ISSN Online: 2177-1235 | ISSN Print: 1983-5175

Showing of 1 until 2 from 2 result(s)

Search for : EDUARDO MADALOSSO ZANIN

Management of constricted ear: plastic surgery service approach at the Hospital of Clinics in Porto Alegre, Brazil

EDUARDO MADALOSSO ZANIN; ISABEL CRISTINA STENSMANN; LUCAS VARGAS DALBOSCO; DIEGO DULLIUS; CIRO PAZ PORTINHO; ANTONIO CARLOS PINTO OLIVEIRA; MARCUS VINICIUS MARTINS COLLARES
Rev. Bras. Cir. Plást. 2020;35(4):479-482 - Case Report

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Introduction: The prevalence of ear malformations reaches 5% when considering the entire world population. Primarily presented in 1975, the constricted ear represents a group of deformities of the upper third of the auricular cartilage with common features. The aesthetic impact and social stigma of these deformities can cause psychological harm to the patient when not corrected.
Methods: We describe below the technique used in the plastic surgery department of the Hospital de Clínicas de Porto Alegre.
Results: Result can be evidenced with 30 days postoperatively.
Conclusion: The described method, cartilage resettlement, is an option for treatment of this deformity with adequate aesthetic result.

Keywords: Multiple trauma; Wounds and injuries; Plastic surgery; Wound closure techniques; Autologous transplantation.

 

RESUMO

Introdução: A prevalência de malformações da orelha chega a 5% quando considerada toda a população mundial. Primariamente descrita em 1975 a orelha constricta representa um grupo de deformidades envolvendo o terço superior da cartilagem auricular com características em comum. O impacto estético e o estigma social dessas deformidades podem levar a danos psicológicos ao paciente quando não corrigidos.
Métodos: Descrevemos a seguir a técnica utilizada no serviço de cirurgia plástica do Hospital de Clínicas de Porto Alegre.
Resultados: O resultado pode ser evidenciado com 30 dias de pós-operatório.
Conclusão: O método descrito, de reacomodação da cartilagem, é uma opção para o tratamento dessa deformidade com adequado resultado estético.

Palavras-chave: Deformidades adquiridas da orelha; Orelha; Cartilagem da orelha; Orelha externa; Otopatias

 

Post-mammoplasty symmastia augmentation with silicone implants: treatment with quilting sutures

Michel Pavelecini; Felipe Bilhar Fasolin; Eduardo Madalosso Zanin; Bruno Della Mea Gasperin; Flávio Maciel de Freitas; Leonardo Milanesi Possamai; Ronaldo Scholze Webster; Pedro Bins Ely
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(2):251-257 - Case Report

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Introduction: Augmentation mammoplasty is the most commonly performed esthetic surgical procedure in the United States and second in Brazil. Symmastia is one of its possible complications. This is defined as incorrect medial positioning of the breast implants, which cross the midline, losing the intermammary sulcus.
Methods: Work type, series of cases. Two patients underwent symmastia repair after breast augmentation. The access route used was the previous inframammary incision. The repair of the intermammary sulcus was performed by scarification of the anterior and posterior capsule surfaces, associated with adhesion suture with non-absorbable monofilament threat (4 lines with 6 points each, comprising a vertical band of approximately 4 cm wide in the presternal region). In one of the cases, the implant was immediately replaced, and in the other, the procedure was done 3 months later.
Results: In both cases, we obtained a new satisfactory intermammary sulcus, with proper esthetic result. No recurrence was observed on follow-ups at 9 and 11 months.
Conclusions: The approach with adhesion sutures to redefine the intermammary sulcus was effective in the treatment of symmastia after breast augmentation.

Keywords: Breast implants; Mammoplasty; Mammary diseases; Breast; Prostheses and implants

 

RESUMO

Introdução: A mamoplastia de aumento é o procedimento cirúrgico estético mais realizado nos EUA e o segundo no Brasil. Simastia é uma de suas possíveis complicações. Esta é definida como o mal posicionamento medial dos implantes mamários, que cruzam a linha média, com perda do sulco intermamário.
Métodos: Trabalho tipo série de casos. Duas pacientes foram submetidas à correção de simastia pós-mamoplastia de aumento. A via de acesso utilizada foi a incisão inframamária prévia. A correção do sulco intermamário foi realizada por escarificação das superfícies anterior e posterior da cápsula, associada a pontos de adesão com fio monofilamentar não absorvível (4 linhas com 6 pontos cada, compreendendo uma faixa vertical de aproximadamente 4 cm de largura na região pré-esternal). Em um dos casos o implante foi recolocado imediatamente e, no outro, em procedimento realizado 3 meses após.
Resultados: Obtivemos um novo sulco intermamário satisfatório, com adequado resultado estético em ambos os casos. Não se observou recorrência após 9 e 11 meses de observação.
Conclusões: A abordagem com suturas de adesão para a redefinição do sulco intermamário foi efetiva para o tratamento da simastia pós-mamoplastia de aumento.

Palavras-chave: Implantes de mama; Mamoplastia; Doenças mamárias; Mama; Próteses e implantes

 

Indexers

Licença Creative Commons All scientific articles published at www.rbcp.org.br are licensed under a Creative Commons license