ISSN Online: 2177-1235 | ISSN Impresso: 1983-5175

Mostrando de 1 até 17 de 17 resultado(s)

Busca por : Juliano Carlos Sbalchiero

Acompanhamento a Longo Prazo de Carcinomas Basocelulares com Margens Comprometidas

Telma Carolina Ritter de Gregorio, Juliano Carlos Sbalchiero, Paulo Roberto de Albuquerque Leal
Rev. Bras. Cir. Plást. 2005;20(1):8-11 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

O câncer cutâneo é a malignidade mais freqüente, com incidência crescente nas últimas décadas. O achado de margens positivas após a ressecção inicial não é incomum, e seu manejo adequado ainda é bastante controverso. Procurou-se identificar e analisar os casos com ressecções incompletas no Instituto Nacional de Câncer, no ano de 1997, de forma a avaliar a conduta adotada e o porcentual de recidiva em um seguimento de cinco anos. Foram operados no serviço 853 casos de carcinoma basocelular, com 87 (10,2%) pacientes com margens comprometidas. A principal conduta adotada foi o acompanhamento clínico em 87% dos casos. O índice de recidiva foi de 36%, sobretudo em pacientes com tumores maiores de 2cm e do subtipo histológico esclerodermiforme. O tempo médio de seguimento foi de 43 meses. Este trabalho reforça que o acompanhamento clínico é uma conduta adequada em casos devidamente selecionados, na medida em que estabelece que recidivas ocorrem em até 1/3 dos casos também na população nacional, e que é possível o acompanhamento a longo prazo em uma instituição pública, como observado nesta série.

Palavras-chave: Carcinoma basocelular, recidiva. Neoplasias cutâneas. Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos. Cirurgia plástica

 

ABSTRACT

Cutaneous cancer is the most frequent malignancy with increasing rate seen over the last decades. Incomplete initial resection seen in histopathologic specimens is not uncommon and the appropriate approach to these cases is still very controversial. This study identified and analyzed cases of incomplete resection in the Instituto Nacional de Câncer in 1997, aiming at evaluating the conduct adopted and the percentage of relapse over a 5-year follow-up period. In the service, 853 patients with basal cellular carcinoma were surgically treated and 87 cases of incomplete resection (10.2%) were identified. The main adopted conduct was clinical follow-up in 87% of the cases. The index of recurrence was 36%, mainly affecting patients with tumors of greater than 2 cm in size and of the sclerodermiform histologic subtype. The mean follow-up time was 43 months. This work suggests that clinical follow-up is an adequate conduct in duly selected cases, as reoccurrence also occurs in up to 1/3 of the cases in the national population and that long-term followup is possible even in public institutions, as was seen in this series.

Keywords: Carcinoma, basal cell, recurrence. Skin neoplasms. Reconstructive surgical procedures. Surgery, plastic

 

Carcinoma de células de Merkel: apresentação clínica, fatores prognósticos, tratamento e sobrevida de 32 pacientes

Coracy Carneiro; Juliano Carlos Sbalchiero; Brasil Ramos Caiado Neto; Guilherme Bracco Graziosi; Flávio de Paiva Dumaresq
Rev. Bras. Cir. Plást. 2013;28(2):196-200 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: O carcinoma de células de Merkel é uma rara neoplasia cutânea primária neuroendócrina agressiva. O objetivo deste estudo foi avaliar o perfil epidemiológico dos pacientes acometidos com carcinoma de células de Merkel, as características clínicas da neoplasia, o tempo até o início do tratamento, a sobrevida e as causas de morte. MÉTODO: Foram avaliados, retrospectivamente, 32 pacientes portadores de carcinoma de células de Merkel. A história clínica e o estadiamento dos pacientes foram correlacionados em 1 ano e 2 anos de sobrevida. RESULTADOS: A maioria dos pacientes (69%) era do sexo feminino, com média de idade de 72 anos e 93% de pele clara. A localização mais acometida era cabeça e pescoço, seguida de tronco e membros. Outras neoplasias foram encontradas em 6 pacientes. O tempo médio entre o surgimento dos sinais/sintomas e o tratamento especializado foi de 12,2 meses, com acometimento de linfonodos regionais em 13 (40%) pacientes e metástases à distância em 4 (12%). Após o tratamento especializado, observou-se sobrevida em 1 ano de 53% e em 2 anos, de 47%. Tumor < 2 cm foi indicativo de melhor prognóstico. CONCLUSÕES: O diagnóstico tardio contribuiu para a alta taxa de letalidade da doença, em decorrência da rápida progressão local e à distância.

