ISSN Online: 2177-1235 | ISSN Print: 1983-5175

Next Article

Editorials - Year 2007 - Volume 22 - Issue 2

A formação do cirurgião plástico, por certo período de tempo passado, ocorreu de forma bastante introspectiva em relação à especialidade.

O caráter iminentemente multidisciplinar da Medicina, que tem adquirido importância crescente, trouxe às outras especialidades médicas a possibilidade de atuar em áreas anteriormente restritas à Cirurgia Plástica.

Este fato, logicamente, trouxe à baila inúmeras discussões éticas sobre os limites da Cirurgia Plástica e da atuação de outras especialidades e até de outras áreas profissionais. Discussão, diga-se, muitas vezes calorosa e preocupada com o mercado profissional. Isto é fato, é a realidade.

Entretanto, devemos observar o lado positivo desta atualidade: o aspecto do desenvolvimento científico e a possibilidade de ampliação tecnológica, acadêmica e, consequentemente, profissional. Não há melhor estímulo à produção científica do que a competição saudável e ética por melhores resultados, por corroborar experiências e desenvolver novos conceitos.

Na verdade, buscamos sempre um único objetivo: oferecer ao nosso paciente o que temos de melhor, o que a cirurgia plástica tem de mais eficiente e atual, o que é melhor para todos nós. Obviamente, recebemos estas informações por meio das publicações científicas.


Dov C. Goldenberg
Diretor do Fundo Educacional SBCP

 

Back to Top Next Article

Indexers

Licença Creative Commons All scientific articles published at www.rbcp.org.br are licensed under a Creative Commons license