ISSN Online: 2177-1235 | ISSN Impresso: 1983-5175

Mostrando de 1 até 7 de 7 resultado(s)

Busca por : Osvaldo Ribeiro Saldanha Filho

Mastoplastia redutora associada a implante de silicone: quando indico?

Osvaldo Ribeiro Saldanha; Alessandra Grassi Salles; Marcus Castro Ferreira; Francis Llaverias; Luis Humberto Uribe Morelli; Osvaldo Ribeiro Saldanha Filho; Cristianna Bonetto Saldanha
Rev. Bras. Cir. Plást. 2014;29(4):511-516 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Introdução: Insatisfação dos pacientes com resultado de mamoplastia redutora pode ser identificado em alguns casos, especialmente quando apresentam ptose acompanhada de flacidez excessive, estrias, e ainda, componente mamário mais gorduroso que glandular. Nesses tipos de pacientes, é muito difícil conseguir bons resultados por longo período. Implantes mamários de pequeno volume, podem ser colocados no mesmo tempo da mamoplastia redutora com o objetivo de se obter melhor forma, contorno e projeção das mamas, com maior satisfação a longo prazo. MÉTODO: No período de 1997 a 2012, duzentos e sessenta e quatro pacientes com idade entre 27e 55 anos (idade média de 38), foram submetidas à mamoplastia redutora com imediata colocação de implante mamário. RESULTADOS: Foram obtidos resultados satisfatórios, com adequado preenchimento do pólo superior, mamas firmes e reduzida estatística de ptose pós-operatória. Foram identificados dois casos de carcinoma in sito, como achados no anátomo-patológico. CONCLUSÃO: Mastoplastia redutora associada a implantes de silicone é um procedimento seguro para casos selecionados.

Palavras-chave: Mamoplastia redutora; Hipertrofia mamária; Implantes de silicone; Carcinoma in situ; Ptose de mamas.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: Patient dissatisfaction with reduction mammoplasty outcomes can occur, especially in cases of ptosis accompanied by excessive flaccidity, striations, and a higher fat than glandular content. In such cases, achieving long-lasting results is very difficult. Small-volume breast implants can be placed during the reduction mammoplasty with the purpose of obtaining better breast shape, contour, and projection as well as greater long-term satisfaction. METHOD: Between 1997 and 2012, 264 patients aged 27-55 years (mean, 38) underwent reduction mammoplasty with immediate placement of breast implants. RESULTS: Satisfactory results were obtained, with adequate filling of the upper pole, increased breast firmness, and statistical reduction in postoperative ptosis. Two cases of carcinoma in situ were identified in the pathological exam. CONCLUSION: Reduction mastoplasty associated with silicone implants is safe for selected cases.

Keywords: Reduction mammoplasty; Breast hypertrophy; Silicone Implants; Carcinoma in situ; Breast ptosis.

 

Reconstrução de mama com miniabdominoplastia reversa

Osvaldo Ribeiro Saldanha Filho; Osvaldo Saldanha; Eugênio Cação; Marcos Ricardo Menegazzo; Daniel Cazeto; Andrés Cano Canchica; Francisco Felipe Góis; Leonardo Gobetti
Rev. Bras. Cir. Plást. 2017;32(4):505-512 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: A mastectomia é muito traumática para a mulher, sendo a reconstrução mamária um procedimento essencial para melhorar o bem-estar psicossocial e a qualidade de vida destas pacientes. A maioria dos cirurgiões plásticos não realiza reconstrução mamária. Sua prática requer um treinamento avançado com longa curva de aprendizado. A reconstrução mamária, utilizando o retalho excedente da abdominoplastia reversa, pode ser uma opção prática e de muita aplicabilidade em pacientes cuidadosamente selecionadas. MÉTODOS: No período de agosto de 2014 a junho de 2016, doze pacientes foram submetidas à reconstrução mamária, com a técnica de miniabdominoplastia reversa. A simetrização foi realizada em seis pacientes que fizeram reconstrução unilateral, sendo um caso reconstruído bilateralmente. Em sete pacientes, os implantes foram colocados em plano supra muscular, e em cinco, em posição sub submuscular. RESULTADOS: Uma paciente apresentou seroma, uma outra teve epiteliólise, um caso de necrose parcial da pele do retalho superficial, todos com evolução favorável. Somente uma paciente teve extrusão do implante. CONCLUSÃO: A reconstrução mamária com retalho excedente de miniabdominoplastia reversa associada à colocação de implante demonstrou ser uma boa opção de reconstrução mamária para casos selecionados, com baixa taxa de complicações. Pacientes com flacidez e lipodistrofia no abdome superior são as candidatas ideais para utilização da técnica.

