ISSN Online: 2177-1235 | ISSN Impresso: 1983-5175

Mostrando de 1 até 9 de 9 resultado(s)

Busca por : Gal Moreira Dini

Evolução dos artigos científicos em cirurgia plástica

Gal Moreira Dini
Rev. Bras. Cir. Plást. 2014;29(2):181-182 - Editorial

PDF Português PDF Inglês

Reconstrução nasal com o uso de cartilagem costal

Marcel Vinícius de Aguiar Menezes, Gal Moreira Dini, Lydia Masako Ferreira
Rev. Bras. Cir. Plást. 2009;24(1):6-10 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Introdução: Entre os materiais autógenos mais utilizados na reconstrução nasal, a cartilagem septal é a fonte doadora ideal, pois geralmente fornece material de boa qualidade e fácil obtenção. Porém seu uso é limitado em casos de grandes deformidades e mesmo nos casos mais simples em que a quantidade de cartilagem é limitada por fatores como grandes desvios do septo cartilaginoso ou septoplastia prévia. Qualquer substância aloplástica para aumentar o nariz deve ser instrumento de exceção. Cartilagens são mais resistentes à reabsorção e também possuem menores índices de extrusão e reabsorção. Objetivo: Avaliar a segurança e a durabilidade dos resultados das rinoplastias com o uso de cartilagem costal. Método: Foram operados 30 pacientes com deformidades nasais que preenchessem os seguintes critérios de inclusão: pacientes de ambos os sexos que apresentassem deformidade nasal necessitando de enxertos cartilaginosos múltiplos para sua correção; pacientes entre 18 e 60 anos de idade. Foram considerados os seguintes critérios de exclusão: pacientes com contra-indicações clínico-cirúrgicas ao procedimento indicado, com alterações nos exames pré-operatórios e com risco cirúrgico elevado. Resultados: No período de abril de 2004 a julho de 2007, foram selecionados consecutivamente 30 pacientes com indicação de correção de deformidade nasal necessitando de múltiplos enxertos cartilaginosos. Não foram encontradas complicações anestésicas ou cardiorrespiratórias, trombose venosa profunda, perfurações de vísceras, infecção ou outras maiores. Conclusão: A técnica provou ser segura, com resultados duradouros e excelentes.

Palavras-chave: Rinoplastia. Osso nasal/cirurgia. Cartilagem. Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos/métodos.

 

ABSTRACT

Introduction: Among the most autogenous materials used in nasal reconstruction, the septal cartilage is the ideal donor, because often provides material of good quality and easily accessible. But their use is limited in cases of major deformities and even in the simplest cases where the amount of cartilage is limited by factors such as large deviations of the cartilaginous septum or prior septoplasty. Aloplastic implants should be an exception. Cartilage is more resistant to resorption and also have lower rates of extrusion. Objective: To evaluate the safety and durability of the results of rhinoplasty with the use of costal cartilage. Method: Thirty patients were operated with nasal deformities with the following inclusion criteria: patients of both sex who had nasal deformity that was necessary the use of multiple cartilaginous transplants for its correction; patients with age between 18 and 60 years. The exclusion criteria were: patients with impossibility to medical-surgical procedure, with changes in preoperative examinations and high surgical risk. Results: From April 2004 to July 2007, were selected consecutively 30 patients with an indication correction of nasal deformity requiring multiple cartilaginous grafts. There were no anesthetic or cardiorrespiratory complications, deep vein thrombosis, perforations of viscera, infection, or other higher. Conclusion: The technique proved to be safe and durable and excellent results.

Keywords: Rhinoplasty. Nasal bone/surgery. Cartilage. Reconstructive surgical procedures/methods.

 

Adaptação Cultural e Validação da Versão Brasileira da Escala de Auto-estima de Rosenberg

Gal Moreira Dini, Marina Rodrigues Quaresma, Lydia Masako Ferreira
Rev. Bras. Cir. Plást. 2004;19(1):41-52 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Os autores tiveram como objetivos: Traduzir para a língua portuguesa, adaptar ao contexto cultural brasileiro e validar a escala de auto-estima de Rosenberg para uma população de pacientes que irão submeter-se à cirurgia plástica. CONCLUSÃO - A versão para a língua portuguesa da escala de auto-estima de Rosenberg (EPM/Rosenberg) apresentou bons índices de reprodutibilidade e validade no nosso meio, podendo ser usada como instrumento para medir a auto-estima de pacientes brasileiros que irão submeter-se à cirurgia plástica.

