ISSN Online: 2177-1235 | ISSN Impresso: 1983-5175

Mostrando de 1 até 20 de 74 resultado(s)

Busca por : Burns; Scar; Skin; Breast; Face

Reposicionamento do terço médio na cirurgia da face: uma técnica simples de suspensão e de fixação*

Chang Yung Chia
Rev. Bras. Cir. Plást. 2008;23(2):71-74 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Introdução: O autor propõe uma técnica simples de suspensão e de fixação do terço médio na cirurgia de rejuvenescimento facial, baseada nos conceitos atuais de etiopatogenia do envelhecimento e de tratamento cirúrgico. Método: A técnica consiste em fixar quatro fios de nylon medialmente no osso da abertura piriforme por meio da confecção de um orifício, e passar os fios em forma de alças lateralmente ao sulco nasogeniano, laçando as estruturas ptosadas, e tracionando e fixando na fáscia temporal e no rebordo lateral da órbita, elevando assim o tecido malar. Resultados: No malar, na linha da mandíbula e na região peri-orbitária, o reposicionamento e a distribuição volumétrica foram bastante satisfatórios. A principal queixa foi de dor moderada e passageira, sem outras complicações relevantes. Discussão: A técnica aborda diretamente as estruturas específicas e a tração é vertical e concêntrica, e fixação consistente. Conclusão: A técnica é simples, segura e eficiente, em concordância com os conceitos modernos, porém, necessita de análises por períodos mais longos.

Palavras-chave: Face/cirurgia. Ritidoplastia/métodos. Rejuvenescimento.

 

ABSTRACT

Background: The author proposes a simple technique of suspension and fixation of malar fat pad, based on the modern concepts of process of aging and its treatment. Method: The malar fat pad is directly supported and elevated by 4 slings of nylon threads fixed in a hole made on the frontal process of maxillary bone above the alar groove, and laterally, fixed on the temporal fascia and the periosteo of lateral rim. Results: The repositioning and volumetric distribution of midface, jawline and lower eyelid are quite satisfactory. The main complain is moderate and temporary pain, with no other major complications. Discussion: The vector of tissue displacement is upward and concentric, opposing the aging process, and the fixation is consistent. Conclusions: The procedure is simple, safe and efficient, in accordance with the current conceptions, however, longer follow-up analyses is needed.

Keywords: Face/surgery. Rhytidoplasty/methods. Rejuvenation.

 

Cirurgia Videoendoscópica Frontal e de Terço Médio: Experiência de 8 anos

Ruth Graf, Daniele Pace, Luiz Roberto de Araujo
Rev. Bras. Cir. Plást. 2005;20(4):197-203 - Artigo Original

PDF Português

RESUMO

Desde o início dos anos 90, a técnica videoendoscópica em cirurgia plástica foi introduzida e aceita como método eficaz para o rejuvenescimento do terço superior da face, principalmente para elevação dos supercílios e região frontal. Este procedimento apresenta múltiplas indicações, sendo realizado para corrigir a ptose dos supercílios e rugas glabelares causadas pelos músculos depressores. No período de janeiro de 1996 a dezembro de 2004, 207 pacientes foram submetidas à cirurgia endoscópico da região frontal, associando ou não o tratamento do terço médio da face pela mesma técnica. Os resultados obtidos foram satisfatórios com manutenção da elevação dos supercílios, redução das rugas de expressão de glabela, rotação dos elementos óculo-palpebrais no sentido látero-superior e elevação do terço médio da face.

Palavras-chave: Ritidoplastia. Face, cirurgia. Endoscopia

 

ABSTRACT

In the early 90's, plastic surgery videoendoscopic technique was introduced and accepted as a effective method of forehead rejuvenation, mainly for brow and frontal area elevation. This procedure presents multiple indications and is performed to correct brow ptosis and frown lines caused by the depressor muscles. From January 1996 to December 2004, 207 patients were submitted to videoendoscopic forehead surgery in association or not with midface surgery with the some technique. Results were satisfactory with maintenance of brow elevation, decrease of glabelar wrinkles, superiorlateral rotation of oculo-palpebral elements and elevation of midface.

Keywords: Rhytidoplasty, Face, surgery. Endoscopy.

 

Rede hemostática: uma alternativa para a prevenção de hematoma em ritidoplastia

André Auersvald; Luiz Augusto Auersvald; Maria de Lourdes Pessole Biondo-Simões
Rev. Bras. Cir. Plást. 2012;27(1):22-30 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: Hematoma é a complicação pós-operatória mais frequente em ritidoplastia. Sua ocorrência aumenta a morbidade e prejudica a recuperação. Pontos de adesão internos para fechamento das áreas descoladas em abdominoplastias evitam o surgimento de seroma. Baseados neste princípio, e com o objetivo de reduzir o número de pacientes com hematomas em ritidoplastia, foi desenvolvida tática cirúrgica análoga em que se confecciona uma rede hemostática de pontos contínuos e transfixantes de náilon 4-0, englobando a pele e o SMAS-platisma. MÉTODO: Foram incluídos no estudo 366 pacientes consecutivos, submetidos a ritidoplastia de pelo menos o terço médio da face, entre julho de 2009 e setembro de 2011. O grupo A, incluindo os primeiros 120 pacientes avaliados retrospectivamente, foi considerado controle. O grupo B foi constituído pelos demais 246 pacientes, operados com a tática cirúrgica proposta e avaliados prospectivamente. Observaram-se as incidências de hematoma, isquemia e necrose nas primeiras 72 horas de pós-operatório. RESULTADOS: No grupo A, 17 (14,2%) pacientes apresentaram hematoma, enquanto no grupo B não houve nenhum caso. A tática cirúrgica não aumentou significativamente a ocorrência de isquemia: 11 (9,2%) pacientes no grupo A e 16 (6,5%) no grupo B tiveram essa complicação (P < 0,3964). Também não houve alteração significativa na incidência de necrose, complicação observada em 3 (2,5%) pacientes do grupo A e em 4 (1,6%) do grupo B (P < 0,4298). CONCLUSÕES: A rede hemostática é método eficaz na prevenção de hematomas precoces em ritidoplastias. Essa tática cirúrgica não levou a aumento significativo da incidência de isquemia e necrose.