Palavras-chave: Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos; Abdominoplastia; Mama; Mamoplastia.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: Mastectomy is very traumatic for women, and breast reconstruction is an essential procedure to improve their psychosocial well-being and quality of life. Most plastic surgeons do not perform breast reconstruction. This practice requires advanced training with a long learning curve. Breast reconstruction using excess flaps in reverse abdominoplasty can be a practical option and of great applicability in carefully selected patients. METHODS: From August 2014 to June 2016, 12 patients underwent breast reconstruction using the reverse mini abdominoplasty technique. Symmetrization was performed in six patients who underwent unilateral reconstruction, with one case reconstructed bilaterally. The implants were placed in the supra-muscular plane and in a submuscular position in seven and five patients, respectively. RESULTS: There was one case each of seroma, epitheliolysis, and partial superficial necrosis of the superficial flap, all with favorable evolution. Only one patient underwent implant extrusion. CONCLUSION: Breast reconstruction using excess flaps in reverse mini abdominoplasty associated with implant placement is a good option for breast reconstruction in selected patients with a low complication rate. Patients with flaccidity and lipodystrophy in the upper abdomen are the ideal candidates for the use of this technique.

Keywords: Reconstructive surgical procedures; Abdominoplasty; Breast; Mammaplasty.

 

Lipoabdominoplastia: redução das complicações em cirurgias abdominais

Osvaldo Ribeiro Saldanha; Daniel Melo de Azevedo; Sérgio Fernando Dantas de Azevedo; Débor ah Vazi Ribeiro; Elisa Nagassaki; Paulo Gonçalves Junior; Osvaldo Ribeiro Saldanha Filho; Cristianna Bonetto Saldanha
Rev. Bras. Cir. Plást. 2011;26(2):275-279 - Artigo Original

PDF Português

RESUMO

Introdução: As deformidades estéticas e funcionais do abdome sempre representaram um grande desafio na Cirurgia Plástica. Em busca de soluções para estes problemas, foi desenvolvida a abdominoplastia, que ao longo dos anos vem apresentando modificações e aperfeiçoamentos, buscando melhores resultados estéticos e funcionais, com menores índices de complicações. A lipoabdominoplastia, desenvolvida em 2000 por Saldanha e publicada em 2001, quando esse termo foi utilizado pela primeira vez na literatura mundial, representa uma opção segura para a associação da lipoaspiração à abdominoplastia. A técnica é baseada na preservação dos vasos perfurantes abdominais, ramos das epigástricas profundas superiores e inferiores. Método: Foi comparada a incidência de complicações nas abdominoplastias clássicas e a lipoabdominoplastias realizadas no período de janeiro de 1979 a 30 de junho de 2010, na Clínica Saldanha, em Santos - SP. Discussão: O descolamento seletivo entre as bordas dos músculos reto abdominais, preconizado pela técnica, promove diminuição da área de descolamento do retalho e preserva os vasos perfurantes da parede abdominal, responsáveis por 80% do suprimento sanguíneo da região e, consequentemente, diminui o sangramento e os riscos de hematoma, de isquemia e necrose do retalho. Conclusão: Associando a abdominoplastia com a lipoaspiração e preconizando um descolamento seletivo com preservação dos vasos perfurantes, é possível obter melhores resultados estéticos favoráveis, além de menor morbidade pós-operatória e redução da taxa de revisões cirúrgicas.

Palavras-chave: Abdome/cirurgia. Lipectomia. Cirurgia plástica/métodos.

 

ABSTRACT

Introduction: The cosmetic and functional deformities of the abdomen always represented a great challenge for plastic surgery. In search of solutions to these problems, we developed the abdominoplasty, which over the years has had modifications and improvements, looking for better cosmetic and functional results, with lower complication rates. Lipoabdominoplasty was developed in 2000 by Saldanha and published in 2001, when that term was first used in the literature, and represents a safe option for the combination of liposuction and abdominoplasty. The technique is based on the preservation of abdominal perforating vessels, branches of the superior and inferior epigastric deep artery. Methods: We compared the incidence of complications between the classic abdominoplasty and lipoabdominoplasty carried out from January 1979 to June 30, 2010, at Saldanha's Clinic, in Santos - SP. Discussion: The selective displacement between the edges of the rectus abdominis muscles, as advocated by technique, promotes a decrease in the area of detachment of the flap and preserves the abdominal wall perforator vessels account for 80% of the blood supply to the region and, consequently, reduces bleeding and risk of hematoma, and ischemic necrosis of the flap. Conclusion: Associating abdominoplasty with liposuction and advocating a selective detachment with preservation of the perforating vessels, it is possible to achieve better cosmetic results and lower postoperative morbidity and reducing the rate of surgical revisions.

