ISSN Online: 2177-1235 | ISSN Impresso: 1983-5175

Mostrando de 1 até 2 de 2 resultado(s)

Busca por : Luiz Philipe Molina Vana

Uso de matriz dérmica associado com o curativo por pressão negativa na abordagem da contratura em pacientes queimados

Johnny Leandro Conduta Borda Aldunate; Luiz Philipe Molina Vana; Carlos Fontana; Marcus Castro Ferreira
Rev. Bras. Cir. Plást. 2012;27(3):369-373 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: O aperfeiçoamento no tratamento inicial do paciente queimado, por meio da reposição volêmica e, principalmente, com excisão e enxertia precoce das lesões, resultou em profundo impacto na evolução dos indivíduos queimados, ocorrendo aumento da taxa de sobrevida. Com a maior sobrevida desses pacientes surgiu um novo desafio para a cirurgia reparadora, o tratamento das sequelas de queimaduras, principalmente compostas pelas contraturas. O objetivo deste estudo é demonstrar o uso da matriz dérmica artificial associado a terapia por pressão negativa no tratamento de sequelas de queimaduras. MÉTODO: Foram selecionados 10 pacientes com contratura por queimadura. Os pacientes selecionados foram submetidos a liberação da contratura cicatricial e colocação de matriz dérmica artificial (Integra®), conforme técnica padrão, e curativo por pressão negativa para cobertura. A cada 5 dias, foram realizadas trocas do curativo até completar período de 3 semanas a 4 semanas. Após esse período, o leito foi submetido a enxertia de pele. Os pacientes foram questionados, no pré e pós-operatório, quanto a sua satisfação com os aspectos estético e funcional da região abordada. RESULTADOS: Houve integração de cerca de 98% da matriz de regeneração dérmica na área em que a contratura foi ressecada. Também ocorreu integração de aproximadamente 85% dos enxertos utilizados. Todos os pacientes abordados referiram significativa melhora estética e, principalmente, funcional da região abordada. CONCLUSÕES: O uso da matriz de regeneração dérmica associado a terapia por pressão negativa promove maior taxa de sucesso na abordagem da contratura cicatricial, proporcionando melhor resultado tanto funcional como estético nos pacientes com sequelas graves de queimadura.

Palavras-chave: Contratura. Queimaduras. Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos/métodos.

 

ABSTRACT

BACKGROUND: Burn patients are initially treated with volume replacement and, importantly, subsequent excision and early grafting of their injuries. These first aid measures improve the progress and survival rates of burned individuals. However, this treatment creates a new challenge in reparative surgery with regard to the management of burn sequelae, which mainly include contractures. In this study, we aimed to assess the effect of artificial dermal matrix application and negative pressure therapy on the treatment of burn sequelae. METHODS: Ten patients with burn contractures were selected for this study and underwent scar contracture release, wound coverage with an artificial dermal matrix (Integra®), and negative pressure dressing according to the standard procedures. Dressing changes were performed every 5 days for 3-4 weeks. A skin graft was then laid on the wound bed. In the pre- and postoperative period, the patients were asked to rate their satisfaction with the aesthetic and functional aspects of the treated region. RESULTS: In the areas in which the contractures were resected, integration of almost 98% of the dermal regeneration matrix was observed. Also integration was observed in 85% of the grafts used. All the patients reported a significant aesthetic and, in particular, functional improvement of the treated region. CONCLUSIONS: The use of dermal regeneration matrix and negative pressure therapy for the treatment of scar contractures improves the success rate and the aesthetic and functional outcomes of patients with severe burn sequelae.

Keywords: Contracture. Burns. Reconstructive surgical procedures/methods.

 

Reconstrução do complexo areolomamilar da mama queimada com retalho trilobado autonomizado

Luiz Philipe Molina Vana; Carlos Fontana; Juliana Reis; David Souza Gomez; Rolf Gemperli
Rev. Bras. Cir. Plást. 2015;30(1):38-43 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO A reconstrução do complexo areolomamilar é a fase final da reconstrução mamária. As técnicas de reconstrução do mamilo mais utilizadas são com retalhos locais ou enxertos. A utilização destas técnicas em mamas que sofreram queimaduras apresenta resultados indesejados, em decorrência da menor vascularização da pele lesada. O objetivo deste trabalho foi avaliar a utilização do retalho trilobado autonomizado na reconstrução do mamilo em mamas queimadas. MÉTODOS: Oito pacientes do sexo feminino tiveram seus mamilos reconstruídas em dois tempos cirúrgicos. RESULTADOS: Não ocorreram complicações, como necrose, deiscência, perda completa da projeção do novo mamilo ou infecção. A projeção média ao término da cirurgia foi de 15,25 mm e, após seis meses de reconstrução, foi de 3 mm, permanecendo estável. Todas as pacientes ficaram satisfeitas com os resultados. CONCLUSÃO: Concluímos que a autonomização deu segurança à reconstrução do mamilo em mamas queimadas e manteve projeção mínima satisfatória do mamilo reconstruído.

Palavras-chave: Mama queimada; Reconstrução de mamilo; Sequela de mama.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION Reconstruction of the nipple-areola complex is the final stage of breast reconstruction. The most common nipple reconstruction techniques use local flaps or grafts. However, these techniques in cases of burns produce undesirable outcomes due to the decreased vascularization of damaged skin. The objective of this work was to evaluate the use of the autonomized star flap in the nipple reconstruction of burned breasts. METHODS: Nipples were reconstructed in eight female patients in two surgeries each. RESULTS: There were no complications such as necrosis, dehiscence, complete loss of projection of the new nipple, or infection. The mean projection at the end of surgery was 15.25 mm; 6 months after reconstruction, it was 3 mm, showing stability. All patients were satisfied with their results. CONCLUSION: We conclude that autonomization leads to safe reconstruction of the nipple on burned breasts and maintains a satisfactory minimal projection of the reconstructed nipple.

Keywords: Burned breast; Nipple reconstruction; Breast sequelae.

 

Patrocinadores

Indexadores

Licença Creative Commons Todos os artigos científicos publicados em http://www.rbcp.org.br estão licenciados sob uma Licença Creative Commons