ISSN Online: 2177-1235 | ISSN Impresso: 1983-5175

Mostrando de 1 até 15 de 15 resultado(s)

Busca por : Miguel Sabino Neto

Elaboração de Trabalho Científico

Fabio Xerfan Nahas, Lydia Masako Ferreira, Miguel Sabino Neto, Elvio Bueno Garcia
Rev. Bras. Cir. Plást. 2004;19(2):20-28 - Artigos

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Este artigo visa orientar cirurgiões plásticos na elaboração de trabalhos científicos, seja para a publicação em periódicos nacionais, internacionais, elaboração de teses, monografias e trabalho de membro titular de nossa sociedade. São abordados três aspectos: a estratégia inicial do desenvolvimento do estudo, a descrição e análise dos itens de um trabalho científico e a escolha do tipo de periódico. Em relação à estratégia do desenvolvimento do estudo, são descritos os tipos de delineamento habitualmente utilizados, a confecção de um projeto de pesquisa, a obtenção de bolsas e auxílios, além de orientação sobre escrita e editoração dos artigos. Na análise dos itens de um trabalho científico, são feitas considerações sobre o título, introdução, material e métodos, resultados, discussão e conclusão. Sobre material e métodos, trata-se o tema focalizando estudos realizados em cirurgia plástica. Além desses itens, é também discutida a elaboração do resumo e legendas, além da confecção de fotos e ilustrações. A escolha correta do periódico, fator importante na aceitação para a publicação de um trabalho científico, é revista, procurando-se compreender a avaliação dos editores na seleção de um artigo. São também descritos artigos em formatos especiais, como relatos de caso, artigos de revisão de literatura e teses e monografias.

Palavras-chave: Trabalho científico; pesquisa; estudo científico; artigo científico

 

ABSTRACT

The present article aims to guide plastic surgeons in the preparation of scientific studies, whether for publication in domestic or international journals, theses, dissertations or as articles by full members of our society. Three aspects are approached: the initial strategy for developing the study, description and analysis of the parts of a scientific study and the choice of the type of Journal. In relation to the strategy for developing the study, the authors describe the usual format, the preparation of the research project, how to obtain grants and scholarships, in addition to guidelines for writing and editing articles. As to the analysis of the parts of a scientific study, the article makes comments on the title, introduction, methods, results, discussion and conclusion. Methods are focused on studies carried out in plastic surgery. How to prepare the abstract and captions is also discussed, in addition to how to prepare pictures and drawings. Choosing the right journal, an essential factor for a scientific article to be accepted, is reviewed, trying to understand how editors choose an article. Special-format articles, such as case reports, literature reviews and theses and dissertations, are also discussed.

Keywords: Scientific work; research; scientific study; scientific article

 

Capacidade funcional de pacientes submetidas a reconstrução mamária com retalho musculocutâneo de latíssimo do dorso

Vidal Guerreiro; Miguel Sabino Neto; Alexandre Katalinic Dutra; Lydia Masako Ferreira
Rev. Bras. Cir. Plást. 2013;28(3):367-374 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: O músculo latíssimo do dorso tem a função de adução, extensão e rotação interna do úmero, com papel crucial na estabilidade da articulação glenoumeral. Para alguns autores a retirada desse músculo tem pouco efeito na morbidade do ombro, uma vez que os músculos residuais do ombro compensariam sua falta, enquanto outros têm notado fraqueza, perda de movimentos, dor e alteração funcional. Os estudos, em sua maioria, não são limitados a pacientes submetidas a cirurgia mamária, são retrospectivos, e as modalidades utilizadas para essa medição se apoiam em metodologia subjetiva, não são padronizadas e também há poucas informações sobre sua confiabilidade. Poucos comparam os resultados com as medidas pré-operatórias. O objetivo deste estudo é avaliar de maneira prospectiva a capacidade funcional das pacientes submetidas a reconstrução mamária tardia com retalho musculocutâneo de latíssimo do dorso utilizando o Stanford Health Assessment Questionnaire (HAQ). MÉTODO: No período de setembro de 2010 a abril de 2012, 30 pacientes ingressaram no estudo. Essas pacientes responderam ao HAQ nas consultas de pré-operatório e aos 3 meses, 6 meses e 12 meses de pós-operatório. RESULTADOS: Houve diferença estatisticamente significante entre os tempos de avaliação, sendo detectada piora da capacidade funcional aos 3 meses de pós-operatório, que retornou aos níveis do pré-operatório após 6 meses e foi melhorando progressivamente até os 12 meses de pós-operatório. CONCLUSÕES: Este estudo oferece evidência científica de que a cirurgia de reconstrução mamária com retalho musculocutâneo de latíssimo do dorso não piora a capacidade funcional das pacientes 12 meses após a cirurgia.

Palavras-chave: Mamoplastia. Músculo latíssimo do dorso. Mastectomia. Questionários. Qualidade de vida. Capacidade funcional. Retalhos cirúrgicos.

