ISSN Online: 2177-1235 | ISSN Impresso: 1983-5175

Mostrando de 1 até 20 de 41 resultado(s)

Busca por : José Carlos Daher

Reconstrução mamária com expansor permanente: uma outra alternativa*

Gustavo Souza Guimarães, José Carlos Daher, Marcela Caetano Cammarota
Rev. Bras. Cir. Plást. 2008;23(2):75-81 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Introdução: Hilton Becker descreveu nos anos 80 o uso do expansor permanente na reconstrução mamária, que poderia ser deixado como implante uma vez atingido o volume desejado, constituindo um novo caminho para as reconstruções. Objetivo: Este trabalho tem como objetivo levantar a experiência com o uso desta técnica, estabelecendo as indicações consideradas para sua escolha, suas vantagens, resultados e complicações. Método: Foram estudadas 131 pacientes em um total de 151 reconstruções. Dessas pacientes, 42 foram submetidas a reconstrução com expansor de mama, totalizando 49 mamas reconstruídas. Resultados: Em relação às complicações pós-operatórias, verifica-se um total de 20,8%, sendo grande parte destas relacionadas à radioterapia, mostrando ser este um fator que deve ser levado em consideração, pois aumenta as taxas de complicações e resultados adversos. A perda do expansor foi considerada a maior complicação nesta série, pela sua importância, ocorrendo em 6,3%. O estudo apresentou uma porcentagem importante do uso de expansor permanente nas reconstruções de mama. Conclusão: Mostrou ser um método seguro, eficiente, rápido, através de intervenções menores e com índices de complicações semelhantes a outros métodos já conhecidos. Os resultados estéticos são favoráveis, justificando a indicação da técnica em diferentes idades e condições clínicas dos pacientes.

Palavras-chave: Neoplasias da mama/cirurgia. Mamoplastia. Dispositivos para expansão de tecidos. Implantes de mama. Mastectomia.

 

ABSTRACT

Introduction: The use of a permanent expander in breast reconstruction was first described by Hilton Becker in the eighties. It is great advantage is to be left in place as an implant, once the desired breast volume is achieved. Objective: The present series is a review of 151 breast reconstructions. Methods: One hundred thirty one cases were enrolled in the study. Indications and type of reconstruction used, results, advantages and complications were considered. A total of 49 breast reconstructions with permanent expander were performed in 42 patients. Results: General rate of post operative complications was 20.8%. Radiotherapy related complications were the most commonly seen. Loss of implant was the most severe complication and occurred in 6.3%. The permanent expander was used in a significant percentage of patients in the present series. Conclusion: The authors considered the method safe, simple and fast, since the intervention is smaller. The complication rate observed in this series was similar to what is described for other reconstructions methods. Aesthetic results were considered good, and the technique is amenable to patients of different ages and/or clinical conditions.

Keywords: Breast neoplasms/surgery. Mammaplasty. Tissue expansion devices. Breast implants. Mastectomy.

 

Rinoplastia columelar: uma nova visão com uso de silicone sólido

José Carlos Daher; Marcela Caetano Cammarota; Jefferson Di Lamartine Galdino; Cesar Augusto Daher Ceva Faria; Alberto Benedik Neto; Gustavo de Souza Guimarães
Rev. Bras. Cir. Plást. 2010;25(3):450-457 - Artigo Original

PDF Português

RESUMO

Introdução: Nas rinoplastias, o tratamento do ângulo columelo-labial é ponto de relevância. A observação levou-nos a crer que, muitas vezes, o ângulo nasal deprimido e agudo ou a falta de projeção da ponta nasal devem-se a uma hipotrofia ou posição recuada do maxilar e da espinha nasal, tornando-os um suporte "recuado" para a base da pirâmide. Isto, associado à falta de sustentação ou reduzidas dimensões das cruras medialis das cartilagens alares, leva a narizes achatados, aduncos, podendo produzir pseudogibas. Objetivos: O objetivo deste trabalho é descrever uma nova concepção de rinoplastia, por técnica em que usamos uma pequena peça de silicone compacta, colocada por via de acesso no vestíbulo bucal, que se encaixará na columela e se apoiará na maxila e espinha nasal, funcionando como um verdadeiro avanço frontal, redefinindo a forma da columela e recolocando e redimensionando toda a base nasal, cuja ponta é projetada no espaço para frente. Método: O implante aloplástico foi esculpido em silicone "medium" (Silimed®) ou "soft", com desenho prédefinido e que se ajustou a cada caso. O procedimento foi acompanhado (ou não) da fratura dos ossos nasais pelos processos convencionais. Resultados: Os resultados estéticos do procedimento são extremamente animadores, muitas vezes substituindo procedimentos de rinoplastias mais complexos e invasivos, ou complementando-os com eficiência. Em nossa prática de 32 anos de uso desta técnica, aplicamos o procedimento em 181 pacientes, com exposição do implante em apenas dois casos.