Palavras-chave: Carcinoma neuroendócrino. Carcinoma de célula de Merkel. Prognóstico.

 

ABSTRACT

BACKGROUND: Merkel cell carcinoma is a rare, aggressive, malignant primary cutaneous neuroendocrine tumor. The objective of this study was to evaluate the epidemiological profile of patients with Merkel cell carcinoma, the clinical characteristics of the tumor, time between manifestation of signs and symptoms and initiation of treatment, survival and causes of death. METHODS: Thirty-two patients with Merkel cell carcinoma were evaluated retrospectively. Clinical history and staging were correlated with 1 and 2-year survival. RESULTS: Most patients (69%) were female, mean age was 72 years and 93% were fair-skinned. The most commonly affected sites were the head/neck, trunk and limbs. Other malignancies were found in 6 patients. Mean time between the appearance of signs/symptoms and initiation of specialist treatment was 12.2 months, with regional lymph nodes being affected at that time in 13 (40%) cases and distant metastases being present in 4 (12%). Following specialist treatment, 1 and 2-year survival was 53% and 47%, respectively. Tumor size < 2 cm was indicative of more favorable prognosis. CONCLUSIONS: Late diagnosis contributed to high lethality due to rapid local and distant progression of the disease.

Keywords: Neuroendocrine carcinoma. Merkel cell carcinoma. Prognosis.

 

Condutas na Reconstrução da Ponta Nasal no Tratamento das Neoplasias Cutâneas

Juliano Carlos Sbalchiero, Telma Carolina Ritter de Gregorio, Larissa Leitão, Paulo Roberto de Albuquerque Leal, Márcio José de Abreu Dibe
Rev. Bras. Cir. Plást. 2005;20(1):12-16 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Objetivo: Relatar a experiência do Serviço de Cirurgia Plástica do Instituto Nacional do Câncer no tratamento das neoplasias de ponta nasal. Método: Revisão retrospectiva dos pacientes operados no serviço entre janeiro de 1998 e janeiro de 2002. Resultados: Duzentos e quarenta e oito pacientes foram analisados. As principais técnicas operatórias foram o fechamento simples, os retalhos locais, a auto-enxertia e os retalhos de vizinhança. Noventa e dois por cento apresentaram limites livres de neoplasia à análise histopatológica. O resultado foi considerado satisfatório em 94% dos pacientes, 6 meses após a cirurgia. Conclusão: Muitas opções são adequadas para a reconstrução da ponta nasal, com resultados estéticos satisfatórios. Entre os fatores que devem ser considerados na escolha da técnica estão o tamanho e a localização do defeito, aspectos estéticos do reparo, além da situação clínica do paciente.

Palavras-chave: Nariz, cirurgia. Neoplasias nasais. Retalhos cirúrgicos. Neoplasias cutâneas

 

ABSTRACT

Objective: To report on the experience of the plastic surgery service of the Instituto Nacional do Câncer in the treatment of nasal tip neoplasias. Method: Retrospective review of patients operated in the service between January 1998 and January 2002. Results: Two hundred and forty-eight patients were analysed. The main operative techniques were simple closure, local flaps, autograft and regional flaps. A total of 92% of the histopathologic samples presented with a safety margin free of the neoplasia. The result was considered satisfactory in 94% of the patients, 6 months after the surgery. Conclusion: Several options are available for the reconstruction of the nasal tip, giving satisfactory aesthetic results. Among the factors which must be considered in the choice of the technique are the size and the location of the defect, aesthetic aspects of the repair and clinic status of the patient.

