ISSN Online: 2177-1235 | ISSN Impresso: 1983-5175

Mostrando de 1 até 1 de 1 resultado(s)

Busca por : Leonardo Maciel Ribeiro de Brito

Rinofima: opções cirúrgicas utilizadas no Serviço de Cirurgia Plástica do Hospital Agamenon Magalhães - PE

Thiago Campos Costa; Wood Allen Almeida Firme; Leonardo Maciel Ribeiro de Brito; Maurício Beltrão Gama Vieira; Luiz Alberto de Sousa Leite
Rev. Bras. Cir. Plást. 2010;25(4):633-636 - Artigo Original

PDF Português

RESUMO

Introdução: A rinofima é uma inflamação crônica dos tecidos do nariz com acometimento de cor, textura e vascularização, apresentando crescimento exofítico irregular e telangiectasias. Objetivo: Levantar dados epidemiológicos de pacientes portadores de rinofima e avaliar os resultados dos diversos tratamentos para esta patologia realizados no Serviço de Cirurgia Plástica do Hospital Agamenon Magalhães (HAM), Recife, PE, Brasil, comparando-os com os tratamentos descritos na literatura. Método: Estudo retrospectivo, baseado na análise de prontuários de 28 pacientes submetidos a tratamento do rinofima, entre março de 2002 e março de 2010. Resultados: A média de idade dos pacientes foi 50,1 anos, sendo 72,72% do sexo masculino e 17,28% do sexo feminino. O tratamento mais utilizado foi associação de decorticação/ dermoabrasão e eletrocoagulação, em 96% dos casos. Foram observadas as seguintes complicações: 1 caso de hipopigmentação, 2 de hiperpigmentação e 1 de cicatriz inestética. Em 3 casos, houve necessidade de mais de uma cirurgia para complementação do tratamento. Nenhum caso de câncer foi verificado nas peças cirúrgicas. O grau de satisfação dos pacientes foi de 100%. Conclusões: A rinofima é uma doença que possui tratamento simples e eficaz, com excelentes resultados cosméticos.

Palavras-chave: Rinofima. Nariz/lesões. Doenças nasais. Cirurgia plástica.

 

ABSTRACT

Introduction: Rhinophyma is a chronic inflammation of the nose with involvement of color, texture and vascularization, with irregular exophytic growth and telangiectasia. Objective: To analyze epidemiological data of patients with rhinophyma and evaluate the results of various treatments for this disease at the Service of Plastic Surgery of Hospital Agamenon Magalhães, Recife, PE, Brasil, comparing them with the treatments described in the literature. Methods: A retrospective study using analysis of medical records of 28 patients undergoing treatment of rhinophyma, between March 2002 and March 2010. Results: The average patient age was 50.1 years, with 72.72% male and 17.28% female. The most common treatment was an association of decortication/ dermabrasion and electrocoagulation, in 96% of cases. Complications observed: one case of hypopigmentation, two cases of hyperpigmentation and one case of unsightly scar. In three cases, there was need for more surgery to completion of treatment. No cancer was found on surgical specimens. The degree of patient satisfaction was 100%. Conclusion: Rhinophyma is a disease that has simple and effective treatment with excellent cosmetic results.

Keywords: Rhinophyma. Nose/injuries. Nose diseases. Plastic surgery.

 

Patrocinadores

Indexadores

Licença Creative Commons Todos os artigos científicos publicados em http://www.rbcp.org.br estão licenciados sob uma Licença Creative Commons