Palavras-chave: Rinoplastia. Nariz/cirurgia. Próteses e implantes.

 

ABSTRACT

Background: The treatment of columello labial angle is an important point in rhinoplasty. We believe that this angle is depressed and acute, in function of a retracted position of the maxilla and nasal spine, that represent a "back" support to the nasal pyramid basis. Objective: We describe in this paper our technique, using a small compact silicone device, included through a vestibular approach, introduced into the columella and supported in front of the maxilla, functioning like an actual advance of the maxilla, redefining the columella shape and projecting the all basis of nasal pyramid and consequently, the nasal tip. Methods: This alloplastic implant was carved in a "medium" or "soft" silicone block (Silimed®), following a pre defined design, adapted to each patient. Results: We have excellent aesthetic with this procedure, replacing many times a classic rhinoplasty, more complex and invasive procedure, or joining additional help associated to it. In our 32 years practice using this technique and among 181 treated patients, we had late expositions of this implant in only two cases.

Keywords: Rhinoplasty. Nose/surgery. Prostheses and implants.

 

Reconstrução mamária com retalho do músculo grande dorsal e materiais aloplásticos: análise de resultados e proposta de nova tática para cobertura do implante

Jefferson Di Lamartine; Juld ásio Gald ino Júnior; José Carlos Daher; Gustavo Souza Guimarães; João Pedro Pontes Camara Filho; Marina de Souza Borgatto; Ricardo Cintra Júnior; Diogo Borges Pedroso
Rev. Bras. Cir. Plást. 2012;27(1):58-66 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: A reconstrução mamária ocupa lugar de destaque na cirurgia plástica e exige maior doação, entrosamento e confiança entre as especialidades médicas envolvidas e a paciente. O objetivo deste trabalho é analisar os resultados das reconstruções mamárias com o músculo grande dorsal e propor uma tática para melhor cobertura e posicionamento do implante. MÉTODO: Dezenove pacientes, 2 delas submetidas a cirurgia bilateral, totalizando 21 reconstruções, foram operadas entre junho de 2006 e junho de 2009. As pacientes foram analisadas por meio de questionário sobre aspectos estéticos e funcionais da reconstrução. Foram estudadas intercorrências, complicações e melhora estética com uso do implante sob dupla camada muscular. RESULTADOS: O índice de complicações foi pequeno, e em apenas um caso houve necessidade de reabordagem cirúrgica para reposicionar o implante em relação ao sulco submamário. Após o procedimento, 94% das pacientes afirmaram que tiveram suas expectativas atingidas, 64% não referiram limitações funcionais e 18% referiram limitações leves. O fato de colocar os implantes (próteses ou expansores) sob o músculo peitoral maior e cobrir o conjunto com o retalho do músculo dorsal melhora o contorno, pois abole ou suaviza as dobras e a aparência dos implantes nos quadrantes superiores e mediais das neomamas. CONCLUSÕES: As reconstruções mamárias com retalho do músculo grande dorsal associado a implantes de silicone podem oferecer excelentes resultados, com baixos índices de complicações. A colocação do implante sob dupla camada muscular proporciona a obtenção de mais harmonia nos quadrantes superiores das neomamas.

Palavras-chave: Mamoplastia. Mama/cirurgia. Neoplasias da mama. Retalhos cirúrgicos.

 

ABSTRACT

BACKGROUND: Breast reconstruction is distinct among plastic surgery techniques in that it requires the integration of several medical specialties as well as coordination with the patient. The aim of the present study was to analyze the results of breast reconstruction with the latissimus dorsi myocutaneous flap, and propose a strategy for better coverage and positioning of the implant. METHODS: The study included 19 patients who underwent surgery between June 2006 and June 2009. Bilateral surgery was performed in 2 patients, and a total of 21 reconstructions were analyzed. The patients filled out a questionnaire on the aesthetic and functional aspects of the reconstruction. The complications, problems, and aesthetic improvement associated with the use of implants placed under a double layer of muscle were assessed. RESULTS: A low rate of complications was reported, and only one case required a new surgical intervention to reposition the implant in relation to the inframammary crease. After the procedure, 94% of the patients reported that their expectations had been met, 64% reported no functional limitations, and 18% reported mild limitations. The placement of implants (prostheses or expanders) under the pectoralis major muscle, using the latissimus dorsi muscle flap to cover the implant improved the breast contour by softening the inframammary crease and positioning the implants in the upper and medial quadrants of the new breasts. CONCLUSIONS: Breast reconstruction using silicone implants and the latissimus dorsi muscle flap can have excellent outcomes, with low rates of complications. Placing the implant under a double layer of muscle improves the harmony of the upper quadrants during breast reconstruction.

