ISSN Online: 2177-1235 | ISSN Print: 1983-5175

Showing of 1 until 2 from 2 result(s)

Search for : Marcelo Tonding Ferreira

Scar quality assessment following transareolomammillary and inframammary augmentation mammaplasty: a prospective longitudinal study

Denis Souto Valente; Lauro Aita Carvalho; Marcelo Tonding Ferreira
Rev. Bras. Cir. Plást. 2011;26(1):81-86 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Introduction: Breast augmentation surgery has become one of the most common procedures in plastic surgery. It is almost entirely determined by 3 variables: location of the incision, pocket plane for implant placement, and type of implant. There is no evidence supporting the superiority of one combination of options over another. The aim of this prospective study was to compare the quality of the scars caused by inframammary and transareolomammillary augmentation mammaplasty in terms of surgeon and patient assessments. Methods: The study included women who underwent cosmetic breast augmentation surgery via inframammary and transareolomammillary incisions. The Patient and Observer Scar Assessment Scale was used for comparing the scar quality 1 year after the surgery. Results: Of 49 patients, 22 and 27 patients underwent primary augmentation mammaplasty via inframammary and transareolomammillary incisions, respectively. Their average follow-up period was 13 months. The transareolomammillary group had better patient assessment scores. However, the surgeon assessment scores of both groups were similar. Conclusions: According to the patients, transareolomammillary augmentation mammaplasty yielded better scar quality, but the surgeons noted no significant difference in scar quality between the inframammary and the transareolomammillary incisions. Additional studies involving a higher number of patients are required to confirm these results.

Keywords: Mammaplasty. Breast implants. Breast implantation. Silicone gels.

 

RESUMO

Introdução: O aumento das mamas se tornou um dos procedimentos mais realizados em Cirurgia Plástica. A cirurgia de aumento dos seios é quase inteiramente determinada por três variáveis: localização da incisão, plano de alocação da prótese e tipo de implante. Não há provas incontestáveis que apóiem a superioridade de uma combinação de opções sobre outra. O objetivo deste estudo é comparar, através da análise do cirurgião e das pacientes submetidas ao procedimento, a qualidade da cicatriz originada pela cirurgia de aumento mamário utilizando a via submamária e transareolomamilar. Método: Estudo longitudinal prospectivo para investigar pacientes submetidas a aumento mamário estético. Foi utilizada a Escala Paciente e Observador de Avaliação da Cicatriz para mensuração da qualidade cicatricial na revisão de um ano. Resultados: Quarenta e nove mulheres foram submetidas a mamoplastia de aumento primária por via inframamária (22 pessoas) ou abordagem transareolomamilar (27 pessoas), em um seguimento médio de 13 meses. O grupo transareolomamilar apresentou melhores resultados na avaliação do paciente. Entre os cirurgiões, a avaliação de ambos os grupos apresentou resultados semelhantes. Conclusões: Concluímos, com base nas escalas utilizadas e nos dados clínicos obtidos, que a via transareolomamilar demonstrou qualidade superior na avaliação de pacientes. Não houve diferença estatisticamente significativa entre as duas incisões na análise dos cirurgiões. Estudos adicionais envolvendo maior número de pacientes são necessários para comparar o resultado de cada uma das incisões avaliadas.

Palavras-chave: Mamoplastia. Implantes de mama. Implante mamário. Géis de silicone.

 

Redução estética de pequenos lábios utilizando ressecção piramidal central estendida

Denis Valente; Lauro Aita Carvalho; Rafaela Koehler Zanella; Marcelo Tonding Ferreira
Rev. Bras. Cir. Plást. 2012;27(3 Suppl.1):83 - Body and Chest

PDF Portuguese

Sponsors

Indexers

Licença Creative Commons All scientific articles published at www.rbcp.org.br are licensed under a Creative Commons license