Palavras-chave: Hematoma. Ritidoplastia. Face. Necrose. Isquemia.

 

ABSTRACT

BACKGROUND: Hematoma is the most common postoperative complication of rhytidoplasty. Its occurrence increases morbidity and impairs recovery. Internal sutures to close detached areas are used in abdominoplasty to prevent seromas. Taking this into account and in order to reduce the number of patients with hematomas post rhytidoplasty, we have developed a similar surgical procedure in which a hemostatic net is made of continuous nylon 4-0 transfixing stitches to include the skin and the superficial musculoaponeurotic system-platysma. METHODS: A total of 366 patients who underwent rhytidoplasty of at least the middle third of the face between July 2009 and September 2011 were included in the study. Group A was identified as the control group; it included the first 120 patients assessed retrospectively. The remaining 246 patients, who underwent the surgical procedure here proposed and who were evaluated prospectively formed group B. We observed the incidence of hematoma, ischemia, and necrosis in the first 72 postoperative hours. RESULTS: In group A, 17 (14.2%) patients developed hematomas, whereas none occurred in group B. The surgical procedure did not significantly increase the occurrence of ischemia: 11 (9.2%) patients in group A and 16 (6.5%) in group B had this complication (P < 0.3964). There was also no significant increase in the incidence of necrosis, which was observed in 3 (2.5%) patients in group A and 4 (1.6%) in group B (P < 0.4298). CONCLUSIONS: The hemostatic net is an efficient method for the prevention of early hematomas following rhytidoplasty. This surgical procedure did not result in a significant increase in the incidence of ischemia and necrosis.

Keywords: Hematoma. Rhytidoplasty. Face. Necrosis. Ischemia.

 

Tratamento cirúrgico de complicações relacionadas ao uso de polimetilmetacrilato (PMMA) como preenchedor facial

CHRYSTIAN JÚNIO RODRIGUES; RENATO ROCHA LAGE; BRUNO FERREIRA GUIMARÃES FIGUEIREDO; MARIANGELA LATINI DE MIRANDA; RENATO CORREIA LIMA; CAMILA CARVALHO CAVALCANTE MARINHO
Rev. Bras. Cir. Plást. 2019;34(Suppl.2):19-20 - Suplemento Simpósio Mineiro de Intercorrências 13º SIMPÓSIO - 2019

PDF Português

RESUMO

O uso de preenchedores tem se popularizado como alternativa aos procedimentos cirúrgicos, por serem menos invasivos. O polimetilmetacrilato (PMMA) tem sido usado como preenchedor devido ao seu baixo custo, durabilidade e fácil acesso. Entretanto, já existem na literatura vários relatos de complicações do uso desta substância para preenchimentos na face. Demonstrou-se que o PMMA provoca uma reação granulomatosa inflamatória local e suas complicações podem ser desde uma rigidez dos tecidos locais variando até edema, eritema e formação de nódulos. O presente estudo baseia-se numa série de cinco casos de pacientes que foram submetidos aos preenchimentos na face em regiões de sulco nasogeniano, pálpebra inferior, arco zigomático, região malar e glabelar, com complicações tardias, variando de 5 a 16 anos depois da aplicação. Todos os casos necessitaram de abordagem cirúrgica para remoção do PMMA, uma vez que a resposta à corticoterapia local foi insatisfatória.

Palavras-chave: Polimetimetacrilato; PMMA; Preenchedores; Reconstrução; Face

 

Tração hemostática temporária (THT) em ritidoplastias

João Francisco do Valle Pereira; Conrado Luiz Pais D'Avila; Felipe Nascimento Mateus
Rev. Bras. Cir. Plást. 2014;29(2):216-220 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: Na tentativa de desacelerar o processo de envelhecimento, as cirurgias de contorno facial foram estabelecendo-se como técnicas rejuvenescedoras, sendo constantemente aprimoradas, assim como os resultados. Porém, como qualquer procedimento cirúrgico, há a possibilidade de intercorrências e a principal complicação delas é o hematoma. Descontentes com a presença desta complicação, com o uso de drenos e visando menor custo, os autores viram a necessidade de desenvolver uma nova tática cirúrgica chamada tração hemostática temporária - THT. MÉTODOS: Foram incluídas neste estudo todas as ritidoplastias realizadas na Clínica Valle Pereira (Florianópolis, SC), no período compreendido entre maio de 2012 e janeiro de 2013, totalizando 64 pacientes. Todos foram submetidos à nova tática cirúrgica chamada tração hemostatica temporária. RESULTADOS: Apenas 2 pacientes apresentaram epidermólise com ótima evolução sob a THT, e 1 caso de edema facial generalizado. Não houve caso com hematoma, em qualquer período pós-operatório. CONCLUSÕES: esta nova tática cirúrgica evita o uso de drenos, diminui o espaço morto aumentando a adesão do retalho descolado e, consequentemente, diminui a presença de hematoma, seroma e edema pós-operatório, assim como diminui a tensão cicatricial na incisão da pele, visando aprimorar os resultados das ritidoplastias.

