ISSN Online: 2177-1235 | ISSN Print: 1983-5175

Showing of 1 until 3 from 3 result(s)

Search for : Talita Romero Franco

Use of autologous platelet-rich plasma (PRP) in skin grafts in rabbits

Fabiel Spani Vendramin, Diogo Franco, Ragnar Franco Schamall, Talita Romero Franco
Rev. Bras. Cir. Plást. 2010;25(1):4-10 - Original Article

PDF Portuguese

ABSTRACT

Background: The successful healing of grafts is crucial in several plastic surgeries and platelet-rich plasma (PRP), which is a product used to stimulate wound healing, can help in grafts surgery. Objective: This study aimed to determine how best to apply the product in surgeries for skin grafts and evaluate their results. Methods: There were histological studies on skin grafts with PRP liquid, PRP gel and without PRP in rabbits, to evaluate the healing of grafts, severity of collagen and inflammatory response and the quantification of fibroblasts and macrophages. Results: There was an increase of 31.6% of fibroblasts (p = 0.045) and 57% macrophages (p = 0.046) and increased production of collagen and inflammatory response with the use of PRP. The grafts that used PRP in the liquid form showed better results than the other groups. Conclusion: PRP enhances the healing of skin grafts and their use in the liquid form, injected under the wound, is easier and gets better results than in gel form.

Keywords: Platelet-rich plasma. Wound healing. Skin transplantation.

 

RESUMO

Introdução: A boa integração de enxertos é fundamental em diversas cirurgias plásticas e o plasma rico em plaquetas (PRP), que é um produto utilizado para estimular a cicatrização, pode ajudar nesta integração. Objetivo: Nesse estudo, objetivou-se determinar a melhor forma de aplicar o produto nas cirurgias de enxerto cutâneo e avaliar seus resultados. Método: Realizaram-se estudos histológicos em enxertos de pele com PRP na forma líquida, com gel de PRP e sem PRP, em coelhos, avaliando-se a integração dos enxertos, intensidade de colagenização e de resposta inflamatória e a quantificação de fibroblastos e macrófagos. Resultados: Houve aumento de 31,6% de fibroblastos (p = 0,045) e de 57% de macrófagos (p = 0,046) e maior produção de colágeno e resposta inflamatória com a utilização do PRP. Os enxertos que utilizaram o PRP na forma líquida demonstraram melhores resultados que os demais grupos. Conclusão: O PRP melhora a cicatrização dos enxertos cutâneos e sua utilização na forma líquida, injetado sob a ferida, é mais fácil e obteve melhores resultados que na forma gel.

Palavras-chave: Plasma rico em plaquetas. Cicatrização de feridas. Transplante de pele.

 

Use of autologous platelet-rich plasma in skin grafts surgeries in chronic wounds

Fabiel Spani Vendramin; Diogo Franco; Talita Romero Franco
Rev. Bras. Cir. Plást. 2010;25(4):589-594 - Original Article

PDF Portuguese

ABSTRACT

Background: The platelet-rich plasma (PRP) is a product that improves the healing and can help integrate the grafts in chronic wounds. This study aimed to evaluate the results of application of PRP in surgery for skin grafting in chronic wounds. Method: We conducted a prospective study, randomized and blinded, in relation to the appraiser, to the use of PRP in skin grafting in chronic wounds. Patients were divided into two groups: group A (control), who received a skin graft, without the use of PRP, and group B, who received a skin graft and the wound was partly used PRP, while the other part served for comparison. Results: There was better graft integration on the side that used the PRP (88.99% in 14th POD and 89.81% at 28 th POD) than the same side of the wound, without PRP (integration was 78.22% in 14th POD and 76.83% at 28th POD). In group A, the integration was even lower (77.85% in 14th POD and 53.45% on the 28th POD). The side that used the PRP has evolved more favorably than group A (p-value = 0.0004) and there was less total loss of the graft in group B than in group A (p-value = 0.049). Conclusions: The application of PRP in chronic wounds at the time of surgery, improve the integration and evolution of skin grafts and reduces the incidence of total loss.

Keywords: Platelet-rich plasma. Skin transplantation. Wound healing.