Keywords: Abdome/surgery. Lipectomy. Plastic surgery/methods.

 

Avaliação quantitativa do débito do dreno na lipoabdominoplastia - estudo comparativo

Osvaldo Ribeiro Saldanha Filho; Osvaldo Ribeiro Saldanha; Francis Llaverias; Cristianna Bonetto Saldanha; Eugênio Cação; Daniel Rodrigues Carvalho
Rev. Bras. Cir. Plást. 2014;29(2):259-263 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: A importância da fáscia de Scarpa, tanto na diminuição da tensão da sutura da pele quando na diminuição do seroma, são assuntos de grande discussão sobre a lipoabdominoplastia. Este estudo tem o objetivo de avaliar o débito nos drenos, nos 1º, 3º, 5º e 7º dias de pós-operatórios, em procedimentos de lipoabdominoplastias com e sem preservação da fáscia de Scarpa. MÉTODOS: Estudo prospectivo, randomizado e consecutivo, analizando 24 pacientes submetidas à lipo abdominoplastia por sete cirurgiões (residentes) diferentes, no período de agosto-dezembro de 2013. As pacientes foram divididos em 2 grupos, um com manutenção da fáscia de Scarpa e outro onde ela foi removida. Foi pesquisado o débito no dreno nos 1º, 3º, 5º e 7º dias de PO, assim como as complicações nos dois grupos. RESULTADO: Três pacientes do grupo apresentaram epiteliólise na cicatriz umbilical, sendo duas delas tabagistas. Houve menor quantidade de líquido drenado no grupo 1 do que no grupo 2, sendo significância menor no 1º pós-operatório. Um paciente do grupo 2 apresentou seroma (40ml), aspirado com seringa no 10º PO, sem recidiva. CONCLUSÃO: Ficou demonstrado que a lipoabdominoplastia com preservação da fáscia de Scarpa apresentou diminuição de drenagem sero-sanguinolenta, tanto nas medições como um todo (182,09ml a menos na somatória dos sete dias) quanto na medição de cada dia isoladamente.

Palavras-chave: Lipoabdominoplastia; Abdominoplastia; Lipoaspiração; Seroma.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: The importance of Scarpa's fascia in reducing both skin suture tension and seroma is a subject of great discussion in lipoabdominoplasty. This study evaluates drain flow in lipoabdominoplasty, with and without preservation of Scarpa's fascia, on postoperative days 1º, 3º, 5º, and 7º. METHODS: This was a prospective, randomized, and serial study of 24 patients who underwent lipoabdominoplasty; procedures performed by seven different surgeons (residents) were evaluated between August and December 2013. The patients were divided into two groups according to whether Scarpa's fascia was preserved or removed. Drain flow was evaluated on postoperative days 1º, 3º, 5º, and 7º, and complications were assessed in the two groups. RESULTS: Three patients developed epitheliosis on the umbilical scar, and two were smokers. There was less fluid drainage in Group 1 patients compared to Group 2, and this was less significant on postoperative day 1. One patient in Group 2 developed a seroma (40 ml), which was aspirated with a syringe on postoperative day 10, with no recurrence. CONCLUSION: Lipoabdominoplasty with Scarpa's fascia preservation resulted in reduced serosanguinous drainage, both when taken as a whole (182.09 ml less for the seven day total), or measured daily.

Keywords: Lipoabdominoplasty; Abdominoplasty; Liposuction; Seroma.

