ISSN Online: 2177-1235 | ISSN Impresso: 1983-5175

Mostrando de 1 até 3 de 3 resultado(s)

Busca por : Fernando Vicente de Araujo

Controle da dor no pós-operatório de lipoaspiração

Marcel Vinicius de Aguiar Menezes; Priscila Teles Archanjo; Raquel Santana Ramos Oliveira; Lúcio Antonio Garcia Dias; José Siqueira Prado; Fernando Vicente de Araujo; Jessica Gonçalves de Queiroz
Rev. Bras. Cir. Plást. 2017;32(4):556-561 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: O controle da dor é essencial em qualquer evento cirúrgico. A lipoaspiração cursa, em geral, com queixas de dor pós-operatória, o que levanta a discussão acerca da melhor maneira de preveni-la e tratá-la. Dessa forma, estudos indicam que a analgesia deveria começar antes que qualquer estímulo doloroso seja deflagrado a fim de reduzir ou prevenir a dor preemptivamente. A abordagem nas diversas vias álgicas, com combinação de diferentes classes de fármacos ou associação dos bloqueios raquimedular ou epidural com anestesia geral, também pode contribuir para o manejo da dor. MÉTODOS: Estudo descritivo, prospectivo, intervencionista, tipo Coorte, com pacientes submetidas à cirurgia plástica envolvendo lipoaspiração. O procedimento anestésico padrão consistiu na associação de anestesia geral e subaracnóidea. O escalonamento da dor, realizado 6 e 18 horas após o término da cirurgia, utilizou escalas unidimensionais. A ausência de dor ou a presença de dor leve foram consideradas como resultado satisfatório. RESULTADOS: Foram avaliadas 50 pacientes do sexo feminino, com média de 35 anos de idade. Não foi encontrada dor severa em qualquer momento do estudo. Os resultados satisfatórios representaram 94% e 92% das pacientes na avaliação das 6 e 18 horas do pós-operatório, respectivamente (p < 0,001). CONCLUSÕES: A anestesia geral venosa combinada com raquianestesia, em cirurgia de contorno corporal, foi capaz de controlar satisfatoriamente a dor no pós-operatório imediato na maioria dos casos (>90%). A lipoaspiração mostrou ser cirurgia de dor controlável nesta casuística.

Palavras-chave: Analgesia; Lipectomia; Anestesia geral; Raquianestesia; Dor pós-operatória.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: Pain control is essential in any surgical event. Liposuction is, in general, accompanied by complaints of post-operative pain, which raises the discussion about the best way to prevent and treat it. Accordingly, studies indicate that the analgesia should begin before any painful stimulus is triggered in order to reduce or prevent the pain preemptively. The approach of the various pain pathways, with a combination of different classes of drugs or utilization of spinal block or epidural/general anesthesia can also contribute to pain management. METHODS: A descriptive, prospective, interventional cohort type study was conducted with patients undergoing plastic surgery involving liposuction. The standard anesthetic procedure consisted of an association between general and spinal anesthesia. The assessment of pain, carried out 6 and 18 hours after the end of the surgery, used unidimensional scales. The absence of pain or the presence of mild pain was considered a satisfactory result. RESULTS: Fifty female patients were evaluated, with an average of 35 years of age. No intense pain was found at any time during the study. Satisfactory results accounted for 94% and 92% of the patients in the assessment at 6 and 18 hours post-surgery, respectively (p < 0.001). CONCLUSIONS: Intravenous anesthesia combined with spinal anesthesia, in body contouring surgery, was able to satisfactorily control pain in the immediate postoperative period in most cases (>90%). In this study, liposuction was revealed to be a type of surgery with manageable pain.

Keywords: Analgesia; Lipectomy; General anesthesia; Spinal anesthesia; Pain, postoperative.

 

Rinoplastia em pacientes com deformidades secundárias a fissura labiopalatal: associação dos princípios de McComb e da "Escola de Dallas"

Fernando Vicente de Araujo; Leão Faiwichow; Fernando Cesar Dias Lemos
Rev. Bras. Cir. Plást. 2011;26(3 Suppl.1):57 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

Logística do tratamento cirúrgico da lipodistrofia em pacientes soropositivos para HIV/AIDS no Hospital do Servidor Público Estadual de São Paulo

Fernando Vicente de Araujo, Leão Faiwichow, Alexandre Andrade, Lívia Paiva Gurgel, Fábio Silva Fernandes, Mário Warde
Rev. Bras. Cir. Plást. 2010;25(3 Suppl.1):96 - Geral

PDF Português

Patrocinadores

Indexadores

Licença Creative Commons Todos os artigos científicos publicados em http://www.rbcp.org.br estão licenciados sob uma Licença Creative Commons