Keywords: Mammaplasty. Breast/surgery. Breast neoplasms. Surgical flaps.

 

Reconstrução mamária com retalho dermogorduroso de pedículo inferior associado ao músculo peitoral

Ognev Meireles Cosac; Dhyego Molinari di Castro Curado; Marcela Caetano Cammarota; José Carlos Daher; Bruno Peixoto Esteves; João Pedro Camara Filho; Conrado Miranda de Almeida; Rafael Quaresma Lima
Rev. Bras. Cir. Plást. 2014;29(1):75-78 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: A mastectomia é o tratamento padrão para todos os tipos de câncer (CA) de mama. Essa doença, com exceção dos cânceres de pele não melanoma, ocupa o primeiro lugar dos cânceres que acometem as mulheres. Muitas são as possibilidades de reconstrução para mastectomia total, envolvendo retalhos autólogos e colocação de implantes. Os avanços na utilização dessas técnicas têm sido aprimorado ao longo dos anos de forma a proporcionar excelentes resultados. O objetivo deste trabalho é a descrição da técnica de reconstrução mamária com retalho dermogorduroso de pedículo inferior associado ao músculo peitoral e análise dos resultados. MÉTODOS: Foi realizada análise retrospectiva de prontuários das pacientes operadas para tratamento de câncer de mama, no período de 2008 a 2013, na clínica privada do autor. Foram selecionadas todas as pacientes que apresentavam tumores localizados nos quadrantes superiores. RESULTADOS: No período analisado, 210 pacientes foram submetidas à reconstrução mamária. Destas, 17 (8,09 %) foram submetidas à reconstrução de mama pela técnica proposta. Com relação às complicações pós-operatórias, observou-se 1 caso de necrose da pele e 1 caso de assimetria. CONCLUSÃO: Além de tecnicamente simples e com resultados estéticos aceitáveis, o retalho proposto não acarreta em morbidade de sítio doador, recuperação prolongada, fraqueza muscular com a vantagem de, na maioria das vezes, ser realizado em um único tempo cirúrgico.

Palavras-chave: Reconstrução de Mama; Retalhos Miocutâneos; Neoplasias da mama.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: A mastectomy is the standard treatment for all types of breast cancer (CA). This disease, with the exception of non-melanoma skin cancers, ranks first cancers that affect women. Many are the possibilities for full mastectomy reconstruction, involving autologous flaps and implant placement. Advances in the use of these techniques have been refined over the years in order to provide excellent results. The aim of this study is to describe the technique of breast reconstruction with the fat dermal inferior pedicle flap associated with pectoral and analysis of postoperative results. METHODS: Retrospective analysis of medical records of patients operated for treatment of breast cancer in the period 2008-2013, in the private practice of the author and all patients had tumors located in the upper quadrants were selected was performed. RESULTS: Over this period, 210 patients underwent breast reconstruction. Of these, 17 (8.09%) underwent breast reconstruction by the proposed technique. Over this period, 210 patients underwent breast reconstruction. Of these, 17 (8.09%) underwent breast reconstruction by the proposed technique. Regarding postoperative complications, there was 1 case of skin necrosis and 1 case of asymmetry. CONCLUSIONS: Apart from technically simple and acceptable cosmetic results, the proposed flap does not result in donor site morbidity, prolonged recovery, muscle weakness with the advantage that, in most cases, be accomplished in a single operation.

Keywords: Breast Reconstruction; myocutaneous flaps; Breast cancer.

 