Palavras-chave: Ritidoplastia; Face/Cirurgia; Hematoma.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: To slow the aging process, facial contouring surgery was developed as a rejuvenating technique, and is constantly improving, as are the results. However, as with any surgical procedure, complications are possible, the main one being hematoma. Dissatisfied with the prospect of hematoma and the use of drains, and with a goal of lower costs, the authors felt the need to develop a new surgical procedure, temporary hemostatic traction (THT). METHODS: Sixty-four rhytidoplasties, all performed at the Valle Pereira Clinic (Florianópolis, SC, Brazil) from May 2012 to January 2013, were included in this study. All patients underwent the new THT procedure. RESULTS: Only two patients developed epidermolysis with optimal evolution following THT, and one developed generalized facial edema. There were no instances of hematoma at any of the postoperative stages. CONCLUSIONS: This new surgical technique avoids the use of drains and decreases dead space, thereby improving flap adhesion, and decreases hematoma, seroma, and postoperative edema; it also decreases tension on the incision, hence improving the results of rhytidoplasty.

Keywords: Rhytidoplasty; Facial Surgery; Hematoma.

 

Agulha para pontos internos de suspensão por fios

Mário gerard bafutto
Rev. Bras. Cir. Plást. 2008;23(4):310-312 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Introdução: O autor propõe uma alternativa para suspensão da camada fibroadiposa do terço médio da face, através de incisões mínimas e dissimuláveis, utilizando uma agulha criada especificamente para esta finalidade. Método: A técnica consiste em "fisgar" e tracionar uma porção de tecido, sem deixar seqüela na pele glabra, através de incisão em região pilosa zigomática de aproximadamente 1,5 cm, usando de 2 a 3 pontos de sustentação. Resultados: Foram selecionadas 10 pacientes com idade entre 35 e 45 anos e grau de envelhecimento cutâneo II/III de Glogau, observando-se elevação das áreas ptosadas, com melhora do contorno, volume e definição das regiões tratadas. Conclusão: Por ser um método simples, pouco invasivo, reversível e de bons resultados, pode ser usado como tratamento primário ou complementar de cirurgias de rejuvenescimento facial, necessitando, porém, de avaliação dos resultados a médio e longo prazo.

Palavras-chave: Face/cirurgia. Ritidoplastia/métodos. Rejuvenescimento.

 

ABSTRACT

Introduction: The author proposes an alternative for suspension of the layer malar fat pad of the middle third of the face, through least minimal incisions and to hide, using a needle created specifically for this finality. Method: The technique consists in "catching" and elevate a portion of cloth, without leaving sequel in the glabrous skin, through incision in pilous zigomatic region of about 1.5 cm, using from 2 to 3 points of sustenance. Results: Ten patients were selected with age between 35 and 45 years and degree of cutaneous aging II/III of Glogau, pointing of the treated areas ptosed, with improvement of the outline, volume and definition of the treated regions. Conclusion: Because of being simple, not much invasive, reversible method and of good results, it can be used like primary or complementary treatment of surgeries of facial rejuvenation, needing, however, evaluation of the results on middle and long term.

Keywords: Face/surgery. Rhytidoplasty/methods. Rejuvenation.

 

Avaliação clínica e da espessura cutânea um ano após preenchimento de ácido hialurônico

Alessandra Grassi Salles; Adelina Fátima do Nascimento Remigio; Valeria Berton Liguori Zacchi; Osmar Cássio Saito Marcus Castro Ferreira
Rev. Bras. Cir. Plást. 2011;26(1):66-69 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Introdução: Poucos estudos avaliam a durabilidade dos produtos de preenchimento facial de forma objetiva e não-invasiva. O objetivo deste estudo foi avaliar a durabilidade de formulação de ácido hialurônico (Derma Hyal®) no preenchimento de sulco nasogeniano, comparando percepção do efeito clínico e espessura de partes moles medida por ultrassonografia. Método: Dez mulheres foram tratadas. Avaliação foi realizada após um, três, seis, nove e doze meses, clinicamente e por ultrassonografia. Resultados: A média da espessura à ultrassonografia foi 0,38 ± 0,14 no pré, 0,69 ± 0,19 após 1 mês, 0,65 ± 0,17 após 3 meses, 0,61 ± 0,22 após 6 meses, 0,57 ± 0,23 após 9 meses e 0,55 ± 0,14 após 12 meses. Os dados analisados pelo teste Friedman não se mostraram estatisticamente significativos. Em relação à satisfação, aos 6 meses, 3 pacientes consideraram o resultado insatisfatório, 5, pouco satisfatório e 2, satisfatório. Apenas uma paciente considerou o resultado satisfatório aos 9 meses. Aos 12 meses, uma considerou pouco satisfatório e as demais, insatisfatório. Todas responderam que realizariam novamente o procedimento. Conclusões: A ultrassonografia demonstrou ser método objetivo e não-invasivo na avaliação da durabilidade de preenchimento, desde que avaliado com correlação clínica. Demonstrou-se aumento da espessura cutânea até 12 meses após injeção em sulco nasogeniano (SNG), com decréscimo progressivo. Embora exista diferença dos valores da ultrassonografia ao longo do tempo, essas não foram estatisticamente significantes. Clinicamente, o efeito percebido pelas pacientes se deu até o nono mês após aplicação do produto avaliado.

Palavras-chave: Ácido hialurônico. Ultrassonografia. Face.

