ISSN Online: 2177-1235 | ISSN Impresso: 1983-5175

Mostrando de 1 até 4 de 4 resultado(s)

Busca por : Paulo Henrique Santos Laia

Blefaroplastia: elevação transpalpebral das sobrancelhas

Armando Chiari Júnior; Thiago Andrade Alves; Paulo Henrique Santos Laia; Thaís Gomes Casali; Diogo Petroni Caiado Fleury
Rev. Bras. Cir. Plást. 2014;29(1):44-49 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: A descida das sobrancelhas faz parte do processo natural de envelhecimento do terço superior da face. A ação da musculatura glabelar é uma das causas desta ptose e de outros sinais de envelhecimento. Estes sinais devem ser diagnosticados e tratados de maneira adequada durante os procedimentos de blefaroplastia sob pena de piora da ptose e de resultado não satisfatório. MÉTODOS: Ao longo dos últimos 17 anos, um total de 246 pacientes, portadores de alterações do terço superior da face e com indicação de blefaroplastia, foram submetidos à elevação transpalpebral das sobrancelhas pela técnica de McCord modificada, mediante ampla dissecção, maior número de pontos de fixação e miomectomias dos músculos corrugadores e prócerus. Os pacientes foram acompanhados com avaliações ambulatoriais e com registros fotográficos nos 6 e 12 meses de pós-operatório. RESULTADOS: A intercorrência mais comum foi a parestesia temporária da região frontal e do couro cabeludo. Não ocorreram casos de hematomas pós-operatórios. Ao longo do tempo foram observados resultados consistentes, com manutenção da elevação das sobrancelhas e diminuição efetiva da ação da musculatura glabelar, sem cicatrizes no couro cabeludo. CONCLUSÕES: A elevação transpalpebral de sobrancelhas, associada à miomectomia glabelar, mostra-se uma alternativa adequada, segura e efetiva para tratamento dos sinais de envelhecimento do terço superior da face.

Palavras-chave: Sobrancelhas; Elevação Transpalpebral; Secção Músculos Corrugadores; Blefaroplastia.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: The brows lowdown naturally occur as an aspect of the aging upper face process. The glabelar muscular action is one cause of this ptosis and also of others aging signs. These signs must be adequately treated during the blepharoplasty, to avoid the penalty of a limited final result. METHODS: Along of the last 17 years, a total of 246 patients with aesthetic problems of the upper face and with blepharoplasty indication, were submitted to a transpalpebral browlift by modified McCord technique, based in a extended dissection, more fixation stitches and prócerus and corrugators muscles miomectomy. Out patients follow-up were in ambulatory conditions with photographic records after 6 and 12 months. RESULTS: The most common intercurrence was a transient parestesia of the frontal region and of the scalp. No postoperative hematomas were registered. The results were consistent with maintenance of the eyebrows elevation and the effective reduction of the glabelar muscles action, without the necessity of any type of coronal incision. CONCLUSIONS: The transpalpebral brow elevation associated with glabellar myomectomy shows to be an adequate option, by its safe and effective procedures for the treatment of the upper face aging signs.

Keywords: Brows; Transpalpebral Elevation; Brow lift; Corrugators Muscles Myomectomy; Blepharoplasty.

 

Comparação entre otoplastia realizada com anestesia local com sedação e sem sedação

Fernanda Zanatta F. Santos; Lauro Avellan; Danillo Irineu Brito Vieira De Freitas; Thaís Gomes Casali; Diogo Petroni Caiado Fleury; José Mauro de Oliveira Squarisi; Paulo Henrique Santos Laia
Rev. Bras. Cir. Plást. 2013;28(4):578-581 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: Orelha em abano representa a deformidade congênita mais comum da orelha externa, é transmitida de forma autossômica dominante e afeta aproximadamente 5% da população em geral. Existem três vias principais para a realização da otoplastia moderna: a raspagem, excisão e fixação por pontos da cartilagem auricular. A abordagem de Mustardé, em 1963, para a criação de uma nova anti-hélice era baseada em suturas permanentes por acesso posterior e os pontos englobavam até o pericôndrio anterior, sem transfixar a pele. Furnas (1968) realizava sutura com fio inabsorvível posicionado na cartilagem conchal, transfixando até pericôndrio anterior e suturado na fáscia mastoide. A otoplastia pode ser realizada com anestesia local associada ou não à sedação ou com anestesia geral. OBJETIVO O presente estudo tem como objetivo avaliar a intensidade da dor dos pacientes submetidos à otoplastia sob anestesia local com sedação e sem sedação, comparando as duas técnicas anestésicas. MÉTODO: Foram separados dois grupos: Grupo 1 - 12 pacientes operados com anestesia local e sedação no centro cirúrgico; Grupo 2 - 26 pacientes operados com anestesia local e sem sedação no ambulatório de pequenas cirurgias. O estudo foi realizado no período de 1 ano (maio de 2011 a maio de 2012). Foi realizado um questionário com esses pacientes para avaliarmos o nível de dor no intraoperatório e pós-operatório. RESULTADOS: Não houve diferença estatisticamente significativa entre os dois grupos. CONCLUSÃO: É possível realizarmos essa cirurgia com menor custo hospitalar e utilizarmos as salas do centro cirúrgico com anestesista para cirurgias mais complexas.

