ISSN Online: 2177-1235 | ISSN Impresso: 1983-5175

Mostrando de 1 até 11 de 11 resultado(s)

Busca por : LEONARDO DAVID PIRES BARCELOS

Reconstrução mamária em mulheres jovens e suas peculiaridades

Marcela Caetano Cammarota; Gabriel Campelo dos Santos; José Carlos Daher; Bruno Peixoto Esteves; Leonardo David Pires Barcelos; Daniel Augusto dos Santos Soares; Ismar Ribeiro Junior; Milena Carvalho Almeida Aldino; Fabrício Tavares Mendonça
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(1):3-11 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: O objetivo do trabalho foi avaliar as principais características e métodos utilizados na reconstrução mamária de mulheres jovens, considerando suas peculiaridades. MÉTODOS: Foi realizada uma revisão retrospectiva dos prontuários das pacientes submetidas à mastectomia seguida de reconstrução mamária no período de janeiro de 2008 a dezembro de 2015, sendo selecionados aqueles cuja reconstrução foi realizada em mulheres de até 40 anos de idade. RESULTADOS: 43 pacientes foram selecionadas. A média de idade foi de 33,86 anos. Grande parte possuía alguma comorbidade, sendo as mais comuns o sobrepeso e o transtorno ansioso/depressivo. Quatorze pacientes tinham história familiar da doença. A maioria obteve o diagnóstico de carcinoma ductal invasor. Tratamentos oncológicos complementares foram realizados em grande parte dos casos. Todas as pacientes foram submetidas à mastectomia total na mama portadora da neoplasia, sendo que em 16 houve a opção pela mastectomia redutora de risco contralateral. Do total de 43 reconstruções, 36 foram imediatas e 7 tardias; sendo 17 reconstruídos com implantes mamários, 13 com expansores teciduais, 4 com TRAM e 9 com GD. Houve 15 complicações, sendo as mais graves um caso de infecção com perda da reconstrução e um caso de necrose de aréola. CONCLUSÕES: Mulheres jovens submetidas à reconstrução mamária representam um subgrupo populacional com características próprias. Os padrões tumorais, pessoais e sociais diferem e, com base nesta imensa lista de variáveis, as possibilidades de tratamento são diversas. Em nossa casuística, o emprego de implantes mamários e expansores teciduais foi realizado com maior frequência neste subgrupo de pacientes.

Palavras-chave: Neoplasias da mama; Mastectomia; Mastectomia radical; Adulto jovem; Mamoplastia; Complicações pós-operatórias.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: To evaluate the main features and methods used in breast reconstruction in young women considering their unique characteristics. METHODS: A retrospective records review of patients who underwent mastectomy followed by breast reconstruction between January 2008 and December 2015 was conducted, selecting those reconstructions that were performed in women younger than 40 years. RESULTS: Forty-three patients were selected. The average age was 33.86 years. Many had some comorbidities, the most common being overweight and anxiety/depressive disorder. Fourteen patients had a family history of the disease. Most were diagnosed with invasive ductal carcinoma. Additional cancer treatments were administered in most cases. All patients underwent a full mastectomy in the breast with cancer, and in 16, there was the option of contralateral risk-reducing mastectomy. Of the 43 reconstructions, 36 were immediate and 7 were delayed, and 17 involved use of implants, 13 involved use of tissue expanders, 4 involved the TRAM, and 9 involved the GD. We observed 15 complications; the most severe were infection with reconstruction loss in one patient and areola necrosis in another. CONCLUSIONS: Young women undergoing breast reconstruction represent a population subgroup with its own characteristics. The tumors and personal and social patterns differ, and based on this long list of variables, treatment options are diverse. In our series, breast implants and tissue expanders were often most used.

Keywords: Breast neoplasms; Mastectomy; Mastectomy, radical; Young adult; Mammaplasty; Postoperative complications.

 

Bichectomia e sua contribuição para harmonia facial

CESAR AUGUSTO DAHER CEVA FARIA; RONAN CAPUTI SILVA DIAS; AMANDA COSTA CAMPOS; JOSÉ CARLOS DAHER; RAFAEL SABINO CAETANO COSTA; LEONARDO DAVID PIRES BARCELOS
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(4):446-452 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Introdução: O tecido gorduroso bucal foi descrito pela primeira vez em 1732, por Heister. Em 1802, Bichat diagnosticou sua natureza adiposa. Há uma estreita relação entre a gordura bucal e músculos da mastigação, auxiliando os lactentes na sucção do leite por atuar com um tecido de deslizamento. Sua projeção diminui com o aumento da idade, tanto pela redução discreta de seu volume quanto pelo crescimento facial. A bichectomia ou bichatectomia é o procedimento cirúrgico que visa remover a "bola gordurosa de Bichat", com fins estéticos e/ ou funcionais. O objetivo é demonstrar que a bichectomia é um procedimento de baixo risco cirúrgico e com bons resultados, desde que seja bem indicada e siga os padrões técnicos, respeitando a anatomia das estruturas faciais.
Métodos: Estudo prospectivo de coorte, realizado entre janeiro de 2016 e abril de 2018, totalizando 59 pacientes, com média de idade de 31 anos. O tempo de seguimento foi de 12 a 26 meses.
Resultados: Foram avaliados 59 pacientes, com média de idade de 31 anos, sendo 46 do sexo feminino e 13 do sexo masculino. Todos os pacientes receberam alta no mesmo dia. Em média, foram retirados 3,2ml de volume da gordura de Bichat.
Conclusão: A retirada de porções das gorduras de Bichat é segura, desde que sejam observados os detalhes anatômicos. Pode oferecer maior harmonia entre os três terços da face. O sucesso dos resultados depende de uma indicação precisa para o procedimento.