 

ABSTRACT

Introduction: Few studies have evaluated the durability of tissue filler products in an objective and non-invasive manner. The aim of this study was to evaluate the durability of a formulation of hyaluronic acid (Derma Hyal®) for filling nasolabial folds by comparing perceptions of clinical effect and soft tissue thickness as measured by ultrasound. Methods: Ten women were treated. Clinical and ultrasound evaluation were performed after 1, 3, 6, 9, and 12 months. Results: The average thickness of the nasolabial folds as measured by ultrasound was 0.38 ± 0.14 mm at pretreatment, 0.69 ± 0.19 mm after 1 month, 0.65 ± 0.17 mm after 3 months, 0.61 ± 0.22 mm after 6 months, 0.57 ± 0.23 mm after 9 months, and 0.55 ± 0.14 mm after 12 months. Data analyzed using Friedman's test were not statistically significant. Regarding satisfaction, at 6 months, 3 patients considered the result unsatisfactory; 5, barely satisfactory; and 2, satisfactory. Only 1 patient considered the result satisfactory at 9 months. After 12 months, 1 patient considered the result barely satisfactory and the other patients, unsatisfactory. All patients stated that they would undergo the procedure again. Conclusions: Ultrasound proved to be an objective and non-invasive method of evaluating filling durability, provided that it is correlated with clinical parameters. An increase in skin thickness was demonstrated up to 12 months after injection of the product into the nasolabial fold, followed by a progressive decrease after this period. Although differences among the values as measured by ultrasound were observed over time, these were not statistically significant. Patients perceived a clinical effect up to 9 months after the product was applied.

Keywords: Hyaluronic acid. Ultrasonography. Face.

 

Revisão de 150 casos de fratura de mandíbula entre os anos de 2010 e 2013 no Hospital Universitário Cajuru - Curitiba, PR

Alexandre Tieppo Zarpellon; Gilvani de Oliveira e Azor Cruz; Ivana de Oliveira Gus; Guilherme Henrique Gonçalves Moreira; Raphael Schemberk Chamma; Flávia David João de Masi
Rev. Bras. Cir. Plást. 2015;30(4):609-614 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: As fraturas mandibulares correspondem ao segundo tipo de lesões faciais mais frequentes na maioria dos estudos. Contudo, os dados epidemiológicos desta fratura podem variar conforme o país, o mecanismo de trauma e a época em que foram avaliadas, uma vez que são influenciadas por fatores culturais, tecnológicos, ambientais e socioeconômicos. Consistem em importante fator de custo e morbidade. Delinear o perfil epidemiológico dos casos de fratura de mandíbula tratados no Hospital Universitário Cajuru no período entre 2010 e 2013. MÉTODO: Foi realizado um estudo retrospectivo, observacional e descritivo de 236 pacientes internados no Hospital Universitário Cajuru, no período de janeiro de 2010 a julho de 2013, diagnosticados com fratura de mandíbula. Foram incluídos no trabalho apenas os pacientes que apresentavam os prontuários contendo informações completas, totalizando 150 pacientes. RESULTADOS: Dos 150 prontuários analisados, encontrou-se prevalência das fraturas de mandíbula no sexo masculino, média de idade de 29,9 anos. Em relação ao mecanismo de trauma, as mais comuns foram a agressão interpessoal (36,7%), acidentes automobilísticos (36,7%), ferida por arma de fogo (16%). Com relação ao tratamento, o uso de placa e parafuso foi a forma mais realizada (111 pacientes). CONCLUSÕES: As fraturas de mandíbula são causadas principalmente por agressão interpessoal, são mais incidentes em homens e jovens. As fraturas múltiplas estão presentes em quase metade dos pacientes. Nas fraturas únicas, a região do côndilo e parassínfise foram, ambas, as mais acometidas. O tratamento cruento foi o mais empregado, sendo a reconstrução com placa de titânio a forma mais comum.

Palavras-chave: Mandíbula; Fraturas maxilomandibulares; Face; Tratamento.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: Mandible fractures are the second most frequent type of facial injury according to most studies. However, the epidemiological data on mandible fractures may vary between countries, or according to the trauma mechanism and the period of injury evaluation, owing to the influence of cultural, technological, environmental, and socioeconomic factors. This type of trauma comprises an important cost and morbidity factor. The aim of this study was to outline the epidemiological profile of mandible fractures treated at the Cajuru University Hospital from 2010 to 2013. METHODS: A retrospective, descriptive, observational study was performed with 236 patients hospitalized in the Cajuru University Hospital, from January 2010 to July 2013, in whom mandible fracture was diagnosed. Only patients with complete records were included in the study, resulting in a total of 150 patients. RESULTS: From the 150 records analyzed, it was found that mandible fractures were more prevalent in males, and the average age of patients was 29.9 years. Concerning the trauma-causing mechanisms, the most common were interpersonal violence (36.7%), traffic accidents (36.7%), and wounds caused by firearms (16%). Plate and screw fixation was the most frequently used treatment (111 patients). CONCLUSIONS: Mandible fractures were mainly caused by interpersonal violence, and were more frequent in young males. Multiple fractures were present in almost half of the patients. In single fractures, the condyle and parasymphysis regions were the most affected. Open treatment was most commonly performed, with reconstruction with a titanium plate being the most common approach.

Keywords: Mandible; Maxillomandibular fracture; Face; Treatment.

 

Abordagem segmentar do terço médio da face. Triângulo na região geniana: ponto de sutura dermogorduroso

Adilson Branco Farrapeira
Rev. Bras. Cir. Plást. 2009;24(4):497-503 - Artigo Original

PDF Português

RESUMO

Introdução: O tratamento cirúrgico apresentado pelos autores tem inovações táticas e peculiares que tornam o tratamento seguro. Objetivo: Demonstrar uma maneira diferente de abordar a região geniana e de fixar a pele com pontos dermogordurosos. Método: Abordagem da região geniana com os descoladores progressivos, deixando bridas. A fixação da pele com pontos dermogordurosos usando fio de nylon 4.0 favorece a diminuição da tensão na cicatriz pré-auricular. Resultados: Foram operados trinta e nove pacientes usando essa tática. O período de internação foi de 24 horas, sendo observado apenas um caso de hematoma. Conclusão: O método proposto é eficiente e simples, onde a abordagem da região geniana com o uso dos descoladores é de pouco sangramento. As bridas deixadas por esse método favorecem melhor irrigação da pele. Os pontos dermogordurosos mantêm a pele no local e diminuem a tensão na cicatriz pré-auricular.