 

ABSTRACT

BACKGROUND: The latissimus dorsi muscle is responsible for the adduction, extension, and internal rotation of the humerus, and has a crucial role in the stability of the glenohumeral joint. Some authors believe that the removal of this muscle has a minimal effect on shoulder morbidity, as the residual shoulder muscles would compensate for its absence; in contrast, other authors have noted weakness, loss of movement ability, pain, and functional change. Most studies, however, were not limited to patients who undergo breast surgery and were retrospective in nature. The measurement modalities used were based on subjective methods and were not standardized; furthermore, there is little information on their reliability. Few studies compared the results with preoperative measurements. Therefore, an objective study requires the prospective assessment of patients who undergo late breast reconstruction with a latissimus dorsi musculocutaneous flap, by using the Stanford Health Assessment Questionnaire (HAQ). METHOD: Between September 2010 and April 2012, 30 patients were enrolled in the study. They answered the HAQ at preoperative consultations and postoperatively at 3, 6, and 12 months. RESULTS: A statistically significant difference was found between the stages of assessment, with a deterioration of postoperative functional capacity at 3 months after surgery, which returned to preoperative levels after 6 months and progressively improved until 12 months after surgery. CONCLUSIONS: This study offers scientific evidence suggesting that breast reconstruction surgery with a latissimus dorsi musculocutaneous flap does not worsen the functional capacity of patients at 12 months after surgery.

Keywords: Mammaplasty. Latissimus dorsi muscle. Mastectomy. Questionnaires. Quality of life. Functional capacity. Surgical flaps.

 

Sexualidade após mamoplastia de aumento

Paulo Afonso Monteiro Pacheco Guimarães; Miguel Sabino Neto; Luiz Eduardo Felipe Abla; Daniela Francescato Veiga; Fabiana Claudino Lage; Lydia Masako Ferreira
Rev. Bras. Cir. Plást. 2015;30(4):552-559 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: A mama é símbolo de feminilidade, maternidade e sexualidade. Mamoplastia de aumento é a segunda cirurgia estética mais realizada no Brasil, e está relacionada à melhora da imagem corporal, autoestima e qualidade de vida. Sexualidade é importante componente da qualidade de vida. O quociente sexual feminino (QS-F) é questionário desenvolvido e validado que avalia sexualidade, aplicado para avaliar o impacto do tratamento na saúde sexual. Consiste em 10 questões, que avaliam quatro domínios: desejo, excitação, conforto e satisfação sexual. O objetivo é avaliar a sexualidade após mamoplastia de aumento. MÉTODOS: 47 candidatas a aumento das mamas foram selecionadas, tratadas cirurgicamente, e responderam ao questionário QS-F no pré e no pós-operatório de 2, 4 e 18 meses. A técnica adotada foi semelhante para todas pacientes: incisão no sulco mamário, loja subglandular, implante redondo entre 260 e 325 mL. Foram formados os grupos: com ou sem relacionamento estável; e com ou sem estrias. RESULTADOS: 45 pacientes concluíram o estudo, com idade média de 26 anos. As complicações observadas foram: simastia (1), galactorreia (1), e estrias (10). Houve melhora significante entre o escore total do QS-F no pré e no pós-operatório de 4 (p = 0,001) e 18 meses (p = 0,001), relacionado ao significante aumento da pontuação dos domínios excitação (p < 0,001) e satisfação sexual (p = 0,001). Nas pacientes que apresentaram estrias não houve melhora significante da sexualidade (p = 0,627), ao contrário das que não apresentaram (p < 0,001). Não houve diferença significante na sexualidade entre o grupo com ou sem relacionamento estável. CONCLUSÃO: A sexualidade aumentou significantemente após mamoplastia de aumento.

Palavras-chave: Sexualidade; Mama; Mamoplastia; Qualidade de vida.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: The breasts are symbol of femininity, motherhood and sexuality. Breast augmentation is the second most performed cosmetic surgery in Brazil, and it is related to improvement of body image, self-esteem and quality of life. Sexuality is a significant component of quality of life. The female sexual quotient questionnaire (FS-Q) was validated as an evaluation tool for sexuality, and it is used to evaluate the impact of many treatments for sexual health. The questionnaire entails 10 questions, which assess four domains of sexuality: sexual desire, sexual arousal, comfort and sexual satisfaction. To evaluate sexuality after breast augmentation. METHODS: We selected 47 patients with interest in breast enlargement. During treatment patients completed the FSQ questionnaire before and after 2, 4 and 18 months of the surgery. The surgical technique used was the same for all patients: inframammary incision, subglandular pocket, round implant, volume 260 to 325 mL. There were four groups: with or without stable relationship, and with or without striae. RESULTS: A total of 45 patients were considered for the study. Patients' mean age was 26 years. Complications observed were: symmastia (1), galactorrhea (1), and striae distensae(10). Significant improvement was observed between the total FSQ score at preoperative, 4 months (p = 0.001), and postoperative, 18 months (p = 0.001), and also related with the significant increase in arousal scores (p < 0.001), and sexual satisfaction (p = 0.001). Patients with striae did not show significant improvement in sexuality (p = 0.627), differently of patients without striae (p < 0.001). No significant difference in sexuality was seen between the group with or without stable relationship. CONCLUSION: Sexuality increases significantly after breast augmentation.