 

Fatores preditivos de complicações em procedimentos da cirurgia plástica - sugestão de escore de segurança

Osvaldo Ribeiro Saldanha; Alessandra Grassi Salles; Francis Llaverias; Osvaldo Ribeiro Saldanha Filho; Cristianna Bonetto Saldanha
Rev. Bras. Cir. Plást. 2014;29(1):105-113 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: O objetivo deste estudo foi analisar, em nosso meio, a associação entre a ocorrência de complicações em procedimentos de cirurgia plástica e os fatores de risco presentes nessa população, e apresentar uma Escala de Segurança para planejamento do ato cirúrgico em Cirurgia Plástica. MÉTODOS: Estudo do tipo caso-controle, com pacientes submetidos à cirurgia plástica no período de 2010-2011, em vários centros de cirurgia plástica e que apresentaram algum tipo de complicação pós-operatória. Os controles foram pacientes submetidos a procedimentos semelhantes de cirurgia plástica no mesmo período, e que não tiveram complicações. Foi realizada análise descritiva por meio de frequências absoluta e relativa e medidas de tendência central (média e mediana) e dispersão (desvio padrão e valores mínimo e máximo). A análise da associação foi realizada pelo Teste da Associação pelo x2 e modelos de regressão logística univariada e múltipla. Em todas as análises foi considerado estatisticamente significativo quando p<0,05. RESULTADOS: Foram analisados 168 pacientes, sendo 75 casos com complicações (Grupo I, 44,64%) e 93 controles (Grupo II). Houve associação estatisticamente significativa entre a presença de complicação com duas variáveis, ter realizado procedimento associado (p=0,049), e o tempo de cirurgia maior que 240 minutos (p=0,049). CONCLUSÃO: A literatura demonstra aspectos multifatoriais de risco nos procedimentos da cirurgia plástica. A seleção adequada do paciente, o planejamento pré-operatório e os cuidados profiláticos no trans e pós-operatório têm contribuído para diminuição de incidência de complicações graves. Os principais fatores de risco relacionados a complicações no pós-operatório foram tempo cirúrgico maior que 4 horas e associação cirúrgica.

Palavras-chave: Segurança em Cirurgia Plástica; Escore de Segurança em Cirurgia Plástica; Fatores Preditivos de Segurança em Cirurgia Plástica.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: This study analyzed the association between plastic surgery complications and risk factors in the study population, and presents a safety scale for planning plastic surgery procedures. METHODS: A case-control study was performed, including patients who underwent procedures at various plastic surgery centers from 2010-2011 and who had some type of postoperative complication. The control group consisted of patients who underwent similar procedures during the same period without complications. Descriptive analysis was performed using absolute and relative frequency and measures of central tendency (mean and median) and dispersion (standard deviation and minimum and maximum value). Associations were analyzed using the chi-squared test of association and univariate and multiple logistic models. In all analyses, statistical significance was defined as p-values <0.05. RESULTS: A total of 168 patients were analyzed: 75 cases with complications (Group I, 44.64%) and 93 controls (Group II). There was a statistically significant association between the presence of a complication and two variables: undergoing an associated procedure (p = 0.049) and surgery duration greater than 240 minutes (p = 0.049). CONCLUSION: The literature shows multifactorial risks for plastic surgery procedures. Proper patient selection, preoperative planning, and intra- and postoperative prophylactic care have contributed to decreased incidence of serious complications. The main risk factors associated with post-surgical complications were surgery durations longer than 4 hours and associated procedures.

Keywords: Safety in Plastic Surgery; Safety Score in Plastic Surgery; Predictive Safety Factors in Plastic Surgery.

 

Ritidoplastia com descolamento composto

Osvaldo Ribeiro Saldanha, Sérgio Fernando Dantas de Azevedo, Osvaldo Ribeiro Saldanha Filho, Cristianna Bonetto Saldanha, Luciano Ornelas Chaves
Rev. Bras. Cir. Plást. 2010;25(1):135-140 - Artigo Original

PDF Português

RESUMO

Introdução: Baseado na lipoabdominoplastia, intensificados pelos novos conceitos da subunidade anatômica do tecido adiposo subcutâneo na face, é proposto um descolamento composto do retalho com divulsor, sem ruptura vásculo-nervosa, promovendo ampla mobilidade do retalho e diminuição efetiva do sangramento e do sofrimento da pele. Método: Neste estudo, a ritidoplastia com descolamento composto foi executada em 34 pacientes, sendo 3 homens e 31 mulheres, no período de novembro de 2008 a outubro de 2009. Oito pacientes eram fumantes. Resultados: Pacientes submetidos à ritidoplastia com descolamento composto apresentaram recuperação melhor que os submetidos à ritidoplastia tradicional. Não houve nenhum caso de hematoma importante, epiteliólise, necrose ou outras complicações. Conclusões: A técnica de ritidoplastia proposta usa conceitos conservadores e conduz a uma diminuição na incidência de complicações.

Palavras-chave: Ritidoplastia. Traumatismos faciais. Complicações pós-operatórias.