Palavras-chave: Rejuvenescimento. Ritidoplastia. Face/cirurgia.

 

ABSTRACT

Introduction: The surgical treatment presented by the authors has tactical innovations and unique features that make the treatment safer. Objective: To show a different approach to cheek area and fix the skin with dermal fat points. Methods: Approach the cheek area with progressive retractors, leaving bands. Skin fixation with dermal fat points using nylon 4.0 favors tension reduction in the scar. Results: Thirty-nine pacients were operated using this tactic. The period of hospitalization was 24 hours and there was only one case of hematoma. Conclusion: It is an efficient and simple method where the approach to the cheek area using retractors show low bleeding. The adhesion left by this method encourage better skin irrigation. Dermal fat points keep the skin in place and reduce the tension in the scar.

Keywords: Rejuvenation. Rhytidoplasty. Face/surgery.

 

A península na ritidoplastia

Ronaldo Pontes; Gisela Hobson Pontes; Alexandrish Karvendrish Rodríguez Tavárez; Camila Lopes Santos
Rev. Bras. Cir. Plást. 2017;32(2):262-267 - Ideias e Inovações

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: A ascensão do pé do cabelo é um estigma frequente e desagradável nas ritidoplastias. Para contornar esse problema, criamos a técnica da Península em meados de 1999. Inicialmente utilizada nas faces secundárias, sua indicação foi ampliada, tornando-se imprescindível nos casos primários de implantação alta do cabelo e naqueles pacientes que necessitariam de grande ressecção de pele. MÉTODOS: O total de ritidoplastias realizadas foi de 7356, tendo sido operados 2512 pacientes utilizando a técnica da Península, no período que cursa entre 1999 e 2016, com idade média de 48 anos, sendo 98% dos pacientes do sexo feminino e 2% do sexo masculino. A técnica apresenta três variantes. RESULTADOS: Os pacientes continuaram, posteriormente, em acompanhamento mensal até a alta ao final de 6 meses. Dentre os resultados, surgiram algumas complicações, comuns a qualquer tipo de cirurgia da face. Na grande maioria dos casos, com a utilização da Península, foi possível a realização de uma boa tração cutânea, com maior correção do terço médio, mantendo a linha de implantação capilar. CONCLUSÃO: Podemos concluir que a técnica da Península é um recurso único, de fácil reprodução, capaz de reduzir a curva de aprendizado em ritidoplastias, uma vez que permite generosa ressecção de pele sem alteração da implantação capilar, atuando de modo a evitar estigmas pós-cirúrgicos e otimizando a qualidade dos resultados e satisfação por parte dos pacientes, com pequeno ônus cicatricial.

Palavras-chave: Ritidoplastia; Remoção; Face; Cabelo.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: High implantation of the hairline by the ear is a frequent, unpleasant stigma in rhytidoplasties. To overcome this problem, we created the Peninsula technique in the mid-1999. Initially used in secondary face liftings, its indication has since been broadened, becoming indispensable in primary cases of high hair implantation and in patients requiring major skin resection. METHODS: The total number of rhytidoplasties performed was 7,356, with 2,512 patients operated using the Peninsula technique from 1999 to 2016. Mean age was 48, 98% were females and 2% males. The technique presents three variants. RESULTS: Patients were monitored on a monthly basis until discharge at the end of six months. Among the results, there were some complications, which are usual in any type of facial surgery. In the great majority of cases, with the use of the Peninsula, it was possible to obtain good skin traction, with the greater correction of the mid third, maintaining the capillary implantation line. CONCLUSION: We can conclude that the Peninsula technique is a unique resource, easily reproducible, capable of reducing the learning curve in rhytidoplasty, as it allows generous skin resection without changing capillary implantation, avoiding post-surgical stigma and optimizing the quality of the results and patient satisfaction, with a little scar burden.

Keywords: Rhytidoplasty; Lifting; Face; Hair.

 

Análise bioética do transplante de face no Brasil

Katia Torres Batista; Eliane Maria Fleury Seidl
Rev. Bras. Cir. Plást. 2017;32(3):421-427 - Artigo de Revisão

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: Atualização sobre os aspectos bioéticos do transplante facial. Estudo de revisão da literatura sobre a situação atual dos transplantes de órgãos e de face, a importância da face humana, e a face humana como órgão vital. MÉTODOS: Revisão bibliográfica narrativa com análise documental acerca dos transplantes de face nos últimos 10 anos. RESULTADOS: Na base de dados PubMed foram encontradas 8259 publicações com a palavra-chave face transplantation, face transplantation and bioethics em 28 artigos e organ transplant ethics em 4877 publicações; documentos relacionados à legislação encontrados na ABTO (Associação Brasileira de Transplantes de Órgãos). CONCLUSÃO: A experiência dos países com o transplante de face demonstrou que é uma opção viável para reconstrução de graves lesões faciais, entretanto, é considerado um procedimento experimental com alto risco de complicações, altos custos, envolve equipe multidisciplinar e a necessidade do uso vitalício de imunossupressores. Até o momento, é indicado para um pequeno grupo de pacientes. Do ponto de vista bioético, vale contextualizar que, apesar da obtenção do termo de consentimento, é necessário avaliar qual é o nível de risco aceitável para o participante da pesquisa. Quem será o responsável pelos custos relacionados ao procedimento? Quando os recursos públicos podem ser utilizados para justificar os direitos individuais em detrimento dos direitos públicos?