Keywords: Sexuality; Breast; Mammaplasty; Quality of life.

 

Reconstrução de parede torácica em extensas ressecções oncológicas

Mayara Mytzi De Aquino Silva; Miguel Sabino Neto; Alice Teixeira Leite; Paulo Afonso Pacheco Guimarães; Lydia Masako Ferreira
Rev. Bras. Cir. Plást. 2017;32(4):513-522 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: Apesar do avanço no diagnóstico e no tratamento das pacientes com neoplasia mamária, ainda há casos que se apresentam como doença localmente avançada. Nesse contexto, o controle oncológico requer ressecções extensas e complexos procedimentos reparadores. A participação do cirurgião plástico nas equipes multidisciplinares de tratamento oncológico tem apresentado importância crescente tanto nas etapas de planejamento como de execução. O objetivo é analisar prospectivamente casos de pacientes com extensas ressecções no tórax e reconstrução de parede torácica quanto aos seus resultados e complicações no período de 2014-2016. MÉTODOS: Seguimento prospectivo por 6 meses de 15 casos de pacientes submetidas a extensas ressecções oncológicas no tórax e reconstrução por um mesmo cirurgião plástico em hospitais da rede pública de São Paulo-SP. Foram coletados os dados: idade, diagnóstico, queixa pré-operatória, extensão da área de ressecção e incidência de complicações locais. RESULTADOS: As pacientes tinham idade média de 49,2 anos, a queixa mais comum era massa papável, o diagnóstico mais comum era neoplasia da mama (80%), a maioria das ressecções preservou o plano muscular e a área média de ressecção foi de 259,2 cm2. O retalho miocutâneo do grande dorsal em V-Y foi o mais utilizado, e o toracoabdominal foi o segundo. Epiteliólise foi detectada em 13,3% das pacientes e necrose parcial menor que 5% do retalho em 13,3%. CONCLUSÃO: Na presente casuística, as pacientes portadoras de neoplasias extensas no tórax representaram um desafio para a reconstrução local, necessitando de planejamento pré-operatório minucioso e com múltiplas opções. A participação do cirurgião plástico no tratamento desses casos contribuiu para redução de morbidade e demonstrou baixo índice de complicações.

Palavras-chave: Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos; Neoplasias da mama; Mamoplastia; Parede torácica; Neoplasias de tecidos moles.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: In spite of advances in the diagnosis and treatment of patients with breast cancer, there are still cases that present with locally advanced disease. In this context, cancer control requires extensive resections and complex repair procedures. The participation of the plastic surgeon in the multidisciplinary cancer treatment teams has been increasingly important in both the planning and execution stages. The aim of this study is to prospectively analyze patients who underwent extensive chest resections and thoracic wall reconstruction with regard to their results and complications in the period 2014-2016. METHODS: Prospective 6-month follow-up of 15 patients who underwent extensive oncological resections in the chest and reconstruction by the same plastic surgeon in public hospitals of São Paulo was done. The following data were collected: age, diagnosis, preoperative complaint, extent of resection area, and incidence of local complications. RESULTS: Patients had a mean age of 49.2 years, the most common complaint was a papillary mass, the most common diagnosis was breast cancer (80%), the most resection area preserved was the muscular plane, and the mean resection area was 259.2 cm2. The V-Y latissimus dorsi myocutaneous flap was the most used, and the thoracoabdominal flap was the second. Epitheliolysis was detected in 13.3% of the patients, and partial necrosis less than 5% of the flap in 13.3%. CONCLUSION: In the present study, patients with extensive cancers in the thorax presented a challenge for local reconstruction, requiring detailed preoperative planning and multiple options. The participation of the plastic surgeon in the treatment of these patients contributed to the reduction of morbidity rate and low rate of complications.

Keywords: Reconstructive surgical procedures; Breast cancers; Mammoplasty; Thoracic wall; Soft tissue cancer.

 

Avaliação precoce da qualidade de vida e autoestima de pacientes mastectomizadas submetidas ou não à reconstrução mamária

Vanessa Lacerda Alves; Miguel Sabino Neto; Luiz Eduardo Felipe Abla; Carlos Jorge Rocha de Oliveira; Lydia Masako Ferreira
Rev. Bras. Cir. Plást. 2017;32(2):208-217 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: Após o diagnóstico e tratamento do câncer de mama, algumas mulheres passam por alterações físicas, sociais e emocionais que repercutem muitas vezes na qualidade de vida e na autoestima. O objetivo é avaliar a qualidade de vida e autoestima de pacientes mastectomizadas submetidas ou não à reconstrução mamária após um mês de cirurgia. MÉTODOS: A casuística foi composta por 89 pacientes, com idade igual ou superior a 30 anos, submetidas ou não à reconstrução mamária, e oriundas dos ambulatórios de Cirurgia Plástica e Mastologia do Hospital São Paulo e do Hospital Pérola Byington. O grupo 1 (n = 30) composto pelas pacientes mastectomizadas sem reconstrução mamária; o grupo 2 (n = 29) mastectomizadas com reconstrução mamária; e o grupo 3 (n = 30) pacientes sem alterações nas mamas. Para a avaliação da qualidade de vida, foram aplicados os instrumentos validados para uso no Brasil EORTC QLQ-C30 e Escala de Autoestima de Rosenberg UNIFESP/EPM. RESULTADOS: Não foram observadas repercussões na qualidade de vida e autoestima das pacientes submetidas à mastectomia com ou sem a reconstrução mamária após um mês de cirurgia. CONCLUSÃO: Mulheres mastectomizadas com ou sem reconstrução mamária após um mês da cirurgia não apresentaram repercussões na qualidade de vida e na autoestima, quando comparadas entre si, bem como comparadas às mulheres sem história de câncer. É necessário que este tipo de avaliação, por meio dos questionários EORTC QLQ-C30 e QLQ-BR23, seja realizado no momento do diagnóstico do câncer de mama até o momento da pós-reconstrução mamária, com a finalidade de identificar em que fase se instalam as repercussões na qualidade de vida e autoestima.

