ISSN Online: 2177-1235 | ISSN Impresso: 1983-5175

Mostrando de 1 até 7 de 7 resultado(s)

Busca por : Marcelo Moreira

Efeitos da Pentoxifilina e o Cloridrato de Buflomedil em Retalhos Randomizados em Ratos sob Influência da Nicotina

Paulo Roberto Leal, MD, TCBC, TSBCP, FACS, Marcela Caetano Cammarota, Juliano Sbalchiero, MD, TSBCP, Max Marques e Marques, Marcelo Moreira
Rev. Bras. Cir. Plást. 2004;19(3):37-42 - Artigos

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

São abundantes na literatura trabalhos que demonstraram os efeitos nocivos da nicotina na microcirculação, resultando em maior risco de isquemia de retalhos cutâneos. Na tentativa de reverter esses efeitos, foi desenvolvido um estudo experimental no qual foram testadas duas drogas: a pentoxifilina, que atua alterando a viscosidade sangüínea, e o buflomedil, que é uma substância vasoativa com ação na microcirculação. Após tratamento com nicotina durante 6 semanas, 40 ratos foram subdivididos em 4 grupos e operados para confecção de um retalho cutâneo dorsal randomizado. O grupo A não recebeu tratamento com as drogas. Os grupos B e C foram tratados no pós-operatório durante 7 dias com pentoxifilina e buflomedil, respectivamente. O grupo D, controle, recebeu apenas soro. Quando comparados, houve uma diferença significativa entre os grupos A e D (p< 0,05), mostrando uma participação efetiva da nicotina na ocorrência de necrose. Os grupos tratados com as drogas mostraram uma resposta clínica importante na melhora da sobrevida dos retalhos, entretanto esses valores não foram estatisticamente significantes (p>0,05). Concluímos que essas drogas mostram alguma efetividade na reversão dos efeitos causados pela nicotina, mas se faz necessário ampliar as amostras para obtermos resultados com significado estatístico.

Palavras-chave: Isquemia; necrose; nicotina; retalhos; tabagismo

 

ABSTRACT

Many reports in the literature show the harmful effects of nicotine on microcirculation, leading to increased risk of skin flap ischemia. In an attempt to reverse these effects, an experimental trial was carried out to test two drugs: pentoxifylline, whose action changes blood viscosity, and buflomedil, which is a vasoactive substance that acts on microcirculation. After a 6-week treatment with nicotine, 40 rats were subdivided into 4 groups and operated on to prepare a random dorsal skin flap. Group A was not treated with any of the drugs. Groups B and C were treated for 7 postoperative days with pentoxifylline and buflomedil, respectively. Group D, the control group, received only saline solution. VVhen compared, there was a significant difference between groups A and D (p< 0.05). We concluded that these drugs showed some effectiveness in the reversal of the effects caused by nicotine, but it would be necessary to have larger samples to achieve statistically significant results.

Keywords: Ischemia; necrosis; nicotine; flaps; smoking

 

Reconstrução microcirúrgica em cabeça e pescoço: análise retrospectiva de 60 retalhos livres

Ciro Paz Portinho; Juliano Carlos Sbalchiero; Marcelo Moreira Cardoso; Carlos Francisco Jungblut; Thiago Henrique Silva de Souza; Marcus Vinícius Martins Collares
Rev. Bras. Cir. Plást. 2013;28(3):434-443 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: A reconstrução microcirúrgica de cabeça e pescoço costuma ser a primeira indicação para grandes perdas teciduais. A equipe cirúrgica deve ter um arsenal de opções técnicas para qualquer dessas perdas. Além disso, é importante conhecer o manejo de cada complicação. O objetivo deste estudo é avaliar as condutas de reconstrução e as complicações de pacientes submetidos a reconstruções com retalhos livres. MÉTODO: Foi realizado estudo retrospectivo de pacientes com perda de substância em cabeça e pescoço, submetidos a reconstruções microcirúrgicas imediatas ou tardias, no período de março de 2010 a março de 2012. RESULTADOS: Foram analisados 60 pacientes que receberam retalhos livres, dos quais 31 (52,7%) eram mulheres e 39 (65%), caucasianos. As reconstruções foram imediatas em 65% dos casos. Os tumores malignos foram o diagnóstico mais comum, representando 86,7% dos casos. A frequência dos retalhos foi a seguinte: fíbula, em 36,7% dos casos; reto abdominal, em 23,3%; ântero-lateral da coxa, em 23,3%; antebraquial, em 11,7%; e grande dorsal, em 5%. O tempo cirúrgico médio foi de 8,6 ± 2,1 horas. O tempo de isquemia foi de 107,5 ± 27,6 minutos. Foram observadas complicações em 45% dos casos: deiscência em 18,3%, fístula salivar em 16,7%, infecção em 16,7%, óbito na primeira semana pós-operatória em 5%, e extrusão de material de síntese em 1,7%. Dos 60 retalhos, houve reintervenção em 20 (33,3%) e perda de 13 (21,7%) reconstruções. A trombose venosa foi a causa mais comum de reintervenção e de perda. Foram realizados 6 retalhos de resgate, 3 de peitoral pediculado e 3 de músculo grande dorsal, sendo 2 microcirúrgicos. CONCLUSÕES: Os retalhos microcirúrgicos têm grande importância em reconstrução de cabeça e pescoço, podem ser superiores aos pediculados na maioria das situações, e determinam, quando bem-sucedidos, diminuição da morbidade, aceleração da reabilitação e diminuição de custos.

