ISSN Online: 2177-1235 | ISSN Impresso: 1983-5175

Mostrando de 1 até 3 de 3 resultado(s)

Busca por : VERA LÚCIA NOCCHI CARDIM

Uso de malhas tridimensionais em cirurgia plástica

Rodrigo de Faria Valle Dornelles; Nivaldo Alonso; Luiz Alexandre Lorico Tissiani; Anderson Rodrigo Souza; Vera Lúcia Nocchi Cardim
Rev. Bras. Cir. Plást. 2016;31(1):25-31 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: O registro da imagem como conhecemos hoje evoluiu muito desde os primórdios da fotografia por meio da impressão da luz diretamente em um material fotossensível, até os algoritmos matemáticos que constituem malhas tridimensionais, na estereofotogrametria. A tecnologia 3D para captura e extração de informações confiáveis na Cirurgia Plástica tem evoluído muito nos últimos anos; contudo, há necessidade de compreensão do método para que o potencial de aplicabilidade possa ser explorado diretamente pelo cirurgião na sua rotina. O objetivo deste trabalho é abordar os aspectos conceituais, a acurácia da captação e ilustrar aplicações clínicas das malhas tridimensionais, salientando a importância na utilização clínica. MÉTODO: Foi feita uma revisão dos princípios de captação de imagens e da formação de modelos tridimensionais por meio da revisão da literatura, bem como uma descrição da aplicação de testes de acurácia com o uso de scanner de luz estruturada. Indicações clínicas das malhas tridimensionais foram avaliadas tanto no planejamento pré-operatório como no acompanhamento pós-cirúrgico. RESULTADOS: Os princípios das tecnologias de captação da imagem foram estabelecidos e a reprodutibilidade da validação da ferramenta de captação das malhas foi confirmada. A aplicabilidade clínica tanto na programação, quanto no acompanhamento foi exemplificada. CONCLUSÃO: A diferença conceitual entre fotografia e malha tridimensional foi estabelecida, juntamente com a introdução dos princípios da tecnologia 3D. As aplicações clínicas do método foram apresentadas, evidenciando o uso promissor de modelos tridimensionais em Cirurgia Plástica.

Palavras-chave: Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos; Imagem tridimensional; Fotogrametria; Antropometria; Medidas; Métodos e teorias.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: Image recording as we know it today has evolved considerably from the beginning of photography by means of light printing directly onto a photosensitive material, up to the mathematical algorithms that constitute three-dimensional (3-D) meshes in stereophotogrammetry. The 3-D technology to capture and extract reliable information in plastic surgery has evolved considerably in recent years. However, the procedure for which the applicability potential can be exploited directly by the surgeon in their routine work should be fully understood. The objective of this work was to address the conceptual aspects and the accuracy of the image capture, and to illustrate clinical applications of 3-D meshes, with emphasis on their importance in clinical use. METHODS: Literature on the principles of image capture and formation of tridimensional models was reviewed, as well as the description of the application of the tests of accuracy with the use of a structured-light scanner. Clinical indications of 3-D meshes were evaluated both in the preoperative planning and postsurgical follow-up. RESULTS: The principles of the image capture technologies were established, and the reproducibility of the validation of the tool to capture meshes was confirmed. The clinical applicability both in programming and monitoring was exemplified. CONCLUSION: The conceptual difference between photography and the 3-D mesh system was established, together with the introduction of the principles of 3-D technology. The clinical applications of the method were presented, evidencing the promising application of dimensional models in plastic surgery.

Keywords: Reconstructive surgical procedures; Three-dimensional image; Photogrammetry; Anthropometry; Measures; Methods and theories.

 

"Ortoglossopelveplastia" e o algoritmo de sua utilização na sequência de Pierre-Robin

VERA LÚCIA NOCCHI CARDIM; JULLYANA HEINEN PEIXOTO; ALESSANDRA DOS SANTOS SILVA
Rev. Bras. Cir. Plást. 2019;34(2):228-236 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Introdução: Muitos pacientes portadores de sequência de Pierre Robin (micrognatia, glossoptose e obstrução de via aérea) apresentam o músculo genioglosso alterado, encurtado e retrátil, que impede a protração lingual, mantendo a parte anterior da língua verticalizada e seu volume deslocado em direção posterior. Isso pode corroborar para obstrução supraglótica, dificuldade alimentar e inversão das forças de estímulo do crescimento do corpo mandibular.
Métodos: Estudo retrospectivo de pacientes com Pierre Robin tratados entre 2012 e 2017 pela equipe, com descrição da "ortoglossopelveplastia", que propõe uma modificação na glossopexia, soltando o genioglosso anômalo da sua inserção, liberando a língua para elevar seu terço anterior e avançar o volume de sua base, sendo auxiliada por ponto de tração da base lingual à sínfise mandibular. Apresentamos um algoritmo de tratamento proposto que prioriza a necessidade desta cirurgia, associada ou não à distração mandibular, de acordo com a gravidade da dificuldade respiratória e/ou alimentar.
Resultados: São apresentados 12 casos de obstrução da orofaringe atendidos de 2012 a 2017, discutem-se suas prioridades, a ortoglossopelveplastia e se aplica o algoritmo proposto.
Conclusão: A reorganização anatômica da musculatura em uma posição anteriorizada correta proporciona protração e funcionalidade à língua, com desobstrução da via aérea na orofaringe, melhora da função alimentar e do desenvolvimento mandibular, com baixa morbidade cirúrgica e poucas complicações.