Palavras-chave: Neoplasias da mama; Autoimagem; Mamoplastia; Mastectomia; Qualidade de vida.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: After diagnosis and treatment of breast cancer, some women go through physical, social, and emotional changes that often have an impact on their quality of life and self-esteem. This study aimed to assess the quality of life and self-esteem of mastectomized patients with or without breast reconstruction a month after surgery. METHODS: The study consisted of 89 patients aged ≥ 30 years with or without breast reconstruction. They were recruited from the Plastic Surgery and Mastology clinic of São Paulo Hospital and Pérola Byington Hospital. Group 1 (n = 30) consisted of mastectomized patients without breast reconstruction; group 2 (n = 29) consisted of mastectomized patients with breast reconstruction; and group 3 (n = 30) consisted of patients without changes in the breasts. The EORTC QLQ-C30 and Rosenberg Self-Esteem Scale UNIFESP/EPM instruments, which are validated in Brazil, were used to assess their quality of life. RESULTS: There were no observed effects in the quality of life and self-esteem of the patients who underwent mastectomy with or without breast reconstruction a month after surgery. CONCLUSION: The women with mastectomy with or without breast reconstruction a month after surgery showed no changes in their quality of life and self-esteem when compared among themselves and to women with no cancer history. It is necessary that this assessment, employing the EORTC QLQ-C30 and QLQ-BR23 questionnaires, be performed from the time of breast cancer diagnosis until after breast reconstruction to identify the stage when the quality of life and self-esteem are affected.

Keywords: Neoplasms of the breast; Self-image; Breast augmentation; Mastectomy; Quality of life.

 

Conhecendo os tipos de arquivo de fotografia JPEG e RAW utilizados em pesquisa

Paulo Rogério Quieregatto do Espirito Santo; Miguel Sabino Neto; Fabiane Furtado; Thales Waltenior Trigo Junior; Andrea do Amaral Quieregatto do Espirito Santo; Fábio Luis Nonato; Rafael Alves Tumeh; Lydia Masako Ferreira
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(1):89-95 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: Mensurações por antropometria indireta são importantes na área de pesquisa, mas também podem se tornar significativas na área jurídica, como instrumento quantitativo de avaliação pré e pós-operatória. O tipo de arquivo utilizado determina variações na manipulação das imagens. O objetivo é evidenciar tipos de arquivos de imagens utilizados na fotografia digital que será utilizada na pesquisa. MÉTODOS: Foram realizadas mensurações das mamas em 80 hemitórax de 40 mulheres voluntárias. Foram demarcados pontos sobre a região mamária e braços em posição frontal. A união destes pontos em cada hemicorpo formou sete segmentos lineares, uma medida angular e um segmento mediano comum a ambos os hemicorpos. Essas fotografias foram avaliadas em arquivos RAW e JPEG de alta definição, por 3 observadores, com auxílio do softwareAdobePhotoshop CS6. RESULTADOS: Os arquivos RAW e JPEG demonstraram serem eficazes na mensuração das mamas. CONCLUSÃO: Os arquivos RAW e JPEG apresentaram medidas semelhantes na mensuração das mamas femininas.

Palavras-chave: Antropometria; Mama; Pesos e medidas corporais; Mamoplastia; Tórax; Fotografia; Software.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: Indirect anthropometric measurements are important in research but may also be significant in the legal area as a quantitative instrument for pre- and post-operative evaluation. The type of file used determines variations in the manipulation of the images. The objective is to study the types of image files used in digital photography that will find utility in research. METHODS: The breasts of 40 women volunteers were measured in 80 hemithoraces, and the mammary region and arms were marked in the frontal position. The union of these points in each hemithorax formed seven linear segments, an angular measure, and a median segment common to both hemithoraces. These photographs were evaluated as high definition RAW and JPEG files by three observers using Adobe Photoshop CS6® software. RESULTS: RAW and JPEG files were shown to be effective in breast measurement. CONCLUSION: RAW and JPEG files presented similar results in the measurement of female breasts.

Keywords: Anthropometry; Breast; Body weights and measures; Mammoplasty; Thorax; Photography; Software.

