ISSN Online: 2177-1235 | ISSN Impresso: 1983-5175

Mostrando de 1 até 13 de 13 resultado(s)

Busca por : Hugo José de Araújo

Correção da blefaroptose na oftalmoplegia crônica progressiva

Kátia Tôrres Batista, Hugo José de Araújo
Rev. Bras. Cir. Plást. 2009;24(1):1-5 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Introdução: Ptose palpebral corresponde à abertura anormal da pálpebra superior em decorrência da perda parcial ou total da função do músculo elevador (músculo levantador da pálpebra superior), ocasionada por doença adquirida ou congênita. Método: Neste trabalho, descreve-se a evolução e os resultados obtidos com a suspensão palpebral dinâmica com enxerto de fáscia lata fixada ao tarso e músculo frontal. Resultados: No período entre 2000 a 2007, foram operados seis pacientes portadores de blefaroptose bilateral consequente a oftalmoplegia crônica progressiva, os quais apresentaram resultado satisfatório com a técnica descrita.

Palavras-chave: Blefaroptose. Doenças palpebrais/cirurgia. Olho/cirurgia.

 

ABSTRACT

Introduction: Palpebral ptosis is a superior eyelid abnormal opening due partial or total elevator muscle function, caused by acquired or congenital pathology. Methods: In this paper, we describe the evolution and results gotten with the dynamic palpebral suspension with fascial sling to tarsal and to frontal muscle. Results: Six patients with chronic progressive external ophtalmoplegia blepharoptosis were operated between 2000 and 2008. We described satisfactory results with the technique.

Keywords: Blepharoptosis. Eyelid diseases/surgery. Eye/surgery.

 

Biópsia do nervo sural: técnica, indicações e resultados

Kátia Torres Batista, Hugo José de Araújo, Aloysio Campos da Paz Júnior
Rev. Bras. Cir. Plást. 2009;24(2):158-161 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

A biópsia de nervo pode ser útil no diagnóstico de neuropatias periféricas quando não for possível determinar a causa por métodos convencionais como eletromiografia ou testes de sensibilidade. Nós revisamos as indicações desse procedimento, descrevemos a técnica e discutimos os resultados.

Palavras-chave: Nervo sural. Biópsia. Doenças do sistema nervoso periférico.

 

ABSTRACT

A sural nerve biopsy may be useful to enable the clinician to diagnose of peripheral neuropathy, when no clear underlying cause has been determined with conventional assessment such as electrophysiology or quantitative sensory testing. We review the indications of this procedure, describe the technique, and discuss the results.

Keywords: Sural nerve. Biopsy. Peripheral nervous system diseases.

 

Resultados do reparo cirúrgico tardio das lesões traumáticas do nervo radial

Katia Torres Batista; Hugo José de Araújo; Edilberto Assumpção de Araújo
Rev. Bras. Cir. Plást. 2010;25(3):458-464 - Artigo Original

PDF Português

RESUMO

Introdução: As lesões traumáticas do nervo radial podem ocasionar a disfunção de membros superiores devido à incapacidade de extensão do cotovelo, punho, mão e dedos, cujo resultado depende da gravidade da lesão, técnica cirúrgica, causa do trauma e tempo de cirurgia. Método: Apresentamos os resultados de 18 indivíduos submetidos ao tratamento tardio das lesões do nervo radial, realizado no período de 2001 a 2007, com o tempo de lesão menor que 15 meses e submetidos a reparação neural. Resultados: A média do tempo de seguimento foi de 48 meses. A recuperação motora satisfatória foi obtida em 90% dos casos submetidos à cirurgia. A recuperação funcional ocorreu em todos os casos submetidos à cirurgia, seja por epineurólise, neurorrafia epineural primária e, em um caso de insucesso, foi obtida a recuperação funcional com a transferência de tendão.

Palavras-chave: Nervo radial/lesões. Extremidade superior/lesões. Transferência de tendão.

