Borgatto; Alberto Benedik
Rev. Bras. Cir. Plást. 2013;28(4):612-618 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

BACKGROUND: The combination of neoadjuvant chemotherapy and immediate breast reconstruction is a field under discussion. There are doubts whether the association of events could result in an increase of postoperative complications in patients undergoing the surgical procedure. METHODS: Retrospective study of patients who underwent immediate breast reconstruction from January 2010 to January 2012. Patients submitted to neoadjuvant chemotherapy were compared with those who had not receive any form of chemotherapy and those who received adjuvant chemotherapy. RESULTS: Fifty-four patients were selected, totalizing 71 immediate breast reconstructions. Thirteen patients received neoadjuvant chemotherapy (15 reconstructions) twenty-three patients did not receive chemotherapy (33 reconstructions) and eighteen received adjuvant chemotherapy (23 reconstructions). Minor complications occurred in 33.3% of breast reconstruction in the group undergoing neoadjuvant therapy. There were 6.7% major complications in the same group. There was no statistical differences in the number of minor and major complications between groups. CONCLUSION: In the series analyzed, the use of neoadjuvant chemotherapy did not increase the number of postoperative complications in patients undergoing immediate breast reconstruction.

Keywords: Breast cancer. Mastectomy. Mammaplasty. Chemotherapy. Postoperative complications. Reconstructive.

 

RESUMO

INTRODUÇÃO: A combinação de quimioterapia neoadjuvante e reconstrução mamária imediata é um campo em discussão. Há dúvidas se a associação dos eventos poderia resultar em um aumento de complicações pós-operatórias nas pacientes submetidas ao procedimento cirúrgico. MÉTODOS: Estudo retrospectivo de pacientes submetidas à reconstrução mamária imediata entre janeiro de 2010 e janeiro de 2012. As pacientes submetidas à quimioterapia neoadjuvante foram comparadas com as que não receberam qualquer forma de quimioterapia e com as que receberam quimioterapia adjuvante. RESULTADOS: Cinquenta e quatro pacientes foram selecionadas, totalizando 71 reconstruções mamárias imediatas. Treze pacientes receberam quimioterapia neoadjuvante (15 reconstruções), vinte e três pacientes não receberam quimioterapia (33 reconstruções) e dezoito receberam quimioterapia adjuvante (23 reconstruções). Complicações menores ocorreram em 33,3% das reconstruções mamárias no grupo submetido à neoadjuvância. Houve 6,7% de complicações maiores no mesmo grupo. Não houve diferenças estatísticas no número de complicações menores e maiores entre os grupos. CONCLUSÃO: Na série analisada, o emprego da quimioterapia neoadjuvante não resultou em aumento do número de complicações pós-operatórias nas pacientes submetidas à reconstruções mamárias imediatas.

Palavras-chave: Câncer de mama. Mastectomia. Reconstrução mamária imediata. Quimioterapia neoadjuvante. Complicações pós-operatórias.

 

Facelift with composite undermining

Osvaldo Ribeiro Saldanha, Sérgio Fernando Dantas de Azevedo, Osvaldo Ribeiro Saldanha Filho, Cristianna Bonetto Saldanha, Luciano Ornelas Chaves
Rev. Bras. Cir. Plást. 2010;25(1):135-140 - Original Article

PDF Portuguese

ABSTRACT

Introduction: Based on lipoabdominoplasty and intensified by the new concepts of anatomical unit of the subcutaneous fat tissue in the face, this approach proposes a composite undermining by the divulsor of the flap without vasculonervous rupture, promoting a enough mobility of the flap, an effective decrease of bleeding and skin suffering. Methods: The technique was performed on 34 patients, 3 males and 31 females, from November 2008 to October 2009 and eight of them were smokers. Results: Patients who undergo face lift with composite undermining present a better recovery than who undergo the traditional face lift. It had no case of important hematoma, epitheliolysis, necrosis or other complications. Conclusions: The introduction of a new approach using conservative concepts, leads to a decrease in the statistics of complications.

Keywords: Rhytidoplasty. Facial injuries. Postoperative complications.

 

RESUMO

Introdução: Baseado na lipoabdominoplastia, intensificados pelos novos conceitos da subunidade anatômica do tecido adiposo subcutâneo na face, é proposto um descolamento composto do retalho com divulsor, sem ruptura vásculo-nervosa, promovendo ampla mobilidade do retalho e diminuição efetiva do sangramento e do sofrimento da pele. Método: Neste estudo, a ritidoplastia com descolamento composto foi executada em 34 pacientes, sendo 3 homens e 31 mulheres, no período de novembro de 2008 a outubro de 2009. Oito pacientes eram fumantes. Resultados: Pacientes submetidos à ritidoplastia com descolamento composto apresentaram recuperação melhor que os submetidos à ritidoplastia tradicional. Não houve nenhum caso de hematoma importante, epiteliólise, necrose ou outras complicações. Conclusões: A técnica de ritidoplastia proposta usa conceitos conservadores e conduz a uma diminuição na incidência de complicações.