 

Medição das mamas com o Adobe Photoshop®

Paulo Rogério Quieregatto do Espirito Santo, Miguel Sabino Neto ; Fabiane Furtado; Thales Waltenior Trigo Junior; Andrea do Amaral Quieregatto do Espirito Santo; Fábio Luis Nonato; Rafael Alves Tumeh; Lydia Masako Ferreira
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(1):96-103 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: Com a globalização e melhora dos meios digitais e, consequentemente, a crescente utilização de fotografias digitais, faz-se necessária a criação de métodos de mensuração confiáveis. Na prática clínica, a medida direta utilizando-se fita métrica, régua e compasso é mais comumente utilizada. Porém, existem fatores intrínsecos (relevos corporais) e extrínsecos (colaboração do paciente ou movimentos respiratórios) que podem influenciar nos dados obtidos. A fotografia e os softwares gráficos podem ser uma alternativa precisa, mais cômoda e reprodutível à medida direta. O objetivo é demonstrar a forma de medir as mamas pelo software Adobe Photoshop. MÉTODOS: Foram descritas a posição das voluntárias, a captação das imagens, calibração do software até a obtenção mensuração final das mamas. Em 40 mulheres voluntárias, com idade entre 18 e 60 anos, foram demarcados pontos sobre a região mamária e braços em posição frontal. A união destes pontos em cada hemicorpo formou 7 segmentos lineares, 1 angular e 1 segmento mediano comum a ambos os hemicorpos. Essas fotografias foram avaliadas no arquivo RAW, por 3 observadores, com auxílio do software Adobe Photoshop CS6®. RESULTADOS: O Photoshop CS6® demonstrou ser eficaz na mensuração das mamas no arquivo RAW. CONCLUSÃO: O Photoshop® apresentou precisão nas medidas e ser factível para mensuração das mamas.

Palavras-chave: Fotogrametria; Antropometria; Software; Mama; Pesos e medidas corporais.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: With the globalization and improvement of digital media and, consequently, the increasing use of digital photography, it is necessary to create reliable measurement methods. In clinical practice, direct measurement using tape measure, ruler, and compass, is most commonly used. However, there are intrinsic (body contour) and extrinsic (patient collaboration or respiratory movements) factors that may influence the data obtained. Photography and graphics software can be an accurate, comfortable, and reproducible alternative to direct measurement. The objective is to demonstrate how to perform breast measurement using Adobe Photoshop software. METHODS: Participants were described the position to assume. Imaging capturing techniques and software calibration were performed in order to obtain the final breast measurement. Markers were placed on the breast and arms of 40 women volunteers aged 18 to 60 years using an anterior view. The union of these markers in each hemibody resulted in seven linear segments, one angle and one transverse segment common to both hemibodies. These photographs were evaluated as a RAW file, by 3 evaluators, assisted by Adobe Photoshop CS6® software. RESULTS: Photoshop CS6® proved effective in the breast measurement using RAW files. CONCLUSION: Photoshop® showed precision and effectiveness for breast measurement.

Keywords: Photogrammetry; Anthropometry; Software; Breast; Body weights and measures.

 

Nível de atividade física em mulheres mastectomizadas e submetidas a reconstrução mamária

Miguel Sabino Neto; João Ricardo Moreira; Vanessa Resende; Lydia Masako Ferreira
Rev. Bras. Cir. Plást. 2012;27(4):556-561 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: A prática regular de atividade física tem sido recomendada para prevenção e tratamento de doenças coronárias, diabetes melito e hipertensão arterial. Além de fator protetor, a atividade física após o diagnóstico de câncer de mama tem sido correlacionada a aumento da qualidade de vida e da sobrevida. O objetivo deste estudo é avaliar o nível de atividade física de mulheres mastectomizadas sem reconstrução mamária e de mulheres submetidas a reconstrução mamária pós-tratamento de câncer de mama. MÉTODO: A casuística foi composta por 2 grupos, um de mulheres mastectomizadas sem reconstrução mamária e outro de mulheres mastectomizadas e submetidas a reconstrução mamária pós-mastectomia, ambos com 18 pacientes. Todas as pacientes tinham idade entre 18 anos e 60 anos. Os critérios de exclusão foram: deficiência física, analfabetismo, vigência de tratamento de quimioterapia, radioterapia ou psiquiátrico, e tratamento cirúrgico realizado em período inferior a um ano. As voluntárias responderam ao Questionário Internacional de Atividade Física (IPAQ). A análise estatística foi realizada aplicando-se o teste qui-quadrado e o teste t de Student, tendo sido adotado o nível de significância de P < 0,05. RESULTADOS: No grupo de mulheres mastectomizadas sem reconstrução mamária, 16,7% eram muito ativas, 61,1% ativas e 22,2% insuficientemente ativas. No grupo de mulheres com a mama reconstruída, essas incidências foram de 55,6%, 33,3% e 11,1%, respectivamente. Houve diferença estatisticamente significante entre os grupos (P < 0,0001). CONCLUSÕES: O nível de atividade física entre as mulheres submetidas a reconstrução mamária é melhor que entre as mulheres mastectomizadas sem reconstrução mamária.

