ISSN Online: 2177-1235 | ISSN Impresso: 1983-5175

Mostrando de 1 até 2 de 2 resultado(s)

Busca por : Tércio da Fonseca

Estudo anatômico da linha semicircular e sua importância cirúrgica na reconstrução de mama

Tércio da Fonseca, Diogo Franco, Guilherme Leonel Arbex, Talita Franco
Rev. Bras. Cir. Plást. 2010;25(2):325-329 - Artigo Original

PDF Português

RESUMO

Objetivo: Ressaltar a importância da localização da linha semicircular, e suas relações anatômicas, durante as reconstruções mamárias com retalho miocutâneo de reto-abdominal. Método: A parede abdominal de 17 cadáveres formolizados foi dissecada por planos, identificando-se a linha semicircular (LSC), os vasos epigástricos profundos inferiores e sua intersecção com a borda lateral do músculo reto-abdominal. A cavidade abdominal também foi aberta e visualizada a LSC sob transiluminação. Mediu-se a distância da LSC à cicatriz umbilical e ao púbis, além da distância de uma linha imaginária entre as espinhas ilíacas ântero-superiores. Resultados: Em 64% das dissecções, a LSC localizava-se no 1/3 superior da distância compreendida entre a cicatriz umbilical e o púbis. A média da distância da cicatriz umbilical à LSC foi de 4,2 ± 1,6 cm. A da LSC ao púbis foi de 10,4 ± 1,5 cm. A linha biespinha estava localizada sempre abaixo da LSC, estando disposta a cerca de 2,7 ± 1,4 cm. Conclusão: A projeção da LSC a partir da linha biespinha, assim como da cicatriz umbilical ou do púbis, nos oferece pontos externos de referência importantes para a localização da LSC e, portanto, para um planejamento pré-operatório mais seguro.

Palavras-chave: Parede abdominal/anatomia & histologia. Parede abdominal/cirurgia. Mama/cirurgia.

 

ABSTRACT

Objective: The knowledge and the importance of the location of the arcuate line (AL) and its relation to anatomic landmarks in breast reconstruction with a transverse rectus abdominis musculocutaneous (TRAM) flap. Methods: Human cadaveric abdominal walls of 17 formalin-phenol-alcohol solution fixed cadavers were dissected and the AL, inferior deep epigastric vessels and its intersection with the lateral rectus abdominis muscle sheath were identified. With the abdominal cavity opened, the AL was identified by transilumination. The distance between AL to the pubic symphysis, to the umbilicus and to the level of the anterior superior iliac spines (ASIS) were measured. Results: The AL was located at the upper third, between the umbilicus and pubic symphysis in 64% of the dissections. The distance of AL to umbilicus was found to be at a mean of 4.2 ± 1.6 cm and to pubic symphysis was 10.4 ± 1.5 cm. The AL was always located superior to the line draw between the ASIS at a mean of 2.7 ± 1.4 cm. Conclusion: The relationship between AL and surface anatomic landmarks such as ASIS, umbilicus and pubic symphysis is important to a better preoperative knowledge of the AL location and it helps preoperative planning.

Keywords: Abdominal wall/anatomy & histology. Abdominal wall/surgery. Breast/surgery.

 

A importância cirúrgica de reconhecer a linha semicircular na reconstrução de mama: um estudo anatômico

André Luis Mansur de Araújo, Tércio da Fonseca, Guilherme Leonel Arbex, Márcio Arnaut Jr., Diogo Franco, Talita Franco
Rev. Bras. Cir. Plást. 2010;25(3 Suppl.1):40 - Tórax e Tronco

PDF Português

Patrocinadores

Indexadores

Licença Creative Commons Todos os artigos científicos publicados em http://www.rbcp.org.br estão licenciados sob uma Licença Creative Commons