ISSN Online: 2177-1235 | ISSN Print: 1983-5175

Showing of 1 until 8 from 8 result(s)

Search for : Ronaldo Scholze Webster

Patients satisfaction evaluation undergoing breast reconstruction after sectorectomy and immediate symmetrization of the contralateral breast

Ronaldo Scholze Webster
Rev. Bras. Cir. Plást. 2010;25(1):85-91 - Original Article

PDF Portuguese

ABSTRACT

Introduction: Breast reconstruction can reduce psychological distress without interfering with adjuvant treatment. The possibility of combining breast cancer treatment with contralateral symmetrization during the same procedure should help patients undergoing breast cancer treatment. Objectives: To show that the preparation of local flaps and symmetrization of the contralateral breast, performed at the same time as cancer resection, can be of benefit in partial breast reconstruction. To determine the patient satisfaction score and its relationship to the preoperative breast ptosis grade. Methods: Twenty patients undergoing breast reconstruction after sectorectomy and immediate reconstruction with a local flap and simultaneous contralateral breast symmetrization were included in a retrospective cohort study based on a prospective database. Statistical analysis: the distribution of tumor location as a percentage and the patient satisfaction score on a scale of 0 to 10 and its correlation with the degree of breast ptosis. Conclusion: For breast-conserving surgery, the use of local flaps plus contralateral mammaplasty performed at the time of surgical resection may be helpful. The satisfaction scores with the procedure were acceptable, with low complication rates in selected subjects. This combined technique seems to be of greatest benefit when the degree of breast ptosis is marked.

Keywords: Breast/surgery. Breast neoplasms. Mammaplasty. Patient satisfaction.

 

RESUMO

Introdução: Estudos relatam que a reconstrução da mama reduz o sofrimento psíquico e não interfere com o tratamento adjuvante. A possibilidade de associar o tratamento conservador da mama com a simetrização mamária contralateral durante o mesmo procedimento pode auxiliar na evolução dos pacientes submetidos ao tratamento do câncer mamário. Objetivos: Verificar indícios de que a confecção de retalhos mamários locais e simetrização mamária contralateral, executadas no mesmo tempo cirúrgico da ressecção oncológica, possam auxiliar em casos de reconstruções parciais de mama. Procurar identificar e relacionar o grau de satisfação com o grau de ptose mamária apresentada pela paciente no pré-operatório. Método: Estudo de coorte retrospectivo fundamentado em base de dados prospectiva, alocando por conveniência 20 pacientes submetidas à reconstrução mamária após setorectomia e reconstrução imediata com retalhos locais e simetrização mamária contralateral simultânea. Análise estatística: A prevalência da localização do tumor em percentual O escore de satisfação do paciente em escala de 0-10 e sua correlação com o grau de ptose mamária.

Palavras-chave: Mama/cirurgia. Neoplasias da mama. Mamoplastia. Satisfação do paciente.

 

Breast reconstruction with perforator flaps: use of the DIEAP flap at the Plastic Surgery and Microsurgery Service of Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre and Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre

Ronaldo Scholze Webster; Barbara D'avila Goldoni; Rafael Netto; Darwin Rech; Thiago Bozzi de Araujo; Pedro Bins Ely
Rev. Bras. Cir. Plást. 2014;29(3):384-389 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

INTRODUCTION: Great advances have been reported since the first abdominal tissue transfer carried out for breast reconstruction after a mastectomy. The deep inferior epigastric artery perforator (DIEAP) flap is one of the most recent advances in this area. METHODS: In this article, we evaluate the important aspects in the field of autologous breast reconstruction with abdominal-based flaps, with emphasis on microsurgical flaps vascularized by perforating pedicles. RESULTS: During the initial experience of this procedure, we were able to verify that the flap behaved according to what was reported in the literature. CONCLUSION: The DIEAP flap provides a great degree of sculpting and volumetric gain to the reconstructed breast besides allowing a positive postoperative course for the patient.

Keywords: Breast; Reconstruction; Perforator flaps.

 

RESUMO

INTRODUÇÃO: Uma grande evolução ocorreu desde o primeiro registro de transferência de tecido abdominal para reconstrução de mama pós-mastectomia. O retalho baseado em vasos perfurantes da artéria epigástrica inferior (DIEAP flap) apresenta-se com um dos mais recentes desenvolvimentos da área. MÉTODOS: Este artigo analisa fatos importantes na área de reconstrução autóloga da mama utilizando retalhos baseados no abdome, com ênfase nos retalhos microcirúrgicos vascularizados por pedículos perfurantes. RESULTADOS: Na experiência inicial do serviço, pudemos verificar que o retalho se comportou de acordo com a experiência relatada na literatura. CONCLUSÃO: O DIEAP flap apresenta uma possibilidade maior de escultura e ganho volumétrico na mama reconstruída, além de evolução pós-operatória muito positiva.