Palavras-chave: Mamoplastia. Neoplasias da mama. Qualidade de vida. Questionários.

 

ABSTRACT

BACKGROUND: Regular physical activity has been recommended for the prevention and treatment of coronary heart disease, diabetes mellitus, and hypertension. Besides being a protective factor against breast cancer, physical activity following the diagnosis of breast cancer has been associated with an improved quality of life and survival. The aim of this study was to assess levels of physical activity in women who had undergone mastectomy without breast reconstruction and in women who had undergone breast reconstruction after breast cancer treatment. METHODS: Two groups, each with 18 patients, comprised the patient series. One group comprised women who had undergone mastectomy without breast reconstruction, and the other group comprised women who had undergone mastectomy and breast reconstruction. All patients were aged between 18 and 60 years. The exclusion criteria were physical disability; illiteracy; ongoing chemotherapy, radiation therapy, or psychiatric therapy; and surgery performed within the previous 12 months. Study participants completed the International Physical Activity Questionnaire. Statistical analysis was performed by applying the chi-square and Student's t tests, adopting a significance level of P < 0.05. RESULTS: In the group of women who had undergone mastectomy without breast reconstruction, 16.7% were very active, 61.1% were active, and 22.2% were insufficiently active. In the group of women who had undergone mastectomy with breast reconstruction, 55.6% were very active, 33.3% were active, and 11.1% were insufficiently active. The difference between the groups was statistically significant (P < 0.0001). CONCLUSIONS: In this study, the level of physical activity among women who underwent breast reconstruction was higher than that among women who underwent mastectomy without breast reconstruction.

Keywords: Mammaplasty. Breast neoplasms. Quality of life. Questionnaires.

 

Qualidade de vida e autoestima de pacientes mastectomizadas submetidas ou não a reconstrução de mama

Vanessa Lacerda Alves Furlan; Miguel Sabino Neto; Luiz Eduardo Felipe Abla; Carlos Jorge Rocha Oliveira; Ana Claudia de Lima; Bruna Furtado de Olinda Ruiz; Lydia Masako Ferreira
Rev. Bras. Cir. Plást. 2013;28(2):264-269 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: O número de casos de câncer de mama vem crescendo abruptamente na população brasileira. Portanto a qualidade de vida (QV) e a autoestima são pautas importantes quando o assunto é abordado, visto que a retirada da mama pode causar grande impacto tanto psicológico como físico. Entretanto, com o avanço de técnicas cirúrgicas, a reconstrução de mama já é prática constante até mesmo no Sistema Único de Saúde (SUS). MÉTODO: Trata-se de um estudo qualitativo de caráter exploratório, que recrutou 22 voluntárias, divididas em dois grupos, de acordo com a cirurgia realizada. O grupo 1 (n = 11) foi formado por mulheres mastectomizadas e o grupo 2 (n = 11), por mulheres pós-reconstrução da mama. As voluntárias dos dois grupos responderam aos questionários de Rosenberg UNIFESP/EPM, EORTC QLQ-C30 e EVA. RESULTADOS: Os resultados sugerem que, em relação à qualidade de vida, quando se observa a função emocional, as voluntárias do grupo 1 apresentam pior média em relação ao grupo 2. Em relação à autoestima, não foi observada diferença estatisticamente significante entre os dois grupos; porém, quando considerada a idade, os resultados apresentam diferenças estatisticamente significantes. Quanto ao nível de dor, os grupos não apresentaram diferença estatisticamente significante. CONCLUSÕES: Os resultados obtidos revelam que mulheres que ainda não passaram pela reconstrução mamária possuem maior fragilidade emocional, porém novos estudos devem ser realizados para obtenção de valores estatisticamente mais relevantes.

Palavras-chave: Neoplasias da mama. Mastectomia. Mama/cirurgia. Qualidade de vida.

 

ABSTRACT

BACKGROUND: The number of breast cancer cases has sharply increased in the Brazilian population. Therefore, quality of life (QOL) and self-esteem (SE) are major causes of concern since removal of the breast can have substantial psychological and physical impacts. With the advancement of surgical techniques, however, breast reconstruction has become a standard procedure, even in the Brazilian Public Health System. METHODS: In this exploratory qualitative study, 22 recruited volunteers were divided into 2 groups: Group 1 (n = 11) consisted of women who underwent mastectomy, whereas Group 2 (n = 11) comprised women who underwent mastectomy plus breast reconstruction. All subjects completed the Rosenberg Universidade Federal de Sao Paulo/Escola Paulista de Medicina, European Organisation for Research and Treatment of Cancer Quality of Life Questionnaire-C30, and Visual Analogue Scale questionnaires. RESULTS: Group 1 subjects had a lower average emotional function than Group 2 subjects. No statistically significant difference between the two groups was observed in the SE; however, statistically significant differences were noted according to age. No differences in pain level were seen between groups. CONCLUSIONS: Women who did not undergo breast reconstruction were more emotionally fragile; however, further studies are required in an effort to obtain more statistically relevant values.

