ISSN Online: 2177-1235 | ISSN Impresso: 1983-5175

Mostrando de 1 até 2 de 2 resultado(s)

Busca por : Miguel Cirilo Ledo-Silva

Elevação da temperatura cutânea após a infusão controlada de dióxido de carbono

Antonio Carlos Abramo, Tatiana Tais Teixeira, Miguel Cirilo Ledo-Silva, Erick Leonardo de Oliveira
Rev. Bras. Cir. Plást. 2009;24(3):257-261 - Artigo Original

PDF Português

RESUMO

Introdução: A infusão controlada do dióxido de carbono eleva a temperatura cutânea no local da aplicação. O aumento da temperatura ocorre em razão da resposta inflamatória local, com dilatação dos vasos da microcirculação cutânea. Método: A temperatura da pele foi avaliada em 10 pacientes, 7 mulheres e 3 homens, apresentando flacidez cutânea com aumento da gordura subjacente na face medial do braço e parede abdominal anterior. Os valores da temperatura foram obtidos, antes e após a infusão controlada do dióxido de carbono, usando um termômetro digital. Resultados: Após a infusão controlada do dióxido de carbono houve aumento médio da temperatura cutânea de 3,48°C, no local da aplicação. Conclusão: A vasodilatação da microcirculação cutânea acompanhada pelo aumento do fluxo sanguíneo periférico, após a infusão controlada do dióxido de carbono, provocou um aumento da temperatura no local da aplicação.

Palavras-chave: Dióxido de carbono/uso terapêutico. Temperatura cutânea. Vasodilatação.

 

ABSTRACT

Introduction: Carbon dioxide infusion-controlled increases the skin temperature. It occurs through a local inflammatory reaction leading dilatation of the cutaneous microcirculation. Methods: Ten patients, 7 females and 3 males, exhibiting skin flaccidity with increase of the subjacent fat, were submitted to carbon dioxide infusion-controlled on the medial portion of the arms and anterior abdominal wall. Measurement of the skin temperature was performed before and after the infusion using a digital thermometer. Results: The mean elevation of the skin temperature after carbon dioxide infusion was 3.48°C. Conclusion: Infusion-controlled carbon dioxide stimulated dilation of the cutaneous microcirculation improving the blood flow with increase of the local temperature.

Keywords: Carbon dioxide/therapeutic use. Skin temperature. Vasodilation.

 

Retalhos cutâneos de avanço de ambas hemifaces para reconstrução do nariz após múltiplos carcinomas basocelulares no dorso nasal

Nadia Mari Namiuchi, Miguel Cirilo Ledo-Silva, Esmail Safaddine, Erick Leonardo de Oliveira Marcelle Beringer, Antonio Carlos Abramo
Rev. Bras. Cir. Plást. 2009;24(4):563-565 - Relatos de Caso

PDF Português

RESUMO

Os autores relatam caso de múltiplos carcinomas basocelulares no dorso nasal, tratados com crioterapia, cirurgia e uso tópico de 5-fluoracil. Os múltiplos tumores não foram recidivas de tumores anteriores, mas decorrentes da qualidade da pele do dorso nasal. Isto ficou evidente na biopsia após a ressecção cirúrgica, demonstrando ausência de comprometimento nas margens da ressecção. A ulceração por uso prolongado do 5-fluoracil ocorreu pela ação do quimioterápico sob o tecido normal. A retirada da pele do dorso até a base da pirâmide nasal foi realizada para evitar novos tumores sobre a mesma. A reconstrução por dois retalhos cutâneos de hemiface permitiu a reparação do nariz, sem comprometer o contorno facial.

Palavras-chave: Carcinoma basocelular. Retalho Mustardé. Retalho cutâneo.

 

ABSTRACT

The authors report a case of multiples basal cell carcinoma (BCC) over the dorsum treated with criotherapy, surgery and 5-fluoracil. They were not recurrence of former tumors occurring due to the poor skin quality. It was clearly showed through the biopsy exhibiting no BCC at the margin of resection. The wound caused by excessive use of 5-fluoracil was due to chemotherapy action over the normal skin. Removal of the skin from the dorsum to the base of the nose was performed to avoid new BCC. Reconstruction using cutaneous flaps on both sides of the face restored the nose and facial contour.

Keywords: Basal cell carcinoma. Mustardé Flap. Cutaneous flap.

 

Patrocinadores

Indexadores

Licença Creative Commons Todos os artigos científicos publicados em http://www.rbcp.org.br estão licenciados sob uma Licença Creative Commons