Keywords: Nose, surgery. Nose neoplasms. Surgical flaps. Skin neoplasms

 

Estudo experimental comparativo entre o emprego do enxerto de nervo com sutura epineural e neurotubo de silicone no reparo do nervo ciático em ratos Wistar

Cleyton Dias Souza; Juliano Carlos Sbalchiero; Paulo Roberto de Albuquerque Leal; Pedro Bortone Bijos; João Francisco Recalde Rocha; Carlos Gustavo Lemos Neves
Rev. Bras. Cir. Plást. 2011;26(3 Suppl.1):6 - Experimental

PDF Português PDF Inglês

Efeito do Extrato de Ginkgo Biloba na Sobrevida de Retalhos Cutâneos em Ratos

Marcus Vinicius Ponte de Souza Filho, Paulo Roberto de Albuquerque Leal, Juliano Carlos Sbalchiero, Max Jefferson Marques Marques
Rev. Bras. Cir. Plást. 2002;17(2):45-56 - Artigos

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

A perda parcial de retalhos cutâneos continua sendo responsável por uma parcela significativa de morbidade nas cirurgias estéticas e reconstrutoras. Várias terapias já foram propostas com o objetivo de aumentar a taxa de sobrevida dos retalhos. O presente trabalho tem como objetivo avaliar se o Extrato de Ginkgo Biloba (EGB) é efetivo na melhoria da taxa de sobrevida de retalhos cutâneos randomizados. Para tanto, utilizou-se o modelo experimental de retalho de dorso de rato descrito por McFarlane e modificado por Hammond. Os animais foram tratados por 5 dias com EGB (100 mg/kg, ip, 1x dia) ou solução salina (SF 0,9%, ip, 1x dia) - grupo controle - e sacrificados no sexto dia para a avaliação dos resultados. A média da área de sobrevida do retalho no grupo controle foi de 2,702 + 0,195 cm2 (n=9) e no grupo tratado com EGB foi de 5,490 + 0,283 cm2 (n=8). Nossos resultados mostraram que o tratamento dos animais com EGB aumentou de forma significativa (p< 0,001) a taxa de sobrevida dos retalhos cutâneos randomizados, sugerindo um possível papel para essa droga no manuseio de retalhos cutâneos com sofrimento vascular distal.

Palavras-chave: Ginkgo Biloba; retalhos cirúrgicos; sobrevivência de tecidos; pele; isquemia

 

ABSTRACT

The partial loss of skin flaps is still responsible for a substantial amount of the morbidity in aesthetic and reconstruction surgeries. Many treatments hare been proposed in order to increase flap survival rates. The present study aims to assess if Ginkgo Biloba Extract (GBE) is effective in improving the survival rate of randomized skin flaps. To that purpose, an experimental model of a flap from the back of a rat, described by McEarlane and modified by Hammond, was used. The animals were treated for 5 days with GBE (100 mg/kg, ip, 1 x day) or normal saline solution (Sodium Chloride 0.9%, ip, 1 x day) -control group - and sacrificed on the sixth day in order to assess results. The average flap survival area in the control group was 2.702 ± 0.195 cm2 (n=9), and 5.490 ± 0.283 cm2 (n=8) in the group treated with GBE. Our results showed that animals treated with GBE had a significant increase (p<0.00l) in the survival rate of randomized skin flaps, suggesting that the drug may play a role on skin flaps with distal vascular suffering.

Keywords: Ginkgo Biloba; surgical flaps; tissue survival; skin; ischemia.

 

Tradução do Questionário Breast-Q para a língua portuguesa e sua aplicação em mulheres com câncer de mama

Juliano Carlos Sbalchiero; Felipe Rezende Cordanto-Nopoulos; Carlos Henrique Debenedito Silva; Brasil Ramos Caiado Neto; Sophie Derchain
Rev. Bras. Cir. Plást. 2013;28(4):549-552 - Ideias e Inovações

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Segundo o Ministério da Saúde, esperavam-se para o Brasil, em 2012, 52.680 casos novos de câncer de mama, com risco estimado de 52 casos a cada 100 mil mulheres. Recentemente, a qualidade de vida (QV), passou a ser considerado um parâmetro cada vez mais importante para avaliar o resultado do tratamento. Para avaliar a QV das mulheres com câncer de mama, Pusic et al. desenvolveram um questionário denominado BREAST-Q, relacionado à cirurgia de mama, e dividido em três módulos: aumento, redução e reconstrução com escalas independentes para avaliar os maiores problemas que afetam as pacientes submetidas a cada tipo de procedimento, tanto no pré como no pós-operatório. Este questionário foi desenvolvido na língua inglesa, mas já possui versões em vários idiomas. Apresentamos o processo de tradução para a construção da versão na língua portuguesa, do qual fizeram parte a tradução, tradução reversa e testagem até a obtenção da versão final e sua aprovação pelo proprietário (MAPI Trust© Mapi Research Institute 2002). A tradução é o início do processo de validação dos questionários e sua utilização com o objetivo de avaliar o impacto do tratamento do câncer de mama sob a perspectiva das mulheres brasileiras.