Keywords: Breast neoplasms. Mastectomy. Breast/surgery. Quality of life.

 

Tradução para a língua portuguesa, adaptação cultural e validação do Breast Evaluation Questionnaire

Lia Fleissig Ferreira; Miguel Sabino Neto; Mayara Mytzi de Aquino Silva; Vanessa Contato Lopes Resende; Lydia Masako Ferreira
Rev. Bras. Cir. Plást. 2013;28(2):270-275 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: Dados mensuráveis de resultados em cirurgia plástica são escassos. Nos últimos anos, instrumentos de medida de qualidade de vida vêm sendo utilizados em escala mundial. Não há instrumentos válidos e adaptados no Brasil para avaliar qualidade de vida especificamente para cirurgia das mamas. O objetivo deste estudo é traduzir para o português, adaptar culturalmente e validar o Breast Evaluation Questionnaire (BEQ 55) para uso no País. MÉTODO: Foram realizadas duas traduções e duas traduções reversas do instrumento, intercaladas por revisões de comitê multidisciplinar. A adaptação cultural foi feita com aplicação do questionário a grupos de 20 pacientes do ambulatório de cirurgia plástica, com modificações pertinentes para melhora do entendimento. Para testar a reprodutibilidade e a validade de construção, 20 pacientes foram entrevistados em duas ocasiões: na primeira, por entrevistadores diferentes, e na segunda (após 7 dias a 14 dias), por apenas um deles. Na primeira, foi aplicado também o Short-Form 36. RESULTADOS: Na adaptação cultural, foram modificadas todas as questões para facilitar o entendimento. Um novo grupo obteve boa compreensão de todas as questões. A consistência interna do instrumento variou de 0,931 a 0,936. O coeficiente de reprodutibilidade interobservador foi de 0,962 e o intraobservador, de 0,919. Apenas os domínios do SF-36 capacidade funcional, estado geral de saúde e aspectos emocionais tiveram correlação com o escore total do BEQ 55. CONCLUSÕES: O questionário foi traduzido e adaptado com sucesso, sendo a versão brasileira denominada Questionário de Avaliação das Mamas (BEQ-Brasil), e provou ser válido e reprodutível.

Palavras-chave: Mama/cirurgia. Qualidade de vida. Cirurgia plástica. Questionários.

 

ABSTRACT

BACKGROUND: Measurable data on plastic surgery outcomes are scarce. In recent years, questionnaires to measure quality of life have been used globally. In Brazil, there are no questionnaires validated and adapted in the Brazilian population that specifically assess quality of life after breast surgery. The aim of this study was to translate the Breast Evaluation Questionnaire (BEQ 55) into Portuguese, and culturally adapt and validate the translation for use in Brazil. METHODS: Two translations, two revisions by a multidisciplinary group, and two back translations of the questionnaire were performed. Cultural adaptation was performed by applying the questionnaire to groups of 20 patients from the plastic surgery outpatient clinic. The questionnaire included relevant modifications for better understanding of the questions. To test the questionnaire's reproducibility and validity, 20 patients were interviewed on two separate occasions. On the first occasion, they were interviewed by different interviewers, and on the second occasion (after 7 days and after 14 days), by only one. In addition, the Short-Form 36 was applied during the first interview. RESULTS: During cultural adaptation, questions were modified to facilitate the patients' understanding. A new group was tested to confirm that items were understood. Internal consistency of the questionnaire ranged between 0.931 and 0.936. The interobserver reproducibility coefficient was 0.962, and the intraobserver reproducibility coefficient was 0.919. Only the domains of the SF-36 regarding functional capacity, general health status, and emotional aspects correlated with the total score of the BEQ 55. CONCLUSIONS: The BEQ 55 questionnaire was successfully translated and adapted. The Brazilian version was called "Questionário de Avaliação das Mamas (BEQ-Brasil)" and was demonstrated to be valid and reproducible.

Keywords: Breast/surgery. Quality of life. Plastic surgery. Questionnaires.

 

Compreendendo a psicopatologia do transtorno dismórfico corporal de pacientes de cirurgia plástica: resumo da literatura

Maria José Azevedo de Brito; Fábio Xerfan Nahas; Táki Athanássios Cordás; Gabriel de Almeida Arruda Felix; Miguel Sabino Neto; Lydia Masako Ferreira
Rev. Bras. Cir. Plást. 2014;29(4):599-608 - Artigo de Revisão