Reconstrução mamária de resgate: a importância dos retalhos miocutâneos

Ognev Meireles Cosac; João Pedro Pontes Camara Filho; Marcela Caetano Cammarota; Jefferson Di Lamartine; José Carlos Daher; Marina de Souza Borgatto; Bruno Peixoto Esteves; Dhyego Molinari Di Castro Curado
Rev. Bras. Cir. Plást. 2013;28(1):92-99 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: A reconstrução mamária pode apresentar um resultado estético insatisfatório ou complicações que comprometam o resultado final. Nesses casos, pode-se realizar a reconstrução mamária de resgate, que é definida como uma revisão completa de uma reconstrução prévia, em caso de resultado insatisfatório ou falha da primeira reconstrução. Este trabalho tem como objetivo reportar a experiência dos autores na realização da reconstrução mamária de resgate pós-mastectomia por câncer de mama. MÉTODO: Estudo retrospectivo de prontuários de pacientes submetidas a reconstrução mamária de resgate, no período de março de 2002 a março de 2012. RESULTADOS: Foram identificados 57 casos de reconstrução mamária de resgate. Com relação à cirurgia inicial, 20 foram realizadas com próteses, 16 com retalho miocutâneo do músculo reto abdominal (TRAM), 11 com expansores, 6 cirurgias conservadoras e 4 com retalho miocutâneo do músculo grande dorsal (RGD). A principal causa de falha das reconstruções foi por motivos estéticos, seguida de necrose, contratura capsular e infecção e/ou exposição de implantes. A reconstrução de resgate foi realizada em 27 pacientes com emprego de RGD (P < 0,0001), em 16, com TRAM, e em 14, com material aloplástico. Em 57,9% dos casos, o cirurgião que realizou a reconstrução de resgate não foi o cirurgião da reconstrução inicial. CONCLUSÕES: A maioria das cirurgias que apresentaram resultados insatisfatórios foi realizada com materiais aloplásticos, sendo a principal causa o aspecto estético deficiente. As reconstruções de resgate foram realizadas principalmente com retalhos miocutâneos e por profissionais diferentes da primeira cirurgia. Os retalhos miocutâneos apresentam boa aplicabilidade nas reconstruções de resgate, por fornecerem tecido sadio e bem vascularizado a uma área manipulada previamente.

Palavras-chave: Mamoplastia/complicações. Mama/cirurgia. Neoplasias da mama. Retalhos cirúrgicos.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: Breast reconstruction can present an unsatisfactory aesthetic result or complications that could compromise the final result. In such cases, surgeons can perform salvage breast reconstruction, which is defined as a complete revision of a previous reconstruction in the case of failure or an unsatisfactory result from the first reconstruction. This study aims to report the authors' experience in performing salvage breast reconstruction after mastectomy for breast cancer. METHODS: This was a retrospective study of medical records of patients who underwent salvage breast reconstruction from March 2002 to March 2012. RESULTS: We identified 57 cases of salvage breast reconstruction. Twenty initial surgeries were performed with prostheses, 16 with transverse rectus abdominis myocutaneous flaps (TRAMs), 11 with expanders, 4 with conservative methods, and 6 with myocutaneous latissimus dorsi muscle flaps (LDMFs). The main cause of reconstruction failure was aesthetic, followed by necrosis, capsular contracture, and implant infection and/or exposure. Salvage reconstruction was performed using LDMF in 27 patients (P < 0.0001), TRAM in 16, and alloplastic material in 14 patients. In 57.9% of cases, the surgeon who performed the salvage reconstruction did not perform the initial reconstruction. CONCLUSIONS: Most surgeries that had unsatisfactory results, mainly because of poor aesthetics, were performed using alloplastic materials. Salvage reconstructions were performed primarily using myocutaneous flaps by professionals other than those who performed the initial surgery. These flaps have good applicability in salvage reconstructions because they provide healthy and well-vascularized tissue in a previously operated area.

Keywords: Mammaplasty/complications. Breast/surgery. Breast neoplasms. Surgical flaps.

 

Prótese glútea: o uso da lipoaspiração na melhora dos resultados

José Nava Rodrigues Neto, Gustavo Souza Guimarães, Alberto Benedik Neto, Marcela Caetano Cammarota, José Carlos Daher
Rev. Bras. Cir. Plást. 2010;25(2):344-348 - Artigo Original

PDF Português

RESUMO

Introdução: A lipoaspiração trouxe novas possibilidades para a melhora do contorno corporal. O uso de próteses para aumentar a região glútea trouxe interessantes opções para tratamento de hipotrofias moderadas e acentuadas, nas quais a lipoenxertia não atingiu resultados satisfatórios. O objetivo deste estudo foi analisar os resultados da gluteoplastia de aumento, sua associação com lipoaspiração, a técnica cirúrgica usada, seus resultados e suas complicações. Método: O estudo foi realizado no Centro de Estudos do Hospital Daher, onde foram analisados 41 pacientes, retrospectivamente, submetidos à gluteoplastia de aumento com prótese de silicone, no período de janeiro de 2005 a janeiro de 2010. A técnica utilizada foi de colocação de prótese intramuscular com incisão no sulco interglúteo. A lipoaspiração foi associada ou não, de acordo com o julgamento quanto a sua necessidade. Resultados: Dos 41 pacientes, 40 eram do sexo feminino e 1 do sexo masculino, com média de idade de 44,38 anos, variando de 22 a 65 anos. O volume da prótese variou de 240 a 360 ml. A associação entre as cirurgias ocorreu em 70% dos pacientes. As complicações ocorreram em duas pacientes. Discussão: A associação entre lipoaspiração e prótese glútea na busca de melhores resultados possibilitou a correção de grandes lipodistrofias, para melhora do contorno corporal, quando a lipoenxertia não traz resultados satisfatórios. Conclusão: A associação de prótese glútea com lipoaspiração é uma conduta segura, de baixa complexidade, que apresenta bons resultados no contorno corporal, com baixas taxas de complicação.