Palavras-chave: Transplante de face; Brasil; Face; Bioética.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: This update on bioethical aspects of face transplantation reviews the literature on the current status of organ and face transplantation, the significance of the human face, and the human face as a vital organ. METHODS: This was a narrative bibliographic review, with documentary analysis of face transplantation in the last 10 years. RESULTS: A search of the PubMed database identified 8,259 papers with the keyword face transplantation, 28 articles with the keywords face transplantation and bioethics, and 4,877 papers with the keyword organ transplant ethics; documents related to legislation were found in the Brazilian Association of Organ Transplantation (Associação Brasileira de Transplantes de Órgãos - ABTO). CONCLUSION: The experience of countries where face transplantation has been performed has shown that this is a viable option for the reconstruction of severe facial lesions. However, face transplantation is considered an experimental procedure with high risk of complications and costs, and requires a multidisciplinary team and the lifetime use of immunosuppressants. To date, this procedure is only indicated for a small group of patients. From a bioethics standpoint, it should be noted that, despite providing consent, the level of risk acceptable to the recipient must be assessed. Who will be responsible for the costs related to the procedure? When can public resources be used to justify individual rights over public rights?

Keywords: Face transplantation; Brazil; Face; Bioethics.

 

Sequelas de queimadura em face: enxerto cutâneo autólogo mama-face, uma opção de tratamento. Relato de caso

GISELA HOBSON PONTES; CAROLINA TAKAHASHI RODRIGUES PINTO; FERNANDO SÉRGIO MENDES CARNEIRO; MARIANO RAMON LEIVA PAREDES; CESAR ANDRES BASTOS PLAZA; LUIS ALEJANDRO VARGAS GUERRERO
Rev. Bras. Cir. Plást. 2019;34(2):291-294 - Relato de Caso

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Introdução: As queimaduras constituem uma das lesões traumáticas mais graves e seu tratamento requer uma abordagem multidisciplinar, em que o papel do cirurgião plástico é fundamental. Restabelecer a função de proteção da pele, mas também recuperar a estética da área, queimada são objetivos desafiadores que o cirurgião plástico procura atingir.
Relato de Caso: Paciente feminino de 27 anos submetida a mastopexia com inclusão de implantes, em que se aproveitou a pele retirada da mama para realizar um enxerto de espessura total em região mandibular e submentoniana para tratamento de cicatriz. A paciente teve uma integração completa do enxerto, sem evidenciar-se áreas de epidermólise. Os resultados estéticos foram excelentes, conseguindo a satisfação da paciente e melhoria das áreas discrômicas e hipertróficas cicatriciais.
Conclusão: O enxerto autólogo a partir da pele da mama constitui uma boa alternativa para o tratamento de sequelas de queimaduras em face, possibilitando ótimos resultados estéticos.

Palavras-chave: Queimaduras; Cicatriz; Pele; Mama; Face

 

ABSTRACT

Introduction: Burns are one of the most severe traumatic injuries and their treatment requires a multidisciplinary approach, where the role of the plastic surgeon is vital. The plastic surgeon is entrusted with the challenging goal of restoring the skin's protective function and simultaneously recovering the aesthetic aspect of the burnt area.
Case report: A 27-year-old woman underwent a mastopexy with inclusion of implants, where the skin removed from the breast was used as a full-thickness graft in the mandibular and submental area for the treatment of a scar. The patient showed complete integration of the graft, and no areas of epidermolysis were observed. The aesthetic results were excellent, and the patient was completely satisfied; moreover, an improvement in the dyschromic and hypertrophic cicatricial areas was observed.
Conclusion: An autologous graft using breast skin is a good alternative for the treatment of sequelae of burns on the face and provides excellent aesthetic results.

Keywords: Burns; Scar; Skin; Breast; Face

 

Reconstrução total de couro cabeludo: relato e experiência de dois casos

Estevão José Müller Uliano; Inara do Carmo Lucchese; Diego Fernando Villagra Avila; Mackerley Bleixuvehl de Brito; Zulmar Antonio Accioli de Vasconcellos; Jorge Bins Ely
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(Suppl.1):53-55 - Face I

PDF Português

RESUMO

INTRODUÇÃO: O escalpelamento, ato de remover uma parte do escalpo, pode ser facilmente causado por diversos mecanismos como trauma, queimadura, infecção, ablação cirúrgica de tumores e lesões congênitas. Há diversas opções de reconstruções relatadas na literatura. OBJETIVO: Relatar dois casos de escalpelamentos atendidos e tratados em um Hospital Universitário. MÉTODOS: Os dois casos de escalpelamento foram tratados com enxerto autólogo em diversos tempos cirúrgicos até a total cobertura da área lesionada. RESULTADOS: Obteve-se resultado satisfatório após as cirurgias de enxertia de pele nas áreas lesionadas de ambos os casos tratados. CONCLUSÃO: O enxerto autólogo mostrou-se uma opção viável na reconstrução do couro cabeludo.

Palavras-chave: Reabilitação; Couro cabeludo; Face.

 

Associação de retalho mucoso e retalho cutâneo local na reconstrução de perda de substância em região da bochecha

Jose Mauro de Oliveira Squarisi; Thais Gomes Casali; Diogo Petroni Caiado Fleury; Fernanda Dinelli Scala; Fabrício Nishimoto; Paulo Roberto da Costa
Rev. Bras. Cir. Plást. 2014;29(3):442-445 - Ideias e Inovações

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

A face representa uma estrutura importante nos seres humanos, devido a ser a parte mais visível do corpo e conter elementos delicados e complexos, que são essenci ais em termos de beleza e funcionalidade. As reconstruções faciais, em áreas de grandes perdas de substâncias, permanecem como um desafio para os cirurgiões. Apresentam várias opções de reparo, todas com suas vantagens e desvantagens. Mostramos o caso de um paciente apresentando perda de substância de espessura total em região de bochecha, que foi submetido à associação de retalho mucoso e retalho cutâneo local, apresentando bom resultado e preservação funcional.

