ISSN Online: 2177-1235 | ISSN Impresso: 1983-5175

Mostrando de 1 até 7 de 7 resultado(s)

Busca por : Juliana Régia Furtado Matos

Impacto da radioterapia adjuvante no resultado cosmético da reconstrução mamária imediata com retalho TRAM

Salustiano Gomes de Pinho Pessoa; Juliana Régia Furtado Matos; Iana Silva Dias; Diego Tomaz Teles Peixoto Jéss ica Silveira Araújo
Rev. Bras. Cir. Plást. 2012;27(3):411-414 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: O efeito da radioterapia adjuvante após a reconstrução mamária com retalhos autólogos é controverso. O objetivo deste estudo é analisar se a radioterapia pós-operatória causa alterações volumétricas e cosméticas após a reconstrução mamária imediata com retalho do músculo reto abdominal (TRAM, do inglês transverse rectus abdominis myocutaneous). MÉTODO: No total, foram avaliadas 25 pacientes submetidas a reconstrução autóloga com retalho TRAM pediculado pós-mastectomia por câncer de mama e radioterapia adjuvante. Os resultados estéticos tardios foram coletados após o intervalo mínimo de 6 meses posteriormente ao esquema completo da radioterapia. RESULTADOS: A média de idade das pacientes foi de 42,2 anos, variando de 30 anos a 53 anos. Duas (8%) perdas completas do retalho ocorreram por necrose gordurosa maciça, duas (8%) pacientes evoluíram com contratura do retalho e perda volumétrica, e 52% das pacientes apresentaram alterações cutâneas. Entretanto, a maioria das pacientes (84%) não evoluiu com perda significativa do volume inicial do retalho ou com distorção do contorno e contração do retalho. CONCLUSÕES: O resultado cosmético após a reconstrução mamária imediata com retalho TRAM irradiado foi aceitável, comparativamente aos dados descritos na literatura. Esses achados indicam que os retalhos podem sofrer distorções de contorno pela contração, além de perda volumétrica significativa em pacientes candidatas à reconstrução com TRAM e necessidade de radioterapia adjuvante pós-mastectomia. Assim, as complicações tardias da irradiação pós-operatória devem ser consideradas nesse contexto.

Palavras-chave: Mamoplastia. Mama/cirurgia. Radioterapia.

 

ABSTRACT

BACKGROUND: The outcome of adjuvant radiotherapy performed after breast reconstruction using autologous flaps is controversial. In this study, we aimed to assess whether postoperative radiotherapy would induce volumetric and cosmetic changes after immediate breast reconstruction performed using a transverse rectus abdominis myocutaneous (TRAM) flap. METHODS: We evaluated 25 patients who were previously diagnosed with breast cancer and underwent post-mastectomy autologous reconstruction with a pedicled TRAM flap followed by adjuvant radiotherapy. Late aesthetic results were recorded starting 6 months after the completion of a full course of radiotherapy. RESULTS: The average patient age was 42.2 years (range, 30-53 years). Two (8%) complete flap losses occurred due to massive fat necrosis. Two (8%) patients exhibited flap contracture and volume loss, whereas skin changes were observed in 52% of patients. Most of the patients (84%), however, had no significant initial flap volume loss, contour distortion, or flap contraction. CONCLUSIONS: The cosmetic result obtained in the present study by immediate breast reconstruction performed using an irradiated TRAM flap was satisfactory compared to the data described in the literature. These findings suggest that the flap contours may be distorted by contraction and that significant volume losses can be observed in patients who may be candidates for TRAM flap reconstruction and require post-mastectomy adjuvant radiotherapy. Thus, in these circumstances, late complications due to postoperative irradiation should be considered.

Keywords: Mammaplastia. Breast/surgery. Radiotherapy.

 

Achados histopatológicos de produtos de ressecção em mamaplastias redutoras

Juliana Régia Furtado Matos; Matheus Martins Cavalcante; Sarah Hanna de Carvalho Andrade; Salustiano Gomes de Pinho Pessoa
Rev. Bras. Cir. Plást. 2011;26(1):70-73 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Introdução: A mamoplastia redutora está entre as cinco cirurgias estéticas mais realizadas no Brasil. Não há consenso na literatura sobre a necessidade do exame de rotina dos tecidos ressecados durante o procedimento. Esse trabalho apresenta a estatística dos espécimes obtidos de mamoplastias redutoras e discute a relevância do detalhamento histopatológico dessas peças. Método: Resultados de 96 peças cirúrgicas de reduções mamárias, realizadas durante o período de 2006 a 2010, foram obtidos de uma única instituição e analisados retrospectivamente. Resultados: Alterações histopatológicas foram observadas em 83,3% dos espécimes. As lesões não-proliferativas benignas foram os principais achados, sendo fibrose, adenose e cistos as mais frequentes. Alterações proliferativas foram encontradas em percentual significativo das pacientes (13,54%). Uma paciente (1,16%), com 50 anos de idade, apresentou carcinoma lobular in situ. Pacientes na faixa etária menor que 40 anos não apresentaram lesões malignas ou pré-malignas. Conclusões: A prática rotineira de rastreamento histopatológico de peças de mamoplastias redutoras em pacientes jovens parece discutível, embora tenha sido benéfica em uma paciente com idade superior a 40 anos. Trabalhos adicionais são necessários para definir um grupo em que medidas preventivas teriam melhor relação custo-benefício.