Palavras-chave: Qualidade de Vida. Questionários. Neoplasias da Mama.

 

ABSTRACT

According to the Ministry of Health are expected in Brazil, in 2012, 52,680 new cases of breast cancer with an estimated risk of 52 cases per 100 000 women. Recently the quality of life (QOL), now considered a parameter increasingly important to evaluate the result of treatment. To assess the QOL of women with breast cancer, Pusic et al. developed a questionnaire called BREAST-Q, related to breast surgery, and divided into three modules: an augmentation, reduction and reconstruction with independent scales to assess the major problems affecting patients undergoing each type of procedure, either in the pre and postoperatively. This questionnaire was developed in English but now has versions in several languages. We present the translation process for the construction of the Portuguese version, which took part in the translation, backward translation and testing to obtain the final version and its approval by the owner (MAPI Trust© _Mapi Research Institute 2002). Translation is the beginning of the process of validation of questionnaires and their use in order to assess the impact of treatment of breast cancer from the perspective of Brazilian women.

Keywords: Quality of Life. Questionnaires. Breast Neoplasms.

 

Retalho miocutâneo inferior pediculado do músculo trapézio nas reconstruções após cirurgias oncológicas de cabeça e pescoço, e tórax

Juliano Carlos Sbalchiero; Guilherme Bracco Graziosi
Rev. Bras. Cir. Plást. 2014;29(3):346-351 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: Revisão da literatura sobre o retalho miocutâneo inferior do músculo trapézio, apresentando suas vantagens, técnica cirúrgica e complicações. MÉTODOS: Estudo de 19 casos tratados no INCA, através de técnica específica, e comparação dos dados com a literatura internacional. RESULTADOS: Todas as reconstruções atingiram seus objetivos, com correção dos defeitos em partes moles e pele. O efeito estético foi considerado bom pelos pacientes e pela equipe médica. Foi observada uma taxa de 21% de complicações. Não houve necrose ou infecção nos retalhos. Em relação às funções, 89,5% apresentaram função motora preservada e 10,5%, déficit funcional por acometimento tumoral do nervo acessório. CONCLUSÃO: A despeito do aprimoramento contínuo das técnicas microcirúrgicas, os retalhos miocutâneos pediculados ainda encontram indicações nas reconstruções após ressecções oncológicas alargadas. O retalho miocutâneo inferior do músculo trapézio é uma alternativa segura e aplicável para as reconstruções de partes moles das regiões cervicais lateral e posterior, da região lateral da cabeça, da região do ombro e para as regiões paraespinhal superior e paraescapulares.

Palavras-chave: Retalho inferior trapézio; Retalho miocutâneo; Reconstrução cabeça e pescoço; Reconstrução tórax.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: In this article, we present a literature review on the lower myocutaneous trapezius flap, and report its advantages, surgical technique, and complications. METHODS: We studied 19 patients treated at INCA with a specific technique, and compared the outcomes with those reported in the international literature. RESULTS: All reconstructions achieved the procedural objectives, and the defects of soft tissues and skin were repaired. The aesthetic outcome was considered satisfactory by the patients and medical staff. The rate of complications was 21%. No necrosis or signs of infection were detected in the flaps. Concerning the functions, 89.5% of patients preserved their motor function, whereas reduced functional movements were observed in 10.5% of the patients due to tumor invasion to the accessory nerve. CONCLUSIONS: Despite the continuous advancements in microsurgical techniques, pedicle myocutaneous flaps are still indicated for reconstruction procedures after extended cancer resections. The use of the lower trapezius myocutaneous flap is safe and represents a suitable option for the reconstruction of soft tissues of the lateral and posterior cervical regions, side of the head, shoulder, and upper paravertebral and parascapular regions.