Palavras-chave: Mama; Reconstrução; Retalhos perfurantes.

 

Post-mammoplasty symmastia augmentation with silicone implants: treatment with quilting sutures

Michel Pavelecini; Felipe Bilhar Fasolin; Eduardo Madalosso Zanin; Bruno Della Mea Gasperin; Flávio Maciel de Freitas; Leonardo Milanesi Possamai; Ronaldo Scholze Webster; Pedro Bins Ely
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(2):251-257 - Case Report

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Introduction: Augmentation mammoplasty is the most commonly performed esthetic surgical procedure in the United States and second in Brazil. Symmastia is one of its possible complications. This is defined as incorrect medial positioning of the breast implants, which cross the midline, losing the intermammary sulcus.
Methods: Work type, series of cases. Two patients underwent symmastia repair after breast augmentation. The access route used was the previous inframammary incision. The repair of the intermammary sulcus was performed by scarification of the anterior and posterior capsule surfaces, associated with adhesion suture with non-absorbable monofilament threat (4 lines with 6 points each, comprising a vertical band of approximately 4 cm wide in the presternal region). In one of the cases, the implant was immediately replaced, and in the other, the procedure was done 3 months later.
Results: In both cases, we obtained a new satisfactory intermammary sulcus, with proper esthetic result. No recurrence was observed on follow-ups at 9 and 11 months.
Conclusions: The approach with adhesion sutures to redefine the intermammary sulcus was effective in the treatment of symmastia after breast augmentation.

Keywords: Breast implants; Mammoplasty; Mammary diseases; Breast; Prostheses and implants

 

RESUMO

Introdução: A mamoplastia de aumento é o procedimento cirúrgico estético mais realizado nos EUA e o segundo no Brasil. Simastia é uma de suas possíveis complicações. Esta é definida como o mal posicionamento medial dos implantes mamários, que cruzam a linha média, com perda do sulco intermamário.
Métodos: Trabalho tipo série de casos. Duas pacientes foram submetidas à correção de simastia pós-mamoplastia de aumento. A via de acesso utilizada foi a incisão inframamária prévia. A correção do sulco intermamário foi realizada por escarificação das superfícies anterior e posterior da cápsula, associada a pontos de adesão com fio monofilamentar não absorvível (4 linhas com 6 pontos cada, compreendendo uma faixa vertical de aproximadamente 4 cm de largura na região pré-esternal). Em um dos casos o implante foi recolocado imediatamente e, no outro, em procedimento realizado 3 meses após.
Resultados: Obtivemos um novo sulco intermamário satisfatório, com adequado resultado estético em ambos os casos. Não se observou recorrência após 9 e 11 meses de observação.
Conclusões: A abordagem com suturas de adesão para a redefinição do sulco intermamário foi efetiva para o tratamento da simastia pós-mamoplastia de aumento.

Palavras-chave: Implantes de mama; Mamoplastia; Doenças mamárias; Mama; Próteses e implantes

 

Reestablishment of Oral Continence by Labbé Technique with Bilateral Long Palmar Tendon Graft in Moebius Syndrome

MARCELO LOPES DIAS KOLLING; PAULO EDUARDO MACEDO CARUSO; MIGUEL ENRIQUE RIVERA GOMEZ; AMR ARIKAT; RONALDO SCHOLZE WEBSTER; MARCOS RICARDO DE OLIVEIRA JAEGER
Rev. Bras. Cir. Plást. 2019;34(Suppl.1):73-75 - 35ª Jornada Sul Brasileira de Cirurgia Plástica

PDF Portuguese

ABSTRACT

Introduction: Moebius syndrome is characterized by severe impairment of the VI and VII cranial nerves, disturbing the facial movements and causing convergent strabismus. The aim of this paper is to demonstrate a variation of the Labbé technique that incorporates muscle elongation through palmaris longus tendon bilaterally.
Method: Patient's main complaint was severe drooling related to the loss of mouth continence. Restoration of the perioral region was performed with a modification of the Labbé technique associating bilateral long palmar muscle tendon graft. Result was compared to other techniques currently used to treat the congenital facial paralysis.
Results: Perioral tonus was reestablished through means of the temporalis orthodromic muscle elongated with the palmaris longus tendon, and a certain degree of mouthy corner elevation was also obtained.
Conclusions: The modification of the original procedure adding the palmaris longus tendon to both sides of the face may represent an alternative in cases of severe drooling in Moebius syndrome patients.

