ISSN Online: 2177-1235 | ISSN Impresso: 1983-5175

Mostrando de 1 até 1 de 1 resultado(s)

Busca por : Javier Enrique Brod Méndez

Estudo da relação entre as fibras elásticas cutâneas e a ptose mamária em pacientes submetidas à cirurgia de implante mamário

Javier Enrique Brod Méndez
Rev. Bras. Cir. Plást. 2017;32(1):72-77 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: Diferentes técnicas e abordagens para a introdução de implantes mamários já foram descritas. Entretanto, estes mesmos estudos não levam em conta a natureza das propriedades cutâneas e suas consequências. A presença de ptose e alterações nas fibras elásticas cutâneas pode interferir na contratilidade, elasticidade, resiliência da pele e, consequentemente, no resultado da cirurgia de implantes para aumento mamário. MÉTODOS: Por meio de um estudo transversal retrospectivo, foram avaliados os registros em prontuário médico de pacientes submetidas ao procedimento de implante de aumento mamário no período entre abril de 2011 a abril de 2013. Dados sobre o grau de falência das fibras elásticas e ptose mamária foram coletados e para todas as análises estatísticas foi considerado um valor de p de 0,05. RESULTADOS: Das 70 pacientes elegíveis, a média de idade foi 33,2 ± 9,3 anos. A ausência de falência das fibras elásticas cutâneas estava presente em 44,2% da amostra. Para os níveis 1 (discreta), 2 (moderada) e 3 (acentuada), constatou-se as prevalências 12,8%, 24,4% e 18,5%, respectivamente. A ptose e a falência das fibras elásticas apresentaram correlação de r = 0,67 e p < 0,001. CONCLUSÕES: O estudo dos elementos de ptose mamária e fibras elásticas cutâneas permitiu avaliar os seus variados graus de apresentação. Sugere-se a proposta de estudos prospectivos para o melhor entendimento da relação causal entre falência das fibras elásticas e ptose mamária.

Palavras-chave: Mama; Fibras elásticas; Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos; Implante mamário.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: Different techniques and approaches have already been described for the introduction of breast implants. However, these same studies do not take into account the nature of the cutaneous properties and its consequences. The presence of ptosis and degeneration of the elastic fibers can interfere in the contractility, elasticity, resilience of the skin and, consequently, the outcome of implant surgery for breast augmentation. METHODS: A cross-sectional retrospective study was performed, with evaluation of the medical records of patients undergoing breast augmentation implant procedure from April 2011 to April 2013. Data on the degree of degeneration of the elastic fibers and breast ptosis were collected and a p value of 0.05 was considered for all statistical analyses. RESULTS: Of the 70 eligible patients, the mean age was 33.2 ± 9.3 years. An absence of degeneration of the elastic fibers was present in 44.2% of the sample. A prevalence of 12.8%, 24.4% and 18.5% was found for level 1 (mild), 2 (moderate) and 3 (severe) ptosis, respectively. The correlation between ptosis and the degeneration of the elastic fibers was r = 0.67, p < 0.001. CONCLUSIONS: The study of the elements of breast ptosis and cutaneous elastic fibers enabled the evaluation of their varying degrees of presentation. Prospective studies are suggested for a better understanding of the causal relationship between the degeneration of the elastic fibers and breast ptosis.

Keywords: Breast; Elastic fibers; Reconstructive surgical procedures; Breast implant.

 

Patrocinadores

Indexadores

Licença Creative Commons Todos os artigos científicos publicados em http://www.rbcp.org.br estão licenciados sob uma Licença Creative Commons