Palavras-chave: Auto-estima; qualidade de vida; questionários; testes psicológicos; cirurgia plástica

 

ABSTRACT

The authors had as objectives: to translate into Portuguese, culturally adapt and validate the Rosenberg self-esteem scale to be used in a population which will be submitted to plastic surgery. Conclusion: The Portuguese version of the Rosenberg Self-Esteem scale (UNIFESP-EPM/Rosenberg) proved reliable and valid and can be used as an instrument to measure the self-esteem of patients who will be undergoing cosmetic surgery.

Keywords: Self-esteem; quality of life; questionnaires; psychological tests; self-image; plastic surgery

 

Novo modelo animal para treinamento de rinoplastia

Gal Moreira Dini; Hamilton Aleardo Gonella; Leandro Fregadolli; Bruno Nunes; Ricardo Gozzano
Rev. Bras. Cir. Plást. 2012;27(2):201-205 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: A rinoplastia apresenta um conjunto único de desafios para o cirurgião plástico. Destreza cirúrgica exige longa curva de aprendizado, que pode trazer resultados, por vezes, problemáticos, especialmente para o iniciante em um procedimento tão complexo. Entender as bases anatômicas e as propriedades mecânicas dos componentes nasais é fundamental para obter resultados satisfatórios na rinoplastia. Para melhorar o treinamento do cirurgião iniciante em rinoplastia, grande variedade de modelos tem sido descrita, como nariz de porco ou coelho, cartilagem do esterno de frango, modelos de silicone e, até mesmo, modelo virtual tridimensional do nariz humano gerado por computador. Neste artigo é proposto o uso da cabeça de ovelha como modelo para reprodução dos passos técnicos da rinosseptoplastia, constituindo uma ferramenta para educação e pesquisa cirúrgica. MÉTODO: Várias cabeças de ovelha foram dissecadas de forma reprodutível e as cartilagens nasais foram modeladas em diferentes formas, tal como descrito na literatura para modelo humano. Suturas foram colocadas nas cartilagens para simular os passos da rinoplastia estruturada. RESULTADOS: O modelo de caprinos reproduziu estruturas similares, incluindo as cruras medial e lateral e os ângulos domais, além de proporcionar orientação cefálica apropriada. A cartilagem septal é abundante para simulação de enxertos e vários ossos estão disponíveis para fratura e raspagem. CONCLUSÕES: Com um número estimado de mais de um bilhão de ovelhas domésticas no mundo, esse modelo tem o potencial de melhorar os resultados na rinoplastia, proporcionando maior oportunidade de treinamento em um procedimento que requer precisão, conhecimento e arte.

Palavras-chave: Rinoplastia. Nariz/cirurgia. Cirurgia plástica. Capacitação.

 

ABSTRACT

BACKGROUND: Rhinoplasty poses a unique set of challenges to the plastic surgeon. Surgical dexterity is associated with a long learning curve; this sometimes causes undesirable results, especially in the case of surgeons who are beginners at performing such a complex procedure. Understanding the anatomic basis and mechanical properties of its components is fundamental for achieving satisfactory results in rhinoplasty. To enhance surgical training for those learning the principles of rhinoplasty, a wide variety of models has been described. Among these are the nose of the pig and rabbit, chicken sternal cartilage, nasal silicone models, and even a virtual computer-generated 3-dimensional model of the human nose. OBJECTIVE: The authors propose the use of a sheep head as a model to replicate the technical steps involved in rhinoseptoplasty for surgical education and research. METHODS: Several fresh domestic sheep heads were obtained from a local butcher shop, dissected according to a predetermined set of steps, and modeled in different shapes as described in the literature for human models. Sutures were placed in the cartilage to simulate the steps of a structured rhinoplasty. RESULTS: The caprine model presents anatomical structures similar to those found in humans, including the medial and lateral crura, with appropriate cephalic orientation and domal angles. Septal cartilage was sufficient to simulate several grafts, and bones were available for fracture and rasping. CONCLUSIONS: With an estimated more than 1 billion domestic sheep worldwide, this model has the potential to improve outcomes in rhinoplasty by providing wider opportunities for training in a procedure that requires knowledge, precision, and artistry.

Keywords: Rhinoplasty. Nose/surgery. Plastic surgery. Training.

