ISSN Online: 2177-1235 | ISSN Impresso: 1983-5175

Mostrando de 1 até 3 de 3 resultado(s)

Busca por : Vanessa Gaissler

Sutura contínua com fio absorvível versus interrompida com fio permanente no tratamento da diástase do músculo reto abdominal

Leandro Fuchs; Daniele Walter Duarte; Vanessa Gaissler
Rev. Bras. Cir. Plást. 2016;31(4):516-521 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: A plicatura do músculo reto abdominal é um passo importante no remodelamento do abdômen nas abdominoplastias. Ela pode ser realizada com vários tipos de fios e com suturas interrompidas ou contínuas, de acordo com as preferências do cirurgião. Poucos estudos na literatura compararam diferentes técnicas de plicatura nas abdominoplastias. O objetivo do estudo é comparar a sutura contínua ancorada com polidioxanona (PDS) com a sutura interrompida com náilon quanto ao tempo cirúrgico, recidiva, custos e discutir vantagens de desvantagens de cada método. MÉTODOS: Ensaio clínico randomizado no qual 30 pacientes foram arroladas para cada um dos grupos, 15 sutura contínua e 15 sutura interrompida. O tempo de plicatura foi comparado entre os grupos utilizando-se o teste t de Student. Entre 10 a 12 meses de pós-operatório, todas as pacientes foram submetidas à ecografia em busca de recidivas da diástase. RESULTADOS: A sutura contínua diminuiu em quase 40% o tempo de plicatura quando comparada à sutura interrompida (p < 0,001), sem prejuízo no resultado estético. O PDS utilizado na sutura contínua implicou maiores custos que os fios de náilon utilizados na sutura interrompida. Nenhuma recidiva foi encontrada na ecografia de controle no pós-operatório. CONCLUSÃO: A sutura contínua quando comparada à sutura interrompida foi capaz de reduzir o tempo de plicatura em quase 40% (p < 0,001). A utilização do PDS, apesar dos maiores custos, parece ser uma boa alternativa às suturas com fios não absorvíveis como o náilon nas plicaturas do músculo reto abdominal, uma vez que se trata de um fio de maior biocompatibilidade.

Palavras-chave: Abdominoplastia; Técnicas de sutura; Materiais biocompatíveis; Polidioxanona; Nylons.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: Plication of the rectus abdominis muscle is an important step in remodeling the abdomen in abdominoplasties. It can be performed using several types of threads with interrupted or continuous sutures, according to the surgeon's preferences. Few studies in the literature compared the different plication techniques in abdominoplasties. The present study aimed to compare continuous anchored suture with polydioxanone (PDS) with interrupted nylon suture regarding surgical time, relapse, and costs and discuss the advantages and disadvantages of each method. METHODS: A randomized clinical trial in which 30 patients were enrolled for each of the two groups, 15 with continuous suture and 15 with interrupted suture, was conducted. The plication time was compared between the groups using the Student's t-test. Between 10 and 12 months postoperatively, all patients underwent ultrasonography for investigating diastasis recurrence. RESULTS: Continuous suture decreased the plication time by almost 40% when compared to the interrupted suture (p < 0.001), without affecting the esthetic outcome. The PDS used in the continuous suture implied higher costs than those with the nylon threads used in the interrupted suture. No recurrence was found on the postoperative control ultrasonography results. CONCLUSION: Continuous suture reduced the plication time by almost 40% (p < 0.001) when compared to interrupted suture. Despite being associated with higher costs, PDS seems to be a good alternative to non-absorbable sutures, such as nylon threads, in plications of the rectus abdominis, since it is a more biocompatible material.

Keywords: Abdominoplasty; Suture techniques; Biocompatible Materials; Polydioxanone; Nylons.

 

Neurotizações no tratamento da paralisia facial

Luiza Knackfuss Silveira; Luiz Fernando Nobrega Franciosi; Taíse Rigon; Marcelo Seidl Gomes; Vanessa Gaissler
Rev. Bras. Cir. Plást. 2011;26(3 Suppl.1):26 - Crânio, Face e Pescoço

PDF Português PDF Inglês

Exame anatomopatológico de rotina em mamoplastia redutora: análise de resultados

Luciane Biancon Gemelli; Juliana Rufini Isolani; Vanessa Gaissler
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(Suppl.1):167-170 - Tronco I

PDF Português

RESUMO

INTRODUÇÃO: A mamoplastia redutora é uma das cirurgias mais realizadas em Cirurgia Plástica. A análise anatomopatológica rotineira dos espécimes resultantes é objeto de frequente debate quanto à incidência de achados e ao seu custo-benefício. Objetivou-se nesse estudo determinar a incidência dos achados anatomopatológicos correlacionando-os com faixa etária e peso dos espécimes. MÉTODOS: Análise retrospectiva de prontuários de 47 pacientes operadas em um centro único no período de 2 anos. RESULTADOS: 29,28% das pacientes apresentaram alterações mamárias não proliferativas, 14,9% alterações proliferativas sem atipia, 4,3% alterações proliferativas com atipia e uma apresentou carcinoma (2,1%). Foi encontrada tendência de elevação dos achados com aumento da idade e peso dos espécimes. CONCLUSÕES: Foi possível encontrar alta frequência de alterações nos exames, evidenciando a relevância de ampliar o estudo para futuras correlações e categorização das pacientes em grupos de risco.

Palavras-chave: Neoplasias da mama; Patologia cirúrgica; Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos; Mamoplastia.

 

Patrocinadores

Indexadores

Licença Creative Commons Todos os artigos científicos publicados em http://www.rbcp.org.br estão licenciados sob uma Licença Creative Commons