Palavras-chave: Cirurgia bucal; Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos; Boca; Gorduras; Assimetria facial

 

ABSTRACT

Introduction: Buccal fat removal was described for the first time by Heister in 1732. In 1802, Bichat identified the adipose nature of this tissue. There is a close association between buccal fat and masticatory muscles, which helps infants suck owing to the sliding motion of the tissues. Its prominence diminishes with age, both through modest reduction in volume and facial growth. Bichectomy or bichatectomy is a surgical procedure that involves extraction of Bichat's fat pad for aesthetic and/or functional purposes. This study aimed to show that bichectomy is a low-risk surgical procedure with good results, provided it is appropriately indicated and is performed following technical standards according to the anatomy of the facial structures.
Methods: This prospective cohort study was conducted between January 2016 and April 2018 and included 59 patients with a mean age of 31 years. The follow-up time was 12-26 months.
Results: Of 59 patients, 46 were female, and 13 were male. All patients underwent same-day surgery. On average, 3.2 mL of fat was removed.
Conclusion: Removal of Bichat's fat according to anatomical principles is safe. This technique can improve facial harmony. Success depends on application of appropriate techniques.

Keywords: Mouth surgery; Reconstructive surgical procedures; Mouth; Fats; Facial asymmetry

 

Reconstrução mamária com o retalho miocutâneo do grande dorsal e implantes: avaliação de estratégias adotadas para melhoria dos resultados e avaliação de satisfação pelo Breast-Q

LEONARDO DAVID PIRES BARCELOS; JEFFERSON DI LAMARTINE GALDINO AMARAL; JOSE CARLOS DAHER; LEONARDO MARTINS COSTA DAHER; JULDASIO GALDINO DE OLIVEIRA; GABRIEL CAMPELO DOS SANTOS; AMANDA COSTA CAMPOS; RONAN CAPUTI SILVA DIAS
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(4):453-462 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Introdução: O trabalho descreve 14 anos em reconstrução mamária com o retalho miocutâneo do grande dorsal (RGD) e implantes mamários. O objetivo é delinear experiência com o RGD e implantes mamários, programações das ilhas de pele e detalhes da dissecção, transposição de retalho e colocação do implante sob dupla camada muscular, estratégias para minimizar os danos na área doadora, estratégias de simetrização mamária e reconstrução do complexo areolopapilar, associado a avaliação do questionário Breast-Q.
Métodos: Foi realizada revisão de prontuários entre abril de 2003 a junho de 2017.
Resultados: No período 76 pacientes foram reconstruídas com o RGD, com idade média de 50,09 anos, sendo 11 bilaterais, 34 mama direita e 31 mama esquerda. 41 imediatas, 22 tardias e 13 de resgate. A média de satisfação foi 72,36% por meio do Breast-Q.
Conclusão: Concluímos e comprovamos com o questionário do Breast-Q que a indicação precisa aliada a técnica de reconstrução proposta com plano duplo subpeitoral associada a cobertura do RDG, propicia uma loja mais segura, diminuído o índice de rippling.

Palavras-chave: Neoplasias da mama; Inquéritos e questionários; Retalho miocutâneo; Resultado do tratamento; Implantes de mamas

 

ABSTRACT

Introduction: The paper describes a 14-year experience with breast reconstruction using a latissimus dorsi myocutaneous flap (LDMF) and breast implants. The objective was to delineate the experience with LDMF and breast implants, skin island schedules and dissection details, flap transposition and placement of the implant under a double layer, strategies to minimize damage in the donor area, and strategies of breast symmetry and reconstruction of the nipple-areola complex, in association with evaluation using the Breast-Q questionnaire.
Methods: A review of medical records was performed between April 2003 and June 2017.
Results: In the period, 76 patients with a mean age of 50.09 years underwent reconstruction with a LDMF, which was bilateral in 11, for the right breast in 34, for the left breast in 31, immediate in 41, late in 22, and for rescue in 13.
Conclusion: We conclude and verified with the Breast-Q questionnaire that with a precise indication, the proposed reconstruction technique with a double subpectoral plane and coverage with a LDMF is safer with a lower complication rate.