Palavras-chave: Reconstrução; Face; Bochecha; Retalhos cirúrgicos.

 

ABSTRACT

The face is an important structure, because it is the most visible part of the body and contains delicate and complex elements that are essential for aesthetics and functionality. Facial reconstruction of areas with substantial substance loss remains a surgical challenge. There are several repair options, with corresponding advantages and disadvantages. We present a case of a patient with substance loss of the total thickness of the cheek region who received mucosal and local skin flap surgery, with good results and functional preservation.

Keywords: Reconstruction; Face; Cheek; Surgical flaps.

 

Tecido de granulação hipertrófico: série de casos tratados com ácido tricloroacético a 75%

Estevão José Müller Uliano; Diego Fernando Villagra Avila; Inara do Carmo Lucchese; Carlo Mognon Mattiello; Zulmar Antonio Accioli de Vasconcellos; Jorge Bins Ely
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(Suppl.1):59-61 - Face I

PDF Português

RESUMO

INTRODUÇÃO: O tecido de hipergranulação é definido como um excesso de tecido de granulação que ultrapassa a superfície do epitélio normal. Há diversos métodos para o tratamento. Os casos no presente estudo foram tratados com ácido tricloroacético (ATA) na concentração de 75%. OBJETIVO: Relatar uma série de 5 casos utilizando o ácido tricloroacético na concentração de 75% no tratamento do tecido de hipergranulação. MÉTODOS: As feridas com granulação hipertrófica de 5 pacientes foram tratadas com ATA 75%, os pacientes eram seguidos semanalmente no ambulatório de cirurgia plástica e o número de sessões variou conforme a evolução dos casos. RESULTADOS: Foram tratados 5 pacientes que apresentavam tecido de granulação hipertrófico, com total resolução do tecido hipertrófico após o tratamento com ATA 75%. CONCLUSÃO: A aplicação do ATA é um método prático, efetivo e de baixo custo no tratamento de feridas com tecido de hipergranulação.

Palavras-chave: Reabilitação; Face; Ácido tricloroacético.

 

Design de novo instrumento cirúrgico para ritidoplastia: agulha para suspensão do SMAS

Juliana Régia Furtado Matos; Iana Silva Dias; Suyane Benevides Franco; Salustiano Gomes de Pinho Pessoa
Rev. Bras. Cir. Plást. 2012;27(4):627-629 - Ideias e Inovações

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Neste artigo é apresentado um instrumento cirúrgico alternativo para suspensão da camada fibroadiposa do terço médio da face. A agulha foi confeccionada com fio de Kirschner, de forma que ambas as pontas se tornaram rombas. A dupla ponta possibilita a passagem do fio pelo sistema musculoaponeurótico superficial da face (SMAS), mantendo a sutura com a profundidade necessária para evitar dermatografia. Os testes com o novo instrumento foram realizados em ritidoplastias com dissecção mínima. A agulha descrita demonstrou-se segura, com fácil migração pelos tecidos e ausência de lesões vasculonervosas, facilitando o posicionamento dos pontos de fixação nos locais planejados. A agulha desenvolvida possibilitou a realização da ritidoplastia sem descolamento resultante de forma rápida, simples e custo-efetiva, com mínimo dano às estruturas anatômicas e aos tecidos.

Palavras-chave: Face/cirurgia. Ritidoplastia/métodos. Rejuvenescimento.

 

ABSTRACT

This article describes an alternative surgical instrument that can be used for suspension of the malar fat pad. The needle was created using Kirschner wire to ensure that both tips were blunt. The double tip allows for passage of the wire through the superficial muscular aponeurotic system, ensuring that the suture is sufficiently deep to avoid dermatography. The utility of the new instrument was tested in rhytidoplasties involving minimal dissection. The needle described herein was proven safe, and could easily migrate through the tissues, without creating vascular and nerve lesions, and facilitate the positioning of the fixation points at the intended sites. The use of this needle for rhytidoplasty was quick, simple, and cost-effective, without any resulting dissection or damage to the anatomical structures or tissues.

Keywords: Face/surgery. Rhytidoplasty/methods. Rejuvenation.

 

Reconstrução da estrutura facial por biomateriais: revisão de literatura

Mário Maia; Emília Silva Klein; Tatiana Veraste gui Monje; Carlos Pagliosa
Rev. Bras. Cir. Plást. 2010;25(3):566-572 - Artigo de Revisão

PDF Português

RESUMO

A região facial apresenta um desafio único para o implante de biomateriais, porque o esforço de tração dos músculos dessa região produz carregamento variável em diferentes regiões. Este trabalho apresenta as causas do amplo uso de biomateriais na reconstrução facial, descrevendo as características, as vantagens e as desvantagens de cada tipo específico de material para cada região da face.

Palavras-chave: Materiais biocompatíveis. Face. Substitutos ósseos.

 

ABSTRACT

The facial region presents an unique challenge for implantable biomaterials because the pull of the facial muscles produces variable loading in different regions. This work presents the reasons of the wide use of biomaterial in facial reconstruction, pointing out the advantages and the disadvantages of each specific material type for each face region.

Keywords: Biocompatible materials. Face. Bone substitutes.

 

Ritidoplastia em face espástica: relato de caso

Allysson Antonio Ribeiro Gomes; Salustiano Gomes de Pinho Pessoa; Everardo Macedo; Nelson Gurgel Simas de Oliveira; Iana Silva Dias
Rev. Bras. Cir. Plást. 2011;26(2):366-369 - Artigo Original

PDF Português

RESUMO

Introdução: O espasmo hemifacial (EH) é um distúrbio do movimento caracterizado por contrações involuntárias dos músculos inervados pelo nervo facial, a descompressão microvascular (DMV) é considerada tratamento definitivo, com baixas taxas de recidiva. Os casos refratários tornam-se um desafio para o cirurgião plástico. Relato do Caso: MSP, sexo feminino, 53 anos, portadora de EH, refratária à DMV, e com queixas de flacidez dos dois terços inferiores da face. Foi submetida à ritidoplastia, neurectomias e miectomias seletivas. Obteve-se ausência completa dos espasmos, manutenção da mímica facial e rejuvenescimento facial. A ritidoplastia cérvico-facial associada a neurectomias e miectomias mostrou-se eficaz no tratamento do EH.