 

ABSTRACT

Introduction: Traumatic injuries of radial nerve lead to a dysfunction of upper extremities caused by elbow and wrist extension and finger grip inabilities, which depend on injury severity, surgical technique and trauma surgery time span. Methods: We present results from 18 subjects with late treatment of radial nerve injuries submitted to surgery during the period from 2001 to 2007, with injury time before then 15 months and submitted to neural repair. Results: The average follow up time is 48 month. A satisfactory motor repair was obtained in 90% of cases submitted to surgery. Functional recovery accessed in all cases submitted to surgery, either by epineurolysis, primary epineural repair and one case was obtained functional recovery with a tendon transfer.

Keywords: Radial nerve/injuries. Upper extremity/injuries. Tendon transfer.

 

Macrodactilia na mão: relato de caso

Kátia Tôrres Batista, Alexandre Faleiros Cauhi, Carlos Eduardo Fagotti de Almeida, Edilberto Assumpção de Araújo, Gláucia Ângela Braz de Jesus, Hugo José de Araújo, Odésio Luiz Lunz
Rev. Bras. Cir. Plást. 2008;23(2):128-130 - Relatos de Caso

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Os autores descrevem a evolução de um caso de macrodactilia digital progressiva na mão ao longo de 10 anos e os programas cirúrgicos e de reabilitação utilizados. Criança do sexo feminino foi admitida no Hospital de Reabilitação aos 10 meses de idade, apresentava macrodactilia digital progressiva no II e III quirodáctilos da mão esquerda. Evoluiu com síndrome do túnel do carpo, atrofia e perda da oponência do polegar. Aos dois anos, foi submetida a amputação do III raio; aos seis anos, a encurtamento do II dedo, epifisiodese e, aos nove anos, a retinaculotomia dos flexores, amputação do II raio e restauração da oponência do polegar com a transferência do extensor próprio do índex. Foram necessários vários procedimentos e métodos de tratamento para o alívio dos sintomas de compressão do nervo mediano e resultado final funcional satisfatório. Os autores recomendam a amputação como opção cirúrgica e o tratamento precoce da síndrome do túnel do carpo.

Palavras-chave: Dedos/anormalidades. Gigantismo/patologia. Deformidades congênitas da mão/cirurgia. Falanges dos dedos da mão/anormalidades.

 

ABSTRACT

The authors describe the progress over a ten year period of a single hand macrodactyly digital progressive case and corresponding surgical and rehabilitation procedures used. The female child was first evaluated at the hospital at the age of 10 months, with macrodactyly digital progressive at I and II fingers of the left hand. Afterwards she developed carpal tunnel syndrome, atrophy and lost of thumb opposition. The third ray was amputated at age 2. At age 6 she was realized finger shortening, physeal arrest and at age 9 a carpal tunnel release, II ray resection and proprius extensor tendon opponensplasty. Many interventions and treatment methods were required to relieve the compression symptoms of the median nerve and satisfactory final functional result. The authors recommend amputation as a surgical option and early carpal tunnel release.

Keywords: Fingers/abnormalities. Gigantism/pathology. Hand deformities, congenital/surgery. Finger phalanges/abnormalities.

 

Restauração cirúrgica da oponência do polegar

Alexandre Faleiros CauhiI, Kátia Torres Batista, Hugo José de Araújo, Odésio Luiz Lunz, Edilberto Assumpção de Araújo
Rev. Bras. Cir. Plást. 2009;24(4):460-465 - Artigo Original

PDF Português

RESUMO

Introdução: A perda da capacidade de oposição do polegar com os dedos longos é um grave prejuízo funcional. Método: Doze pacientes com perda da oponência por diversas causas foram submetidos à oponencioplastia utilizando-se as técnicas de transferência do extensor próprio do indicador (Burkhalter-Finochietto), do abdutor do dedo mínimo (Huber) ou de um tendão flexor superficial do terceiro ou quarto dedos (Bunnell modificada). Todos os pacientes foram avaliados no pré-operatório e acompanhados no pós-operatório seguindo um mesmo protocolo. Resultados: Os resultados foram avaliados de acordo com o escore de Kapandji e os critérios de Sundaraji e Mani. Houve ganhos funcionais em onze pacientes. Conclusão: Concluiu-se que bons resultados podem ser alcançados independentemente da técnica cirúrgica utilizada, desde que seja realizada criteriosa avaliação clínica pré-operatória e os princípios básicos para transferência tendínea sejam respeitados.

