ISSN Online: 2177-1235 | ISSN Print: 1983-5175

Showing of 1 until 1 from 1 result(s)

Search for : Isaac Moura

Star nymphoplasty: a surgical technique for labia minora hypertrophy

Marcelo Daher; Alan Rodríguez Muñiz; Alvaro Cosac Daher; Karina Vanzan; Guilherme Monteiro; Jair Maciel; Isaac Moura
Rev. Bras. Cir. Plást. 2015;30(1):44-50 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

INTRODUCTION: In recent years, women have been frequently consulting the plastic surgeon concerning the shape and dimensions of the labia minora and other surrounding structures, not only for aesthetic but also functional reasons, e.g., dyspareunia. The authors present a technique for the aesthetic and functional treatment of the external female genitalia, the vulva, with the purpose of correcting hypertrophy of the labia minora (nymphs), without changing their form. METHOD: This technique consists in the incision in the shape of a star leading to a shortening of nymphs both anteroposteriorly and craniocaudally. This is a 15-year retrospective study, with clinical and surgical follow-up of 64 female patients with an age range between 14 and 58 years, all submitted to star nymphoplasty, the technique proposed in this study. RESULTS: The results were obtained from the patients operated from January 1996 to December 2011, at the Hospital da Lagoa and at Interclínica-Centroplástica, Jardim Botânico, Rio de Janeiro, RJ. A high rate of patient satisfaction with the size and aesthetic shape of the genitalia was achieved. There was a low rate of complications and remaining complaints. CONCLUSION: This surgical procedure is done with the objective of reshaping the tissue structure of the hypertrophic labia minora. From a technical point of view, it can be considered as a simple and effective functional and aesthetic treatment of the female genitalia.

Keywords: Nymphoplasty; Labiaplasty; Star incision; Intimate surgery; Hypertrophy of the labia minora.

 

RESUMO

INTRODUÇÃO: O cirurgião plástico tem sido consultado com frequência, nos últimos anos, sobre a forma e as dimensões dos pequenos lábios vulvares e outras estruturas circunvizinhas, não só pela questão estética, mas também pela funcional, da dispareunia. Os autores apresentam uma técnica de tratamento estético e funcional da genitália externa feminina, a vulva, com o intuito de corrigir a hipertrofia dos pequenos lábios (ninfas), sem alterar-lhes a forma. MÉTODO: A técnica consiste na abordagem do pequeno lábio vulvar, com uma incisão em forma de estrela, produzindo um encurtamento das ninfas tanto ântero-posteriormente como crânio-caudalmente. O estudo é de tipo retrospectivo de um período de 15 anos, com seguimento clínico e cirúrgico de 64 pacientes de sexo feminino, com uma faixa etária entre 14 e 58 anos, todas submetidas à ninfoplastia em estrela, técnica proposta neste estudo. RESULTADOS: Os resultados foram obtidos da ficha dos pacientes operados no período compreendido entre janeiro de 1996 e dezembro de 2011, no Hospital da Lagoa e na Interclínica-Centroplástica, Jardim Botânico, Rio de Janeiro-RJ. Alto índice de satisfação das pacientes com o tamanho e o formato estético da genitália. Houve uma baixa taxa de complicações e queixas residuais. CONCLUSÃO: Este ato cirúrgico é feito com o objetivo de remanejar a estrutura tecidual hipertrófica dos pequenos lábios vulvares. De um ponto de vista técnico, pode-se considerar como um procedimento simples e eficaz no tratamento tanto funcional como estético da genitália feminina.

Palavras-chave: Ninfoplastia; Labioplastia; Incisão em estrela; Cirurgia íntima; Hipertrofia de pequenos lábios.

 

Support

Indexers

Licença Creative Commons All scientific articles published at www.rbcp.org.br are licensed under a Creative Commons license