ISSN Online: 2177-1235 | ISSN Print: 1983-5175

Showing of 1 until 2 from 2 result(s)

Search for : Lucas Tomkowski Cancian

Cutaneous approach in toxic epidermal necrolysis

Francisco Carlos Santos Neto; Pedro Salomão Piccinini; Jean Miguel Andary; Lucas Dal Pozzo Sartori; Lucas Tomkowski Cancian; Carlos Oscar Uebel; Milton Paulo de Oliveira
Rev. Bras. Cir. Plást. 2017;32(1):128-134 - Review Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

INTRODUCTION: Toxic epidermal necrolysis is a severe acute mucocutaneous condition usually induced by drugs associated with a high rate of morbidity and mortality. The care of the mucous lesions and skin and a multidisciplinary approach are very important for the prognosis and future sequelae. OBJECTIVES: To discuss the main aspects of this syndrome through a literature review illustrated by a clinical case. Methods: Review of the literature using the PubMed and SciELO online databases was performed. Articles in English, Portuguese, French, and Spanish were included and illustrated with a pediatric clinical case. The keywords used were as follows: "toxic epidermal necrolysis," "Stevens-Johnson overlap," "necrólise epidérmica tóxica," and "síndrome Stevens-Johnson." RESULTS: We presented data to guide the management of patients with toxic epidermal necrolysis for plastic surgeons, pediatricians, intensivists, dermatologists, and emergency physicians. The case treated had a favorable disease course without sequelae. CONCLUSION: A high level of suspicion is necessary for an adequate diagnosis and risk stratification, and early support measures and treatment should be performed by a multidisciplinary team trained to minimize damage and mortality.

Keywords: Dermatology; Exanthema; Stevens-Johnson Syndrome; Surgical Procedures; Child.

 

RESUMO

INTRODUÇÃO: Necrólise epidérmica tóxica é uma erupção mucocutânea aguda grave, geralmente induzida por medicamentos, associada a alta taxa de morbidade e mortalidade. Os cuidados com as lesões mucosas e cutâneas e a abordagem multidisciplinar são muito importantes para o prognóstico e sequelas futuras. OBJETIVOS: Discutir os principais aspectos dessa síndrome por meio da revisão de literatura, ilustrada por um caso clínico. MÉTODOS: Revisão de literatura utilizando bases de dados on-line PubMed e Scielo. Incluímos artigos em língua inglesa, portuguesa, francesa e espanhola, e ilustração com caso clínico pediátrico. Termos procurados foram "toxic epidermal necrolysis", "Stevens-Johnson overlap", ''necrólise epidérmica tóxica'', ''síndrome Stevens-Johnson''. RESULTADOS: Apresentamos dados para guiar o manejo de pacientes com necrólise epidérmica tóxica para cirurgiões plásticos, pediatras, intensivistas, dermatologistas e emergencistas. O caso tratado teve evolução favorável, sem sequelas cutâneas. CONCLUSÃO: O alto nível de suspeição é imprescindível para um diagnóstico e estratificação de risco adequados e instituição precoce de medidas de suporte, e o tratamento deve ser realizado por uma equipe multidisciplinar treinada para reduzir sequelas e mortalidade.

Palavras-chave: Dermatologia; Exantema; Síndrome de Stevens-Johnson; Procedimentos cirúrgicos operatórios; Criança.

 

Cobertura de úlcera de pressão em região sacral com retalho de avanço em V-Y bilateral

ANDRÉ VALIENTE NECTOUX; MARCELO LOPES DIAS KOLLING; BIANCA ZANETTE DE ALBUQUERQUE; PEDRO RIVERA FERNANDES SEVERO; LUCAS TOMKOWSKI CANCIAN; DOUGLAS WESTPHAL
Rev. Bras. Cir. Plást. 2019;34(Suppl.3):83-85 - Articles

PDF Portuguese

RESUMO

Introdução: A úlcera de pressão é uma condição frequente em pacientes restritos ao leito. O objetivo deste estudo é apresentar o resultado do tratamento cirúrgico de uma escara sacral, onde foi realizado retalho fasciocutâneo em V-Y bilateral, discutindo as opções terapêuticas disponíveis para úlcera de pressão e as vantagens do tratamento realizado.
Relato de caso: Paciente do sexo masculino, 70 anos de idade, portador de adenocarcinoma de pulmão, apresentava úlcera de pressão em região sacral. Foi submetido à cobertura da ferida por meio do retalho fasciocutâneo de aproximação. A evolução pós-operatória foi favorável, não havendo complicações ou intercorrências.
Discussão: A técnica relatada apresentou uma boa opção com resultado satisfatório para a cobertura de úlcera sacral.

Palavras-chave: Úlcera por pressão; Retalhos cirúrgicos; Região sacrococcígea

 

Support

Indexers

Licença Creative Commons All scientific articles published at www.rbcp.org.br are licensed under a Creative Commons license