ISSN Online: 2177-1235 | ISSN Impresso: 1983-5175

Mostrando de 1 até 5 de 5 resultado(s)

Busca por : Eduardo Chem

Produtividade de 9 anos do banco de pele da Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre

Leonardo Milanesi Possamai; Flávio Maciel De Freitas Neto; Níveo Steffen; Eduardo Chem; Pedro Bins Ely
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(Suppl.1):16-17 - Contorno Corporal

PDF Português

RESUMO

O Banco de Pele Dr. Roberto Corrêa Chem, fundado em 2005, é responsável pela captação, preservação, armazenamento e distribuição de pele humana alógena. OBJETIVO: Relatar a produtividade do Banco de Pele da Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre, durante o período de 2008 a 2016. MÉTODOS: Para análise de produtividade do Banco de Pele, realizou-se consulta aos relatórios mensais, cujo preenchimento periódico faz parte da rotina do Banco de Pele. RESULTADOS: Durante o período de 2008 a 2016, foram realizadas 298 captações de pele, 229 envios, com a extensão total de pele enviada de 256.043,89 cm2, média de 28.449,32 cm2 enviados por ano. Em 2016 se encontra o período com a maior quantidade de envios, total de 49 doações. A maior extensão de pele enviada foi em 2013, 41.618,50 cm2. CONCLUSÃO:O Banco de Pele da Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre tem contribuído anualmente com a demanda de pele de todo Brasil.

Palavras-chave: Pele; Queimaduras; Bancos de órgãos e tecidos.

 

Tragédia na Boate Kiss (Santa Maria, RS): atuação do Banco de Pele Dr. Roberto Corrêa Chem da Irmandade Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre no tratamento das vítimas

Darwin Lizot Rech, Adriana Rosa Milani; Daniel Pinheiro Macha do da Silveira; Pablo Fagundes Pase; Pedro Bins Ely; Eduardo Chem
Rev. Bras. Cir. Plást. 2013;28(3 Suppl.1):11 - Geral

PDF Português

Prognóstico da videocirurgia da região frontal com técnica modificada de fixação

Giuliano Borille; Eduardo Chem; Niveo Steffen; Mariana Zancanaro; Pedro Bins Ely
Rev. Bras. Cir. Plást. 2014;29(3):446-449 - Ideias e Inovações

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: A videoendoscopia tem se estabelecido como procedimento de escolha no tratamento da ptose do supercílio e das rugas da região frontal. O acesso minimamente invasivo produz vantagens em relação à tradicional incisão coronal. Diversos métodos de fixação são relatados na literatura, apresentando resultados semelhantes. Nesta série de casos, descrevemos a fixação direta com agulha. OBJETIVO: Avaliar o prognóstico da videocirurgia, utilizando-se a técnica direta com agulha. MÉTODO: Avaliação fotográfica computadorizada de 37 pacientes submetidos à videoendoscopia da região frontal com a fixação direta com agulha, realizada em dois hospitais privados na cidade de Porto Alegre-RS. Resultados: A elevação média do supercílio foi de 5,7 mm no terço lateral e de 4,4 mm no terço medial. Após um pequeno descenso da elevação, no primeiro mês pós-operatório, o reposicionamento do supercílio permaneceu inalterado nas medidas subsequentes até 24 meses. CONCLUSÃO: A fixação direta com agulha é capaz de produzir resultados duráveis, seguros e reprodutíveis no período em que foram realizadas as medições.

Palavras-chave: Videoendoscopia; Supercílio; Fixação; Periósteo; Série de Casos; Prognóstico.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: Video endoscopy has become a procedure of choice for the treatment of eyebrow ptosis and forehead wrinkles. This minimally invasive technique has several advantages over traditional coronal incision. Several fixation methods are reported in the literature, with similar results. In this study, we describe direct needle fixation. OBJECTIVE: To evaluate the prognosis of video endoscopic surgery using a direct needle technique. METHOD: Computerized photographic evaluations of 37 patients undergoing video endoscopy of the frontal region with needle direct fixation were conducted in two private hospitals in the city of Porto Alegre in Rio Grande do Sul, Brazil. RESULTS: The mean eyebrow elevations were 5.7 and 4.4 mm in the lateral and middle third measurements. After a small dip in elevation in the first month after surgery, the repositioning of the eyebrow remained unchanged in subsequent measurements up to 24 months later. CONCLUSION: Direct needle fixation produced lasting, reliable, and reproducible results during the period in which measurements were made.

Keywords: Video Endoscopy; Eyebrow; Fixation; Periosteum; Case Series; Prognosis.

 

Perfil epidemiológico dos doadores de pele dos últimos três anos do banco de pele da Santa Casa de Porto Alegre

JOÃO VITOR PEIXOTO LEAL ZANIRATI; LEONARDO MILANESI POSSAMAI; FLAVIO MACIEL DE FREITAS; EDUARDO CHEM; PEDRO BINS ELY
Rev. Bras. Cir. Plást. 2019;34(Suppl.1):197-198 - 35ª Jornada Sul Brasileira de Cirurgia Plástica

PDF Português

RESUMO

O Banco de Pele Dr. Roberto Corrêa Chem, fundado em 2005, é responsável pela captação, preservação, armazenamento e distribuição de pele humana alógena.
Objetivo: Relatar o perfil epidemiológico dos doadores do Banco de Pele da Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre, durante o período de 2016 a 2018.
Material e Método: Para essa análise, realizou-se consulta aos relatórios mensais, cujo preenchimento periódico faz parte da rotina do Banco de Pele.
Resultados: Durante o período de 2016 a 2018, foram realizadas 122 captações, variando a idade e o sexo dos doadores. Discussão: A cobertura cutânea adequada é um fator crucial no manejo de pacientes de grandes queimados. O Banco de Pele Dr. Roberto Corrêa Chem da Santa Casa de Porto Alegre atua captando, processando e disponibilizando lâminas de pele alógena para o uso clínico em enxertias, em que condições clínicas impedem o uso do enxerto autólogo.

Palavras-chave: Doação dirigida de tecido; Curativos biológicos; Transplante de pele; Queimaduras

 

ABSTRACT

The Dr. Roberto Corrêa Chem Skin Bank, founded in 2005, is responsible for the capture, preservation, storage and distribution of allogeneic human skin.
Objective: To report the epidemiological profile of the donors of the Santa Casa de Misericórdia Skin Bank in Porto Alegre, during the period from 2016 to 2018.
Material and Method: For this analysis, a consultation was made to the monthly reports, whose periodic filling is part of the routine of the Skin Bank. Results: During the period from 2016 to 2018, 122 abstractions were performed, varying the age and sex of the donors.
Discussion: Proper skin coverage is a crucial factor in the management of large burned patients. The Dr. Roberto Corrêa Chem Skin Bank of Santa Casa de Porto Alegre works by capturing, processing and making available allogeneic skin slides for clinical use in grafts, where clinical conditions prevent the use of the autologous graft.

Keywords: Targeted donation of tissue; Biological dressings; Skin transplantation; Burns

 

Estatísticas do Banco de Pele do Complexo Hospitalar Santa Casa de Porto Alegre, anos de 2008-2010

Antonio Carlos Schilling Minuzzi Filho, Eduardo Chem, Pedro Bins Ely, Andre Alves Valiati, Marcelo Fauri, Tiago Falcão Cunha
Rev. Bras. Cir. Plást. 2010;25(3 Suppl.1):93 - Geral

PDF Português

Patrocinadores

Indexadores

Licença Creative Commons Todos os artigos científicos publicados em http://www.rbcp.org.br estão licenciados sob uma Licença Creative Commons