Keywords: Breast neoplasms; Surveys and questionnaires; Myocutaneous flap; Treatment outcome; Breast implants

 

Reconstrução mamária com loja de retalho retropeitoral superior e subcutâneo misto inferior

Ognev Meireles Cosac; Ismar Ribeiro; Luciano Gomes Moura; Daniel Augusto dos Santos Soares; Leonardo Martins Costa Daher; Milena Carvalho Almeida Galdino; Gabriel Campelo dos Santos; Leonardo David Pires Barcelos; Pablo Juarez Calieron; Marcus Vinicius Serra de Oliveira; Lucas Correia Evangelista
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(2):166-173 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Introdução: Segundo dados do Instituto Nacional de Câncer (INCA) de 2016, estima-se em 57.960 novos casos de câncer de mama no Brasil, o que corresponde a 25% dentre todos os tipos de cânceres no país (excluindo-se os tumores de pele não melanoma). O presente artigo visa apresentar uma forma de abordagem para as reconstruções mamárias imediatas com loja retropeitoral superior e subcutânea mista inferior.
Métodos: Os autores descrevem da técnica de reconstrução mamária com retalho do músculo peitoral e pedículo cutâneo inferior, associado à inclusão de implante mamário de silicone. Foi realizada análise retrospectiva de prontuários das pacientes operadas entre os anos 2012 e 2016 no Serviço de Cirurgia Plástica da clínica privada do autor sênior, no Hospital Daher e no Hospital das Forças Armadas.
Resultados: Os resultados são satisfatórios, com baixos índices de complicações e com satisfação elevada para os pacientes e os autores. Trinta e seis pacientes foram submetidas à reconstrução mamária com a técnica descrita, com média de idade de 59 anos. As complicações apresentadas foram necrose de complexo areolopapilar, deiscência, seroma, hematoma, liponecrose, deslocamento do implante e trombose venosa profunda. Nenhuma paciente teve necessidade de resgate da reconstrução ou apresentou recidiva da neoplasia mamária durante o período do estudo.
Conclusão: Trata-se de técnica que preserva a pele da mama em sua parte inferior, com baixa possibilidade de deiscência ou extrusão do implante nesta região, proporcionando uma dupla proteção deste implante com o músculo peitoral maior nos dois terços superiores e o retalho cutâneo-dermogorduroso no terço inferior, caracterizando um "dual-plane".

Palavras-chave: Mastectomia; Neoplasias da mama; Mamoplastia

 

ABSTRACT

Introduction: A total of 57,960 new cases of breast cancer were expected in Brazil in 2016 according to data from the National Cancer Institute, corresponding to 25% of cancers in the country (excluding non-melanoma skin tumors). This study aims at presenting a surgical approach for immediate breast reconstructions with upper retropectoral and lower mixed subcutaneous cavities.
Methods: The authors performed breast reconstruction using flaps of the pectoral muscle and inferior cutaneous pedicle associated with insertion of silicone breast implants. The medical records of patients operated between 2012 and 2016 at the Plastic Surgery Service of the senior author's private clinic at Daher Hospital and Armed Forces Hospital were retrospectively analyzed.
Results: The results were satisfactory, with low complication rates and high patient and author satisfaction. Thirty-six patients, with a mean age of 59 years, underwent breast reconstruction using the described technique. The complications were nipple-areola complex necrosis, dehiscence, seroma, hematoma, liponecrosis, implant displacement, and deep venous thrombosis. No patient needed salvage surgery or had recurrence of mammary neoplasia during the study period.
Conclusion: The present technique preserves the skin located at the lower portion of the breast, with a low risk of dehiscence or extrusion of the implant in this region, providing a double protection of the implant, with the pectoralis major muscle in the upper two thirds and the cutaneous-dermis-fat flap in the lower third, characterizing a "dual-plane" positioning.

Keywords: Mastectomy; Breast neoplasms; Mammoplasty

 

Avaliação prospectiva das repercussões no perfil lipídico das cirurgias que envolvem lipoaspiração e dermolipectomias