 

Um novo modelo animal para o treinamento da rinoplastia

Bruno Barboza Nunes, Ana Carolina Macedo, Ricardo Gozzano, Gal Moreira Dini, Hamilton Aleardo Gonella
Rev. Bras. Cir. Plást. 2012;27(3 Suppl.1):6 - Experimental

PDF Português

Avaliação da eficácia do enxerto ósseo na correção das laterorrinias

Ivan da Silva Monteiro Junior, Gal Moreira Dini, Lydia Masako Ferreira
Rev. Bras. Cir. Plást. 2010;25(3 Suppl.1):7 - Crânio, Face e Pescoço

PDF Português

Aumento mamário por meio da incisão da abdominoplastia: estudo prospectivo de 100 casos

Gal Moreira Dini; Jean Milani; Luciana Gianini Albuquerque; Mario Farinazzo de Oliveira; Ivan Dunshee de Abranches Oliveira Santos Filho; Lauren Klas Iurk; Lydia Masako Ferreira
Rev. Bras. Cir. Plást. 2013;28(1):105-113 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: A gravidez e a obesidade causam distensão da parede abdominal e também produzem mudanças na forma e no tamanho das mamas. Assim, não é incomum a necessidade de melhoria estética da área abdominal, coincidindo com o desejo de aumento de mama. A mamoplastia utilizando a mesma incisão da abdominoplastia foi descrita pela primeira vez em 1976. Em decorrência da falta de estudos prospectivos empregando essa abordagem, os autores realizaram uma série de dermolipectomias usando a incisão abdominal para inserir o par de implantes mamários de silicone gel. MÉTODO: Cem pacientes consecutivas foram selecionadas, com média de idade de 33 ± 2 anos. A abdominoplastia clássica foi realizada e, em seguida, confeccionados 2 túneis sobre os hipocondrios direito e esquerdo. Após colocação dos implantes, foi realizada reconstrução do sulco mamário com pontos simples usando fios absorvíveis, fixando o subcutâneo à aponeurose. RESULTADOS: Não houve nenhuma das seguintes complicações: trombose venosa profunda, complicações cardiorrespiratórias ou anestésicas, necrose de pele, sangramento visível, e hematoma ou infecção detectáveis clinicamente. O volume dos implantes variou de 280 ml a 450 ml (mediana de 350 ml). O tempo médio de operação foi de 116 minutos. Em nenhum caso foi necessária reoperação. O período de acompanhamento mínimo foi de 9 meses e máximo, de 84 meses (média de 36 meses). CONCLUSÕES: A técnica de aumento mamário por meio da incisão da abdominoplastia se mostrou confiável e simples, constituindo uma nova opção para a cirurgia mamária sem cicatriz nas mamas.

Palavras-chave: Cirurgia plástica. Mamoplastia. Implante mamário. Mama/cirurgia. Abdome/cirurgia. Abdominoplastia. Lipectomia.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: Pregnancy and obesity cause distension of the abdominal wall and produce changes in the shape and size of the breasts. Thus, the need of aesthetic improvement of the abdominal area is not uncommon, coinciding with the desire for breast augmentation. Performing mammoplasty via the abdominoplasty incision approach was first described in 1976. Because of the lack of prospective studies using this approach, we performed a series of dermolipectomy procedures using the abdominal incision to insert a pair of silicone gel breast implants. METHODS: In total, 100 consecutive patients were selected, with a mean age of 33 ± 2 years. Classic abdominoplasty was performed, and 2 tunnels were then made in the right and left hypochondria. After implant placement, the mammary fold was reconstructed using simple sutures with absorbable threads to attach the subcutaneous tissue to the aponeurosis. RESULTS: None of the following complications were observed: deep-vein thrombosis, cardiorespiratory or anesthetic complications, skin necrosis, visible bleeding, hematoma, or clinically detectable infection. The volume of the implants ranged from 280 to 450 mL (median, 350 mL). The mean operation time was 116 minutes. Reoperation was not necessary in any of the cases. The monitoring period ranged from 9 to 84 months (mean, 36 months). CONCLUSIONS: Breast augmentation via the abdominoplasty incision approach was demonstrated to be a reliable and simple technique, providing a new, scar-free alternative to mammary surgical procedures.

Keywords: Plastic surgery. Mammaplasty. Breast implantation. Breast/surgery. Abdomen/surgery. Abdominoplasty. Lipectomy.

 

Implante de gel coesivo mamário por via abdominal

Natália de Lima e Silva; Gal Moreira Dini; Lydia Masako Ferreira
Rev. Bras. Cir. Plást. 2012;27(3 Suppl.1):63 - Tórax e Tronco

PDF Português

Efeito do rivaroxaban na dermolipectomia abdominal

Fabiana Midori Takeuchi; Gal Moreira Dini
Rev. Bras. Cir. Plást. 2012;27(3 Suppl.1):75 - Tórax e Tronco

PDF Português

Patrocinadores

Indexadores

Licença Creative Commons Todos os artigos científicos publicados em http://www.rbcp.org.br estão licenciados sob uma Licença Creative Commons