Keywords: Moebius syndrome; Tendon transfer; Facial expression

 

RESUMO

Introdução: A síndrome de Moebius se caracteriza por alterações do VI e VII pares cranianos, o que acarreta uma paralisia do músculo reto lateral dos olhos e a paralisia facial, sobretudo no que se refere ao movimento da boca. O objetivo deste trabalho é demonstrar uma variação da técnica de Labbé que pode auxiliar no tratamento da paralisia relacionada à síndrome de Moebius, em casos selecionados.
Método: Relato de caso. O paciente queixava-se sobretudo da perda de saliva, não se preocupava com a falta de sorriso na face. Foi realizada reanimação da região perioral com uma modificação da técnica de Labbé associando enxertia de tendão do músculo palmar longo bilateral. O resultado obtido foi comparado com o de outras técnicas utilizadas atualmente.
Resultados: Houve restabelecimento do tônus perioral e elevação voluntária do ângulo da boca comandados pelo músculo temporal.
Conclusão: A modificação da técnica de Labbé incorporando o tendão do músculo palmar longo pode representar uma alternativa de tratamento em casos de perda de saliva na síndrome de Moebius.

Palavras-chave: Transferência de tendão; Síndrome de Moebius; Expressão facial

 

Vaginal Reconstruction Using McIndoe Technique in Adult Patient with Rokitansky Syndrome: Case Report

MIGUEL ENRIQUE RIVERA GOMEZ; PAULO EDUARDO MACEDO CARUSO; ROLANDO MENDOZA ROMERO; GABRIELA LÖW PAGLIARINI; RONALDO SCHOLZE WEBSTER; MARCOS RICARDO DE OLIVEIRA JAEGER
Rev. Bras. Cir. Plást. 2019;34(Suppl.1):76-78 - 35ª Jornada Sul Brasileira de Cirurgia Plástica

PDF Portuguese

ABSTRACT

Mayer-Rokitansky-Kuster-Hauser syndrome is characterized by congenital aplasia of the vagina with possible absence of uterus and/or fallopian tubes and normal development of secondary sexual characteristics. One of the objectives of medical and surgical management is the construction of a neovagina that is functional for sexual relations. Non-surgical treatment with progressive perineal dilation is considered first-line therapy. Nonetheless, for patients for whom the non-surgical approach is not successful, surgery could be considered. In this case study we demonstrate the effectiveness of the McIndoe technique in the reconstruction of the vaginal canal through a skin graft of total thickness obtained from the inferior abdominal region, and graft fixation with a polyurethane foam mold. The confirmation of the provided extension of the vaginal canal, 8 cm long, was made with a MRI, and oversights with colposcopy were performed every 30 days for a year without any findings of stenosis.

Keywords: Congenital abnormalities; Skin transplantation; Vagina; Plastic surgery; Coitus

 

RESUMO

A síndrome de Mayer-Rokitansky - Kuster-Hauser (MRKH) é caracterizada por aplasia congênita da vagina com possível ausência simultânea de útero e/ou trompas de falópio com normal desenvolvimento de características sexuais secundárias. Um dos objetivos do manejo médico e cirúrgico é construir uma neovagina funcional para a relação sexual. O tratamento não cirúrgico com dilatação progressiva é considerado terapia de primeira linha. No entanto, para pacientes com tratamento não cirúrgico mal sucedido, a cirurgia pode ser considerada. Neste relato de caso demonstramos a efetividade da técnica de McIndoe na reconstrução do canal vaginal por meio da enxertia de pele de espessura total, obtida da região abdominal inferior e fixação do enxerto com molde de espuma de poliuretano. Confirmação da extensão prevista do canal vaginal, de 8 cm, foi realizada com ressonância magnética, e acompanhamentos com colposcopia foram realizados a cada 30 dias, durante um ano sem achados de estenose.