Palavras-chave: Mamoplastia. Neoplasias da Mama. Histologia.

 

ABSTRACT

Introduction: Reduction mammaplasty is among the 5 most commonly performed cosmetic surgeries in Brazil. There is no consensus in the literature regarding the need for routine examination of resected tissue obtained during the procedure. This study presents the statistics of specimens obtained from reduction mammaplasty during the last 5 years and discusses the relevance of the histological details of these specimens. Methods: The results of 96 surgical breast reduction specimens from 2006-2010 were obtained from a single institution and analyzed retrospectively. Results: Histopathological changes were observed in 83.3% of specimens. Non-proliferative benign lesions were the main findings; the most frequent were fibrosis, adenosis, and cysts. Proliferative changes were detected in a significant percentage of patients (13.54%). One patient (1.16%), aged 50 years, had lobular carcinoma in situ. Patients younger than 40 years showed no malignant or premalignant lesions. Conclusions: The routine practice of histopathological screening of reduction mammaplasty specimens in young patients seems questionable, although it has been beneficial in patients older than 40 years. Additional studies are needed to define groups for which preventive measures should be undertaken to ascertain the cost-effectiveness of this practice.

Keywords: Mammaplasty. Breast Neoplasms. Histology.

 

Técnica simples e segura para a reconstrução areolopapilar com tatuagem intradérmica

Salustiano Gomes de Pinho Pessoa; Juliana Régia Furtado Matos; Iana Silva Dias; Breno Bezerra Gomes de Pinho Pessoa; Júlio César Garcia de Alencar
Rev. Bras. Cir. Plást. 2012;27(3):415-420 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: A reconstrução do complexo areolopapilar (CAP) constitui o passo final na criação da neomama, com o objetivo de aproximá-la da mama contralateral após a mastectomia. A restauração do CAP tem sido historicamente um procedimento feito em estágios, com a reconstrução da papila realizada por meio de enxertos ou retalhos locais, previamente, e da aréola, posteriormente, buscando a coloração adequada. Atualmente, a utilização da tatuagem areolar está alcançando popularidade cada vez maior, comparativamente às técnicas tradicionais. O objetivo deste trabalho é descrever a técnica e os equipamentos utilizados para a tatuagem intradérmica em pacientes mastectomizadas, realizada no Serviço de Cirurgia Plástica e Microcirurgia Reconstrutiva do Hospital Universitário Walter Cantídio (Fortaleza, CE, Brasil). MÉTODO: O presente trabalho descreve os passos para a realização do procedimento reparador utilizando a tatuagem areolar permanente com equipamento convencional de tatuagem artística profissional. O procedimento foi aplicado em 10 pacientes submetidas a reconstrução mamária pós-mastectomia. RESULTADOS: O método demonstrou as vantagens da simplicidade técnica do procedimento, não requerendo internamento nem resultando em morbidade de áreas doadoras. CONCLUSÕES: A tatuagem do CAP é um procedimento seguro, rápido, com baixa morbidade e bons resultados na finalização da reconstrução mamária.

Palavras-chave: Tatuagem. Mamilos, cirurgia. Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos.

 

ABSTRACT

BACKGROUND: The final step in the creation of the neo-breast is reconstruction of the nippleareolar complex (NAC), which is aimed toward bringing the appearance of the NAC closer to that of the contralateral breast following mastectomy. NAC restoration has historically been a stepwise procedure, in which reconstruction of the nipple by the use of grafts or local flaps was followed by reconstruction of the areola to achieve the correct color. Currently, the popularity of the areolar tattoo is increasing compared to traditional techniques. The aim of this study was to describe the technique and equipment used for intra-dermal tattooing in mastectomized patients at the Plastic Surgery and Reconstructive Microsurgery Service of the Walter Cantídio University Hospital (Fortaleza, CE, Brazil). METHODS: This study describes the steps of the repair procedure by using permanent areolar tattooing with conventional equipment from a professional tattoo artist. The procedure was used in 10 patients undergoing post-mastectomy breast reconstruction. RESULTS: The advantages of this method included the technical simplicity of the procedure, the ability to use this procedure in outpatients, and the lack of morbidity of the donor areas. CONCLUSIONS: Tattooing the NAC is a safe, fast procedure with low morbidity and good results of breast reconstruction.