Palavras-chave: Lipectomia. Nádegas/cirurgia. Próteses e implantes.

 

ABSTRACT

Introduction: The liposuction brought new possibilities for the improvement of the body contour. The use of prosthesis in order to increase the gluteal region brought interesting options for the treatment of moderate and accentuated hypertrophy, in which the lipograft did not fulfill the expected results. The purpose of the present study was to analyze the results of increase gluteoplasty, its association with liposuction, the surgical technique used, its results and its complications. Method: The study was developed at the Daher Hospital Study Center, retrospectively, where 41 patients had been submitted to increase gluteoplasty with the use of silicone prosthesis, between January 2005 and August 2010. The technique used was of placement of intramuscular prosthesis with incision in the intregluteal sulk. The liposuction was associated or not according to the judgment concerning its necessity. Results: From 41 patients, 40 were females and 1 male, averaging the age of 44.38 years old, ranging between 22 to 65 years of age. The prosthesis volume was ranging between 240 to 360 ml. The association among the surgeries happened in 70% of the patients. The complications were noticed in two patients. Discussion: The liposuction and the gluteal prosthesis appeared as an option for these big corrections, as the lipografting does not reach satisfying results in these cases, due to the lipoabsorption and fatty necrosis. Conclusion: Association of gluteal prosthesis with liposuction is a not so complex procedure, offering good results, with an improvement of the body contour and low rates of complication.

Keywords: Lipectomy. Buttocks/surgery. Prostheses and implants.

 

Umbilicoplastia: experiência com a técnica do minicírculo de pele

José Carlos Daher; Alberto Benedik; César Augusto Daher Ceva Faria; Jefferson Di Lamartine Galdino Amaral; Jose Nava Rodrigues Neto; Ognev Meireles Cosac; Marcela Caetano Cammarota
Rev. Bras. Cir. Plást. 2011;26(2):302-305 - Artigo Original

PDF Português

RESUMO

Introdução: A umbilicoplastia compreende mais um detalhe técnico importante no decurso das abdominoplastias tipo incisão pubiana transversal baixa. As técnicas descritas e publicadas têm o mesmo princípio de preservar o umbigo original, deixando com frequência cicatrizes geralmente visíveis, retráteis e mesmo hipertróficas. Paralelamente, a estenose cicatricial ou o inverso, uma área umbilical maior do que a dos padrões estéticos, chama a atenção negativamente, decorrente de uma estreita margem de segurança para se obter efeitos estéticos desejados. Método: Foram revisados 72 pacientes do sexo feminino, operadas de abdominoplastia no período de 26 meses, com os mesmos detalhes técnicos de umbilicoplastia. Após da dissecação do pedículo umbilical, um minicírculo de pele com cerca de 5 mm de diâmetro é preservado na sua extremidade livre. Após as etapas da abdominoplastia, a reposição do umbigo é realizada mediante a exérese de um cone de gordura no retalho do abdome situado na projeção do mesmo e uma incisão cutânea transversal de 7 mm faz exteriorizar o círculo de pele que é suturado na pele mediantes pontos isolados de fio não absorvível. Resultados: Os resultados obtidos foram considerados satisfatórios pela equipe cirúrgica e pelas pacientes, sem presença de problemas pós-operatórios que exigissem cuidados especiais. Conclusão: A técnica de umbilicoplastia apresentada tem sido um procedimento de fácil execução, sem problemas secundários de caráter técnico ou estético e pela ausência de cicatrizes visíveis.

Palavras-chave: Umbigo. Abdome/cirurgia. Cirurgia Plástica/métodos.