Palavras-chave: Microcirurgia. Cabeça/cirurgia. Pescoço/cirurgia. Retalhos cirúrgicos.

 

ABSTRACT

BACKGROUND: The microsurgical reconstruction of the head and neck usually is the first indication for high tissue losses. The surgical team should have a hand full of technical options for any such loss. In addition, knowing how to manage each complication is important. The aim of this study was to evaluate possibilities of reconstruction and complications in patients submitted to reconstruction using free flaps. METHODS: A retrospective study of patients with loss of tissue in the head and neck, and submitted to immediate or delayed microsurgical reconstruction was performed between March 2010 and March 2012. RESULTS: Sixty patients that received free flaps, submitted to surgery between March 2010 and March 2012, were analyzed. Of these, 31 (52.7%) patients were women and 39 (65.0%) Caucasians. Immediate reconstructions were performed in 65% of the cases. Malignant tumours were the most common diagnoses, representing 86.7% of the cases. The frequency of the flaps was as follows: fibula in 36.7% of the cases, rectus abdominis in 23.3%, anterolateral thigh in 23.3%, antebrachial in 11.7%, and latissimus dorsi in 5%. The average operative time was 8.6 ± 2.1 hours. The ischemia period was 107.5 ± 27.6 minutes. Complications were observed in 45% of the cases: dehiscence in 18.3%, salivary fistula in 16.7%, infection in 16.7%, death during the first week after surgery in 5%, and extrusion of the synthesized material in 1.7%. Among the 60 flaps, a reintervention was required in 20 (33.3%), and the loss of 13 (21.7%) reconstructions occurred. The venous thrombosis was the main cause of reintervention and loss. Six salvage flaps were performed, three of the pectoralis pedicle and three of the latissimus dorsi muscle; two of the latter were microsurgeries. CONCLUSIONS: Microsurgical flaps are important in head and neck reconstructions; these can be better than the pediculated ones in most of the situations; when well succeeded, they promote a decrease of morbidity, a promotion of rehabilitation, and a decrease in costs.

Keywords: Microsurgery. Head/surgery. Neck/surgery. Surgical flaps.

 

Gluteoplastia de aumento: a importância do ensino na formação atual do residente frente à demanda crescente

Diogo Almeida Lima; Daniel Akira Minakami; Lucas Chagas Pereira; Maieve Corralo Grando; Ricardo Souza Cruz; André Ramalho Braga; Enéas Cardoso de Almeida Neto; Rodrigo Araújo Guimarães; Ronaldo Carrara de Almeida; Acrysio Peixoto de Souza Neto; Cristiam Machado Haesbaert; Márcio Grave; Ricardo Morgental Zambenedetti; Marcelo Moreira Cardoso; José Humberto Cardoso Resende
Rev. Bras. Cir. Plást. 2011;26(1):127-133 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Introdução: Frente ao aumento na demanda por gluteoplastia de aumento com implantes nos últimos anos, é importante que haja profissionais treinados e capacitados para realizar tal procedimento e suas associações com lipoaspiração/lipoenxertia, com o intuito final de melhorar o contorno do quadril. Método: Ao ver na residência médica o local de ensino apropriado para tal prática, elaboramos o estudo de 20 casos tratados por médicos residentes em treinamento sob supervisão, a fim de observar a aplicabilidade e exequibilidade do método e seus resultados. Resultados: Alcançamos melhoria do contorno glúteo em todos pacientes, o que foi corroborado pelo nível de satisfação elevado de 100% delas e pequena taxa de complicações, compatíveis com a literatura. Há certo receio no início do aprendizado, devido ao descolamento intramuscular às cegas, mas guiados por parâmetros técnicos e anatômicos precisos e sob supervisão qualificada, conseguiu-se a realização da cirurgia no plano intramuscular adequado, associando a lipoaspiração e lipoenxertia em alguns casos, o que proporcionou ótima cobertura do implante e resultados naturais no contorno final do quadril. Conclusão: O estudo demonstrou a grande aplicabilidade do ensino da gluteoplastia de aumento com implantes ao residente em formação, visto a necessidade de uma formação adequada, completa e segura, para atender à crescente demanda por implantes glúteos observada no mercado atual.