Palavras-chave: Ritidoplastia. Traumatismos faciais. Complicações pós-operatórias.

 

Flap and abdominal wall washing and debridement using dressings to prevent seromas and hematomas in abdominoplasty

Eduardo Sucupira; Renato Franz Matta Ramos; Patrícia Zuker; Jorge Matta; Carlos Oscar Uebel
Rev. Bras. Cir. Plást. 2016;31(4):561-564 - Ideas and Innovation

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Seroma formation remains a common complication of abdominoplasty. The use of drain, flap fixation points, and fibrin glue has been described to reduce the incidence of seroma formation. The authors present herein an easy-to-reproduce technique to decrease the risk of bleeding and eliminate the devitalized tissue caused by the detachment. The proposed strategy consists of washing and debridement, which was conducted with mechanical friction using moist flap and abdominal wall dressings.

Keywords: Abdominoplasty; Postoperative complications; Seroma.

 

RESUMO

A formação de seroma após uma abdominoplastia continua sendo uma complicação frequente. O uso de dreno, os pontos de fixação do retalho e o uso da cola de fibrina foram descritos com a finalidade de diminuir a sua incidência. Os autores apresentam uma técnica de fácil reprodução para reduzir o risco de sangramento, bem como para eliminar o tecido desvitalizado decorrente do descolamento. A tática proposta constitui-se de lavagem e desbridamento por meio da fricção mecânica com compressas umedecidas do retalho e da parede abdominal.

Palavras-chave: Abdominoplastia; Complicações pós-operatórias; Seroma.

 

Late seroma in breast reconstructions and mammoplasty with silicone implants: a case report and literature review

Fernanda Dinelli Scala; Roberto Junqueira Polizzi; Thaís Gomes Casali; Fernanda Zanatta Freitas Santos; José Mauro de Oliveira Squarisi; Danillo Irineu Brito Vieira Freitas
Rev. Bras. Cir. Plást. 2015;30(3):468-472 - Reviw Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

The occurrence of seroma as a late complication of silicone breast implant is of great interest, given the aesthetic implications such as asymmetry and the possible association with infections or even malignancies. This complication is believed to be exclusive of textured prostheses. The present authors reviewed the literature by conducting a search of data in publications available in Medline by using the search term "late breast seroma" in order to clarify the pathological features of seroma. The etiology is unknown in most cases. The definitive treatment of choice is surgery, and most authors recommend bacteriological and cytological evaluations for seroma, preferably guided by ultrasonography. To provide patients with the best treatment, the treatment should be individualized according to clinical presentation, anticipating the possibility of recurrence and final sequelae.

Keywords: Prostheses and implants; Postoperative complications; Breast Augmentation; Breast reconstruction; Seroma; Recurrence.

 

RESUMO

A ocorrência de seroma como complicação tardia por implante de silicone mamário é de grande interesse, dadas as implicações estéticas, como assimetria, e a possível associação com infecções ou até mesmo malignidades. Acredita-se que esta complicação seja exclusiva de próteses texturizadas. Os autores fazem síntese da literatura a partir de pesquisa de dados em publicações disponíveis em MEDLINE com o termo "late breast seroma" em busca de maior esclarecimento da patologia. A etiologia é desconhecida na maioria dos casos. Nota-se que o tratamento definitivo de escolha é cirúrgico, sendo que grande parte dos autores recomenda a avaliação bacteriológica e citológica do seroma, preferencialmente guiado por ultrassonografia. O tratamento deve ser individualizado, de acordo com a clínica apresentada, antecipando a possibilidade de recorrência do evento e a sequela final, oferecendo, assim, o melhor tratamento à paciente.

Palavras-chave: Próteses e implantes; Complicações pós-operatórias; Mamoplastia; Reconstrução da mama; Seroma; Recidiva.