 

ABSTRACT

Introduction: The umbilicaplasty is another important technical detail in the lower pubic transversal abdominoplasty. The described and published techniques have similar scope to preserve the navel pedicle but frequently leaving visible and even hypertrophic scars. From the stenotic umbilicus to the reverse open bally button bigger than the patterns, call the attention negatively base on the narrow safe limits to obtain the desired aesthetic aspects. Methods: Seventy two female patients submitted to abdominoplasty under the same umbilicaplasty procedures were followed in a period of 26 months. After the umbilical pedicle dissection from the skin flap a 5 mm mini skin circle is preserved on its free extremity. After the abdominoplasty steps be partially concluded the umbilicaplasty is performed. A small fat cone from the skin flap is resected below the umbilicus final position, a 7 mm transversal incision is done in the skin flap to extrude and suture with isolated non absorbable stitches the small skin circle of the umbilicus. Results: The obtained results were considered satisfactory by the surgical team and the patients, without post operative problems that had require special care. Conclusion: It has been an easy procedure without secondary aesthetic and technical problems and lack of visible scars.

Keywords: Umbilicus. Abdomen/surgery. Plastic surgery/methods.

 

Mastopexia associada a implante de silicone submuscular ou subglandular: sistematização das escolhas e dificuldades

José Carlos Daher; Jefferson Di Lamartini Galdino do Amaral; Diogo Borges Pedroso; Ricardo Cintra Júnior; Marina de Souza Borgatto
Rev. Bras. Cir. Plást. 2012;27(2):294-300 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: Ao longo dos tempos tem sido reportado o papel fundamental das mamas na feminilidade. Na mamoplastia de aumento deve-se buscar preservar a funcionalidade do órgão.As indicações do melhor plano tecidual de cobertura e a associação com a mastopexia podem tornar-se um grande desafio. O objetivo deste trabalho é avaliar uma série de casos de mastopexia associada a implantes. MÉTODO: Estudo descritivo retrospectivo de pacientes submetidas a mamoplastia de aumento e mastopexia no Serviço de Cirurgia Plástica do Hospital Daher Lago Sul (Brasília, DF, Brasil). No período de julho de 2008 a julho de 2011, 243 pacientes foram operadas, com média de idade de 31,4 anos, sendo 149 operadas pela técnica subglandular e 94, pela submuscular. Os volumes dos implantes variaram de 150 ml a 400 ml. RESULTADOS: Houve 174 casos de procedimentos combinados. Quatro pacientes submetidas à técnica subglandular desenvolveram contratura capsular (grau II). Foram observados 7 casos de pseudoptose pela técnica submuscular e 14 de ptose mamária pela técnica subglandular. Oito pacientes apresentaram mobilidade do implante pela ação do músculo. A taxa de reoperação total foi de 6,58%. CONCLUSÕES: O tratamento da ptose mamária associado a mamoplastia de aumento exige combinações técnicas complexas e cuidadosa análise pré-operatória, para definição das melhores técnicas a serem utilizadas, diminuindo a necessidade de revisões cirúrgicas e permitindo a obtenção de resultados harmônicos, duradouros e estáveis.

Palavras-chave: Mamoplastia. Mama/cirurgia. Implante mamário.

 

ABSTRACT

BACKGROUND: Throughout history, the breasts are considered important to the femininity and self-esteem of women. In augmentation mammoplasty, organ function must be preserved. Indications for the best tissue plane for coverage of silicone implants and association with mastopexy can be challenging. The aim of this study was to evaluate a series of cases of mastopexy associated with silicone implants. METHODS: A retrospective descriptive study was performed in patients who underwent mastopexy at the Plastic Surgery Unit of the Hospital Daher Lago Sul (Brasília, DF, Brazil). From July 2008 to July 2011, 243 patients with a mean age of 31.4 years underwent surgery. In 149 patients, the subglandular technique was used and in 94 patients, the submuscular technique was used. Implant volume ranged from 150 mL to 400 mL. RESULTS: There were 174 cases of combined procedures. Four patients who underwent surgery using the subglandular technique developed capsular contracture (grade II). We followed up 7 cases of pseudoptosis with the submuscular technique and 14 cases of mammary ptosis with the subglandular technique. Eight patients experienced a mobile implant resulting from muscle activity. The reoperation rate was 6.58%. CONCLUSIONS: Treatment of mammary ptosis associated with augmentation mammoplasty demands a complex combination of techniques and careful preoperative analysis in order to define the best techniques to be used; this procedure lowers the need for surgical revisions and allows harmonious, stable, and long-lasting results.

Keywords: Mammaplasty. Breast/surgery. Breast implantation.