Keywords: Tattooing. Nipples, surgery. Reconstructive surgical procedures.

 

Análise dos resultados estéticos na reconstrução mamária com TRAM ipsilateral vs. contralateral

Juliana Régia Furtado Matos; Iana Silva Dias; Breno Bezerra Gomes de Pinho Pessoa; Salustiano Gomes de Pinho Pessoa
Rev. Bras. Cir. Plást. 2012;27(2):272-276 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: A reconstrução mamária com retalho do músculo reto abdominal (TRAM, do inglês transverse rectus abdominis myocutaneous) tem se tornado um procedimento comumente realizado desde a década de 1990. O TRAM ipsilateral vem demonstrando ser tão seguro quanto o retalho contralateral na reconstrução mamária. Entretanto, estudos avaliando o resultado estético com as duas técnicas são escassos na literatura. A proposta deste estudo é comparar os resultados cosméticos entre os retalhos pediculados ipsilateral e contralateral. MÉTODO: Foi realizada avaliação prospectiva de 29 pacientes submetidas a reconstrução imediata com TRAM ipsilateral e contralateral. Os grupos foram comparados entre si, analisando-se os resultados estéticos. RESULTADOS: O estudo incluiu 29 pacientes, com média de idade foi 43 ± 7 anos. O grupo 1 (TRAM ipsilateral) apresentou o sulco inframamário bem definido em 91,7% dos casos, comparativamente a 52,9% no grupo 2 (TRAM contralateral). Observou-se abaulamento na região xifoide em 8,3% dos pacientes do grupo 1 e em 23,5% dos pacientes do grupo 2. A diferença na forma global da mama reconstruída não foi importante, com 66,7% e 70,6% de simetria nos grupos 1 e 2, respectivamente. CONCLUSÕES: O TRAM ipsilateral demonstrou melhor manutenção do sulco inframamário e menor abaulamento na região xifoide. Entretanto, a forma global da mama e a projeção do polo inferior da mama foram similares entre os dois grupos.

Palavras-chave: Mama/cirurgia. Mamoplastia. Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos. Retalhos cirúrgicos. Músculos abdominais.

 

ABSTRACT

BACKGROUND: Breast reconstruction by using the rectus abdominis muscle (transverse rectus abdominis myocutaneous, TRAM) flaps is a common procedure that has been performed since the 1990s. Ipsilateral TRAM flaps were proven to be as safe as contralateral flaps for breast reconstruction. However, studies comparing the aesthetic outcomes of the two procedures are poorly described in the literature. The aim of this study was to compare the cosmetic outcomes of ipsilateral and contralateral pedicled flaps. METHODS: We prospectively evaluated 29 cases of immediate reconstruction with ipsilateral (group 1) or contralateral (group 2) TRAM flaps. The aesthetic outcomes were analyzed and the two groups were compared. RESULTS: The average age of the patients was 43 ± 7 years. In group 1 (ipsilateral TRAM), 91.7% of the patients presented a well-defined inframammary fold, as compared to 52.9% of the patients in group 2 (contralateral TRAM). In group 1, 8.3% of patients showed xiphoid bulges, whereas they were observed in 23.5% of patients in group 2. The difference in the overall shape of the reconstructed breast was not significant; symmetry was observed in 66.7% and 70.6% of patients in groups 1 and 2, respectively. CONCLUSIONS: Ipsilateral TRAM flaps allow better preservation of the inframammary fold and cause less xiphoid bulge. However, the overall shape of the breast and the projection of its lower pole were similar between the two groups.

Keywords: Breast/surgery. Mammaplasty. Reconstructive surgical procedures. Surgical flaps. Abdominal muscles.

 

Reconstrução torácica com retalhos do músculo reto abdominal e grande dorsal: relato de casos

Salustiano Gomes de Pinho Pessoa; Vitor de Vasconcellos Muniz; Artur de Vasconcellos Muniz; Paulo Roberto Araújo Barreto; Rafael Jorge Alves de Alcântara; Juliana Régia Furtado Matos
Rev. Bras. Cir. Plást. 2016;31(1):129-132 - Relato de Caso