 

Anatomical analysis of abdominoplasty

Filipe Vidica Teodoro Barcelos; Luiz Eduardo Toledo Avelar; Leonardo Santos Bordoni; Raul Vidica Teodoro Barcelos
Rev. Bras. Cir. Plást. 2017;32(2):272-281 - Review Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Abdominoplasty is a common surgical procedure in plastic surgery. Consequently, several technical variations have been created with the aim of reducing complications and obtaining better results in the abdominal contour. The anatomy of the abdominal region plays an important role in this procedure, since arguments in favor of techniques, such as classic abdominoplasty and lipoabdominoplasty are linked to anatomical principles. This highlights the plastic surgeon's need to have a good knowledge of the anatomy of this region. Not only will this knowledge enable plastic surgeons to understand the reasons for adopting certain surgical procedures, but it will also enable them adapt these procedures to the anatomical characteristics of each patient. In addition, this knowledge will help determine the morphological changes caused by surgery. Therefore, this study aimed to identify studies in the literature focusing on the anatomical description of both classical abdominoplasty and other variants, such as lipoabdominoplasty. It also aimed to discover the anatomical and physiopathological explanations for the major inherent surgical complications.

Keywords: Anatomy; Abdominoplasty; Lipectomy; Postoperative complications.

 

RESUMO

A abdominoplastia está entre os procedimentos cirúrgicos mais realizados na cirurgia plástica, de forma que muitas variações técnicas têm sido criadas com o objetivo de se reduzirem as complicações e para se obter melhores resultados no contorno abdominal. Nesse contexto, a anatomia da parede abdominal ganha papel de destaque, uma vez que as justificavas em defesa de técnicas, como a abdominoplastia clássica e lipoabdominoplastia, estão atreladas a princípios anatômicos. Isso evidencia a necessidade do domínio da anatomia da região pelo cirurgião plástico, pois, além de entender os motivos de se adotar determinados procedimentos cirúrgicos, o torna mais capacitado de adaptá-los às características anatômicas de cada paciente, além de compreender as alterações morfofuncionais provocadas pela cirurgia. Diante disso, esse trabalho teve o objetivo de buscar na literatura estudos que enfocassem a descrição anatômica da abdominoplastia, tanto clássica quanto de outras variantes, como a lipoabdominoplastia, bem como as explicações anatomofisiopatológicas das principais complicações operatórias inerentes.

Palavras-chave: Anatomia; Abdominoplastia; Lipectomia; Complicações pós-operatórias.

 

Complications of classical liposuction performed for cosmetic purposes

Fernando Fabrício Franco; Rafael de Campos Ferreira Basso; Alfio José Tincani; Paulo Kharmandayan
Rev. Bras. Cir. Plást. 2012;27(1):135-140 - Review Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Liposuction for esthetic purposes aims to remove fat in healthy patients and reduce localized fat accumulation, called lipodystrophy, in order to improve body contour. In the last 3 decades, the liposuction technique has improved dramatically. However, like any other surgical procedure, it is not without complications. Here, we reviewed the literature on PubMed to identify complications after classic liposuction performed solely for esthetic purposes. In total, 210 articles were found using the term "complication in liposuction," 86 with "complication after liposuction," 27 with "fat embolism after liposuction," 7 with "fat embolism following liposuction," and 16 with "deaths related to liposuction." Among these articles, only 84 including cases of fat embolism after liposuction, visceral perforation, vascular injury, blindness, and herpes zoster infection among others were considered to be related to the subject. Based on the analyzed articles, we can conclude that liposuction is a highly effective procedure when well indicated and performed accurately. Despite this, there are inherent risks. This review found many articles addressing complications, predominantly pulmonary fat embolism, after liposuction for esthetic purposes.

Keywords: Lipectomy. Postoperative complications. Fat embolism.

 

RESUMO

A lipoaspiração realizada para procedimentos estéticos tem como objetivo a retirada de gordura em pacientes saudáveis e redução do acúmulo de gordura localizada, a chamada lipodistrofia, levando à melhora no contorno corporal. Nas últimas três décadas, a lipoaspiração vem sendo aperfeiçoada; porém, como qualquer outro procedimento cirúrgico, não é isenta de complicações. O objetivo deste estudo é realizar revisão da bibliografia, por meio do PubMed, identificando as complicações após lipoaspiração clássica, incluindo apenas aquelas realizadas com finalidade estética. Foram encontrados 210 artigos empregando a expressão "complication in liposuction", 86 artigos com "complication after liposuction", 27 artigos com "fat embolism after liposuction", 7 artigos com "fat embolism following liposuction" e 16 artigos com "deaths related to liposuction". Dentre esses artigos, apenas 84 foram considerados relacionados ao assunto, sendo encontrados casos de embolia gordurosa após lipoaspiração, perfuração visceral, lesão vascular, cegueira e infecção por herpes zoster, entre outros relatos. Com base nos artigos analisados foi possível concluir que a lipoaspiração é um procedimento altamente eficaz quando bem indicado e bem realizado, porém existem riscos inerentes ao ato cirúrgico. Este levantamento constatou que existem muitos artigos abordando complicações após lipoaspiração para fins estéticos, e a embolia gordurosa pulmonar apresenta alta incidência.