 

ABSTRACT

Introduction: Based on lipoabdominoplasty and intensified by the new concepts of anatomical unit of the subcutaneous fat tissue in the face, this approach proposes a composite undermining by the divulsor of the flap without vasculonervous rupture, promoting a enough mobility of the flap, an effective decrease of bleeding and skin suffering. Methods: The technique was performed on 34 patients, 3 males and 31 females, from November 2008 to October 2009 and eight of them were smokers. Results: Patients who undergo face lift with composite undermining present a better recovery than who undergo the traditional face lift. It had no case of important hematoma, epitheliolysis, necrosis or other complications. Conclusions: The introduction of a new approach using conservative concepts, leads to a decrease in the statistics of complications.

Keywords: Rhytidoplasty. Facial injuries. Postoperative complications.

 

Reconstrução de mama com retalho excedente de abdominoplastia reversa

Osvaldo Ribeiro Saldanha; Favio Vinicio Urdaneta; Francis Llaverias; Osvaldo Ribeiro Saldanha Filho; Cristianna Bonetto Saldanha
Rev. Bras. Cir. Plást. 2014;29(2):297-302 - Ideias e Inovações

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: A mastectomia é um procedimento muito traumático para a mulher. A reconstrução mamaria é parte fundamental do tratamento para melhorar o bem estar psicossocial e a qualidade de vida destas pacientes. Muitas técnicas foram descritas e evoluíram até chegar à atual diversidade de procedimentos modernos associados ou não as próteses mamárias. Esta diversidade de técnicas possibilita a seleção adequada para cada caso, oferecendo melhores resultados. O objetivo deste trabalho é apresentar uma alternativa cirúrgica de reconstrução mamária com retalho de abdome superior associado à prótese mamária. MÉTODO: paciente de 59 anos com mastectomia radical direita e três cirurgias prévias de reconstrução mamária com prótese de silicone, sem sucesso. Foi utilizada abdominoplastia reversa com aproveitamento do retalho excedente direito para cobertura de prótese no mesmo tempo cirúrgico. Simetrização da mama contralateral foi obtida dois anos depois, através de mastopexia com troca de prótese. RESULTADO: Foi obtido o resultado planejado para reconstrtução do volume mamário. Discretos sinais inflamatórios no pós-operatório imediato, principalmente no polo superior, tratado com corticoterapia por duas semanas, com regressão completa dos sinais e sintomas. Aspirado seroma (20ml) com seringa no dia 15º pós cirúrgico, sem recidiva. Não ocorreram complicações como epiteliólise ou necrose do retalho. CONCLUSÃO: A reconstrução mamária com retalho abdominal resultante de abdominoplastia reversa pode ser uma opção em casos especiais, oferecendo resultado satisfatório.

Palavras-chave: Câncer mamário; Reconstrução; Implante; Abdominoplastia reversa; Retalho cutâneo/abdominal.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: Mastectomy is a highly traumatic procedure for many women, and mammary reconstruction is a fundamental part of the treatment. Reconstruction has been shown to improve the psychosocial wellbeing and quality of life of these patients, and several techniques and advancements thereof have been described in order to reach the current diversity of modern procedures, whether associated with breast implants or not. This diversity in techniques enables an appropriate selection for each individual case, thus attaining better results. The objective of this report was to present an alternative breast reconstruction method using an upper abdominal flap along with breast implants. METHOD: A 59-year-old woman had undergone right radical mastectomy and three previous breast reconstruction operations with silicone prostheses, without success. We first performed reverse abdominoplasty with exploitation of an excess right flap used as prosthesis coverage. Two years later, we performed contralateral breast symmetrization using mastopexy with a change of prosthesis. RESULT: The planned breast volume reconstruction was achieved. Discrete inflammatory signals were observed in the immediate postoperative period, mainly in the upper pole, and treated with corticosteroid therapy for two weeks; this resulted in complete regression of all signs and symptoms. Seroma was aspirated (20 ml) with a syringe on the 15th postoperative day, with no recurrence. No complications, such as epitheliolysis or flap necrosis, occurred. CONCLUSION: Breast reconstruction with an abdominal flap from reverse abdominoplasty may be an option in a subset of cases, and offers satisfactory results.

Keywords: Breast cancer; Reconstruction; Implant; Reverse abdominoplasty; Skin/abdominal flap.

 

Patrocinadores

Indexadores

Licença Creative Commons Todos os artigos científicos publicados em http://www.rbcp.org.br estão licenciados sob uma Licença Creative Commons