Keywords: Lower trapezius flap; myocutaneous flap; head and neck reconstruction; chest reconstruction.

 

Uso do retalho osteocutâneo microcirúrgico de fíbula na reconstrução dos defeitos complexos de mandíbula

Igor Felix Cardoso; Juliano Carlos Sbalchiero; Analice Soares Batista; Bianca Maria Barros Ohana; Rodolfo Chedid; Gustavo Felix Cardoso; Paulo Roberto de Albuquerque Leal
Rev. Bras. Cir. Plást. 2011;26(1):42-47 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Introdução: O retalho livre osteocutâneo de fíbula é a primeira escolha para reconstrução de defeitos segmentares da mandíbula e tecido mole adjacente, na maioria das situações. Objetivo: Este estudo apresenta uma experiência de 4 anos com o uso de retalho osteocutâneo livre de fíbula para reconstrução mandibular. Método: Foi feita análise de 15 pacientes submetidos à reconstrução microcirúrgica de mandíbula e assoalho oral com retalho osteocutâneo de fíbula. O tempo médio de seguimento pós-operatório foi de 2 anos. Foram estudados classificação histopatológica do tumor primário, localização da porção mandibular ressecada, vasos utilizados para anastomose, retalhos associados, exposição à radioterapia, resultados e complicações. Resultados: O tipo histológico mais comum foi o carcinoma espinocelular (81%), seguido do osteossarcoma (13%). A porção mandibular ressecada com maior frequência foi o arco central, em 81% dos casos, e 87% dos pacientes foram expostos à radioterapia. A reconstrução foi imediata em 81% dos pacientes. Retalhos associados foram usados em 46% dos casos. Complicações imediatas foram observadas em 25% dos pacientes e tardias, em 31%, com taxa de sucesso de 100%. Conclusões: O retalho osteocutâneo livre de fíbula está indicado na reconstrução de grandes defeitos mandibulares. Sua indicação deve ser individualizada, levando-se em consideração riscos, benefícios e impacto na qualidade de vida do paciente.

Palavras-chave: Reconstrução. Microcirurgia. Mandíbula/cirurgia. Retalhos Cirúrgicos. Fíbula.

 

ABSTRACT

Introduction: The fibular osteocutaneous free flap is, in most situations, the first choice for reconstruction of segmental defects of the mandible and adjacent soft tissue. Objective: This study presents a four-year experiment with the use of a fibular osteocutaneous free flap for mandibular reconstruction in patients operated upon under the supervision of a single surgeon. Methods: Fifteen patients who underwent microsurgical reconstruction of the mandible and oral floor with a fibular osteocutaneous flap were analyzed. The average postoperative follow-up time was 2 years. Histopathological classification of the primary tumor, location of the resected mandibular portion, vessels used for anastomosis, associated flaps, exposure to radiotherapy, results, and complications were studied. Results: The most common histological type was squamous cell carcinoma (81%) followed by osteosarcoma (13%). The mandibular portion resected with greatest frequency was the central arc (81% of the cases), and 87% of patients received radiotherapy. Reconstruction was immediate in 81% of the patients. Associated flaps were used in 46% of the cases. Immediate complications were observed in 25% of patients and late complications in 31%; the success rate was 100%. Conclusions: The fibular osteocutaneous free flap is indicated for the reconstruction of large mandibular defects. This procedure may present postoperative complications that are significant but do not compromise the success of the procedure, and it must be individualized by taking into account the risks, benefits, and impact on the quality of life of patients.

Keywords: Reconstruction. Microsurgery. Mandible/surgery. Surgical Flaps. Fibula.

 

Reconstrução Labial: Abordagem Funcional e Estética após Ressecção Tumoral

Juliano Carlos Sbalchiero, Rafael Anlicoara, Marcela Caetano Cammarota, Paulo Roberto Albuquerque Leal
Rev. Bras. Cir. Plást. 2005;20(1):40-45 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Os autores apresentam avaliação funcional e estética dos pacientes operados por tumores de lábio, no período de junho de 1993 a junho de 1998, no Serviço de Cirurgia Plástica Reconstrutora e Microcirurgia no Instituto Nacional de Câncer - INCa-MS (RJ). Foram analisados, retrospectivamente, 48 pacientes submetidos a ressecções de tumores labiais primários e reparação imediata. As características dos tumores e as técnicas empregadas para a ressecção e reconstrução dos defeitos labiais resultantes são detalhadas, ressaltando-se as indicações de acordo com a extensão da lesão e enfatizando-se a superioridade das técnicas que permitem a restauração do mecanismo esfincteriano oral. A avaliação dos resultados funcionais e estéticos das reconstruções, de acordo com os critérios estabelecidos, por meio da avaliação pelo autor senior, se mostrou ótima/boa em 81,2% e 85,4% dos pacientes, respectivamente.