LEONARDO DAVID PIRES BARCELOS; JEFFERSON DI LAMARTINE GALDINO AMARAL; MARINA BORGATTO; GABRIEL CAMPELO DOS-SANTOS; AMANDA COSTA CAMPOS; RONAN CAPUTI SILVA DIAS; JULDASIO GALDINO DE OLIVEIRA
Rev. Bras. Cir. Plást. 2019;34(1):31-37 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Introdução: Lipoaspiração associada a dermolipectomias é o procedimento cirúrgico mais comumente realizado em cirurgia plástica. Apesar de ser considerada uma cirurgia extremamente segura, algumas considerações devem ser levantadas a respeito dos possíveis efeitos metabólicos que essas cirurgias possam causar. O desenvolvimento da técnica tumescente de lipoaspiração permitiu a remoção de grande quantidade de gordura de modo mais seguro. O objetivo é comparar as variações do perfil lipídico em pós-operatório precoce e tardio de pacientes submetidos à lipoaspiração e dermolipectomias.
Métodos: Entre outubro de 2006 e junho de 2012, 40 pacientes do sexo feminino candidatas a cirurgias que envolviam lipoaspiração e dermolipectomias foram acompanhadas prospectivamente e o perfil lipídico foi analisado por meio de exames no pré-operatório e no pós-operatório. As cirurgias realizadas foram: mamoplastia + lipoaspiração, abdominoplastia + lipoaspiração e lipoabdominoplastia + mamoplastia.
Resultados: Das 40 pacientes que foram acompanhadas no estudo, 20 pacientes do sexo feminino foram selecionadas (após a aplicação dos critérios de exclusão). Em consonância com nosso estudo, Cazes, em 1996, demonstrou que após 12 meses de pós-operatório de lipoabdominoplastia não houve alteração do perfil lipídico das pacientes.
Conclusão: Após análise pré- e pós-operatória de 20 pacientes, observamos que não há alterações estatísticas significantes em relação ao perfil lipídico com tendência de equilíbrio das aferições em um ano em patamares próximos aos observados no pré-operatório.

Palavras-chave: Transtornos do metabolismo dos lipídeos; Lipídeo A; Abdominoplastia; Lipectomia; Triglicerídeos

 

ABSTRACT

Introduction: Liposuction associated with dermolipectomies is the most commonly performed surgical procedure in plastic surgery. Although regarded as an extremely safe surgery, some considerations must be taken on the possible metabolic effects of these surgeries. The development of the tumescent technique in liposuction allowed the safer removal of large amounts of fat. The objective is to compare lipid profile variations in the early and late postoperative period in patients undergoing liposuction and dermolipectomies.
Methods: Between October 2006 and June 2012, 40 female patients who were candidates for surgeries involving liposuction and dermolipectomies were prospectively followed, and the lipid profile was analyzed through preoperative and postoperative examinations. The surgeries performed were mammoplasty + liposuction, abdominoplasty + liposuction, and lipoabdominoplasty + mammoplasty.
Results: Of the 40 female patients who were followed, 20 were selected (after applying the exclusion criteria). In agreement with our study, in 1996, Cazes showed that there were no changes in the lipid profile of patients 12 months after lipoabdominoplasty.
Conclusion: After a preoperative and postoperative analysis of 20 patients, it was observed that there were no statistically significant changes in the lipid profile and that the measurements after 1 year were close to those obtained in the preoperative period.

Keywords: Lipid metabolism disorders; Lipid A; Abdominoplasty; Lipectomy; Triglycerides

 

Percepção dos internos de uma faculdade de medicina sobre o câncer de mama e reconstrução mamária

Leonardo David Pires Barcelos; Diogo Borges Pedroso; Valter Simões Deperon; José Rodrigues Nava; Gabriel Campelo dos Santos; Daniel Augusto dos Santos Soares
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(2):174-180 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Introdução: O câncer de mama é o tipo mais comum entre as mulheres no mundo e no Brasil, depois do câncer de pele não melanoma. O objetivo é avaliar a percepção dos estudantes de medicina sobre o câncer de mama e reconstrução mamária.
Métodos: Trata-se de estudo transversal piloto composto por alunos do 5º e 6º ano de curso de medicina, realizado de maio de 2016.
Resultados: Foi questionado se há possibilidade de reconstrução mamária após a mastectomia, sendo que de forma unânime 100% foi sim. Para melhor caracterização, foi perguntado se a reconstrução pode ser feita no mesmo momento da mastectomia, 69 (57,5%) estudantes marcaram sim e 51 (42,5%) negaram. Em análise aos conhecimentos cirúrgicos, foi perguntado se os mesmos conhecem alguma técnica de reconstrução mamária, sendo que 49 (40,83%) responderam que sim e 71 (59,16%) negaram conhecer. Em relação ao encaminhamento à especialidade médica mais preparada para acompanhar e realizar a reconstrução mamária, 93 (77,5%) discentes elegeram a cirurgia plástica e 26 (21,66%) a mastologia. Quanto à possibilidade de reconstrução de mama em pacientes que farão radioterapia adjuvante, 66 (55%) responderam sim, 51 (42,5%) não e 3 (2,5%) não souberam responder. Quanto a esta possibilidade mesmo em pacientes com implantes de silicone, 59 (49,16%) responderam sim, 3 (2,5%) responderam não e 58 (48,33%) afirmaram não saber sobre o assunto.
Conclusão: Observou-se que a Mastologia vem ganhando espaço na reconstrução de mama, inclusive no meio acadêmico, devido ao alto percentual de resposta de que a mesma seria mais preparada do que a Cirurgia Plástica para reconstrução mamária.