Palavras-chave: oponencioplastia? paralisia do nervo mediano? transferência de tendão.

 

ABSTRACT

Introduction: Loss of the thumb's ability to oppose the fingertips constitutes serious functional damage. Method: Twelve patients with loss of opposition due to varied causes were submitted to an opponensplasty consisting of either transference of extensor indicis proprius (Burkhalter-Finochietto), abdutor digiti quinti (Huber), or a flexor digitorum superficialis (modified Bunnell). All patients were submitted to preoperative assessment and were followed-up postoperatively using the same protocol. Resultados: Results were evaluated according to Kapandji's score and the Sundaraji and Mani criteria. Functional improvement was observed in eleven patients. Conclusion: We concluded that good results can be achieved irrespective of the technique employed, so long as careful preoperative evaluation is conducted and the basic principles of tendinous transference are respected.

Keywords: opponensplasty? median nerve palsy? opposition transfer.

 

Reconstrução da parede torácica após a ressecção de extensos tumores

Katia Torres Batista; Hugo Jose de Araujo; Eduardo Magalhaes Mammare; Alessandro Amorim Aita; Rogerio Santos Silva
Rev. Bras. Cir. Plást. 2014;29(4):550-556 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: Nos estágios finais da reconstrução torácica, consequente a exéreses tumorais, são necessários procedimentos complexos e implantes. O que requer cuidados multidisciplinares, com a participação dos cirurgiões torácicos, plástico, radiologista e fisioterapeuta. O objetivo foi descrever as opções de reconstrução torácica após ressecção de neoplasia, realizado no Hospital Sarah Brasília. MÉTODO: Estudo retrospectivo de reconstrução torácica em tempo único, após excisão de tumor, fisioterapia respiratória com ventilação não invasiva e exercícios. RESULTADOS: Entre 2007 a 2012 foram operados 10 pacientes, sete homens e três mulheres; idade 10 a 31 anos; oito apresentavam tumores torácicos metastáticos (osteosarcoma, sinoviosarcoma, Fibrosarcoma epitelioide esclerosante e Rabdomiosarcoma) e dois originários da parede torácica (fibromatose e condrosarcoma). Observou-se boa evolução no pós-operatório imediato, com extubação ao final da cirurgia, retirada do dreno torácico entre 5° e 8° PO. As complicações foram: atelectasia (10%), recorrência tumoral (10%), e óbito em 3 (30%) casos . CONCLUSÃO: Foi possível a reconstrução torácica em tempo único utilizando tela de polipropileno, polimetilmetacrilato e retalhos musculares, com recuperação precoce da função pulmonar e baixo índice de complicações imediatas.

Palavras-chave: Reconstrução torácica; Tumor torácico; Polimetilmetacrilato.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: Complex procedures and implants are required in the final stages of chest wall reconstruction after tumor excision. This process requires multidisciplinary care with participation from thoracic and plastic surgeons, a radiologist, and a physical therapist. The goal of this study was to describe the options for chest wall reconstruction after neoplasm resection at Hospital Sarah Brasilia. METHOD: A retrospective study of one-time chest wall reconstruction after tumor excision, respiratory physical therapy with noninvasive ventilation, and exercises was conducted. RESULTS: Between 2007 and 2012, 10 patients underwent surgery (seven men, three women; age range: 10-31 years); eight patients had metastatic thoracic tumors (e.g., osteosarcoma, synovial sarcoma, sclerosing epithelioid fibrosarcoma, and rhabdomyosarcoma) and two had tumors originating from the chest wall (fibromatosis and chondrosarcoma). The outcomes were good after the immediate postoperative period, with extubation occurring at the end of surgery and chest tube removal between the fifth and eighth postoperative day. Three cases (30%) involved complications of atelectasis (10%), tumor recurrence (10%), or death. CONCLUSION: One-time chest wall reconstruction using polypropylene mesh, polymethylmethacrylate, and muscle flaps was possible and was associated with early recovery of pulmonary function and a low rate of immediate complications.