Palavras-chave: Lábio, cirurgia. Neoplasias labiais. Retalhos cirúrgicos

 

ABSTRACT

The authors present a functional and aesthetic evaluation of patients submitted to lip tumor surgery from June 1993 to June 1998 in the reconstructive and microsurgical plastic surgery service of the National Institute of Cancer - INCa-MS (RJ). Forty-eight patients submitted to resections of primary lip tumors who underwent immediate repair were retrospectively analysed. The characteristics of the tumors and the techniques used for resection and reconstruction of the resulting lip defects are detailed and indications according to the length of the lesion were detailed with the advantages of techniques that allow restoration of the mechanism of the oral sphincter being emphasized. Evaluations of the functional and aesthetic results of the reconstructions according to established criteria as assessed by the senior author were excellent/good in 81.2% and 85.4% respectively.

Keywords: Lip, surgery. Lip neoplasms. Surgical flaps

 

Diagnóstico e tratamento do câncer de pele em albinos: estudo descritivo

Guilherme Bracco Graziosi; Juliano Carlos Sbalchiero; Brasil Ramos Caiado Neto
Rev. Bras. Cir. Plást. 2014;29(1):71-74 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: Descrever a casuística envolvendo albinos, quanto à forma de apresentação, local, tratamento e acompanhamento dos tumores de pele. MÉTODOS: Estudo descritivo, retrospectivo, de Abril à Julho de 2011, analisando um total de doze prontuários. Buscando nos resultados histopatológicos, e nas descrições dos procedimentos cirúrgicos, reunir e reportar dados específicos. RESULTADOS: Doze pacientes albinos apresentaram 273 lesões e foram estudados. Oito homens e 4 mulheres, com idades variando entre 23 e 80 anos, sendo a maioria acima de 40 anos (92%). A localização mais comum das lesões foi na cabeça e pescoço, sendo o tipo histológico mais frequente o CBC (Carcinoma Basocelular) (36,63%), seguido do CEC. Algumas lesões também encontradas foram carcinoma tricoblástico, sarcoma de alto grau, verruga vulgar, melanoma in situ e Doença de Bowen. Em média os pacientes foram acompanhados, por 98,6 meses. Dentre os procedimentos cirúrgicos realizados o mais comum foi à realização de síntese primária (82,41%) e em segundo lugar os retalhos, sendo dois microcirúrgicos (VRAM e RALC). Os tamanhos das lesões foram divididos em menores ou iguais a 4 cm (80,20%) e maiores do que 4 cm (19,80%). CONCLUSÃO: Através de uma breve agregação de dados foi possível descrever uma casuística com dados semelhantes aos expostos na literatura internacional, apesar da escassez dos mesmos, possibilitando uma comparação e demonstração entre a relação sobre albinismo e tumores de pele, porém novas séries descritivas com mais pacientes são necessárias para melhor avaliação global. Assim a prevenção continua sendo a melhor forma de monitoramento e acompanhamento dos pacientes portadores de albinismo.