Palavras-chave: Neoplasias inflamatórias mamárias; Mamoplastia; Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos; Mastectomia segmentar; Prevenção de doenças

 

ABSTRACT

Introduction: Breast cancer is the most common type of cancer among women in the world and in Brazil, after non-melanoma skin cancer. Our objective was to evaluate the medical students' perception of breast cancer and breast reconstruction.
Methods: This is a cross-sectional pilot study composed of students from the fifth and sixth year of medical school, in May 2016.
Results: We questioned whether there is a possibility of breast reconstruction after mastectomy, and the response was unanimous (100%). For a better characterization, we asked if the reconstruction could be done at the same time as the mastectomy, and 69 (57.5%) students said yes and 51 (42.5%) denied. In the analysis of surgical knowledge, we asked whether they knew any breast reconstruction technique, and 49 (40.83%) answered yes and 71 (59.16%) denied knowing. With regard to referral to a medical specialist who was better prepared to follow and perform breast reconstruction, 93 (77.5%) students chose plastic surgery and 26 (21.66%) chose mastology. Regarding the possibility of breast reconstruction in patients who need to undergo adjuvant radiotherapy, 66 (55%) answered yes, 51 (42.5%) did not answer, and three (2.5%) did not know how to respond. Regarding this possibility in patients with silicone implants, 59 (49.16%) answered yes, three (2.5%) answered no, and 58 (48.33%) said they did not know about the subject.
Conclusion: We conclude that mastology has been gaining immense interest in the field of breast reconstruction, including in the academic world, based on the high percentage of respondents who stated that they are better prepared for this procedure than for plastic surgery for breast reconstruction.

Keywords: Inflammatory breast neoplasms; Mammaplasty; Reconstructive surgical procedures; Mastectomy, segmental; Disease prevention

 

Alternativa técnica para tratamento de esteatonecrose em mama: descrição e resultados

LEONARDO DAVID PIRES BARCELOS; OGNEV MEIRELES COZAC; MARCELA CAETANO CAMMAROTA; LEONARDO MARTINS COSTA DAHER; MILENA CARVALHO ALMEIDA GALDINO; ISMAR RIBEIRO
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(3):312-316 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Introdução: Este trabalho descreve e apresenta os resultados de uma técnica alternativa para tratamento da esteatonecrose, a lipoaspiração com cânula específica, com bons resultados observados no exame físico e de imagem. A esteatonecrose é uma complicação que ocorre com alguma frequência nas cirurgias mamárias, principalmente nas reconstruções mamárias, nas cirurgias conservadoras ou TRAM, caracterizando-se, inicialmente, por endurecimento de uma região, que evolui para uma nodulação de tamanhos variados, em qualquer região mamária, com cistos oleosos e fibrose, que traduz uma preocupação constante por parte das pacientes, do oncologista, do mastologista e do cirurgião plástico devido à ocorrência de recidiva tumoral.
Método: Foi realizada uma revisão retrospectiva dos prontuários das pacientes submetidas a procedimentos nas mamas, seja reconstrução ou estética, e evoluíram com esteatonecrose, sendo submetidas ao tratamento com lipoaspiração, inspirada na técnica de perfuração óssea para tratamento de necrose óssea, realizado por ortopedistas.
Resultados: No período englobado, 8 pacientes foram selecionadas. A idade média foi de 56 anos. Grande parte possuía alguma deformidade na mama acometida, sendo o cisto oleoso o mais comum - 5 pacientes (62,5%). 75% possuíam história de neoplasia mamária.
Conclusão: A individualização do paciente é a chave para o sucesso do tratamento da esteatonecrose e uma ferramenta essencial para atender às expectativas e anseios da paciente após essa complicação. Cada técnica tem suas indicações, vantagens e limitações, que devem ser amplamente discutidas com o paciente visando o melhor resultado possível.

Palavras-chave: Necrose gordurosa; Implantes de mama; Mamoplastia; Neoplasias da mama; Mastectomia segmentar

 

ABSTRACT

Introduction: This work describes and presents the results of an alternative technique for treating steatonecrosis by liposuction using a specific cannula, with good physical and imaging results. Steatonecrosis is a complication that frequently occurs during mammary surgeries, especially during mammary reconstructions and in conservative surgery or TRAM. Steatonecrosis is characterized initially by hardening of the tissue that may develop into nodules of different sizes in any mammary region with oily cysts and fibrosis; consequently, steatonecrosis is a constant concern for patients, oncologists, breast cancer specialists, and plastic surgeons due to the possibility of tumor recurrence.
Method: A retrospective review of the medical records of the patients undergoing procedures related to the breast, either reconstructive or aesthetic, was performed. Patients who developed steatonecrosis and were treated by liposuction, similar to the bone drilling technique performed by orthopedic surgeons for the treatment of bone necrosis, were included in the study.
Results: Eight patients from the study period reviewed were selected. The mean age was 56 years. Most of the patients showed deformity in the affected breast, with oily cysts, reported in 5 patients (62.5%), being the most common deformity. Breast cancer history was reported for 75% of the patients.
Conclusion: The individualization of the patient is the key to successful treatment of steatonecrosis and an essential tool to satisfy the expectations and desires of the patient after this complication. Each technique has its indications, advantages and limitations, which should be thoroughly discussed with the patient to obtain the best possible result.