Palavras-chave: Lipectomia. Complicações pós-operatórias. Embolia gordurosa.

 

Revision of breast dysmorphy with implants after subcutaneous bilateral mastectomy: case report

Luciano Alves da Silva; João Ricardo de Barros Dias
Rev. Bras. Cir. Plást. 2010;25(4):723-724 - Case Reports

PDF Portuguese

ABSTRACT

Background: Breasts with silicone implants after subcutaneous mastectomy frequently present secondary aesthetic dysmorphies that request surgical revision. Purpose: The authors report and register the importance of a correct pre-operative surgical program to reduce and even avoid secondary aesthetic problems in mediate and long term postoperative period.

Keywords: Mastectomy. Breast implantation. Postoperative complications.

 

RESUMO

Introdução: Mamas com implantes submetidas a adenomastectomia apresentam com frequência dismorfias estéticas secundárias, que exigem revisões cirúrgicas. Os autores enfatizam a importância do planejamento cirúrgico pré-operatório, para reduzir ou mesmo evitar comprometimento estético a médio e longo prazo. Objetivo: Relatar a conduta utilizada em um caso de adenomastectomia bilateral com implantes de silicone, seguida de alterações secundárias de forma, volume e simetria.

Palavras-chave: Mastectomia. Implante mamário. Complicações pós-operatórias.

 

Reação tecidual como causa do linfoma mamário

MARCELO LOPES DIAS KOLLING; PAULA GIRELLI; ROLANDO MENDOZA ROMERO; GABRIELA DIESEL SILVEIRA; PAULO EDUARDO MACEDO CARUSO; MARCOS RICARDO DE OLIVEIRA JAEGER
Rev. Bras. Cir. Plást. 2019;34(Suppl.3):92-95 - Articles

PDF Portuguese

RESUMO

O linfoma primário de mama se insere como uma entidade rara que representa a minoria tanto dos linfomas não-Hodgkin (menos de 1%), quanto das neoplasias de mama (entre 0,7 e 0,04% da totalidade)1,2,3,4. Destes, 90% são linfomas de celularidade B e, apenas 10% de T, dentre os quais encontra-se o linfoma anaplásico de grandes células (LAGC)1,5. Apesar da crescente relevância desta neoplasia, em raros países os cirurgiões plásticos a incluem como uma possível complicação em seus termos de consentimento pré-operatório6.

Palavras-chave: Implante mamário; Linfoma anaplásico de células grandes; Próteses e implantes; Seroma; Patologia

 

Quilting Suture for Prevention of Seroma Formation after Latissimus Dorsi Flap: A Retrospective Review

GABRIELA DIESEL SILVEIRA; JOSÉ HENRIQUE GUIMARÃES FLORIANI; PAULO EDUARDO MACEDO CARUSO; FRANCISCO FELIPE LAITANO; MILTON PAULO DE OLIVEIRA
Rev. Bras. Cir. Plást. 2019;34(Suppl.1):120-122 - 35ª Jornada Sul Brasileira de Cirurgia Plástica

PDF Portuguese

ABSTRACT

After the oncological treatment of breast cancer, the need for reconstruction is of paramount importance. Among the various techniques for reconstruction, the large dorsal myocutaneous flap is an excellent option due to its vascular safety. The most frequent complication is seroma, and for its prevention the use of adhesion sutures in the donor area has shown benefits. The objective of this work is to evaluate the effectiveness of adhesion suture as prevention of seroma formation in the large dorsal flap donor area in breast reconstruction surgeries.

Keywords: Surgical flaps; Breast; Seroma; Reconstruction; Postoperative complications

 

RESUMO

Após o tratamento oncológico do câncer de mama, a necessidade de reconstrução é de suma importância. Entre as diversas técnicas para reconstrução, o retalho micocutâneo grande dorsal é uma excelente opção devido a sua segurança vascular. A complicação mais frequente é o seroma, e para sua prevenção a utilização de suturas de adesão em área doadora de retalho tem evidenciado benefícios. O objetivo desse trabalho é avaliar a efetividade da sutura de adesão como prevenção da formação de seroma em área doadora de retalho grande dorsal nas cirurgias de reconstrução de mama.

Palavras-chave: Complicações pós-operatórias; Seroma; Reconstrução; Mama; Retalhos cirúrgicos

 

Support

Indexers

Licença Creative Commons All scientific articles published at www.rbcp.org.br are licensed under a Creative Commons license