ISSN Online: 2177-1235 | ISSN Print: 1983-5175

Showing of 1 until 1 from 1 result(s)

Search for : Herberto Yoshino

Umbilical base plicature: technique proposition for treatment of the bulge aspect and to avoid stigmas after abdominoplasty

Daniel Francisco Mello, Herberto Yoshino
Rev. Bras. Cir. Plást. 2009;24(4):525-529 - Original Article

PDF Portuguese

ABSTRACT

Introduction: The umbilicoplasty (onfaloplasty) is a main surgical step during abdominoplasty. Esthetic concerns and important reference to this area in the post surgical time are assessed, by the patient and the surgeon. The bulge aspect of the umbilical base, similar to umbilical hernias, is considered unattractive. This situation could exist in the pre surgical evaluation or it could be an unfavorable outcome. Purpose: To present a complementary technique to be associated during umbilicoplasty, using the plicature of the umbilical base to aponeurosis, with the objective of treat a pre existent bulge of umbilicus or to avoid this undesirable post surgical alteration. Methods: Twenty female patients were submitted to conventional abdominoplasty with umbilical base plicature during a period of 12 months. In 10 cases there were a bulge aspect in pre surgical. None of the patients had umbilical hernia. The follow up has duration of 6 - 24 months. Results: There were good results in all cases, with treatment of the deformity when it was present, with no recidive or sequela. There were no cases of local ischemia or dehiscence. In the cases without previous deformity there weren't alterations after surgery. Conclusions: The plicature of the umbilical base is a technique that could be used with success in the treatment of an existent umbilical bulge and to avoid this undesirable situation after abdominoplasty.

Keywords: Umbilicus/surgery. Abdomen/surgery. Surgery, plastic/methods.

 

RESUMO

Introdução: A umbilicoplastia (onfaloplastia) corresponde a um tempo fundamental durante a realização das abdominoplastias. Considerações estéticas e importante destaque no período pós-operatório, tanto pela paciente quanto pelo cirurgião, são atribuídas a esta região. A protrusão da base umbilical, similar ao aspecto de hérnias, é considerada aspecto não atrativo. Essa situação pode existir no pré-operatório ou evoluir como resultado pós-operatório desfavorável. Objetivo: Apresentar uma técnica complementar a ser associada durante a realização da umbilicoplastia, com a realização da plicatura da base da cicatriz umbilical à aponeurose, objetivando tratar protrusões existentes ou evitar esta indesejável alteração no pós-operatório. Método: Vinte pacientes do sexo feminino foram submetidas à abdominoplastia convencional com realização da plicatura da base umbilical, durante período de 12 meses. Em 10 casos, havia protrusão no pré-operatório. Nenhuma das pacientes apresentava hérnia nessa topografia. O acompanhamento pós-operatório variou de 6 a 24 meses. Resultados: Foram obtidos bons resultados em todos os casos, com tratamento da deformidade proposta quando presente, sem recidivas ou sequelas locais. Não houve casos de isquemia local ou deiscência. Nos casos em que não se evidenciava nenhuma deformidade prévia, não houve alterações no pós-operatório. Conclusão: A plicatura da base umbilical é uma técnica que pode ser utilizada com sucesso para tratamento da protrusão já estabelecida, bem como para evitar que essa situação indesejada possa ocorrer após abdominoplastias.

Palavras-chave: Umbigo/cirurgia. Abdome/cirurgia. Cirurgia plástica/métodos.

 

Support

Indexers

Licença Creative Commons All scientific articles published at www.rbcp.org.br are licensed under a Creative Commons license