Keywords: Fat necrosis; Breast implants; Mammaplasty; Breast neoplasms; Mastectomy, segmental

 

Cirurgia pós-bariátrica: seis cirurgias em dois tempos

JOSÉ CARLOS DAHER; AMANDA COSTA CAMPOS; MARCELA CAETANO CAMMAROTA; BRUNO ESTEVES PEIXOTO; GABRIEL CAMPELO DOS-SANTOS; LEONARDO DAVID PIRES BARCELOS; RONAN CAPUTI SILVA DIAS; LEONARDO MARTINS COSTA DAHER
Rev. Bras. Cir. Plást. 2019;34(2):218-227 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Introdução: Redução ponderal conseguida após cirurgia bariátrica pode resultar em deformidades de diversos segmentos corporais. Necessidade da redução das sobras de pele e da remodelação do corpo faz com que a cirurgia do contorno corporal seja procurada por pacientes para melhorar a qualidade de vida. Objetivo do estudo é apresentar a rotina de cirurgia plástica pós-bariátrica do Hospital Daher.
Métodos: Estudo observacional longitudinal retrospectivo. Como rotina, dividimos os procedimentos em duas etapas realizadas em atos operatórios distintos: princípio dos dois andares. Descrevemos a rotina dos cuidados pré, intra e pós-operatório, bem como detalhes das técnicas cirúrgicas. Imagens fotográficas foram analisadas por um avaliador externo.
Resultados: Estudo composto 13 pacientes ex-obesos, média de idade de 44 anos. Seis pacientes foram submetidos a cirurgia do andar inferior e superior e outros 6 apenas do andar inferior. Tempo médio da cirurgia do andar inferior foi de 4 horas e 54 minutos e do andar superior foi de 4 horas e 5 minutos. 92,30% dos pacientes mostraram-se satisfeitos com o resultado. Avaliação externa revelou uma taxa de 92,30% dos casos classificados como bons ou ótimos.
Conclusão: Abdominoplastia circunferencial traz grandes benefícios e as cirurgias complementares são primordiais para um resultado satisfatório. Redução do tempo cirúrgico exige grande sincronização da equipe cirúrgica, permitindo realizar procedimentos combinados por times cirúrgicos trabalhando em compartimentos corporais diferentes, em tempo simultâneo. Resultados satisfatórios obtidos e baixos índices de complicação possibilitam aplicabilidade da nossa rotina em pacientes pós-bariátricos.

Palavras-chave: Cirurgia plástica; Cirurgia bariátrica; Obesidade; Protocolos; Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos

 

ABSTRACT

Introduction: Weight reduction achieved after bariatric surgery can result in deformities of various parts of the body. The need for reduction of leftover skin and body remodeling makes patients seek body contouring surgery to improve their quality of life. The aim of the study was to present a protocol for post-bariatric plastic surgery at Daher Hospital.
Methods: This was a retrospective longitudinal observational study. As routine protocol, we divided the procedures into two steps, performed in different surgical stages, which we termed the two-level principle. Herein we describe the routine of pre, intra, and postoperative care, as well as details of the surgical techniques. Photographic images were analyzed by an external evaluator.
Results: The study included 13 ex-obese patients, with a mean age of 44 years. Of them, 6 patients underwent lower- and upper-level surgeries and another 6 underwent lower-level surgeries. The mean surgical time for the lower level was 4 hours and 54 minutes and that for the upper level was 4 hours and 5 minutes. A total of 92.30% of the patients were satisfied with the results. An external evaluator classified 92.30% of the cases as good or great.
Conclusion: Circumferential abdominoplasty has immense benefits and complementary surgeries are vital for a satisfactory result. Reduction of the surgical time requires great synchronization of the surgical team, which allows procedures to be performed simultaneously by multiple surgical teams working in different body parts. Satisfactory results and low complication rates allow the applicability of our routine in post-bariatric patients.