 

Platismotomia fechada no tratamento das bandas platismais: revisão de 5 anos do uso da técnica

Dhyego Molinari di Castro Curado; José Carlos Daher; João Pedro Pontes Camara Filho; Marina de Souza Borgatto; Bruno Peixoto Esteves; Conrado Miranda de Almeida
Rev. Bras. Cir. Plást. 2013;28(3 Suppl.1):22 - Crânio, Face e Pescoço

PDF Português

Lesão inadvertida por foco cirúrgico

José Carlos Daher, Gustavo Souza Guimarães, Jefferson di Lamartine Galdino Amaral, Alberto Benedik Neto, César Augusto Daher Ceva Faria
Rev. Bras. Cir. Plást. 2009;24(3):389-393 - Relatos de Caso

PDF Português

RESUMO

Introdução: Entenda-se por lesão inadvertida aquela ocorrida inesperadamente, por acaso ou evento imprevisível, acidental e involuntária. Objetivo: Relatar os casos de dois pacientes que apresentaram, nos pós-operatório imediato, lesões teciduais de difícil explicação, que evoluíram para necroses localizadas, sua evolução clínica, o processo da formulação de hipóteses etiológicas e comprovação, sobre os quais se formulou a hipótese de queimadura causada pelo calor do foco cirúrgico. Relato dos casos: Duas pacientes submetidas a reconstrução mamária desenvolveram lesões bolhosas nas regiões operadas, atípicas, levando à investigação de tais causas. Formulou-se a hipótese de o agente causal das lesões ser o calor desenvolvido pelos focos cirúrgicos no centro das superfícies iluminadas. Além da biópsia da lesão de uma das pacientes, criou-se e aplicou-se um protocolo para mensuração da luminosidade e da temperatura desenvolvida sob as lâmpadas dos focos cirúrgicos. Procedeu-se à biópsia com o resultado compatível com o diagnóstico de queimadura. A análise dos focos demonstra termos atingido a temperatura de 63,5°C em 135 minutos, com as campânulas superpostas, sendo que à temperatura de 44ºC já se pode ter lesão tecidual. Conclusão: Comprovada a possibilidade de queimadura pelo calor do foco cirúrgico, configura-se a necessidade do médico estar atento ao uso adequado dos equipamentos médico-hospitalares, intervir oportunamente junto à indústria para a produção de equipamentos seguros, bem como fazê-los acompanhar de adequadas instruções de uso.

Palavras-chave: Mamoplastia. Queimaduras/etiologia. Iluminação/efeitos adversos.

 

ABSTRACT

Introduction: The objective of this study was to report two cases of patients who presented in the immediate postoperative period, tissue lesions that are difficult to explain, which progressed to located necrosis, its clinical evolution, the process of formulating etiological hypotheses and evidences, on which it is made a chance to burn caused by the heat of surgical focus. Case report: Two patients submitted to breast reconstruction developed in 13 years after surgery of radical mastectomy, with signs of radiothermitis in the chest wall in the irradiated areas. Both patients developed bullous lesions in the regions operated, atypical, leading to the investigation of such causes. Raise the possibility of the causative agent of the injuries being developed by the heat outbreaks in the surgical center of the area illuminated. Apart from a biopsy of the lesion of the patients, it was created and applied is a protocol for measuring the brightness and temperature developed under the lights of surgical focus. This was the biopsy with the result consistent with the diagnosis of burn. The analysis shows outbreaks of having achieved a temperature of 63.5°C (146.3ºF) in 135 minutes, overlaid with cloches. Conclusion: From the knowledge of the possibility, given the biopsy and the measurement of temperature indicating the possibility of burns, the doctor must be attentive to the proper use of medical equipment.

Keywords: Mammaplasty. Burns/etiology. Lighting/adverse effects.

 

Lipoma gigante de membro inferior com repercussão no sistema vascular

José Carlos Daher; Jefferson Di Lamartine Galdino Amaral Marcela Caetano Cammarota; Alberto Benedik Neto; Cesar Augusto Daher Ceva de Faria
Rev. Bras. Cir. Plást. 2013;28(3):522-525 - Relato de Caso

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Os lipomas são os tumores mesenquimais mais frequentes e podem ocorrer em diversas partes do corpo. Entretanto, lipomas gigantes são raros, por vezes de difícil diagnóstico, em decorrência de sua localização, e com consequências clínicas. Neste artigo é apresentado um caso de lipoma gigante em região poplítea esquerda, tratado cirurgicamente após detalhado estudo radiológico. São discutidos o diagnóstico pré-operatório e suas dificuldades, muitas vezes causadas pela localização profunda e pela impossibilidade de diagnóstico conclusivo pela imagem. O tratamento foi concluído com sucesso, sendo descritos a abordagem cirúrgica passo a passo e o resultado final.

Palavras-chave: Lipoma. Neoplasias lipomatosas. Neoplasias de tecidos moles.