Keywords: Chest wall reconstruction; Thoracic tumor; Polymethylmethacrylate.

 

Reconstrução do membro superior após cirurgia oncológica com retalho fasciomiocutâneo do grande dorsal

Hugo José de Araújo; Kátia Tôrres Batista
Rev. Bras. Cir. Plást. 2008;23(4):347-349 - Relatos de Caso

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Os autores apresentam dois casos de reconstrução do membro superior com o retalho do músculo grande dorsal pediculado, após cirurgia oncológica. Trata-se de um retalho versátil, que permitiu cobertura de defeitos complexos, material de síntese, controle da infecção e a cicatrização óssea, com pequena morbidade do leito doador.

Palavras-chave: Retalhos cirúrgicos. Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos. Traumatismos do braço/cirurgia.

 

ABSTRACT

The authors present two cases of upper limb reconstruction using flap from the latissimus dorsi pediculate flap after oncologic surgery. This is a versatile flap that permits coverage of complex defects, synthesis material, infection control and bone cicatrization, with minimum morbidity to the donor region.

Keywords: Surgical flaps. Reconstructive surgical procedures. Arm injuries/surgery.

 

Reconstrução craniana frontoparietal com implante de polimetilmetacrilato

Kátia Torres Batista; Hugo Jose de Araujo
Rev. Bras. Cir. Plást. 2012;27(3 Suppl.1):22 - Crânio, Face e Pescoço

PDF Português

Resultados da descompressão e anteriorização do nervo ulnar no cotovelo

Kátia Torres Batista; Hugo José de Araújo; Aloysio Campos da Paz Júnior
Rev. Bras. Cir. Plást. 2011;26(1):134-139 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Introdução: A compressão do nervo ulnar no cotovelo é a segunda causa mais frequente de neuropatia compressiva no membro superior. Na maioria dos casos, a compressão ocorre no canal cubital, vulnerável à compressão extrínseca, intrínseca ou idiopática. O tratamento cirúrgico é controverso. Método: Os autores descrevem os resultados da descompressão e transposição anterior do nervo ulnar realizadas em 58 pacientes. Resultados: Identificou-se como causa principal a fratura de cotovelo e a hanseníase. Na Rede Sarah, entretanto, têm sido frequente (15%) também as indicações por compressão causada por ossificação heterotópica em casos de lesados medulares e/ou cerebrais. Realizamos 57% de procedimentos associados à retinaculotomia dos flexores, descompressão no canal de Guyon e transferência tendínea para músculos intrínsecos. Obteve-se 80% de bons e excelentes resultados, 20% de complicações, dor neuropática, distrofia simpática reflexa e manutenção dos sintomas, observadas em pacientes diabéticos e portadores de hanseníase.

Palavras-chave: Síndromes de Compressão Nervosa. Síndrome do Túnel Ulnar. Nervo Ulnar.

 

ABSTRACT

Introduction: Ulnar nerve compression is the second most frequent compressive neuropathy. It mostly occurs in the cubital tunnel at the elbow, and its surgical treatment is controversial. Here, we aim to describe the results of subcutaneous decompression and anterior transposition of the ulnar nerve performed by the Plastic Surgery Team of the Sarah Brasilia Hospital over a 6-year period. Methods: We assessed the results of decompression and anterior transposition of the ulnar nerve performed in 58 patients between 2001 and 2007 according to the modified McGowan classification. Results: Elbow fracture and leprosy were the most frequent causes of ulnar nerve compression, followed by heterotopic ossification due to spinal cord and/or brain injury. Flexor muscle retinaculotomy, Guyon's canal decompression, and tendon transfer for intrinsic muscles were performed in 57% of the patients. Overall, 80% of the patients demonstrated good or excellent results; the remaining 20%, especially those with diabetes or leprosy, exhibited complications such as neuropathic pain, complex regional pain, and persistence of symptoms. Conclusion: Decompression and anterior transposition of the ulnar nerve at the elbow reduces tension and neuritis. Moreover, it is possible to obtain 80% good or excellent results in patients with Grade II and Grade III compression.

Keywords: Nerve Compression Syndromes. Cubital Tunnel Syndrome. Ulnar Nerve.