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: Indivíduos com Transtorno Dismórfico Corporal (TDC) buscam a cirurgia estética para corrigir um defeito percebido. A prevalência de TDC entre pacientes de cirurgia plástica varia de 6% a 24%, podendo chegar a 53%. Recentemente, estudos foram realizados para identificar a fisiopatologia dos sintomas de TDC através de neuroimagem, assim como a relação entre TDC e outros transtornos (por exemplo, transtorno obsessivo-compulsivo, anorexia nervosa, ansiedade social, e transtorno de somatização), e para distinguir convicções delirantes de não-delirantes como uma expressão de um único transtorno mental com diferentes níveis de gravidade. Entretanto, estudos retrospectivos sugerem que pacientes com TDC não se beneficiam com cirurgia plástica. O objetivo deste artigo foi fornecer uma visão geral da pesquisa atual sobre TDC e identificar características psicopatológicas do TDC em pacientes de cirurgia plástica. MÉTODO: Realizou-se uma busca nas bases de dados PubMed e Embase cruzando as palavas-chave "cirurgia plástica" "cirurgia estética" e "transtorno dismórfico corporal". RESULTADOS: A prevalência de TDC é alta entre pacientes de cirurgia plástica. Não há estudos prospectivos sobre o impacto da cirurgia plástica em pacientes com TDC. CONCLUSÃO: TDC precisa ser adequadamente identificado na seleção de pacientes para cirurgia plástica a fim de otimizar a gestão de atendimento e a qualidade de vida de pacientes com TDC.

Palavras-chave: Cirurgia plástica; Transtornos dismórficos corporais; Imagem corporal; Transtornos de personalidade.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: Individuals with Body Dysmorphic Disorder (BDD) may seek cosmetic surgery to correct a perceived defect. BDD prevalences ranging from 6% to 24% and up to 53% have been reported among cosmetic surgery patients. Recent studies have been conducted to identify the pathophysiology of BDD symptoms using neuroimaging, as well as the relationship of BDD to other disorders (e.g., obsessive-compulsive disorder, anorexia nervosa, social anxiety, and somatization disorder), and means to distinguish delusional from non-delusional beliefs as an expression of a single mental disorder at different severity levels. Retrospective studies have however suggested that BDD patients do not benefit from cosmetic surgery. This paper aimed at providing an overview of the current research on BDD and identifying psychopathological characteristics of BDD in cosmetic surgery patients. METHODS: The PubMed and Embase databases were searched by crossing the keywords "plastic surgery", "aesthetic surgery" and "body dysmorphic disorder". RESULTS: The prevalence of BDD was high among cosmetic surgery patients. No prospective studies were found on the impact of cosmetic surgery on BDD patients. CONCLUSION: BDD needs to be adequately assessed during patient selection for cosmetic surgery to optimize the quality of care provided and the quality of life of patients with BDD.

Keywords: Plastic surgery, Body dysmorphic disorders, Body image, Personality disorders.

 

Hiperplasia estromal pseudoangiomatosa: caso raro em menina de 11 anos

Rafael Alves Tumeh; Miguel Sabino Neto; Ana Lúcia Cunha; Mayara Mytzi de Aquino Silva; Henrique Ribeiro de Paula; Lydia Masako Ferreira
Rev. Bras. Cir. Plást. 2017;32(2):295-298 - Relato de Caso

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

A Hiperplasia Estromal Pseudoangiomatosa (PASH) é uma doença benigna caracterizada pela proliferação excessiva de fibroblastos e miofibroblastos, podendo levar a um crescimento mamário importante. A apresentação é rara, em especial ocasionando necessidade de mastectomia em pacientes jovens. O estudo apresentou o relato de caso raro de uma paciente de 11 anos de idade, com hipertrofia mamária de rápida progressão, com necessidade de mastectomia e posteriormente mamoplastia de aumento para completa reinserção social.

Palavras-chave: Mama; Mamoplastia; Mastectomia; Criança.

 

ABSTRACT

Pseudoangiomatous stromal hyperplasia is a benign disease characterized by excessive proliferation of fibroblasts and myofibroblasts, which can lead to significant breast growth. The presentation is rare, especially among young women and cases requiring mastectomy. This report describes a rare case of an 11-year-old female patient with rapidly progressing mammary hypertrophy, who needed mastectomy and then mammoplasty for complete social integration.

Keywords: Breast; Mammoplasty; Mastectomy; Child

 

Impacto da mamoplastia redutora na sexualidade feminina

Mayara Mytzi de Aquino Silva; Vanessa Contato Lopes Resende; Daniela Francescato Veiga; Maria José Brito; Miguel Sabino Neto; Lydia Masako Ferreira
Rev. Bras. Cir. Plást. 2013;28(3 Suppl.1):52 - Tórax e Tronco

PDF Português

Função sexual e depressão em mulheres submetidas à reconstrução mamária imediata após tratamento cirúrgico conservador do câncer mamário

Camila Sayuri Hayashi; Mauricéia Costa Lins de Medeiros; Daniela Francescato Veiga; Luiz Eduardo Abla, Miguel Sabino Neto; Lydia Masako Ferreira
Rev. Bras. Cir. Plást. 2012;27(3 Suppl.1):52 - Tórax e Tronco

PDF Português

Atividade sexual em pacientes submetidas à mamoplastia de aumento

Camila Sayuri Hayashi; Fabiana Claudino Lage; Paulo Afonso Guimarães; Lauren Klas Iurk; Miguel Sabino Neto; Lydia Masako Ferreira
Rev. Bras. Cir. Plást. 2011;26(3 Suppl.1):62 - Tórax e Tronco

PDF Português PDF Inglês

Patrocinadores

Indexadores

Licença Creative Commons Todos os artigos científicos publicados em http://www.rbcp.org.br estão licenciados sob uma Licença Creative Commons