 

ABSTRACT

Lipomas are the most common mesenchymal tumors, which may develop in different parts of the body. However, giant lipomas are rare and sometimes difficult to diagnose owing to their location and the presenting clinical consequences. In this report, we present the case of a patient with a giant lipoma in the left popliteal region that was surgically treated after a detailed radiological assessment. Further, we discuss the preoperative diagnosis and its difficulties, often caused by the deep localization of the tumor and the impossibility of obtaining a conclusive radiological diagnosis. Moreover, we describe the successful treatment, along with the step-by-step surgical approach and the final outcome achieved.

Keywords: Lipoma. Neoplasms, adipose tissue. Soft tissue neoplasms.

 

Rinoplastia: enxerto ósseo de olécrano

Diogo Borges Pedroso, José Carlos Daher, Ognev Meireles Cosac, Flavia Roberta Paes Vasconcelos, Renato Sérgio de Medeiros Souza, Giuliano Trombetta Amaral
Rev. Bras. Cir. Plást. 2010;25(3 Suppl.1):35 - Crânio, Face e Pescoço

PDF Português

Aplicação estética e reconstrutora da mamoplastia com pedículo areolado

João Pedro Pontes Camara Filho; Marcela Caetano Cammarota; José Carlos Daher; Alberto Benedik Neto; César Augusto Daher Ceva Faria; Marina de Souza Borgatto
Rev. Bras. Cir. Plást. 2013;28(3 Suppl.1):39 - Tórax e Tronco

PDF Português

Platismotomia fechada no tratamento das bandas platismais: revisão de 4 anos do uso da técnica

Ricardo Cintra Júnior; Diogo Borges Pedroso; Marina de Souza Borgatto; Dhyego Molinari de Castro Curado; Bruno Esteves Peixoto; José Carlos Daher
Rev. Bras. Cir. Plást. 2012;27(3 Suppl.1):40 - Crânio, Face e Pescoço

PDF Português

Expansores permanentes de Becker em reconstrução de mama

Diogo Borges Pedroso, José Carlos Daher, Marcela Caetano Cammarota , Alberto Benedik Neto, César Augusto Daher Ceva Faria, Ricardo Cintra Junior
Rev. Bras. Cir. Plást. 2010;25(3 Suppl.1):53 - Tórax e Tronco

PDF Português

Reconstrução do complexo aréolo-papilar com o "double opposing flap"

Ricardo Cintra Júnior, Jefferson DiLama rtine Galdino Amaral , Alberto Benedik Neto, Diogo Borges Pedroso, César Augusto Daher Ceva Faria, José Carlos Daher
Rev. Bras. Cir. Plást. 2010;25(3 Suppl.1):61 - Tórax e Tronco

PDF Português

Avaliação da influência da radioterapia nas reconstruções de mama com TRAM

Marina de Souza Borgatto; Marcela Caetano Cammarota; José Carlos Daher; João Pedro Pontes Camara Filho; Diogo Borges Pedroso; Ricardo Cintra Júnior; Marcela Caetano Cammarota; José Carlos Daher; João Pedro Pontes Camara Filho; Diogo Borges Pedroso; Ricardo Cintra Júnior
Rev. Bras. Cir. Plást. 2012;27(3 Suppl.1):66 - Tórax e Tronco

PDF Português

Reconstrução mamária em mulheres jovens: análise de 5 anos de experiência

Bruno Peixoto Esteves; Marcela Caetano Cammarota; José Carlos Daher; João Pedro Pontes Camara Filho; Marina de Souza Borgatto; Dhyego Molinari di Castro Curado
Rev. Bras. Cir. Plást. 2013;28(3 Suppl.1):67 - Tórax e Tronco

PDF Português

Mastopexia associada a implante de silicone: submuscular ou subglandular. Sistematização das escolhas e dificuldades

Diogo Borges Pedroso; José Carlos Daher; Jefferson Di Lamartini Galdino Amaral; Ricardo Cintra Júnior; Marina de Souza Borgatto; João Pedro Pontes Câmara Filho
Rev. Bras. Cir. Plást. 2011;26(3 Suppl.1):68 - Tórax e Tronco

PDF Português PDF Inglês

Impacto da quimioterapia neoadjuvante na incidência de complicações pós-operatórias em pacientes submetidas a reconstruções mamárias imediatas

Bruno Peixoto Esteves; Marcela Caetano Cammarota; Ricardo Cintra Júnior; João Pedro Pontes Câmara Filho; Diogo Borges Pedroso; José Carlos Daher
Rev. Bras. Cir. Plást. 2012;27(3 Suppl.1):81 - Tórax e Tronco

PDF Português

Patrocinadores

Indexadores

Licença Creative Commons Todos os artigos científicos publicados em http://www.rbcp.org.br estão licenciados sob uma Licença Creative Commons