ISSN Online: 2177-1235 | ISSN Impresso: 1983-5175

Mostrando de 1 até 1 de 1 resultado(s)

Busca por : Enxerto de gordura autóloga Enxerto de gordura Enxerto de tecido adiposo em sítios pouco habituais

Enxertos de tecido adiposo em locais pouco habituais

Erick de Melo Carpaneda; Carlos Augusto Carpaneda
Rev. Bras. Cir. Plást. 2013;28(3):398-405 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: Recentemente a definição do contorno corporal assumiu importante papel na estética do corpo. A lipoaspiração associada aos transplantes livres de tecido adiposo é fundamental nesses procedimentos. O objetivo deste estudo foi avaliar os resultados dos enxertos gordurosos implantados em locais pouco habituais. MÉTODO: Nos últimos 21 anos, os autores realizaram 4.405 enxertos de tecido adiposo, dos quais 1.407 foram classificados como transferidos para locais pouco habituais. A técnica utilizada é fundamentada em estudos histológicos e descrita em todas as suas etapas, isto é, na obtenção, no preparo, na implantação e nos cuidados pós-operatórios. A viabilidade do tecido transplantado foi avaliada através de documentação fotográfica, de questionário respondido pelos pacientes e de avaliação clínica. RESULTADOS: Foi possível comprovar a viabilidade de parte do tecido transplantado em 100% dos casos. O porcentual do volume que permaneceu no local implantado foi de aproximadamente 40% do tecido enxertado. Os autores chamam a atenção para a possibilidade tardia de aumento do volume do tecido adiposo transplantado, e relacionam essa alteração como um provável descontrole gênico das células-tronco mesenquimais presentes no tecido adiposo. CONCLUSÕES: Os transplantes livres de tecido adiposo avaliados nesta série apresentaram evolução clínica e porcentual de viabilidade semelhantes aos de enxertos realizados em outros locais. A viabilidade em torno de 40% do tecido adiposo enxertado foi possível graças aos cuidados tomados em todas as etapas do procedimento, conforme a técnica descrita.

Palavras-chave: Enxerto de gordura autóloga. Enxerto de gordura. Enxerto de tecido adiposo em sítios pouco habituais.

 

ABSTRACT

BACKGROUND: Body contouring has recently assumed an important role in body aesthetics. Liposuction in combination with free transplantation of adipose tissue is critical in such procedures. This study assessed the results of fat grafts implanted in unusual sites. METHOD: Over the past 21 years, the authors have performed 4,405 adipose tissue grafting procedures; 1,407 were classified as transfers to unusual sites. The technique used is based on histological studies and is thoroughly described, including obtaining, preparation, implantation, and postoperative care. The viability of the transplanted tissue was assessed by photographic documentation, a patient questionnaire, and clinical assessment. RESULTS: Part of the transplanted tissue was viable in 100% of cases. The percent volume that remained in the implanted site was approximately 40% of the grafted tissue. The possibility of a late increase in transplanted adipose tissue volume was considered; such changes may be associated with a lack of genetic control in the mesenchymal stem cells present in the adipose tissue. CONCLUSIONS: Free transplants of adipose tissue in this series exhibited clinical and percent-wise progress in terms of viability, similar to grafting performed at other sites. A viability of approximately 40% of grafted adipose tissue was possible because of the care taken throughout the procedure.

Keywords: Autogenous fat grafting. Fat grafting. Fat tissue grafting in low habitual sites.

 

Patrocinadores

Indexadores

Licença Creative Commons Todos os artigos científicos publicados em http://www.rbcp.org.br estão licenciados sob uma Licença Creative Commons