Palavras-chave: Albinismo; Terapêutica; Carcinoma Basocelular; Carcinoma de Células Escamosas.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: To describe a case series involving albinos as to the form, location, treatment and monitoring of skin tumors. METHODS: A descriptive, retrospective from April to July 2011, analyzing a total of twelve charts. Seeking the histopathologic results, and descriptions of surgical procedures, collect and report specific data. RESULTS: Twelve patients had albinos and 273 injuries were studied. Eight men and 4 women, aged between 23 and 80 years, the majority being over 40 years old (92%). The most common injuries were to the head and neck being the most common histological type BCC (36.63%), followed by the CEC. Some injuries were also found tricoblástico carcinoma, high-grade sarcoma, verruca vulgaris, melanoma in situ and Bowen's disease. On average, patients were followed for 98.6 months. Among the surgical procedures the most common was the realization of primary synthesis (82.41%) and second flaps, two microsurgical (VRAM and RALC). The sizes of the lesions was divided into equal or lower than 4 cm (80.20%) and higher than 4 cm (19.80%). CONCLUSION: Using a short data aggregation was possible to describe a sample with similar data exposed in the international literature, despite the lack of them, allowing a comparison and demonstration about the relationship between albinism and skin tumors, but new series with more patients are needed to better overall evaluation. So prevention remains the best way of monitoring and follow-up of patients with albinism.

Keywords: Albinism; Therapeutics; Carcinoma Basal Cell; Carcinoma Squamous Cel.

 

Reconstrução microcirúrgica em cabeça e pescoço: análise retrospectiva de 60 retalhos livres

Ciro Paz Portinho; Juliano Carlos Sbalchiero; Marcelo Moreira Cardoso; Carlos Francisco Jungblut; Thiago Henrique Silva de Souza; Marcus Vinícius Martins Collares
Rev. Bras. Cir. Plást. 2013;28(3):434-443 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: A reconstrução microcirúrgica de cabeça e pescoço costuma ser a primeira indicação para grandes perdas teciduais. A equipe cirúrgica deve ter um arsenal de opções técnicas para qualquer dessas perdas. Além disso, é importante conhecer o manejo de cada complicação. O objetivo deste estudo é avaliar as condutas de reconstrução e as complicações de pacientes submetidos a reconstruções com retalhos livres. MÉTODO: Foi realizado estudo retrospectivo de pacientes com perda de substância em cabeça e pescoço, submetidos a reconstruções microcirúrgicas imediatas ou tardias, no período de março de 2010 a março de 2012. RESULTADOS: Foram analisados 60 pacientes que receberam retalhos livres, dos quais 31 (52,7%) eram mulheres e 39 (65%), caucasianos. As reconstruções foram imediatas em 65% dos casos. Os tumores malignos foram o diagnóstico mais comum, representando 86,7% dos casos. A frequência dos retalhos foi a seguinte: fíbula, em 36,7% dos casos; reto abdominal, em 23,3%; ântero-lateral da coxa, em 23,3%; antebraquial, em 11,7%; e grande dorsal, em 5%. O tempo cirúrgico médio foi de 8,6 ± 2,1 horas. O tempo de isquemia foi de 107,5 ± 27,6 minutos. Foram observadas complicações em 45% dos casos: deiscência em 18,3%, fístula salivar em 16,7%, infecção em 16,7%, óbito na primeira semana pós-operatória em 5%, e extrusão de material de síntese em 1,7%. Dos 60 retalhos, houve reintervenção em 20 (33,3%) e perda de 13 (21,7%) reconstruções. A trombose venosa foi a causa mais comum de reintervenção e de perda. Foram realizados 6 retalhos de resgate, 3 de peitoral pediculado e 3 de músculo grande dorsal, sendo 2 microcirúrgicos. CONCLUSÕES: Os retalhos microcirúrgicos têm grande importância em reconstrução de cabeça e pescoço, podem ser superiores aos pediculados na maioria das situações, e determinam, quando bem-sucedidos, diminuição da morbidade, aceleração da reabilitação e diminuição de custos.

Palavras-chave: Microcirurgia. Cabeça/cirurgia. Pescoço/cirurgia. Retalhos cirúrgicos.

 