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: A reconstrução da parede torácica ainda permanece como um dos grandes desafios da cirurgia plástica reparadora. O presente estudo tem como objetivo apresentar o relato de pacientes submetidos à reconstrução de parede torácica com a utilização de retalhos miocutâneos, após ressecções de parede por tumores/osteomielite. MÉTODOS: Foram incluídos quatro pacientes, três deles portadores de osteomielite e o último apresentando-se com sarcoma, todas as afecções acometendo a parede torácica. Foram submetidos à ressecção de parede e reconstrução com retalhos miocutâneos do grande dorsal (dois casos) e reto abdominal (dois casos). RESULTADOS: Os retalhos utilizados foram suficientes para cobertura cutâneo-muscular e mantiveram boa vitalidade. Em apenas um caso, houve sofrimento parcial do retalho. Não houve recidiva precoce da doença. A estabilidade da caixa torácica foi preservada. CONCLUSÕES: A utilização dos retalhos citados no reparo dos defeitos torácicos mostrou-se satisfatória na intenção de prover revestimento cutâneo e músculo bem vascularizado, este fundamental no combate aos quadros infecciosos locais.

Palavras-chave: Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos; Retalhos cirúrgicos; Parede torácica/cirurgia; Osteomielite; Sarcoma; Reto do abdome; Músculos superficiais do dorso.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: Chest wall reconstruction remains one of the great plastic surgery repair challenges. The present work aims to report on cases of chest wall reconstruction using myocutaneous flaps after wall resection due to tumor/osteomyelitis. METHODS: Four patients were included, among which three presented with osteomyelitis and the other presented with sarcoma; both of these conditions affected the chest wall. Each patient underwent wall resection and reconstruction using myocutaneous flaps from the latissimus dorsi (two cases) and abdominal rectus (two cases). RESULTS: The flaps used were sufficient for skin-muscle covering and maintained good vitality. Partial flap injury occurred in one case. Chest cavity stability was preserved. CONCLUSIONS: The use of the above flaps to repair chest defects was satisfactory with the aim of covering the skin and providing well-vascularized muscles, the latter of which was fundamental to preventing local infection.

Keywords: Reconstructive surgical procedures; Surgical flaps; Chest wall/surgery; Osteomyelitis; Sarcoma; Abdominal rectus; Superficial dorsal muscles.

 

Design de novo instrumento cirúrgico para ritidoplastia: agulha para suspensão do SMAS

Juliana Régia Furtado Matos; Iana Silva Dias; Suyane Benevides Franco; Salustiano Gomes de Pinho Pessoa
Rev. Bras. Cir. Plást. 2012;27(4):627-629 - Ideias e Inovações

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Neste artigo é apresentado um instrumento cirúrgico alternativo para suspensão da camada fibroadiposa do terço médio da face. A agulha foi confeccionada com fio de Kirschner, de forma que ambas as pontas se tornaram rombas. A dupla ponta possibilita a passagem do fio pelo sistema musculoaponeurótico superficial da face (SMAS), mantendo a sutura com a profundidade necessária para evitar dermatografia. Os testes com o novo instrumento foram realizados em ritidoplastias com dissecção mínima. A agulha descrita demonstrou-se segura, com fácil migração pelos tecidos e ausência de lesões vasculonervosas, facilitando o posicionamento dos pontos de fixação nos locais planejados. A agulha desenvolvida possibilitou a realização da ritidoplastia sem descolamento resultante de forma rápida, simples e custo-efetiva, com mínimo dano às estruturas anatômicas e aos tecidos.

Palavras-chave: Face/cirurgia. Ritidoplastia/métodos. Rejuvenescimento.

 

ABSTRACT

This article describes an alternative surgical instrument that can be used for suspension of the malar fat pad. The needle was created using Kirschner wire to ensure that both tips were blunt. The double tip allows for passage of the wire through the superficial muscular aponeurotic system, ensuring that the suture is sufficiently deep to avoid dermatography. The utility of the new instrument was tested in rhytidoplasties involving minimal dissection. The needle described herein was proven safe, and could easily migrate through the tissues, without creating vascular and nerve lesions, and facilitate the positioning of the fixation points at the intended sites. The use of this needle for rhytidoplasty was quick, simple, and cost-effective, without any resulting dissection or damage to the anatomical structures or tissues.

Keywords: Face/surgery. Rhytidoplasty/methods. Rejuvenation.

 

Uso de tela absorvível de celulose oxidada (Surgicel®) no tratamento cirúrgico da rinofima: relato de casos

Vitor de Vasconcellos Muniz; Salustiano Gomes de Pinho Pessoa; Breno Bezerra Gomes de Pinho Pessoa; Iana Silva Dias; Juliana Régia Furtado Matos
Rev. Bras. Cir. Plást. 2011;26(3 Suppl.1):59 - Crânio, Face e Pescoço

PDF Português PDF Inglês

Patrocinadores

Indexadores

Licença Creative Commons Todos os artigos científicos publicados em http://www.rbcp.org.br estão licenciados sob uma Licença Creative Commons