Palavras-chave: Orelha/Cirurgia. Anestesia. Sedação Consciente.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: Ear flappy is a congenital deformity most common of external ear, is transmitted by dominant form and occurs in 5% of general population. There are three main ways to do the modern surgery: the shaving, exision and fixation for stitchs of ear gristle. The technique of Mestardé, in 1963, do a new antihelice was supported in permanent sutures for posterior way and the stitchs takes until anterior perichondrium, without takes the skin. Furnas (1968) done suture with unabsorbed thread in conchal gristle, transfixing until anterior perichondrium and sutures in mastoid fascia. The otoplasty can be done with local anesthesia associated or not with sedation or with general anesthesia. The aim of the study is to evaluate the intensity of pain of patients submited to otoplasty with local anesthesia with sedation and without sedation, comparing two techniques. METHOD: There was separated 2 groups: Group 1: 12 patients operates with local anesthesia and sedation in surgery center; group 2: 26 patients operated with local surgery in clinic of small surgeries. The study was done in one year (2011 to 2012 May). It was done a lot of questions with these patients to evaluate the level of pain during the surgery and post-surgery. RESULTS: There was not significant diference between two groups. CONCLUSION: It is possible to do this surgery with less hospital cost and the use the rooms in surgery center for more complex surgeries.

Keywords: Ear/Surgery. Anesthesia. Conscious Sedation.

 

Uso do retalho toracodorsal para tratamento de hidradenite supurativa

Thaís Gomes Casali; Rui Lopes Filho; Jose Mauro de Oliveira Squarisi; Julia Loyola Ferreira; Henrique Dal Fior Figueiredo; Diogo Petroni Caiado Fleury; Fernanda Zanatta Freitas Santos; Paulo Henrique Santos Laia
Rev. Bras. Cir. Plást. 2014;29(4):594-598 - Ideias e Inovações

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: A hidradenite é uma doença cutânea crônica, que acomete as regiões que abrigam as glândulas apócrinas. Tem uma prevalência estimada de 1% da população, com predileção pelo sexo feminino. MÉTODO:LMN, 48 anos, sexo feminino. Ao exame, a paciente apresentava nodulações palpáveis, coalescentes, dolorosas e uma área de fibrose e retração cicatricial circunjacente em ambas as axilas, principalmente em axila esquerda. Submetida a exérese ampla das lesões em axila e região torácica esquerda, sendo necessária a realização de um retalho fasciocutâneo de rotação, habitualmente usado em pacientes submetidas à quadrantectomia lateral. RESULTADOS: Obteve-se um resultado estético satisfatório associado à preservação dos movimentos. CONCLUSÃO:Apesar de existirem poucos casos relatando o uso do retalho fasciocutâneo toracodorsal lateral, essa técnica mostrou ser excelente alternativa na reconstrução axilar, devido à facilidade de ressecção, boa cobertura da área receptora além de um resultado estético satisfatório.

Palavras-chave: Hidradenite; Glândulas sudoríparas; Mastectomia.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION:Hidradenitis suppurativa is a chronic skin disease that affects the regions harboring the apocrine sweat glands. It has an estimated prevalence of 1% of the population and a preference for the female sex.  METHOD: LMN, a 48-year-old female patient, presented, on examination, palpable, coalescent, painful nodules and a circumjacent area of fibrosis and scar retraction in both axillae, mainly in the left axilla. She was subjected to wide excision of the lesions at the axilla and left thoracic region, with a need for a rotational fasciocutaneous flap, usually used in patients who undergo lateral quadrantectomy. RESULTS: A satisfactory aesthetic result was attained, together with the preservation of movements. CONCLUSION: Although there are few reported cases of the use of the lateral thoracodorsal fasciocutaneous flap, this technique is an excellent alternative in axillary reconstruction, owing to the ease of resection, good coverage of the receiving area, and the satisfactory aesthetic result.

Keywords: Hidradenitis suppurativa; Sweat glands; Mastectomy.

 

Comparação entre otoplastia realizada com anestesia local com sedação e sem sedação

Fernanda Zanatta Freitas Santos; Lauro José Victor Avellan Neves; Danillo Irineu Brito Vieira de Freitas; Leandro Almeida Madeira Campos; Thiago Andrade Alves; Paulo Henrique Santos Laia
Rev. Bras. Cir. Plást. 2012;27(3 Suppl.1):34 - Crânio, Face e Pescoço

PDF Português

Patrocinadores

Indexadores

Licença Creative Commons Todos os artigos científicos publicados em http://www.rbcp.org.br estão licenciados sob uma Licença Creative Commons