ABSTRACT

BACKGROUND: The microsurgical reconstruction of the head and neck usually is the first indication for high tissue losses. The surgical team should have a hand full of technical options for any such loss. In addition, knowing how to manage each complication is important. The aim of this study was to evaluate possibilities of reconstruction and complications in patients submitted to reconstruction using free flaps. METHODS: A retrospective study of patients with loss of tissue in the head and neck, and submitted to immediate or delayed microsurgical reconstruction was performed between March 2010 and March 2012. RESULTS: Sixty patients that received free flaps, submitted to surgery between March 2010 and March 2012, were analyzed. Of these, 31 (52.7%) patients were women and 39 (65.0%) Caucasians. Immediate reconstructions were performed in 65% of the cases. Malignant tumours were the most common diagnoses, representing 86.7% of the cases. The frequency of the flaps was as follows: fibula in 36.7% of the cases, rectus abdominis in 23.3%, anterolateral thigh in 23.3%, antebrachial in 11.7%, and latissimus dorsi in 5%. The average operative time was 8.6 ± 2.1 hours. The ischemia period was 107.5 ± 27.6 minutes. Complications were observed in 45% of the cases: dehiscence in 18.3%, salivary fistula in 16.7%, infection in 16.7%, death during the first week after surgery in 5%, and extrusion of the synthesized material in 1.7%. Among the 60 flaps, a reintervention was required in 20 (33.3%), and the loss of 13 (21.7%) reconstructions occurred. The venous thrombosis was the main cause of reintervention and loss. Six salvage flaps were performed, three of the pectoralis pedicle and three of the latissimus dorsi muscle; two of the latter were microsurgeries. CONCLUSIONS: Microsurgical flaps are important in head and neck reconstructions; these can be better than the pediculated ones in most of the situations; when well succeeded, they promote a decrease of morbidity, a promotion of rehabilitation, and a decrease in costs.

Keywords: Microsurgery. Head/surgery. Neck/surgery. Surgical flaps.

 

Perfil das reconstruções de pálpebra inferior no Instituto Nacional do Câncer: estudo retrospectivo de 137 casos

Rodolfo Chedid, Kenya de Souza Borges, Pedro Santos, Juliano Carlos Sbalchiero, Marcio Abreu Dibe, Paulo Roberto Leal, Kenya de Souza Borges, Pedro Santos, Juliano Carlos Sbalchiero, Marcio Abreu Dibe, Paulo Roberto Leal
Rev. Bras. Cir. Plást. 2010;25(3 Suppl.1):22 - Crânio, Face e Pescoço

PDF Português

Reconstrução de pálpebra inferior com retalho modificado de Hughes: análise de resultados e complicações no Instituto Nacional de Câncer Rio de Janeiro, Brasil

Kênya de Souza Borges, Rodolfo Chedid, Márcio Dibe, Juliano Carlos Sbalchiero, Paulo Roberto Albuquerque Leal
Rev. Bras. Cir. Plást. 2010;25(3 Suppl.1):23 - Crânio, Face e Pescoço

PDF Português

Reconstrução palpebral inferior com enxerto cartilaginoso: estudo retrospectivo de 18 casos

Rodolfo Chedid, Kenya de Souza Borges, Eduardo Ravasio Machado, Bianca Maria Barros Ohana, Juliano Carlos Sbalchiero, Paulo Roberto Leal
Rev. Bras. Cir. Plást. 2010;25(3 Suppl.1):25 - Crânio, Face e Pescoço

PDF Português

Ressecção e reconstrução mandibular: análise de 85 casos consecutivos

Ciro Paz Portinho, Bianca Maria Barros Ohana, Juliano Carlos Sbalchiero, Thiago Henrique Silva Souza, Marcelo Moreira Cardoso, Paulo Roberto Leal
Rev. Bras. Cir. Plást. 2010;25(3 Suppl.1):30 - Crânio, Face e Pescoço

PDF Português

Tradução do questionário BREAST-Q para a língua portuguesa e sua aplicação em mulheres com câncer de mama

Felipe Rezende Cordantonopoulos; Juliano Carlos Sbalchiero; Carlos Henrique Debenedito Silva; Brasil Ramos Caiado Neto; Sophie Derchain
Rev. Bras. Cir. Plást. 2013;28(3 Suppl.1):79 - Tórax e Tronco

PDF Português

Reconstrução vulvo-perineal em tumores de vulva

Julia Amando, Paulo Roberto de Albuquerque Leal, Juliano Carlos Sbalchiero, Francisco Coracy Carneiro Monteiro, Eduardo Ravazio Machado, Mário de Siqueira Russano
Rev. Bras. Cir. Plást. 2010;25(3 Suppl.1):85 - Extremidades

PDF Português

Patrocinadores

Indexadores

Licença Creative Commons Todos os artigos científicos publicados em http://www.rbcp.org.br estão licenciados sob uma Licença Creative Commons