 

O uso da fotografia digital na evolução de ferida cirúrgica neoplásica: relato de caso

BARBARA BRAGA CAVALCANTE; KATIA TORRES BATISTA; HUGO JOSE DE-ARAUJO; MARIA IRENI ZAPALOWSKI GALVAO
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(4):605-608 - Relato de Caso

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Introdução: As feridas oncológicas apresentam características peculiares, muitas vezes difíceis de expressar no texto escrito. A fotografia digital pode contribuir na descrição e na assistência destas feridas.
Relato do Caso: Relatar o caso de paciente do sexo feminino, jovem, com lesão recidivada medindo 20x 18x13,7cm na coxa esquerda e diagnóstico de sarcoma sinovial. Utilizou-se a fotografia digital como facilitador na avaliação e tratamento de ferida oncológica complexa. A paciente foi submetida à exérese do tumor, curativos e enxertia de pele; o acompanhamento foi realizado com registros fotográficos com câmera do telefone celular, inserido no prontuário eletrônico e proporcionou a fotointerpretação pela equipe de saúde.
Conclusão: O uso da fotografia foi importante, pois permitiu a avaliação rápida da ferida, pôde ser transmitida à equipe para avaliação do plano de tratamento e foram importantes ferramentas legais e para o ensino.

Palavras-chave: Fotografias; Oncologia cirúrgica; Cicatriz; Ferida cirúrgica; Oncologia

 

ABSTRACT

Introduction: The characteristics of cancer wounds are unusual and are often difficult to describe in writing. Therefore, digital photography may be used to describe and manage these wounds.
Case Report: A young female patient with a recurring lesion measuring 20 × 18 × 13.7 cm in the left thigh was diagnosed with synovial sarcoma. Digital photography was used to facilitate evaluation and treatment of her complex cancer wound. The patient underwent tumor excision, dressings, and skin grafting; the follow-up was carried out with photographic records using a cell phone camera, which were inputted into the electronic medical record and interpreted by the medical team.
Conclusion: The use of photographs was important because it allowed rapid wound evaluation, could be shared with the team to evaluate the treatment plan, and was an important tool for legal purposes and teaching.

Keywords: Photographs; Surgical oncology; Scar; Surgical wound; Oncology

 

Reconstrução de membros inferiores após excisão de úlcera de Marjolin: relato de casos

Katia Torres Batista; Hugo José de Araújo; Aloysio Campos da Paz Junior
Rev. Bras. Cir. Plást. 2010;25(3):562-565 - Relatos de Caso

PDF Português

RESUMO

Introdução: A úlcera de Marjolin é uma rara complicação de cicatrizes crônicas, mais comum após queimaduras, havendo predominância nos membros inferiores. Objetivo: Descrever uma série de pacientes com úlcera de Marjolin nos membros inferiores, atendidos no Hospital Sarah Brasília entre 2001-2008. Relato dos casos: Foram realizadas a excisão tumoral e a reconstrução com enxertia de pele; retalho sural reverso, amputação e programa de reabilitação. A amputação foi considerada nos casos em que não foi possível a reconstrução. Foi diagnosticado carcinoma epidermóide bem diferenciado por biopsia de congelação transoperatória e exame histopatológico. Não houve relato de recidiva após cinco anos. Conclusão: Os autores recomendam o seguimento e a avaliação de cicatrizes instáveis com biopsia em intervalos regulares. Nos casos diagnosticados de câncer realizar a excisão completa e atenção para as adaptações funcionais com órteses e próteses.

Palavras-chave: Úlcera. Úlcera cutânea. Queimaduras/complicações.

 

ABSTRACT

Introduction: Marjolin's ulcer is a rare complication of chronic scars that is most often associated with burn wounds. There was predominance developing in the lower extremities. Objective: To describe results in a serie of cases with Marjolin's ulcer in lower extremity admitted in the Hospital Sarah Brasilia, between 2001-2008. Case reports: We performed wide tumoral excision and reconstruction with grafts, sural reverse flap, amputation and rehabilitation program. Amputation was considered in cases where surgical excision is not possible. Differentiated squamous cell carcinoma was diagnosis by frozen section biopsy and histopathological analyze. There were no reports of disease recurrence after five years. Conclusion: The authors recommend the follow up and that unstable scars were evaluated with biopsy at regular intervals. If cancer is found wide excision is indicated and attention for functional adaptations with orthesis or prosthesis.

