ISSN Online: 2177-1235 | ISSN Impresso: 1983-5175

Mostrando de 1 até 5 de 5 resultado(s)

Busca por : Ricardo Lapa Kruse

Técnica intramuscular na gluteoplastia de aumento

Francisco de Assis Montenegro Cido Carvalho; Fernando Soares de Alcântara; Elmiro Heli Martins; Ricardo Lapa Kruse; Régis Pinheiro Nogueira; Nidall de Sousa Raad
Rev. Bras. Cir. Plást. 2012;27(3):457-460 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: Região glútea harmoniosa é considerada elemento essencial na composição da beleza corporal e expressão maior de feminilidade, suscitando o crescente interesse de homens e mulheres na melhoria estética dessa região. O objetivo deste estudo é demonstrar uma alternativa às técnicas já publicadas acerca da gluteoplastia de aumento, baseada na colocação da prótese intramuscular, utilizando de forma simplificada os limites da dissecção, tendo como referência as estruturas anatômicas fixas (ósseas) da região glútea na confecção da loja do implante, assim como demonstrar sua viabilidade como técnica segura e reprodutível. MÉTODO: No período de 2001 a 2011, foram operados 18 pacientes, com idade variando de 25 anos a 50 anos, sendo usados implantes específicos para a área glútea, com o volume variando de 250 ml a 800 ml (média de 367 ml). RESULTADOS: Foi obtido aumento significativo do volume glúteo dos pacientes, acompanhado de contornos naturais e harmoniosos, havendo satisfação imediata e a longo prazo com os resultados estéticos obtidos em 100% dos pacientes. CONCLUSÕES: O uso da prótese glútea intramuscular demonstrou ser uma alternativa segura e facilmente reprodutível na gluteoplastia de aumento, com bons resultados e baixo índice de complicações. A determinação dos limites do descolamento utilizando estruturas ósseas fixas proporcionou simplicidade na execução, permitindo o uso de implantes ainda maiores aos relatados na literatura.

Palavras-chave: Nádegas. Próteses e implantes. Cirurgia plástica/métodos.

 

ABSTRACT

BACKGROUND: A harmonious gluteal region is considered an essential element in the composition of body beauty and expression of femininity. Therefore, there is growing interest, from both men and women, in the aesthetical improvement of this region. The aim of this study is to present an alternative to the published augmented gluteoplasty techniques, as well as to demonstrate the viability of this alternative as a safe and reproducible technique. Based on intramuscular placement of the prosthesis, the technique uses simplified limits of dissection with reference to the fixed anatomical structures (bones) of the gluteal region in order to construct the implant pocket. METHODS: From 2001 to 2011, 18 patients with ages ranging from 25 years to 50 years underwent augmentation gluteoplasty. Specific implants were used for the gluteal area, with implant volume ranging from 250 mL to 800 mL (mean, 367 mL). RESULTS: There was a significant increase in the gluteal volume of patients along with achievement of natural and harmonious contours. Immediate and long-term satisfaction with the cosmetic results was obtained in 100% of patients. CONCLUSIONS: The use of intramuscular gluteal prostheses is a safe and easily reproducible method of augmentation gluteoplasty with good results and a low complication rate. Determination of the limits of detachment using fixed bone structures simplifies the implementation of this technique, allowing the use of even larger implants than those reported in the literature.

Keywords: Buttocks. Prostheses and implants. Plastic surgery/methods.

 

Reconstrução de lábio utilizando o retalho randomizado cervical do músculo platisma

Rodrigo Cesar Pimenta Gomes; Francisco de Assis Montenegro Carvalho; Leonardo Michal Zakzak; Ricardo Lapa Kruse; Fernando Soares de Alcântara; Régis Pinheiro Nogueira; Nidall de Sousa Raad
Rev. Bras. Cir. Plást. 2015;30(2):319-323 - Relato de Caso