Palavras-chave: Glossoptose; Síndrome de Pierre Robin; Micrognatismo; Obstrução das vias respiratórias; Soalho bucal; Osteogênese por distração

 

ABSTRACT

Introduction: Several patients with the Pierre Robin sequence (micrognathia, glossoptosis, and airway obstruction) have an altered, shortened, and retractable genioglossus muscle that prevents protraction of the tongue and keeps the anterior part of the tongue vertical and its volume posteriorly displaced. This can contribute to supraglottic obstruction, feeding difficulty, and inversion of the growth stimulation forces of the mandibular body.
Methods: A retrospective study of patients with the Pierre Robin sequence treated between 2012 and 2017 with "orthoglossopelveplasty," which includes modification of glossopexy, releasing the anomalous genioglossus of its insertion and releasing the tongue to raise its anterior third and advance the volume of its base using a traction suture of the tongue base to the mandible symphysis. We present a treatment algorithm that prioritizes the need for surgery associated, or not, with mandibular distraction in accordance with respiratory and/or feeding difficulty severity.
Results: Twelve cases of oropharyngeal obstruction treated from 2012 to 2017 are presented, their priorities and orthoglossopleoplasty are discussed, and the proposed algorithm is applied.
Conclusion: Anatomical reorganization of the musculature in a correct anterior position provides protraction and functionality to the tongue, clears the airway in the oropharynx, and improves the feeding function and mandibular development, with low surgical morbidity rates and few complications.

Keywords: Glossoptosis; Pierre Robin sequence; Micrognathia; Airway obstruction; Floor of the mouth; Distraction osteogenesis

 

Lifting nasolabial com realce do vermelhão

Vera Lucia Nocchi Cardim; Alessandra dos Santos Silva; Rolf Lucas Salomons; Rodrigo de Faria Valle Dornelles; José Orlofe de Souza Blom; Adriano de Lima e Silva
Rev. Bras. Cir. Plást. 2011;26(3):466-471 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Introdução: Durante o envelhecimento, o lábio superior sofre enrugamento, alongamento e inversão do vermelhão, em decorrência da ação esfinctérica do músculo orbicular dos lábios. Além disso, a retrusão da parede anterior da maxila provoca diminuição do ângulo nasolabial. A maioria das técnicas para encurtamento labial não obtém a abertura desse ângulo. Neste trabalho, é proposta uma abordagem que contemple o tratamento de todos esses sinais de envelhecimento. Métodos: No período de um ano, foram operados 10 pacientes pela seguinte técnica: 1. incisão transversa da pele do assoalho nasal e margem alar bilateral; 2. descolamento cutâneo de todo o lábio superior até a transição cutaneomucosa; 3. estabilização das asas nasais com ponto transcolumelar; 4. elevação da pele descolada, com ressecção elíptica do segmento justa-alar e trapezoide do segmento do assoalho nasal; e 5. suturas dérmica, com fio de náilon, e epidérmica, com fio absorvível. Resultados: Encurtamento e projeção do lábio com eversão do vermelhão, diminuição das rágades e abertura do ângulo nasolabial adequados foram obtidos em 9 dos 10 pacientes. Em um paciente que apresentava paralisia unilateral do lábio, não houve correção significativa da assimetria. Conclusões: A técnica proposta mostrou-se de simples realização, de resolução efetiva dos objetivos e com boa ocultação das cicatrizes.

Palavras-chave: Lábio/cirurgia. Remoção. Envelhecimento. Cirurgia plástica/métodos.

 

ABSTRACT

Background: During aging, the vermilion border of the upper lip wrinkles, stretches, and inverts because of the sphincteric action of the orbicularis oris muscle. Furthermore, a decrease of the nasolabial angle can be observed because of maxillary retropositioning. Most techniques for lip shortening do not affect this angle. In this study, a treatment approach is proposed that addresses all of these signs of aging. Methods: During a 1-year period, a procedure was performed on 10 patients using the following techniques: 1. transverse incision of the skin of the nasal floor and bilateral alar margin; 2. cutaneous detachment of the entire upper lip up to the mucocutaneous transition; 3. stabilization of the nostrils with a transcolumellar nylon stitch; 4. elevation of the released skin by elliptical skin resection at the alar margin and a trapezoid segment resection at the nasal floor; 5. use of nylon and absorbable sutures to approach the dermis and close the skin, respectively. Results: Adequate results were observed in 9 of the 10 patients, characterized by shortening and projection of the upper lip, vermilion eversion, reduced incidence of rhagades, and improvements of the nasolabial angle. In 1 patient with unilateral paralysis of the lip, no significant correction of the asymmetry was achieved. Conclusions: The proposed "double duck" technique proved to be simple and effective, with successful resolution of nasolabial defects and effective concealment of scars.

Keywords: Lip/surgery. Lifting. Aging. Surgery, plastic/methods.

 

Patrocinadores

Indexadores

Licença Creative Commons Todos os artigos científicos publicados em http://www.rbcp.org.br estão licenciados sob uma Licença Creative Commons