Keywords: Ulcer. Skin ulcer/etiology. Burns/complications.

 

Reabilitação na paralisia parcial do plexo braquial

Katia Torres Batista; Hugo José de Araújo
Rev. Bras. Cir. Plást. 2013;28(1):175-179 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Muitas transferências musculares têm sido defendidas para restaurar os movimentos do membro superior após paralisia grave do plexo braquial. A paralisia dos músculos deltoide e supraespinal pode ser tratada por meio de transferência do músculo trapézio. A paralisia dos músculos extensores de punho, mão e dedos, quando o nervo mediano está preservado, pode ser corrigida com emprego dos músculos pronador redondo, flexor ulnar do carpo e palmar longo. Os autores descrevem um caso de reabilitação de paciente portador de lesão parcial antiga do plexo braquial à direita, de predomínio em tronco superior, principalmente da raiz de C6 e de fascículo posterior. Foi evidenciada fraqueza dos músculos deltoide e extensores do punho e dos dedos, sem antecedentes de reparo microcirúrgico do plexo braquial. Foi realizada, inicialmente, cirurgia de transferência tendínea para ganho de extensão de punho, mão e dedos e, após um ano, transferência do músculo trapézio, para estabilização do ombro. O sucesso na transferência para tratamento de paralisia do plexo braquial requereu especialização do cirurgião, motivação do paciente e programa de reabilitação.

Palavras-chave: Plexo braquial/lesões. Músculo esquelético/fisiopatologia. Músculo esquelético/transplante.

 

ABSTRACT

A variety of muscle transfer techniques have been proposed to restore motion of the upper extremities following severe brachial plexus palsy. Paralysis of the deltoid and supraspinatus muscles can be treated with transfer of the trapezius muscle. Paralysis of the wrist, hand, and digital extensor muscles can be corrected using the pronator teres, flexor carpi ulnaris, and palmaris longus muscles if the median nerve is preserved. Here we describe the rehabilitation of a patient with an old partial injury to the right brachial plexus that primarily involved the upper trunk from the C6 root to the posterior cord. Weakness of the deltoid muscle, wrist, and digital extensor muscles was observed. Microsurgical repair of the brachial plexus had not been performed. Tendon transfer surgery was performed to improve wrist, hand, and digital extension. One year later, transfer of the trapezius muscle was performed to stabilize the shoulder. The success of muscle transfer in the treatment of the brachial plexus palsy required the surgeon's specialization, the patient's motivation, and a rehabilitation program.

Keywords: Brachial plexus/injuries. Muscle, skeletal/physiopathology. Muscle, skeletal/ transplantation.

 

Neurofibroma plexiforme de membro superior

Kátia Torres Batista; Hugo José de Araújo; Aloysio Campos da Paz Júnior
Rev. Bras. Cir. Plást. 2011;26(3):546-549 - Relatos de Caso

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Os autores apresentam um caso incomum de neurofibroma plexiforme acometendo o membro superior, com diagnóstico de neurofibromatose do tipo 1. Realizou-se a ressecção do tumor no nervo mediano. A paciente evoluiu com manutenção da função do membro e remissão dos sintomas de dor após seguimento de quatro anos.

Palavras-chave: Neurofibromatose 1. Neurofibroma. Neurofibroma plexiforme. Extremidade superior.

 

ABSTRACT

The authors present an unusual case of plexiform neurofibroma affecting the upper limb in a patient diagnosed with type 1 neurofibromatosis. Tumor resection was performed on the median nerve. The patient showed maintenance of limb function and remission of symptoms of pain after four years of follow-up.

Keywords: Neurofibromatosis 1. Neurofibroma. Neurofibroma, plexiform. Upper extremity.

 

Patrocinadores

Indexadores

Licença Creative Commons Todos os artigos científicos publicados em http://www.rbcp.org.br estão licenciados sob uma Licença Creative Commons