Keywords: Plastic surgery; Bariatric surgery; Obesity; Protocols; Reconstructive Surgical Procedures

 

Qualidade de vida e resultado estético após mastectomia e reconstrução mamária

MARCELA CAETANO CAMMAROTA; AMANDA COSTA CAMPOS; CESAR AUGUSTO DAHER CEVA FARIA; GABRIEL CAMPELO DOS-SANTOS; LEONARDO DAVID PIRES BARCELOS; RONAN CAPUTI SILVA DIAS; FABRÍCIO TAVARES MENDONÇA; JOSE CARLOS DAHER
Rev. Bras. Cir. Plást. 2019;34(1):45-57 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Introdução: Em decorrência do aumento na incidência de câncer de mama, a procura pela reconstrução mamária vem crescendo, juntamente com a preocupação em relação à satisfação e à qualidade de vida das pacientes. Mastectomia pode ser vivenciada de modo traumático, sendo considerada mutilação, afetando autoestima e estabilidade emocional. O questionário BREAST-Q® foi validado internacionalmente e formulado para avaliação pré e pós-operatória da qualidade de vida relacionada à reconstrução mamária. O objetivo do estudo é avaliar a qualidade de vida e satisfação com o resultado estético das pacientes submetidas à reconstrução mamária com implantes, comparando o período anterior com o período posterior à reconstrução mamária.
Métodos: Realizado estudo observacional longitudinal retrospectivo por meio da revisão de prontuários de pacientes submetidas à reconstrução mamária com uso de implantes de silicone ou de expansor de tecido no período de janeiro de 2014 a dezembro de 2016, associado a estudo transversal por meio da aplicação do questionário Breast-Q® e avaliação do resultado estético após análise fotográfica pré e pós-operatória.
Resultados: Foram selecionadas 74 pacientes que foram submetidas à reconstrução mamária com implantes (79,7% com prótese de silicone e 20,3% com expansor); 95,94% das reconstruções foram imediatas e não houve predomínio quanto à lateralidade. Obtivemos significância estatística tanto no domínio satisfação com a mama quanto no domínio bem-estar físico. A maioria dos casos foram considerados satisfatórios pelo avaliador externo.
Conclusão: A qualidade de vida das pacientes no período posterior à reconstrução mamária com implantes mamários é superior em relação ao período anterior ao procedimento cirúrgico.

Palavras-chave: Neoplasias da mama; Implante de prótese; Qualidade de vida; Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos; Mastectomia

 

ABSTRACT

Introduction: Due to the increased incidence of breast cancer, the demand for breast reconstruction has been increasing, along with concerns regarding the satisfaction and quality of life of the patients. Mastectomy can be a traumatic experience, especially when it is perceived as a mutilation, which can impact self-esteem and emotional stability. The BREAST-Q® questionnaire was internationally validated and formulated for the pre- and postoperative assessment of quality of life related to breast reconstruction. This study aimed to evaluate quality of life and aesthetic result satisfaction in patients who underwent breast reconstruction with implants by comparing the period after breast reconstruction with the period before.
Method: A retrospective longitudinal observational study was carried out by reviewing the charts of patients who underwent breast reconstruction using silicone or tissue expander implants from January 2014 to December 2016, in association with a cross-sectional study of the Breast-Q® questionnaire and an evaluation of aesthetic results based on photographic analysis before and after surgery.
Results: We selected 74 patients who underwent breast reconstruction with implants (79.7% with silicone prostheses and 20.3% with expanders); 95.94% of the reconstructions were immediate, and no particular laterality predominated. We obtained statistical significance in the domains of both breast satisfaction and physical well-being. Most cases were considered satisfactory by the external evaluator.
Conclusion: The patients' quality of life in the period after breast reconstruction with breast implants was superior to that in the period prior to the procedure.

Keywords: Breast neoplasms; Prostheses and implants; Quality of life; Surgery, Plastic; Mastectomy

 

Umbilicoplastia por incisão vertical: descrição da técnica e avaliação da satisfação

Diogo Borges Pedroso; Daniel Augusto dos Santos Soares; Marcela Caetano Cammarota; Leonardo Martins Costa Daher; Milena Carvalho Almeida Galdino; Gabriel Campelo dos Santos; Leonardo David Pires Barcelos; José Carlos Daher
Rev. Bras. Cir. Plást. 2017;32(4):534-540 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: O abdome é um segmento estético-funcional importante na caracterização do contorno corporal. Na abdominoplastia, o posicionamento e o formato da cicatriz umbilical são importantes para um resultado satisfatório. Este estudo teve como objetivo descrever a técnica de onfaloplastia vertical, bem como apresentar os resultados obtidos. MÉTODOS: Estudo longitudinal retrospectivo descritivo composto por pacientes submetidos à onfaloplastia vertical durante a abdominoplastia clássica no período de 2014 a 2017. A técnica consistiu em uma incisão linear vertical transcutânea sem retirada de fuso de pele e com mínimo desengorduramento da parede ao redor do umbigo, seguida da confecção de um ponto na porção lateral do pedículo umbilical, transfixante, permitindo sua invaginação e fixação rente à aponeurose do reto abdominal. RESULTADOS: Do total de 128 pacientes avaliados, a faixa etária variou de 25 a 62 anos, com média de 32 anos. O tempo médio do ato operatório foi de 2 horas e 33 minutos. Não foram observadas complicações cirúrgicas como hematoma ou necrose do retalho abdominal. Foram observados 2 casos de deiscências, 4 casos de cicatriz hipertrófica, com 2 evoluindo para estenose umbilical e 1 caso de necrose umbilical. No seguimento ambulatorial 92,2% dos pacientes mostraram-se muito satisfeitos com o resultado final obtido. A análise técnica apresentou um grau de satisfação de 88,8% dos casos. CONCLUSÃO: A técnica descrita apresenta resultados satisfatórios, diminui a possibilidade do surgimento do anel cicatricial e permite minimizar um dos estigmas da abdominoplastia, que é uma cicatriz umbilical muito visível.