 

RESUMO

Introdução: O plasma rico em plaquetas (PRP) é um produto que estimula a cicatrização e pode ajudar na integração de enxertos cutâneos em feridas crônicas. Neste estudo, objetivou-se avaliar os resultados da aplicação do PRP nas cirurgias de enxerto de pele em feridas crônicas. Método: Foi realizado um estudo prospectivo randomizado e cego, em relação ao avaliador, da utilização do PRP nas enxertias cutâneas em feridas crônicas. Alocaram-se os pacientes em dois grupos: grupo A (controle), que recebeu enxerto de pele, sem PRP, e grupo B, que recebeu enxerto de pele e em parte da ferida foi utilizado o PRP, enquanto a outra parte serviu de comparação. Resultados: Houve melhor integração dos enxertos no lado que recebeu o PRP (88,99% no 14º DPO e 89,81% no 28º DPO) do que no lado da mesma ferida, mas sem o PRP (78,22% no 14º DPO e 76,83% no 28º DPO). No grupo A, a integração foi menor (77,85% no 14º DPO e 53,45% no 28º DPO). O lado que recebeu o PRP evoluiu de forma mais favorável que o grupo A (p-valor = 0,0004) e houve menos perda total do enxerto no grupo B em comparação ao grupo A (p-valor = 0,049). Conclusões: A aplicação do PRP nas feridas crônicas melhora a integração e a evolução dos enxertos de pele e diminui a incidência de perda total dos mesmos.

Palavras-chave: Plasma rico em plaquetas. Transplante de pele. Cicatrização de feridas.

 

Methods to obtain autologous platelet-rich plasma gel

Fabiel Spani Vendramin, Diogo Franco, Talita Romero Franco
Rev. Bras. Cir. Plást. 2009;24(2):212-218 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Background: Platelet-rich plasma is an autologous concentration of human platelets in a small volume of plasma. The vast majority of publication report a significant enhancement of healing when is used, which could be useful in plastic surgeries. This study aim to establish a low-cost efficient and reproductive method to prepare a platelet-rich plasma gel to be used in plastic surgery. Methods: Sixty three tests were done by blood centrifugation to obtain the platelet-rich plasma. We varied the strength and timing of centrifugation and the amount of the reduction plasma to determining the best quality of the platelet-rich plasma. Ten tests were done check the method's reproducibility. We studied also the obtaining autologous thrombin by the addition of calcium bicarbonate to platelets-poor plasma. Results: The best platelet-rich plasma quality was obtained through two centrifugations, being the first of 400g per 10min and the second of 800g per 10min, with plasma reduction which enabled only 10% of the total volume of blood used in its preparation to remain. Platelet concentrations were obtained on average 570% higher than the blood of the patient and the tests were reproducible. The concentration of thrombin was 8.55 + 1.25) NIH U / mL (active thrombin). Conclusions: The preparation method described in this work gets a good quality of platelet-rich plasma, and the formation of the gel is possible through the use of autologous thrombin, also obtained by the protocol described, facilitating their use in plastic surgery.

Keywords: Platelet-rich plasma. Intercellular signalizing peptides and proteins. Wound healing.

 

RESUMO

Introdução: O plasma rico em plaquetas é uma concentração autóloga de plaquetas em um pequeno volume de plasma. Diversas publicações relatam seus benefícios em estimular a cicatrização, podendo ser especialmente útil em cirurgias plásticas. O objetivo do trabalho foi estabelecer um método barato e eficiente e reprodutivo de preparação do gel de plasma rico em plaquetas para utilização em cirurgia plástica. Método: Foram realizados 63 testes por meio de centrifugação de sangue, variando-se força de centrifugação, tempo de centrifugação e redução do volume plasmático, para determinarmos o método que proporcione maior concentração plaquetária. Realizou-se mais 10 testes para comprovar a reprodutibilidade do método. Estudou-se também a obtenção de trombina autóloga por meio de adição de bicarbonato de cálcio ao plasma pobre em plaquetas. Resultados: O plasma rico em plaquetas de melhor qualidade foi obtido por meio de duas centrifugações, sendo a primeira a 400g por 10 min e a segunda a 800g por 10 min, com uma redução plasmática que permitisse permanecer apenas 10% do volume do sangue total utilizado no seu preparo. Obtiveram-se concentrações plaquetárias em média 570% maior que a do sangue do paciente e os testes foram reprodutíveis. A concentração de trombina foi de 8,55 + 1,25 U NIH/mL (trombina ativa). Conclusão: Uma alta concentração plaquetária pode ser obtida por este protocolo de obtenção do plasma rico em plaquetas e a formação do gel é possível por meio da utilização de trombina autóloga, também obtida pelo protocolo descrito, facilitando sua utilização em cirurgia plástica.

Palavras-chave: Plasma rico em plaquetas. Peptídeos e proteínas de sinalização intercelular. Cicatrização de feridas.

 

Support

Indexers

Licença Creative Commons All scientific articles published at www.rbcp.org.br are licensed under a Creative Commons license