ISSN Online: 2177-1235 | ISSN Print: 1983-5175

Showing of 1 until 1 from 1 result(s)

Search for : Mama Hipertrofia Mamoplastia Percepção do tato Tato

Cutaneous sensitivity after reduction mammaplasty

Edgard da Silva Garcia
Rev. Bras. Cir. Plást. 2013;28(3):361-366 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

INTRODUCTION: Understanding how to preserve the sensitivity of the nipple-areola complex with different reduction mammaplasty procedures is essential in order to provide better postoperative guidance to patients. METHOD: Thirty women were selected to undergo reduction mammaplasty and were subsequently evaluated at three different time points: preoperatively, on postoperative day 30, and on postoperative day 180. To assess sensitivity, each areola was divided into four quadrants (P1-P4), with the nipple excluded (P5); therefore, five regions were evaluated. Four sensory tests were performed for each region: superficial touch, temperature (heat and cold), vibration, and pressure. RESULTS: Compared with the preoperative evaluation, the evaluation performed on postoperative day 30 revealed a significant decrease in sensitivity to vibration in P5, to cold and heat in all regions, and to superficial touch in P3 and P5. On postoperative day 180, a significant decrease in sensitivity to cold was observed in P1, P2, and P5, and to heat in all regions except in P5, when compared with the preoperative period. A significant decrease in sensitivity to pressure in all regions was detected in the preoperative period when compared with postoperative day 30. On postoperative day 180, a significant decrease in sensitivity to pressure was observed in P2, P4, and P5 when compared with the preoperative period. CONCLUSIONS: Superior medial pedicle reduction mammaplasty decreased the sensitivity of the nipple-areola complex to all sensory tests on postoperative day 30; however, on postoperative day 180, the sensitivity to temperature and pressure returned to normal. The nipple presented a more significant change in sensitivity than did the areolar region.

Keywords: Breast. Hypertrophy. Mammaplasty. Touch perception. Touch.

 

RESUMO

INTRODUÇÃO: O conhecimento sobre a preservação da sensibilidade do complexo areolopapilar da mama nas diversas técnicas de mamoplastia redutora é essencial para melhor orientar as pacientes sobre o pós-operatório. MÉTODO: Foram selecionadas 30 mulheres submetidas a mamoplastia redutora, avaliadas em três tempos: pré-operatório e pós-operatórios de 30 dias e de 180 dias. Para avaliação da sensibilidade, as aréolas foram divididas em quatro quadrantes, além da papila, totalizando cinco regiões. Em cada região, foram testadas quatro modalidades sensoriais: toque superficial, temperatura (quente e fria), vibração e pressão. RESULTADOS: Na avaliação no 30º dia, houve diminuição significante, em relação ao pré-operatório, da percepção à vibração em P5, ao frio em todos os pontos, ao calor em todos os pontos e ao toque superficial em P3 a P5. No pós-operatório de 180 dias, observou-se diminuição significante, em relação ao pré-operatório, da percepção ao frio em P1, P2 e P5 e ao calor em todos os pontos, exceto P5. Quanto à sensibilidade à pressão, notou-se diminuição significante em todos os pontos quando se compararam os períodos pré e pós-operatório de 30 dias. Na avaliação no pós-operatório de 180 dias, houve diminuição significante da sensibilidade à pressão em P2, P4 e P5, em relação ao pré-operatório. CONCLUSÕES: A mamoplastia redutora com pedículo súpero-medial causou diminuição da sensibilidade do complexo areolopapilar no pós-operatório de 30 dias em todas as modalidades sensoriais, e no pós-operatório de 180 dias manteve-se para temperatura e pressão. A papila foi o ponto com maior alteração da sensibilidade.

Palavras-chave: Mama. Hipertrofia. Mamoplastia. Percepção do tato. Tato.

 

Support

Indexers

Licença Creative Commons All scientific articles published at www.rbcp.org.br are licensed under a Creative Commons license