Palavras-chave: Umbigo; Abdominoplastia; Satisfação do paciente; Cicatriz hipertrófica; Abdome.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: The abdomen is an important aesthetic functional segment in the characterization of the body contour. In abdominoplasty, the placement and shape of the umbilical scar are important for a satisfactory result. This study aimed to describe the technique of vertical omphaloplasty and to present the results obtained. METHODS: Retrospective longitudinal descriptive study composed of patients who underwent vertical omphaloplasty during classic abdominoplasty between 2014 and 2017. The technique consists of a vertical transcutaneous incision without removal of the skin spindle and with minimal degreasing of the wall around the umbilicus, followed by the transfixing a point in the lateral portion of the umbilical pedicle, allowing its invagination and fixation close to the aponeurosis of the rectus abdominis. RESULTS: In the 128 patients evaluated, the patients' age ranged from 25 to 62 years, with a mean of 32 years. The mean time of surgery was 2 h and 33 min. No surgical complications occurred, such as hematoma or abdominal flap necrosis. Two cases of dehiscence, four cases of hypertrophic scar, two cases of stenosis, and one case of umbilical necrosis were observed. In outpatient follow-up, 92.2% of the patients were very satisfied with the final result. The technical analysis presented an 88% degree of satisfaction. CONCLUSION: The technique described presents satisfactory results, reduces the possibility of the appearance of a cicatricial ring, and allows minimizing one of the stigmas of abdominoplasty, which is a very visible umbilical scar.

Keywords: Umbilicus; Abdominoplasty; Patient satisfaction; Cicatrix, hypertrophic; Abdomen.

 

Retalho de cartilagem alar para projeção da ponta nasal

JOSÉ CARLOS DAHER; MILENA CARVALHO ALMEIDA GALDINO; LUCIANO GOMES MOURA; LEONARDO MARTINS COSTA DAHER; ISMAR RIBEIRO; GABRIEL CAMPELO DOS SANTOS; LEONARDO DAVID PIRES BARCELOS; CESAR AUGUSTO DAHER CEVA FARIA
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(3):374-381 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Introduction: The nasal tip is a frequent object of study by surgeons, since it is a common reason for pre- and postoperative complaints. Thus, the tip should be thoroughly evaluated to determine the best technique to be used. The objective is to demonstrate an original alar cartilage flap technique for projection of the nasal tip, performed alone or in combination with other procedures for the same purpose.
Method: A retrospective cross-sectional study of 22 patients submitted to open rhinoplasty with use of the alar flap to project the nasal tip.
Results: A total of 22 open rhinoplasties were performed on primary bulbous, fatty, and under-projected tips. Among the patients in the study, 90% were black and 2% were white; 72.7% reported a high degree of satisfaction with the operation, 18.1% considered the result very good, and 9.2% considered the result acceptable. There were no complications/reoperations.
Conclusion: The alar cartilage flap for projection of the nasal tip is simple to perform and can be considered an excellent supplemental method for use in treatment of the black nose.

Palavras-chave: Rinoplastia; Projeção; Cartilagens nasais; Nariz; Retalhos cirúrgicos

 

ABSTRACT

Introduction: The nasal tip is a frequent object of study by surgeons, since it is a common reason for pre- and postoperative complaints. Thus, the tip should be thoroughly evaluated to determine the best technique to be used. The objective is to demonstrate an original alar cartilage flap technique for projection of the nasal tip, performed alone or in combination with other procedures for the same purpose.
Method: A retrospective cross-sectional study of 22 patients submitted to open rhinoplasty with use of the alar flap to project the nasal tip.
Results: A total of 22 open rhinoplasties were performed on primary bulbous, fatty, and under-projected tips. Among the patients in the study, 90% were black and 2% were white; 72.7% reported a high degree of satisfaction with the operation, 18.1% considered the result very good, and 9.2% considered the result acceptable. There were no complications/reoperations.
Conclusion: The alar cartilage flap for projection of the nasal tip is simple to perform and can be considered an excellent supplemental method for use in treatment of the black nose.

Keywords: Rhinoplasty; Projection; Nasal cartilage; Nose; Surgical flaps

 

Patrocinadores

Indexadores

Licença Creative Commons Todos os artigos científicos publicados em http://www.rbcp.org.br estão licenciados sob uma Licença Creative Commons