Palavras-chave: Nádegas/cirurgia. Implante de Prótese. Próteses e Implantes. Lipectomia.

 

ABSTRACT

Introduction: With the increasing demand for buttock augmentation with implants in recent years, it is important to have trained professionals who can perform this procedure and the associated liposuction/fat grafting to improve the hip contour of patients. Methods: In order to determine whether residency is the appropriate environment for practical learning of buttock augmentation with implants, we studied 20 cases treated by training resident practitioners under supervision. Results: Improved buttock contour was achieved in all patients. In addition, we observed a low complication rate, and 100% of the patients reported a high level of satisfaction. These results are consistent with the literature. A major challenge in learning this procedure is blind intramuscular detachment. The residents were carefully supervised and guided by precise anatomical and technical parameters. This enabled them to perform the surgery in the appropriate intramuscular plane, combining liposuction and fat grafting in some cases, resulting in excellent implant coverage and a natural hip contour. Conclusion: The study demonstrated the wide applicability of practical learning of buttock augmentation with implants among residents. We propose that it is necessary that practitioners have complete training in order to meet the current growing demand for buttock augmentation with implants.

Keywords: Buttocks/surgery. Prosthesis Implantation. Prostheses and Implants. Lipectomy.

 

Rotina de treinamento laboratorial em microcirurgia do Instituto Nacional do Câncer

Diogo Almeida Lima; Mário Sérgio Lomba Galvão; Marcelo Moreira Cardoso; Paulo Roberto de Albuquerque Leal
Rev. Bras. Cir. Plást. 2012;27(1):141-149 - Artigo Especial

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

A microcirurgia é uma técnica na qual se realiza cirurgia sob magnificação óptica em vasos de diâmetro < 3 mm. Jacobson e Suarez, em 1960, foram os primeiros a utilizar o termo microcirurgia para descrever anastomoses experimentais de vasos com calibre entre 1 mm e 2 mm, sendo a origem da moderna prática microvascular creditada a eles. Desde então, foram desenvolvidos e publicados diversos tipos de transferência microvascular de tecidos para reparo de grandes defeitos corporais e ocorreu intensa modernização do poder óptico e do design dos instrumentos. Apesar dessa evolução, a prática laboratorial é indispensável e permite ao cirurgião alcançar a habilidade necessária à realização da técnica de microanastomoses. Nesse contexto, este artigo apresenta a rotina de treinamento em microcirurgia realizada no Laboratório de Microcirurgia Experimental do Instituto Nacional do Câncer (Rio de Janeiro, RJ, Brasil).

Palavras-chave: Microcirurgia. Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos. Capacitação. Cirurgia plástica.

 

ABSTRACT

Microsurgery is a technique in which the surgery is performed under optical magnification in vessels with a diameter of less than 3 mm. In 1960, Jacobson and Suarez first used the term "microsurgery" to describe the experimental anastomosis of vessels with a caliber between 1 and 2 mm, which is considered as the origin of the modern microvascular practice. Since then, several types of microvascular tissue transfer techniques for the repair of large body defects have been developed and published, accompanied by significant advances in optical imaging technologies and instrument design. Despite this technical progress, laboratory practice is essential and enables the surgeon to acquire the ability to master the microanastomosis technique. The present study describes the microsurgery training program of the Laboratory of Experimental Microsurgery of the National Cancer Institute (Rio de Janeiro, RJ, Brazil).

Keywords: Microsurgery. Reconstructive surgical procedures. Training. Plastic surgery.

 

Ressecção e reconstrução mandibular: análise de 85 casos consecutivos

Ciro Paz Portinho, Bianca Maria Barros Ohana, Juliano Carlos Sbalchiero, Thiago Henrique Silva Souza, Marcelo Moreira Cardoso, Paulo Roberto Leal
Rev. Bras. Cir. Plást. 2010;25(3 Suppl.1):30 - Crânio, Face e Pescoço

PDF Português

Perfil das reconstruções microcirúrgicas no INCA: análise retrospectiva de 46 casos

Marcio Walace Santos Gomes; Mario Galvão; Marcelo Moreira; Brasil Caiado; Rodolfo Chedid; Guilherme Graziosi
Rev. Bras. Cir. Plást. 2012;27(3 Suppl.1):35 - Crânio, Face e Pescoço

PDF Português

Gluteoplastia de aumento: a importância do ensino na formação atual do residente frente à demanda crescente

Marcio Grave; Eneas Cardoso de Almeida Neto; Diogo Almeida Lima; Cristian Machado Haesbaert; Jairo Junior Casali; Marcelo Moreira Cardoso
Rev. Bras. Cir. Plást. 2011;26(3 Suppl.1):80 - Tórax e Tronco

PDF Português PDF Inglês

Patrocinadores

Indexadores

Licença Creative Commons Todos os artigos científicos publicados em http://www.rbcp.org.br estão licenciados sob uma Licença Creative Commons