ISSN Online: 2177-1235 | ISSN Impresso: 1983-5175

Mostrando de 1 até 2 de 2 resultado(s)

Busca por : Maieve Corralo Grando

Dermolipectomia em âncora após cirurgia bariátrica: complicações e índice de satisfação dos pacientes

Maieve Corralo Grando
Rev. Bras. Cir. Plást. 2015;30(4):515-521 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: A obesidade é considerada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) a principal pandemia do século. A obesidade mórbida tem como um de seus tratamentos mais efetivos a cirurgia bariátrica, e muitos pacientes necessitarão de cirurgia plástica reparadora após grandes emagrecimentos. Dentre as cirurgias em ex-obesos, a mais associada a complicações é a dermolipectomia. O propósito deste estudo foi mostrar a experiência do autor na dermolipectomia em âncora após grande emagrecimento, enfocando as complicações e a satisfação do paciente. MÉTODOS: Revisamos 40 prontuários de pacientes operados entre setembro de 2011 e abril de 2013, cinco deles não foram localizados e, por isso, excluídos do estudo. Foi solicitado que pontuassem de 1 a 4, sendo 1 (insatisfeito), 2 (pouco satisfeito), 3 (satisfeito), 4 (muito satisfeito). Consideramos as complicações trans e pós-operatórias, tempo cirúrgico, permanência hospitalar, tempo com dreno, idade e gênero. Foi realizada análise estatística dos dados, assim como estatística descritiva. RESULTADOS: Nosso estudo avaliou 35 pacientes, apenas um era homem (2,85%), a idade variou de 27 a 68 anos (média 41,25 anos), o peso pré-operatório variou de 58 a 108 kg (média de 73,6 kg), 94,28% dos pacientes sentiam-se satisfeitos (pontuação 3 e 4). A principal complicação foi o seroma 28,5%, seguida pela cicatriz hipertrófica (17,14%), nenhuma complicação maior foi verificada. O tempo médio do procedimento cirúrgico foi de 103 minutos (75-140 minutos). Alta ocorreu com 24h de internação hospitalar. CONCLUSÃO: A dermolipectomia em âncora é um método seguro e efetivo para o contorno corporal do ex-obeso.

Palavras-chave: Abdominoplastia; Cirurgia bariátrica; Complicações pós-operatórias; Satisfação do paciente.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: Obesity is designated by the World Health Organization (WHO) as the major pandemic of this century. Bariatric surgery is one of the most effective treatments of morbid obesity, since most patients are submitted to reconstructive plastic surgery after major weight loss. Among the surgeries carried out in the formerly obese, dermolipectomy is the procedure that is mostly associated with complications after surgery. The aim of this study was to report the experience of the author in performing anchor dermolipectomy after major weight loss, focusing on complications and patient satisfaction rate. METHODS: The medical records of 40 patients operated between September 2011 and April 2013 were reviewed in the study. Five patients were excluded from the study, since they could not be found. The patients were asked to score their satisfaction from 1 to 4, where 1 means dissatisfied, 2 poorly satisfied, 3 satisfied, and 4 very satisfied. Trans and post-operative complications, surgical time, hospital stay, drainage time, age, and gender were considered in the study. The data obtained were submitted to a statistical analysis and descriptive statistics. RESULTS: Among the 35 patients evaluated in our study, only one was male (2.85%). The age varied between 27 and 68 years (average age of 41.25 years). The preoperative weight varied from 58 to 108 kg (average of 73.6 kg); 94.28% of the patients declared themselves as satisfied (score 3 and 4). The main complication was the occurrence of seroma (28.5%), followed by hypertrophic scar (17.14%). No major complication was observed. The average surgical time was 103 minutes (75-140 minutes). The patient was discharged 24 hours after hospital admission. CONCLUSION: Anchor dermolipectomy is a safe and effective body contouring procedure to be carried out in the formerly obese.

Keywords: Abdominoplasty; Bariatric surgery; Postoperative complications; Patient satisfaction.

 

Gluteoplastia de aumento: a importância do ensino na formação atual do residente frente à demanda crescente

Diogo Almeida Lima; Daniel Akira Minakami; Lucas Chagas Pereira; Maieve Corralo Grando; Ricardo Souza Cruz; André Ramalho Braga; Enéas Cardoso de Almeida Neto; Rodrigo Araújo Guimarães; Ronaldo Carrara de Almeida; Acrysio Peixoto de Souza Neto; Cristiam Machado Haesbaert; Márcio Grave; Ricardo Morgental Zambenedetti; Marcelo Moreira Cardoso; José Humberto Cardoso Resende
Rev. Bras. Cir. Plást. 2011;26(1):127-133 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Introdução: Frente ao aumento na demanda por gluteoplastia de aumento com implantes nos últimos anos, é importante que haja profissionais treinados e capacitados para realizar tal procedimento e suas associações com lipoaspiração/lipoenxertia, com o intuito final de melhorar o contorno do quadril. Método: Ao ver na residência médica o local de ensino apropriado para tal prática, elaboramos o estudo de 20 casos tratados por médicos residentes em treinamento sob supervisão, a fim de observar a aplicabilidade e exequibilidade do método e seus resultados. Resultados: Alcançamos melhoria do contorno glúteo em todos pacientes, o que foi corroborado pelo nível de satisfação elevado de 100% delas e pequena taxa de complicações, compatíveis com a literatura. Há certo receio no início do aprendizado, devido ao descolamento intramuscular às cegas, mas guiados por parâmetros técnicos e anatômicos precisos e sob supervisão qualificada, conseguiu-se a realização da cirurgia no plano intramuscular adequado, associando a lipoaspiração e lipoenxertia em alguns casos, o que proporcionou ótima cobertura do implante e resultados naturais no contorno final do quadril. Conclusão: O estudo demonstrou a grande aplicabilidade do ensino da gluteoplastia de aumento com implantes ao residente em formação, visto a necessidade de uma formação adequada, completa e segura, para atender à crescente demanda por implantes glúteos observada no mercado atual.

Palavras-chave: Nádegas/cirurgia. Implante de Prótese. Próteses e Implantes. Lipectomia.

 

ABSTRACT

Introduction: With the increasing demand for buttock augmentation with implants in recent years, it is important to have trained professionals who can perform this procedure and the associated liposuction/fat grafting to improve the hip contour of patients. Methods: In order to determine whether residency is the appropriate environment for practical learning of buttock augmentation with implants, we studied 20 cases treated by training resident practitioners under supervision. Results: Improved buttock contour was achieved in all patients. In addition, we observed a low complication rate, and 100% of the patients reported a high level of satisfaction. These results are consistent with the literature. A major challenge in learning this procedure is blind intramuscular detachment. The residents were carefully supervised and guided by precise anatomical and technical parameters. This enabled them to perform the surgery in the appropriate intramuscular plane, combining liposuction and fat grafting in some cases, resulting in excellent implant coverage and a natural hip contour. Conclusion: The study demonstrated the wide applicability of practical learning of buttock augmentation with implants among residents. We propose that it is necessary that practitioners have complete training in order to meet the current growing demand for buttock augmentation with implants.

Keywords: Buttocks/surgery. Prosthesis Implantation. Prostheses and Implants. Lipectomy.

 

Patrocinadores

Indexadores

Licença Creative Commons Todos os artigos científicos publicados em http://www.rbcp.org.br estão licenciados sob uma Licença Creative Commons