Palavras-chave: Anormalidades congênitas; Transplante de pele; Vagina; Cirurgia plástica; Coito

 

Reconstrução complexa de escalpo com retalho anterolateral da coxa microcirúrgico: relato de caso

Felipe Bilhar Fasolin; Angelo Syrillo Pretto Neto; Ronaldo Scholze Webster; Bruno Della Mea Gasperin; Flávio Maciel de Freitas Neto; Pedro Bins Ely
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(Suppl.1):117-118 - Face I

PDF Portuguese

RESUMO

Reconstruções de escalpo podem ser desafiadoras em casos com perda de grande extensão tecidual. São várias as opções cirúrgicas e elas devem ser empregadas de acordo com a complexidade do defeito. O presente artigo relata um caso de ampla perda tecidual de couro cabeludo, com exposição óssea, em que foi proposta a reconstrução com retalho anterolateral da coxa microcirúrgico. O procedimento ocorreu sem intercorrências e o paciente teve excelente recuperação pós-operatória. O retalho utilizado é muito versátil, possui um pedículo vascular muito seguro e pode recobrir extensas lesões, sendo uma ótima opção para reconstruções complexas de cabeça e pescoço.

Palavras-chave: Retalhos cirúrgicos; Retalho perfurante; Microcirurgia.

 

Tratamento cirúrgico da paralisia facial com ponte de nervo masseter e cantoplastia lateral: relato de caso e revisão da literatura

Flávio Maciel de Freitas Neto; Ronaldo Scholze Webster; Bruno Della Mea Gasperin; Leonardo Milanesi Possamai; Caroline Battisti; Pedro Bins Ely
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(Suppl.1):119-121 - Face I

PDF Portuguese

RESUMO

INTRODUÇÃO: A paralisia facial é uma afecção complexa, em que a morbidade afeta o paciente tanto clínica, com prejuízo estético e funcional, como psicologicamente. Tais alterações, quando presentes, afetam de forma profunda o cotidiano do paciente, bem com as relações interpessoais. OBJETIVO: Relatar um caso de tratamento cirúrgico de paralisia facial com ponte de nervo masseter e cantoplastia lateral, bem como o resultado clínico pós-operatório, discutindo com outras possibilidades terapêuticas cirúrgicas. MÉTODOS: Revisão de prontuário, descrição cirúrgica e registros fotográficos de um caso de paralisia facial, tratado cirurgicamente com retalho muscular de masseter ipsilateral e revisão na literatura médica de opções cirúrgicas para tratamento da patologia. Paciente feminina, parda, 36 anos, com paralisia de nervo facial a esquerda secundário a ressecção de tumor ponto cerebelar, associado a prejuízo de fechamento ocular e mímica facial. Resultados: Para correção da lagoftalmia, optou-se pela realização de uma cantoplastia lateral. No mesmo tempo cirúrgico, com vistas à correção da mímica facial, a porção distal do coto do nervo facial lesado foi reinervada com o nervo massetérico ipsilateral, ramo do nervo trigêmeo. CONCLUSÃO: A paralisia facial é uma afecção complexa, que necessita de um acompanhamento multidisciplinar entre cirurgiões, clínicos, psiquiatras, fisioterapêuticas, psicólogos e enfermeiros e tratamento individualizado, em que o paciente deve participar efetivamente das decisões em conjunto com a equipe médica, visando maior participação nas decisões e maior satisfação do paciente com o resultado final.

Palavras-chave: Paralisia Facial; Reabilitação; Microcirurgia.

 

Deiscência do complexo areolomamilar pós-mamoplastia redutora - quando e como abordar essa complicação

Caroline Battisti; Felipe Fasolin; Bruno Gasperin; Leonardo Possamai; Ronaldo Scholze Webster; Pedro Bins Ely
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(Suppl.1):162-163 - Tronco I

PDF Portuguese

RESUMO

INTRODUÇÃO: Necrose do complexo areolomamilar (CAM) tem sido relatada em 2% dos casos das mamoplastias redutoras e em 1% dos casos de mastopexia. Relato de um caso de reconstrução de CAM pós-deiscência de mamoplastia redutora e, com isso, revisar a literatura e discutir as causas dessa complicação e maneiras de solucioná-la. RESULTADOS: paciente foi submetida e evoluiu com deiscência importante em mama esquerda e necrose do CAM. Optou-se por reconstrução com enxerto de pele total proveniente da virilha para reconstrução da aréola e enxerto de mamilo contralateral. DISCUSSÃO: O leito receptor sadio, com uma boa circulação arterial e drenagem venosa, é essencial para o sucesso da reconstrução do CAM. CONCLUSÃO: A prevenção da necrose do CAM deve ser parte da rotina cirurgia, estando atento para sinais de isquemia ou congestão venosa o mais precoce possível, a fim de tomar as medidas necessárias para evitar essa complicação indesejada.

Palavras-chave: Complicações pós-operatórias; Mamilos; Mamoplastia; Necrose.

 

Support

Indexers

Licença Creative Commons All scientific articles published at www.rbcp.org.br are licensed under a Creative Commons license