ISSN Online: 2177-1235 | ISSN Impresso: 1983-5175

Mostrando de 1 até 4 de 4 resultado(s)

Busca por : Felipe Nascimento Mateus

Tração hemostática temporária (THT) em ritidoplastias

João Francisco do Valle Pereira; Conrado Luiz Pais D'Avila; Felipe Nascimento Mateus
Rev. Bras. Cir. Plást. 2014;29(2):216-220 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: Na tentativa de desacelerar o processo de envelhecimento, as cirurgias de contorno facial foram estabelecendo-se como técnicas rejuvenescedoras, sendo constantemente aprimoradas, assim como os resultados. Porém, como qualquer procedimento cirúrgico, há a possibilidade de intercorrências e a principal complicação delas é o hematoma. Descontentes com a presença desta complicação, com o uso de drenos e visando menor custo, os autores viram a necessidade de desenvolver uma nova tática cirúrgica chamada tração hemostática temporária - THT. MÉTODOS: Foram incluídas neste estudo todas as ritidoplastias realizadas na Clínica Valle Pereira (Florianópolis, SC), no período compreendido entre maio de 2012 e janeiro de 2013, totalizando 64 pacientes. Todos foram submetidos à nova tática cirúrgica chamada tração hemostatica temporária. RESULTADOS: Apenas 2 pacientes apresentaram epidermólise com ótima evolução sob a THT, e 1 caso de edema facial generalizado. Não houve caso com hematoma, em qualquer período pós-operatório. CONCLUSÕES: esta nova tática cirúrgica evita o uso de drenos, diminui o espaço morto aumentando a adesão do retalho descolado e, consequentemente, diminui a presença de hematoma, seroma e edema pós-operatório, assim como diminui a tensão cicatricial na incisão da pele, visando aprimorar os resultados das ritidoplastias.

Palavras-chave: Ritidoplastia; Face/Cirurgia; Hematoma.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: To slow the aging process, facial contouring surgery was developed as a rejuvenating technique, and is constantly improving, as are the results. However, as with any surgical procedure, complications are possible, the main one being hematoma. Dissatisfied with the prospect of hematoma and the use of drains, and with a goal of lower costs, the authors felt the need to develop a new surgical procedure, temporary hemostatic traction (THT). METHODS: Sixty-four rhytidoplasties, all performed at the Valle Pereira Clinic (Florianópolis, SC, Brazil) from May 2012 to January 2013, were included in this study. All patients underwent the new THT procedure. RESULTS: Only two patients developed epidermolysis with optimal evolution following THT, and one developed generalized facial edema. There were no instances of hematoma at any of the postoperative stages. CONCLUSIONS: This new surgical technique avoids the use of drains and decreases dead space, thereby improving flap adhesion, and decreases hematoma, seroma, and postoperative edema; it also decreases tension on the incision, hence improving the results of rhytidoplasty.

Keywords: Rhytidoplasty; Facial Surgery; Hematoma.

 

Umbilicoplastia triangular com retalho dérmico

João Francisco do Valle Pereira; Luciano Vargas Schutz; Velibor Kostic; Conrado Luiz Pais d'Avila; Felipe Nascimento Mateus
Rev. Bras. Cir. Plást. 2011;26(3):496-501 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Introdução: A técnica de umbilicoplastia varia muito, tanto na forma como é incisada a cicatriz umbilical, quanto na abertura cutânea no retalho abdominal e sua fixação na aponeurose e/ou coto umbilical. Descontentes com o aspecto pós-operatório da cicatriz umbilical, os autores viram a necessidade de desenvolver uma nova técnica, com o objetivo de proporcionar aos pacientes maior grau de naturalidade e satisfação pós-operatória. Métodos: Foram incluídas neste estudo as abdominoplastias realizadas na Clínica Valle Pereira (Florianópolis, SC), no período compreendido entre fevereiro de 2009 e janeiro de 2011, totalizando 194 pacientes. Todos os pacientes foram submetidos a abdominoplastia convencional e umbilicoplastia triangular com retalho dérmico. Resultados: Apenas 8 (4,13%) pacientes apresentaram complicações leves. Não houve complicações graves. A satisfação dos pacientes foi positiva em 188 (96,91%) casos; entre os cirurgiões, a satisfação foi positiva em 186 (95,88%) casos. Conclusões: A técnica demonstra versatilidade, facilidade de execução e reprodutibilidade, proporcionando harmonia no contorno corporal e naturalidade ao principal estigma da abdominoplastia, a cicatriz umbilical.

Palavras-chave: Abdome/cirurgia. Umbigo/cirurgia. Retalhos cirúrgicos.

 

ABSTRACT

Background: Umbilicoplasty techniques vary greatly, in both the manner in which the incision the umbilical scar is incised, as well as the manner in which the skin of the abdominal flap is opened and repaired at the aponeurosis and/or the umbilical stump. As the postoperative appearance of the umbilical scar is aesthetically unsatisfying, the authors sought to develop a new technique aimed at providing patients with a greater degree of aesthetic and postoperative satisfaction. Methods: The abdominoplasties included in this study were performed in 194 patients at Clínica Valle Pereira (Florianópolis, SC) between February 2009 and January 2011. All patients underwent conventional abdominoplasties and triangular umbilicoplasties with skin flaps. Results: Only 8 (4.13%) patients had mild complications. There were no severe complications. Positive satisfaction was reported by patients in 188 (96.91%) cases and by surgeons in 186 (95.88%) cases. Conclusions: The technique described in this study demonstrates versatility, simplicity in application, and reproducibility, bringing greater harmony in body contouring and improved appearance of the umbilical scar, a major stigma of abdominoplasty.

Keywords: Abdomen/surgery. Umbilicus/surgery. Surgical flaps.

 

Experiência do Serviço de Cirurgia Plástica do Hospital Universitário Cajuru em retalho fasciocutâneo sural de fluxo reverso

Veruska Moscatto de Biagi; Rogério de Castro Bittencourt; Michele Mamprim Grippa; Ana Carolina Alves dos Santos Chociai; Felipe Nascimento Mateus; Susan Sugisawa Kay
Rev. Bras. Cir. Plást. 2013;28(3 Suppl.1):89 - Extremidades

PDF Português

Uso do retalho livre ântero-lateral da coxa para reconstrução de extremidades: experiência de 10 anos do Hospital Universitário Cajuru

Felipe Nascimento Mateus; Alan Jeziorowski; Christian Luiz Kaimoto; Rogério de Castro Bittencourt; Ana Carolina dos Santos Chociai; Veruska Moscatto de Biagi
Rev. Bras. Cir. Plást. 2013;28(3 Suppl.1):102 - Extremidades

PDF Português

Patrocinadores

Indexadores

Licença Creative Commons Todos os artigos científicos publicados em http://www.rbcp.org.br estão licenciados sob uma Licença Creative Commons