Palavras-chave: Face/cirurgia. Espasmo hemifacial. Espasmo. Ritidoplastia.

 

ABSTRACT

Introduction: The peripheral facial palsy is a disease that can leave significant aesthetical and functional sequelae in patients. According to medical literature, Bell's palsy (BP) is the most common cause, representing from 50 to 80% of the cases. However, it must be considered as an exclusion diagnosis. A slightly higher prevalence is estimated in women and its incidence is bimodal with peaks in the third and eighth life decades. Most patients recover within weeks, though a worsening degree may be common in the first 48 hours.Treatment must be performed to prevent complications and the medical procedures are not universally accepted. The following have been mentioned as BP risk factors: arterial hypertension, mellitus diabetes, pregnancy, puerperium and infection caused by type I herpes virus. Although there are several BP associated risk factors, regarding face-lifting surgery there is only one reported case in medical literature. Case Report: In the present study, the authors describe the second case of Bell's palsy after face-lifting surgery.

Keywords: Face/surgery. Hemifacial spasm. Spasm. Rhytidoplasty.

 

Ritidoplastia em paciente de 11 anos como tratamento auxiliar da elastólise pós-inflamatória (cutis laxa) - desafios no tratamento

Wellerson Marcos Mattioli; Fausto Viterbo; Emiliano Sá Fortes De Araújo; Priscilla Rocha Pinho
Rev. Bras. Cir. Plást. 2013;28(4):693-696 - Relato de Caso

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Cútis laxa é uma morbidade rara, caracterizada por ser uma desordem do tecido conjuntivo que se manifesta principalmente por flacidez cutânea, podendo acometer variavelmente outros órgãos. Os autores relatam um caso de cútis laxa em paciente de 11 anos que desenvolveu face senil com pronunciada ritidose perioral e periocular, bem como acentuação dos sulcos nasogenianos. Foi realizada ritidoplastia como tratamento cirúrgico. Apresentou boa evolução pós-operatória, com cicatrizes de boa qualidade e melhora notável na flacidez do terço médio da face e, posteriormente, recorrência parcial da mesma no acompanhamento tardio de dois anos. Paciente e familiares ficaram muito satisfeitos com o resultado. A equipe cirúrgica, entretanto, percebeu limitação do resultado cirúrgico e necessidade de complementação com tratamentos auxiliares como peelings e similares.

Palavras-chave: Cutis laxa. Ritidoplastia. Face.

 

ABSTRACT

Cutis laxa is a rare morbidity, is caracterized as a connective tissue disorder manifested primarily by sagging cut and may affect other organs. The authors report a case of cutis laxa in a patient of 11 years old with the development of a senile fascia with pronounced ritidose perioral, periocular and nasolabial sulcus. Rhytidectomy was performed as an auxiliary treatment. The patient showed a good evolution of the postoperative scars with good quality and remarkable improvement in sagging of the midface and later recurrence of the same part in the follow-up evaluation two years. Patient and family were very pleased with the outcome. The surgical team, however, realized the limitation of the procedure and the need for additional treatment with auxiliaries and the like as peeling.

Keywords: Cutis laxa. Rhytidoplasty. Face.

 

Retalho cervicofacial composto: uma alternativa para reconstrução facial

Natália Biancha Rendón; Pedro Henrique Ongaratto Barazzetti; Caio Pundek Garcia; Arthur Koerich D'avila; Zulmar Antonio Accioli de Vasconcellos; Jorge Bins Ely
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(Suppl.1):104-116 - Face I

PDF Português

RESUMO

O câncer de pele é a neoplasia maligna mais comum, e a subclassificação não melanoma representa uma grande porcentagem dessa ocorrência. Frequentemente, as lesões acometem áreas do corpo diariamente expostas à radiação solar, sendo esse um dos principais fatores de risco para desenvolvimento tumoral. As áreas atingidas geralmente são profundas e extensas, o que exige do cirurgião plástico uma excelente técnica para reparos com esse grau de dificuldade. A face conta com uma complexa e densa rede vascular e nervosa, registrando inúmeras variações anatômicas, sendo que a secção de um feixe calibroso, por exemplo, do nervo facial, compromete a movimentação de toda uma hemiface e, consequentemente, compromete o resultado funcional e estético da cirurgia. Neste caso, apresentamos uma paciente com múltiplas tumorações em região da face, com biópsias prévias, resultando em CBC infiltrativo, com necessidade de ressecção e retalho para reconstrução do terço médio da face direita, associado a dorso e asa nasal esquerda. A escolha pelo retalho miocutâneo de avanço de face ou facelift baseou-se em uma maior segurança para redução de casos de isquemia e também por apresentar melhores resultados estéticos em comparação ao retalho cutâneo. A presença do SMAS intensifica o aporte sanguíneo ao retalho, decrescendo as taxas de complicação por eventos isquêmicos no retalho. Assim, com boa indicação, o retalho miocutâneo para reconstrução facial potencializa os resultados estéticos e funcionais finais da face do paciente, embora exija melhor técnica e maior conhecimento anatômico da região a ser tratada.

Palavras-chave: Retalhos cirúrgicos; Face; Reabilitação.

 

Patrocinadores

Indexadores

Licença Creative Commons Todos os artigos científicos publicados em http://www.rbcp.org.br estão licenciados sob uma Licença Creative Commons