ISSN Online: 2177-1235 | ISSN Impresso: 1983-5175

Mostrando de 1 até 2 de 2 resultado(s)

Busca por : Fábio Ezo Aki

Reparação Imediata de Defeitos Complexos de Cabeça e Pescoço com o Retalho Microcirúrgico Músculo-Cutâneo do Reto Abdominal

Fabio Ezo Aki, Julio Morais Besteiro, Marcus Castro Ferreira
Rev. Bras. Cir. Plást. 1997;12(3):37-54 - Artigos

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

No período de julho de 1987 a abril de 1994, 30 pacientes consecutivos receberam retalhos microcirúrgicos músculo-cutâneos do reto abdominal para reconstruções imediatas de defeitos resultantes da exérese de tumores de cabeça e pescoço. Foram acompanhados por período médio de 26,8 meses. Houve necrose total em 10% dos retalhos transferidos e mortalidade operatória de 6,6%. As complicações tardias ocorreram em 28,5% dos pacientes. O retalho músculo-cutâneo do reto abdominal é de fácil elevação e com mínimas seqüelas na área doadora. Sua porção cutânea deve estar contida em um quadrilátero delimitado pela linha axilar média ipsilateral ao pedículo vascular, linha longitudinal ao nível da espinha ilíaca ântero-superior contralateral ao pedículo, linha transversa ao nível do apêndice xifóide cranialmente e pela linha que une as espinhas ilíacas ântero-superiores caudalmente. Sua transferência, o emagrecimento da porção cutânea e a manutenção dos terços laterais e mediais do músculo em seu leito original foram seguros. O retalho músculo-cutâneo do reto abdominal ofereceu resultados funcionais e estéticos satisfatórios nas reconstruções de cabeça e pescoço e a melhoria das condições locais foi a principal vantagem, possibilitando melhor qualidade de vida aos pacientes. Um fator importante para o sucesso da cirurgia foi a integração e o entrosamento entre as várias equipes médicas participantes.

Palavras-chave: Microcirurgia, reto abdominal, tumores de cabeça e pescoço

 

ABSTRACT

From July 1987 to April 1994, 30 consecutive patients received rectus abdominis musculocutaneous free flaps for immediate reconstructions of defects resulting from head and neck tumoral resections. The average follow-up period was 26.8 months. There happened total necrosis in 10% of the transferred flaps and 6.6% of mortality. Delayed complications occured in 28.5% of the patients. The rectus abdominis free flaps are easily elevated with minimal sequelae to the donor site. Its cutaneous portion should rest in a square area delimitated by the medium axillary line in the same side of the vascular pedicle, a longitudinal line passing the contralateral anterosuperior iliac crest, a transverse line passing the xiphoid appendix superiorly and a line passing through both antero-superior iliac crests inferiorly. The defeatting of the cutaneous portion and the maintenance of the lateral and medial thirds of the muscle at its original site are safe. The rectus abdominis musculocutaneous free flap provided satisfactory funcional and aesthetic results in head and neck reconstructions and the improvement of local conditions was its main advantage allowing better quality of life to the patients. An important aspect to the success of the surgery is the integration and interaction among the various participating medical teams.

Keywords: Microsurgery, rectus abdominis, head and neck

 

Análise do tratamento cirúrgico da macrotia congênita: experiência com oito casos

Mariana Sisto Alessi, Pedro Soler Coltro, Marcus Castro Ferreira, Julia Peres, Eduardo Kawata Sakae, Fábio Ezo Aki
Rev. Bras. Cir. Plást. 2009;24(3):269-273 - Artigo Original

PDF Português

RESUMO

Introdução: A macrotia é uma rara deformidade congênita da orelha, caracterizada por aumento nas suas dimensões. Há pequeno número de publicações sobre o seu tratamento cirúrgico. Objetivo: Apresentar a experiência da Disciplina de Cirurgia Plástica da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP) na correção da macrotia. Método: No período de 10 anos, oito pacientes portadores de macrotia congênita bilateral foram submetidos a tratamento cirúrgico, utilizando os princípios descritos por Bauer. Resultados: Os resultados obtidos foram considerados satisfatórios, com redução média de 1,42 cm no comprimento das orelhas e de 0,49 cm em sua largura. Não foram observadas complicações. A técnica utilizada permite correção adequada tanto do comprimento quanto da largura da orelha, mantendo suas proporções. As cicatrizes resultantes posicionam-se em locais pouco aparentes, oferecendo resultado estético satisfatório. Conclusão: A técnica é de fácil reprodutibilidade e uma boa opção para o tratamento da macrotia.

Palavras-chave: Macrotia. Orelha/cirurgia. Deformidades adquiridas da orelha. Cirurgia plástica.

 

ABSTRACT

Introduction: Macrotia is a rare congenital ear deformity. Macrotic ears are out of proportion to the normal facial features. Few surgical techniques are described on the literature to treat this deformity. Objective: The experience of the Division of Plastic Surgery from University of São Paulo Faculty of Medicine on the correction of macrotia is presented. Methods: On a ten year period, eight patients with bilateral macrotic ears were treated. The technique used was that developed by Bauer. Results: Our results showed that an mean reduction of ear length in 1.37 cm and the width in 0.48 cm was achieved. There were no complications and the aesthetic results were satisfactory. The resection using natural ear creases has reduced both the length and width of the ear, preserving its proportions and positioning incisions and scars in a hidden location. Conclusion: This technique is easily reproducible and it is a good option for the treatment of macrotia.

Keywords: Macrotia. Ear/surgery. Ear deformities, acquired. Surgery, plastic.

 

Patrocinadores

Indexadores

Licença Creative Commons Todos os artigos científicos publicados em http://www.rbcp.org.br estão licenciados sob uma Licença Creative Commons