ISSN Online: 2177-1235 | ISSN Impresso: 1983-5175

Mostrando de 1 até 2 de 2 resultado(s)

Busca por : Tatiana Tais Teixeira

Elevação da temperatura cutânea após a infusão controlada de dióxido de carbono

Antonio Carlos Abramo, Tatiana Tais Teixeira, Miguel Cirilo Ledo-Silva, Erick Leonardo de Oliveira
Rev. Bras. Cir. Plást. 2009;24(3):257-261 - Artigo Original

PDF Português

RESUMO

Introdução: A infusão controlada do dióxido de carbono eleva a temperatura cutânea no local da aplicação. O aumento da temperatura ocorre em razão da resposta inflamatória local, com dilatação dos vasos da microcirculação cutânea. Método: A temperatura da pele foi avaliada em 10 pacientes, 7 mulheres e 3 homens, apresentando flacidez cutânea com aumento da gordura subjacente na face medial do braço e parede abdominal anterior. Os valores da temperatura foram obtidos, antes e após a infusão controlada do dióxido de carbono, usando um termômetro digital. Resultados: Após a infusão controlada do dióxido de carbono houve aumento médio da temperatura cutânea de 3,48°C, no local da aplicação. Conclusão: A vasodilatação da microcirculação cutânea acompanhada pelo aumento do fluxo sanguíneo periférico, após a infusão controlada do dióxido de carbono, provocou um aumento da temperatura no local da aplicação.

Palavras-chave: Dióxido de carbono/uso terapêutico. Temperatura cutânea. Vasodilatação.

 

ABSTRACT

Introduction: Carbon dioxide infusion-controlled increases the skin temperature. It occurs through a local inflammatory reaction leading dilatation of the cutaneous microcirculation. Methods: Ten patients, 7 females and 3 males, exhibiting skin flaccidity with increase of the subjacent fat, were submitted to carbon dioxide infusion-controlled on the medial portion of the arms and anterior abdominal wall. Measurement of the skin temperature was performed before and after the infusion using a digital thermometer. Results: The mean elevation of the skin temperature after carbon dioxide infusion was 3.48°C. Conclusion: Infusion-controlled carbon dioxide stimulated dilation of the cutaneous microcirculation improving the blood flow with increase of the local temperature.

Keywords: Carbon dioxide/therapeutic use. Skin temperature. Vasodilation.

 

Carboinsuflação em úlceras crônicas dos membros inferiores

Antonio Carlos Abramo; Tatiana Tais Teixeira
Rev. Bras. Cir. Plást. 2011;26(2):205-210 - Artigo Original

PDF Português

RESUMO

Introdução: A infusão controlada do CO2 recupera o tecido de granulação em úlceras crônicas por insuficiência venosa dos membros inferiores, facilitando a integração do enxerto autólogo de pele. Método: Foram avaliadas ulcerações com evolução média de 12,5 meses. A infusão controlada do CO2 foi aplicada a 0,5 cm da borda da ferida, com a agulha voltada para o tecido de granulação. As puncturas foram realizadas a cada 2,5 cm. As sessões foram repetidas com intervalos de 72 horas. Biopsias foram realizadas no tecido de granulação antes e após a infusão do CO2. Resultados: Observou-se aumento numérico de capilares, macrófagos e fibroblastos no tecido de granulação após a infusão controlada do CO2. O aumento médio do diâmetro das arteríolas pré-capilares foi de 3,4 vezes. Conclusão: A infusão controlada do CO2 estimulou a fibrogênese e promoveu uma resposta vasomotora e celular na ferida, facilitando o fechamento espontâneo das úlceras de membros inferiores ou tornando-as aptas a receber o enxerto autólogo de pele.

Palavras-chave: Dióxido de Carbono. Vasodilatação. Úlcera da Perna. Úlcera.

 

ABSTRACT

Introduction: CO2 infusion-controlled restores granulation tissue in chronic venous caused by venous insufficiency of the lower limbs, becoming ready to receive autologous skin grafting. Methods: Mean time of ulceration was 12.5 months. CO2 infusion-controlled was applied 0.5 cm from the wound edge. Punctures were done 2.5 cm distant from each other along the border of the wound with the needle pointed toward the granulation tissue. Biopsies were taken from the granulation tissue before and after CO2 application. The sessions were performed at intervals of 72 hours. Results: Noticeable increase of capillaries, macrophages and fibroblasts were founded into the granulation tissue after CO2 infusioncontrolled. Diameter of pre-capillary arterioles increased 3.4 times after CO2 infusioncontrolled. Conclusion: CO2 infusion-controlled restores the blood flow in chronic wound of the lower limbs, promoting its spontaneous closure or improving granulation tissue ready to receive autologous skin grafting.

Keywords: Carbon Dioxide. Vasodilatation. Leg Ulcer. Ulcer.

 

Patrocinadores

Indexadores

Licença Creative Commons Todos os artigos científicos publicados em http://www.rbcp.org.br estão licenciados sob uma Licença Creative Commons