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: A reconstrução cirúrgica da deformidade labial exige bom conhecimento anatômico e técnica cirúrgica. Fatores como localização da lesão, extensão, profundidade e tratamento inicial adequado constituem variáveis que são analisadas em conjunto para a estratégia cirúrgica mais apropriada. O retalho de Tsur é definido como randomizado do músculo platisma que pode ser elevado do pescoço como tubo unipediculado ou bipediculado, dependendo do tamanho e da localização da perda de substância. Pode incluir área pilosa cervical e ser utilizado em defeitos de plano parcial ou total do lábio. MÉTODO: Foram operados três pacientes com perda de substância labial extensa. Foi utilizado retalho bipediculado em dois casos e unipediculado em um caso. RESULTADOS: No primeiro paciente, foi liberado um dos pedículos do retalho cervical no 15º dia do pós-operatório. Após 30 dias, o outro foi liberado após integração completa ao lábio superior. A partir deste, retalhos ao acaso foram confeccionados para reconstrução do lábio inferior, columela e ponta nasal. O segundo paciente evoluiu com necrose da porção central do retalho, sendo realizada confecção de leito de ancoragem próximo à comissura. Apresentou melhora da continência salivar. O terceiro paciente evoluiu bem, sendo liberado o retalho lingual utilizado para reconstruir o lábio superior após 3 semanas. CONCLUSÃO: A reconstrução com o retalho de Tsur mostrou-se útil nos casos de reconstrução total do lábio superior e inferior, além de ser ótima alternativa na situação de impossibilidade de utilização do retalho microcirúrgico e de permitir um resultado estético aceitável com recuperação da função mastigatória e da fala adequadas, apesar da complexidade inicial dos casos.

Palavras-chave: Reconstrução; Lábio; Retalhos cirúrgicos; Pescoço.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: Surgical reconstruction of lip deformities requires proper anatomical knowledge and surgical techniques. Factors such as location, extent, depth, and appropriate initial treatment of the lesion are parameters that are simultaneously analyzed to identify the most suitable surgical strategy. The flap described by Tsur is defined as a platysma muscle randomized flap, and can be raised from the neck as a unipedicled or bipedicled tube, depending on the size and location of the loss of substance. This may include the hairy cervical area, and it can be used in defects of the partial or total plane of the lip. METHOD: Three patients with extensive loss of lip substance underwent surgery. A bipedicled flap was used in two cases, and a unipedicled flap in one case. RESULTS: In the first patient, one pedicle of the cervical flap was released on the 15th postoperative day. After 30 days, we released the other, after full integration into the upper lip. From this, flaps were randomly made for the reconstruction of the lower lip, columella, and nasal tip. The second patient developed necrosis of the central portion of the flap, and the recipient bed was anchored next to the commissure. The patient showed improved salivary continence. The third patient progressed well, and the tongue flap used to reconstruct the upper lip was released three weeks later. CONCLUSION: Reconstruction with a Tsur flap was useful in cases of total reconstruction of the upper and lower lip, in addition to being a great alternative in situations in which it was impossible to use microsurgical flaps. This technique also allowed the achievement of satisfactory aesthetic outcomes, and resulted in the recovery of masticatory function and appropriate speech, despite the initial complexity of the cases.

Keywords: Reconstruction; Lip; Surgical flap; Neck.

 

Mastopexia: a tática da sobremontagem

Ricardo Lapa Kruse; Rodrigo César Pimenta Gomes; Leonardo Michal Zakzak; Régis Pinheiro Nogueira; Nidall de Souza Raad; Valderi Vieira da Silva Júnior
Rev. Bras. Cir. Plást. 2011;26(3 Suppl.1):64 - Tórax e Tronco

PDF Português PDF Inglês

Mastopexia de aumento: a técnica da cortina

Fernando Soares de Alcântara; Elmiro Heli Martins; Francisco de Assis Cido Carvalho; Ricardo Lapa Kruse; Régis Pinheiro Nogueira; Nidall de Souza Raad
Rev. Bras. Cir. Plást. 2012;27(3 Suppl.1):64 - Tórax e Tronco

PDF Português

Retalhos fasciocutâneos de pedículo distal na reconstrução de terço distal da perna e pé

Regis Pinheiro Nogueira; Fernando Soares de Alcântara; Ricardo Lapa Kruse; Nidall de Souza Raad; José Alencar Leandro Teixeira; José Dalvo Maia Neto
Rev. Bras. Cir. Plást. 2012;27(3 Suppl.1):91 - Extremidades

PDF Português

Patrocinadores

Indexadores

Licença Creative Commons Todos os artigos científicos publicados em http://www.rbcp.org.br estão licenciados sob uma Licença Creative Commons